Issuu on Google+

REVISTA IMPRESSA

E-commerce

As facilidades e a comodidade da compra no conforto do lar fazem com que a procura por sites de e-commerce aumentem consideravelmente para 2013.

Miller Assis

Prefeito de Goianira-GO fala da utilização do Facebook por administradores e empresårios

Tecnologia Um bom motivo para estar nas redes sociais


Sua marca

2

Cidades e Neg贸cios.com - Agosto 2013


Editorial É com imensa alegria e satisfação que lançamos nossa revista Cidades e Neócios.com. Após alguns anos de idealização é chegada a hora de darmos início a este projeto, que nasce com muitas expectativas e em um momento mais que oportuno. Inicialmente nosso projeto não era uma revista e sim um portal onde faríamos comercialização de serviços e publicidade. Após esta fase percebemos que era preciso um pouco mais de espera e análise de mercado. Uma coisa era certa, a internet seria nosso meio de propagação e serviço. Por isso foi necessário investir tempo e esforço para aprender e entender as formas de interação virtual, como prestação de serviços, comércio e publicidade. Hoje, tendo trabalhado em várias campanhas e prestado serviço para várias empresas e clientes, temos bagagem suficiente para dar início a este novo projeto. Convidamos você a ler nossa entrevista com o prefeito Miller Assis da cidade de Goianira-GO onde o mesmo nos responde várias questões sobre estar nas redes sociais. Temos também as dicas de empreendedorismo que separamos para esta edição, as oportunidades de negócio e trabalho que surgem no meio virtual, as notícias de nossos parceiros, o entretenimento, e o feedback de nossos amigos leitores. Sejam bem Vindos ao mundo Cidades e Negócios!

Missão: Levar informação e subsídio para profissionais, empresários e empreendedores. Visão: Estabelecer uma marca forte que inspire confiança e que dê segurança aos nossos parceiros. Valores: Qualidade, pontualidade, Inovação e Tecnologia Negócio: Comercialização de publicidade Desenvolver estratégias de marketing Criação de peças para propagação de marcas, produtos e serviços

Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

3


índice

1 2 3 4

Dicas de Empreendedorismo Conheça um pouco mais sobre a importância em se planejar todas as ações de seu empreendimento, desde a ideia inicial até as ações mais rotineiras.

Oportunidade de Negócio Conheça um pouco mais sobre a importância em se planejar todas as ações de seu empreendimento, desde a ideia inicial até as ações mais rotineiras.

Tecnologia Conheça um pouco mais sobre a importância em se planejar todas as ações de seu empreendimento, desde a ideia inicial até as ações mais rotineiras.

5

ARTE E CULTURA

Fazendo do talento uma Arte que Encanta, Zenaide e sua equipe fazem de seu trabalho um negócio promissor.

6

Sustentabilidade

Fazendo do talento uma Arte que Encanta, Zenaide e sua equipe fazem de seu trabalho um negócio promissor.

7

Espaço Relax

Dicas para se aproveitar os tempos de folga, longe da correria do dia-a-dia e do stress.

Entrevista

O prefeito eleito da cidade de Goianira - GO responde sobre o uso das redes sociais no dia a dia de um empresário e político.

Se somos um peixe maior que o tanque em que fomos criados, ao invés de nos adaptarmos a ele, devíamos buscar o oceano. Paulo Coelho 4

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013

Revista Cidades e Negócios.com Publicação: www.cidadesenegocios.com Projeto gráfico, digagramação e design:


Quer vender?

É só anunciar!

www.cidadesenegocios.com Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

5


PLANEJAMENTO Para iniciarmos este artigo, vamos justificá-lo lembrando que o Brasil é um país com um percentual alto de empreendedores, entretanto, mais da metade não conseguem sucesso na vanguarda de uma empresa ou negócio próprio. O motivo? Simples, podemos afirmar que 90% é falta de planejamento. Isso mesmo, parece até bobagem algo tão óbvio, mas não temos o hábito de planejarmos nossas carreiras, empresas e projetos. Nem mesmo para as coisas simples do dia a dia fazemos um simples planejamento. Por exemplo, uma viajem de fim de samana, a organização de nossa despesa pessoal, as atividades diárias em nosso trabalho, e por aí vai. Então vamos anotar algumas dicas para que sejamos bem sucedidos em nossos empreendimentos.

Segundo a wikpedia. O planejamento é uma ferramenta administrativa, que possibilita perceber a realidade, avaliar os caminhos, construir um referencial futuro, estruturando o trâmite adequado e reavaliar todo o processo a que o planejamento se destina. Sendo, portanto, o lado racional da ação. Tratando-se de um processo de deliberação abstrato e explícito que escolhe e organiza ações, antecipando os resultados esperados. Esta deliberação busca alcançar, da melhor forma possível, alguns objetivos pré-definidos. Viram só? Não é tão complicado assim entender o que é planejamento, e entendendo, podemos constatar que é idispensável em nossas vidas, desde as pequenas tarefas cotidianas até as ações de uma corporação de grande porte. 6

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013

Dicas para se planejar bem... 1. Reflita Antes de qualquer método para organizar suas ações, você precisa ter objetivos e eles precisam ser claros e significativos.

2. Explique Você pode não lembrar tão detalhadamente do momento de reflexão inicial. Para isso, coloque uma descrição para cada objetivo, pode ser em tópicos para facilitar, mas deixe claro para você mesmo o que aquele objetivo quer dizer, o que inclui e o que não inclui.

3. Relacione Fazer o link entre seus objetivos ajuda na hora de organizá-los numa linha cronológica. Quando um objetivo depender da realização de outro, relacione-os para que você se lembre disso na hora de pensar no seu plano de ação.

4. Visualize Planejar com artificios visuais ajuda muito no processo. Escreva seus objetivos em pequenos papéis e em um papel maior trace uma linha do


tempo de hoje até o final do ano para ir colocando os objetivos e as ações de acordo com sua meta de conclusão. No final você terá um “mapa” para te ajudar a visualizar melhor seus passos.

5. Desafie-se Quando pensar em seus objetivos e definir suas metas, pense em realizações que vão te desafiar, te estimular a correr atrás, que vão significar pra você, caso contrário, você pode tender a deixar prá lá e chegar ao final do ano sem concluir o que queria.

8. Foco Foco para planejar e para executar! Lembre-se de que tudo que planejou foi baseado em objetivos significativos para você e mesmo que alguns aspectos mudem ou novas ações surjam, a ideia central continua a mesma: alcançar bosn resultados! Existem vários textos relacionados ao tema na própria internet, use esta ferramenta de comunicação a seu favor e traga para suas tarefas a transformação benéfica de otimização de resultados. Cidades e Negócios.com

Mas seja ponderado, colocar metas impossível desestimula tanto quanto metas fáceis!

6. Informe-se Buscar informações para embasar a definição das melhores ações a tomar é fundamental para dar consistência ao seu plano e torná-lo mais executável. Mesmo quando achamos que sabemos as formas de fazer, pesquisar sempre nos traz novas opções e maior segurança.

7. Revise Revisar o plano periodicamente é artifício fundamental para que o plano aconteça da melhor forma. Alguns cenários podem mudar com o decorrer do tempo e o plano pode e deve ser adaptado a essas mudanças caso elas afetem seus objetivos. Uma revisão trimestral é suficientee na maioria dos casos.

anúncio Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

7


anuncie!

Os melhores produtos são os que você destaca!

8

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013


Um bom motivo para estar nas redes sociais O controle ao acesso às redes sociais inicialmente era muito forte em empresas e corporações, porém este quadro vem mudadndo rapidamente. Não podemos negar que o perfil de comportamento das pessoas na internet é na maioria das vezes de relacionamento, permanecendo assim um longo período em sites dessa natureza. Faça uma pesquisa entre seus colaboradores ou colegas de trabalho e vai perceber que cerca de 70% dos que acessam a internet regurlarmente tem perfil em alguma rede social. Com base nestas informações constatamos que as organizações poderiam ter uma política de comunicação nas redes sociais, aproveitando assim a presença de seus colaboradores para promover sua marca, produtos ou serviços. Se a empresa tem um produto, torna-se fácil divulgar o mesmo utilizando-se do bom relacionamento de seus contatos. Uma marca pode ser lembrada com mais facilidade estando visível no perfil daqueles que já a conhecem, e que de alguma forma tem bons motivos para propagarem a mesma. Um serviço, além de ser lembrado pode passar a ser recomendado por um cliente satisfeito. Ao abrir acesso às redes Sociais alguns problemas podem surgir é claro, entre eles o mais comum e talvez o que possa gerar um certo transtorno é uma possível baixea de produtividade. Este pode ser vencido com programas de conscientei-

zação interna em forma de palestras, banners, cartazes e até mesmo moderação de horários onde o colaborador pode ter acesso livre na internet. Infelizmente a Internet traz muita coisa inútil e com as redes sociais não é diferente, por isso, conhecer o serviço que vai ser utilizado é crucial para um bom resultado. Faça um plano de mídia virtual e explore ao máximo esta nova tendência. Procure um profissional que tenha conhecimento em redes sociais e que saiba trabalhar com elas.

Listamos abaixo algumas páginas e perfis que fazem grandes campanhas nas redes. facebook.com/TAMAirlines

facebook.com/sebrae @agpetrobras (twitter)

@McDonalds_BR (twitter) Essa foi nossa dica de tecnologia aplicada a comunicação. Agente se vê nas redes! Cidades e Negócios.com Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

9


Como trabalhar a distância em outros países Depois de passar seis meses trabalhando em casa, a consultora Amanda DiSilvestro, especializada em SEO (Search Engine Optimization), desistiu da ideia do home office. Não, ela não voltou a dividir a bancada com colegas no escritório da empresa. Na verdade, decidiu trabalhar em outros ambientes. A americana embarcou em uma van adaptada para acampamento e partiu para uma viagem de quatro meses por seis países, sem deixar suas tarefas profissionais de lado. “Viajar me ajudou a realmente amar meu trabalho e a me aperfeiçoar muito mais do que seria possível se eu ficasse o dia todo em um escritório”, diz Amanda. Ela defende que é possível conciliar trabalho com turismo – e compartilha algumas de suas reflexões em um artigo publicado no site Get Busy Media.

Sinta-se em casa Não dá para priorizar a experiência de viagem. Quem vai trabalhar em outra cidade não pode pensar como turista, e sim agir como se morasse lá. Assim, os passeios turísticos devem ser programados para os finais de semana, como uma atividade de lazer.

Olhe o relógio Em alguns países, a diferença de fuso horário em relação aos clientes faz com que o dia de trabalho seja estendido. Para não trabalhar demais – nem deixar de cumprir prazos –, organize sua jornada de acordo com o relógio dos clientes, e não o seu.

Explore seus limites “Somos mais independentes do que pensamos”, afirma Amanda. “Ficar preso em um escritório não nos dá liberdade para explorar nossos limites.” Para ela, é importante se manter motivado para cumprir novos desafios – como escrever um artigo em uma hora.

Mude o cenário Quem trabalha em casa pode se cansar do cenário. Mas, se você estiver viajando, pode simplesmente ir para outro canto. “Quando o lugar é animador e estimula a mente, as pessoas têm vontade de trabalhar todo dia”, afirma. “Nunca achei que isso fosse possível, até viajar.”

Nada de distração O dia de quem trabalha em casa é recheado de distrações – como as crianças chegando da escola, telefone tocando com demandas pessoais ou problemas com eletrodomésticos. Mas, durante uma viagem, a distração é o trabalho. “Descobri que eu conseguia focar mais nas tarefas”, diz Amanda.

Inspire-se com os outros A consultora conta que não fazia ideia do tamanho da inspiração que nasce da experiência de conversar com pessoas de diferentes culturas. “Mesmo para quem escreve sobre negócios e SEO, como eu, é fácil descobrir novos temas aproveitando o conhecimento de outro povo”, afirma.

Não é para todo mundo Viajar não é uma solução acessível – ou adequada – para todo mundo. Quem gosta de trabalhar em casa para ficar mais pertos dos filhos certamente não achará a experiência atraente. “Não é fácil deixar família, casa e amigos para trás, mas é uma boa oportunidade para ter mais satisfação com sua carreira.”

10

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013


Agosto 2013 - Cidades e Neg贸cios.com

11


s e en tos çam Muito s come levantam de produ pam com e t , u ente ri en uição reoc cado expe de mer e distrib até se p .. infelizm que s . o quisa captaçã ssionais, esa, mas dentidade ção e r fi d p o a r s n i p ncep em no stes de sua ensa am na co egócio. e p d o o nã ns tos on moçã lor a rinho ão pe aioria a pro rande m ve ter. N grege va um “sob ma u e a g r uma negócio d orte, que contrata elaborar vísf ra o seu a marca sam que dor” para ngano g n o de a E m t de u te pe compu manho. o trabalh ons n e b lm m ta Gera eche co de bom merecer ferecem e a u s o m á q e t que arca es emos d tes que mas é tem n r , a s e m o i rca cio” nã logo Não qu ais inic a m o te no ! gó on og a for simo profissi ção de l s do ne c r a m s o a muito os de cri dos “don ber uma e ç c i a i n v r r a co se aio e um ra se de m is qu sa. A a gran noção pa m pre uito muita do. az m me da em squisa, r t a a merc marc rever o no estudo, peico alvo, a o b e sc bl Uma ita de se e “logo” exig nto do pú tizar tudo e n t a o sin e cim um ab form rução de o, conhe nto para d t le Cons de merca claro, ta . é o e ador visã cias seja inov n ê d ten ue lgo q em a

12

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013

da cia tân isual V por A im ade ntid ativa. Ide por Cor

tem a s e pr m e a o Su mesm é t a ? es e d tes e zendo p aa n a d i i c ident mpresários uimni negóctoiodfea custo,se, pml ui-


Além da logomarca, temos que nos lembrar também que existe a Identidade da Empresa ou serviço que vamos disponibilizar no mercado. É necessário a elaboração das diversas peças que compõe a Identidade Visual como Cartões de visita, papel timbrado, envelopes, faxadas, banners, folders promocionais, personalização de frota e website. Tudo isso varia de acordo com o tamanho da empresa ou tipo de produto ou serviço, mas sempre temos que levar em conta a criação das peças.

É isso aí, aos empresários e profissionais, pensem com cuidado na hora da concepção de sua marca, e para quem é profissional de criação fica a dica de que precisamos estar cada vez mais ligados nos meios de propagação para que possamos projetar com mais segurança e eficiência. Marcos Antonio

Nos dias de hoje além de pensar toda esta identidade visual é preciso ter em mente, que além dos meios impressos, precisamenos também fazer com que tudo se adeque ao meio virtual, pois não queremos correr o risco de termos nossa marca fora dos padrões web.

Seus serviços

Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

13


e

E-mail Marketing Nosso serviço lhe garante:

Visibilidade Segmentação Interatividade Agilidade

A melhor maneira de se relacionar com seu público! Além da melhor relação custo X benefício.

ACESSE NOSSO SITE E VEJA OS PACOTES QUE MELHOR SE ADEQUAM A SUA NECESSIDADE

14

www.cidadesenegocios.com Cidades e Negócios.com - Agosto 2013


A comunicação em tempos digitais A comunicação é uma necessidade básica do ser humano. Com o passar dos anos, os meios de comunicação evoluíram, tornando o processo cada vez mais prático e rápido, e a linguagem foi se aperfeiçoando a cada um deles. A partir do século XVIII a comunicação em massa foi possível por meio dos jornais impressos e tornaram-se hábito nos centros urbanos quando traziam as notícias de várias partes do mundo. Pessoas ficavam informadas sobre vários assuntos de seus interesses. A qualidade da notícia neste período não era tão boa em questão de tempo, pois às vezes demorava muito até que a mesma chegasse aos lugares mais distantes. Somente no século XX com o rádio e a TV é que as comunicações em massa ganham mais acesso a todas as classes, pois tanto as notícias, quanto as propagandas começam a adentrar os lares das famílias ao redor do mundo. Entretanto, os receptores não tinham opção de interação com os meios de comunicação, o que veio a mudar com o grande avanço das telecomunicações. Surgem então novas tecnologias que facilitam o acesso das pessoas ao telefone, e logo mais, à internet. Os telefones celulares agora são o maior meio de comunicação entre pessoas de todas as classes. A facilidade de interação através da internet tem feito com que a imprensa, as emissoras de rádio e os canais de TV também levem seus programas e informações para a rede. Porém os receptores agora tem opção de interatividade com os emissores. Há uma forte convergência de todos os veículos de comunicação para os dispositivos móveis, pois isso facilita a rapidez da informação até seu público.

Com tanta facilidade ao acesso de novos dispositivos móveis e a expansão dos meios de transmissão de sinais, as pessoas estão cada vez mais conectadas, e o volume de informação é cada vez maior. As notícias são instantâneas e o feedback é imediato. Por exemplo, um fato ocorre nos Estados Unidos e é noticiado em tempo real pela internet; as pessoas recebem a informação em qualquer lugar do mundo podendo responder imediatamente ao fato. Com a facilidade de propagação da informação através de tantos meios, esta tem sido feita muitas vezes de forma mais sintética, pois as pessoas tendem a filtrar cada vez mais o que acessam. Atualmente, as pessoas não apenas recebem informações, mas sentem a necessidade de falar, interagir e até produzir conteúdo para compartilhar com amigos, colegas e pessoas que tenham interesse comum. Prova disso é a popularização das redes sociais. Estas tem tanto espaço na vida das pessoas que as grandes agências de comunicação e marketing têm criado verdadeiras campanhas virtuais através das redes sociais mais populares. Para encerrar, fica nossa reflexão. Nos tempos em que a tecnologia avança, os meios de comunicação se adequam para atingir uma população interativa e que aos poucos vai dando rumo a novas tendências. Marcos Antonio Assessoria de Comunicação Social / Sinduscon-GO Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

15


16

Cidades e Neg贸cios.com - Agosto 2013


Agosto 2013 - Cidades e Neg贸cios.com

17


O prefeito da cidade de Goianira-GO nos fala sobre a utilização do Facebook enquanto Administrador Público. Confira a entrevista respondida virtualmente. 1 - CeN: Após tornar-se prefeito seu número de contatos nas redes sociais aumentou?

2 - CeN: Antes de ser candidato, qual era seu critério para aceitar alguém como amigo no facebook ou seguir no Twitter? E agora que é prefeito?

3 - CeN: Em média, quanto tempo por dia fica nas redes sociais?

4 - CeN: Já que a rede é aberta, não acha ruim a possibilidade de que as pessoas possam utilizá-la para criticas?

5 - CeN: Quais vantagens você vê na utilização das redes sociais no meio político, administrativo e corporativo?

6 - CeN: Você acha que as redes sociais influenciam o comportamento das pessoas?

7 - CeN: O que acha que as pessoas buscam quando criam um perfil no facebook?

8 - CeN: As redes sociais são um fenômeno relativamente novo e ainda muito do seu potencial está sendo explorado. Na sua visão, qual o nível de aproveitamento destas ferramentas no Brasil?

18

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013

9 - CeN: Há empresários que liberam acesso das redes sociais para seus colaboradores até mesmo em horário de serviço, já outros proibem o uso em qualquer horário. Qual sua opinião a este respeito?

10 - CeN: Como toda novidade, as redes sociais ainda deixam muitos empresários, profissionais e administradores com um certo receio à exposição, muitas das vezes por não terem tido muito contato. O que você tem a nos dizer neste caso?

11 - CeN: Fale-nos um possível problema e uma vantagem em se utilizar das redes sociais, principalmente pessoas com cargos públicos.

A equipe do Cidades e Negócios agradece a atenção do prefeito e nos colocamos à inteira disposição. Desejamos ao prefeito Miller Assis e toda sua equipe um excelente mandato.


Agosto 2013 - Cidades e Neg贸cios.com

19


A sua empresa trabalha a emoção de seus colaboradores? Logo no início da apresentação de um projeto você é interrompido: - “Não vai dar certo. Eu sei do que estou falando.” Numa reunião semanal da empresa você é obrigado a ouvir: “A empresa está com dificuldades, acho que devemos sair daqui antes que seja tarde.” Ou pior: -“A mulher do chefe está gastando todo o dinheiro da empresa. Não vai sobrar nada para nós.” É o colaborador que não tem nenhum comentário positivo a fazer, nada de bom para te passar. Para se sentir seguro, no controle da situação, dissemina o medo pela empresa, sugando a energia dos outros colaboradores com pequenas incisões de mau-humor e comentários ferinos. Esta é apenas uma das muitas atitudes que quebram ao meio as empresas, afetando o desempenho no trabalho, a criatividade, o empreendedorismo, alterando a execução do planejamento estratégico e toda ordem de tomada de decisões por parte da liderança. Cada vez mais os fatores emocionais no ambiente de trabalho são levados em conta, despertando atenção a estudos específicos sobre a relação emoção/produção/resultados. Costumo dizer em minhas palestras que a empresa é feita de vários CPF´s que dão vida a um CNPJ com personalidades. “A literatura sobre o assunto mostra que o afeto é importante porque as pessoas não são ‘ilhas emocionais’ isoladas. Pelo contrário, elas levam para o trabalho tudo o que são inclusive seus traços, seu humor e emoções, bem como suas experiências afetivas e expressões de influência alheia”, informa o estudo escrito em parceria com Donald Gibson, da Escola de Negócios Dolan, da Universidade Fairfield. A terapia empresarial baseia-se numa profunda revisão de valores, proporcionando autoconhecimento e gerando resultados para os colaboradores, consequentemente às empresas. Nestes aspectos, buscamos o desenvolvimento da inteligência emocional, influenciando diretamente na qualidade de vida. Gilberto Vitor descreve bem nossa proposta : “A Inteligência Emocional está relacionada às 20

Cidades e Negócios.com - Agosto 2013

Diogo Raíza Administrador, Especialista MBA em Marketing e Conferencista

habilidades tais como motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações; controlar impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas; praticar gratificação prorrogada; motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos, e conseguir seu engajamento a objetivos de interesses comuns.” Imagine um profissional que lida diretamente com atendimento ao cliente. Ao ser contratado por uma concessionária para o cargo de consultor de assistência técnica, este passa por um treinamento onde o lema da empresa é sorrir sempre para o cliente. Este (o cliente) por sua vez chega geralmente insatisfeito à concessionária por causa de problemas técnicos no veículo. Como este colaborador foi instruído a ter uma “atuação superficial,” se obrigando a sorrir sempre de maneira simpática, termina seu dia de trabalho fadigado, emocionalmente exausto. Trabalhando os aspectos da inteligência emocional, o colaborador é levado a refletir, empatizando-se com a situação do cliente através de emoções trabalhadas pelo sentimento, já que este não precisa mais “representar”. Os resultados são surpreendentes, principalmente no quesito fidelização. Existem outros pontos a serem considerados também. Numa situação em que a empresa passa por dificuldades financeiras, o colaborador pessimista, aquele que se julga sempre realista em suas colocações pode dizer que está “apenas falando a verdade.” Esta atitude expõe emocionalmente os outros colaboradores a um vírus mental destruidor que se espalha rapidamente pela empresa, levando muitas vezes ao desespero e reações ad-


versas. Você pode estar se perguntando se este colaborador deveria tentar parecer bem-humorado e agir como se nada tivesse acontecendo. A resposta é não. Digo sempre em minhas apresentações, que a energia do otimismo contagia mesmo nas piores situações. A transparência pessimista é um dos principais motivos que levam empresas a não completarem mais que um ano de vida. É uma máscara rígida que tende a cair quando este indivíduo é terapeutizado. Agir com transparência, administrar as emoções, trabalhar em harmonia com a equipe gerando um clima de otimismo, leva empresas e pessoas a longos períodos de sobrevivência no mercado. Palavras como: Sei que temos alguns problemas e que a situação não parece estar favorável, mas podemos superar esta situação se trabalharmos juntos. Esta é a transparência otimista que faz todo diferencial, dando ao colaborador o comprometimento com os demais, assumindo o papel de porto seguro do grupo. A terapia empresarial leva o colaborador a refletir sobre o seu papel no grupo e na vida, conhecendo seus limites emocionais e os limites dos que convive. Tal conhecimento leva a prevenir reações já esperadas, como tentar falar com o chefe após a reunião com o financeiro da empresa em dificuldades.

Uma pesquisa feita pela professora do curso de gestão da Universidade de Wharton na Pensilvânia mostra que as pessoas otimistas costumam se sair melhor no local de trabalho, e não é porque os outros gostam mais delas do que de pessoas pessimistas. “Pessoas positivas têm um processo cognitivo mais eficiente e mais adequado. Quando você está de mau humor, boa parte do processo ocorre nessa sintonia. Quando você está de bom humor, fica mais aberto às informações e consegue trabalhá-las de forma mais efetiva.” O princípio da terapia empresarial é simples. Ensinar ao indivíduo o senso de respeito, importância e de responsabilidade, não apenas falando ou impondo responsabilidades, mas compartilhando responsabilidade com ele. E como conseguir isso? Como diminuir a alta rotatividade de colaboradores devido ao desperdício de energia emocional? Comecemos pelas atividades em equipes, onde todos trabalham igualmente e possuam a responsabilidade de manter a equipe unida e viva.

www.diogoraiza.com.br

Agosto 2013 - Cidades e Negócios.com

21


22

Cidades e Neg贸cios.com - Agosto 2013


Sua empresa, seus produtos e seus servi莽os.

Agosto 2013 - Cidades e Neg贸cios.com

23


Encontre seus clientes 24

Cidades e Neg贸cios.com - Agosto 2013


Cidades e Negócios.com