Page 1

Actividade  nº  2:     A   partir   da   análise   dos   instrumentos   que   já   realizou   e   da   compreensão   do   tipo   de   informações   passíveis   de   ser   obtidas   através   da   sua   aplicação,   seleccione   um   Indicador   do   Sub-­‐domínio   A2   à   sua   escolha,   e   escreva   livremente   três   enunciados   avaliativos   que   hipoteticamente   pudesse   formular   na   Coluna   das   Evidências   do   respectivo   Relatório   de   Avaliação,   a   partir   de   dados   supostamente   recolhidos   com   aqueles  instrumentos.     Indicador  seleccionado:   A.2.3  Promoção  do  ensino  em  contexto  de  competências  tecnológicas  e  digitais     Enunciados  avaliativos:     1)  Como  se  pode  constatar  através  da  leitura  do  plano  anual  de  actividades  da  BE,  do   plano  de  acção  PTE,  das  planificações  didácticas  (das  ACND  e  de  disciplinas  várias),  das   actas   de   conselhos   de   turma   e   através   da   análise   dos   resultados   do   QA1,   a   BE   desenvolveu  (promoveu  ou  apoiou),  em  articulação  com  as  ACND  e  outras  áreas  de   carácter  transversal  que  fomentam  a  utilização  contextualizada  das  TIC,  um  conjunto   alargado   de   projectos   escolares,   por   todos   considerado   mais   do   que   suficiente   (actividades   de   consulta   e   produção   de   informação   e   de   intercâmbio   e   comunicação   através   das   TIC:   actividades   de   pesquisa,   utilização   de   serviços   Web,   recurso   a   utilitários,   software   educativo   e   outros   objectos   multimédia,   manipulação   de   ferramentas  de  tratamento  de  dados  e  de  imagem,  de  apresentação).     2)  Como  se  pode  constatar  através  da  leitura  do  plano  anual  de  actividades  da  BE,  do   plano  de  acção  PTE,  dos  planos  de  actividades  dos  conselhos  de  turma  e  da  análise  dos   resultados  do  QA1,  a  BE,  de  forma  coerente,  sistemática  e  regular,  ao  longo  de  todo  o   ano   lectivo,   organizou   e   participou   em   actividades   de   formação   para   docentes   e   alunos  no  domínio  da  literacia  tecnológica  e  digital.     3)  Como  se  pode  constatar  através  da  leitura  do  plano  anual  de  actividades  da  BE,  do   plano  de  acção  PTE,  dos  planos  de  actividades  dos  conselhos  de  turma  e  da  análise  dos   resultados   do   QA1,   bem   como   dos   próprios   materiais   criados,   a   BE   produziu,   em   colaboração   com   os   docentes,   um   elevado   número   de   materiais   informativos   e   de   apoio  à  adequada  utilização  da  Internet:  guiões  de  pesquisa,  grelhas  de  avaliação  de   sítios,  listas  de  apontadores  e  guias  de  procedimentos.     Actividade  nº  3:         Imagine   que   uma   destas   ideias   do   Sub-­‐domínio   A2,   sobre   o   qual   temos   vindo   a   concentrar  o  nosso  olhar,  a  título  exemplificativo,  se  enquadra  naquilo  que  deve  ser   a  aposta  futura  de  melhoria  da  sua  biblioteca  num  determinado  tópico.   Identifique-­‐a  e  procure  operacionalizá-­‐la  de  um  modo  mais  efectivo,  de  modo  a  que   se  possa  constituir  como  uma  verdadeira  proposta  de  melhoria.  


Lembramos, contudo,  que,  integrando  o  relatório  de  auto-­‐avaliação,  esta  enunciação   de   propostas   deve   ser   feita   de   forma   sintética,   de   modo   a   não   sobrecarregar   o   Relatório.  Tente,  por  isso,  ser  o  mais  objectivo  possível.     Apostar   no   indicador   A.2.3   Promoção   do   ensino   em   contexto   de   competências   tecnológicas  e  digitais.  Para  isso,  a  BE  deve:     1)   Promover   ou   apoiar,   em   articulação   com   as   ACND   e   outras   áreas   de   carácter   transversal   que   fomentam   a   utilização   contextualizada   das   TIC,   mais   projectos   escolares   que   incluam   actividades   de   consulta   e   produção   de   informação   e   de   intercâmbio  e  comunicação  através  das  TIC  (planificar  estes  projectos  em  colaboração   com  os  Conselhos  de  Turma)   2)   Organizar   e   participar   em   actividades   de   formação   para   alunos   no   domínio   da   literacia  tecnológica  e  digital  (mini-­‐acções  de  formação  que  decorram,  por  hipótese,  no   intervalo   alargado   para   o   almoço   ou   acções   que   sejam   desenvolvidas   nos   tempos   lectivos  das  ACND).   3)  Colaborar  na  concepção  e  dinamização  de  actividades  de  educação  para  e  com  os   media.   4)   Produzir,   em   colaboração   com   os   docentes,   materiais   informativos   e   de   apoio   à   adequada   utilização   da   Internet:   guiões   de   pesquisa,   grelhas   de   avaliação   de   sítios,   listas  de  apontadores  e  guias  de  procedimentos.             25/11/2010    Margarete  L.  Rodrigues.    

MAABE: metodologias de operacionalizaçao (IIC)  

Tarefa para Formaçao em MAABE

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you