Issuu on Google+

Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas

ALGUMAS PÉROLAS... PÉROLAS... (Poemas inspirados no livro O Senhor de Sándara, de Carlos Bernardo González Pecotche)

PÉROLAS CHEIAS DE VENTURAS Brindaremos para que os dias futuros sejam como pérolas cheias de venturas, que iremos enfiando no colar da vida e caminhando, seguiremos.

2009 1


ÍNDICE

001 - AS COISAS NEM SEMPRE SAEM COMO SE QUER 002 - JAMAIS SE OCULTAR 003 - O VOAR DO TEMPO 004 - ADOLESCER 005 - CONHECER TUDO 006 - ÍMPETOS JUVENIS 007 - OS EXTREMOS 008 - A LINGUAGEM DA SENSIBILIDADE 009 - O PASSADO 010 - A VIRTUDE DO INESPERADO 011 - O RETRAIMENTO 012 - A SENSIBILIDADE CHAMA O AMOR POR SEU NOME 013 - O EXIGIR DA SENSIBILIDADE 014 - LÓGICA SUPERIOR 015 - A INSENSATEZ 016 - A LIBERDADE 017 - O CULTIVO DA AMIZADE 018 - TRIUNFO DO AFETO 019 - CORAÇÃO AMANTE 020 - AFINIDADES DO ESPÍRITO 021 - VIVER A VIDA DE OUTRO MODO 022 - A VIDA PAUPÉRRIMA 2


023 - AUSÊNCIAS QUE A VIDA IMPÕE 024 - DITADOS DO CORAÇÃO 025 - O AMOR CONCILIA 026 - MISTO DE MELANCOLIA E ABANDONO 027 - O FRENEZI DAS PAIXÕES 028 - CAMINHOS DA INCONSCIÊNCIA 029 - VIDA GUIADA PELA INTELIGÊNCIA 030 - O SEGREDO 031 - A IDADE COM O TEMPO... 032 - EXPLICAÇÃO 033 - O EFÊMERO 034 - NASCER DUAS VEZES 035 - A PALAVRA ESPÍRITO 036 - O ESPÍRITO 037 - EIXO-MÃE ou CENTRO-IMÃ 038 - NERVO MOR 039 - “CONVIDADO DE PEDRA” 040 - “RECREAR O ESPÍRITO” 041 - PAPEL PRINCIPAL DO ESPÍRITO 042 - FAMÍLIAS DE IDEIAS 043 - O ALIMENTO DO ESPÍRITO 044 - AFÃ DE SABER 045 - CAMINHO VERDADEIRO 046 - APRECIAR O BOM 3


047 - PROVAR O QUE CREMOS BOM 048 - O SOFRIMENTO 049 - A ESPERA 050 - TRIGONOMETRIA MENTAL 051 - VIDAS FECUNDAS 052 - APRESSAR O TÉRMINO 053 - HERDAR-SE 054 - CUSTODIAR A HERANÇA 055 - AS RIQUEZAS INATAS 056 - TÔNICA FELIZ 057 - AS GRANDES OBRAS 058 - OS PROBLEMAS DO HOMEM 059 - POBRE HUMANIDADE!... 060 - ANELOS E ESPERANÇAS 061 - ILUSÕES 062 - PARTICIPAR A CONSCIÊNCIA 063 - OS DESENCONTROS 064 - PENSAMENTOS INSTRUTIVOS 065 - CADERNO DE VIVÊNCIAS 066 - O IDEAL 067 - RECURSOS INTERNOS 068 - ALCANÇAR O ANELADO 069 - SER CONSCIENTE 070 - CONQUISTAR DUAS VEZES 4


071 - MISTÉRIO DA VIDA 072 - A VIDA NOS SORRI 073 - CÉU DA CONSCIÊNCIA 074 - PARIS 075 - UMA ARTE CAPAZ 076 - VERSÕES SOBRE AS PESSOAS 077 - EXPRESSÕES 078 - APROVAR O PENTEADO 079 - SOBREVIVÊNCIA DA ALMA 080 - A CONSCIÊNCIA 081 - PRESERVAR ANELOS 082 - VIRTUDE DO CONHECIMENTO 083 - OS ANELOS 084 - GALERIA INTERIOR 085 - LABIRINTO 086 - O MUNDO PARADISÍACO 087 - QUERER TODOS OS DIAS 088 - MUNDO MENTAL 089 - A VIRTUDE DA DISCRIÇÃO 090 - A EXPERIÊNCIA 091 - GRAU DE PROBIDADE DE QUEM JULGA 092 - VERDADEIROS AMIGOS 093 - ACESSO AO MUNDO SUPERIOR 094 - O ESSENCIAL 5


095 - OS GIROS DO DESTINO 096 - NATUREZA FEMININA 097 - “A BELA ADORMECIDA DO BOSQUE” 098 - O AMOR DE DEUS 099 - MODIFICAR A CONDUTA 100 - ALMA DA MULHER DÓCIL ÀS MUDANÇAS 101 - O HOMEM UNIDO A UMA MULHER PODE FAZER MAIS 102 - A CULTURA 103 - CAMINHOS INCERTOS 104 - AS EXPERIÊNCIAS 105 - O ENTUSIASMO 106 - DIFERENÇAS 107 - SOLUÇÃO 108 - REAÇÕES PSICOLÓGICAS 109 - ERUDIÇÃO E SABER 110 - A OBSERVAÇÃO DIRIGIDA 111 - A LETRA “O” 112 - DONS DO CARÁTER FEMININO 113 - A FIDELIDADE 114 - DEFENDER A LIBERDADE 115 - O AMOR QUANDO PERDURA 116 - A EXISTÊNCIA DE DEUS 117 - ASPIRAR ESCLARECER 6


118 - NA CONSCIÊNCIA O ESPÍRITO EVOLUI 119 - PALINGENESIA 120 - O ELO PERDIDO 121 - A CRISÁLIDA HUMANA 122 - É FUNDAMENTAL A DESCOBERTA DO DESTINO 123- MONTANHA DA SABEDORIA 124 - ATRAÍDA NA INFÂNCIA 125 - BANCO UNIVERSAL DA JUSTIÇA ETERNA 126 - PÉROLAS CHEIAS DE VENTURAS 127 - MÁXIMAS REALIZAÇÕES HUMANAS 128 - DESTINO MELHOR 129 - “SI”, “NO” = “SINA” ***

7


PREÂMBULO A recente releitura do livro “O Senhor DE SÁNDARA”, romance psicodinâmico, me levou a recolher “algumas pérolas”, dentre as muitas que encontrei reunidas aqui, em 129 (cento e vinte e nove) títulos.

8


AS COISAS NEM SEMPRE SAEM COMO SE QUER As coisas nem sempre saem como muita vez se quer, porém, se desanimamos, difícil haverá de ser

alcançar nosso propósito honestamente forjado. Na vida isso acontece, em que pese o planejado.

JAMAIS SE OCULTAR O homem não deve criar situações para si que o levem a se ocultar dos semelhantes, enfim!

Nunca se deve isso fazer, nem jamais comprometer nossa vontade ao capricho de ninguém, é bom dizer!

9


O VOAR DO TEMPO O senhor das barbas longas e prateadas distanciava os prístinos episódios da infância que adorava.

ADOLESCER A alma recebe o batismo de fogo que sofre a vida, ao ingressar na idade da poesia tão querida.

CONHECER TUDO Conhecer tudo deve o homem para que, em momento algum, ele seja surpreendido pela argúcia ou mal nenhum.

ÍMPETOS JUVENIS Os ímpetos juvenis, aparecendo o juízo, são freios e acontece o conectar, com siso,

10


palavras e pensamentos e atos do jovem em idade, aos centros bem mais internos da responsabilidade.

E nesse momento o homem, se acha muito propenso, paradoxal resulta, mais variados, é consenso, aos tais sentimentalismos.

OS EXTREMOS Os extremos sempre excedem as medidas, é verdade, anulando a reflexão, do jovem nessa idade.

A LINGUAGEM DA SENSIBILIDADE É n´alma que se articula a linguagem bem sutil da real sensibilidade, por sinais e sem ardil.

11


O PASSADO O passado feito presente na recordação se unia ao tempo que começava, sem mostras de nostalgia.

A VIRTUDE DO INESPERADO O inesperado tem sempre nobre virtude de alterar, temporária ou em definitivo, aquele monótono ritmo, desta vida em seu caminhar.

O RETRAIMENTO Afasta o retraimento e com toda discrição, a nossa vida do externo para fixar a atenção naquilo que impressionou vivamente o nosso interno.

12


A SENSIBILIDADE CHAMA O AMOR POR SEU NOME Chama a sensibilidade o leal amor por seu nome, e em nada o abandona, como costuma fazer o instinto com a paixão, sendo todo um padecer.

O EXIGIR DA SENSIBILIDADE A sensibilidade humana, que demonstra sinceridade e nobreza, vai exigir uma total correspondência, numa sincera honestidade de um afeto, em sua essência.

LÓGICA SUPERIOR Lógica superior existe na Criação, mecanismo universal, reprime toda infração.

13


A INSENSATEZ A intensatez cria problemas. Há que encontrar a solução para o próprio espírito erguer, em busca da superação.

A LIBERDADE Ela dá conteúdo à vida é bem, fruto de uma conquista, do cultivo da inteligência; não há que perdê-lo de vista!

O CULTIVO DA AMIZADE O cultivo de uma amizade virtuosamente praticada encerra toda uma grandeza portanto, é um bem ser cultivada.

TRIUNFO DO AFETO É sobre a formalidade e a rigidez dos preconceitos sociais, que há de triunfar o afeto, com os seus efeitos.

14


CORAÇÃO AMANTE Existe um coração amante, pelas emoções, exaltado que já não se pode conter, a pontualidade do amado.

AFINIDADES DO ESPÍRITO Quando conseguem as almas se sobrepor ao fascínio dos sentidos e atraídas por fortes afinidades do espírito, enaltecidas, amplia-se a compreensão das nobres aspirações e que permite forjar a mútua felicidade.

VIVER A VIDA DE OUTRO MODO A vida deve ser vivida de outro modo e atribuída a ela uma finalidade mais elevada, evoluída.

15


E não há que se deixar guiar-se pelos costumes em moda, em nosso tempo, evitando os azedumes.

A VIDA PAUPÉRRIMA A fortuna enriquece o homem materialmente, mas se a inteligência é pobre a vida será paupérrima, isso sim, seguramente!

AUSÊNCIAS QUE A VIDA IMPÕE Costumam ser as ausências não só para os namorados, muito, muito proveitosas mas também para os casados.

Quantas difíceis situações puderam se encaminhar, com o concurso de uma ausência, num conviver salutar!

16


DITADOS DO CORAÇÃO Do coração os ditados seguir, por favorecer, a todos os bons propósitos que se há de conceber.

O AMOR CONCILIA Quando é amplo o entendimento o amor sempre concilia muitas coisas nesta vida. Isto é de grande valia!

MISTO DE MELANCOLIA E ABANDONO A “doença do vazio” provém da falta de razão com força superior tirando os jovens, então,

do ceticismo em que caíram e os conduza por caminhos que a reintegração garantam aos valores do espírito.

17


O FRENEZI DAS PAIXÕES O frenezi das paixões e a neurose coletiva derrubam defesas morais em situação aflitiva.

CAMINHOS DA INCONSCIÊNCIA A vida não deve correr pelos escorregadios caminhos da inconsciência, transitórios e vadios.

VIDA GUIADA PELA INTELIGÊNCIA Viver a vida guiado por nossa inteligência e em lúcidos estados com plena e total consciência.

O SEGREDO Preparar dias futuros com muita antecipação, semeando o que anelamos colher como provisão.

18


A IDADE COM O TEMPO... A idade com o tempo nos torna mais lentos e a mente já não irá responder com presteza e nem com a lucidez, então.

EXPLICAÇÃO Quando jovens conseguimos explicar com amplitude tudo o que nos intrigou em crianças, com pulcritude.

O lógico, então, é pensar que a experiência e o conhecimento nos expliquem tudo o demais deixando claro o entendimento.

O EFÊMERO O efêmero não poderá prejudicar o permanente; é uma reflexão serena a ser guardada intimamente.

19


NASCER DUAS VEZES É um privilégio nascer duas vezes. A primeira segue as leis biológicas, a segunda, altaneira,

obedece a confluência de duas forças: uma delas é a espiritual, metafísica, em essência,

e é a outra surgida de anímico potencial que por atração simpática, faz o diferencial.

O primeiro nascimento, condicionado à matéria; segundo, supracomum é uma coisa muito séria

20


e própria da raça humana que se produz com ciência, pelo grande despertar da altiva consciência.

A PALAVRA ESPÍRITO Com indiferença é tomada. Creem uns compreendê-la. Qual é o seu real conceito? Há que aspirar conhecê-la.

É um tema que requer estudo e experiência de comprovada eficácia. É matéria de ciência.

O ESPÍRITO Tudo o que a ele se refere ainda é um mistério inacessível para a humana inteligência desvendá-lo é imprescindível!

21


Não se tem consciência cabal de sua direta intervenção no desenrolar das idéias até sua final conclusão.

Quer o espírito assumir com plenitude consciente a condução de nossa vida. Há que aceder benevolente!

EIXO-MÃE ou CENTRO-IMÃ A psicologia humana formada por três sistemas mental, sensível, instintivo devem girar sem dilemas em torno do eixo-mãe ou centro-imã, chamado que é o decantando espírito que se encontra abandonado.

22


NERVO MOR A inteligência é o nervo-mor psíquico do nosso espírito que haverá de nos governar desde o mundo superior.

“CONVIDADO DE PEDRA” É um estranho personagem e sem participação ativa em nossa vida não merecendo atenção.

“RECREAR O ESPÍRITO” Ativa e intensa na vida pede participação o espírito, em reclamo, não pede recreação.

PAPEL PRINCIPAL DO ESPÍRITO Não se pode avançar pelo abrupto caminho da sabedoria, enfim, sem conceder ao espírito esse papel principal 23


que deve desempenhar na existência, afinal.

FAMÍLIAS DE IDEIAS Formam as ideias famílias e pelo mundo espalhadas umas as outras se buscam com a ternura de um amor ao dos humanos comparada.

Muitas delas ficam imóveis por falta de oportunidade para bem se manifestar, amplamente e com qualidade

até que surja um toque mágico de um feliz acontecimento que as reativa de uma vez e as traz à vida num momento.

Essa circunstância, então, assume o nobre caráter de uma reminiscência. É uma vivência mater! 24


O ALIMENTO DO ESPÍRITO Quando dispensado ao espírito o alimento de seu agrado, desse modo a vida se amplia. É esse um grande achado.

AFÃ DE SABER Provém d´alma de cada um esse nobre afã de saber e que, certamente, nos move a tudo querer conhecer.

CAMINHO VERDADEIRO O caminho verdadeiro não é encontrado senão depois de muito andar, sofrer e esperar, então.

APRECIAR O BOM Para apreciar o bom se faz mister descobrir sua realidade em meio das mil ficções que existem a nos rodear de permeio. 25


PROVAR O QUE CREMOS BOM Nós devemos provar antes aquilo que cremos bom. É atitude inteligente e conduta de bom tom.

Dos enganos sucessivos conseguimos extrair algo útil pra reflexão; do bom se pode curtir.

O SOFRIMENTO Tem origem o sofrimento na ignorância, é um fato. Traz consigo grandes penas. É triste desiderato.

Também sofre o que sabe, a outras causas obedece, nessa luta contra o mal, diversamente padece.

26


A ESPERA É a espera uma força que nos move a ser conscientes da conduta e proceder quando somos forçados a uma situação de expectativa ter.

É a espera um parêntese que se abre em nossa vida quem não aprende a utilizá-lo nas circunstâncias da lida,

de forma inteligente, corre o risco de perder, incontinenti, a paciência. É verdade, pode crer!

TRIGONOMETRIA MENTAL Permite estabelecer os tempos com exatidão que demarcam a existência, em perfeita dimensão.

27


VIDAS FECUNDAS A vida é uma sucessão de curtíssimos espaços de duração, fragmentados em três períodos e passos:

o que se emprega em projetar, o que se destina à ação, o que exige o esperar, buscando a realização.

APRESSAR O TÉRMINO Apressar mais que o devido o término de uma obra é frustrar seu resultado. O tempo depois nos cobra.

HERDAR-SE Cada um é o resultado de seu esforço constante; cada qual se herda a si mesmo, resultado edificante.

28


CUSTODIAR A HERANÇA Quem custodia e perpetua através do tempo essa herança é certamente o próprio espírito e repleto de confiança.

AS RIQUEZAS INATAS As riquezas da inteligência obedecem a fatores da própria herança, que é fruto de um processo evolutivo seguido pelo espírito. É um grande incentivo!

TÔNICA FELIZ Quem dá a tônica feliz às produções do talento é o espírito, certamente, o grande autor “in comento”!

29


AS GRANDES OBRAS As grandes obras também devem ser avaliadas pela contribuição a uma espiritual e gradual elevação da humana evolução.

OS PROBLEMAS DO HOMEM Não nos enganemos pensando que todos os problemas do homem irão se resolver às custas de sua liberdade; pasmem!

POBRE HUMANIDADE!... Quão pouco são os que pensam o peso aliviar de desditas angustiantes da humanidade a penar.

E em conduzi-la, enfim, pelos caminhos seguros de um ideal sem quimeras, irreais e obscuros, 30


irmanando o pensar e o sentir do cidadão, numa consciência livre sem qualquer limitação.

ANELOS E ESPEÇANÇAS Há anelos e esperanças que jaziam sepultados, no fundo de nossas almas que convém ser reanimados.

Como jazem tantas coisas e que se trazem à vida ao se chegar a este mundo, totalmente adormecidas.

ILUSÕES Nascidas dos devaneios da nossa imaginação, quiméricas ilusões que inalcançáveis são.

31


Há as ilusões sublimes, fruto da inspiração racional, por excelência; essas alcançáveis são!

PARTICIPAR A CONSCIÊNCIA Em tudo que se relaciona com a inteligência e o espírito haverá de prevalecer não a pressa, mas a constância participando ativamente em tudo, nossa consciência.

OS DESENCONTROS Estes são o resultado de reações escondidas por motivos pueris muitas vezes promovidas que por momentos transbordam, episódios provocando, por demais desagradáveis, a todos incomodando.

32


PENSAMENTOS INSTRUTIVOS Gratamente repercutem pensamentos instrutivos na alma de quem escuta, agem como reativos

moral e psicológicos e têm a grande virtude de transformar em estímulos, cambiando atitudes.

CADERNO DE VIVÊNCIAS O conteúdo é um conjunto de muitas reflexões reunidas durante a vida e de observações.

O IDEAL O ideal se substancia ao descobrirmos desacertos a causa da infelicidade, forçando a realizar consertos.

33


RECURSOS INTERNOS Dentro de mim há recursos que me ajudam a ser feliz de verdade e não artificialmente.

ALCANÇAR O ANELADO Pondo empenho e firmeza na vontade e mantendo vivo o tenaz pensamento de alcançar o anelado já é um acontecimento.

SER CONSCIENTE Ser consciente em todos os atos, mesmo aqueles que são mais simples, para poder sentir de perto a realidade do que viva; é o melhor a fazer, decerto!

CONQUISTAR DUAS VEZES A mulher deve conquistar duas vezes o homem que ama: a primeira é a com o seu físico 34


e suas visíveis qualidades; a segunda com o seu espírito, com sua inteligência, seu tato, abnegação e habilidades.

MISTÉRIO DA VIDA O grande mistério da vida matizes raros oferece tão diferentes do que podem captar os sentidos do corpo; simplesmente não se descobrem.

A VIDA NOS SORRI A vida quando nos sorri correspondamos a seu gesto, mostrando-nos bastante alegres estimulados e despertos.

CÉU DA CONSCIÊNCIA Feliz sensação de bonança ocorre no céu da consciência, quando se amainam as borrascas mentais que em franca ocorrência,

35


pela adversidade são, por vezes desencadeadas, em violentos arrebatos, em situações desesperadas.

PARIS Paris, a grande capital onde tantas vezes a sorte do mundo foi ali jogada, em cenários de luta e morte.

UMA ARTE CAPAZ Falta uma arte capaz de modelar o pensamento e também o sentir dos homens em um colossal monumento,

para mais dignos torná-los da alta e sublime qualidade de sua humana natureza, rumo em busca da eternidade.

36


VERSÕES SOBRE AS PESSOAS As versões sobre as pessoas, por certas que nos pareçam, nem sempre coincidirão exato, com a realidade, levando à decepção.

EXPRESSÕES Há expressões sugestivas, em um franco movimento, dessas que se adiantam, a surgir ao pensamento.

APROVAR O PENTEADO A mulher demora mais tempo em seu penteado, aprovar do que o que em vestir-se ocupa. Isso é fácil de constatar!

SOBREVIVÊNCIA DA ALMA A única sobrevivência é a que em vida pode fazer, renascendo em si mesmo após superação do velho ser. 37


A CONSCIÊNCIA De atividade é sempre fonte e não deve permanecer, por certo, nem por um instante à margem do que o homem aspira, pensa ou faz, em ato constante.

PRESERVAR ANELOS Os anelos em processo de franca realização, tal como aquelas plantinhas de invernáculo, não devem ser expostas ao exterior; é a sugestão pra que preservem.

VIRTUDE DO CONHECIMENTO É converter em realidade anelos que são cuidados e que deverão ficar, no âmbito interno guardados.

38


OS ANELOS Pô-los ao curioso alcance não será conveniente, enquanto não formem parte inseparável da vida, do futuro e do presente.

GALERIA INTERIOR Na galeria interior é onde a alma agrupa as vivências e as que mais a impressionaram, ficando impressas na consciência.

LABIRINTO Constituído pelos caminhos ilusórios que o ser percorre inda tomando-os por reais, sem conseguir satisfazer suas aspirações, jamais.

39


O MUNDO PARADISÍACO O mundo paradisíaco está todo reservado aos livres e fortes espíritos e também abnegados.

QUERER TODOS OS DIAS O querer todos os dias com a mesma intensidade alcançará seus desejos com toda propriedade.

MUNDO MENTAL E nesse mundo mental onde os sublimes gozos estéticos do espírito se satisfazem ante a mirada dos mais céticos.

A VIRTUDE DA DISCRIÇÃO Sem ela não é possível as portas ninguém franquear dos mistérios que oculta os arcanos a granjear da real sabedoria. 40


A EXPERIÊNCIA A experiência costuma nos tornar sábios, prudentes quando nós não recusamos seu conselho, diligentes.

GRAU DE PROBIDADE DE QUEM JULGA Importa é saber descobrir naquelas apreciações de todos os que nos julgam, bem além das intenções,

o real grau de probidade e sensatez, certamente, que lhes assiste, enfim, pesando, sinceramente.

VERDADEIROS AMIGOS Os verdadeiros amigos são os que penetram a fundo aqui em nosso coração e oferecem além de tudo,

41


com sua amizade sincera, o fruto de seu afeto, demonstrando o seu valor nesse proceder correto.

ACESSO AO MUNDO SUPERIOR O caminho de acesso ao mundo do espírito há de percorrer internando-se, em um princípio, bem no interior de nosso ser.

É a passagem obrigatória pra poder depois ascender até os patamares do mundo superior a enaltecer.

Os tolos, os crédulos, os burlões ali onde não podem chegar nem pedantes, mas sim os limpos de mente que irão se engajar; Os psicologicamente sadios, e os que livres são de preconceitos e de crenças, dogmáticas, porque não! 42


As almas de boa vontade enfim, irão se aproximar a esse mundo superior, onde o espírito irá reinar.

O ESSENCIAL O essencial é saber o que é que queremos ser e fazer; e uma vez resolvida essa questão toda mudança evitar de pensamento pra não malograr o que traçamos como meta a alcançar.

OS GIROS DO DESTINO Quando rege ao seu arbítrio, o destino a vida do homem, inesperados costumam ser os giros que o consomem.

43


NATUREZA FEMININA Na natureza feminina está grande parte contida dos mistérios que deverá descobrir o homem e alcançar a tão esperada ascensão, aos nobres e sacros domínios, da sabedoria, em questão.

“A BELA ADORMECIDA DO BOSQUE” Como a bela adormecida a consciência esperava que seu dono a chamasse por seu nome e a despertava.

O AMOR DE DEUS O imenso amor de Deus é o que anima a Criação dos agentes o maior que a confluem na imensidão.

44


MODIFICAR A CONDUTA Modificando a conduta própria, conciliar se pode as diferenças que surjam oor mais que isso incomode.

ALMA DA MULHER DÓCIL ÀS MUDANÇAS É mais dócil a alma da mulher às mudanças que a evolução impõe à essa nobre tarefa digna da própria redenção.

O HOMEM UNIDO A UMA MULHER PODE FAZER MAIS Muitas coisas grandes o homem na vida pode fazer mas unido a uma mulher inteligente, capaz de compreendê-lo, a sua vez, chegará a ultrapassar os limites do possível a humanamente alcançar.

45


A CULTURA A cultura não conseguiu formar no homem a consciência de um destino superior para sua vida, em essência.

CAMINHOS INCERTOS A humanidade segue ainda por caminhos incertos, sim, sem rumo, aos trancos e barrancos, em desorientação sem fim.

AS EXPERIÊNCIAS As experiências instruem e por duras que elas sejam seu estudo minucioso saldo favorável deixam.

O ENTUSIASMO O entusiasmo é algo muito bom, muito saudável sempre que ele não nos leve a esquecer, o que é louvável,

46


que nos achamos um pouco sujeitos, sim, a este mundo no qual temos que viver. É um fator real e profundo.

DIFERENÇAS Se as pessoas por seu berço se diferenciam, então, no espiritual as almas se nivelam em profusão

e na santa paz convivem de suas caras idéias, quando nelas já existe limpeza de um sentir, compreensão desprovida de egoísmo e, sobretudo tolerância e respeito e o apreço que impõe a total correspondência de profundos sentimentos e reais aspirações.

47


SOLUÇÃO A solução dos conflitos internos e dos problemas íntimos que cada um cria concerne exclusivamente a cada qual resolver, restaurando a harmonia.

REAÇÕES PSICOLÓGICAS Há reações psicológicas que podem ser provocadas por sagaz encrespamento da vaidade exasperada.

ERUDIÇÃO E SABER Erudição é o báculo e que leva a predicar sem realização pessoal efetiva a alcançar.

E o saber seria o cetro que com fulgor representa a superioridade do poder que o sustenta. 48


A OBSERVAÇÃO DIRIGIDA Pela consciência dirigida converte-se em dona e senhora de nosso mundo interior, a observação, em boa hora.

A LETRA “O” É uma letra o “O” que com freqüência protesta pelo que fazem as outras letras do alfabeto, em festa.

DONS DO CARÁTER FEMININO São apreciáveis dons do caráter feminino, a bondade, o afeto, a doçura além do tino.

A FIDELIDADE A fidelidade é sustento inapreciável do sentir portanto, é inata no ser e o homem a deve descobrir, 49


em sua expressão verdadeira quando toma a solene forma de um conhecimento que o homem na própria consciência o transforma.

DEFENDER A LIBERDADE A liberdade o homem deve aprender a defender não somente com a palavra e o pensamento, a meu ver,

senão com todos os meios lícitos que lançar mão pra poder favorecer, em sua evolução.

O AMOR QUANDO PERDURA O amor somente perdura quando se converte em afeto suaviza ressentimentos perdoa, persuade é certo!

50


A EXISTÊNCIA DE DEUS A existência de Deus prova-se pela existência de tudo o que nos rodeia. É um fato, em sã consciência!

ASPIRAR ESCLARECER Todo homem deveria aspirar esclarecer o que resiste a razão admitir como verdade, não importa a ocasião.

NA CONSCIÊNCIA O ESPÍRITO EVOLUI É ali na consciência onde se há de constatar do espírito, a evolução, a se potencializar.

PALINGENESIA Renascer em outra vida no período de existência aqui na terra é possível, em superior essência. 51


Uma vida pode ser, isso é uma realidade, mudada, ao certo, por outra, bastando apenas querer.

O ELO PERDIDO O elo perdido é o espírito, tendo a missão de enlaçar o homem com o seu Criador, com ânsias de se superar.

A CRISÁLIDA HUMANA À crisálida humana deve, em essência, interessar a borboleta, enfim, não a larva a restejar.

52


É FUNDAMENTAL A DESCOBERTA DO DESTINO Deve ser fundamental descobrir nosso destino e não nossa origem, pois nada se pode ganhar ao encontrar esta última sem cuidar dessa primeira, num eterno procurar.

MONTANHA DA SABEDORIA E para ascender à simbólica montanha da Sabedoria mais alta de todas as metas e desejadas pelo homem é preciso descer primeiro às mais profundas regiões do mundo interior humano.

ATRAÍDA NA INFÂNCIA Toda criatura humana é atraída em sua infância pelo mundo do espírito, em que vive em consonância.

53


BANCO UNIVERSAL DA JUSTIÇA ETERNA O bem que fazemos não é mais que o ouro espiritual que poupamos, colocando-o no eterno Banco Universal.

PÉROLAS CHEIAS DE VENTURAS Brindaremos para que os dias futuros sejam como pérolas cheias de venturas, que iremos enfiando no colar da vida e caminhando, seguiremos.

MÁXIMAS REALIZAÇÕES HUMANAS A explicação da própria vida, a escolha do próprio destino, o reencontro com o espírito dominando a ciência, com tino.

54


E, finalmente, dominando com segurança a transcendente ciência do saber e servir à humanidade com prudência, sabedoria, tolerância e com infinita paciência.

DESTINO MELHOR Forjar um destino melhor reduzindo a nefasta influência do não e triunfando sobre ele ao longo de toda a existência.

“SI”, “NO” = “SINA” Quando o “si” e o “no” se juntam em um híbrido conúbio, quando governam a vida, em monótono processo, sem transcendência e guarida, formam a palavra “sino”, quer dizer: fatalidade. ***

55


ALGUMAS PÉROLAS