Page 1

Vulcanologia


Vulcanologia

Estuda a formação, distribuição e classificação dos fenómenos vulcânicos.

Tipos de vulcanismo principais:

Primário Secundário ou Residual


Vulcanologia Vulcanismo Primário

Vulcanismo Central

Vulcanismo Fissural

Aparelho vulcânico

Vulcão

Cratera, Cone vulcânico, Chaminé vulcânica, Câmara e Bolsada magmática


Vulcanologia Vulcão

Nuvem ardente

Câmara magmática Bolsada magmática


Vulcanologia Magma

Rocha totalmente ou parcialmente fundida

Sólida

Minerais formados no seio do magma e que não se fundiram.

Fase Líquida

Gasosa

Vapor de água, dióxido de carbono e dióxido de enxofre, entre outros.


Vulcanologia Esvaziamento , total ou parcial da câmara magmática

Aparelho vulcânico instável

Falta de sustentação do cone

Por vezes ocorre abatimento do cone

Caldeiras Lago Crater, no estado de Oregon, no sudoeste dos Estados Unidos da América

No mínimo 1km de diâmetro


Vulcanologia Vulcanismo Primário

Vulcanismo Central

Aparelho vulcânico

Vulcanismo Fissural

Erupções ao longo de fissuras /fracturas da superfície terrestre

Vulcão

Vulcão Pinatubo, nas Filipinas.

Vulcanismo fissural islandia


Vulcanologia Materiais expelidos durante uma erupção vulcânica: - Piroclastos ou tefra - Lava - Gases


Vulcanologia Composição da lava e tipos de actividade vulcânica

% Sílica

Viscosidade

A quantidade de sílica (sio2) presente na lava, leva à sua classificação:

Lava básica – possui uma percentagem de sílica inferior a 52%

Lava intermédia - possui uma percentagem de sílica entre 52% e 65%

Lava ácida - possui uma percentagem de sílica superior a 65%


Vulcanologia Viscosidade – resistência em fluir

depende

- quantidade de sílica - capacidade de retenção do gás - temperatura da lava relativamente à sua temperatura de solidificação

Lava viscosa Lava fluida


Vulcanologia Classificação da lava em função da viscosidade

Lava Viscosa

Lava Fluida

Temperatura

T ≈ 800⁰C A lava é expelida a uma temperatura próxima da sua temperatura de solidificação

T ≈ 1500⁰C A lava é expelida a uma temperatura muito superior à temperatura de solidificação

Sílica

Rica em sílica (ácida)

Pobre em sílica (básica)

Gases

Dificuldade em libertar os gases

Facilidade em libertar os gases

A conjugação destas variáveis ( temperatura, % sílica e libertação de gases), define vários tipos de lavas com diferentes graus de viscosidade e fluidez


Vulcanologia A solidificação das lavas assume diferentes aspectos em função da sua viscosidade

Tipos de solidificação de lavas fluidas: Lavas escoriáceas ou aa - lavas fluidas ( menos que as pahoehoe), deslocandose lentamente. Formam superfícies ásperas e muito fissuradas pois perdem rapidamente os gases.


Vulcanologia Tipos de solidificação de lavas viscosas e fenómenos associados: Agulhas vulcânicas – a lava de elevada viscosidade solidifica na chaminé, formando uma “rolha gigante”.


Vulcanologia A viscosidade determina as características da erupção vulcânica: Lava fluidas

Gases escapam suavemente

Erupções calmas ou efusivas


Vulcanologia A viscosidade determina as características da erupção vulcânica:

Lava viscosas

Retêm os gases

Erupções muito violentas do tipo explosivo


Vulcanologia A viscosidade determina as características da erupção vulcânica: Não retêm Erupções mistas Lavas mais nem com explosões ou menos libertam mais ou menos viscosas facilmente os violentas gases


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Após as erupções terem terminado

Há Libertação gases e água a elevadas temperaturas que podem durar anos ou mesmo séculos. Nascentes termais, Fumarolas e Géiseres


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Nascentes termais – fontes de libertação de águas quentes, r icas em sais minerais. Condensação do vapor de água libertado pelo magma Águas magmáticas ou juvenis

A ÁGUA LIBERTADA RESULTA

Aquecimento de águas infiltradas em rochas porosas perto de câmaras magmáticas Aquecimento de águas infiltradas resultante do gradiente geotérmico

Não resulta de fenómenos magmáticos


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Nascentes termais: - As águas libertadas resultam do arrefecimento e condensação do vapor de água libertado do magma Águas magmáticas ou juvenis - As águas libertadas resultam da infiltração e acumulação em rochas porosas e do aquecimento de águas pluviais, por rochas de elevadas temperaturas, situadas próximas de câmaras magmáticas.

Mais frequentes


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Nascentes termais: Ascensão das águas termais em direcção à superfície através de fracturas Origina uma temperatura inferior à do ponto de ebulição

Libertação de águas quentes

Nascente termal

As águas termais misturam-se com as águas frias


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Fumarolas: Quando as águas termais não se misturam com águas frias, e chegam a superfície, ao encontrarem uma abertura entram em ebulição (por diminuição da pressão), emitindo vapor de água.


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Géiseres: emissões descontínuas de água e de vapor de água através de fracturas.


Vulcanologia Géiseres:

Água aquecida sobe a reservatórios subterrâneos

Com o aumento progressivo da temperatura alguma água começa a ferver

Culminando numa explosão violenta , de água e gases em forma de jacto

Este processo tem um carácter intermitente

O vapor então formado faz aumentar a pressão no reservatório

Inicialmente a uma pressão que impede a sua ebulição o vapor de água ascende e arrasta água consigo


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual

Nascente termal

Géiser Fumarola Vapor de água

Águas menos quentes Águas de infiltração

Águas sobreaquecidas

Rocha porosa


Vulcanologia Vulcanismo Secundário ou Residual Quando as emissões libertadas pelas fumarolas contêm outros gases, para além de vapor de água.

Sulfataras

Gases emitidos ricos em enxofre

Mofetas

Gases emitidos são tóxicos (ex: dióxido de carbono, monóxido de carbono…)


Vulcanologia:

Os vulcões e as placas tectónicas

Os fenómenos vulcânicos ocorrem: - em zonas de fronteira entre placas – Zonas tectónicamente activas;

- No interior das placas – Zonas tectónicamente estáveis.

Tipos de vulcanismo diferente consoante a sua localização tectónica


Vulcanologia:

Os vulcões e as placas tectónicas

Convergência de placas tectónicas A colisão entre placas (O – O e O – C) Formação magma de origem pouco profunda

Vulcanismo de subducção Placa mais densa mergulha Erupções explosivas

A partir de uma determinada profundidade Representam 80% dos vulcões activos

fusão da placa em subducção ( pressão e temperatura)


Vulcanologia:

Os vulcões e as placas tectónicas

Divergência de placas tectónicas A afastamento entre placas (O – O e C – C)

Erupções efusivas ou mistas

Vulcanismo de vale de rifte Origina fissuras na crusta, com milhares km Representam 15% dos vulcões activos

Através destas fissuras o magma ascende à superfície

Formação magma de origem pouco profunda


Vulcanologia:

Os vulcões e as placas tectónicas

Vulcanismo Intraplaca

Intraplaca

Explica a existência de ilhas no interior das placas oceânicas e de alguns vulcões no interior de continentes

Pressupõese que a formação destes magmas provém de zonas mais profundas

Erupções efusivas ou mistas

Representam 5% dos vulcões activos


Vulcanologia:

Os vulcões e as placas tectónicas

“Anel de Fogo” do Pacífico

zonas do globo onde ocorre actividade vulcânica

zonas de elevada actividade sísmica

Fronteira da placa do pacífico com outras placas


lalala  

jkasdgiuasdngkabsdkgnsdg

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you