Issuu on Google+

Boletim Informativo da Biblioteca Agrupamento de Escolas Álvaro Coutinho, “O Magriço” Penedono Escola Básica Álvaro Coutinho,”O Magriço” – Serviços de Biblioteca Ano XII– XII– Nº 37– 37– Mensal – junho 2012 Distribuição Gratuita

10 de junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas As origens do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades remontam ao início do século XX (1924). O Dia de Camões começou a ser festejado a nível nacional com o Estado Novo (um regime instituído em Portugal por António de Oliveira Salazar, em 1933). O feriado em honra de Camões (um dos símbolos da Nação) passou a ser a 10 de Junho, data apontada como sendo a da morte do poeta que escreveu "Os Lusíadas". Mas não é só Camões que representa o nosso país. Existem outros símbolos que nos representam e que também têm história:

Bandeira - o vermelho é uma cor de força, coragem e alegria, que representa o sangue derramado pelos portugueses; - o verde, a cor da esperança e do mar, foi escolhido em honra de uma batalha onde esta cor deu a vitória aos portugueses. Ao centro, sobre as duas cores, está o Escudo das Armas Nacionais, símbolo da defesa do nosso território e a Esfera Armilar Manuelina, que simboliza as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo, nos séculos XV e XVI.

Hino O hino que conhecemos hoje foi oficializado em 1911, depois da Implantação da República (em 5 de Outubro de 1910). A música foi escrita por Alfredo Keil e a letra por Henrique Lopes de Mendonça, em 1890.

Língua

A nossa língua é também um símbolo do país. A célebre frase de Fernando Pessoa: "A minha pátria é a língua portuguesa" significa que está algo de Portugal onde quer que se fale português.

Em todo o mundo falam português cerca de 190 milhões de pessoas! Adaptado de http://www.junior.te.pt/servlets/Rua?ID=209&P=Portugal

1


Novidades na nossa BE… Música para Olhar relaciona a música com pintura e é dedicado principalmente ao público infanto-juvenil. Destaca belas obras de autores portugueses.

A flauta, José Malhoa

Natureza-morta, Eduardo Viana

Novas aquisições:

Ofertas: Estas obras fazem agora parte da nossa biblioteca e foram uma generosa oferta da Professora Mónica Tulha.

1


Escritor do mês Luísa Ducla Soares Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de Julho de 1939, onde se licenciou em Filologia Germânica. Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido directora da revista de divulgação cultural Vida (1971-1972). Colaboradora de diversos jornais e revistas, estreou-se com um livro de poemas, Contrato, em 1970. Trabalha desde 1979 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua atividade realizando uma bibliografia de literatura para crianças e jovens em Portugal. Tem-se dedicado como estudiosa e autora à literatura infantojuvenil. Recebeu o "Prémio Calouste Gulbenkian para o melhor livro de literatura infantil no biénio 1984-1985" e o "Grande Prémio Calouste Gulbenkian" pelo conjunto da sua obra em 1996. Colaborou na página infantil do Diário Popular e na revista Rua Sésamo. As suas obras encontram-se traduzidas em diversas línguas, nomeadamente francês, catalão, basco e galego. Algumas obras:

Contrato 1972 A História da Papoila 1973 Maria Papoila 1973 O Dr. Lauro e o Dinossauro 1973 O Soldado João 1973 O Ratinho Marinheiro 1976 O Meio Galo e Outras Histórias 1981 Histórias de Bichos 1982 O Rapaz do Nariz Comprido 1984 A Princesa da Chuva, 1985 6 Histórias de Encantar 1992 É Preciso Crescer 1992 A Nau Catrineta 1997 O Casamento da Gata 2001 Uns óculos para a Rita 2002 Meu bichinho, meu amor 2002 Viagens de Gulliver 2005 A Cidade dos Cães e outras histórias 1970

1


Em junho … ⇒

Foi fundada a Associação NorteNorte-americana de Basquetebol (NBA)

A National Basketball Association ou NBA é uma das principais ligas de basquetebol do mundo, sendo

localizada

na

América

do

Norte.

Foi

criada a 6 de Junho de 1946 sob o nome de BAA (Basketball Association of America) e em 1949 sofreu a fusão com a NBL (National Basketball League) e foi renomeada NBA.

Nasceu Che Guevara Ernesto (Che) Guevara nasceu em Rosário, na Argentina, a 14 de junho 1928. Aventureiro, tinha um fascínio por viagens, o que o levou,

aos 21 anos, a percorrer, mochila às costas, o

norte argentino numa bicicleta motorizada que ele próprio desenhou e construiu. Depois de estudar medicina na Universidade de Buenos Aires, começou a trabalhar como médico, mas o seu espírito revolucionário não ficou indiferente às revoltas

que

iam

deflagrando

por

toda

a

América

Latina. Morreu, assassinado, a 8 de outubro de 1967, em La Higuera, na Bolívia. A sua imagem fica para sempre associada à luta pelos ideais comunistas e à defesa dos mais fracos.

Para divertir

1


Bibliotim de junho de 2012