Page 1


O

presente projeto objetiva promover uma ampla

discussão, participação e envolvimento

cidadão da população fortalezense, em torno

dos valores históricos, culturais, urbanísticos e estruturais do

INTRODUÇÃO

Centro da Cidade de Fortaleza. O projeto é de iniciativa da Câmara Municipal de Fortaleza, em parceria com o Grupo de Comunicação O POVO e a participação de dezenas de entidades que direta ou indiretamente participam do já longo debate sobre os destinos do uso desse valioso espaço da cidade.


O

cronograma de execução prevê o início em

agosto/2011, culminando com uma grande ação

no período de Natal, em parceria com o Poder

Executivo, um dos atores do projeto. Em 2012 e anos seguintes ele teria continuidade, com discussões

AÇÃO DO PROJETO

permanentes, publicação de cartilhas educativas sobre o Centro, eventos culturais e educativos sobre a história do Centro Urbano de Fortaleza, etc. Com o apoio do Grupo de Comunicação O POVO, será iniciado um grande e novo debate sobre a realidade do Centro de Fortaleza, degradado em vários de seus aspectos, por motivos políticos e de gestão, que o debate sério e a ação dos poderes público, privado, a Igreja e até mesmo das Décima Região Militar poderão contribuir para uma mudança na discussão conceitual/analítica do problema.


TEMA DO PROJETO:

Movimento

Meu

estรก no centro.


Movimento

Meu

Movimento

está no centro.

O Centro é o

cidade.

TEMAS DE COMUNICAÇÃO:

Movimento

O Centro está no meu

Eu

o Centro de Fortaleza.


A

organização do projeto propõe uma estrutura executiva liderada pela Câmara Municipal de

Fortaleza, e integrada por um Fórum de Instituições

e Entidades diretamente relacionadas ao Centro da Cidade, comprometidas com as mudanças que se pretende do

PARCEIROS DO PROJETO

ponto de vista social, político, econômico e urbanístico para esta área. O Grupo de Comunicação O POVO comporia essa estrutura, ao lado de atores como: IPHAN, ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA, PREFEITURA MUNICIPAL DE FORTALEZA (Administração do Centro), CDL, FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO, FACIC, FEMICRO, ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, DÉCIMA REGIÃO MILITAR, BANCO DO NORDESTE DO BRASIL, BICBANCO, THEATRO JOSÉ DE ALENCAR, METROFOR, SINDONIBUS, DETRAN, ETUFOR, AMC, SECRETARIAS DE CULTURA E TURISMO

Movimento

Meu

está no centro.


DO ESTADO E MUNICÍPIO, INSTITUTO DOS ARQUITETOS DO BRASIL-SEÇÃO CEARÁ, GABINETE DA PREFEITA, UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ, TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO, CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

CREA, BANCO DO

BRASIL, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, REDES DE

PARCEIROS DO PROJETO

HOTÉIS, CORREIOS, SECRETARIA DA FAZENDA, PROJETO NOVO CENTRO...

Movimento

Meu

está no centro.


H

á pelo menos duas décadas as gestões municipais empreendem projetos e campanhas visando a recuperação do perímetro central de

Fortaleza, que sofreu esvaziamento e consequente degradação urbana de todo gênero a partir dos anos 70. Esse visível desgaste do perímetro compreendido pelas

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

avenidas Castelo Branco e Almirante Alexandrino e Historiador Raimundo Girão, avenidas Domingos Olímpio e Antonio Sales ao sul, rua João Cordeiro a Leste e Padre Ibiapina/Filomeno Gomes, a Oeste, tornou-se um desafio para as gestões, sem que se tenha encontrado respostas para o problema. Apontam os especialistas que tudo começou com o esvaziamento do perímetro pelos que nela residiam, deslocando-se para outros bairros e dando lugar a

Movimento

Meu

está no centro.


estabelecimentos comerciais e estacionamentos. Outros indicam a alta concentração de transportes coletivos, transformando o Centro em uma imensa rodoviária, sem nenhum controle na mobilidade urbana, quando se sabe que outras cidades bem sucedidas nessa questão restringiram o trânsito e construíram grandes calçadões para pedestres,

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

como Londres e Rio de Janeiro. O comércio irregular também contribuiu para a degradação, enfim, uma soma de problemas nefastos que atingiram gravemente esse bonito patrimônio cultural e histórico. Nos últimos anos, uma das boas intervenções foi a da Ação Novo Centro, uma organização não governamental criada em 2002 por lojistas e integrantes da sociedade para a requalificação dos espaços do bairro,

um esforço

Movimento

Meu

está no centro.


compartilhado de diversos profissionais , segundo a executiva da ong, economista Ruby Araújo. Em parceria com o IPHAN, foram recuperados seis prédios históricos, localizados na praça do Ferreira. Mais recentemente, verificou-se na área uma intervenção planejada e continuada. Isto se deve sobretudo

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

a dois fatores: a criação de uma administração regional específica para cuidar do centro da cidade, e a colaboração do Governo do Estado e do Ministério Público em algumas ações, como por exemplo, o resgate do chamado Beco da Poeira, possibilitando o alavancamento institucional da área entorno do Theatro José de Alencar e proximidades do Metrô em construção. Intensificaram-se os serviços de limpeza urbana e recuperação das praças; algumas melhorias na

Movimento

Meu

está no centro.


iluminação pública e em prédios históricos, completando o chamado

Circuito Histórico . Com a participação da

Secretaria de Turismo e do Fortaleza Convention&Visitors Bureau, foram introduzidas atividades culturais e de turismo histórico, como por exemplo os circuitos Fortaleza a Pé e Roteiro Fortaleza a Pé , que consiste na visita guiada a

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

prédios e monumentos antigos da cidade, contemplando cerca de 200 edificações em cinco roteiros, num trabalho do professor de Turismo Gerson Linhares. Essa forma de ocupação cidadã foi intensificada pela atual administração com a realização constante de eventos no Centro da Cidade, como shows com artistas nacionais e locais, apoio ao Natal de Luz e intervenções visando reduzir o tráfego de veículos coletivos. Como exemplo, foram

Movimento

Meu

está no centro.


retiradas oito linhas de ônibus que tinham trânsito pela rua General Sampaio e que chegavam a incomodar as apresentações no palco do Theatro José de Alencar, como registra a jornalista Izabel Gurgel. A efetiva recuperação e manutenção do Passeio Público o maior patrimônio natural e histórico do centro da

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

cidade

é percebida pela população e pelos turistas, bem

como a bonita iluminação de alguns dos principais monumentos históricos. A recuperação do Sobrado Dr. José Lourenço, da sede do Palácio do Bispo funciona o Gabinete da Prefeita

onde hoje

e de várias praças que

voltaram para o uso dos cidadãos, fazem parte desse planejamento que vem sendo executado. Merecem ainda citação o Projeto Rua das Praças,

Movimento

Meu

está no centro.


executado em parceria com o CDL, já iniciado e em fase de desapropriação, as medidas de ordem legal criadas pela Administração Municipal com incentivos tributários do IPTU para aqueles que moram ou decidam morar no centro da cidade, e a longa batalha do Beco da Poeira e desocupação de praças ocupadas por camelôs.

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

Todavia, essa intervenção no Centro não tem sido suficiente. Faz-se necessária uma aliança ainda mais forte entre o poder público, os empreendedores do comércio e serviços e os usuários

os cidadãos

completando um

sistema de atores essenciais ao propósito de dar ao Centro da Cidade o lugar que merece no desenvolvimento urbano da cidade. Acrescente-se ainda as instituições e empresas públicas que funcionam no perímetro, como a Arquidiocese

Movimento

Meu

está no centro.


de Fortaleza, o Comando da Décima Região Militar, Colégio Militar de Fortaleza, Correios, Bancos Públicos e Associações de Classe, dentre outras, cujo engajamento nesse propósito torna-se indispensável. A Câmara Municipal insere-se nessa causa através dos seus representantes, promovendo o debate e convidando o

JUSTIFICATIVA DO PROJETO

Poder Executivo e os cidadãos a se incorporarem às discussões, através de um fórum amplo de idéias e de trabalho que aponte soluções para os crônicos problemas do Centro de Fortaleza.

Movimento

Meu

está no centro.


Movimento

Movimento

O Centro é o

Meu

cidade.

está no centro.

Movimento O Centro está no meu

Eu

Movimento

Meu

está no centro.

o Centro de Fortaleza.


Movimento

Meu

estรก no centro.


Movimento

Meu

estรก no centro.


Movimento

Meu

Movimento

estรก no centro.

Eu

o Centro de Fortaleza.

Movimento

Meu

estรก no centro.


Movimento

Meu

Movimento

Meu

estรก no centro.

estรก no centro.


OBJETIVO: AGENDA PARA PRÓXIMA REUNIÃO DO FORUM SOCIAL VIVA CENTRO - O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Acrisio Sena, abre a reunião - O presidente Acrisio Sena anuncia a sra. Luiza Perdigão, que faz a apresentação do projeto da Secretaria, em conjunto com o Projeto Novo Centro - Acrisio Sena apresenta a idéia do Projeto Viva Centro e seus dois eixos principais:

Movimento

Meu

está no centro.


DISCUSSÃO DE CINCO COLUNAS MESTRAS:

- Mobilidade Urbana - Reordenamento - Reocupação Habitacional - Patrimônio Cultural - Segurança


DISCUSSÃO DE CINCO COLUNAS MESTRAS: Essas cinco colunas correspondem aos cinco temas centrais a serem discutidos e transformados em políticas públicas pelo Fórum, cuja construção se fará a partir das cinco audiências públicas previstas e contribuições do legislativo municipal e Prefeitura Municipal de Fortaleza, via Fórum.

Movimento

Meu

está no centro.


DISCUSSÃO DE CINCO COLUNAS MESTRAS:

Sua discussão se dará após a instalação do Fórum, em sessão extraordinária da Câmara Municipal de Fortaleza, no centro da cidade. Serão realizadas ainda reuniões setoriais para aprofundamento da discussão dos temas e consolidação do documento-proposta.

Movimento

Meu

está no centro.


projet  

Projeto Camara

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you