Page 1

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

Plano Nacional de Leitura – Tratamento dos dados do Inquérito 2010/2011 1º e 2º Semestres JARDINS DE INFÂNCIA SALA

1 JI PEV

2 3

TEMPO DEDICADO À LEITURA / SEMANA

Nº DE OBRAS LIDAS

21

3h 20m

18

N. º DE CRIANÇAS

IMPACTO DO PNL DESEN. COMPETÊNCIAS

MOTIVAÇÃO

DE LEITURA

DE ESCRITA

12

4

4

4

2h 40m

12

4

5

5

23

3h 20m

14

4

4

4

JI de Santiago

1

21

4h

16

4

3

4

2

23

4h

15

4

3

4

JI Nº 2

1

24

5h

28

5

4

5

2

20

4h 30m

19

5

4

5

1

19

4h

24

5

5

5

2

24

4h 10m

19

5

5

5

9 Salas

193

35h

159

JI CE QV

Aspectos positivos: JI PEV (Sala 1): O interesse crescente demonstrado pelas crianças pela área da biblioteca; a Hora do Conto diária incluída na rotina do grupo; a dinâmica implementada pela “leituras em vai-vem”; a qualidade dos livros sugeridos pelo PNL; a feira do livro do JI PEV e a vinda do escritor João Pedro Mésseder. JI PEV (Sala 2): Promover hábitos de leitura; interesse pelo livro. JI PEV (Sala 3): Participação na Maratona da Leitura (crianças de 5 anos); o gosto e o prazer pela leitura e contacto com os livros são cada vez maiores; as crianças transmitem às famílias e o envolvimento tem vindo a crescer. JI Nº 2: Os momentos de leitura diária promovem nas crianças o gosto pela leitura; a orientação do PNL ajuda-nos nas escolhas literárias para as diferentes faixas etárias. JI CE QV (Sala 1): Escutar leituras diárias e todas as atividades de exploração das histórias, sem dúvida que contribuem para a aquisição de saberes e competências nas diferentes áreas. JI CE QV (Sala 2): Permite o envolvimento e o contacto sistemático com o livro e a leitura e, simultaneamente, a aquisição de competências literácicas e outras.

Aspectos a melhorar: JI PEV (Sala 1): Haver mais livros do PNL no Jardim-de-infância; fomentar a troca de livros entre escolas; favorecer o envolvimento de todas as famílias nas “leituras em vai-vem”; a ida das crianças à feira do livro do Agrupamento, proporcionando transporte adequado, visto termos crianças muito pequenas e estarmos fisicamente afastados da Escola-sede; haver mais oportunidades de trabalho com as professoras bibliotecárias e a dinamização de “Horas do Conto”. 1


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

JI PEV (Sala 2): Frequentes dinamizações promovidas pela professora bibliotecária. JI PEV (Sala 3): Mais livros do PNL nos Jardins-de-infância e atividades dinamizadas pela professora bibliotecária no nosso Jardim com alguma frequência. JI Santiago: Haver mais livros do PNL disponíveis na biblioteca escolar. JI Nº 2: Diversificar os livros já existentes, bem como aumentar esses livros nas bibliotecas escolares em cada Jardim-de-infância. JI CE QV (Sala 1): Fazer no início do ano letivo um “roteiro” de atividades a desenvolver ao longo do ano, no sentido de melhorar a articulação entre os docentes que estão no terreno e as dinamizadoras das bibliotecas. JI CE QV (Sala 2): A existência de melhores recursos humanos de forma a obter uma melhor rentabilização dos recursos das Bibliotecas Escolares.

Outras sugestões / comentários: JI PEV (Sala 1 e 2): Considera-se ter sido uma mais-valia a feira do livro dinamizada no JI e a vinda do escritor João Pedro Mésseder, assim como o momento de leitura feito pela educadora bibliotecária nesse dia. JI PEV (Sala 3): Organização de um kit com livros do PNL para circular pelas salas do Jardim de Infância, para dar oportunidade às crianças de conhecer e contactar com histórias/obras novas e diferentes; a vinda de escritores e feira do livro no JI deve ser uma atividade para continuar. JI Nº 2: Seria importante realizar uma troca de livros entre os JI e/ou Biblioteca Escolar para renovar os livros da biblioteca da sala. JI CE QV (Sala 2): Planificação anual de atividades de forma articulada entre os titulares de turma e os dinamizadores das bibliotecas.

2


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

E.B. PROFESSORA ELVIRA VALENTE TEMPO DEDICADO À LEITURA / SEMANA

Nº DE OBRAS LIDAS

26

4h 40m

A

23

A

ANO DE ESCOLARIDADE

TURMAS

1º Ano

A

2º Ano 3º Ano

4º Ano

N. º DE ALUNOS

IMPACTO DO PNL DESEN. COMPETÊNCIAS

MOTIVAÇÃO

DE LEITURA

DE ESCRITA

7

5

5

5

1h 30m

3

5

4

5

23

5h

8

5

5

5

B

22

5h

6

5

5

5

A

20

3h 20m

5

5

4

5

B

22

4h 30m

4

4

4

4

6 Turmas

136

24h

33

Aspectos positivos: 1ºAno: As crianças despertam para a leitura e escrita, envolvendo a família neste processo. Pedem aos pais para lhes oferecerem livros. 2ºAno: Promoção de hábitos de leitura. 3ºA e B: Grande envolvimento de todos os alunos da turma; a obra “O Cavaleiro da Dinamarca” foi trabalhada ao longo do ano, de forma transversal às áreas curriculares disciplinares tendo sido dramatizada com a participação de todos os alunos, no final do ano letivo; realização de trabalho de pesquisa; preenchimento de fichas de leitura; preenchimento de fichas para requisição de livros de leitura domiciliária; participação na feira do livro, na Biblioteca da Escola-sede do Agrupamento; participação na Maratona da Leitura com a dramatização da história intitulada “Os Livros” da obra Flores para Crianças de Fernando Cardoso, na Escola-sede do Agrupamento; visionamento e exploração do conto “O espantalho enamorado”, no quadro interativo da Biblioteca, como suporte à Educação Sexual; todas as atividades realizadas no âmbito do Plano Nacional de Leitura têm contribuído para estimular e desenvolver, nos alunos, o gosto pela leitura; construção de uma história em Powerpoint, com base em imagens da obra “O Principezinho”; dramatização de momentos da obra literária “O Principezinho”, no final do ano, integrada na atividade – Hora do Conto dos 27. 4ºA: Desenvolver nos alunos hábitos de leitura; enriquecer e diversificar o vocabulário; desenvolver a imaginação e a criatividade; desenvolver outras competências nos alunos, como o saber estar, a capacidade de atenção/concentração, a articulação com os pais/encarregados de educação. 4ºB: Leitura de obras completas; incentivo à leitura.

Aspectos a melhorar: 3ºA e B: Renovação de livros na Biblioteca da Escola; contacto com escritores.

Outras sugestões / comentários:

3


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

E.B de SANTIAGO ANO DE ESCOLARIDADE

1º Ano

2º Ano 3º Ano

4º Ano

TURMAS

N. º DE ALUNOS

TEMPO DEDICADO À LEITURA / SEMANA

Nº DE OBRAS LIDAS

IMPACTO DO PNL DESEN. COMPETÊNCIAS DE LEITURA

DE ESCRITA

MOTIVAÇÃO

A

25

7h 30m

12

5

4

4

B

26

5h 20m

9

3

3

4

A

23

10h

10

4

4

4

B

24

10h

10

4

4

4

A

24

7h 30m

13

5

5

5

B

22

7h 30m

13

5

4

5

A

26

5h 15 m

7

4

4

5

B

24

3h

5

4

4

4

8 Turmas

174

56h 05m

79

Aspectos positivos: 1ºA: Motivação pela leitura e pela pesquisa. 1ºB: Despertar a curiosidade do conteúdo dos livros; aquisição de competências leitoras; utilização do livro como pesquisa de conhecimento sobre um determinado tema. 2ºA e B: Desenvolver o gosto pela leitura e consequente melhoramento da escrita. 3ºA e B: Contacto próximo da criança com o livro e com a literatura; motivação dos alunos para a leitura e restantes atividades a ela associadas. 4ºB: Enriquecimento cultural global; promove competências de leitura nos alunos.

Aspectos a melhorar: 1ºB: Promover o envolvimento dos Encarregados de Educação durante todo o ano letivo. 2ºA e B: Inovar metodologias na dinamização da leitura. 3ºA e B: Maior exploração das obras trabalhadas.

Outras sugestões / comentários: 1ºA: Houve mais momentos de leitura que não foram registados porque não tiveram outro intuito a não ser o de ouvir ler para se recrear. Os livros referidos no inquérito relacionam-se com o PCT ou com o projecto afetivo-sexual. Nesse âmbito, as actividades foram simples visto tratar-se do 1º ano de escolaridade e também porque a docente faltou quase todo o 2º período. Algumas das atividades foram: registo iconográfico de momentos que mais gostaram; adivinhar o assunto mediante o título ou mediante o desenho da capa; dramatizar alguns momentos; registar o assunto principal; emitir críticas; fazer publicidade aos livros lidos e intencionalmente procurar a moral das histórias, relacionando-as com o quotidiano. 2ºA e B: É de enaltecer o trabalho realizado na biblioteca, no âmbito do PNL, e o estímulo que os alunos tinham quando iam para a biblioteca. Este trabalho deve ter continuidade, visto ter contribuído significativamente para aumentar a motivação e o sucesso dos alunos. Algumas das obras lidas foram escolhidas tendo em conta o tema do projeto curricular e foram exploradas na sala de aula e na biblioteca. Elaboraram-se trabalhos relativos às obras lidas, que mais tarde, foram expostos, uns na sala de aula e outros na 4


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

biblioteca. 3ºA e B: As professoras bibliotecárias deveriam dispor de mais tempo para contacto direto com as turmas, no sentido de, em conjunto com os professores titulares de turma, partilharem ideias e reforçarem o trabalho de exploração das obras escolhidas para trabalhar na turma. 4ºA: O livro “O Segredo do Rio” só foi lido e trabalhado no final do ano letivo, muito por falta de tempo (preparação para provas de Aferição) e por mudança de professora. 4ºB: Para se poder trabalhar adequadamente as obras literárias é necessário tempo. O programa, os projetos e as solicitações frequentes à turma e professor são alguns dos fatores que impedem uma maior colaboração e eficácia.

5


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

CE QUINTA do VIEIRA TEMPO DEDICADO À LEITURA / SEMANA

Nº DE OBRAS LIDAS

26

2h

A

16

3º Ano

A

4º Ano

ANO DE ESCOLARIDADE

TURMAS

1º Ano

A

2º Ano

N. º DE ALUNOS

IMPACTO DO PNL DESEN. COMPETÊNCIAS

MOTIVAÇÃO

DE LEITURA

DE ESCRITA

11

5

4

5

15h

18

5

5

5

18

5h 30m

6

4

4

5

A

22

3h 10m

7

4

4

4

4 Turmas

82

25h 40m

42

Aspectos positivos: 1ºAno: As vivências proporcionadas pela biblioteca são insubstituíveis e enriquecedoras, são uma fonte de ampliação de conhecimentos e de descoberta de novas potencialidades. Permitem abranger a criança no seu todo e estimular o seu desenvolvimento global e harmonioso. O contacto com escritores e a oportunidade de diálogo constituíram momentos especiais e inesquecíveis na vida dos alunos. 2ºAno: A realização de certas atividades no espaço da biblioteca são muito motivadoras. 3ºAno: Sensibilizou os alunos para o valor do livro como documento a conservar e aumentou o gosto pela leitura. 4ºAno: Desenvolvimento do gosto pela leitura. Desenvolvimento da leitura, linguagem, vocabulário e compreensão.

Aspectos a melhorar: 3ºAno: Criar um código de conduta para a biblioteca.

Outras sugestões / comentários: 1ºAno: Gostava de participar em atividades dinamizadas / promovidas pela biblioteca como concursos de leitura, propostas temáticas (as bruxas e as fadas no Halloween, o Pai Natal, a Água, …) com sugestões de livros e fichas de leitura, o mês do autor, como exemplos. 3ºAno: Livro trabalhado com uma análise documental (fichas de trabalho dos alunos).

6


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

E.B. de CUSTÓIAS ANO DE ESCOLARIDADE

TURMAS

5º Ano

6º Ano

N. º DE ALUNOS

TEMPO DEDICADO À LEITURA / SEMANA

Nº DE OBRAS LIDAS

IMPACTO DO PNL DESEN. COMPETÊNCIAS DE LEITURA

DE ESCRITA

MOTIVAÇÃO

A a)

22

45 m

1

3

3

3

B a)

23

1h 30m

2

4

4

4

C a)

26

45 m

2

4

4

3

D a)

25

45 m

7

5

3

5

E a)

25

45 m

7

5

3

5

F a)

26

45 m

2

4

4

3

A

24

1h 30m

2

4

3

3

B

26

1h 30m

3

4

3

4

C

26

3h

4

4

4

4

D a)

26

45 m

2

4

4

4

E

26

3h

4

4

4

3

F a)

21

45 m

2

4

4

4

296

15h 45m

38

12 Turmas

Nota: a) Os dados destas turmas são referentes ao 2º semestre, uma vez que o inquérito do 1º semestre não foi entregue.

Aspectos positivos: 5ºA e 6ºB: Desenvolver hábitos de leitura silenciosa; consciencializar para a importância do silêncio na interiorização da leitura. 5ºB: Aumentar o gosto pela leitura. 5ºC e F, 6ºC e E: O PNL revelou-se muito positivo por ter desenvolvido não só competências de leitura e de escrita mas também a competência da compreensão. 6ºA: Desenvolvimento da criatividade. 6ºD e F: A leitura das obras referidas no inquérito despertou nos alunos interesse e motivou-os para a realização de trabalhos escritos sobre os escritores e o conteúdo das histórias.

Aspectos a melhorar: 5ºC e F, 6ºC e E: Apesar de dedicar um tempo considerável em atividades de leitura, nem sempre estas têm por base o PNL com leitura de obras integrais. Assim sendo, será necessário motivar mais os alunos para a leitura integral de obras.

Outras sugestões / comentários: 5ºC e F, 6ºC e E: Seria positivo desenvolver nas aulas de substituição momentos de leitura de narrativas 7


AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTÓIAS Bibliotecas Escolares CRE _____________________________________________________________________________________

curtas e de produção escrita alusiva à temática. 5ºD e E: Para além das obras referidas no inquérito, foram lidos pela turma um exemplar da colecção Sol, por cada aluno. 6ºA: A turma tinha muitas dificuldades em seguir atividades de leitura.

8

Tratamento-inquéritos-PNL  

tratamento inqueriots PNL 2010-2011

Advertisement