Page 1

ANO VIII - Nº 68 - SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

EMPREGO

EXCLUSIVO "Lençóis têm saldo positivo de emprego no Governo Prado"

Em entrevista exclusiva ao jornal Atitude, André Paccola Sasso, o Cagarete, secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Lençóis Paulista, fala sobre a capacitação de jovens, emprego e empreendedorismo. Página 5

ENQUANTO QUE EM GRANDE PARTE DO BRASIL...

Taxa de desemprego volta a crescer Influenciada pela sazonalidade de início do ano, a taxa de desocupação do país voltou a crescer depois de duas quedas consecutivas. Página 4

Carnaval da Alegria tem shows, banho de espuma, blocos e Patrulha Canina Confira Programação na página 3

Cronograma de serviços públicos no carnaval Em virtude do Carnaval entre os dias 2 e 5 de março, a Prefeitura de Lençóis Paulista vai alterar o cronograma de serviços neste período. Na segunda-feira, 4, apenas os serviços de coleta de lixo e o recolhimento de material reciclável, feito pelas equipes da Cooprelp estão mantidos e funcionam normalmente. Já os demais setores incluindo creches, escolas e setores da Prefeitura e autarquias suspendem o atendimento ao público nos dias 4 e 5 de março (feriado de carnaval). Na quarta-feira, 6, o atendimento ao pú-

blico será retomado a partir das 13h30. Já o atendimento nas creches têm início no período da manhã. O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE) vai manter equipes de plantão no final de semana e durante o carnaval. Para solicitar o atendimento, os usuários devem entrar em contato com o SAAE pelo telefone 0800 772 31 15. Saúde antecipa agendamento de viagens O setor de Agendamento de Viagens vai antecipar os procedimentos para a marcação de viagens durante o período do Carnaval. Os usuários com via-

gens agendadas para a realização de exames e outros procedimentos médicos, entre os dias 2 e 6 de março, devem procurar o setor no dia 1º de março (sexta-feira), das 7h às 10h, para o agendamento da viagem. Já o agendamento da viagem para exames e consultas no dia 7 de março, também serão antecipados pelo setor e serão realizados no dia 6 de março (quarta-feira de cinzas), das 13h30 às 15h30. Para mais informações ligue 14 3264 3881. O setor de Agendamento de Viagens da Saúde fica na Rua José Paulino da Silva, 55, centro (ao lado do Almoxarifado).

Dois colaboradores ficam feridos em queda de elevador de frigorífico Duas pessoas sofreram várias fraturas na queda de um elevador em um complexo empresarial, na Vila Mamedina, em Lençóis paulista, por volta das 11h45, desta quinta-feira (28). As vítimas, T.L. de 27 anos e J.F. de 28 anos (somente as iniciais e idade foram divulgadas), são funcionários do frigorífico, e foram socorridas por unidades do Corpo de Bombeiros, SAMU, e Resgate Integrado (RI) da cidade, após acionados por funcionários da empresa e encaminhadas para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

Informações extra-oficias, diz que a queda de ocorreu de no máximo, dez metros de altura, aproximadamente três andares, no prédio da parte industrial da empresa, que fica no mesmo complexo que o administrativo. Ainda não se sabe as causas do acidente. Em nota, a empresa Fri-

gol informou que os seus colaboradores foram prontamente atendidos e levados ao hospital local para maiores exames e cuidados, e não correm risco de morte. A empresa também afirmou que está prestando todo o auxílio e iniciará as investigações internas cabíveis para identificar as causas do acidente.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

EDITORIAL

Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro. Bob Marley

Dupla Jornada Nessa edição o leitor verá uma matéria sobre o crescimento do desemprego Brasil no ultimo trimestre. Vários são os fatores que contribuem para o desemprego não apenas no Brasil, como no mundo. É o avanço da tecnologia que hoje substitui a mão de obra humana em muitas tarefas, como por exemplo, a automação que antes era novidade apenas na esfera industrial, hoje vista rotineiramente em lanchonetes, ou lojas de conveniência quando que com umas moedinhas, tomamos nosso delicioso cafezinho – e com uma variedade maior de sabor – sem a necessidade de um atendente. Mas o que mais me espanta é a dupla jornada de muitos trabalhadores, uns por conta do baixo salário oferecido em um único emprego, e que para completar a renda e obter uma condição melhor de vida financeira, trabalham em empresas distintas. No entanto, o que me causa espanto, é saber que parlamentares, contratam assessores(as) com a justificativa de que como eles tem outras tarefas além das que exercem no legislativo, isso os parlamentares, justificaria a contratação de assessores (cargos de confiança, ou seja de livre nomeação dos políticos) para auxiliarem os mesmos no trabalho parlamentar. Porém, o que muitos popula-

res vêm questionando, é o fato de que os ‘cargos de confiança’ contratados para assessorar os parlamentares, terem também outros ofícios, exercendo assim outras atividades profissionais além das que lhe foram delegas no serviço público. Será possível um assessor que tem por obrigação uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, ainda ter energia para trabalhar em outra atividade? Talvez seja por essa razão que muitas vezes o serviço público que é oferecido à população muitas das vezes é de baixa qualidade, pois não tem quem o faça em dedicação integral. Penso que já passou da hora de nossos políticos, já que necessitam desses ‘assessores’, contratarem pelo menos, quem além de ter competências técnicas para o cargo, se dediquem única e exclusivamente ao serviço que lhe foi delegado. Como dizem nas mídias sociais, fica a dica. Marcos Xavier

Juros do cheque especial e do rotativo iniciaram o ano com forte alta Os clientes de instituições financeiras que caíram no rotativo do cartão de crédito ou usaram cheque especial iniciaram o ano pagando juros mais caros, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (27). A taxa de juros do cheque especial subiu 3 pontos percentuais em janeiro em relação a dezembro, ao chegar em 315,6% ao ano. As regras do cheque especial mudaram no ano passado. Os clientes que utilizam mais de 15% do limite do cheque durante 30 dias consecutivos passaram a receber a oferta de um parcelamento, com taxa de juros menores que a do cheque especial definida pela instituição financeira. A taxa média do rotativo do cartão de crédito subiu 1,5 ponto percentual em relação a dezembro, chegando a 286,9% ao ano, no mês passado. A taxa média é formada com base nos dados de consumidores adimplentes e inadimplentes. No caso do consumidor adimplente, que paga pelo menos o valor mínimo da fatura do cartão em dia, a taxa chegou a 263,1% ao ano em janeiro, com redução de 4,9 pontos percentuais em relação a dezembro. A taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura (rotativo não regular) subiu 5,2 pontos percentuais de dezembro para janeiro ao ficar em 302,9% ao ano. O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. O crédito rotativo dura 30 dias. Após esse prazo, as instituições financeiras parcelam a dívida. Em abril de 2018, o Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu que clientes inadimplentes no rotativo do cartão de crédito

passem a pagar a mesma taxa de juros dos consumidores regulares. Essa regra entrou em vigor em junho. Mesmo assim, a taxa final cobrada de adimplentes e inadimplentes não é igual porque os bancos podem acrescentar à cobrança os juros pelo atraso e multa. Modalidades caras As taxas do cheque especial e do rotativo do cartão são as mais caras entre as modalidades oferecidas pelos bancos. A do crédito pessoal, por exemplo, ficou em 116,5% ao ano em janeiro, com redução de 3 pontos percentuais na comparação com o mês anterior. A taxa do crédito consignado (com desconto em folha de pagamento) permaneceu em 24,2% ao ano. A taxa média de juros para as famílias subiu 2,5 pontos percentuais para 51,4% ao ano. A taxa média das empresas subiu 1,4 ponto percentual, atingindo 20,2% ao ano. A inadimplência do crédito, considerados atrasos acima de 90 dias, para pessoas físicas, permaneceu em 4,8%. No caso das pessoas jurídicas, houve aumento de 0,2 ponto percentual para 2,9%. Esses dados são do crédito livre em que os bancos têm autonomia para emprestar o dinheiro captado no mercado. No caso do crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura) os juros para as pessoas físicas subiu 0,2 ponto percentual para 8% ao ano. A taxa cobrada das empresas subiu 1,4 ponto percentual para 9,9% ao ano. A inadimplência das pessoas físicas subiu 0,2 ponto percentual para 1,7% enquanto das empresas caiu 0,1 ponto percentual para 1,9%. Agência Brasil

Ministro defende mais alunos nas salas das universidades públicas

O ministro da Educação, Ricardo Vélez, defendeu hoje (26), em audiência pública no Senado Federal, aumentar o número de estudantes nas salas de aula das universidades públicas. Vélez também disse ser favorável às cotas "enquanto não for resolvida a questão do ensino básico de qualidade para todos". Segundo os dados do último Censo da Educação Superior, de 2017, no setor privado, que concentra a maior parte das matrículas, há, em média, quase 30 estudantes para cada professor. Nas instituições públicas, essa relação é de 12 estudantes por professor. "Poderíamos utilizar a excelente qualidade acadêmica das nossas universidades públicas colocando mais alunos em sala de aula, aumentando as vagas no setor público", defendeu. O ministro não chegou a apontar uma relação ideal, mas citou exemplos de países em que essa relação chega a 50 ou 60 estudantes por professor. "Não vejo por que no nosso Brasil não podemos aumentar um pouco mais o número de estudantes na sala de aula". Uma das questões na qual a expansão das universidades públicas esbarra é na falta de orçamento. "Eu vejo isso com muita preocupação. O país está em uma recessão. Estamos com dificuldades econômicas. É muito difícil manter a dotação orçamentária das universidades públicas da forma como se deu nos períodos da bonança econômica", explicou. O ministro descartou, no entanto, a privatização dessas instituições. "Universidade pública não deve ser privatizada. Mas, por ser pública, precisa ser gerida com responsabilidade", disse. O ministro defendeu o aumento do número de estudantes como forma de otimizar o atual orçamento. De acordo com o Censo, a maior parte das matrículas do ensino su-

perior está em instituições privadas. Dos cerca de 8,3 milhões, aproximadamente 2 milhões estão em instituições públicas. Cotas nas universidades Vélez também defendeu as cotas nas universidades. "É importante que todos tenham acesso a universidade em pé de igualdade. E aí está nossa dívida social. Temos cotas. Defendo as cotas enquanto não for resolvida a questão de ensino básico de qualidade para todos", diz. A lei de cotas, Lei 12.711/2012, estabelece que metade das vagas das intituições federais devem ser reservadas para estudantes de escolas públicas. Devem ser reservadas também vagas para estudantes negros e indígenas. O número dessas vagas é calculado com base na porcentagem dessas populações no local em que a universidade está inserida. Educação básica Na audiência pública, Vélez voltou a defender a melhora da educação básica, que vai do ensino infantil até o ensino médio, como forma de melhorar a qualidade da educação brasileira. Ele também voltou a defender a máxima "Mais Brasil, menos Brasília", defendendo um fortalecimento da gestão da educação nos estados e municípios. Ele também defendeu o modelo de educação cívico-militar e res-

saltou que a pasta tem uma Subsecretaria voltada para ampliar esse modelo de gestão no país. Mensagem às escolas Ao menos três parlamentares questionaram o ministro em relação à mensagem enviada pelo MEC a escolas de todo país com uma carta para ser lida aos estudantes. As escolas deveriam também reunir professores, funcionários e alunos e cantar o Hino Nacional. A ação, voluntária, deveria ser gravada. Os principais pontos criticados foram o pedido para gravar estudantes, que são menores de idade, e o uso do slogan de campanha do presidente Jair Bolsonaro na carta: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos". O ministro reconheceu que errou em determinados pontos da mensagem. "O slogan de campanha foi um erro. Já tirei. Reconheci, foi um engano. Quanto à filmagem. Só será divulgada com a autorização da família", disse. Vélez defendeu a prática de cantar o Hino Nacional: "Cantar o Hino Nacional não é constrangimento legal, é amor à pátria". O ministro participou de audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte no Senado Federal e, por mais de três horas respondeu perguntas de senadores.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

LENÇÓIS PAULISTA

A maior necessidade de um Estado é a de governantes corajosos. Johann Goethe

Carnaval da Alegria tem shows, banho de espuma, Patrulha Canina e recorde de blocos Desfile de blocos abre programação no dia 2 de março, a partir das 9h Com participação recorde de blocos, Patrulha Canina, apresentações culturais, shows ao vivo e o Banho de Espuma, sucesso de 2018. O Carnaval da Alegria na Capital do Livro terá uma programação diversificada para crianças, jovens e adultos. A Secretaria de Cultura, responsável pela organização e realização do evento, vai montar uma infraestrutura especial para atender os foliões durante as atrações na Praça Comendador José Zillo, a Concha Acústica entre os dias 2 e 5 de março. A organização vai disponibilizar estrutura coberta para stands de alimentação, brinquedos infláveis e apresentações do Projeto Criança Feliz. O Carnaval de Alegria na Capital do Livro tem o apoio da Secretaria de Saúde e do Sicoob CRED Acilpa. O tradicional Desfile dos Blocos abre a programação do Carnaval 2019 no sábado, 2, com o início da concentração às 9h, ao lado da Praça do Constitucionalista, no cruzamento das Avenidas Ubirama com 25 de Janeiro. Os blocos prometem um desfile com muita animação, música e um figurino especial. Com o apoio da AMALP, estão confirmadas a participação de oito blocos (veja box) neste ano. Os blocos seguem no sentido centro bairro com dispersão no Parque do Povo e apresentação do Agita Lençóis, com a coordenação de Marcelo Estrella. Ainda no sábado, a programação contempla da apresentação da Banda Fina Estampa e nova apresen-

tação do Agita Lençóis. A programação segue no domingo, 3, com o Projeto Criança Feliz, o tradicional Banho de Espuma e apresentação da Banda Toke Novo no palco da Concha Acústica. Além das atrações na Concha Acústica, o Carnaval 2019 recebe o desfile de blocos com concentração a partir das 17h, na Avenida Padre Salústio. Os blocos iniciam o desfile às 19h e seguem com acompanhamento de um trio elétrico e dispersão na Concha Acústica. Na segunda-feira, 4, as apresentações começam às 17h, com a tradicional matinê e participação do DJ Morcego, Agita Lençóis e show da Banda Os Quatro. O Carnaval da Alegria na Capital do Livro segue até a terça-feira, 5 de março, com matinê a partir das 15h, com apresentação da Patrulha Canina, oficina de máscaras e show com a Banda MIX. Segurança, alegria e valorização dos artistas locais O maestro e secretário de Cultura, Marcelo Maganha, lembrou que o Carnaval da Alegria está sendo preparado para oferecer uma programação completa para crianças, jovens e adultos. “A primeira edição do Carnaval da Alegria foi sucesso com recorde de público. Neste ano, a programação vai oferecer mais atrações, com shows, projeto criança feliz, desfile de blocos, oficina de máscaras, patrulha canina, robô de LED, patrulha canina e o banho de espuma, que foi um sucesso. Toda essa programação foi preparada com muito carinho para levar aos foliões e à comunidade lençoen-

se, momentos de lazer, descontração e alegria. A Concha Acústica vai receber uma infraestrutura completa com montagem de cobertura, praça de alimentação e equipes de apoio. Foram semanas de organização e planejamento para que este seja mais um grande evento, com alegria, segurança e diversão. O Carnaval também vai valorizar o artista lençoense, pois todas as bandas e blocos são lençoenses. Em todos os eventos, estamos valorizando nossos artistas, esta é uma diretiva do Governo Municipal, a valorização do talento lençoense”, completou o secretário de Cultura. Patrulha Canina Neste ano, a Secretaria de Cultura preparou uma apresentação especial para a criançada. Na terça-feira, a partir das 15h, acontece o espetáculo Turma da Patrulha. Além dos icônicos personagens conhecidos pelas crianças, Ryder, Marshal, Chase, Sky, Everest e Rubble. Contamos com a presença de uma personagem totalmente nova, a inspetora do farol: Ruth Gatteou. A história se desenrola após um surto de pulgas, que pode ameaçar o baile de carnaval canino, se a Inspetora aparecer. Com músicas muito animadas e conhecidas essa aventura se torna totalmente inédita para o público, os personagens brincam, cantam cantigas de roda, dançam e divertem a criançada. Sem contar que, trazem a mensagem de fazer o bem sempre e a importância do trabalho em equipe durante o show."

Prefeitura faz manutenção preventiva em reservatório e em bombas na Vila Contente Em ação de rotina, a Prefeitura através de equipes da Secretaria de Obras e Infraestrutura realizou a manutenção no reservatório que recebe águas de enxurradas em dias de fortes chuvas, e nas máquinas que são acionadas quando o nível da água acumulada atinge um limite determinado pela Defesa Civil e ajudam a bombear o volume para o Córrego Corvo Branco. Para o secretário Anderson Burato, da Motomecanização, e o diretor do SAAE Evandro Dalbém, ambos membros da Defesa Civil de Lençóis Paulista, embora uma manutenção tenha sido feita pouco antes do início do período das chuvas, houve necessidade de solicitar nova manutenção por parte das equipes de Obras, devido à quantidade de sujeira que havia no reservatório emergencial localizado na confluência das ruas Martim Afonso e Pedro

Este ano, o carnaval de rua de Lençóis Paulista, promete ser ainda mais alegre e maior do que foi o ano passado

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL 02/03 (sábado) 9h00 - Concentração ao Lado Praça do Soldado Constitucionalista (Lado da Germania) 10h00 – Desfile dos Blocos Pela Contra Mão, das Estrelas, Aranhas Negras, Amigos do Morro, Vai quem Ké, Vida Ativa, Unidos do Júlio Ferrari e Chama Geral 11h30 – Dispersão no Parque do Paradão com Professor Marcelo Estrella “Agita Lençóis” 16h00 - Brinquedos Infláveis e Agita Lençóis

com Professor Marcelo 20h00 - Banda Fina Estampa 03/03 (domingo) 15h00 – Matinê, Brinquedos Infláveis, Projeto Criança Feliz e Banho de Espuma 17h00 - Concentração de Blocos ao Lado do Fórum (Av. Padre Salústio Rodrigues Machado) e Agita Lençóis no trio Elétrico 19h00 - Início Desfile até a praça Comendador José Zillo (Concha Acústica) 20h00 – Show da Banda Toke Novo

04/03 (segunda) 17h00 – Matinê, Brinquedos Infláveis e Agita Lençóis com Professor Marcelo Estrella 20h00 – Show Banda Os Quatro 05/03 (terça-feira) 15h00 - Matinê, Patrulha Canina, Brinquedos Infláveis, Banho de Espuma, Oficina de Máscaras e Agita Lençóis com Professor Marcelo Estrella 19h00 – Show Banda MIX

Por mais segurança e tranquilidade, Demutran interdita trecho da Sete de Setembro durante o carnaval

Pedaços de madeira e lixos diversos foram retirados da área de reservatório contra enchentes

Alvares Cabral. Pedaços de madeiras e outros restos, como mostra a foto, foram encontrados. “Apesar da grade existente no local, que protege o reservatório e seus equipamentos, toda essa sujeira estava lá dentro. Isso é inconcebível”, comentou Burato, da Secretaria de Motomecanização. O diretor do SAAE disse que na semana passada as duas bombas foram coloca-

das em funcionamento para testes de rotina, e esse entulho não estava no local. “Isso tudo só pode ter sido jogado por alguém aqui dentro, afinal a enxurrada dificilmente traria tudo isso com as grades de proteção do reservatório”, comentou Dalbém. De acordo com Evandro Dalbém, mesmo fora do período de chuvas todo equipamento contra enchente passa por manutenção.

Sete de Setembro será interditada entre as Ruas Pedro Natálio e Doutor Antônio Tedesco

O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) vai interditar um trecho da Rua Sete de Setembro, entre as Ruas Pedro Natálio Lorenzetti e Doutor Antônio Tedesco defronte ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, durante o Carnaval entre os dias 2 e 5 de março. A iniciativa busca levar mais segurança e tranquilidade aos foliões durante o carnaval na praça Comendador José Zillo, a Concha Acústica.

Além da Rua Sete de Setembro, equipes do Departamento de Trânsito serão designadas para acompanhar o Desfile dos blocos no sábado, 2 de março, com saída às 9h, seguindo pela Rua XV de Novembro (sentido centro bairro) com dispersão no Parque Paradão e no dia 3 de março, domingo, a partir das 17h, na Avenida Padre Salústio Rodrigues Machado, seguindo pela Antônio Tedesco em direção a Concha Acústica.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

MATÉRIA DE CAPA

“O tempo, a energia e o talento podem ser mais importantes do que o orçamento.” Steve Jobs

Taxa de desemprego volta a crescer depois de duas quedas consecutivas Influenciada pela sazonalidade de início do ano, a taxa de desocupação do país voltou a crescer depois de duas quedas consecutivas e fechou o trimestre móvel encerrado em janeiro em 12%, resultado 0,3 ponto percentual superior aos 11,7% relativos ao trimestre encerrado em outubro do ano passado. Com a alta, a população desocupada passou a 12,7 milhões – crescimento de 2,6% (mais 318 mil pessoas) frente ao trimestre agosto a outubro de 2018. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) e foram divulgados hoje (27), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao trimestre móvel de novembro de 2017 a janeiro de 2018 (12,2%), o quadro foi de estabilidade. A subutilização da força de trabalho ficou em 24,3% no período, somando 27,5 milhões de pessoas. Na avaliação do coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, a alta foi provocada pela sazonalidade comum a esta época do ano. “Com a entrada do mês de janeiro, houve um aumento da taxa de desocupação. É algo sazonal, é comum a taxa aumentar nessa época do ano por causa da diminuição da ocupação, explicou. Mesmo com o fator sazonalidade, o coordenador do IBGE destacou o fato de que este trimestre fechado em janeiro foi “menos favorável” que os mesmos períodos de 2018 e 2017. “Ano passado houve estabilidade na população ocupada e na de-

socupada, enquanto, neste ano, cresceu o número de desocupados”. População ocupada cai Os dados da Pnad Contínua indicam que a população ocupada do país fechou o trimestre encerrado em janeiro deste ano em 92,5 milhões, registrando uma queda de 0,4% (menos 354 mil pessoas) em relação ao trimestre de agosto a outubro de 2018, mas cresceu 0,9% (mais 846 mil pessoas) em relação ao trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018. A taxa de subtilização da força de trabalho fechou em 24,3% no trimestre encerrado em janeiro deste ano, apresentando estabilidade em relação aos 24.1% do trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre móvel do ano anterior (23,9%), houve aumento de 0,4 ponto percentual. A população subutilizada ao fechar em 27,5 milhões, ficou estável em relação aos 27,3 milhões do trimestre de agosto a outubro de 2018, embora tenha crescido 2,5% em relação às 26,8 milhões de pessoas que encontravam-se subutilizadas no mesmo trimestre de 2017 – mais 671 mil pessoas. Os dados indicam que o número de pessoas desalentadas (4,7 milhões) ficou estável em relação ao trimestre agosto a outubro de 2018, mas subiu 6,7% em relação ao mesmo trimestre móvel do ano anterior (4,4 milhões). Carteira de Trabalho Outra constatação importante relativa à Pnad Contínua diz respeito ao comportamento do percentual dos trabalhadores com e sem carteira assinada, que ficou estável em

Com a alta, a população desocupada passou a 12,7 milhões, segundo dados do PNAD - Foto Ilustração

ambas as comparações. Segundo o IBGE, o número de empregados no setor privado com carteira assinada (exclusive trabalhadores domésticos) foi 32,9 milhões de pessoas. Já o número de empregados sem carteira assinada caiu 2,8% para 11,3 milhões, na comparação com o trimestre anterior (menos 321 mil pessoas). Em relação ao mesmo trimestre de 2017, no entanto, este percentual subiu 2,9%, um adicional de 320 mil pessoas. “Tivemos queda no contingente de empregados do setor privado e no setor público. No primeiro, isso atingiu, principalmente, os trabalhadores sem carteira assinada. Apesar disso, a informalidade aumentou ainda mais, com influência do crescimento dos trabalhadores por conta própria”, diz Cimar. Por outro lado, o rendimento médio real habi-

tual do trabalhador, que era de R$ 2.270, no trimestre encerrado em janeiro, cresceu 1,4% frente ao trimestre anterior, quando esse valor era de R$ 2.240, e ficou estável em relação ao mesmo tri-

mestre do ano anterior. “Houve aumento significativo no rendimento, mas esse aumento não se traduz em aumento na massa de rendimento, de R$ 205 bilhões, que se manteve estável, porque

A atual gestão municipal, quando assumiu o governo de Lençóis Paulista, herdou um saldo negativo de 970 baixas em carteira assinada no ano de 2016, segundo o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). No seu primeiro ano de mandato, o governo do prefeito Anderson Prado de Lima (PSB), conseguiu um saldo positivo de 570 empregos. Já em 2.018, o saldo foi negativo em 67. No entanto, segundo informações colhidas com o secretário André Paccola Sasso, o Cagerete, responsável pela Secretária de Desenvolvimento Econômico, hou-

também houve queda na população ocupada. Isso pode ter sido causado por uma queda na ocupação justamente entre os trabalhadores de remuneração mais baixa, o que justificaria isso”, conclui Cimar.

ve também a abertura de 981 empresas/ MEIs, neste mandato, o que segundo o secretário, muitas das pessoas que estavam empregadas e ou desempregadas resolveram abrir o seu próprio negócio. O resultado nesses dois anos de mandato, dão ao prefeito Prado, um saldo positivo de 440 novos empregos, e centenas MEIs abertas no período. Nesse ano de 2019, as perspectivas são ainda melhores, graças à ampliação da Nova Lwarcel e, por conseguinte a chegada e abertura de novas empresas que irão prestar serviço no novo parque fabril.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

ENTREVISTA

Toda ação humana, quer se torne positiva ou negativa, precisa depender de motivação. Dalai Lama

Cagarete fala sobre: Capacitação, Emprego e Empreendedorismo Em entrevista exclusiva ao jornal Atitude, o secretario de Desenvolvimento Econômico, André Paccola Sasso, o Cagarete, falou sobre emprego e as novas perspectivas de empreendedorismo para Lençóis Paulista, confira abaixo. Atitude - Cagarete, o senhor compunha a chapa do ex-prefeito José Antônio Marise, do mesmo partido que o senhor, o PSDB, que, aliás, cujo mesmo concorria a prefeito nas eleições de 2016 e foi derrotado nas urnas pelo atual prefeito, Anderson Prado de Lima (PSB). Sendo o senhor, na ocasião, reeleito vereador pelo PSDB, como está sua situação no seu partido após ter assumido um cargo de confiança, o de secretário de Desenvolvimento Econômico no atual governo? Cagarete - Estou filiado ao PSDB e sou vereador licenciado. A comissão de ética do Partido promoveu processo disciplinar que submetido ao Diretório do Partido, concluiu pela minha expulsão. Ocorre que não cometi nenhuma infração ética, todas as minhas ações, a vida toda, sempre foram transparentes. Fiz a consulta formal ao partido informando o convite efetuado pelo então prefeito eleito Anderson Prado de Lima, mas o partido não respondeu dentro do prazo legal. Durante a reunião que resultou na tentativa da minha expulsão, três pessoas que não participaram da reunião, chegaram ao final e votaram, na contramão da lei, pois não tinham conhecimento da acusação ou da defesa. Com todos os vícios insanáveis, recorri para a Executiva Estadual do Partido, e o processo ainda não foi julgado, ou seja, estou filiado ao partido. Atitude - Como ocorreu o convite para o senhor integrar uma pasta tão importante para o governo? Qual a sua experiência na área? Cagarete - O convite ocorreu durante uma reunião que eu participava com o Prefeito eleito e os vereadores Manezinho, Tupã, Bibaia, Dudu e Paulinho Vitagliano. Na reunião, Prado informou que buscava formar um Governo de coalizão, e me fez o convite. A partir daquele instante, levei o convite para a ex prefeita Sra. Isabel Lorenzetti, que apoiou a decisão que eu tomasse, ao presidente do partido a época Sr Marise, que não se posicionou em tempo, além de consultar alguns apoiadores políticos. Os vereadores apoiaram minha decisão, entendendo a importância de ter um parceiro político numa secretaria. Com o silêncio do partido, mesmo consultado formalmente, aceitei o convite. Já tinha experiência na área pública de dois anos de serviço na Prefeitura Municipal de Borebi, além de 11 anos como advogado da ACILPA, onde mantive contato permanente com comerciantes e empresários de Lençóis Paulista e região.

Atitude - Nesses pouco mais de dois anos a frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, quais foram às mudanças e conquistas? Cagarete - Fizemos uma importante parceria com o Centro Municipal de Formação Profissional, levando os cursos profissionalizantes do ramo da beleza para dentro do Centro do Empreendedor, onde oferecemos técnica, conhecimento e empreendedorismo, dando vida ao ambiente e oferecendo novas formas alternativas de rendimentos. Junto com as aulas, mostramos todos os serviços oferecidos pelo Centro do Empreendedor, como: a formalização como MEI, o posto do Sebrae Aqui, oferecimento de recursos pelo Banco do Povo, além de palestras e treinamentos diversificados para os empreendedores. Com esse trabalho, aumentamos em dois anos, 981 novos MEIs ativos em nossa cidade, ou seja, são pessoas que sobrevivem dignamente com seu trabalho. Aumentamos a fiscalização no Distrito Empresarial, para que as empresas atendam os requisitos e cumpram a lei de concessão. Estamos implantando processo digital para captação de currículos, melhorando nosso banco de dados. Oferecemos mais de 200 vagas no Feirão do Emprego, abrindo relacionamento com novas empresas parceiras do nosso trabalho na captação de mão de obra. Melhoramos nossa comunicação com a população através das redes sociais. Estamos nos organizando para as demandas que estão por vir. Em dois anos, temos saldo positivo de aproximadamente 440 vagas positivas de emprego (informações oficiais do Caged), considerando que foram dois anos dificílimos nos aspectos político e social no país. Nosso Banco do Povo foi um dos que mais liberaram créditos aos pequenos empreendedores, considerando todo Estado de São Paulo, fazendo nossa economia girar. Nosso Posto do Sebrae Aqui é um dos melhores avaliados de toda região. Tornamo-nos Município de Interesse Turístico. Criamos o site oficial do Turismo, enfim, foram inúmeras conquistas e vitórias que conseguimos com apoio da equipe do Prefeito Prado e de todos os servidores públicos municipais que deixam diariamente seu suor em prol da nossa população. Reativamos o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos junto as escolas municipais e Sebrae. Realizamos cursos em parceria com SENAI, Senar e Sebrae. Apoiamos a chegada da Univesp, universidade pública com certificação da USP, Unicamp, UNESP e Centro Paula Souza. Conseguimos a

Acima, André Paccola Sasso, mais conhecido como Cagarete, secretário de Desenvolvimento Econômico, e o prefeito Anderson Prado de Lima, em entrega de escritura definitiva do Distrito Industrial ao empresário Paulino Adão Macário, proprietário da empresa Cromo Hidráulica Manutenção Eireli, e sua esposa.

Escola Técnica de Economia Criativa - Etecri Hélvio Moretto, que forma profissionais para trabalhos que nenhuma máquina consegue fazer. O Governo Prado busca olhar para as reais necessidades da população, e fazer parte do governo com esse Espírito, é gratificante.

"Aumentamos a fiscalização no Distrito Empresarial, para que as empresas atendam os requisitos e cumpram a lei de concessão." Atitude - O desemprego é grande em Lençóis Paulista? O que a prefeitura tem feito para auxiliar o desempregado? Cagarete - Estamos oferecendo capacitação através do Centro Municipal de Formação Profissional, cursos oferecidos pelo sistema S, além de fazer a intermediação entre quem busca e quem oferece oportunidades. Atitude - Com a compra da Lwarcel pela RGE, e a futura ampliação da empresa, haverá muitas contratações, existe algum acordo para que a empresa dê preferência para a contratação de lençoenses? Cagarete - O Governo Prado, preocupado com o desemprego, informa que ofereceremos treinamentos gratuitos para quem estiver comprovadamente desempregado, para que estejam aptos a concorrer às vagas que serão oferecidas pela empresa que vai construir a planta da RGE, para a IBS Energy e outros empreendimentos que vêm para nossa região em decorrência dessa obra gigante. Lençóis viverá um novo ciclo e o Governo Prado está se organizando para capacitar nosso cidadão. Por mo-

tivos óbvios, quanto mais gente apta para a demanda na cidade, é melhor e mais barato para a empresa e melhor para nosso povo. Atitude - Nas mais variadas rodas de conversas entre populares, há sempre quem diga que não há mão de obra qualificada em Lençóis, e por essa razão, cargos técnicos como de engenheiros e outros especialistas teriam que vir de fora. Isso é verdade? Cagarete - Diante da dimensão do empreendimento, a empresa opta em contratar engenheiros com experiência anterior em empreendimentos de porte similar. É questão de expertise e segurança, a critério da empresa. Isso não impede a absorção de mão de obra local que atenda critérios da empresa. Atitude - Ouvia-se falar da ampliação da Lwarcel há

"O Governo Prado, preocupado com o desemprego, informa que ofereceremos treinamentos gratuitos para quem estiver comprovadamente desempregado..." anos, apesar do negócio ter se concretizado o ano passado, a Prefeitura já vinha se planejando para isso? Se sim, no que? Cagarete - O plano de expansão que era previsto, foi ampliado, e estamos em constantes conversas com o grupo que adquiriu a Lwarcel, no meio do ano passado. Daí começaram as tratativas reais e tudo está caminhando dentro do cronograma estabelecido. As tratativas principais dizem respeito à estrutura de acomodação da mão de obra, onde ficou pactuado que não teremos alojamentos na obra. Parte dos traba-

lhadores técnicos que virão de fora, serão acomodados nas residências disponíveis e também na rede hoteleira da cidade e região. Além disso, a Prefeitura Municipal já promoveu reunião com as escolas técnicas e faculdades de formação de mão de obra, assim como a ACILPA, para apresentação das demandas futuras. Atitude - Há hoje algum curso de capacitação, visando atender as necessidades de mão de obra da ampliação da Lwarcel ou de outras grandes obras que estão por vir? Se sim, quais obras e quais cursos? Cagarete - A prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Centro Municipal de Formação Profissional e a ETEC, juntos com as empresas que absorverão essa demanda, estão terminando a formatação dos cursos necessários para a mão de obra para construção civil. Nesse momento estamos focados na formação da mão de obra especializada para a construção. Em paralelo, estamos articulando a formação de mão de obra para as indústrias do ramo e para o trabalho no campo, que será outra vertente que aquecerá o mercado de trabalho. Depois do carnaval, divulgaremos toda programação de como acontecerá essa formação. A orientação é que nossa população fique atenta nos próximos dias para nossas divulgações. Atitude - Muitos jovens reclamam de que apesar de se formarem e ou concluírem algum curso de especialização, não conseguem emprego por conta da falta de experiência. A prefeitura pode ou tem feito algo para solucionar esse problema? Cagarete - Fazemos sempre essa articulação entre as empresas que buscam mão de obra. A grande maioria exige experiência para reposição

imediata de quadro. Quando temos a abertura, promovemos essa intermediação. Importante destacarmos que fazemos a capacitação dos jovens da Legião Masculina e Feminina que ingressam no primeiro emprego. Atitude - Por fim, qual a mensagem que o senhor

"Importante destacarmos que fazemos a capacitação dos jovens da Legião Masculina e Feminina que ingressam no primeiro emprego."

deixa ao povo de Lençóis Paulista? Cagarete - Vivemos um momento de transformação de nossa cidade. Receberemos o maior investimento privado no Estado de São Paulo nos últimos 25 anos. Teremos algumas complicações e muitos benefícios com tudo isso. Novos investimentos periféricos a expansão chegarão a nossa cidade, por isso fica a dica para buscarmos novas oportunidades, novos segmentos, lembrando que tudo precisa de orientação técnica. O Governo Prado está atento a tudo. Colocaremos o quadrilátero central da cidade no século XXI, devolvendo vida ao nosso centro. Estamos motivados para colaborar nesse processo, na certeza de ajudarmos na evolução de nossa cidade e de nossa gente. Contem comigo, pois o interesse do gestor público é com todo coletivo. Vim para a política para derrubar muros e construir pontes, é nessa verdadeira fórmula que eu acredito, ao contrário de alguns que insistem em manter a divisão prejudicial enraizada na política antiga, tão nociva ao cidadão de bem. Por: Marcos Xavier


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

GIRO DE NOTÍCIAS

A gratidão é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar. Samuel Johnson

Ameaçada por aluno, professora sai correndo de sala de aula

Professora foi xingada e ameaçada por um garoto de 12 após confusão na escola de Lins (SP) que foi palco de violenta agressão no dia 22 de fevereiro. Este é o terceiro caso semelhante na cidade em menos de uma semana.

A escola estadual de Lins (SP) que no dia 22 de fevereiro, ganhou destaque em rede nacional por causa de violenta agressão de um aluno contra um professor de 62 anos voltou a virar caso de polícia no fim de fevereiro. Desta vez, uma professora de 53 anos saiu correndo da sala de aula após ser ameaçada por um aluno de 12 anos. Segundo o boletim de ocorrência, a professora dava aula na 6ª série da Escola Estadual Octacílio Sant’Anna quando chamou a atenção do adolescente porque ele estaria provocando um tumulto durante uma queda de energia que deixou a sala sem luz. Ainda segundo o registro policial, o garoto não gostou de ter sido advertido, xingou a professora e partiu em sua direção com gestos agressivos. A mulher saiu correndo da sala de aula e o adolescente acabou sendo contido pelo inspetor da escola. O jovem foi encaminhado para casa e, além do registro do caso junto à Polícia Civil, o Conselho Tutelar também foi acionado.

Escola estadual localizada no Parque Alto de Fátima registrou dois casos de agressão e ameaça a professores em menos de uma semana

Questionada, a Secretaria Estadual de Educação informou em nota que a Diretoria Regional de Ensino de Lins confirmou que o aluno, que faz acompanhamento psicológico, foi suspenso. A nota diz ainda que, após o episódio, a equipe gestora tentou contato com os responsáveis e acionou a polícia e o Conselho Tutelar. Segundo a secretaria estadual, "integrantes do grêmio escolar, professores e gestores se uniram para traçar estratégias e realizar ações pedagógicas que valorizem a escola e restaurem o clima de paz e respeito na comunidade".

Outros casos Este é o terceiro caso de agressão de alunos contra professores na cidade, tudo em menos de uma semana Depois das agressões na mesma escola, o professor de 62 anos que acabou com o rosto ensanguentado e precisou levar oito pontos cirúrgicos, afirmou que, por medo, planeja abandonar a profissão e antecipar sua aposentadoria. Além dos dois casos registrados na EE Octacílio Sant’Anna, no Par-

que Alto de Fátima, um professor de 41 anos e um cuidador, de 23, foram agredidos por um aluno de 12 anos na EE Fernando Costa, no centro de Lins. De acordo com o boletim de ocorrência, o aluno se exaltou porque não tinha uma caneta e agrediu o professor com tapas e socos, provocando lesões nos braços. Ainda segundo o boletim de ocorrência, o aluno ameaçou o professor de morte. Fonte: G1

Aneel abre consulta para reajustar bandeiras tarifárias A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) quer reajustar o preço das bandeiras tarifárias amarela e vermelha, nos patamares 1 e 2. A iniciativa consta de uma proposta de consulta pública anunciada hoje (26) pela agência reguladora. A consulta ficará aberta entre 27 de fevereiro a 1º de abril. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. Na amarela, há o acréscimo de R$ 1 a cada 100 kWh (quilowatts-hora). Na vermelha, no patamar

1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5. Pela proposta, os custos adicionais com as bandeiras tarifárias serão reajustados entre maio desse ano e abril de 2020. Com isso, o adicional da ban-

deira amarela pode passar de R$ 1 para R$ 1,50 a cada na kWh; de R$ 3 para R$ 3,50 na vermelha patamar 1 e de R$ 5 para R$ 6 no patamar 2. Os valores propostos pela área técnica da Aneel ainda podem ser alterados até o final da consulta.

De acordo com a agência, a proposta mantém a combinação entre risco hidrológico e preço de liquidação de diferenças (PLD) como as principais variáveis para adoção das bandeiras tarifárias. As variáveis estão ligadas ao volume de chuvas.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

RELIGIÃO

Querido Deus, graças Te dou por me ouvir, me guardar e por fazer de tudo para me ver sorrir! Salmo 64

Vice-presidente dos EUA cita a Bíblia a venezuelanos: “vejam o livramento do Senhor” Mike Pence repete frase de Moisés aos hebreus: “vejam o livramento que o Senhor lhes trará”

Em meio à crise social e econômica na Venezuela, causada pelo governo socialista bolivariano do ditador Nicolás Maduro, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, mandou uma mensagem de apoio ao povo daquela nação. Ao mesmo tempo que os Estados Unidos anunciou novas sanções ao regime ditatorial, o vice participou nesta segunda-feira (25) da reunião do Grupo de Lima, que reúne 14 países latino-americano mais o Canadá. O representante do Brasil no encontro foi o vice-presidente Hamilton Mourão.

Durante seu discurso, Pence voltou a falar do compromisso do governo Donald Trump com a defesa da liberdade. Após lamentar que os soldados leais a Maduro queimaram os caminhões com ajuda humanitária, garantiu que os venezuelanos contam “com o apoio e as orações do povo americano e das nações reunidas aqui”. Citando a Bíblia, repetiu parte do que Moisés disse ao povo hebreu quando estavam diante do Mar Vermelho e se viam perseguidos pelo exército de Faraó. “Como o Au-

Muitos não enxergam cristãos como bons ouvintes para falar sobre fé, diz pesquisa Uma pesquisa do Barna Group revela que não-cristãos gostariam de ter conversas sinceras sobre fé, mas não encontram bons ouvintes

Quando os cristãos se envolvem em conversas com amigos e familiares que não são crentes, eles não devem se apressar em um evangelismo forçado, indica um estudo do Barna Group publicado na última terça-feira (19). Embora 62% dos não-cristãos e desigrejados tenham vontade de conversar com um amigo cristão ou membro da família que “ouça sem julgamento”, apenas 34% disseram que conseguem ter esse tipo de conversa. Da mesma forma, 50% dos cristãos e desigrejados com problemas de saúde disseram que gostariam de conversar com alguém que “não forçaria uma conclusão”, mas apenas 26% conseguiram enxergar isso em cristãos que conheciam. Segundo Brooke Hempell, vice-presidente de

pesquisa do Barna Group, algumas pessoas podem precisar de mais tempo para digerir a mensagem do Evangelho. “Nem todo mundo está pronto para ir de A a Z em uma única conversa. Empurrar o assunto pode parecer forçado para o não-cristão, a ponto de afastá-lo”, disse ao The Christian Post. Hempell citou sua própria experiência pessoal, explicando que antes de se tornar cristã, ela precisava ser ouvida. “Temos que ir devagar! Aproveite o tempo para construir familiaridade e estima ao contexto do não-crente primeiro, depois construa confiança e depois discuta — não apenas faça uma palestra”. A pesquisa foi feita com 1.001 adultos norte-americanos, com uma margem de erro de 3 pontos percentuais.

tor da Liberdade disse, há muito tempo atrás, estas palavras: Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje”. Em seguida, acrescentou: “Onde o Espírito de Deus está, há liberdade”. Pedindo que a população da Venezuela tenha fé “na determinação do nosso presidente [Trump]”, Pence finalizou ressaltando: “Acredito com todo meu coração que está chegando ao fim o longo pesadelo da Venezuela, e a Venezuela será livre novamente… Vão com Deus”.

Mike Pence e Juan Guaidó. (Foto: Luisa Gonzalez/Reuters)

Projeto pretende “ressuscitar” Mar Morto Pelo menos 17 novos hotéis deverão ser construídos para atrair turistas

O diretor-executivo da Empresa Governamental para a Preservação do Mar Morto, Nir Kedmi, pretende desenvolver a região sul do Mar Morto para oferecer aos turistas hotéis e opções de lazer. “Setenta por cento dos turistas estrangeiros visitam o Mar Morto, mas não costumam pernoitar, ou o fazem por apenas um ou dois dias, e queremos que façam parte da grande comunidade de israelenses que vêm atualmente”, disse ele à agência EFE. O projeto é construir mais 17 hotéis, de luxo e alto padrão, entre os já existentes complexos de Ein Bokek e Hamei Zohar. Hoje os complexos hoteleiros oferecem 4 mil leitos, a ideia é dobrar a

capacidade e aproveitar a inauguração do aeroporto internacional de Eliat, no sul de Israel, para atrair mais turistas. “Esta região tem enorme potencial, com o deserto e um clima perfeito no inverno, quando na Europa o tempo é horrível. Aqui não há chuvas em 99% do ano, e as temperaturas no inverno ficam entre 25 e 11 graus”, explicou Amir Halevi, diretor-geral do Ministério do Turismo para o Conselho Regional de Tamar. Halevi considera o Mar Morto como um dos lugares mais importantes do país, pelo seu significado e também pelo potencial turístico que passará a ser uma das prioridades para investimentos.

BELEZA INTERIOR Por: Antonio Carlos Cabral Pastor da Primeira Igreja Batista em Macatuba Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista Grande ABC em Santo André. Quero destacar um dos textos bíblicos que ilustram a beleza interior de uma mulher preparada por Deus para fazer sua vontade (Gen. 24.12-27). O servo de Abraão foi responsabilizado sob juramento para encontrar uma esposa para seu filho Isaque. Chegando a determinado lugar, parou perto de uma fonte onde sabia que muitas moças ali iam retirar água para consumo, uma delas lhe chamou a atenção. Rebeca era uma moça fina e formosa, mas ele não atentou para isso e usou de uma boa estratégia: pediria água para si e para todos os seus camelos. Somente uma jovem marcada pelo caráter de Deus pararia para atender o pedido de um desconhecido e ainda saciar a sede de todos os seus camelos e ainda oferecer pousada. Rebeca revelou com essa atitude uma beleza interior que suplantou sua beleza exterior. Nada embeleza mais uma mulher do que o sorriso. Não o sorriso apenas de lábios, mas o que faz a diferença é o sorriso como postura de vida. Não se trata de um otimismo ingênuo que ignora a realidade, mas um posicionamento de fé em Deus, numa entrega sem reservas. Uma mulher feliz e abençoada não é a que esta coberta de joias, usando roupas de estilistas famosos ou ocupando cargos nos altos escalões, embora nada haja de errado, porém a virtude não está no padrão de vida nem no papel profissional exercido. Não importa se ela é dona de casa ou empresária, a virtude da mulher está no espírito dócil, no caráter semelhante ao de Cristo, falando com seus filhos como se es-

tivesse falando com os filhos de outra mãe. Ela faz o melhor que pode com o que tem nas mãos e se esforça para que nunca falte nada. É sábia e bondosa com todos. Busca cuidar de sua aparência, de suas roupas e de sua família. Não gasta dinheiro de modo impensado, mas avalia suas necessidades, prioridades e vontade. Não é preguiçosa nem tem medo de por a "mão na massa" e nem se inquieta com o futuro. Todos elogiam o seu marido pela esposa que tem. Para o mundo tais características podem estar fora de moda, mas ao longo da história foi o que proporcionou vitórias àquelas que perseveraram até o fim. Investir na beleza interior nos ajuda a sermos o que Deus quer e nos protege contra as influências do que o mundo diz que devamos ser. Certamente, entre o mundo e Deus, só Deus sabe o que é bom para nós e o que de fato vale a pena. Se Jesus, em sua época e sociedade, desafiou os costumes e a cultura ao dar à mulher o mesmo status de dignidade e honra do homem, cabe a nós, homens e mulheres deste século, fazer o mesmo, a começar pelas que moram em nossa casa, dignificando as que trabalham conosco na posição de comando ou de serviço, fazendo delas lindas mulheres que sorriem diante do futuro, pois tem convicção de que Deus já está lá.


SEXTA-FEIRA, 1 DE MARÇO DE 2019

Profile for Marcos Xavier

JORNAL ATITUDE  

EDIÇÃO DE 1 DE MARÇO DE 2019

JORNAL ATITUDE  

EDIÇÃO DE 1 DE MARÇO DE 2019

Advertisement