Page 1

Foto: Marcos Xavier

Ricos recebem 36 vezes mais que os pobres em 2017

Os dados fazem parte da pesquisa Rendimento de todas as fontes 2017, divulgada dia 11 deste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), com base em dados da Pesquisa

Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). O estudo do IBGE compara o rendimento da população do ponto de vista da distribuição por Grandes Regiões, tipo de rendimento,

sexo, cor ou raça, nível de instrução, levando em consideração os indicadores de concentração de renda. Também são avaliados os programas de transferência de renda do governo federal. Página 6

Diretoria de Educação entrega último lote de uniformes escolares em Lençóis Paulista Foto: Marcos Xavier

A diretora de Educação Neuza Carone, comunicou a imprensa a chegada do ultimo lote de uniformes escolares de verão. Há entrega que havia se inciado há alguns dias atrás, não tinha contemplaram todos os alunos da rede municipal, em razão de muitos uniformes ter apresentados defeitos. Pág. 05 Foto: Marcos Xavier

Acima, Neusa Carone, diretora de Educação em Lençóis Paulista conferindo à entrega dos uniformes

Enquanto visitava o depósito da diretoria de Educação, a reportagem do jornal Atitude se deparou com inúmeras caixas de uniformes novos do modelo antigo amontoadas e se surpreendeu com a respostadada pela diretora de Educação. Página 05

Em sessão legislativa, o vereador Tipó já havia informado que o motivo na entrega dos uniformes era os defeitos apresentados na confecção de algumas unidades e que o problema seria resolvido até o dia 10 de abril pela empresa fornecedora.

Segue internada criança vitima de espancamento em Lençóis Paulista

Lençóis contabiliza resultados do gerenciamento dos resíduos da construção civil Fotos / Divulgação

Fotos / Divulgação

Após a triagem, os entulhos de concreto, material cerâmico e argamassa são transportados para um britador que realiza a trituração

Além de um corte na cabeça, menino teve hematomas pelo rosto e pelo corpo

No início da madrugada de terça-feira (10), o Conselho Tutelar foi acionado pela equipe médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Lençóis Paulista depois que o menino de cinco anos deu entrada no local com um corte na cabeça e hematomas pelo rosto e corpo. Na manhã seguinte, o ca-

so foi registrado na delegacia da cidade. A mãe atribuiu a culpa pelos hematomas ao namorado e disse que o corte na cabeça foi motivado por uma queda do filho no banheiro. O menino, que é deficiente auditivo e fala com dificuldades, apresenta hematomas por todo o corpo e rosto e encontra-se inter-

nado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual (HE) de Bauru, onde exames de imagem confirmaram fraturas de arcos costais. Não há previsão de alta da UTI. Renzo Santi Barbin, delegado responsável pelas investigações, explica que irá aguardar a ficha de atendi-

mento clínico da criança e o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para saber a dimensão dos ferimentos. Com a transferência do menino para a UTI do HE, ele informa que a tipificação do crime, inicialmente tratado como uma lesão corporal, deverá ser alterada para tortura ou até tentativa de homicídio.

Após 6 meses à frente das operações da Usina de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil (RCC), a Diretoria de Agricultura e Meio Ambiente contabiliza resultados positivos. Atualmente 4 servidores realizam o trabalho de triagem e separação dos resíduos que chegam a usina, transportados por empresas especializadas na coleta de entulho. Outro servidor é responsável pela área administrativa. O material têm como origem as construções e demo-

lições no município. Após a triagem, os entulhos da Classe A (concreto, material cerâmico e argamassa) são transportados para um britador que realiza a trituração. O produto final é reaproveitado na recuperação de estradas rurais em substituição ao cascalho e à piçarra, que são extraídos das jazidas naturais. A população pode colaborar com esse importante trabalho destinando nas caçambas somente resíduos da construção civil.


13 de Abril de 2018

EDITORIAL

Violência no Lar

O recente caso de uma criança espancada em seu lar, supostamente pelo namorado de sua mãe está semana em Lençóis Paulista, retrata o quão maldoso e cruel muitos dos seres humanos tem se tornado. O caso ganhou repercussão midiática, sensibilizou muitas pessoas nas redes sociais e levantou o alerta de como nossas crianças estão sendo tratadas em seu próprio lar familiar. Como se não bastasse tamanha covardia e violência praticada contra uma criança de apenas seis anos de idade, ainda há de se analisar uma suposta negligencia da mãe que relutou em levar o filho, ferido e com vários hematomas pelo corpo, para receber atendimento médico. A mãe só buscou atendimento segundo informações extraoficiais, quando viu que a criança estava desacordada. Ainda que com aten-

dimento tardio, os médicos estabilizaram a criança e acionaram o Conselho Tutelar para que tomasse conhecimento do ocorrido e denunciasse o caso a polícia, ainda com relutância da mãe que insistia para que não fosse lavrado um inquérito policial para apurar o ocorrido. Integrantes do conselho acionaram a polícia, que de pronto instaurou inquérito e pediu prisão preventiva ao agressor. O que se espera agora é que a criança que está internada na UTI em estado grave se recupere e que seus algozes apodreçam na cadeia. Pena que a justiça brasileira é morosa, quando não omissa, talvez o agressor esteja nas ruas mais rápido do que esperamos que a criança se recupere. Infelizmente essa é a realidade brasileira. Muda Brasil! Marcos Xavier

Jornalista

Macri elogia justiça do Brasil por sua independência Foto Divulgação

Ao lado do primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, elogiou nesta terça-feira (10) a autonomia da Justiça no Brasil. Ele se referiu ao processo judicial que levou à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Daqui, como presidente da Argentina, não tenho mais que dizer além de que respeitamos o funcionamento institucional do Brasil”, disse Macri durante entrevista coletiva, em Buenos Aires. Questionado sobre as perspectivas em relação ao Brasil, Macri disse que: "Quando se fala de confiança, um elemento central é ter uma Justiça independente, fundamental. Que faça respeitar a lei, e isso é o que o Brasil tem hoje, uma Justiça que se demonstrou verdadeiramente independente". Repetidas vezes, Macri afirmou que torce pelo Brasil. Até esta terça-feira, integrantes do governo argentino evitavam tecer comentários sobre a prisão de Lula e sua repercussão tanto

no Brasil como no Mercado Comum do Sul (Mercosul) – bloco regional, que reúne Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Eleita senadora pela oposição, a ex-presidente Cristina Kirchner criticou, por meio do Twitter, a condenação e a prisão de Lula. Segundo ela, o ex-presidente brasileiro disputará as eleições em outubro. Com foro privilegiado, Cristina Kirchner deverá responder a acusações por corrupção. A Operação Lava Jato também repercutiu na Argentina, que investiga 100 empresas por possível pagamento de propina. Preso por enriquecimento ilícito, Júlio de Vido , ex-ministro do governo de Cristina Kirchner, é suspeito também de receber US$ 35 milhões em propinas para favorecer a Odebrecht. Apesar de afirmar inocência, o diretor da Agência Federal da Inteligência da Argentina, Gustavo Arribas, também foi acusado pelo doleiro brasileiro Leonardo Meirelles de favorecimento financeiro.

No congresso dos EUA, Zuckerberg é

denunciado por censura a conservadores CEO do Facebook teve dificuldades de mostrar que a rede social mantém neutralidade política Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, compareceu nesta terça-feira (10) diante dos senadores dos EUA no primeiro dia de questionamentos sobre as práticas de sua empresa. Ele fez mea culpa e pediu desculpas publicamente, assumindo o mau uso de dados de 87 milhões de perfis da rede social. “Enfrentamos vários problemas com democracia e privacidade. Vocês estão certos em me questionar. Facebook é uma empresa idealista, no começo pensamos em todas as coisas boas que poderíamos fazer. Mas está claro agora que não fizemos o suficiente para impedir que essas ferramentas sejam usadas para o mal também. Isso vale para notícias falsas, interferência em eleições e discurso de ódio”, argumentou. Em um dos momentos mais tensos do depoimento, o senador do Texas, Ted Cruz, criticou Zuckerberg por sua rede social não ser, de fato, um fórum público neutro. Conservador, Cruz precisou perguntar várias vezes se o Facebook tem uma clara preferência política, algo que o CEO da empresa teve dificuldade em admitir. “Há muitos usuários que estão profundamente preocupados com o fato de o Facebook e outras empresas de tecnologia terem adotado um ‘padrão difuso’, mostrando preconceito e censura a certas posições políticas”, argumen-

Foto Divulgação

Zuckerberg pede desculpas e assume erros em depoimento ao Congresso dos EUA

tou Cruz. Diante da insistência de Zuckerberg que isso não acontecia, o senador Cruz listou diversos casos conhecidos de páginas conservadores ou claramente “à direita” que foram apagadas. Ele lembrou os escândalos envolvendo a ex-funcionária do Facebook, Lois Lerner, que admitiu ter visado grupos conservadores e bloqueado postagens sobre políticos de direita. Mencionou a visível censura ao apresentador de rádio Glenn Beck, da empresa Chick-fil-a – cujo dono é evangélico e faz campanhas pela família tradicional – e de algumas celebridades que defendem Donald Trump. Alguns deles tiveram postagens e as próprias páginas retiradas do ar por serem “inseguras para a comunidade”. Também citou o caso de Palmer Luckey, alto funcionário da empresa que teria si-

do demitido após declarar seu apoio a Trump. A resposta foi pela tangente. “O Facebook e a indústria de tecnologia estão localizados no Vale do Silício, uma região sabidamente com inclinação à esquerda. Esta é uma preocupação que tenho e tentamos erradicar na empresa, assegurando que não temos qualquer preconceito no trabalho que fazemos.” O último argumento de Ted Cruz deixou Zuckerberg ainda mais sem reação. Quando o senador questionou quantas postagens ou páginas que defendiam o aborto ou candidatos progressistas (de esquerda) haviam recebido o mesmo tratamento – censura – o CEO do Facebook não conseguiu dar uma explicação coerente. Discurso de ódio Em resposta ao senador, Zuckerberg tentou dizer que não sabia de todos os casos citados, mas não negou que as páginas fo-

ram apagadas por questões ideológicas. “Estou comprometido em garantir que o Facebook seja uma plataforma para todas as ideias. Esse é um princípio fundador muito importante do que fazemos”, afirmou, visivelmente nervoso. Segundo ele, existe cerca de 20 mil pessoas que trabalham, em conjunto com um sistema de Inteligência Artificial, para identificar “discurso de ódio” na rede. Embora tenha afirmado que 99% do conteúdo promovendo terrorismo é retirado do ar pela IA antes de ficar visível, admitiu que existem muitas falhas. “Discurso de ódio é uma das coisas mais difíceis de identificar. Tem que entender o que é ofensivo, o que é odioso. A linha entre o que é discurso político legítimo e discurso de ódio pode ser difícil de identificar”, apontou. Com informações de Fox News e Hollywood Reporter


13 de Abril de 2018

ACONTECE

“Todo filho tem que ver seu pai ajoelhar perante Deus”, defende Marcos Mion Apresentador voltou a falar sobre fé nas redes sociais, postando foto ajoelhado

O apresentador da Rede Record Marcos Mion voltou a usar as redes sociais para falar de fé e família. Neste domingo (8), publicou uma foto ajoelhado e abraçado pela filha. Em sua conta no Instagram, onde tem mais de 8 milhões de seguidores, a mensagem que acompanhava a imagem diz: “Todo filho tem que ver seu pai ajoelhar perante

Deus. Acreditar em alguma coisa. Não só o exercício, mas a demonstração da fé molda o caráter dos pequenos que olham pra você com confiança em busca de exemplo de vida. Um dia eles crescem e descobrem que somos apenas… homens. Com falhas, medos e que, na verdade, não temos todo conhecimento do mundo e, muito menos todas respostas”.

Para ele, “É nessa hora que criar seus filhos sob a palavra de Deus, mostrando que você também se ajoelha perante ele, vai fazer diferença! Porque todo ser humano, uma hora ou outra, busca respostas para dúvidas maiores, acalanto para um sofrimento que só o abraço do pai não faz passar, entendimento para algo que não faz nenhum sentido,

falta de perspectiva”. O artista terminou a publicação dizendo que “A lista é enorme, e se ele não tiver Deus para buscar estas respostas, o caminho para drogas, depressão, violência, entre outros se abre. Se a criança cresce com Deus, cresce forte. Cresce com base sólida. E quem dá esse exemplo somos nós. #FamilyFirst #Fé”.

Maioria dos pastores não disciplina membros por “comportamento pecaminoso”

Um novo estudo, realizado pela Lifeway Research, revelou que a maioria dos pastores norte-americanos não disciplina os membros da igreja que tiveram reconhecido “comportamento pecaminoso”, em especial após denúncias envolvendo atos sexuais. O levantamento, que entrevistou 1000 líderes evangélicos, revelou que 55% dos pastores admitiem que “nenhum membro foi disciplinado formalmente desde que assumi como pastor nem antes, até onde sei”. Isso mostra um distanciamento de postura conhecida no passado, onde tanto a disciplina quanto a exclusão de membros eram norma. O conceito, estabelecido no Novo Testamento, fazia parte da doutrina da maioria das denominações até algumas décadas atrás. Apenas 3% dos pastores disseram que um membro da igreja foi repreendido no último mês, enquanto 5% disseram que sua igreja puniu um membro nos últimos seis meses. Ao mesmo tempo, 8% relatam terem membros disciplinados no ano passado e 5% disseram que um ou mais membros haviam sido punidos nos últimos dois anos. Já 21% dos pastores disseram que dis-

ciplinaram alguém nos últimos três anos e apenas 2% disseram que não sabiam a resposta para essa pergunta. Análise “Esse é um dos tópicos sobre os quais as igrejas raramente falam hoje em dia”, disse Scott McConnell, diretor-executivo da LifeWay Research. No levantamento, apenas 18% dos pastores disseram que suas igrejas “não possuem políticas oficiais para disciplinar os membros”. Mas a maioria reconhece que as diretrizes nem sempre são seguidas quando existe alguma “fundada suspeita ou acusação formal” de comportamento considerado pecaminoso. A pesquisa mostrou que os pastores de igrejas que

têm 100 ou mais membros eram mais propensos a disciplinar que pastores de igrejas com membresia entre 50 e 99 (20% e 13%, respectivamente). Sessenta e cinco por cento dos pastores de igrejas que têm menos de 50 membros disseram que nenhum membro havia sido disciplinado enquanto ele era o pastor ou mesmo antes de ele assumir. A pesquisa conduzida pela LifeWay foi realizada por telefone e tem uma margem de erro de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Em igrejas entre 100 e 249, o percentual de disciplina é de 48 %. Em templos com mais de 250 o índice é de 38%.

Pr. Claudio Duarte passa mal em culto e é atendido às pressas

Outro aspecto destacado é que o índice dos pastores de igrejas mais liberais (11%) era menor que em igrejas que defendem uma teologia mais tradicional (19%). De acordo com os dados levantados, 29% dos pastores pentecostais, 23% dos pastores do movimento holiness e 19% dos pastores batistas disseram que suas igrejas disciplinaram membros no último ano. Apenas 4% dos pastores metodistas e 9% dos pastores presbiterianos disseram o mesmo. “Há uma grande burocracia envolvida nas igrejas”, disse McConnell. “Parece que não é tão fácil O pastor Claudio Duarser excluído de uma igreja te precisou ser atendido às atualmente”. Fonte: Gospel Prime pressas no dia 03 abril, durante sua ministração no Stand up da Adalpha (Assembleia de Deus Alphaville), Igreja liderada pela cantora gospel Cassiane e seu marido, o empresário Jairinho Manhães. [Tiago te a nossa mala desapareceu, Brunet também tem muininguém sabe onde está. Isso é um absurdo. @azuli- ta moral lá, mas falaremos nhasaereas Eu quero a mi- sobre isso depois]. O pastor estava no meio nha mala de volta! Isso é um de sua apresentação quandescaso com quem depende do transporte para viajar, as- do sentiu um enorme mal sim como eu. estar, e foi levado para o Isso jamais deveria aconte- camarim, deixando as cencer. Viajo direto, desde sem- tenas de pessoas que estapre, e infelizmente fica essa vam presente, assustadas. insegurança nas viagens, um No camarim, Claudio verdadeiro desrespeito! Ah, Duarte foi atendido por e a Azul ignorou o caso, não tivemos nenhum suporte até uma enfermeira que aferiu

Cantora gospel Damares relata drama vivido com a família e pede providências

A cantora gospel Damares relatou em um post em uma rede social, um drama vivido por ela durante uma viagem para um evento em Goiânia – GO. Damares viajou com seu esposo, o pastor Aldori de Oliveira, e sua filha, a pequena Antonella. Ao chegar no aeroporto de Goiânia, suas bagagens não foram localizadas pela Azul Linhas Aéreas. Damares contou que precisou ir a um shopping comprar algumas roupas e utensílios básicos de higiene. Com a criança, a situação ficou ainda mais difícil

A cantora relatou que a empresa ainda não localizou suas bagagens e fez um apelo. Leia na íntegra o desabafo de Damares: Na última Sexta Feira dia 6/04 viajei para Goiânia para participar de um evento, assim como sempre faço a 20 anos. Fizemos o check in na @azulinhasaereas no aeroporto de Campinas, despachamos a mala e seguimos viagem, mas infelizmente ao chegarmos no aeroporto de Goiânia quando fomos retirar a bagagem, não a encontremos. Tinha 2h apenas para me preparar para o compromisso

q eu tinha, eu e o Aldori ficamos só com a roupa do corpo, estávamos com a nossa filha, que é um bebê ainda. Tive que correr para um shopping para comprar utensílios higiênicos e o que vestir e calçar para participar do evento o qual iria me apresentar. Foi um verdadeiro transtorno. Os funcionários da Azul que nos atenderam, nos passaram a informação de que rastreariam a mala e nos entregaria, que o prazo seria de 5 dias e até agora NADA. Estamos em contato com eles desde então, e o que nos falam é que misteriosamen-

agora. Fica aqui a minha indignação, espero que vcs resolvam isso e encontrem uma solução o mais breve possível.

sua pressão, e confirmou que ele estava com a pressão alta. No momento, Jairo e Tiago Brunet ficaram em polvorosa, afinal, eles que investiram no evento. Por alguma razão, pediram que a enfermeira saísse do camarim, e conversaram com o pastor durante 30 minutos. Depois a profissional da saúde voltou e aferiu novamente a pressão do pastor. Já normal, ele tomou um suco de maracujá e voltou ao palco. Claudio Duarte falou por mais alguns minutos, se desculpou com o público que pagou para vê-lo, e prometeu voltar no próximo semestre. Fonte: OFuxicoGospel

Fique por dentro das Notícias Visite Nosso Site

WWW.GUIALP.COM.BR


CIDADES

13 de Abril de 2018

MACATUBA

Macatuba conquista 162 casas com o governo do Estado Foto Divulgação

O prefeito Marcos Olivatto assinou na última terça-feira, 3 de abril, o convênio com o governo do Estado de São Paulo para a construção de 162 casas populares por meio do CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano) em Macatuba. A liberação das casas, anunciadas há mais de um ano, sofreu vários revezes neste período e nas últimas semanas os contatos políticos e o esforço do prefeito e de sua equipe foram decisivos para que o sonho da casa própria das famílias macatubenses se concretizasse. Todo o processo é conduzido pela CDHU, inclusive as inscrições que só devem ser feitas no final da construção. “Nós fizemos todas as adequações de projeto que nos foram solicitadas no ano passado já que do projeto original para o que será construído tiveram muitas mudanças. A última foi agora no começo de fevereiro. Foi alterada a metragem, o projeto elétrico nós tivemos que fazer e a principal mudança foi em relação ao financiamento que a princípio seria só do CDHU, mas que por fim o Alckmin fez uma parceria com a Caixa Federal o que garantiu os recursos do Minha Casa Minha Vida. Apesar de tudo certo, Macatuba ficou de fora do primeiro lote e aí entrou o nosso esforço político”, explicou Marcos Olivatto. A liberação das casas contou com o esforço dos deputados Rodrigo Garcia (federal) e Pedro Tobias (estadual). “O Zezo entrou

A última remessa de uniformes escolares da rede municipal de Lençóis Paulista chegou na última terça-feira, 10, como havia sido antecipado pelo vereador Ailton Aparecido Tipó Laurindo, líder do governo na Câmara Municipal de Lençóis.

DEFEITO

O que ocasionou atraso na entrega de uniforme em algumas escolas foi o fato, segundo Tipó, de muitos dos uniformes entregues anteriormente, apresentarem pequenos defeitos e falhas na costura, o que levou a prefeitura solicitar a substituição dos mesmos, acarretando o atraso.

TROCOU

O investimento na construção do novo bairro, localizado atrás do Projeto Lixo Rico, está estimado em R$ 16, 2 milhões, custo de R$ 100 mil cada unidade

em contato com os assessores do Rodrigo Garcia, que é do DEM, e tem muita influencia na CDHU, e a Silvia falou com o Pedro Tobias, que é do PSDB e é aliado do governador. Foi corrido porque este foi o último lote de convênios que o Alckmin liberou, já que está deixando o cargo para disputar a presidência da República. Graças a Deus deu tudo certo e quem ganha com isso é a população de Macatuba, principalmente quem paga aluguel”, ressalta o prefeito que se refere ao Zezo que é o se-

cretário de Esporte e ex-prefeito José Gino Pereira Neto e a vereadora Silvia Pedroso. Além do sonho da casa própria, a construção das 162 moradias aquece a economia local. O investimento na construção do novo bairro, localizado atrás do Projeto Lixo Rico, está estimado em R$ 16, 2 milhões, custo de R$ 100 mil cada unidade. Estimativas da construção civil apontam que para casa a ser construída são gerados 1,2 emprego direto e 2 empregos indiretos. A empresa

que vai realizar a obra já foi contratada pelo CDHU e o prazo de entrega é de 18 meses. As casas terão 47,87 metros quadrados de área construída sendo dois quartos, um banheiro, sala, cozinha e área de serviço. A estrutura do telhado será metálica com telhas romanas. O piso é frio com azulejo no banheiro e na cozinha. Outra novidade é que terá aquecedor solar. Todas as unidades têm recuo frontal de cinco metros para facilitar a construção de garagem.

PEDERNEIRAS

EMEF Anna Ruiz Fernandes Furlani, no bairro Leonor Mendes de Barros, passa por obras de ampliação de salas de aula A Escola Municipal “Anna Ruiz Fernandes Furlani”, que atende 172 crianças de 6 a 10 anos do bairro Leonor Mendes de Barros, está passando por uma grande obra de ampliação das salas de aula. Estão sendo investidos dos recursos próprios da prefeitura cerca de R$ 200 mil na construção de 4 novas salas de aula. “Nós estamos ampliando a EMEF Anna Ruiz para atender uma demanda que existe naquela comunidade e, além disso, dar mais comodidade para as crianças estudarem”, explica a secretária de Educação, Ana Paula Romero.

Atualmente, a escola abriga 172 alunos que estudam em período integral. Pela manhã, eles têm aulas equivalentes ao ensino fundamental e, no contra turno, eles aprendem música, dança, informática, inglês, Meio Ambiente, Arte e Educação Física. Além do aumento do número de vagas, que deve chegar aos 200 alunos, o investimento vai permitir que os alunos façam as atividades em salas apropriadas, melhorando o rendimento escolar. “É mais um investimento importante para o município, e que está sendo feito com recursos

30 MIL

Com a mudança para o PHS, tipo calcula que será necessário apenas 30 mil votos para se eleger deputado estadual, ou seja, menos que o total de eleitores em Lençóis Paulista.

ALERTA

O que despertou curiosidade no meio político é o fato de sua saída do MDB pode ou não ser interpretado pelo partido como infidelidade partidária, e o mesmo ser destituído do cargo de vereador, pois a cadeira legislativa pertence ao partido e não ao candidato quando esse depende do coeficiente eleitoral para se eleger.

E AGORA?

Segundo estudiosos de plantão seriam duas as possibilidades pela qual poderia ser solicitada a vaga do vereador no legislativo, a primeira e a mais comum, seria que o MDB a requeresse, a segunda que o seu suplente a solicitasse, tanto um como outro, haveriam de solicitar a vaga junto a justiça eleitoral informando os fatos. O primeiro suplente a uma vaga do MDB na câmara é Damião Augusto Xavier de Oliveira, o Professor Guto, que obteve 546 nas urnas nas eleições de 2016.

próprios. No ano passado já fizemos as adequações necessárias para colocar aquela escola em funcionamento e agora estamos

ampliando para que ela funcione de acordo com suas reais necessidades”, concluiu o prefeito Vicente Minguili.

Prefeitura de Agudos promove palestras sobre doenças infecciosas nas escolas de forneceram orientações sobre a prevenção de doenças contagiosas, como meningite e diarreia, que acometem as crianças e que podem ser evitadas, através de cuidados simples de higiene. As orientações foram passadas aos educadores e funcionários da rede municipal e estadual de ensino e também para escolas particulares. Também foram dadas orientações quanto a uma nova doença contagiosa, conhecida como doença “mão-pé-boca” que é transmitida por vírus e que acometeu alunos de várias escolas.

E por falar no vereador Tipó, o mesmo saiu do MDB partido ao qual se elegeu e se filiou no PHS, em tempo hábil para concorrer segundo eles, em melhores condições à uma vaga na Alesp.

SUPLENTE

AGUDOS

Através de um trabalho conjunto, entre a Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura de Agudos promoveu palestras de orientação sobre doenças infecciosas nas unidades escolares. As palestras foram ministradas pelo médico pediatra e alergista, Eli Roberto Garcia Filho e com as participações da enfermeira do setor de Vigilância Epidemiológica, Elaine Aurélio e do coordenador da Vigilância Sanitária, Joseval Aparecido de Morais. Os técnicos da secretaria de saú-

CHEGOU

PENSATIVO

Em contato com o jornal Atitude, Guto informou que havia sido informado antecipadamente pelo presidente do MDB de que Tipó deixaria o partido. Mas, disse desconhecer os rumos que isso irá tomar e quais serão os próximos passos, hesitando falar de seu futuro na política.

UPA

Informações dão conta que nos próximos dias, alguns vereadores de Lençóis deverão entrar com um pedido de informação junto a ISCMB (Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui), questionando a regularidade de pagamento dos funcionários contratados pela mesma para o Pronto Atendimento e o Serviço de Resgate, além de que se os mesmos se encontram devidamente registrados. è aguardar para saber.


13 de Abril de 2018

LENÇÓIS PAULISTA Diretoria de Educação entrega último lote de uniformes escolares em Lençóis Paulista A diretora de Educação Neuza Carone, comunicou a imprensa a chegada do ultimo lote de uniformes escolares de verão, que já estão sendo entregues para os alunos da rede municipal de ensino que ainda não tinham recebido. Há entrega de uniformes se iniciou há alguns dias atrás, no entanto, não foi possível entregar todos os uniformes no primeiro momento, pois haviam muitas unidades com defeito e a empresa contratada não entregou tudo conforme de uma única vez, o que gerou muitas queixas e reclamações nas redes sociais por parte das mães dos alunos que não foram contemplados, assim como na demora da entrega dos mesmos. Diante de tais reclamações, o vereador Ailton Aparecido Tipó Laurindo (PHS), que é líder do go-

verno na Câmara Municipal em Lençóis Paulista se pronunciou em sessão legislativa a época, explicando os defeitos apresentados nos uniformes e apresentando o prazo limite (10/04) estabelecido entre a empresa contratada e a prefeitura para a substituição e entrega dos novos uniformes restantes para que toda rede de ensino municipal fosse atendida. Prazo esse que foi cumprido, segundo Neuza. A reportagem do jornal Atitude esteve no depósito da Diretoria de Educação acompanhando a triagem e conferência da chegada dos novos uniformes e pode constatar o mutirão que foi montado entre os funcionários que compõem a Educação em Lençóis para que os uniformes fossem entregues o mais rápido possível nas escolas.

Foto: Marcos Xavier

Acima Neuza Carone, diretora da Educação em Lençóis Paulista, confere e acompanha a triagem de entrega dos novos unifomes escolares da rede municipal de ensino de Lençóis

Centenas de uniformes novos do modelo antigo encontram-se encalhados no depósito da diretoria de Educação

Enquanto visitava o depósito da diretoria de Educação, a reportagem do jornal Atitude se deparou que inúmeras caixas de uniformes novos do modelo antigo, ao qual questionou a diretora Neuza Carone sobre o assunto, e que de pronto respondeu que aqueles uniformes, foram adquiridos por sua antecessora, na gestão anterior do governo municipal, quando a cidade era governada pela gestão PSDB da prefeita Bel Lorenzetti e do seu vice Marise, e que os uniformes estavam encalhados há tem-

pos, por serem em quantidades desproporcionais aos alunos atendidos na rede municipal de Lençóis Paulista, sendo estes do tamanho EGG (extragrande), e em quantidades absurdas, muito maior que a necessidade real do município para esse tamanho. E que por essa razão se encontram encalhados e se estabeleceu um problema, pois não havendo alunos com tais perfis que já não tivessem sido atendidos, o que fazer com tais uniformes? Pois o mesmo, como foi adquirido com verbas fede-

rais destinadas à Educação, no seu entendimento, não pode ser doado, e ficam sem serventia. Neuza ainda informou que está solicitando informações junto à secretaria de Educação do Estado, para ver qual o destino deve-se dar a esses uniformes, e concluiu dizendo que na sua gestão, foi levantado e analisado o perfil de cada aluno atendido pelo município, para que a diretoria pudesse comprar apenas o necessário e não desperdiçasse o dinheiro público que já é tão escasso com compras desnecessárias.

Hoje tem Feira de Artesanato na Praça do Tonicão às 17h00 Acontece hoje, 14, a Feira de Artes e Artesanatos de Lençóis Paulista (FAALP), que é organizada por um grupo de artesãos lençoenses e recebe todo apoio da Prefeitura Municipal, através da Diretoria de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda, na qual, objetiva valorizar e incentivar o artesanato local. Atualmente, o grupo conta com 25 pessoas, e os principais itens produzidos

pelos artesãos são peças em madeira, fibras de bananeira, bagaço de cana, pedrarias, marchetaria, pintura country, patchwork, crochê,

entre outros. A Feira será realizada a partir das 17h, na Praça do Tonicão. Sem dúvida, uma excelente atração para o fim de semana.

Entorno da nova rodoviária ganha iluminação pública

A Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista, por meio da Diretoria de Tecnologia, iniciou nesta terça-feira, 10, a instalação dos conjuntos de iluminação pública no entorno da Nova Rodoviária. Ao todo serão instalados no local 82 conjuntos de iluminação de vapor de sódio de 250W, iluminando a área que até então sequer tinha os postes e a rede elétrica. Ao todo, entre investimento para a passagem da rede elétrica, instalação dos postes, compra dos materiais elétricos e conjuntos IPs foram investidos R$ 161.320,21 por parte da Prefeitura. A instalação das luminárias, serviço até então terceirizado, está sendo feita pela equipe elétrica da Diretoria de Tecnologia da Informação. “Desde o ano passado estamos investindo na capacitação de nossos funcionários, fornecendo ferramentas adequadas para o trabalho e equipamentos

de segurança, sempre visando melhor eficiência do serviço público. No começo deste ano disponibilizamos um treinamento para capacitar nossos eletricistas a efetuarem a instalação das luminárias de iluminação pública, compramos os equipamentos necessários e o setor de segurança do trabalho fez a aquisição de EPIs específicos para esta atividade. Foi um investimento que se paga a curto prazo, uma vez que para esse tipo de serviço não será mais preciso terceirizar a mão de obra e, consequentemente, a verba poderá ser aproveitada na compra dos materiais ou em outras áreas”, destacou o Diretor de Tecnologia Matheus Guilhem Giacometti. Segundo o diretor, “É importante reforçar também para a população que, conforme ação judicial vigente, está a cargo da Prefeitura a realização de melhorias e ampliação na iluminação pública do muni-

cípio. No entanto, a manutenção de todo o parque de iluminação pública está sob responsabilidade da Concessionária de Energia Elétrica CPFL Paulista, sendo atribuído à mesma a troca de lâmpadas quebradas/queimadas e manutenção em lâmpadas que ficam acesas, ou piscando, durante o dia. Para solicitar a manutenção se faz necessário efetuar a abertura de um chamado no próprio site da empresa (www.cpfl. com.br), através da opção “Reparos de Iluminação Pública”, link esse que pode ser acessado também no site da Prefeitura, no menu lateral esquerdo, opção “Iluminação Pública”. “A Prefeitura está ciente que existem mais pontos críticos de iluminação na cidade, e iremos gradualmente efetuar as melhorias para atender essas necessidades e levar a iluminação pública a todas as áreas que carecem desse serviço”, finaliza Matheus.


13 de Abril de 2018

ECONOMIA

IBGE: ricos receberam 36 vezes acima do que ganharam os pobres em 2017 Em 2017, os ricos do país ganharam 36,1 vezes mais do que metade dos mais pobres. Este grupo 1% mais rico da população brasileira, em 2017, teve rendimento médio mensal de R$ 27.213. O valor representa, em média, 36,1 vezes mais do que metade do que receberam os mais pobres – cujo renda mensal foi de R$ 754 naquele ano. Em 2016, o grupo mais rico ganhava 36,3 vezes mais do que a média do rendimento de metade dos mais pobres. Os dados fazem parte da pesquisa Rendimento de todas as fontes 2017, divulgada hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). A publicação revela que a massa de rendimento médio mensal real domiciliar per capita, em 2017, foi de R$ 263,1 bilhões. Deste total, os 10% da população com os maiores rendimentos ficavam com 43,3% do total. Os 10% menores rendimentos detinham apenas 0,7% da renda. Para o coordenador da

e reúne rendimento médio mensal real do grupo de 1% mais ricos. No Sudeste, este grupo chegou a ter concentração 33,7 vezes superior ao rendimento médio mensal real de 50% da população com os menores rendimentos – em 2016 era de 36,3 vezes. A região que apresentou a menor relação foi a Sul (25 vezes, em 2017 e 24,6 vezes em 2016). Em 2016, o número era 36,3 vezes maior. Também foi o Sul que teve a menor desigualdade com 25 vezes, em 2017 e 24,6 vezes em 2016. O estudo do IBGE compara o rendimento da população do ponto de vista da distribuição por Grandes Regiões, tipo de rendimento, sexo, cor ou raça, nível de instrução, levando em consideração os indicadores de concentração de renda. Também são avaliados os programas de transferência de renda do governo federal. Rendimento do trabalho Os dados do IBGE indicam que, em 2017, as pessoas que tinham rendimento de todos os trabalhos correspondiam a 41,9% da população residente, o equivalen-

Foto ilustrativa / divulgação

Desemprego: pessoas procuram vagas em São Paulo

aluguel e arrendamento; enquanto 7,5% recebiam outros rendimentos, como seguro-desemprego, programas de transferência de renda do governo, rendimentos de poupança, valores similares aos de 2016. Para o coordenador da

ras que recebiam o Bolsa Família caiu 0,6 ponto percentual entre 2016 e 2017, ao passar de 14,3%para 13,7%. Segundo a pesquisa, o rendimento médio mensal real domiciliar per capita dos domicílios que recebiam o Bolsa Família em 2017 foi Charge

O contraste social no Brasil é visível, e tem aumentado com a crise politica que vive o país

pesquisa, Cimar Azeredo, os números mostram que a desigualdade ainda é grande no país. "Vamos separar a população inteira, do mais baixo ao mais alto. Se você pega metade dela, verá que a média de rendimento médio dos 50% que ganham menos é de R$ 754, valor mais que 36 vezes menor do que o rendimento da população que ganha os maiores salários, e que chega a R$ 27.213. Os 10% com os maiores rendimentos chegam a deter 43% do total recebido”, afirmou. Concentração Na região Sudeste, a concentração de renda foi ainda maior. Nesta região, está a maior parcela da população

te a 86,8 milhões de pessoas, percentual afetado pela crise econômica que afetou o país. Em 2016, o percentual chegava a 42,4% Em 2017, 24,1% dos residentes (50 milhões) possuíam algum rendimento proveniente de outras fontes. Em 2016 este percentual era menor: 49,3 milhões de pessoas tinham rendimento de outras fontes, o equivalente a 24% dos residentes. O rendimento de outras fontes, mais frequente na população, vinha de aposentadoria ou pensão. Em 2017, 14,1% da população recebia por aposentadoria ou pensão; 2,4%, por pensão alimentícia, doação ou mesada de não morador; 1,9%, por

Pnad Contínua, os números derrubam o mito de que principalmente nas regiões Norte e Nordeste, os programas de transferência renda respondem pela maior parte do rendimento das famílias. “Isso não é verdade. Quando olhamos o país como um todo, observamos que 73,8% da composição do rendimento da família vem do trabalho, !9,4% de aposentadoria ou pensão e outros rendimentos como aluguel (2,4%), e o restante de pensões, doação de não morador.” Bolsa Família Com relação aos programas de transferência de renda do governo federal, a pesquisa constatou que o percentual das famílias brasilei-

de R$ 324, bem inferior ao rendimento médio mensal real domiciliar per capita dos que não recebiam, que era de R$ 1.489. Os dados indicam que os maiores percentuais de famílias que recebiam algum tipo de benefício dos programas de transferência de renda do governo estavam localizados, no ano passado, nas regiões Norte e Nordeste, com respectivamente 25,8% e 28,4% dos domicílios. Já o Benefício de Prestação Continuada (BPC) era recebido por 3,3% dos domicílios do país, que tinham rendimento médio real domiciliar per capita de R$ 696 reais. As regiões Norte e Nordeste apresentaram os

maiores percentuais (5,6% e 5,2%, respectivamente). Desigualdade por cor, sexo e instrução Os números da pesquisa Rendimento de todas as fontes 2017 mostram a continuidade de distorção histórica do mercado de trabalho do país: a desigualdade salarial entre homens e mulheres, cor e raça e por nível de escolaridade. A pesquisa ratifica a persistência do salário maior para os homens do que para as mulheres. Enquanto o rendimento médio mensal real de todos os trabalhos, no Brasil, foi de R$ 2.178; entre os homens, esta média chegou a R$ 2.410. Já para as mulheres, o rendimento médio mensal registrado foi de R$ 1.868, ou seja: o equivalente a 77,5% do rendimento masculino. Em 2016, essa proporção era ainda menor: 77,2%. As regiões Nordeste e Norte, apesar de terem os menores valores de rendimento médio mensal real para ambos os sexos dentre todas as demais regiões, apresentaram as maiores proporções de rendimento das mulheres em relação aos homens: Isto é, as maiores taxas de proximidades. No Nordeste, o salário da mulher equivalia a 84,5% do salário do homem em 2017, enquanto no Norte este percentual era de 87,9%. Em 2016, o salário da mulher equivalia a 88,4% do homem no Nordeste e a 89,2% no Norte. A Região Sudeste, que registrou a segunda maior média salarial para as mulheres (R$ 2.053) e a maior para os homens (R$ 2.810), foi, paralelamente, a região onde as mulheres registraram a menor proporção do rendimento masculino (73,1% em 2017 ante 71,7% de 2016). “O Brasil é um país bastante desiguais quando se leva em conta os cortes por sexo, cor e raça, nível de instrução e regiões distintas do país. “Nós somos praticamente cinco país em um só

demonstrados pelo retrato de cada uma das cinco regiões”, afirmou o coordenador da pesquisa. Do ponto de vista da cor e da raça, o IBGE constatou que o rendimento médio mensal real de todos os trabalhos das pessoas brancas era, em 2017, de R$ 2.814, maior que os rendimentos observados para as pessoas pardas (R$ 1.606) e pretas (R$ 1.570). As mulheres brancas apresentaram rendimentos 29,2% superiores à média nacional de R$.2 178, enquanto as pardas e pretas receberam rendimentos 26,3% e 27,9%, respectivamente, inferiores a essa média. A mesma distorção foi observada quando a análise é feita sob o ponto de vista do grau de escolaridade, com o nível de instrução se mostrando indicador importante na determinação do rendimento médio mensal real de todos os trabalhos, apresentando uma relação positiva, ou seja: quanto maior o nível de instrução alcançado, maior o rendimento. “As desigualdades pelos cortes de cor (preta ou parda em relação a Branca) chega a quase à metade. A diferença persiste porque há, no Brasil, como em outras partes do mundo, maior rendimento para aqueles que tem nível superior. Só que a participação de pessoas de cor de nível superior no Brasil é muito baixa”, acrescentou Azeredo. Segundo o levantamento, as pessoas que não possuíam instrução apresentaram o menor rendimento médio: R$ 842. Por outro lado, o rendimento das pessoas com ensino fundamental completo ou equivalente foi 67,3% maior, chegando a R$ 1.409. Por fim, aqueles que tinham ensino superior completo registraram rendimento médio aproximadamente 3 vezes maior que o daqueles que tinham somente o ensino médio completo e mais de 6 vezes o daqueles sem instrução.


Jornal Atitude Gospel Edição de 1º Quinzena de Abril  
Jornal Atitude Gospel Edição de 1º Quinzena de Abril  
Advertisement