Page 40

40 O vinho encheu minha boca, inundando meus sentidos. Não tinha gosto de nada e de tudo. Tinha gosto de crepúsculo e neblina, luar e geada, vazio e saudade. A sala balançava, e eu caí para trás contra o sofá. Isso era forte. Realidade desfocada nas bordas, envolvendo-me em uma neblina embaçada. Eu me senti, ao mesmo tempo, doente e sonolenta. Tão logo meus sentidos retornaram, vi Robbie colocando uma bandagem em volta da minha perna. Eu não me lembrava como ele limpou ou higienizou a ferida. Eu me senti entorpecida e confusa, como se um cobertor tivesse sido colocado sobre meus pensamentos, fazendo com que fosse difícil me concentrar. —Aqui. — Robbie disse, se esticando. —Tá feito. Pelo menos sua perna não vai cair. — Seus olhos ansiosos e avaliadores seguiram até os meus. —Como está se sentindo, princesa? —Hum. — Eu disse inteligentemente, e tentei varrer as teias de aranha do meu cérebro. Tinha alguma coisa que eu não estava me lembrando, alguma coisa importante. Por que Robbie estava amarrando minha perna? Eu, por um acaso, tinha me machucado? Eu me sentei repentinamente. —Ethan me mordeu! — Eu exclamei, indignada e furiosa, mais uma vez. Eu virei pra Robbie. —E você... você disse que não era o Ethan! Sobre o que você estava falando? O que está acontecendo? —Relaxe, princesa. — Robbie largou a toalha ensanguentada no chão, e deitou num estrado. Ele suspirou. —Eu tinha esperança que não chegasse a isto. É minha culpa, eu acho. Eu não deveria ter te deixado sozinha hoje. —Sobre o que você está falando? —Você não deveria ter visto isso, nada disso. — Robbie continuou, para minha completa confusão. Ele parecia estar falando mais com ele mesmo do que comigo. —Seu Sinal sempre foi forte, o que é uma dádiva. Mas eu ainda não esperava que eles fossem atrás da sua família também. Isso muda as coisas. —Rob, se você não me disser o que está acontecendo... Robbie olhou pra mim. Seus olhos brilhavam, travessos e selvagens. —Contar pra você? Você tem certeza? — Sua voz era suave e perigosa, arrepios correram pelos meus braços. —Uma vez que você começar a ver coisas, você não será capaz de parar. Pessoas ficam malucas com tanto conhecimento. — Ele suspirou, e a ameaça saiu de seus olhos. —Eu não quero que isso aconteça com você, princesa. Não tem que ser por este caminho, você sabe. Eu posso faze-la esquecer tudo isso. —Esquecer?

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Advertisement