Page 1

EDITORIAL "Os ipês abrem-se para o amor na primavera, quando o clima é ameno e o verão está pra chegar, com seu calor e chuvas". (Rubem Alves) Cacau, Sisal, Duna e Mar, nomes bem brasileiros também, são apenas alguns dos tons da nossa cartela de pinturas acetinadas e altobrilho, feitas com técnica pioneira e única no Brasil. A chegada da primavera anuncia o renascer depois de uma longa letargia invernal. Da mesma forma a Todeschini BH, depois de longo período trabalhando na conceituação da marca, vem finalmente ao encontro dos especificadores, convidandoos a participar do novo mundo TODESCHINI. Para estreitar nossos laços, criamos o Jornal IDENTIDADE, mesmo nome da coleção lançada em 2013. Essa coleção retrata o DNA da construção étnica do Brasil, e representa a miscigenação das raças, culturas e cores do nosso país. Ao fazer referências às nossas origens, a nova Coleção homenageia todas as regiões do país, nomeando seus padrões de uma maneira tipicamente brasileira: Ouro Preto, Cerrado, Abadá, Pinhão e Jangada são os nomes dos novos padrões madeirados.

A Coleção aposta ainda em produtos conceituais. O padrão Tricô imita o tramado de linhas e o Aço Cortain, um metal oxidado. Já o Verena Rajado, acabamento feito com filme em membrana de PET (polietileno tereftalato), traduz a preocupação da Todeschini com a sustentabilidade. Pensando ainda no meio ambiente e apostando na inovação, a Coleção Identidade apresenta as frentes DNA. Grande aposta da marca, as peças fazem referência a um aglomerado de madeira

denominado "OSB", até então sem aproveitamento pela indústria. O material recebe pintura acetinada, em diversas cores. São muitas as novidades! Só podemos compartilhar tudo se estivermos juntos. Esse jornal é uma forma que encontramos de trocar informações. Podemos, através dele, expressar nossas ideias, das mais simples às mais ousadas. E, obtermos juntos respostas e soluções aos principais desafios do design moderno. Envie seus comentários e críticas ao e-mail opiniao@ todeschinibh.com.br.

Nora de Campos Vieira


Profissionais mineiros são convidados para o tour Todeschini A To d e s c h i n i c o n v i d a , a n u a l m e nte , u m g r u p o d e profissionais do mercado de arquitetura de interiores (arquitetos, designers, decoradores) de vários estados do Brasil para o famoso roteiro “Tour Todeschini”. Trata-se de uma visita à fábrica, em Bento Gonçalves, no Sul do país, onde estes profissionais podem conhecer o incrível sistema de fabricação de móveis planejados produzidos com a mais moderna tecnologia de ponta do mundo. O roteiro compreende três dias de um passeio inesquecível por

2

uma das regiões turísticas mais privilegiadas em belezas naturais do Brasil. A viagem incluiu um roteiro gastronômico com direito a visita as vinícolas famosas do Vale do Vinhedo como a Miolo e Casa Valduga - com direito a jantar, fábrica de chocolate Caracol em Gramado, além de passeios turísticos e visita ao museu Super Carros. Este ano a Todeschini BH (Raja – Sion) convidou quatro profissionais da área para o roteiro. São eles: Jacqueline Salomao, decoradora; Dante Lapertosa; José Alberto Figueiredo; e Sheila Mundim, designer.

}

A viagem contribuiu para apreciar novos lugares, criar laços com a Equipe Todeschini e conviver, ainda que por pouco tempo, com profissionais de outras cidades. Conhecer a fábrica foi uma excelente experiência, para mim, que reforçou minhas expectativas sobre a qualidade, o respeito e o cuidado com que a Todeschini trata seus clientes e nós, os profissionais.

~

Sheila Mundim • Designer

}

Foi surpreendente ir à Todeschini, conhecer o novo conceito da marca. Jacqueline Salomão • Designer

~


Jacqueline Salomão

O brinde com Margaux, Miriam, Jacqueline, Maria Angélica Moretzsohn, Dante Lapertosa, José Alberto e Sheila Mundim.

Todeschini Raja recebe amigos especificadores Depois da viagem à fábrica, a Todeschini Raja organizou um encontro com alguns profissionais de decoração que fizeram o tour, recebendo para um coquetel na loja. Na ocasião, foi lançado o cartão fidelidade entregue aos convidados desse primeiro grupo. O cartão fidelidade é um novo programa de vantagens que é oferecido de acordo com o trabalho e desempenho de cada colaborador. Ao atingir a pontuação, eles avançam para um outro nível, recebendo o cartão “Diamante”, usufruindo assim de mais benefícios e vantagens. Receberam o cartão “Ouro” os profissionais Jacqueline Salomão, Dante Lapertosa, José Alberto Figueiredo e Sheila Mundim. Confira as fotos da noite do coquetel Todeschini Raja.

José Alberto Figueiredo e Sheila Mundim

3

Sheila Mundim e Nora Vieira

Dante Lapertosa, José Alberto e Sheila Mundim


Harmonize os ambientes com Feng Shui

Para que serve o Feng Shui? O segredo está em

Afinal, que arte é essa que transpôs os continentes para ensinar a pendurar cristais em casa, trocar a cor das paredes, colocar espelhos e mudar a posição dos móveis, resultando em mudanças e grandes transformações na nossa vida? Feng Shui é uma arte chinesa de mais de quatro mil anos e está fundamentado no I Ching, a filosofia oriental que ensina como pequenas mudanças físicas podem promover grandes transformações na energia da casa e na vida das pessoas. O Feng Shui, leia-se “fan suêi”, atribui o bem-estar de um ambiente à forma como energias opostas (Yin e Yang) se distribuem e circulam em uma residência ou escritório. Um dos grandes estudiosos do Feng Shui é o arquiteto Roberto Watanabe. Desde os 17 anos ele vem estudando sobre as influências das construções sobre o ser humano, sobre a maneira como as construções mal projetadas acabam comprometendo a saúde das pessoas. Por isso, ele defende os proj etos que privilegiam a luz, a entrada de ar para arejar bastante o ambiente. Assim, estes elementos vão trazer uma energia positiva na vida das pessoas, conferindo mais saúde e mais qualidade de vida.

harmonizar toda a casa. Por que é inegável que um ambiente decorado com bom gosto vai causar uma sensação maior de conforto. Enquanto alguns dizem que isso é a busca do ser humano pelo belo, o Feng Shui atribui “esse bem-estar à forma como energias opostas (Yin e Yang) se distribuem e circulam pelo ambiente”. O Feng Shui, explica Wanatabe, é uma filosofia, não um remédio. Mas, ele não faz

milagres se você não agir para conseguir seus objetivos, ou seja, ninguém pode ficar passivo diante de problemas. É preciso agir. Também é preciso tomar cuidado com a harmonia com o Feng Shui. Não existe regra fixa para a prática, apenas não se deve adquirir 100 ou mais espelhos, por exemplo, achando que somente isso será a solução, como explica o professor dessa cultura, o arquiteto Roberto Wanatabe. É muito importante, porém, não vulgarizar esse conceito.

Elementos

Gostos pessoais

Verde

Existem 5 elementos básicos com significados próprios, sendo que cada um corresponde a uma parte da casa: Árvore/Madeira (Energia Ascendente – Antepassados e Riqueza); Solo (Energia Descendente – Relacionamento, Conhecimento e Saúde); Fogo (Energia Ativa – Fama); Metal (Energia de Reunião – Crianças e Pessoas que Ajudam); e Água (Energia Fluida – Carreira).

O Feng Shui não se resume aos 5 elementos e às suas cores mais influentes, mas também precisa do toque personalizado de quem habita a casa! Rodeie-se de coisas bonitas, de coisas que lhe fazem bem só de as ter por perto, de as ver e de as tocar… mas sem montar uma autêntica feira!

As plantas e as flores dentro de portas também são permitidas e o Feng Shui dita que purificam o ar e emprestam luminosidade a qualquer ambiente, desde que não sejam cactos ou tenham muitos picos! Se quiser uma planta no quarto, coloque-a longe da cama.

4

Organização Não há palavra mais importante na filosofia Feng Shui do que a organização. O ato de escolher, deitar fora ou arrumar todos os objetos e “tralhas” que tem espalhadas pela casa é meio caminho andado para a criação de um espaço harmonioso e com energias claras. Muita confusão atrai energias negativas o que, por sua vez, esgota não só as suas, como também diminui o seu bemestar geral e clareza de mente.

Luz Outra fonte de energia essencial é a luz e quanta mais luz natural tiver, melhor! Relativamente à luz artificial, combine-a com os espaços em questão – candeeiros aconchegantes para o quarto ou uma luz abrangente para o escritório. As velas também são recomendadas, desde que não possuam toxinas.

Todeschini News Identidade • Raja e Sion • Edição eletrônica/01 – Setembro 2013

Fale com a Todeschini - Envie críticas e sugestões para opiniao@todeschinibh.com.br Avenida Raja Gabaglia, 5.051 | Tel. (31) 3297.4200 • Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1.275 | Tel. (31) 2552.0676

Jornal Online Todeschini BH Raja-Sion  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you