Issuu on Google+

DESIGN E TECNOLOGIA DAS ARTES GRテ:ICAS


O ARTEC 23 vive das ideias, conhecimentos e convicções dos seus conferencistas, do contributo determinante de patrocinadores, do apoio de professores e do trabalho e da perseverança e motivação de um grupo dedicado de alunos que olham para o ARTEC como uma oportunidade de mostrar vontade, querer e ambição. A organização do ARTEC 23 ambiciona ainda afirmar a importância deste Simpósio de Design e Artes Gráficas no panorama nacional e mostrar que se responde às adversidades com ideias e às reticências com determinação. No ano de 2013, a 23ª edição, está subordinada ao tema “Génese”, que se refere à origem do acto criativo como força motriz do design, fazendo ainda alusão ao génio inspirado que existe dentro de todos nós, que nos diferencia e torna sustentáveis as nossas ideias. Enquanto designers cabe-nos o papel de encarar a actividade de design como uma génese ab aeterna, isto é, um eterno ponto de partida e nunca como um ciclo dado por terminado.


Brand Design Thinking Rui Quinta, Designer e Estratega de Marca, gosta de trabalhar o coração das marcas. Estudou comunicação e já com quase 10 anos de percurso, aplica o melhor do que aprendeu às marcas que cria, pensa e desenha. C o m o e m p re e n d e d o r, p a r tilh a a liderança de alguns projetos, com o exemplo da criação do “Toyno”, com Joana Brígido, um brinquedo/puzzle de 12 peças para adultos, que depois de montado serve para guardar livros de bolso, canetas, revistas, réguas e projetos.

dia 17 | quarta

10:00

RUI QUINTA BUBKA E TOYNO


VASCO DURÃO Mola ativism

Não faço ideia. Como fazer a diferença no mundo da comunicação Vasco Durão iniciou o seu percurso na comunicação em 1997 como copywriter na Euro RSCG. Porém, no começo deste século, mudou para o branding e o design, e desde então tem sido estratega de marcas. Atualmente desempenha a função de Diretor de Estratégia de Comunicação na Mola Ativism. Todo o seu trabalho sempre foi muito especializado em criatividade e em ideias em geral, e na criação de nomes e de histórias para marcas. É através do livro “Não Faço Ideia” que podemos observar a reflexão que Vasco Durão faz sobre a sua experiência pessoal e profissional.

10:30

dia 17 | quarta


Designers e produtores gráficos: amigos ou inimigos? A 28 de Janeiro de 2010, nasceu a OCYAN , a nova marca do grupo GPIProdigit, que foi criado através da fusão de três empresas – GPI, Prodigit e GIO. A OCYAN é reconhecida pelos seus trabalhos em pré-impressão e impressão digital em pequenos, médios e grandes formatos. Pedro Santos, um dos administradores da empresa, demonstra que Printing Waves of Inovation é o desejo de continuar a inventar o fututo e que faz deste grupo uma referência na indústria gráfica em Portugal.

dia 17 | quarta

12:00

pEDRO SANTOS OCYAN


francisco providência cristina lamego pROVIDÊNCIA DESIGN

Um ser imaginado; a identidade dos lugares como influência estereotipada Francisco M. Providência formou-se em Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (1985). Foi docente de Design e Fotografia na FBAUP, de Desenho na FAUP e é Professor no DECA da Universidade de Aveiro (desde 1997), onde dirige o Mestrado em Design e desenvolve investigação no ID+. Desde 1985, que tem o seu próprio atelier, “Providência Design” e foi distinguido em 1999 com o Prémio Nacional de Design nas áreas de Comunicação, do Produto e do Ambiente.

14:30

dia 17 | quarta


o saco expresso Marco Grieco é formado em Design Visual e Industrial desde 1996. Iniciou a sua carreira no Jornal “O Dia”, para de seguida, em 2000, assumir a posição de Editor de Arte no “Jornal de Notícias”, no Porto. Hoje em dia ocupa o lugar de Director de Arte no jornal “Expresso”, em Lisboa. Em 15 anos de experiência profissional, foi adquirindo diversos prémios e reconhecimentos do SND, SND-E e do European Newspaper Award. Em conjunto com a equipa do “Expresso”, alcançou também diversos prémios.

dia 17 | quarta

15:00

marco grieco jornal expresso


hernani dias

porque me levou uma caixa de chocolates À agricultura urbana Hernani Dias, é um designer que desde cedo demonstrou interesse nas áreas de desenhar, construir e desconstruir qualquer tipo de mecanismos e espeleologia. Formou-se em Design e Tecnologias das Artes Gráficas, em Tomar, e trabalhou em agências de design gráfico no Porto e em Tomar seguindo para grandes empresas de publicidade em Lisboa. Como designer gráfico, diretor de produção, diretor de arte e diretor de criação, ganhou diversos prémios de design, marketing, eficiência e criatividade. Hoje em dia, trabalha como designer eco e interativo, em pormenor na abordagem de seres humanos para a beleza da natureza desconhecida.

16:30

dia 17 | quarta


O que mudou na publicidade com a chegada das plataformas digitais? O jovem Tiago fixou-se em Lisboa aos 16 anos de idade, altura em que começou a deixar crescer as suas densas patilhas elásticas. Hoje, curiosamente com 31 anos, tem um grande 31 na barriga. Inacabou várias licenciaturas: Direito, Ciência Política e Comunicação mas apesar disso é uma personagem vital na NOSSA pelo seu humor singular e pelas ridículas discussões de futebol. Passou por várias agências onde não vingou. Mas agora vinga-se das agências de publicidade na NOSSA onde o seu talento de copywriter cresce muito mais lentamente que as suas patilhas.

dia 17 | quarta

17:00

tiago vital nossa


PEDRO AMADO ANA CATARINA SILVA UA e IPCA

Terminologias para o Design Tipográfico e Editorial Pedro Amado leciona Design e Multimédia Digital desde 2007, como Assistente Convidado no curso de Novas Tecnologias de Comunicação do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro. Está também a desenvolver desde 2009, no DeCA, a tese de doutoramento em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais com o título: “Participação Ativa em Comunidades Online: Produção de Type Design” sob a orientação da Prof. Ana Veloso. Jovem Criador de Arte Digital (CPAI, 2008) tem como objectivo pessoal fechar a separação entre os os processos criativos e o uso das tecnologias digitais.

10:00

dia 18 | quinta


Aircrew - Sistema Tipográfico e Pictográfico para Aeroportos Ricardo Santos é um typeface designer, nascido em 1976 em Lisboa. Iniciou o seu percurso como ilustrador e designer, até descobrir a sua verdadeira vocação, o typeface design. As fontes Lisboa Humanist e a Van Condensed são dois dos seus grandes sucessos. Estudou na Escola António Arroio e Design Gráfico no Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing (IADE) em Lisboa e hoje em dia trabalha para a sua empresa Vanarchiv.

dia 18 | quinta

10:30

RICARDO SANTOS Vanarchiv


CARLOS MONTEIRO Jornal i

visualização de informação para papel Carlos Monteiro é natural de Lisboa e terminou o curso de Design Visual no IADE. Começou a sua experiência profissional num atelier de design e acabou por ir trabalhar para o jornal 24 horas. Foi aí que nasceu o seu interesse pela infografia. No início de 2009 mudouse para o jornal i, onde trabalha atualmente como infografista.

12:00

dia 18 | quinta


Conceição Barbosa “Produção Gráfica Criativa” A Loja das Maquetas é uma empresa que presta um serviço completo de Produção Criativa, desde a análise da maqueta , consultoria criativa , produção gráfica pura, pesquisa de materiais e técnicas, passando pela orçamentação e pelo controlo da produção, sempre com uma preocupação transversal do início ao fim. Uma das responsáveis deste projeto é Conceição Barbosa, produtora gráfica há mais de 15 anos e autora de um conceituado manual técnico muito conhecido na indústria.

dia 18 | quinta

14:30

carla Guedes LOJA!


JOÃO BRANDÃO utl

a caligrafia no design dos tipos João Brandão, é professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (UTL) e designer gráfico. Recentemente criou uma aplicação para iPad que permite fazer caligrafia como se fazia no passado, denominada por Callighaphy Practice. Até agora, o maior sucesso tem ocorrido nos Estados Unidos, mas outros países incluindo Portugal, já se aperceberam das vantagens que esta aplicação proporciona.

15:00

dia 18 | quinta


WORKSHOPS

Carla Guedes Print vs digital As dificuldades actuais com a mudança do mindset criativo devido aos contrangimentos da crise económica e financeira mundial. Exemplos práticos de campanhas.

DIOGO PISOEIRO let’s type Queres fazer fontes brutais? Daquelas mesmos giras, que todos querem usar? Então esquece este workshop. Daqui só vais levar uma valente seca de um tipógrafo ‘wannabe’ e, muito provavelmente, vais perder todo o carinho que tens pela tipografia. No fundo, visto que nunca fiz isto antes, quanto menos vierem ao worshop melhor. Aos que tiverem coragem de vir, fica aqui o meu sincero obrigado! Referindo-me ainda aos mesmos, terão a oportunidade de aprender a criar uma fonte em direto. Se não gostarem da criação, é porque sou mesmo muito bom a ensinar, a ponto de passarem a apreciar da tipografia comic sans.

dia 18 | quinta

16:30


WORKSHOPS

Pedro Bastos estampagem a frio O Estúdio Gráfico 21 é a única empresa em Portugal com o inovador sistema de estampagem a frio em linha numa máquina de offset. Uma das vantagens deste processo consiste no facto de ser feita em linha, numa máquina de offset, permitindo assim um leque ilimitado de contrastes e de cores metálicas. A sua flexibilidade permite ser, em muitos casos, uma excelente ferramenta para a criação de efeitos estampados, tanto em curtas, como em grandes tiragens, assim como em grandes áreas de estampagem ou de pequenos pormenores.

David Zamith Criação de valor gráfico Numa Europa Gráfica a reajustar-se fazer mais do mesmo não é seguramente o caminho, pelo que o tema será “DiferenciarDiferenciando”, através de Design Criativo e Funcional, e pela aposta na partilha de multi-sistemas de impressão e acabamentos gráficos, com objectivo da “Criação de Valor Gráfico”.

16:30

dia 18 | quinta


WORKSHOPS

JoÃo Rabaça After Effects A comunicação é uma variável da estratégia comercial, que utiliza diversos suportes e expressões. Muitos destes suportes manifestam-se graficamente, através de uma comunicação audiovisual. Através de processos de animação gráfica, é possível trabalhar com imagens e adaptá-las a novas estéticas de comunicação, através das principais técnicas de efeitos em vídeo. Neste Workshop João Rabaça propõe analisar as mais simples técnicas para animar personagens, no software After Effects. Para tal teremos disponíveis objectos ou personagens para podermos criar animação, mas também poderás trazer as tuas personagens (em illustrator, com os diferentes membros separados por layers).

dia 18 | quinta

16:30


Sérgio Alves Atelier d’alves

No início está o fim Atelier d’alves é a culminação natural de um caminho trilhado com entusiasmo desde 2009, quando, Sérgio Alves começou a trabalhar de forma independente com clientes de diversas áreas. Esta experiência foi essencial para a criação e consolidação de uma filosofia pessoal. A filosofia do estúdio é uma de constante aprendizagem e mudança. Cada projeto abre novas possibilidades a serem exploradas. O trabalho do estúdio responde às necessidades de comunicação visual emergente em todas as áreas, especialmente no campo da cultura - teatro, arquitetura, dança e literatura.

10:00

dia 19 | Sexta


Estar à espera ou procurar André Santos nasceu no Porto, em 1990. Depois de ter completado o curso de Artes Gráficas na Árvore, no Porto (2008), e a licenciatura em Design de Comunicação na ESAD, Matosinhos (2011), agora integra o segundo ano do Mestrado em Design de Comunicação na mesma instituição. Podemos relacionar a maior parte do seu trabalho com o design editorial, a criação de logótipos e o desenho de cartazes.

dia 19 | sexta

10:30

André Santos


Ricardo Mealha rm/D

Design de comunicação: especialização vs polivalência Ricardo Mealha é designer gráfico e diretor criativo. Nos anos 90 trabal h o u p a ra a s a g ê n ci a s Yo u n g & Rubicam e na Novodesign. Porém, em 2006, fundou o estúdio de design RMAC, Ricardo Mealha/Ana Cunha, Brand Design. Recentemente concretizou um projeto que o próprio define como “revolucionário”. Trata-se de um espaço onde se encontra o seu atelier, onde ocorrem eventos, workshops e interação com a rua, escolas e o bairro Santos Design District. Intitula-se como “Número 1 Brand Gallery” e está situado em Lisboa. Ao longo da sua carreira, já foi distinguido com mais de 80 prémios em concursos portugueses e internacionais.

12:00

dia 19 | sexta


Motion Graphics João Vaz Oliveira trabalha atualmente na área de Motion Graphics na produtora “Até ao fim do Mundo” e tem gosto por áreas como pós-produção cinematográfica, câmara, gestão de conteúdos e interatividade. Iniciou a sua formação na Escola Técnica de Imagem e Comunicação na área de multimédia e já trabalhou com marcas como Microsoft, Loreal, Zon, Martini e TAP PORTUGAL. Atualmente desenvolve grafismos para marcas como canal Hollywood, canal MOV, TV Series, ZAP Novelas, entre outras.

dia 19 | sexta

14:30

João Vaz Oliveira Até ao fim do mundo


Gonçalo Morais Leitão

As regras para ser um grande Filho da Pub Gonçalo Morais Leitão é um criativo que já passou por agências como a BBDO, Strat, Cupido ou TBWA. O seu percurso iniciou a partir do momento em que abandonou o curso de Direito no seu último ano para correr atrás do sonho da televisão. Frequentou um curso de apresentador de rádio, televisão e eventos, onde surgiu a ideia de conciliar a experiência na publicidade para a TV. Nasce assim o programa Filho da Pub, exibido pela Sic Radical, que se centra na resolução de problemas de comunicação.

15:00

dia 19 | sexta


Fotografia e Viagens Joel Santos, licenciado e mestre em Economia, viu a sua vida alterada, após uma grande viagem em 2004, onde decidiu deixar de viver a fotografia como um hobby e profissionalizar-se na área. Trabalhou para revistas especializadas como a “FotoDigital ”, “O Mundo da Fotografia Digital” (que dirigiu) e colaborou com variadas publicações, tanto nacionais como internacionais, com centenas de artigos e fotografias publicados. Um dos seus projetos mais recentes, é uma edição luxuosa de uma coleção de retratos da “sua” Índia, denominado “A Cor do Contraste” em que os rostos substituem os habituais ex-líbris indianos.

dia 19 | sexta

16:30

Joel Santos


José Pinto EDIGMA

placas/paredes interactivas José Pinto, CEO da EDIGMA, apresenta-nos esta empresa de tecnologia, especializada no desenvolvimento de sistemas de software, hardware e interatividade baseada no multitoque e reconhecimento de gestos. Oferecem um conjunto de produtos interativos aliados com a criatividade que atendem as aspirações dos clientes. Baseados no know-how e a experiência que têm no mercado ao longo dos 12 anos, desenvolvem projetos para os clientes que sentem a necessidade de se diferenciar dos seus concorrentes.

17:00

dia 19 | sexta


Eventos como o ARTEC, além de serem tão importantes e construtivos para os estudantes, profissionais e curiosos das áreas do design e das artes gráficas, constituem uma experiência enriquecedora e inesquecível para os elementos que os organizam. O ARTEC possibilita-nos, a nós, futuros empreendedores, pôr em prática ideias e motivações ao mesmo tempo que vamos ganhando uma maior consciência do trabalho em equipa. Durante meses, administramos cada dia da nossa vida, em direcção a um sonho: realizar um ARTEC cheio de garra e perseverança sem nunca esquecer a herança deixada pelas edições anteriores. Mas o empenho e motivação não seriam suficientes sem o apoio daqueles que de alguma forma contribuíram para alcançarmos o nosso objectivo. A todos os patrocinadores, media partners, professores do curso de Design e Tecnologia das Artes Gráficas, em especial aos professores orientadores (Prof. Miguel Sanches, Prof. Célia Barreto, Prof. Luís Moreira, Prof. Fernando Coelho), um muito obrigado por contribuírem para o sucesso do ARTEC 23. Agradeço todas as dificuldades enfrentadas, pois foram elas que nos fizeram mover, agir, aprender e preparar para um futuro onde as facilidades não existem. A presidente, Diana Lopes


INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR

17 • 18 • 19 ABRIL


Artec 23