Page 1

Diários de Estágio: (Observação) 11 de Novembro de 2009


Nesta semana, à semelhança das anteriores,

a

aula

decorreu

com

normalidade. Os alunos deram início às suas Tarefas, tal como o combinado, e dirigiram aos seus lugares. Esta foi uma muito especial para mim e penso que para os alunos também. Todos os elogios possíveis e imaginários parece-me que foram todos reservados para esta magnífica aula. A professora escreveu no quadro

: Funchal, 11 de Novembro de 2009.

Hoje é quarta-feira e o pai do Lourenço vem à nossa escola. Seguidamente passou a escrever o Plano Diário, em que constava: 1- Tarefas; 2- Planificação; 3Mudar Tarefas; 4- Visita dos Pais do Lourenço; 5 -Inglês; 6- Tempo de Estudo Autónomo; 7- Correspondência; 8- Os Livros e a Leitura; 9- Balanço do Dia.

Antes de mais, convém referir que todas as actividades práticas que são realizadas na escola, quer se realizem dentro ou fora da sala de aula, devem ser valorizadas, principalmente quando se trata de aprender e de adquirir conhecimentos e / ou expandir os saberes. O pai do Lourenço começou por explicar a prática a que dedicava grande parte do seu tempo. Os alunos, sempre muito atentos, fizeram silêncio e aguardaram ansiosamente as explicações do especial convidado. Foi de facto muito uma aula extremamente motivadora e, acima de tudo, fora do comum. Absorvemos toda a informação de forma facilitada, uma vez que pudemos observar directamente a prática de um Columbófilo. Assim, foram-nos apresentados Pombos-correios, filhotes Borrachos (através de registo fotográfico), a anilha que tinham na pata, que é o Bilhete de Identidade de cada Pombo, as corridas que os Pombos praticam e entre muitas outras curiosidades.


Enquanto o pai do Lourenço seguia com os esclarecimentos e deliciava todos os presentes, a professora ia registando alguma informação no quadro para que os alunos, posteriormente também pudessem registá-la no caderno diário. Refira-se que o pai do Lourenço, a determinada altura escreveu: COLUMBOFILIA

Pombo

Amizade

Destaque-se a especial disponibilidade deste Encarregado de Educação, que se predispôs a explicar tudo ao mais ínfimo pormenor, sempre com muita calma e dedicação, sabendo colocar-se no papel de um professor clarificando este tema às pequenas crianças. Fiquei deveras motivada, porque desculpem a minha ignorância, não sabia como era designado um tratador de pombos-correios. Para finalizar este momento aprazível, o pai do Lourenço dirigiu-se com os alunos até ao pátio como intuito de lançar o Pombo-correio. O senhor passou, desde logo, a explicar que a sua casa fica situada a Este e que, portanto, quando soltasse o respectivo Pombo, ele voaria em direcção à sua casa. Também nos disse que iria lançar o um segundo Pombo, mas como este não era um Pombo-Correio, iria voar em outra direcção. E assim foi, aquilo que o pai do aluno nos disse aconteceu na realidade. Acho que esta actividade foi deveras interessante e educativa. Curiosamente este género de actividades está direccionado para a metodologia defendida pelo MEM, em que se realça que os alunos devem aprender através das suas vivencias e das suas práticas. Se a professora trabalhasse o tema as profissões/desportos e expusesse outra profissão, que não a de um Columbófilo, certamente não seria tão enriquecedora. Assim, de uma forma simples e motivadora o pai do Lourenço explicou-nos de que se


tratava aquela profissão/desporto, disponibilizando-se, desde logo, a levar os utensílios necessários para explicar o procedimentos que habitualmente toma, fotos e, se excepção, um Pombo-correio que soltou no jardim. Deixo, desde já, os meus sinceros parabéns aos pais do Lourenço, visto que a mãe a grande sua assistente de serviço, pela vontade, disponibilidade e satisfação com que quiseram partilhar com aquelas crianças os seus conhecimentos e saberes. O tempo restante para o final da aula, decorreu como o esperado, sendo que os alunos realizaram, na perfeição, o restante Plano Diário. Outro momento bastante produtivo deste dia, foi a reunião que tive com a professora cooperante, onde tivemos a possibilidade de esclarecer algumas dúvidas que ainda restavam, ao que a professora prontamente se disponibilizou a explicar. Tanto a Margarida como eu estamos muito empenhadas em colaborar com a docente titular da turma, designadamente a realizar tarefas em conjunto, ajudar a construir com sucesso a caminhada dos nossos alunos. Além das propostas definidas na semana anterior com a respectiva professora, nesta semana, levámos o jogo O Bingo, bem como as Fichas de Matemática que elaborámos, cujo objectivo era saber se a professora concordava. (em anexo seguem as fichas de matemática).

diario de estagio  

5 diario de estagio

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you