Page 57

Por outro lado, é preciso relembrar também que Walter Ribeiro Porto, um líder que se notabilizou por dirigir a Coopercitrus com mão firme e intransigente obediência aos princípios cooperativistas, procurou valorizar, desde o início, a figura de Leopoldo Pinto Uchôa. Durante todo o período em que esteve à frente da Credicitrus, normalmente delegava a Leopoldo Uchôa a missão de

UM EXEMPLO DA FORÇA DO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO

manifestar-se em nome da cooperativa, em entrevistas, palestras, congressos e outros eventos. Acompanhava de perto o dia-a-dia da Credicitrus, estava sempre a par dos acontecimentos que a cercavam, mas em geral, mesmo nas Assembléias Gerais Ordinárias e Extraordinárias da cooperativa, recorria a Leopoldo Uchôa para que desse as explicações necessárias em cada ocasião.

Estatuto Social Na Assembléia Geral de Constituição da Credicitrus, os fundadores também aprovaram e assinaram o primeiro Estatuto Social da Cooperativa, que em seguida foi submetido à aprovação do Banco Central do Brasil. Esse documento definia os seguintes objetivos para a Credicitrus: I – Proporcionar, através da mutualidade, assistência financeira aos associados em suas atividades específicas, com a finalidade de fomentar a produção agropecuária e a produtividade rural, bem como sua circulação e industrialização. II - A formação educacional de seus associados, no sentido de fomentar o cooperativismo, através da ajuda mútua, da economia sistemática e do uso adequado do crédito. Para atingir esses objetivos, a Credicitrus poderá: I – Praticar todas as operações ativas, passivas e acessórias típicas de sua modalidade social, com obediência aos preceitos

CREDICITRUS

regulamentares baixados pelas autoridades monetárias. II – Obter recursos financeiros junto às instituições de crédito oficiais e particulares, através do sistema de repasse e refinanciamento. Obs.: O Estatuto Social ainda definia que a área inicial de atuação da Credicitrus abrangeria 47 municípios paulistas, a saber: Altair, Barretos, Bebedouro, Borborema, Cândido Rodrigues, Cajobi, Catanduva, Catiguá, Colina, Colômbia, Dobrada, Fernando Prestes, Guaíra, Guaraci, Guapiaçu, Guariba, Ibirá, Ibitinga, Irapuã, Itajobi, Itápolis, Jaborandi, Jaboticabal, Matão, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Morro Agudo, Novo Horizonte, Olímpia, Onda Verde, Palmares Paulista, Paraíso, Pindorama, Pirangi, Pitangueiras, Santa Adélia, Santa Ernestina, Severínia, Tabapuã, Tabatinga, Taiaçu, Taiúva, Taquaritinga, Terra Roxa, Uchôa, Urupês e Viradouro. É interessante notar que o Banco Central não aprovou essa área inicialmente proposta no Estatuto Social, reduzindo-a a apenas dez municípios: Bebedouro, como sede, Colina, Monte Azul Paulista, Paraíso, Pirangi, Pitangueiras, Taiaçu, Taiúva, Terra Roxa e Viradouro – ou seja, apenas municípios que fazem divisa com Bebedouro e Monte Azul Paulista, sede original da Capdo, que deu origem à Coopercitrus.

57

Livro "Credicitrus - Um exemplo da força do cooperativismo de crédito  

Livro de comemoração dos 25 anos da Credicitrus.

Advertisement