Page 145

2002: evolução em várias frentes Em 2002, o cenário econômico, tanto nacional quanto internacional, foi caracterizado por constantes crises e forte volatilidade. O país teve que recorrer ao Fundo Monetário Internacional, firmando acordo no valor de US$ 30 bilhões, a

UM EXEMPLO DA FORÇA DO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO

serem utilizados num período de 15 meses. Ao mesmo tempo, decidiu-se pelo aumento dos recolhimentos compulsórios sobre vários tipos de depósitos em bancos e pela redução dos prazos dos títulos da dívida interna. Essa conjuntura pressionou o Copom a elevar a taxa de juros Selic, que após iniciar o ano em 19% a.a.e sofrer dois cortes sucessivos, alcançou o nível de 25% a.a. em dezembro. Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente e levou otimismo ao setor rural, ao indicar Roberto Rodrigues para comandar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Esse ano trouxe consideráveis avanços, a começar pela classificação de risco da Credicitrus. Em junho, a Cooperativa Central de Crédito Rural do Estado de São Paulo contratou a empresa Latinvest Asset Management para fazer o rating (classificação de risco de crédito) das cooperativas filiadas. Ao término das avaliações, o Comitê de Risco RISKCoop atribuiu à Credicitrus a classificação A1, a mais alta entre todas as cooperativas de crédito rural do país, cujo significado é: boa condição geral de risco; as bases financeira e estrutural são firmes e resistem, no médio prazo, a mudanças conjunturais ou estruturais da economia. Em agosto, a Credicitrus, por ter sido a primeira e maior cooperativa de crédito a implantar o SIS-BR, recebeu a visita dos controladores do Bancoob, todos líderes do cooperativismo nacional, provenientes de todos os estados integrantes do Sicoob Brasil, além de representantes da diretoria executiva do banco, liderados por Raimundo Mariano do Vale. A visita teve por objetivo avaliar o desempenho e conhecer as principais novidades apresentadas pelo novo sistema computacional. Outro fato marcante foi o lançamento do cartão Agricard Cabal. Projeto pioneiro no segmento de cartões regionais, o Agricard foi concebido como um cartão único para atender a todas as necessidades dos associados da Credicitrus

CREDICITRUS

e da Coopercitrus. Em razão de suas limitações geográficas (estava restrito a Bebedouro, Barretos e Viradouro), o cartão acabou evoluindo pouco. Posteriormente, a Cabal fez um acordo com a MasterCard e, com isso, a Credicitrus passou a operar com essa bandeira, que tem presença mundial. Duas novas filiais foram inauguradas no ano: em Araraquara e Jales. A filial de Catanduva, por sua vez, foi reformada. E foi instalada a nova filial de Viradouro, a primeira ocupando prédio próprio, pois até então, todas as demais foram instaladas em espaço cedido pelas respectivas lojas da Coopercitrus.

Raimundo Mariano do Vale, ex-presidente do Bancoob, fala aos controladores do banco, na sede da Credicitrus

145

Livro "Credicitrus - Um exemplo da força do cooperativismo de crédito  

Livro de comemoração dos 25 anos da Credicitrus.