__MAIN_TEXT__

Page 1

N04 - 2015

Tudo para o lado de fora. A redescoberta do valor de estar ao ar livre.

INSIDE OUT


Mais um ano e mais uma edição! Chegamos a Tendências N04 e gostaríamos de agradecer imensamente a aceitação e o sucesso da nossa revista semestral. Queremos cada vez mais demonstrar nosso entusiasmo no envolvimento do processo cria vo e compar lhar com clientes e parceiros, nossos estudos sobre tendências. Para 2015 a palavra de ordem é INSIDE OUT! O apreço por estar ao ar livre, os espaços públicos e de convivência, enfim, a busca de tudo o que preze o cole vo para dividir experiências.

Colaboração

Arquitetos - Paloma Souza e Felipe Lima

Nº 04 - 2015


K AR TP

S pá

AR LIVRE p ág 4 AR AO EST

g 21

PO CK

E

Nos úl mos anos, as pessoas andaram se escondendo em shoppings, em seus carros no trânsito e em condomínios, especialmente por causa da violência urbana. Mas os protestos como estopim, trouxeram essas mesmas pessoas a redescobrirem o valor de ir às ruas. Em 2015, moradores das cidades irão se reunir ao ar livre. A concepção de que somos mortais, mas que precisamos de uma vida mais saudável também colabora para esta nova ordem. A arquitetura pode contribuir tornando estes lugares seguros e agradáveis.

CO B

ERTURAS FU NC IO p IS NA

Elephant & Castle Regeneration

4 ág 2


SO URBAN! A REDESCOBERTA DE ESTAR AO AR Os envolvidos com a construção de cidades são frequentemente requisitados a realizar feitos complicados. Dos mais complexos aos mais simples projetos, um dos maiores desafios que encaramos hoje requer, talvez, uma de nossas melhores habilidades: criar espaços abertos que integrem público e privado. Como disponibilizar espaços públicos de convivência e respiros urbanos em nossos ambientes cada vez mais ocupados e disputados? De acordo com dados das Nações Unidas, em 2050 aproximadamente 70% da população mundial - algo como 6,29 bilhões de indivíduos - viverão em cidades. Precisamos criar mais espaços, reivindicar e encaixá-los no ambiente urbano, tornando-os lugares espetaculares projetados para a promoção da nossa humanidade.


Ac vate Aarhus Waterfront | Dinamarca

So Urban!

LIVRE


Projeto Marina Lofts

O empreendimento misto, Marina Lo s, no centro de Fort Lauderdale, Flórida, procura infundir um trecho atualmente degradado ao longo do New River com um espaço público bem sucedido para pedestres, atraindo assim, novos moradores. O projeto estrutura o espaço com mil apartamentos, mais de 900 metros quadrados de restaurantes e 2.300 para o comércio, criando uma vida pública ao longo da orla enquanto mantém a existência das a vidades da marina. 6


So Urban!

7


8


So Urban!

As duas torres iniciais são tratadas como um edi cio con nuo com uma abertura no centro, permi ndo que a a vidade måxima de pedestres ua entre os edi cios e estenda a vida da cidade para a beira mar.

9


Miami Beach Soundscape | New World Center

O Miami Beach Soundscape faz parte do Campus New World Center - Symphony, que inclui uma sala de concertos e um conservatório onde jovens talentos vem para estudar. Durante o dia, o parque é sombreado por pérgulas e palmeiras. À noite, é um hotspot cultural, com atrações especiais, concertos e vídeos são projetados na parede do edi cio, que se transforma em uma tela ao ar livre para o parque.

10


So Urban!

O Soundscape se tornou um novo ponto de encontro na cidade, uma expressão unificada de recreação, lazer e cultura. Combinado com a dinâmica das salas sinfônicas e excelente arquitetura. Música, design e experiência em um jardim urbano.

11


Arquiteto: Carlos Zapata

Turnberry Ocean Club | ExperiĂŞncia ao ar livre nas alturas

12


So Urban!

O Turnberry é um projeto residencial com unidades que variam entre 270m² a 989m². O conceito traz a experiência de estar ao ar livre a mais de 100 metros acima do nível do mar, com duas piscinas suspensas. Dos 54 andares que possui, o 30º, 31º e 32º, são ocupados por um clube priva vo de mais de 2.700m², onde, além da sala de vinhos e biblioteca, há spas de hidroterapia, saunas, estúdio para Yoga e Pilates, salas de massagem, área fitness, cabanas com vista para o oceano, sunset longe, pool bar e teatro outdoor. 13


Helbor Patteo Mogilar Sky Mall & Offices | A relação dos espaços

14


So Urban!

públicos e privados

‘‘As cidades são obras humanas nascidas dos nossos sonhos e construídas a par r das nossas histórias, valores e vivên-cias. Equivalem a uma obra de arte cole va e grandiosa no tempo e no espaço. A vida na cidade flui com a sobreposição de texturas, usos, volumes, cores, aromas, sons, deslocamentos e permanência das pessoas que dela se apropriam. O jogo de equilíbrio entre o interno e externo, privado e o público, define a qualidade dos espa-ços e ambientes que são gerados pelo uso humano. Estes conceitos foram aplicados na concepção do Helbor Pateo Mogilar, a arquitetura e o desenho urbano foram estruturados a par r de edi cios com lojas nos pavimentos térreos e salas de escritórios nos pavimentos superiores, integrados a uma generosa praça comercial e área de reserva ambiental, reconectando à cidade. Esta mul plicidade de usos cria sinergia e es mula a u lização da praça, aberta à cidade, atraindo o usuário a usufruir dos seus espaços, jardins, pérgulas e restaurantes. Do sonho de cidade aos espaços que criamos, projetamos para pessoas, respeitando o visual do pedestre e convidando a contemplar os detalhes arquitetônicos do projeto, uma demonstração de respeito e generosidade com a cidade.’’ Diretor - Arquiteto Wilson Marchi Este projeto foi desenvolvido pela Helbor com construção da MPD Engenharia. Os projetos são de Marchi Arquitetura, Sandra Pini Arquitetura e Interiores e Bennedito Abbud Arquitetura Paisagís ca. 15


Criado pelo estúdio de colaboração 2X4, que trabalha em todos os campos da arte, arquitetura e moda, o enorme mural "Selva" oferece um refúgio visual que referencia não só a paisagem do sul da Flórida, mas também a paisagem urbana do distrito.

O Miami Design District é um bairro dedicado a inovações de moda, arte, design, arquitetura, gastronomia e experiências ao ar livre. Novo des no de compras de luxo, o bairro transformou a vamente uma área esquecida de Miami em um des no vibrante. O conceito tem como premissa a unificação de um ambiente descontraído repleto de arte pública.

DES ART MOD AR L Considerado o elemento chave de inspiração para o Miami Design, o ‘‘Fly Eye Dome’’ foi produzido pelo Ins tuto Buckminster Fuller, u lizando materiais e técnicas inteligentes para a criação da esfera de vidro. Em 1960, Fuller, popularizou as cúpulas transparentes, como alterna va de moradia modular de baixo custo.

16


Miami Design District

Netscape é uma área de descanso a céu aberto criada pelo designer Konstanin Grcic. O trabalho intera vo consiste de uma estrutura de aço em forma de estrela onde os assentos são suspensos para formar um balanço suave quando usados pelos visitantes.

A ar sta Paula Coroa criou a exposição ao ar livre: ‘‘Transposição: ao longo de muitos quilômetros’’. Um espaço intera vo para a comunidade urbana adotar o lugar como um laboratório cria vo.

VORTEX é um estúdio de colaboração de designers, programadores, escritores e animadores. Sua abordagem nos projetos gira em torno de um pensamento crí co e de inves gação, o que culmina em obras gráficas corajosas que quesonam a natureza e as convenções de design.

17


Revok y Pose

Wynwood Art District | A galeria ao ar livre

O Wynwood Arts District é o lar de uma das maiores galerias ao ar livre de street arte do mundo, mais especificamente de grafite e intervenções urbanas. Antes era conhecido como “El barrio” por ter muitos la nos que imigraram na década de 50. Depois de um longo período de abandono, o bairro começou a receber inves mento, atraindo ar stas, restaurantes, lojas e cafés para a região. Além das pinturas ao redor do bairro é possível conhecer também o projeto Wynwood Walls, uma espécie de ‘‘mini parque’’ que mantém uma exposição permanente ao ar livre, reunindo obras de vários ar stas de todo o mundo. 18


The Wynwood Building

Restaurante Wynwood Kitchen & Bar

El Mac, Retna

Herakut

Wynwood Art District

O PEDAÇO MAIS

DESCOLADO DE MIAMI

19


20

Paley Plaza |Manha an

Amauri | S達o Paulo Keller Fountain Park | Portland

Pocket Parks


Waterfall Garden Park | Seatle

Pocket Parks

Greenacre Park | Nova York

Greenacre Park | Nova York

Os Pocket Parks existem nos Estados Unidos há mais de 40 anos. Transformando terrenos baldios em “salas de estar” ao ar livre, a ideia é simples: fazer de qualquer espaço, por menor que seja, um território convida vo ao descanso ou ao lazer do pedestre. Geralmente menores do que uma praça, esses espaços podem ser instalados entre duas construções, no meio de um quarteirão. Eles valorizam o espaço público ao oferecer bancos, mesas e pequenas áreas verdes. Espalhar esse modelo pela cidade é também uma maneira de revitalizá-la.

21


YES, nós temos Pocket Parks!

Uma pequena área par cular, an gamente usada como rampa de estacionamento, se transformou em praça pública, a Pracinha Oscar Freire, no Jardins. O projeto faz parte da inicia va da REUD em desenvolver espaços urbanos únicos em São Paulo e foi criado em parceria com o Ins tuto Mobilidade Verde, uma ONG sem fins lucra vos. Este é o primeiro dos espaços privados que, aprovado por Decreto Municipal, teve o direito de ser implantado na cidade.

22


Coberturas funcionais e suas atividades a céu aberto

No topo do Edi cio Garagem 1111 Lincoln Road em Miami, um dos estacionamentos mais bonitos que você já viu, está o Juvia, um restaurante que mistura gastronomia Francesa, Japonesa e Peruana, a céu aberto com uma vista surpreendente de South Beach. Aqui se enquadra a máxima: um lugar para ver e ser visto. Defini vamente.

24


Projeto Arquitetura: Herzog & de Meuron

Coberturas

EdifĂ­cio 1111 Lincoln Road

25


Marina Bay Sands

O Hotel Marina Bay em Singapura, ficou mundialmente famoso por uma das maiores piscinas infinitas do mundo a mais de 190 metros do chão. Uma enorme estrutura que liga as três torres do hotel, permite que os hóspedes e visitantes desfrutem de uma vista privilegiada – inclusive do circuito de Fórmula1. Também existem diversos ambientes para reuniões, festas e restaurantes.

26


Coberturas

Deck de observação

Piscina Infinita

Waku Ghin - restaurante ao ar livre

27


Cine Vista

O Cine Vista fica na cobertura do Shopping JK e é o primeiro cinema a céu aberto em shopping de São Paulo. Além de uma vista espetacular da cidade, que torna o ambiente único e exclusivo, o visitante conta com lounges e serviços de conveniência.

28


‘‘

‘‘

TRANSFORMANDO A BOA ARQUITETURA

NO SEU MELHOR

PROJETO


30

Urb model by Jorge Ayala

Sunbeam

EM BUSCA DA ARTE CONCRETA

Bicentennial Civic Center

HVW Headquarter

Barcode Project

Ciudad De La Jus cia

Mr299

Hallacon

O concreto se transforma em arte


Entre tantas heranças deixadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a u lização de volumosas peças de concreto está entre as mais destacadas. Criar molduras no concreto ajudam a dar charme e volume em obras que ficam com cara de arte.

Palm Court | Miami

Click Clack Hotel | Bogotá

Castela o

Casa Planalto

Concreto

31


PÕE NO DECORADO QUE FAZ O MAIOR SUCESSO!

ESPREGUIÇADEIRA ASTER URBAN Relaxar ao ar livre ficou muito mais diver do. Os módulos de concreto vêm equipados com Wi-fi e um sistema de alto-falante integrado para reproduzir música

Ele também tem um sistema de iluminação interna que você pode ajustar, mas, o melhor de tudo, as luzes se acendem automa camente quando você se aproxima devido a sensores de movimento.

THE ROLLING BENCH

32

The rolling bench é um banco com rolamento. A solução ideal para o assento externo após a chuva.


Põe no decorado!

O jardim gira em torno do led central, que funciona como fonte de luz.

GREEN WHEEL Desenvolvido pela NASA, o projeto ‘‘Roda Verde’’ ajuda a ter um jardim dentro de casa sem precisar se preocupar. Prá co, até mesmo para aqueles que esquecem de re ga r a s p l a nta s , b a sta colocar água no reservatório e ligar na tomada.

MOBILIDADE URBANA Ba zado de Overade, este capacete oferece mais proteção do que os capacetes comuns e ainda pode ser dobrado quando não está sendo u lizado.

Ainda é um protó po, mas seria super bacana se virasse realidade. A vado por sensor, esse bicicletário não ocupa espaço na calçada e ajuda na mobilidade urbana.

Bicicletários que não ocupam espaço na calçada 33


Designer e sustentabilidade Desde o início de 2015, caíram cerca de 1.500 árvores na cidade de São Paulo. Por ano, aproximadamente 16 mil árvores são removidas. Todo esse resíduo orgânico é, na maioria das vezes, levado para aterros sanitários e, por lá, apodrece. Para mudar esse cenário, o designer brasileiro Hugo França conquistou uma parceria desejada há anos com a Prefeitura de São Paulo. Ele quer transformar as árvores que caem no perímetro urbano em peças de mobiliário público. “Aproveitar o resíduo lenhoso e transformá-lo em um objeto é uma questão de sustentabilidade e reciclagem”, explica França. A primeira peça foi colocada no Largo da Batata, no bairro paulistano de Pinheiros. O banco pesa cerca de 7 toneladas e foi feito com a madeira de um eucalipto que caiu após ser a ngido por um raio no Parque do Ibirapuera. Cuidado de todos “A experiência tem nos mostrado que as pessoas têm um respeito bem maior por esse po de mobiliário do que os convencionais que têm uma cara industrializada. A depredação é menor, porque toda essa história leva também uma educação ambiental. A ideia é, em úl ma análise, levar um pouco de conscien zação”, comenta o designer que já realizou trabalhos semelhantes em algumas cidades da Europa e em Nova York (EUA). Fotos: Nathalia Kamura Fonte: Abril - Planeta Sustentável 34


CONFIRA ALGUNS PROJETOS COM ASSINATURA MARCHI


O Helbor NUN é um empreendimento único, este camente diferente, moderno e sofis cado, e referência de design. Os elementos da torre foram cuidadosamente inseridos. As linhas diagonais da fachada se entrelaçam com as caixas metálicas que trazem conforto ao mime zar o efeito amadeirado, roubando a cena.


O BKS tira partido do jogo de cores, que criam uma din창mica compreens찾o da fachada. O design moderno e ousado, faz desse projeto um presente para o entorno.


O Helbor Trilogy 茅 um projeto grandioso. Seguindo o conceito mul uso das modernas metr贸poles, a torre possui uma hierarquia arquitet么nica destacada a par r dos seus usos, apartamentos residenciais conectados com o hotel e escrit贸rios. Um projeto que surge para contribuir com o planejamento urbano e das cidades e na qualidade de vida das pessoas


A par r de uma volumetria curva, a fachada é valorizada pelos planos de vidros, que garantem a visualização ampla da paisagem urbana. O design clean compõe um acabamento que traduz a sofis cação do edi cio.


Profile for Marchi Arquitetura

Revista Tendências N04  

Revista Tendências N04  

Profile for marchiarq
Advertisement