Issuu on Google+


Recursos Biológicos

Trabalho realizado por : - Margarida Pimenta nº 22 – 4467 - Tomás Teixeira nº 29 - 4591


Índice - Tipos de recursos biológicos e consequências da sua utilização - Desflorestação - Introducção de espécies invasoras - Consrvação da Natureza - Áreas protegidas mundiais e de Portugal - Geomonumentos - Fontes


O que é a Desflorestação? A desflorestação é a destruição da floresta e é uma das causas de perturbação do equilíbrio dos ecossistemas.

Fig.1- Desflorestação na Amazónia


Desflorestação (causas) Na época passada a desflorestação foi principalmente devido ao abate de árvores para a construção naval e aquecimento. Actualmente, as principais causas de desflorestação são os incêndios, as chuvas ácidas e o abate de árvores para construção civil e enchimento de albufeiras de barragens.

Fig.2- Incêndio na floresta Amazónica


Qual a importância da floresta? As árvores, tal como outros produtores, libertam oxigénio e são sumidouros de carbono, contribuindo para a diminuição de GEE. A floresta também contribui para a protecção do solo. As raízes das árvores prendem o solo e previnem a erosão, melhorando o arejamento e capacidade de retenção de água no solo. As árvores existentes junto aos rios e lagos melhoram a qualidade da água, filtrando as escorrências dos terrenos e atenuando os efeitos das cheias.

http://www.youtube.com/watch?v=mIwAGo3qcpw&feature=related


Introdução de Espécies Invasoras Uma espécie introduzida pelo ser humano num habitat onde não existia anteriormente é uma espécie exótica. Algumas espécies exóticas instalam-se no seu novo habitat, reproduzem-se e aumentam os efectivos populacionias. Tornam-se espécies invasoras – espécies de crescimento populacional exponencial, principalmente devido à ausência dos seus predadores naturais no novo habitat.

Fig.3- Espécie Invasora


Consequências da Introdução de Espécies Invasoras O crescimento da população sem controlo tem como consequência a ocupação do habitat e possível extinção das espécies autóctones – espécies que são naturais do habitat onde vivem. A substituição das espécies autóctones pelas invasoras perturba o equilíbrio dos ecossistemas. Esta ameaça levou diversos países a assinarem a Convenção da Diversidade Biológica.

Fig.4- Espécie Invasora


Convenção da Diversidade Biológica A Convenção da Diversidade Biológica – CDB – compromete os países que assinaram a controlarem ou a erradicarem as espécies exóticas invasoras que ameaçam os ecossistemas e a sobrevivência das espécies autóctones.

Fig.5- Convenção da Diversidade Biológica


O que são Recursos Biológicos? Os Recursos Biológicos é toda a matéria e energia que podemos obter de outros seres vivos.

Fig.6- Biodiversidade


O que são recursos AgroPecuários? Os recursos agro-pecuários são os animais e as plantas que fornecem alimentos e matérias primas para industrias.

Fig.7- Recursos Agro-pecuários


O que são recursos Florestais? Os recursos Florestais são produtos da floresta – matérias-primas, alimentos e paisagem para recreio e lazer.

Fig.8- Recursos Florestais


O que sĂŁo recursos Marinhos? Os recursos Marinhos incluem os animais marinhos e as algas que fornecem alimentos e matĂŠrias-primas.

Fig.9- Recursos Marinhos


Qual a importância da sustentabilidade dos recursos Biológicos? Um exemplo da destruição de habitats na floresta tropical é a desflorestação causada pelo abate de árvores para comércio de madeira exótica. Em Portugal, a substituição da floresta por monoculturas de pinheiros e eucaliptos, além de aumentar a ocorrência de incêndios florestais, tem provocado a diminuição da biodiversidade. Um exemplo de poluição devida à agropecuária intensiva é a poluição da água e dos solos. Um exemplo de extinção de espécies é o excesso de pesca. Este facto devese à sobreexploração – exploração não sustentável dos recursos marinhos, provocando a sua diminuição rápida, que poderá levar à extinção de algumas espécies.


Exploração Sustentável Se cada cidadão produzir e consumir os recursos biológicos de uma forma mais inteligente, estes podem ser explorados de modo a que não se esgotem. A exploração sustentável dos recursos provoca menos poluição e evita destruir a Natureza.

Fig.10- Exploração Sustentável


O que são Áreas Protegidas As áreas protegidas destinam-se à preservação de um conjunto representativo dos principais ecossistemas ou regiões naturais de um território.


O que é um Parque Nacional? O parque nacional é uma área que contém um ou vários ecossistemas inalterados ou pouco alterados pela intervenção humana.


O que é um Parque Natural? Um parque natural é uma área que se caracteriza por conter paisagens naturais, seminaturais e humanizadas, de interesse nacional.


O que é uma Reserva Natural? Entende-se por reserva natural uma área destinada à protecção de habitats da flora e da fauna.


O que ĂŠ uma Paisagem Protegida? As paisagens protegidas sĂŁo ĂĄreas com paisagens naturais, seminaturais e humanizadas, de interesse regional o local.


Conservação da Natureza :Áreas protegidas Mundiais - Parque Nacional - Grand Canyon (EUA) - Parque Natural - Parque Natural de Doñana (Espanha) - Reserva Natural- Shambala (EUA) - Paisagem Protegida - Albufeira do Azibo (África) - Sítio Classificado - Monumento Natural das Pegadas de Dinaussáurios (Portugal) Fig.11- Parque Nacional do Grand Canyon


Conservação da Natureza :Áreas protegidas de Portugal - Parque Nacional - Peneda Gerês - Parque Natural - Serra da Estrela - Reserva Natural - Estuário do Tejo - Paisagem Protegida - Serra do Açor - Sítio Classificado - Monumento Natural das Pegadas de Dinaussáurios

Fig.12- Parque Natural da Serra da Estrela


Conservação da Natureza :Geomonumentos Os geomonumentos são ocorrências geológicas que, pela sua elevada importância e pelo facto de constituírem recursos valiosos não renováveis, devem ser preservados e respeitados. Um monumento natural é uma ocorrência natural contendo um ou mais aspectos que, pela sua singularidade, raridade ou representatividade em termos ecológicos, estéticos, científicos e culturais exige a sua conservação e a manutenção da sua integridade.

Fig.13- Geomonumento


Fontes Fig.1http://3.bp.blogspot.com/__ppJVGXZIz4/SwHY7qRt0pI/AAAA AAAAJ3g/EiVDVwFEvv4/s1600/388903.bmp

Fig.2http://3.bp.blogspot.com/_FCVyi3MZ6YM/SwKdojFkbQI/AAA AAAAAC5c/5tdBlOGcyco/s1600/amazonia_queimada_gado.jpg

Fig.3- http://img.olhares.com/data/big/171/1715072.jpg Fig.4http://1.bp.blogspot.com/_vym2y2y_X8k/SJib7icoejI/AAAAAA AAAEc/9b3I1fNLBuY/s400/procambarus+clarkii.jpg

Fig.5-

http://portal.icnb.pt/NR/rdonlyres/2D544B9A-2A114083-952F34CA3B5E07C5/4473/DiversidadeBiologicaTextos.jpg

Fig.6-

http://perlbal.hi-pi.com/blogimages/334272/gd/1190650099/Biodiversidade.jpg


Fontes Fig.7http://farm1.static.flickr.com/141/317998730_300f4ff93c.jpg

Fig.8http://docentes.esa.ipcb.pt/jamonteiro/disciplinas/sb6.JPG

Fig.9http://blog2.megaomni.com/img/10782/reservas%20%20marinh as.jpg

Fig.10http://www.brasildiario.com/imgNot/im/73/bd3674c4b74b669a 42632875e879ff1512831971404c7c08d4404810.32049822.jpg

Fig.11Fig.12-

http://static.hsw.com.br/gif/grand-canyon-9a.jpg

http://2.bp.blogspot.com/_k_Io8AzDs6Q/SezfM9IsndI/AAAA AAAABDk/vTlVE3sLf5I/s400/CP_cabeรงa_da_velha.jpg


Fontes Fig.13- http://3.bp.blogspot.com/__Kv8t6Wqm-4/SsBVfssMNI/AAAAAAAAADA/4bGeMUM5NUo/s16 00/pedra_furada_3.jpg Manual de Ciências do 8ºano


Recursos Biológicos