Page 1

A serviço da comunidade

JORNAL DE CAPIVARY 01 a 15 de Maio de 2014 * ANO

IFSP oferece 3.040 vagas para cursos técnicos gratuitos

I EDIÇÃO Nº 3 *

R$ 2,00

Talissa Mello , Miss Capivari Nesta edição saiba tudo sobre ela! Entrevista exclusiva com a jovem Miss Capivari 2013.

PÁGINA 03

PÁGINA 08

Bairros receberão recape e asfalto Através de convênios firmados com o Governo Federal e Estadual por meio de emendas parlamentares, a Prefeitura de Capivari anunciou que estará recapeando e asfaltando dezenas de ruas em diversos bairros, dentre eles, Engenho Velho e Vila Cardoso. Foto: Divulgação/Prefeitra de Capivari

Através de convênios firmados com o Governo Federal e Estadual por meio de emendas parlamentares, a Prefeitura de Capivari anunciou que estará recapeando e asfaltando dezenas de ruas em diversos bairros, dentre eles, Engenho Velho e Vila Cardoso são os que mais recerão essas obras, isso devido ao grande tempo sem receber investimentos nessa área. Pitangueiras, Santo Antônio também serão atendidos com esses recursos. Confira na reportagem se sua rua está neste cronograma de melhorias anunciadas. Recentemente as Ruas Padre Fabiano e Antônio Pires foram totalmente revitalizadas com investimentos de R$ 150 MIL

Associação Santa Rita recebe R$ 100 mil através da vereadora Gil A Associação Santa Rita de Cássia já conta com o recurso de R$ 100 mil conquistados através do trabalho da vereadora Gilceane Orosco Malto (DEM).

Rodrigo e Vitão entregam 13 novas viaturas para a Guarda

A vereadora já anunciara a confirmação do recurso ao presidente da entidade no final do ano passado.

PÁGINA 05

PÁGINA 05

Vereador Davilson Roggieri divulga recurso de R$ 250 mil O vereador Davilson Roggieri (PSDB) comunicou, em sua fala na Tribuna Livre da 14ª Sessão Ordinária, na noite de segunda-feira, 5, na

Bruno Barnabé anuncia meio milhão de reais para a saúde O vereador Bruno Barnabé da Silva (PPS) anunciou que já está liberado o meio milhão de reais para a compra de equipamentos para a Santa Casa de Capivari. Na 13ª Sessão Ordinária, na

segunda-feira, 28, o vereador confirmou que o recurso, uma conquista sua junto aos deputados Macris, já está na DRS-10. PÁGINA 05

PÁGINA 05

Câmara Municipal, o investimento de R$ 250 mil para recape no bairro Engenho Velho. PÁGINA 06


02

JORNAL DE CAPIVARY

Esta agora: “#somostodosmacacos” Então uma banana para os brasileiros

ROGÉRIO SOUSA E a moda agora é a banana. Depois da coragem e humildade do Daniel Alves, que comeu a banana jogada em sua direção durante a partida Barcelona e Villarreal, Neymar, seu parceiro de time, lançou a campanha “#somostodosmacacos”, que em questão de horas, ficou entre as mais comentadas no Twitter, Instagran, Facebook e telejornais do Brasil e do mundo todo. Ganhou apoio de famosos e anônimos, que tiraram fotos comendo a fruta ou fazendo o gesto que simboliza “uma banana”. Vamos admitir, muita gente nem era fã do Daniel Alves. Mas ao ver e rever o que ele fez na cobrança de escanteio, no jogo Barcelona e Villarreal, quando um babaca lançou uma banana ao gramado, nós, brasileiros nos remoemos, “mordemos”, as dores foram nossas. E o Dani Alves? Ao contrário, sempre carismático e brincalhão, num gesto simples, pegou a banana, descascou e comeu. Em seguida, cobrou o escanteio e quase saiu o gol. Ah, depois disso, virou um SHOW o gesto desse cara. Agora ele é um ídolo dos brasileiros. A poucos dias da Copa do Mundo no Brasil, nós, brasileiros, somos a bola da vez. Não por sermos o “País do Futebol”, onde será a próxima Copa, mas pelo gesto do Dani Alves. Infelizmente, ainda há muito preconceito, independente se em países mais desenvolvidos, ditos de primeiro mundo, ou de 5º mundo. Temos algo que eles não têm: ALEGRIA ESPONTÂNEA, FELICIDADE, SIMPLICIDADE e AMIZADE. E sim, sabemos que vivemos dias de luta contra a corrupção, falta de educação, de saúde, de segurança pública, transporte deficitário e tudo mais. Mas acima de tudo, somos brasileiros. Acordamos antes mesmo do sol nascer. Olha: lá vai o Seu João, que levanta cedo todo dia para ganhar o pão. Vai à luta o Seu João, e nesta luta, nunca deixa de sorrir, nunca deixa a tristeza o abater. São milhões de “seus joões”, dos mais longínquos

rincões brasileiros. A verdade é que em cada brasileiro há um “Seu João”, um homem, uma mulher, negro, pardo, branco, índio, amarelo, marrom, laranja, pobre ou rico. É um país de todos, um lugar bom para se viver, mesmo enfrentando tantos desafios. E onde é que não tem desafio? Mas o sujeito brasileiro ainda é espetacular, pois encontra milhares de motivos para sorrir, cantar, dançar e ensinar “países desenvolvidos” sobre o que é ser feliz. Essa campanha da banana, feita por publicitários, aos quais parabenizamos, vem num momento em que estamos cansados de tantas críticas decorrentes da diversidade cultural e racial. Vale até questionar: de que cor é Deus? Porque durante séculos seu filho, Jesus Cristo, vem sendo retratado de olhos azuis, pele e cabelos claros. Sabemos que a Palestina, local de origem da porção humana de Cristo, é de maioria parda, pele morena, olhos e cabelos negros. E se podemos tocar um pouco no quesito fé, esses atrasados em sua evolução humana, esses caras que jogaram a banana para o Dani Alves, que é pardo, que poderia ser negro ou branco, e é brasileiro, não enxergaram Cristo no atleta. Por isso, a banana ganhou notoriedade e passou a ser uma fruta ainda mais apreciada. Ah, mas os “desenvolvidos” não têm bananas. Precisam importar e isso custa caro para eles, mas pagam, porque a fruta tem alto valor valor nutritivo. Ah, importam os jogadores brasileiros também, como o Dani Alves. Eles são altamente talentosos. Temos que concordar: somos mesmo todos macacos ou “#somostodosmacacos”. E certamente, esses gestos de racismo não vão acabar nesta semana, ou nos anos seguintes. O triste é constatar que ele sempre existirá. É preciso que existam outros “Daniel Alves”, outros “Neymar” para ter a iniciativa, outros brasileiros como nós, com coragem para enfrentar esse mal e mostrar que brasileiro está acima de qualquer preconceito. Para encerrar, uma frase usada no exercício militar aqui no interior, onde é conhecido como TG (Tiro de Guerra). É mais ou menos assim: BRASIL ACIMA DE TUDO! Mais pra mais mesmo. E vamos comer banana, porque “banana, menina, engorda, e faz crescer”.

ROGÉRIO SOUSA é estudante de Publicidade e Propaganda e trabalha como Assessor de Imprensa na Câmara Municipal de Capivari.

JORNAL DE CAPIVARY CNPJ: 20.188.043/0001 - 50 EDITOR E JORNALISTA RESPONSÁVEL MARCOS PAULO BRAGGION Mtb 43.092/SP TIRAGEM: 1.000 exemplares IMPRESSO POR: Jornais TRP - IMP. EXP. MAQ. GRAF. LTDA - EPP (19) 3491-3550 (19) 99471-2718 Os artigos assinados, são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião do Jornal de Capivary.

O Velho Casarão Parte III - Um conto de Oliveira Machado Eu estava cansado. Um leve desencanto me observava de longe. A vida no centro da cidade era para ser tranquila. Não foi. Da leitura dos rabiscos de Augusto Ferreira não se tirava ilação alguma. Ocultas nas frases lançadas sem propósito no diário certamente estariam as respostas, e eu bem que as busquei, numa tentativa mouca de explicar o desparecimento da família. O meu desejo no esclarecimento do mistério era de tal sorte grande que me pus a transcrever com minha própria letra as escrita inelegível. Fui juntando as palavras, como quem tenta reconstruir uma folha de papel rasgada em partes ínfimas. Assim fiz durante dois ou três dias, não me lembro com precisão. Da parte que consegui entender, "eternamente juntos" era a frase que mais se repetia. O número 303 estava anotado no rodapé de algumas páginas. Se o poço de curiosidades de minha alma não se preencheu com a frustrada tentativa de resolver o mistério do desaparecimento da família, restava-me levar o fatídico diário ao delegado. De outra parte, se minha capacidade investigativa não chegava à profundidade de um pires, deveria mesmo deixar a cargo do encarregado da polícia a resolução dos fatos. E assim fiz. Fui até o chefe da polícia e narrei sucintamente a sequência dos fatos, retrocedendo daquele momento até a minha chegada à cidade. Ainda que eu tenha evitado a prolixidade própria da velhice, ele não terminou de ouvir a história sem antes tomar-me abruptamente o diário das mãos. Deixei a delegacia e subi de volta para o velho casarão. A tarde caía com parcimônia própria dos dias curtos do inverno. O sol quase posto no horizonte pouco aquecia o frio. O vento passeava pela cana verde lembrando as ondas do mar. Sentia-me

triste. Por um instante a falta de sentido da vida quis me mostrar a efemeridade humana. Hesitei. Caminhei mais rápido para afastar o frio e os maus presságios. Quando vi estava em casa, na companhia de Ângelo e Domingos, que me ajudaram a dissipar a tristeza. Entregar à polícia o achado na parede não deve ter agradado o espírito nativo da casa. Após ter encontrado o diário, foram várias noites tranquilas, sem um ruído que não fosse o da rua ou da madeira, aos quais já me acostumava. Mas tudo mudou depois que entreguei o livro ao delegado. Nestes idos de minha vivência, passei por dificuldade, medo, tristeza e outros tantos aborrecimentos próprios da vida humana. No entanto, nada se compara ao que senti naquela mesma noite, após entregar o diário ao delegado. Foi o fato mais estranho da minha estada no velho casarão. A carga de emoção foi de tal sorte estranha que ainda não se tem escrito no dicionário dos homens a sua natureza. O meu espírito já começava a se acalmar novamente e as desconfianças dos barulhos anteriores tinham praticamente se dissipado na minha cabeça quando a mais reveladora aparição me aconteceu. Para os medrosos, místicos ou supersticiosos tal acontecimento poderia até ter alguma aceitação. Não para mim, velho cético e destemido. Este último e decisivo acontecimento me ocorreu durante um sonho que tinha o diário como tema. O manuseio exacerbado daquele caderno encouraçado deve ter perturbado as entranhas de minha mente. Sonhava que repentinamente, como se fosse um dia de sol após uma tempestade quase eterna, encontrava uma página com letra legível. Nela estava grafado o seguinte: "Já não aguento mais a angústia desta vida enfadonha. Meus sonhos

ruíram. Fracassei como pai e como marido. A ansiedade e a desconfiança que tenho de minha esposa não me deixam acessar a faculdade do raciocínio. A compulsão das ideias fixas me escravizou. Sinto que não consigo expressar meus sentimentos e abrir meu coração a ninguém. Infelizmente padecerei sob este mal e não deixarei à minha família o vexame de explicar minha morte. Se vou, vão eles comigo. Juntos para sempre, ainda que para sempre seja apenas um eufemismo para justificar a perda irreparável da saída desta vida e não ir para lugar algum". Junto destas palavras que, em sonho, eu lia sentado em minha cama, eu ouvia os ruídos de passos fortes no corredor. Alguém com botas de salto andava de um lado para outro, sem parar. Quando bateram à porta, eu acordei. Fui arrancado do sonho. Não queria abrir os olhos, esforçava-me para continuar dormindo e ler as outras páginas do diário, que no meu sonho tinham letras douradas e de caligrafia perfeita. Todas as respostas estavam ali. O barulho intensificou, eu abri os olhos. Foi nesse momento que o meu fim quase se encontrou comigo. Quando abri os olhos de vez, o luar alto no céu entrava pela fresta da cortina e clareava um menino pálido ao lado de minha cama. Seu olhar sem expressão era de pena. Aquela imagem entrou com uma agulha na minha existência. A mente não encontrou uma explicação lógica para aquela aparição. Fiquei imóvel, o menino olhava o nada, como se quisesse ser acolhido. Ouve um instante de silêncio tétrico entre nós. Uma pequena névoa gelada entrou pela janela, esfriando o quarto. Esforcei-me na cama para levantar e interagir com aquela criatura diante de mim. O menino apenas deu um grito ensurdecedor que rasgou a noite e o linho do meu ceticismo. Fechei os olhos; o grito cessou. Tentei recobrar a sanidade mental no silêncio que se seguiu. O menino havia partido. A

névoa havia embaçado o espelho da penteadeira, onde se inscrevia o número 0303. Não tenho vergonha de dizer que chorei. A presença do menino pálido ao lado de minha cama é a imagem mais marcante da minha existência. Aquela noite não mais peguei no sono. Foi minha última noite no velho casarão. Acendi todas as luzes existentes e aguardei a chegada da aurora ou dos empregados. Na manhã seguinte eu estava cuidando dos detalhes da mudança de volta para o sítio, quando Ângelo chamou-me. O delegado Gerson estava dois passos atrás dele, com ar de preocupação. Falou-me o delegado que tinha achado muito confuso tudo que havia no diário. Descobriu, no entanto, que no inquérito tinha uma planta da casa. E nela todos os cômodos eram indicados por números. Na indicação da planta, o número 303 dizia respeito ao porão abaixo do quarto de ferramentas, localizado no do quintal, praticamente sem uso. O delegado examinou o local, que tinha o piso de madeira. Não havia sinal de porão ali. A descoberta se deu alguns minutos depois, quando o delegado achou, debaixo da mesa de madeira, a entrada do referido porão. Não era difícil de encontrar a abertura desde que a procurasse. Estava fechada por dentro; o delegado usou uma alavanca de ferro para abri-la. Poupo aqui o leitor da cena terrível descoberta pelo delegado. Digo apenas que Augusto utilizou um cilindro do gás à base de organofosforado para sufocar a si e sua família dentro daquele cômodo. Depois que os corpos foram encontrados, senti uma paz de quem não teme mais nada. Havia recuperado a minha coragem, mas sem o ceticismo de antes; sentia-me como se não precisasse mais deixar o velho casarão. A família finalmente descansaria em paz. Não haveria mais motivo para aquela tensão na casa. CONTINUA...


JORNAL DE CAPIVARY

SEBRAE-SP

Como montar a sua equipe de vendas

Bruno Caetano Você está para abrir seu próprio negócio e precisa de vendedores. Já pesquisou empresas similares, viu como fazem, mas ainda está com dúvidas sobre como montar sua equipe, o que é comum pelos relatos de empreendedores iniciantes. Comece então por definir bem o perfil de vendedor que busca; isso inclui idade, sexo, motivação para o cargo, experiência anterior, escolaridade, etc. Esses atributos devem estar de acordo com as tarefas que o profissional terá que exercer, que engloba, além das vendas, promoção, prestação de serviços e obrigações administrativas. A estruturação do grupo de vendedores deve considerar o tamanho do empreendimento, o produto e suas características (nível tecnológico, por exemplo) e onde estão os clientes. Organize a atuação das pessoas para evitar o que popularmente se chama “bater cabeça”, isto é, aquela situação em que um atravessa os domínios do outro e ninguém se entende. Para essa ordenação, distribua os

integrantes da equipe por regiões e permita que eles vendam todo o portfólio. Assim, poderão conhecer a fundo os clientes, se aproximar deles e gerenciar melhor os deslocamentos. Outra forma é deixar a cargo de cada vendedor um produto ou conjunto de produtos. É uma boa fórmula quando se trata de mercadoria que requer conhecimento técnico e o cliente exige assessoria qualificada. Há casos em que a empresa vende para diferentes tipos de público. Isso torna necessário ter vendedores especializados nos diferentes tipos de consumidores. Outro ponto importante: vendedor precisa de capacitação, portanto, mantenha-o atualizado e afinado com os objetivos do negócio. Também necessita de motivação. Abra um canal de comunicação com ele, dê feedback, oriente, faça-o sentir-se integrado à empresa. Procure remunerálo em um patamar competitivo com seu mercado e ofereça benefícios (pesquise opções condizentes com seu caixa) para não perder talentos facilmente. Em linhas gerais, esse é um bom roteiro. Você tem uma história de empreendedorismo para contar? Escreva para mim (bcaetano@sebraesp.com.br). Este espaço também é seu. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

PRONATEC oferece oportunidade

Cursos de auxiliar administrativo e de biblioteca tem vagas em Capivari A Secretaria Municipal de Inclusão e Desenvolvimento Social está fazendo a prématrícula para os interessados nos cursos do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) para capacitação de auxiliar administrativo e auxiliar de biblioteca. Os cursos serão realizados no IFSP (Instituto Federal de São Paulo), no Campus Capivari, no período de 5 de maio a 3 de julho, das 8h às 12h15, de segunda a sextafeira. Após realizar a inscrição na Promoção Social (rua Padre Fabiano, 612), o candidato deverá ir ao ISFP para confirmar a vaga.

São 31 vagas disponíveis para o curso administrativo (ensino médio completo) e 20 vagas para auxiliar de biblioteca(ensino fundamental). A inscrição somente será efetivada perante a apresentação de CPF, RG, comprovante de escolaridade, residência e comprovante de conta corrente (para depósito de bolsa auxílio, disponibilizada pelo Pronatec para custos com transporte, uniforme, material didático e alimentação). Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (19) 3491-1645.

AM CEREZER

03

O estado ausente e as portas do conhecimento

TERRAPLENAGEM (19) 9266-5328, SITIO SÃO JOÃO, BAIRRO BARREIRINHO, RAFARD-SP

Curso Técnico Federal

IFSP oferece 3.040 vagas para cursos técnicos gratuitos

O IFSP oferece 3.040 vagas para cursos técnicos presenciais e a distância em todo o estado para o segundo semestre de 2014. As inscrições para o processo seletivo ocorrem entre os dias 2 e 21 de maio (até às 15h) no endereço eletrônico www.ifsp.edu.br/seletivo. As 2.040 vagas para os cursos presenciais estão distribuídas nos campi Araraquara, Barretos, Birigui, Boituva, Bragança Paulista, Campos do Jordão, Capivari, Caraguatatuba, Catanduva, Cubatão, Guarulhos, Itapetininga, Jacareí, Jundiaí, Presidente Epitácio, Registro, Salto, São João da Boa Vista, São José dos Campos/Petrobras, São Paulo, Suzano e Votuporanga. Outras 1.000 vagas são oferecidas para cursos de educação a distância nos Polos Araraquara, Araras, Barretos, Boituva, Capivari, Carapicuíba, Diadema, Guarulhos, Itapetininga, Itapevi, Registro, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São Roque, Tarumã e Votuporanga. O candidato deverá fazer uma única inscrição indicando as áreas “campus/polo”, “curso” e “período”. A prova para todos os campi/polos e cursos será realizada no dia

15 de junho, às 13h. A inscrição deverá ser realizada até as 15h do dia 21 de maio de 2014, apenas por meio do site www.ifsp.edu.br/seletivo. As inscrições custam R$ 20 para cursos técnicos concomitantes ou subsequentes. Não há cobrança de taxa para inscrição em cursos a distância. A elaboração, aplicação e correção das provas do processo seletivo são de responsabilidade da Fundação de Apoio à Tecnologia, FAT. Modalidades ofertadas e pré-requisitos No processo seletivo para o segundo semestre de 2014, são oferecidas vagas para os cursos técnicos de nível médio na modalidade concomitante ou subsequente. No curso concomitante, os estudantes de ensino médio cursam apenas o ensino técnico no IFSP. Os candidatos devem ter concluído a primeira série do ensino médio e estar matriculados na segunda ou terceira série do ensino médio. Para ingressar nos cursos técnicos subsequentes, o candidato deve ter concluído o ensino médio.

Já os cursos oferecidos nos polos de educação a distância exigem que o candidato tenha concluído o ensino médio e tenha, no mínimo, 18 anos completos até a data da inscrição. Isenção O IFSP oferecerá o benefício de isenção do pagamento do valor da inscrição aos candidatos carentes de recursos financeiros, mediante requerimento e avaliação dos pré-requisitos (consultar item 4 e 5 do edital). Para solicitar a isenção da taxa de inscrição para a seleção dos cursos técnicos presenciais, o candidato deverá preencher o formulário disponível no site www.ifsp.edu.br/seletivo, no período de 2 até às 15h de 12 de maio. O prazo para o pedido de isenção dos candidatos aos cursos a distância inicia no dia 2 e segue até as 15h de 21 de maio. As cópias dos documentos solicitados devem ser entregues pessoalmente no campus ou polo do curso escolhido, de segunda a sexta-feira, exceto feriados. Cursos Oferecidos pelo IFSP- Campus Capivari na modalidade presencial:

Avenida Dr. Rodrigues Alves, 140, Centro - Capivari

CLAUBIJEINE CAVALCANTE Os olhos podem ser portas para o conhecimento. Portas. Mas quem vê é a mente. Esta, quando preparada para enxergar a realidade, será o pilar para a transformação daquilo que alguém montou para os olhos verem e a mente não perceber. Em abril, o jornalista dinamarquês Mikkel Jensen desistiu de cobrir os jogos da Copa do Mundo no Brasil. Isto, após passar alguns meses, onde ele sabia, ser a cidade mais violenta do mundo a receber os jogos da Copa. Sua justificativa foi o violento e escrachado desaparecimento de crianças de rua em Fortaleza. O correspondente afirma que o fato está acontecendo para esconder a verdade de que o país não cuida das suas crianças, que muitas estão nas ruas e abandonadas. E não cuida. Mas, por favor, não pergunte a qualquer brasileiro se ele vê isso. Há os que encobrirão o fato e justificarão que o país está crescendo, que as crianças estão na escola. Propaganda bem feita, “a alma do negócio”. E há muitos anos vem ganhando uma notória dimensão, mascarando a realidade. Sim, as crianças estão na escola. Mas quem atesta a veracidade de que os pequenos são educados para serem cidadãos, cientistas, estadistas, pensadores ou letrados? E este questionamento é para as que ainda estão na escola. Mas Jensen viu as que estão nas ruas, sem estrutura para alcançar a oportunidade de uma vida digna. A Constituição Brasileira de 1988, no artigo 205, estabelece que a Educação é dever do Estado, com a colaboração da sociedade. O Estatuto da Criança e do Adolescente, no artigo 4º, dispõe que o Estado tem obrigação de assegurar, “com absoluta prioridade”, vida digna, saúde, educação e segurança a todas as crianças e adolescentes. Aqui o questionamento é: onde está o Estado? Jensen foi embora do Brasil desconhecendo que só no Nordeste, mais de 100 mil escolas vivem em estado precário, literalmente, caindo aos pedaços. Centenas de municípios nunca viram um transporte escolar e suas crianças andam quilômetros sob sol escaldante para ir à escola, onde não há merenda, nem carteiras para os alunos. A Copa do Mundo? Está sendo um presente para o Brasil. Por dois motivos. Um, porque o futebol é paixão nacional, e dois, porque despertou muitos questionamentos que há muito tempo este país deveria ter feito. Mostrou para si e para o mundo todo, quem é o Brasil. Triste? Sim, mas não se pode seguir eternamente nessa cegueira. Uma hora tropeça, cai e tem que tirar as escamas dos olhos, que impedem o conhecimento e ver que o Brasil tem sido o tapete para onde se empurra e se acumula a sujeira. Mas chega um momento em que ela aperece, mesmo que a propaganda seja fortíssima, e mantenha o padrão de muitos regimes ditatorias. Os questionamentos, porém, mostram que o Estado está ausente em todos os lugares onde sua presença seria a certeza da construção da dignidade de viver do cidadão, com oportunidades para as crianças serem felizes, em família, na escola e na sociedade. É preciso aproveitar o momento para abrir os olhos do conhecimento e dizer não à imagem lamentável de violência e horror que paira sobre o Brasil. Mas há os que continuarão acreditando nesse mascarado crescimento, no consumo desenfreado, na mentirosa possibildade de comprar do brasileiro e na permanência das crianças nas escolas para garantir o assistencialismo, em forma de “Bolsa”. Para o Estado ausente está perfeito, já que até ele acredita no conto-defadas. Por isto, muitos dos seus colegas, Mikkel Jensen, ainda verão um Brasil mascarado. E nossas crianças continuarão a desaparecer na multidão sem rumo que ainda vê o que esse Estado espera que veja. CLAUBIJEINE CAVALCANTE ROJAS é jornalista e bacharel em Direito. Atualmente, Diretora de Comunicação da Câmara Municipal


JORNAL DE CAPIVARY

04

Opinião

Educação Financeira Marcus Vinicius Pereira Há um paradigma de que dinheiro não traz felicidade. Há inclusive pesquisas provando que o grau de felicidade é maior a partir de determinada renda, visto que atende determinadas necessidades e desejos. Independentemente de o dinheiro trazer ou não felicidade, há uma verdade fundamental: a FALTA DE DINHEIRO gera sofrimento, dificulta a realização de projetos, a preparação profissional, e a concretização de sonhos. Quando não há renda suficiente para as necessidades e desejos, há um sofrimento. A falta de dinheiro compromete a felicidade porque os problemas financeiros interferem na sensação de bem-estar e de prazer. E isto não quer dizer apenas o quanto se ganha, mas em como seu dinheiro é utilizado. Pode-se ganhar fortunas e ainda assim ter a sensação de falta. Pode-se ganhar pouco e os desejos estarem satisfeitos.O conceito é: COMO UTILIZAR MELHOR O DINHEIRO??? Para que os recursos financeiros sejam bem utilizados, precisamos estabelecer um equilíbrio

entre as CONTAS A PAGAR, o VIVER BEM e o PLANEJAMENTO. Para que possamos contribuir para o aprendizado e aprimoramento de sua “Educação Financeira” estaremos elaborando uma “cartilha” semanal, onde abordaremos os temas sobre os comportamentos específicos para utilização no dia a dia de quem quer ter uma vida financeira estável, satisfeita e o melhor: sem sofrimento. Quem busca aprimorar sua “Educação Financeira” está trabalhando a adequada relação com o dinheiro, pois, como diz o adágio popular: É MUITO MELHOR DIZER AO DINHEIRO PARA ONDE ELE DEVE IR, DO QUE SE PERGUNTAR PARA ONDE ELE FOI!!! Até a próxima edição!!!! Marcus Vinicius Pereira é natural de Capivari - SP, Pós-graduado em "Marketing para Cooperativas" Especialista em "Liderança e Gestão Organizacional"FranklinCovey Business School - Curitiba-PR, além de Consultor empresarial e de negócios é Proprietário da empresa "Empório Armazém da Terra".

Anuncie (19) 3491-3550 (19) 99471-2718 Vereadora Gil do Pastel solicita informações sobre funcionários do PAT

Escritório Contábil REAL Vadinho Assessoria Rua Bento dias, 394, Centro em CapivariSP/ vadinhoriccomini@uol.com.br Telefones (19) 3491-2440 (19) 3491-1010 Complemento pedagógico

Revista Terrinha da Gente é distribuída a estudantes de 4º ano Foto: Divulgação/Prefeitura de Capivari

Nadir Assalin, realizou a entrega na semana em que se comemorou o Dia Mundial da Terra (22 de abril). A Secretaria da Educação distribuiu revistas Terrinha da Gente aos cerca de 700 estudantes de 4º ano da Rede Municipal de Ensino. A publicação tem temática ambiental e reúne informações, jogos e passatempos que servirão de complemento ao conteúdo trabalhado pela apostila Anglo. “É um material pedagógico muito importante, que enriquecerá o aprendizado dos alunos de 4º ano. Ele apresentará conteúdo complementar à apostila Anglo, com temas, por exemplo, sobre meio ambiente, ciências e ecologia”, explicou o secretário Nadir Assalin, que realizou a entrega na semana

em que se comemorou o Dia Mundial da Terra (22 de abril). O kit distribuído é composto por três exemplares da Terrinha da Gente, além de uma unidade da centésima edição da revista Terra da Gente. “Gosto muito de animais e florestas e as revistas parecem estar cheias deles. É algo diferente do que estamos acostumados a usar nas aulas”, disse o estudante Gustavo Moreira, 9 anos. Professoras e diretoras foram instruídas sobre como tirar o máximo proveito das revistas. “É um material multidisciplinar, ou seja, poderá ser utilizado em todas as disciplinas”, afirmou a diretora da escola Teresinha Aparecida Franchi, Andréa

Candoia. Segundo ela, “todo material com elementos visuais e ilustrações facilitam o aprendizado e estimulam o interesse dos estudantes”. “Com a orientação dos professores, o uso das revistas melhorará o rendimento dos alunos. As atividades começarão em sala de aula e se estenderão para casa”, acrescentou. As escolas também foram contempladas com a assinatura de um ano da revista Terra da Gente, que tem periodicidade mensal. “É uma revista sensacional. Ela ficará disponível na biblioteca de cada escola para consulta dos estudantes e trabalhos propostos pelos professores”, afirmou Assalin.

Mais de 2 mil atendimentos entre vacinas e prevenções registrados

acompanhando de perto o setor para saber se os trabalhadores estão recebendo o atendimento que merecem “Assim como acompanho a saúde, em segundo lugar devemos olhar com mais atenção para o PAT, ali milhares de trabalhadores e trabalhadoras de nossa Capivari passam mensalmente , os serviços ali prestados são de extrema importância” comentou Gil. O requerimento estará em pauta na próxima sessão ordinária na segunda-feira (12).

O Encontro Automotivo, realizado em Capivari, mobilizou a arrecadação de alimentos não perecíveis e doação às instituições beneficentes do município. Cerca de 100 kg de alimentos foram doados à Casa da Sopa e Casa da Criança. Mais 160 kits de chocolates e balas foram doados às crianças da Casa da Sopa, Santa Rita de Cássia e Casa da Criança. Mais de 200 carros, entre eles 20 clubes da região, participaram do evento que reuniu cerca de 700 pessoas.

Idosos acima de 65 anos têm direito ao BPC

Dia “D” em Capivari

Gilceane Orosco Malto (DEM) a Gil do Pastel, protocolou nesta quarta-feira (07) um requerimento de informações direcionado ao PAT Capivari. A vereadora quer saber detalhes do funcionamento do setor como por exemplo funções ocupadas hoje no departamento, hierarquias , salários, carga horária dos funcionários entre outras solicitações. Para a vereadora, o PAT reúne serviços sérios e extremamente essenciais na vida dos trabalhadores de Capivari e ela estará sempre

Encontro Automotivo arrecada alimentos para instituições beneficentes

O dia “D” da Campanha contra a Influenza e a Campanha de Prevenção ao Câncer Bucal ocorreram em todos os postos de saúde de Capivari, das 8h às 17h, no sábado, 26. O resultado parcial da Campanha de Prevenção ao Câncer Bucal foi de 200 prevenções. Já a Campanha contra a Influenza vacinou 713 crianças de até 4 anos, 88 gestantes, 16 puérperas, 126 trabalhadores da saúde, 1362 pessoas acima de 60 anos e 398

doentes crônicos, totalizando 2305 moradores. Ao todo, 2505 pessoas participaram. Os locais que continuam fazendo a prevenção são os postos dos bairros Porto Alegre, Padovani e Castelani e no Setor da Saúde Bucal, das 7h às 10h e das 13h às 15h. As Campanhas são destinadas às crianças de 6 meses a 4 anos, portadores de doenças crônicas com prescrição médica, mulheres

em qualquer fase de gestação, puérperas até 45 dias após o parto, idosos a partir de 60 anos e profissionais de saúde. É importante que o munícipe não esqueça de levar a caderneta de vacinação. As Campanhas continuam até sexta-feira, 9. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone da Vigilância Epidemiológica (19) 3492-8205 e na Saúde Bucal pelo (19) 3491-3027.

Idosos com 65 anos ou mais, com impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial podem requerer o BPC (Benefício de Prestação Continuada), um auxílio da Política de Assistência Social, não vitalício e intransferível, que assegura o repasse mensal de um salário mínimo. Para receber o benefício, o solicitante deverá comprovar não possuir meios de garantir o próprio sustento, nem tê-lo provido por sua família. A renda mensal familiar deve ser inferior a um quarto do salário mínimo vigente, que é de R$ 724. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) é quem administra o BPC. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social é responsável pelo cadastramento da pessoa beneficiária no Cadastro Único Federal, para que ela possa receber o benefício. A operação do benefício é realizada pelo INSS. BPC na escola É um programa de acompanhamento e monitoramento do acesso e permanência na escola das pessoas com deficiência beneficiárias do BPC, tendo como prioridade as que tenham até 18 anos de idade. Vale lembrar que, para requerer o BPC, não é necessário nenhum intermediário e não é preciso pagar por isso. Serviço: Secretaria da Inclusão e Desenvolvimento Social Rua Padre Fabiano, 611, centro. (19) 3491-3088


JORNAL DE CAPIVARY

Rodrigo e Vitão entregam 13 novas viaturas para a Guarda Civil Municipal

No sábado, 10, acontece a cerimônia de entrega das novas viaturas da Guarda Civil Municipal. No total serão 13 veículos (três motocicletas, dois Gols, quatro SpaceFox, três Dusters e uma Peugeot Boxer) à disposição dos guardas municipais para as rondas ostensivas e preventivas. De acordo com o secretário da Defesa Social, Gamaliel

Lourenço de Sousa, um cronograma já foi esquematizado para cada viatura. As motos farão a circulação no centro, próximo dos comércios, por serem mais ágeis. A Peugeot será utilizada como base móvel da Guarda Municipal, os Gols darão apoio nas escolas, as SpaceFox farão as rondas nos bairros e as Dusters se dividirão para o comando, para o Canil e para a Romu

(Ronda Municipal Ostensiva Urbana). “É importante ressaltar que, com esses novos veículos, alguns bairros terão rondas mais frequentes, além da base móvel que se instalará nos locais com maior índice de criminalidade, como tráfico de drogas, furtos e roubos. Essa é, certamente, uma grande conquista para a segurança da cidade de Capivari”, explica Sousa.

No mesmo dia, será feita também a entrega oficial de outros novos veículos: sete motocicletas adquiridas pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto e um caminhão traçado trucado conquistado por intermédio do PAC 2, do Governo Federal, que será utilizado pela Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente. “A segurança é uma das prioridades do nosso governo. Quando assumimos, a Guarda Civil Municipal estava falida, com profissionais desmotivados e uma frota de veículos sucateada, pois de dez viaturas, apenas duas estavam com condições mínimas de uso. E, desde então, estamos mudando essa situação com cursos de qualificação, investimentos em fardamento, recentemente também em coletes balísticos, e agora essa excelente notícia das 13 novas viaturas que ajudarão bastante no trabalho diário dos nossos guardas”, comenta o prefeito Rodrigo Abdala Proença (PPS).

Com cadeiras de rodas e andadores, ação cobra respeito às vagas de idosos e pessoas com deficiência “Volto em um minuto! É rapidinho”, diziam os recados deixados em mais de 30 cadeiras de rodas e andadores que ocuparam as vagas de estacionamento da rua XV de Novembro (quarteirão da Prefeitura) durante a manhã de sábado, 26, numa ação da campanha “Esta vaga não é sua nem por um minuto”. A mensagem tinha destino certo: motoristas que insistem em estacionar irregularmente em vagas reservadas a idosos e pessoas com deficiência, infringindo a lei. Em 2013, a Secretaria de Transportes Públicos e Trânsito (Semutransp) autuou 567 condutores por estacionamento em vagas exclusivas. “Invertemos o padrão. Dessa vez, o motorista infrator é quem sentiu na pele as dificuldades que idosos e pessoas com deficiência

encontram ao tentar estacionar e se deparam com as vagas destinadas a eles ocupadas irregularmente”, explicou a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Juliana Tais Bragion Pazianotto. Quem passou pelo local elogiou a iniciativa da Prefeitura. Para o morador David Alves de Lima, pai do garoto cadeirante Heitor de Lima, de quatro anos, a ação reflete a esperança de melhorias futuras no quesito “educação no trânsito”. “A importância da campanha é a melhoria geral, tanto para nós quanto para o Heitor, que hoje depende de nós, mas um dia vai se locomover sozinho. Gostei muito. Ficamos muito felizes”, afirmou ele, destacando o ineditismo da iniciativa. Durante a atividade, foram

distribuídas cartelas de “multa moral”. O documento se assemelha a uma notificação de multa real, mas não envolve valores, apenas cobra “consciência e atitude” de quem utiliza indevidamente vagas reservadas. Os cidadãos que receberam o material poderão atuar como “fiscais de trânsito”, multando simbolicamente, durante o período de um mês (até 26 de maio), motoristas infratores que estacionam em vagas exclusivas. Desde o início da campanha, estão sendo entregues 18 mil folders em toda a cidade. O material apresenta informações sobre as leis que regulamentam a reserva de vagas exclusivas, punição para quem as infringe e uso de cartão de credenciamento, obrigatório para áreas de estacionamento reservadas a idosos e pessoas com

deficiência. A ação teve a presença do prefeito Rodrigo Abdala Proença (PPS), do vice Vitor Hugo Riccomini (PTB), da deputada estadual Célia Leão (PSDB) e dos vereadores Nelson Soares (PR), um dos idealizadores da campanha, Júnior Pazianotto (PPS), Flávio Carvalho (PSDB) e Valdir Vitorino (PROS). Realizada pelas Secretarias da Comunicação Social, dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida e de Transportes Públicos e Trânsito, a campanha tem o apoio da Guarda Municipal, do Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e das funerárias Conselvan e São João.

Bruno Barnabé comunica liberação de meio milhão de reais para a saúde Conforme anunciado, dinheiro será usado na compra de equipamentos para a Santa Casa e reabertura da UTI O vereador Bruno Barnabé da Silva (PPS) anunciou que já está liberado o meio milhão de reais para a compra de equipamentos para a Santa Casa de Capivari. Na 13ª Sessão Ordinária, na segunda-feira, 28, o vereador confirmou que o recurso, uma conquista sua junto aos deputados Macris, já está na DRS-10 (Departamento Regional de Saúde), de Piracicaba. Esse dinheiro será usado na compra de equipamentos, como o de Raio-X, bem como outros, para a UTI. Isso permitirá sua reabertura e funcionamento. O valor será encaminhado a Capivari pela DRS-10, através da Secretaria Municipal de Saúde.

Na Tribuna Livre, Bruno Barnabé (PPS) lembrou que os gastos atuais com o aluguel de aparelho de RaioX na Santa Casa, são de R$ 12 mil por mês. “Os R$ 500 mil que eu consegui para a entidade, vão para comprar o Raio-X e demais aparelhos para a reabertura da UTI. Sabemos que um Raio-X custa para a Santa Casa R$ 12 mil por mês. Hoje recebi a ligação da secretária da Saúde, Eliane Piai, confirmando a liberação desse meio milhão através da Secretaria Municipal de Saúde. Esse dinheiro nós conseguimos por intermédio do deputado federal Vanderlei Macris e seu filho, deputado estadual Cauê

Macris, com apoio total do governador Geraldo Alckmin. Além de comprar o Raio-X, ele também servirá para a compra de outros aparelhos, para reabertura da UTI”, conta Bruno Barnabé. O parlamentar ainda destacou que a administração atual repassou R$ 2 milhões em recursos próprios para a Santa Casa. “Temos um prefeito que repassa à Santa Casa R$ 2 milhões, em recursos próprios. Ele mostra que toda vez que falamos em Santa Casa, a responsabilidade é dele sim. Rodrigo é enfático. Ele não joga a responsabilidade da Santa Casa totalmente para o presidente Éder Antonelli, pois sabe que como gestor

maior da saúde no município, a Santa Casa é responsabilidade do prefeito. Do prefeito de Capivari e dos prefeitos dos outros municípios, que diariamente, utilizam a entidade para cuidar dos seus pacientes”, comentou. Barnabé lembra que a Santa Casa terá mais uma emenda no valor de R$ 150 mil, que ainda não foi liberada. “Lembro que existem mais verbas, como a de R$ 150 mil do Vanderlei Macris. Só não foi liberada ainda devido à falta da CND(Certidão Negativa de Débito) da Santa Casa. Sem a CND não podemos receber recurso federal”, ressalta o vereador.

05

Associação Santa Rita de Cássia recebe R$ 100 mil através do trabalho da vereadora Gil

A Associação Santa Rita de Cássia já conta com o recurso de R$ 100 mil conquistados através do trabalho da vereadora Gilceane Orosco Malto (DEM). A vereadora já anunciara a confirmação do recurso ao presidente da entidade no final do ano passado. Agora, o recurso já está disponível e será usado para o atendimento das necessidades da instituição, que assiste crianças em estado de risco social, em Capivari. Para Gil, o trabalho do

vereador deve se pautar na busca constante do atendimento de todos os segmentos da população, especialmente aqueles mais necessitados como a área da saúde e social. “Parabenizo o presidente Antonio Cuan e toda a equipe da Santa Rita, pois têm feito um trabalho exemplar com as crianças assistidas. Espero poder sempre atender aos anseios da entidade e daqueles que precisarem do nosso apoio como vereadores, buscando sempre o melhor para Capivari”, enfatiza a vereadora.

Engenho Velho e Vila Cardoso vão ter ruas recapeadas Através de convênios firmados com o Governo Federal e Estadual por meio de emendas parlamentares, a Prefeitura de Capivari anunciou que estará recapeando e asfaltando dezenas de ruas em diversos bairros, dentre eles, Engenho Velho e Vila Cardoso. ENGENHO VELHO No Engenho Velho, as ruas contempladas com essa etapa são, José Stênico, com inicio na Avenida Dom Pedro II até a Rua Lino Capóssoli, Amilcar Carrara com inicio na Rua Luiz de Campos Sobrinho seguindo até a Rua José Stênico, Rua Rodolfo Albertini com inicio na Rua Luiz de Campos Sobrinho seguindo até a Rua José Stênico, e Rua Ângelo Pazzianoto com inicio na Rua Luiz de Campos Sobrinho seguindo até Rua José Stênico. VILA CARDOSO Na Vila Cardoso, as ruas que recebem o recapeamento

são; Rua São Paulo, entre a Alameda Faustina Franchi Annichino e Rua Minas Gerais, Rua Rio de Janeiro, entre a Rua São Paulo e Rua Paraná, Rua Minas Gerais, entre a Rua São Paulo e Rua Paraná, Rua Pernambuco, da Rua Paraíba até a Alameda Faustina Franchi Annichino e Alameda Faustina Franchi Annichino, da Ponte Córrego Agua Choca até o entroncamento da Rua Paraná e Avenida do Carmo. ASFALTO No Santo Antônio, a Rua Bélgica e Rua Rosário de Lourdes Toledo recebem asfalto além da interligação entre as ruas João Soares da Silva e José Stênico interligando então os bairros Pitangueiras e Engenho Velho. NO CENTRO Recentemente, na área central, as Ruas Padre Fabiano e Antônio Pires foram totalmente recapeadas e revitalizadas.


JORNAL DE CAPIVARY

06

Vereador Davilson Roggieri divulga recurso de R$ 250 mil

SINDIVEST Sindicato do Vestuário de Capivari e Região Rua Santa Maria, 555, Pão de Açucar, (19) 3491-1219 Eurides Cassaniga - Presidente

O vereador Davilson Roggieri (PSDB) comunicou, em sua fala na Tribuna Livre da 14ª Sessão Ordinária, na noite de segunda-feira, 5, na Câmara Municipal, o investimento de R$ 250 mil para recape no bairro Engenho Velho. Dr. Davilson afirmou que o bairro terá as obras de recape nos próximos meses. O recurso foi um pedido do vereador ao deputado estadual Roberto Morais (PPS) e já está na conta da Prefeitura. Grato por mais essa conquista para Capivari, o vereador disse que é muito importante para o bairro a realização de recape, já que aquela população, há muito tempo, vem sofrendo com a má qualidade das vias públicas. “O prefeito Rodrigo e o Vítor estão trabalhando para melhorar a cidade.

Agora vem o deputado Roberto Morais, que muita atenção tem dado a Capivari e nos manda esses R$ 250 mil que eu solicitei. O dinheiro já está na conta e será usado para o recape do Engenho Velho, bairro onde morei e pelo qual tenho imenso carinho. Esse bairro será totalmente recapeado”, explica Dr. Davilson. Ainda sobre melhorias para o Engenho Velho, Dr. Davilson enfatiza que já fez um pedido à secretária Eliane Piai, da saúde, para a instalação do PSF (Programa Saúde da Família) no Engenho Velho. “Aproveitamos e fizemos essa indicação para a instalação de um PSF no Engenho Velho. Mais esse benefício será estendido àquela população, que com isso, terá um bairro ainda mais próspero”, afirma o vereador.

Vereador Flávio Carvalho conquista equipamento de limpeza urbana

Unimed Capivari inaugura serviço próprio de Quimioterapia São inúmeros os investimentos nos últimos anos e o mais recente deles foi a inauguração do Serviço de Quimioterapia ocorrido no dia 28/04/14. O novo setor está equipado com recursos de última geração e tem a capacidade para atender pacientes que precisam de tal tratamento, além de contar com uma equipe altamente qualificada, sob a orientação e coordenação do médico especialista em Oncologia, Dr. André Luiz Gumiero, CRM 97105. No 1º dia de atividade, os pacientes passaram por uma consulta médica com o médico. E, a partir desta avaliação, os beneficiários iniciarão as sessões quimioterápicas “Pretendo realizar um trabalho oncológico de qualidade no Hospital Unimed Capivari, assim, os beneficiários não precisarão procurar por outras cidades, proporcionando maior comodidade, bem estar e segurança aos beneficiários” enfatiza o médico.

Embora, o diagnóstico da doença seja um dos momentos mais delicados na vida de uma pessoa, o tratamento vem obtendo resultados cada vez favoráveis e os efeitos colaterais menos agressivos, e principalmente, com ações surpreendentes “Antigamente falar que uma pessoa tinha câncer era uma sentença de morte. Nos dias atuais com a constante evolução da medicina, principalmente no aspecto oncológico, esta patologia não é tão assustadora assim, pois em muitos casos, há cura” explica

Dr. André. E, completa ainda que o otimismo do paciente e o auxílio da família durante o tratamento são fatores fundamentais para um tratamento eficaz. Os Dirigentes e todo o Corpo Clínico da Unimed Capivari, não mediram esforços e investimentos financeiros ao concentrar os recursos humanos e técnicos em só lugar, que possibilite uma abordagem integral e individualizada ao paciente, ao mesmo tempo em que se oportuniza maior conforto e segurança no processo quimioterápico.

Prêmio Sebrae Mulher de Negócios abre inscrições para empreendedoras de Capivari Histórias de luta, persistência e empreendedorismo podem ganhar o 11º Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que está com inscrições abertas até dia 31 de julho no Escritório Regional do Sebrae-SP em Piracicaba e no Posto de Atendimento ao Empreendedor (PAE) de Capivari, pelos telefones (19) 3434-0600 e (19) 3491-3649. Todas as informações também estão no site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br. O prêmio, composto por duas etapas (estadual e nacional), é uma parceria entre o Sebrae, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW) e a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). No Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, empreendedoras de diversas categorias podem contar suas histórias. O objetivo de reconhecer e promover o empreendedorismo feminino. A premiação foi criada com intuito de valorizar a força empresarial das mulheres que se destacam não apenas como empresárias à frente de negócios de sucesso, mas também como pessoas que enfrentaram e superaram grandes obstáculos na vida pessoal. O prêmio é dividido em três categorias: Pequenos Negócios, Produtor Rural e Microempreendedor Individual. Serviço: 11º Prêmio Sebrae Mulher de Negócios Posto de Atendimento ao Empreendedor (PAE) Capivari – Rua Padre Fabiano, 560 - Centro Inscrições e informações: (19) 3434-0600, (19) 34913649 ou www.mulherdenegocios.sebrae.com.br Data: Até 31 de julho de 2014

Campanha do Agasalho 2014 já começou

O vereador Flávio de Castro Carvalho (PSDB) anunciou na Tribuna Livre da 14ª Sessão Ordinária do Legislativo, a vinda de uma máquina varredora para a limpeza urbana de capivari, no valor de R$ 80 mil. Durante a sessão, ocorrida na noite de segunda-feira, 5, Carvalho agradeceu a deputada estadual Célia Leão (PSDB). Segundo ele, a parlamentar rapidamente atendeu ao seu pedido para a aquisição de uma máquina de varrição de ruas para a cidade. “Quero mandar um abraço especial à deputada estadual Célia Leão, que esteve pessoalmente participando da campanha Esta Vaga Não É Sua Nem Por Um Minuto. E através da Célia Leão, quero anunciar a conquista de uma máquina de

varrição, que há tempos vimos pedindo, e em breve, essa máquina estará em Capivari, contribuindo com a limpeza urbana”, disse. Em abril, o vereador entregou ofício à deputada, pedindo uma varredora mecânica coletora rebocável, através do Fecop (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição). Carvalho afirma que é muito importante contar com o apoio e a influência da parlamentar na conquista de recursos que beneficiem o município de Capivari. “Queremos encontrar melhores condições de vida para nosos munícipes. E temos que buscar caminhos mais viáveis para conquistarmos o desenvolvimento de nossa cidade”, conclui o vereador.

O novo setor está equipado com recursos de última geração e tem a capacidade para atender pacientes que precisam de tal tratamento

Começou na quinta-feira, 8, a Campanha do Agasalho 2014 em Capivari, com o slogan "roupa boa, a gente doa". A abertura ocorreu no Paço Municipal, a partir das 15h. A intenção é promover a arrecadação de cobertores e peças de vestuários em boas condições de uso. “Às vezes, aquele será o único agasalho que a pessoa vai receber, portanto, pedimos que a população participe, com muito carinho, desta Campanha. O amor ao próximo é uma ação que todos devemos desenvolver”, enfatiza a presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeiradama, Paula Bozza Proença. As caixas coletoras serão espalhadas em diversos pontos da cidade, incluindo Secretarias Municipais, supermercados, escolas, farmácias e igrejas. Em 2013, a Campanha do Agasalho do Estado de São Paulo arrecadou mais de 7,5 milhões de peças e beneficiou 383 entidades sociais da capital e 363 municípios.


JORNAL DE CAPIVARY

Culinária

Dica de leitura!

Frango Marsala

A Culpa é das Estrelas

Ingredientes: 4 peitos de frango 200g de cogumelos frescos 125 ml (meia xícara) de vinho Marsala 185 ml (três quatros de uma xícara) de creme de leite Modo de preparo: Bata um pouco o frango. Frite em uma frigideira antiaderente grande de 15 a 20 minutos minutos ou até cozinhar completamente. Adicione os cogumelos e refogue até ficarem macios. Adicione o vinho Marsala e deixe ferver. Ferva de dois a quatro minutos, temperando com sal e pimenta-doreino a gosto, se desejar. Adicione o creme de leite, misture e deixe aquecer durante cinco minutos. Opcional: sirva com arroz ou com legumes.

Sinopse - A Culpa é das Estrelas - John Green A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. Mais informações em: www.aculpaedasestrelas.com

07

Horóscopo Maio, mês excepcional para você cuidar das pendências ligadas aos bens materiais, resolver questões financeiras, pois os astros prometem estabilidade e soluções das mais variadas, além de proteção especial para sua prosperidade de modo geral. Ótimo período para lidar com o dinheiro, pensar em novos projetos, negócios, trabalhar seus planos na vida prática com muita determinação, foco e propósitos positivos, dessa forma, o caminho do sucesso estará garantido. “Quando a alma está feliz, a prosperidade cresce, a saúde melhora, as amizades aumentam, enfim, o mundo fica de bem com você...! O mundo exterior reflete o universo interior”. (Mahatma Gandhi) Áries Em Maio de 2014, Ariano, ótimo mês para você usar e abusar de sua criatividade, imaginação, inovação de seus talentos. Segundo os astros, este período favorece muito ganhos de dinheiro extra, então, faça por merecer, realize as melhores escolhas de sua vida e seja persistente em tudo que deseja alcançar. Touro Em Maio de 2014, Taurino, os astros estão ao seu favor para realizar seus desejos, portanto, trabalhe com afinco e determinação todas as áreas da vida, busque estabilidade geral, conquiste seus sonhos e aperfeiçoe o que já sabe e conhece. Gêmeos Em Maio de 2014, Geminiano, ótimo mês para rever tudo que lhe chateia, aborrece, perturba, atormenta, portanto, limpeza mental é a expressão-chave para você usá-la e abusá-la neste período. Acredite em suas intenções e intuições, renove as energias com muita fé em sua essência. Câncer Em Maio de 2014, Canceriano, ótimo mês para viver socialmente mais descontraído, encontros com amigos, familiares e colegas de trabalho após o horário do expediente estarão em alta, novas amizades também estão à vista, então, aproveite o momento e seja mais feliz em seus relacionamentos afetivos e aumente seu grupo fraternal. Leão Em Maio de 2014, Leonino, excelente mês para apostar em novos planos pessoais, projetos mais ousados, principalmente, no campo profissional, então, confie em seu espírito empreendedor, sua essência de líder e mãos à obra sem medo de ser feliz, contando também com a contribuição da família. Virgem Em Maio de 2014, Virginiano, ótimo mês para você investir nos estudos, em cursos rápidos, palestras, workshops, renovar seu currículo profissional, explorar novos caminhos para sua vida, portanto, confie na sabedoria do universo, nos toques de suas intuições e conquiste o sucesso com determinação, foco e equilíbrio. Libra Em Maio de 2014, Libriano, ótimo mês para renovar energias, proporcionar transformações positivas em sua vida, largue o passado para trás, confie em seu presente, aposte no futuro com fé, determinação e credibilidade nos toques do universo.

www.facebook.com/hope.campinasshopping

Cheguei sério para o meu chefe hoje e falei: -Seguinte patrão,me dá um aumento,pois tem três empresas correndo atrás de mim! É mesmo? Quais? -A de água, de luz e do telefone. Manoel Joaquim dos Santos, nascido em trás-os-Montes, no leste de Portugal, ganhou seu primeiro lápis de colocar na orelha quando tinha 2 anos de idade. Aos 15 anos, já no primário, ganhou sua primeira caneta-tinteiro de orelha. Aos 32 anos, descobriu que caneta também servia para escrever. Hoje, já informatizado, está com orelha de abano, por causa do peso do laptop... O Joãozinho vai com sua irmã visitar sua Avó. Lá, ele pergunta: — Vovó, como é que as crianças nascem? — Bem, a cegonha traz as criancinhas no bico, meus netinhos… Joãozinho cochicha para sua irmã: — E aí, o que é que você acha? Contamos a verdade pra ela?

Escorpião Em Maio de 2014, Escorpiano, ótimo mês para vislumbrar otimismo, amor, entusiasmo, alegria, sentimento de felicidade, paz interior, luz na alma, então, aproveite a oportunidade positiva dos astros e ilumine sua vida com todas essas energias. Sagitário Em Maio de 2014, Sagitariano, ótimo mês para você investir em seu autoconhecimento, nos estudos, independente de qualquer área da vida, já que seu senso de vontade, entusiasmo, humor, organização e vigor estão presentes, resolva também as pendências e lide bem com seu dinheiro. Capricórnio Em Maio de 2014, Capricorniano, excelente mês para esbanjar sabedoria, simpatia, força de vontade, porém deverá tomar cuidado com a energia da inveja, fique distante de pessoas pessimistas e descrentes com o sucesso, mantenha suas vibrações equilibradas e foque em tudo que seja positivo para sua alma. Aquário Em Maio de 2014, Aquariano, ótimo mês para você estabilizar tudo relacionado aos bens materiais, resolver pendências da área financeira, ouvir mais a voz de suas intuições, de seu EU interior, organizar tudo que deseja e seguir adiante com mais leveza e planejamento. Peixes Em Maio de 2014, Pisciano, seu poder de comunicação estará mais ativo do que nunca, portanto, expresse-se com sabedoria, alegria, inteligência, carisma, confiança e deixe a energia positiva solta nos ares, compartilhe os bons momentos da vida com as pessoas a sua volta.


08

JORNAL DE CAPIVARY

Jornal de Capivary ENTREVISTA

Talissa Mello , Miss Capivari

Conte-nos como ingressou no mundo dos concursos e como chegou ao título de Miss Há cinco anos, quando eu tinha 15 anos, participei do meu primeiro desfile de moda por incentivo da minha mãe, pois foi ela que viu o anuncio. Eu sempre admirei as modelos, sempre assistia aos concursos, e gostava, mas eu não estava nos padrões de uma miss (risos). Então a partir de 2009 comecei a desfilar, eu nem tinha ideia de como era o concurso de miss, quem me inscreveu foi minha mãe. Eu não estava confiante, mas quando cheguei ao evento com um coque no cabelo, e com o básico da maquiagem e vi as meninas todas arrumadas, com os cabelos arrumados, daí que eu não tive dúvida mesmo, o que eu estava fazendo ali? Me senti a estranha. Mas como beleza é apenas um complemento, eu quase não acreditei quando recebi a faixa de miss simpatia, mesmo com um coque como penteado, foi demais! (risos). Esse momento despertou em mim a vontade, e quis participar do concurso todos os anos. O titulo de Miss rende alguns prêmios para a pessoa que consegue conquistar essa posição. Com relação ao concurso que você conseguiu o título, quais os prêmios que você

recebeu? Geralmente os concursos de beleza rendem vários prêmios para as colocadas. Neste concurso em que ganhei o título, recebi vários prêmios, por exemplo, uma cesta de produtos Natura no valor de R$ 1.500,00, uma linda sandália da Marroni Calçados, outra sandália da V2, limpeza de pele do Espaço da Pele, um ensaio fotográfico da Ícone TV, presentes da loja Maré Brasil, um celular da Acic e a famosa coroa de miss da Joana Felícia, que eu estou lembrada (risos). É fato que toda Miss depois de sua vitória, ela passa a representar a cidade em outros eventos. Quais eventos já participou que considera importante? Sim, ela passa a representar a cidade até passar o título para a futura miss. Eu participei do Miss Regional que acontece em nossa cidade, tentei participar do Miss São Paulo também, mas o concurso do Miss São Paulo esta ficando cada vez mais exigente, por exemplo, as candidatas tem de ter 1,67cm de altura e por causa de 2 cm eu não pude sequer fazer minha inscrição, e em alguns eventos na nossa cidade também. Quem foram as pessoas que mais lhe incentivaram a participar de concurso de

Gente

Miss e de quantos e quais já participou? Minha mãe foi a minha maior incentivadora. Já participei cinco vezes do concurso Miss Capivari, onde conquistei três títulos consecutivos como Miss Simpatia, quatro vezes da festa do Peão de Capivari onde também fiquei com o título, por dois anos, como Garota Fepec, também primeira Princesa da Festa Country na cidade de Rafard, e finalmente, consegui o título de Miss Capivari. Como a Miss Capivari 2013 gosta de se vestir? Meu estilo é próprio, não fico seguindo tendências. Gosto do estilo simples meu de se vestir. Uso bastante “peep toe” por que cai bem com quase todas as roupas. Seu prato preferido: Peixe, lasanha de berinjela, macarrão. Difícil falar, gosto de tudo! Uma música que adora: Alan Jackson E um filme? Sempre Ao Seu Lado. O lado bom de ser miss: As pessoas sempre te reconhecem como Miss. O lado ruim: Não poder desfilar novamente (risos). Um agradecimento especial: Agradeço ao Jornal de Capivary por ceder esse espaço, onde pude contar um pouco de mim. Agradeço à Deus, pois é ele que sempre nos concede o prazer de acordar todas as manhãs e esta à frente de tudo, e agradeço principalmente a minha mãe, que sempre esta me apoiando em tudo. Deixe uma mensagem para as jovens que pretendem disputar o titulo de Miss Capivari. Finalizando deixo já o convite para vocês meninas, que participem do concurso, vale a pena! Precisamos representar Capivari nos concursos por aí a fora. Capivari esta cheia de mulheres bonitas, altas e nos padrões de miss, basta participar. Muito obrigada, um grande abraço!

da gente...

Mauro Júnior toma posse como Investigador O jovem capivariano, doutor Mauro Souza Júnior, filho do amigo empresário proprietário da MM SOUSA TURISMO, Mauro Souza, tomou posse na primeira semana de Maio no cargo de Investigador de Polícia Cívil no Estado de São Paulo. Mauro vai seguir a carreira pela qual sempre almejou. Todos da redação do Jornal de Capivary desejam votos de sucesso!

Jane comemora mais um aniversário! Jane Sampaio, dedicada secretária do Gabinete do Prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, comemorou com familiares e amigos no dia 05 de maio a passagem de mais um aniversário! Nós do Jornal de Capivary, desejamos votos de saúde, paz, sucesso e muitas alegrias!

Jornal de Capivary  

Edição nº 03 do Jornal de Capivary - A Serviço da Comunidade!