Page 1

Barcarena, de 01 a 07 de Março de 2014

Ano 2 - Edição 61

6 OFERTAS DE CONCURSOS PÚBLICOS. PÁGINA 9.

FOTO: DONNY SANTHIAGO

MP INVESTIGA ROMBO NA SEMAS

CULTURA Sarau Cultural movimenta Barcarena. O evento ocorreu no final da tarde do último sábado, com diversas bandas locais, grupos teatrais e de danças Página 9.

I

POLICIA

Morte de mototaxista gera protesto, assassino continua foragido. Os mototaxistas prometem fazer mais protestos no município até que consigam melhoras na segurança pública. Página 9.

CIDADE Barcarena vive surto de toxoplasmose: Já foram registrados mais de 50 casos da doença, sem relato de morte. Página 4.

GIRO

Globo

Celebridades

Confira nossas dicas de culinária. Página 11. Descubra o seu astral: Horóscopo. Página 10.

será

ACONTECE

“Mamy Poderosa” o mais novo clip do Paranoia. FOTO: DIVULGAÇÃO

Página 10.

PARÁ

BRASIL

MUNDO

DEFENSORIA OFERECE ATENDIMENTO PARA QUEM PRECISA ALTERAR NOME PRÓPRIO.

Senado não reduz meia idadade penal para crime hediondo. A PEC foi rejeitada na comissão por 8 votos a 11.

Papa pede às famílias do mundo inteiro apoio espiritual

Página 6.

Página 7.

Página 6.

Em Alta

ESPORTE

MACHIDA É O 4º NO RANKING DO UFC Página 15.

Gata do Paulistão lança candidatura para Musa da Copa do Brasil 2014. DENUBIA SANTOS REPRESENTANTE do Palmeiras.

FOTO: DIVULGAÇÃO

FOTO: DIVULGAÇÃO

Página 11.

FOTO: DIVULGAÇÃO

LIP PLATES caiu no gosto da galera para deixar o sorriso mais bonito.


2 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

MUDANÇA É a primeira vez, na história do município de Barcarena, que o Executivo usa o rigor da Lei para tomar providência a respeito de DESVIO de verba pública. DESVIO que vem com a mudança, com a variação da conduta, da ética, do respeito com o próximo, da comida que é tirada da boca da criança, do emprego, do caráter, da influência e de outras milhares de histórias que rompem a ligação de confiança.

EDITORIAL A sociedade se vê inúmeras vezes de mãos atadas quando se trata de exigir seus direitos, de buscar o certo. Quem nunca precisou de, pelo menos, se quer, um atendimento de urgência no PRONTO SOCORRO? Quem não conhece uma mãe que busca até hoje o Bolsa Família? Este ano mudanças aconteceram em toda parte do mundo. “O gigante acordou”, nós abrimos nossos olhos para a

injustiça, para cobrar nossos diretos e sabemos que em nossas mãos está o futuro, o inicio de uma construção justa para um Brasil melhor. Vamos abolir frases como “eu acho” e “pode ser”. Queremos um Brasil para hoje!” Hoje pode-se dizer que a cidade de Barcarena tem seu gigante. Atualmente a mídia é uma grande aliada do povo, busca, cobra e não desiste de lutar pelo social. O

PODER da cobrança, da fiscalização está na imprenssa. Hoje temos alguém que teve coragem de usar a Lei para defender o direito do povo Barcarenense. Aqui estou para exaltar a Lei, a sua existência! Caras pintadas nas ruas gritam, fachas fazem perguntas, estudantes já são pais de famílias, as crianças querem internet, a televisão é 3D, a realidade é esta.

EXPEDIENTE ANO 2 EDIÇÃO 61

CONSELHO EDITORIAL DIREÇÃO-GERAL Simone Gonçalves DEPARTAMENTO JURÍDICO José Rubens Barreiros Leão EDITOR CHEFE Jully Rocha

REPORTAGEM/ESTÁGIARIO Donny Santiago EDITORAÇÃO ELETRONICA Marcelo Zeno ILUSTRAÇÃO Alexandre Mendes

TELEFONES: CONTATO 91 8020-9530 DENUNCIAS 91 8889-9932 REDAÇÃO 91 8158-2252 COMERCIAL 91 89099409 / 99693187

CNPJ: 14530296/0001-67 Os conceitos emitidos em colunas e artigos assinados são de resposabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião do jornal.

ESPAÇO DO LEITOR Há treze anos, nós temos dificuldades com água aqui, principalmente para beber, que nunca tivemos. A primeira água da manhã era amarela igual ao tucupi, não todos os dias. Teve uma época que ficamos uma semana sem água aqui no Arapari, tínhamos que pegar água no rio para tomar banho e comprar para beber e fazer comida. Agora está tudo de bom. Água é vida! Estou muito feliz. Dá para fazer as coisas sem ter que ficar andando atrás de água. CREONICE DA COSTA

Quando não comprávamos água de Belém, íamos comprar em São Felipe, três vezes por semana. Em 17 anos, agora que veio água de São Felipe. A gente usava água daqui (de um poço local) só para lavar roupa e tomar banho. Agora vai mudar, não vou precisar mandar buscar água pra mim, vou ter água sem sair de casa. Agora que chegou água está beleza para nós. JOÃO SILVA O município, ao longo dos últimos anos, tem fomentado a inovação, como a criação de projetos que instituem capacitação profissionalizante, por exemplo. Mas se não houver parceria entre as empresas, prefeitura e governo do Estado, será difícil para uma cidade atuar nesta questão, “e os resultados só surgirão no longo prazo”. SANDRA MELO

COLUNISTAS ADMMIPA Braulino Magno Pr. Raimundo Carvalho Tucupi

FOTO DA SEMANA

Amigo leitor, use o espaço acima para manifestar seus sentimentos em relação à cidade, aos serviços públicos, aos políticos em geral e às reportagens deste jornal. LIGUE 8197-6774 ou MANDE SUA MENSAGEM PARA: aprovinciaregional@gmail.com


3 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

I

POLITICA FOTO: DONNY SANTHIAGO

AEUB COBRA DE VEREADORES MELHORIAS NO ‘PASSE LIVRE’ PARA ESTUDANTES

DONNY SANTHIAGO

A

cadêmicos de Universidades Públicas e Particulares de Barcarena, que precisam se locomover para outros municípios a fim de estudar, participaram da sessão ordinária na manhã da última terça-feira (25), na Câmara Municipal de Barcarena. Um grupo, pacífico, de estudantes decidiu acompanhar a sessão da câmara de vereadores, afim de debaterem e cobrar dos

vereadores melhorias na qualidade do transporte oferecido aos universitários. Após uma audiência pública realizada no ano passado, os universitários afirmam que nenhuma melhoria aconteceu, mesmo com as reivindicações protocoladas durante a audiência, sobre o transporte coletivo. O grupo cobra melhorias no serviço de transporte público que hoje é oferecido por algumas empresas do município. Entre as solicitações dos estudantes, estão em pauta a redução na tarifa no

transporte coletivo dentro do município de Barcarena que é de R$ 2,20, criação do setor de passe para estudantes na vila dos Cabanos, e também á exclusão do numero de cotas de passes que é oferecido por algumas empresas. O que segundo eles, tem deixado muitos universitários sem seus direitos. Os acadêmicos reclamam que o transporte oferecido para eles, é sempre de qualidade ruim, ou péssima. Segundo José Brandão, Presidente da Associação dos Estudantes universitários de Barca-

rena (AEUB), o movimento dos estudantes é unicamente para preservar e garantir os seus direitos enquanto estudante, visto que, em vários Estados da Federação, o benefício é assegurado, permitindo que estudantes de um determinado município busquem, em cidades vizinhas, cursos não disponíveis em seu local de residência. Há muito tempo o transporte coletivo vem sendo motivo de reclamações na região, e os alunos oferecem e pedem soluções para problemas diários enfrentados por eles. Em julho de 2013, Renan Calheiros (PMDB-AL), apresentou o projeto de lei 248/2013, que garante passe livre para todos os estudantes brasileiros. Para que recolha parte dos recursos dos royalties de petróleo destinados à educação, afim de que sejam usados para subsidiar a gratuidade nas tarifas de transporte público para o educando devidamente matriculados e com freqüência comprovada. A matéria foi anunciada por Renan ainda em julho passado, como resposta às demandas do Movimento Passe Livre (MPL), responsável por iniciar a onda de manifestações em todo o País. Após o assunto ser posto em pauta durante a sessão, os 8 (oito) vereadores que estavam presentes na câmara, se mostram a favor das melhorias no transporte para os estudantes e disseram que irão cobrar severamente dos setores e empresas responsáveis, afim de que se melhore o quadro atual.

OS BURACOS Em uma cidade rica, onde o transporte de cargas e o planejamento logístico são condições fundamentais para a circulação das riquezas e da produção, é inadmissível que não se tape pelo menos os buracos das ruas. O secretário Afonso parece não estar nem ai para essa problemática do município. Quando alguém procura o secretário e consegue ser recebido por ele, o próprio secretário pede que sejam entregues “Ofícios” relatando o assunto. Será que ele não anda em Barcarena? Ele ainda não viu que a situação é critica e que precisa de reparos urgente? TRANSPORTE DOS ESTUDANTES Não é de hoje que se vê os estudantes reclamando sobre os serviços e principalmente os atendimentos oferecidos por algumas empresas que deveriam oferecer um serviço de qualidade aos estudantes universitários. O vereador Luiz Tavares, durante sessão da câmara, frisou a má qualidade no atendimento e no transporte dos estudantes. Quando não é uma coisa é outra, ou não tem veiculo suficiente, ou não tem frota suficiente para estudantes. De qualquer forma, sempre a maioria deles sai lesada com a falta de respeito. OBRA MOCOTÓ O governador do Estado esteve esta semana no município de Barcarena para entregar algumas obras de seu governo. Entre elas o terminal hidroviário de Barcarena, que após muitos e muitos tempos foi entregue a população. Pelo visto essas obras devem ter um valor simbólico muito alto, afinal quase que não eram concluídas. QUEM MANDA LÁ? Ele diz que é o secretario de Saúde, que inclusive foi nomeado pelo próprio prefeito de Barcarena, Antonio Carlos Vilaça. Mas quem realmente da às ordens na secretaria de saúde não é ele não (Quintino) e sim a ex-secretária Eugênia Telles. Por ser amiga do vice prefeito, a palavra de Eugênia vale mais do que a do próprio secretário. Afinal, quem dá as ordens nesta secretaria? ALÔ SECRETÁRIA Estão dizendo por ai que o ex – tesoureiro da Semas andou presenteando alguns de seus amigos. E os presentes foram diversos notebooks comprados em nome da Secretaria Municipal de Assistência Social. Mas se for pra ser assim, até eu presenteio meus amigos. É o fim.


4 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

CIDADE

D

FOTO: TEMPLE COMUNICAÇÃO

FOTO: TEMPLE COMUNICAÇÃO

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE RECEBE REFORÇO PARA CARNAVAL

DONNY SANTHIAGO

FOTO: DIVULGAÇÃO

urante o período de Carnaval é comum os bancos de sangue da cidade sofrerem com baixa no estoque, já que o número de doadores reduzem pela metade e as solicitações de transfusão aumentam. Para contribuir com o abastecimento do estoque durante a folia, o programa Voluntários Albras, da

Alumínio Brasileiro S.A, realizou no último fim de semana a 7ª edição da campanha "Doe Sangue no Banco da Solidariedade. Doe Vida!". O programa mobilizou um grupo de bolsistas da metalúrgica e alguns familiares para participar como doadores. “Essa é uma oportunidade única, eu sempre

tive vontade de doar. Por isso, aproveitei o convite e toda a infraestrutura que o pessoal da Albras ofereceu e vim com minha esposa. Vejo a importância desse ato, pois o sangue que está sobrando em nós não vai fazer falta e pode salvar a vida de uma pessoa”, afirmou o bolsista da área de Redução, José Rodrigo Silva.

As doações foram feitas ao Instituto de Hematologia e Hemoterapia de Belém (IHEBE), um banco de sangue particular que atende os maiores hospitais e maternidades da capital. “Receber essas doações é muito importante para nós, porque vamos poder ajudar mais pessoas através dessas bolsas de sangue. De-

1ª VARA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE DISCIPLINA PARTICIPAÇÃO DE MENORES NO CARNAVAL

DONNY SANTHIAGO

Com a aproximação do Carnaval, a 1ª Vara da Infância e da Juventude disciplina a participação de menores no Carnaval, as Agremiações que não cumprirem as determinações poderão ser impedidas de desfilar. Uma equipe já foi formada para fiscalizar e orientar a participação de menores nos dias de festas. Formada por pedagogo, assistente social, comissário de menores e policiais, a equipe vai funcionar na Passarela do Samba, mas fará ronda em outros locais do Município. A 1ª Vara da Infância e Juventude de Barcarena, divulgou na ultima semana, uma Portaria sobre a participação de menores no Carnaval. O documento, assinado pela juíza titular Alessandra Isadora Vieira Marques, disciplina a entrada e permanência de crianças e adolescentes em bailes carnavalescos e suas participações nos desfiles de Carnaval. A Portaria tem como base alguns dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente, o

ECA. O documento considera que é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente e, ainda, que a criança e o adolescente têm direito à informação, cultura, lazer, esportes, diversões, espetáculos, produtos e serviços que respeitem sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, bem como locais e horários compatíveis com suas faixas etárias. “No período carnavalesco são realizados inúmeros bailes e eventos diversos, com potenciais situações de risco para crianças e adolescentes. Existe, portanto, a necessidade de estabelecer normas específicas com relação à entrada e permanência de crianças e adolescentes nos locais que se realizem bailes carnavalescos e espetáculos congêneres, bem como suas participações nos desfiles de carnaval”, versa a juíza. De acordo com a Portaria, a participação de crianças e adolescentes em escolas de samba, blocos, ligas, bandas e outras agremiações ou brincadeiras organizadas que desfilem em ruas ou passarelas, obedecerá a vários

critérios. Condições Fica expressamente proibida a participação de crianças menores de 12 (doze) anos após as 22h. A participação de crianças menores de 12 anos somente será permitida até as 22h e desde que estejam acompanhadas de perto por seus pais, responsáveis legais (tutor ou guardião), ascendentes (avós) ou parentes colaterais até o 3º grau (irmão maior de idade ou tios), mediante apresentação de documento hábil que comprove o parentesco. A participação de crianças em bailes, blocos e desfiles nas faixas etárias entre 12 e 16 anos de idade incompletos somente será permitida até as 24h e dependerá de Alvará Judicial fornecido pela Vara, que deverá ser requerido por cada agremiação participante. Ainda segundo a Portaria, é permitida a participação de adolescentes maiores de 16 anos de idade em apresentações e desfiles depois de 24h, mediante autorização expressa e escrita dos

pais ou responsáveis legais, ou quando acompanhados de perto por seus pais, responsáveis legais (tutor ou guardião), ascendentes (avós) ou parentes colaterais até o 3º grau (irmão maior ou tios), mediante apresentação de documento hábil que comprove o parentesco. É proibida a permanência, condução e o desfile de crianças ou adolescentes menores de 16 anos em carros alegóricos ou similares, mesmo que acompanhados pelos pais ou responsáveis legais. Os adolescentes maiores de 16 anos de idade somente poderão desfilar em carros alegóricos ou similares mediante Alvará Judicial da Vara, desde que o carro se evidencie seguro, protegido com guarda-corpo, que a altura máxima entre o chão e o piso do local em que se encontre o adolescente não ultrapasse três metros e não traduza mensagens negativas à sua integridade, apologia a crime ou contravenção. A agremiação que não cumprir as determinações judiciais poderá ser impedida de desfilar e ser retirada da passarela no caso de início do desfile.

pendendo da solicitação médica, estimamos que uma bolsa possa salvar pelo menos três vidas, por exemplo, quando é um bebê recém-nascido. De uma doação pode ser feitas transfusões em vários bebês”, contou a assistente social do IHEB, Rosemeire Ribeiro. Para o coordenador do pro-

grama Voluntários Albras, Edson Maciel, essa edição da campanha, além de ajudar, serviu para o programa descobrir novos voluntários. “Foi muito bom ver esse pessoal que tem pouco tempo de empresa se engajar no Voluntários, isso mostra com quem podemos contar futuramente para outras campanhas. Todos ganhamos com esse novo grupo que se forma a partir dessa ação”, afirmou Edson. A campanha de doação para o carnaval do IHEBE segue aberta e para quem quiser doar basta pesar acima de 50 kg, estar alimentado, ter boa saúde, não ter ingerido bebida alcoólica nas ultimas 24h e não fumar 2h antes da doação. “Ao chegar a nosso centro de hemoterapia o doador passa por um cadastro com uma médica e por uma triagem clínica para avaliar se está apto ou não a fazer uma doação. É rápido e seguro”, explicou Rosemeire.

FORMAÇÃO DE LIDERANÇA E NOVOS DESAFIOS MARCAM ENCONTRO DE GESTORES DONNY SANTHIAGO

Criar uma gestão eficiente e uma liderança forte é o desafio de qualquer empresa. Buscando enfrentá-lo, a Alumínio Brasileiro S.A (Albrás) realizou, na última terça-feira (18), em Barcarena, a 4º edição do Fórum de Líderes Albrás. O evento faz parte do calendário anual da empresa e é uma ferramenta constante para o fortalecimento dos gestores, através do debate aberto sobre os principais desafios internos e de mercado. Além de ser uma chance para o alinhamento da equipe, onde resultados e metas são apresentados como forma de incentivo ao melhoramento empresarial. “Um evento desse tipo é necessário ser feito, pelo menos uma vez por ano, pois é a oportunidade de você alinhar toda a liderança e de deixar claros os desafios, as expectativas e o mais importante, dar voz aos empregados. Pois, ouvir é muito fácil, todo mundo consegue, mas quando você está num ambiente que você tem a liberdade de ouvir, de falar e de discutir abertamente, ai você gera compromisso e é isso que essa equipe tem. A Albrás tem uma equipe extremamente compromissada”, afirmou Hélio Truci, diretor presidente da metalúrgica. Este ano o grande desafio foi criar estratégias para alcançar a aspiração de ser uma empresa “Melhor, Maior e Mais Verde”, tema proposto pelo acionista Hydro, no fim do ano passado. “A gente realmente acredita que

é possível crescer, e temos condição de pensar em ser melhor sempre, mesmo que seja o melhor da nossa região, e ser mais verde é obrigatório. Somos a única fábrica de alumínio no mundo dentro da floresta amazônica, então se alguém tem que ser mais verde somos nós e vamos lutar por isso. Esse é um compromisso que nós assumimos como equipe, de não deixar simplesmente uma frase numa projeção, mas sim no nosso coração e na nossa mente”, continuou Hélio. Foi feito, ainda, um balanço sobre as atividades realizadas no ano de 2013, sobre a situação do mercado de alumínio apontando os principais desafios da Albrás para 2014 nas áreas de segurança, gestão, comunicação, engenharia, meio ambiente, entre outras. A novidade este ano ficou por conta da apresentação ter sido feita pelos próprios gerentes das áreas. “No inicio do ano, temos metas muito dispersas, cada área conhece a sua, mas na hora que você precisa fazer a comunicação corporativamente, é necessário que todos conheçam o processo como um todo. Por isso, esse encontro ajuda nessa ligação e nesse 4º Fórum de Lideres. Isso foi mais especial porque quem apresentou os resultados foram os gerentes. Nos anos anteriores nós só participávamos do debate, dessa vez podemos levar nossas equipes e mostrar pessoalmente o que cada um está desenvolvendo”, afirmou Michel Vidal Pena, gerente da área de Redução da Albrás.


5 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

CIDADE MPE APURA SUPOSTO DESVIO DE RECURSOS NA ASSISTÊNCIA SOCIAL

DONNY SANTHIAGO

O Ministério Público Estadual determinou a abertura de inquéritos civis para apurar denúncias de “desvio de finalidade” e irregularidades em licitações de recursos federais que seriam aplicados em projetos sociais em Barcarena. As investigações conduzido pelo MP já estão em andamento, documentos que podem provar o desvio de dinheiro público já está em poder do órgão. Procedimentos administrativos já foram tomados. A conversão dos processos em inquérito foi publicada na semana passada pela assessoria de comunicação da prefeitura de Barcarena (Ascom), Em Barcarena, as denúncias dão conta de que verbas de programas sociais estariam sendo aplicadas fora das prerrogativas contratuais firmadas em convênio, e ainda que estejam sendo desviada parte destes recursos. O prefeito da cidade, Antonio Carlos Vilaça, pediu em nota pública que este impasse seja apurado por órgãos competentes como o MPE, MPF, Polícia Civil e Federal. O MP pediu que o município apresentasse a prestação de contas do período do repasse das verbas. Com o objetivo de preservar a transparência e publicidade dos atos da administração, o prefeito de Barcarena, Antonio Carlos Vilaça, a secretaria de assistência social, Cristina Vilaça, e a secretária-adjunta Maria Lucia Conrado Martins, solicitaram medidas cabíveis em lei. Em toda a historia do município de Barcarena, este foi o primeiro registro de solicitação de investigação e abertura de inquéritos contra desvio de verbas, e recursos já feito pela gestão Municipal. Uma investigação preliminar

constatou irregularidades (adulteração de documentos) na prestação de contas do fundo municipal de Assistência Social referente ao último quadrimestre de 2013. Os responsáveis pelo setor foram imediatamente afastados de suas funções, como informou a Prefeitura municipal. Por determinação do prefeito Antônio Carlos Vilaça, a secretária de Administração de Barcarena, Leila Marques, entregou cópias dos documentos relacionados ás irregularidades identificadas ao MPF, MPE, e Policia Federal. A prefeitura informou, ainda, que tem interesse em esclarecer os fatos e que está colaborando de maneira singular, e que acha necessária a punição dos responsáveis. A investigação está a cargo da promotora de Justiça Dr. Viviane Lobato Sobral Franco, (Defesa dos Direitos do Patrimônio Público e Social da Comarca de Barcarena) que está à frente do caso. Viviane informou que as investigações já foram iniciadas, mas não informou os nomes dos responsáveis e envolvidos no desvio de recursos, por medidas de segurança. “há possibilidades de outras pessoas envolvidas neste caso, mas nós do ministério publico não iremos divulgar detalhes do caso, até que sejam concluídas as investigações, que devem terminar em um prazo de 30 dias”. Disse Viviane, que informou ainda que este prazo para divulgação dos resultados das investigações podem ser prorrogados á um prazo maior se necessário. O procedimento preparatório é um instrumento utilizado pelo Ministério Público quando a representação oferecida traz somente situações genéricas ou insinuações. Por meio dele são realizados esclarecimentos ou apurações preliminares, que, se for o caso, se instaure o inquérito civil.

DONNY SANTHIAGO

Os 49 bolsistas selecionados para o Programa Formação de Operadores (PFO), realizado pela Hydro Alunorte em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) de Barcarena para qualificar mão de obra local, participaram nesta segunda, 17, da cerimônia de abertura do Programa na refinaria de alumina. Os jovens, que são moradores dos municípios de Barcarena e Abaetetuba, farão o curso de Operador de Processo de Transformação de Produtos Químicos e poderão ser contratados futuramente pela empresa. No total, foram 450 inscritos e 5 etapas de processo seletivo. Esta

é a primeira vez que o curso foi ofertado na região em parceria com a Hydro Alunorte. “Nossa expectativa é contribuir com a qualificação desses jovens e cumprir nossa missão de promover a competitividade da indústria”, explicou Lana Cunha, diretora do SENAI de Barcarena. Um dos objetivos principais do Programa é contribuir para a formação de moradores da microrregião onde a empresa está instalada. “Queremos aumentar a empregabilidade destes jovens e deixá-los aptos ao primeiro emprego, seja aqui ou em qualquer outro lugar”, explicou Nilcy Martins, gerente de Recursos Humanos da empresa. “Ao capacitar pessoas estamos investindo também no aumento da competitivi-

dade da operação, e isso beneficia tanto o funcionário como a empresa”, complementou. William Lima, de 26 anos e um dos bolsistas selecionados tem grandes perspectivas na realização do curso. “Observei que a empresa prioriza o crescimento de seus funcionários e isso me motiva a aprender. Amigos que participaram de processos anteriores e que hoje são funcionários me indicaram a fazer o curso. Quando terminar, pretendo investir em um curso de nível superior e seguir carreira na área”, destacou. Gerson Silva, que entrou na refinaria em um programa semelhante e hoje ocupa um cargo de gestão, deixou uma mensagem aos novos bolsistas e futuros operadores. “É importan-

te ter foco, correr atrás do que se quer e nunca parar de estudar. Vejo aqui futuros líderes. O futuro está nas mãos de vocês”, finalizou Gerson. Próximos passos – Após a integração na companhia, os bolsistas receberão treinamentos comportamentais e assistirão aulas teóricas no SENAI. O último passo será a prática supervisionada dentro da refinaria. O curso terá duração de cerca de 7 meses e os bolsistas receberão uma bolsa auxílio, seguro de vida, alimentação custeada pela empresa e vale transporte. Ao final eles entrarão no Banco de Talentos da Hydro Alunorte e serão absorvidos no quadro da empresa conforme abertura de vagas e desempenho demonstrado durante o curso.

Obras do Hospital Materno Infantil é discutida na Assembleia Legislativa FOTO: DONNY SANTHIAGO

FOTO: DONNY SANTHIAGO

FOTO: TEMPLE COMUNICAÇÃO

Programa qualifica jovens de Barcarena

Nota de esclarecimento da prefeitura de Barcarena A prefeitura esclarece à população de Barcarena que o protesto na rodovia da integração, nesta terça-feira, 18, foi praticado por um grupo de motociclistas contrários à fiscalização do Demutran no município. Em dois dias de operação na cidade, o Demutran apreendeu nove veículos usados para o transporte de passageiros em situação irregular: condutores sem habilitação, motos com licenciamento vencido e com excesso de passageiros. No final do ano passado, quando o prefeito, a pedido da própria categoria, regulamentou a Lei do Mototáxi em Barcarena, a prefeitura deu 90 dias para que todos se adequassem às normas estabelecidas pela legislação. Vale ressaltar que todas as medidas foram tomadas, depois de serem amplamente discutidas pelas associações e até pela Câmara dos Vereadores, para garantir um transporte seguro e de qualidade à população. Cerca de 300 mototaxistas, devidamente documentados, receberam alvará para prestar o serviço no município. Esses profissionais, legalmente habilitados, hoje cobram do poder público o cumprimento da lei. Por isso, em respeito aos trabalhadores que levam a sério a profissão de mototaxista, pela segurança do usuário, e em cumprimento à lei, a prefeitura vai manter as fiscalizações do serviço em Barcarena. Lamentamos que um grupo pequeno de motociclistas, que ainda andar na ilegalidade, não compreenda a importância de ter no município um transporte seguro e organizado. Esperamos que o bom senso prevaleça. Prefeitura de Barcarena

DONNY SANTHIAGO

Durante plenário na Assembléia Legislativa de Belém na última semana, o Deputado Carlos Bordalo (PT) solicitou, por meio de requerimento, informações a respeito das obras do hospital materno infantil que está sendo construído no município de Barcarena. Os Moradores da cidade denunciaram ao deputado que as obras estariam paradas. “Durante o recesso parlamentar, fiz várias viagens pelo interior e lá pude ouvir a população sobre vários temas. E entre as reclamações que chegaram a mim, estava a de que o hospital está parado, o que é muito grave”, contou o Deputado ao apresentar o requerimento que, se aprovado na AL, será enviado para a Secretaria de Obras Públicas (Seob) e Secretaria de Saúde. “O assunto é grave. O hospital em Barcarena poderia receber pacientes de toda essa região da área do rio Pará. É a falta de vagas nos municípios que acaba sobrecarregando o atendimento

em Belém. Temos informações de que a Santa Casa, mal foi inaugurada, já tem leitos nos corredores”, afirmou o deputado. O hospital materno infantil de Barcarena atenderia a uma população de quase 400 mil pessoas incluindo pacientes do próprio município e das cidades vizinhas. De acordo com a Constituição do Estado, o executivo tem 30 dias para responder ao requerimento. O prazo passa a contar a partir de sua aprovação em plenário. Caso o Estado não responda ao questionamento ou repasse informações que se revelem falsas, os gestores poderão responder por crime de responsabilidade. A resposta ao questionamento do deputado deve ser enviada à prefeitura e à câmara municipal de Barcarena e ainda ao Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, além da Associação de Mulheres. A Secretaria de Comunicação do governo negou que as obras estejam paralisadas e Informou que o canteiro está a pleno vapor com cerca de 40 homens trabalhando. O governo informou ainda que até agosto deste ano a obra deverá estar concluída.


6 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

Para, Brasil ACONTECE

AGÊNCIA PARÁ DE NOTÍCIAS

Para aquele que não gosta do nome com o qual foi batizado, mudá-lo não é uma tarefa assim tão fácil. A Defensoria Pública do Pará disponibiliza o serviço de mudança e retificação de nomes próprios, através do Núcleo de Atendimento Referencial (NARE), mas a quantidade de documentos necessários para a efetivação do processo tem, infelizmente, motivado a desistência de alguns assistidos. O nome de uma pessoa tem abrangente proteção do Judiciário e, por isso, tende a ser imutável. Mas este princípio pode ser alterado dependendo dos casos apresentados à Justiça. Apesar de trabalhosos, os processos de mudança ou retificações de nomes são situações frequentes e a Defensoria chega a receber, em média, duas solicitações mensais para o procedimento. O grau de dificuldade diante da obtenção de alguns desses documentos é um fator que tem prejudicado a demanda de assistidos em busca do serviço. “Por tratar-se de documentos não tão usuais pedidos pelo Fórum Cível, como as certidões negativas no Cartório de Protesto, normalmente as pessoas acabam desistindo da troca”, afirmou a Defensora Pública e Coordenadora do

Núcleo de Atendimento Referencial, Neide Lima. O procedimento para a execução da mudança realizada pelo NARE se divide em três etapas. Na primeira, o interessado deve entrar em contato com a Defensoria através do telefone 129 e, nesta ligação, receberá todas as informações sobre os documentos necessários para a mudança ou retificação. O próprio 129 agendará o atendimento presencial. Com os dados em mãos e o atendimento previamente agendado, o cidadão pode se dirigir até o edifício-sede da instituição, onde o processo será iniciado. A partir daí, a Defensoria faz a instrução do processo e encaminha a solicitação para a Justiça, que analisará o pedido, decidindo ou não pela mudança. A Defensora Neide Lima ressalta que a alteração só é efetuada se houver provas concretas e testemunhais de que o nome alvo da demanda judicial causa ou causou constrangimento ao portador. Além da mudança de nome próprio, a Defensoria realiza a correção de gênero e retificações extra-judiciais nos documentos. Um exemplo citado pela coordenadora do NARE é a situação de nomes considerados unissex, tais como Lindomar, Darci, e outros. Para este tipo de correção é solicitado um laudo ginecológico ou

urológico que comprove o sexo, e ainda uma extensa lista de documentos. Em um caso recente de alteração da grafia, um assistido requereu a correção de Oshito para Washington. Já os casos extra-judiciais de retificação de nome (aqueles que não precisam ser ajuizados) só ocorrem nas situações em que pequenos erros de grafia foram incorporados ao documento do cidadão. Caso a pessoa seja menor de idade, a presença do responsável é indispensável. O NARE e o Disk Defensoria - 129 atendem a população de segunda a sexta-feira, de 8 às 14 horas. Os interessados que residem em outros municípios do Estado ou possuem dificuldades de ir até a sede podem contar com o serviço nos mutirões realizados pela Defensoria e podem também procurar nas regionais. Os documentos, todos originais, necessários para a solicitação de mudança ou retificações de nomes são: RG; CPF; Título de Eleitor; Comprovante de Residência; Comprovante de Certidões Negativas no Cartório de Protesto; Comprovante de Certidões Negativa na Justiça Militar; Comprovante de Certidões Negativas na Justiça Civil e declaração de testemunhas que comprovem o constrangimento pelo uso do nome.

Lei antifumo de Belém é inconstitucional JULLY ROCHA

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará nesta última quarta feira ,19, derrubou a lei municipal que proibia o fumo em local de uso coletivo. Os desembargadores declararam a Lei Municipal 8713 de 2009 inconstitucional, ou seja, fumar em lugares públicos está liberado. Mais desde que estes estabelecimentos possuam arejamento. De acordo com Antonio Alberto Taveira, secretario municipal de Assuntos Jurídicos, o uso de cigarros, charutos, cachimbos, cigarrilhas, ou qualquer outro produto similar, derivado ou não do tabaco, em espaço coletivo público, fechado ou privado, continua vedado. Pois a decisão atinge apenas a lei municipal sem qualquer abrangência quanto à lei federal antifumo - 9294 de 1996, que regulamenta o uso do

cigarro em ambientes fechados A Lei Municipal 8713 de 2009 diz que fica proibido fumar em recintos de uso coletivo: ambientes de trabalho, de estudo, de cultura, de culto religioso, de lazer, de esporte e de entretenimento;as áreas comuns de condomínios; casas de espetáculos, teatros, cinemas, bares, lanchonetes, boates, restaurantes e praças de alimentação; auditórios, salas de música, de palestras, convenções, congressos e conferências; hotéis e pousadas;bancos e similares; lojas comerciais, magazines e "shopping centers"; supermercados, mercearias, lojas de conveniência, açougues, padarias, farmácias e drogarias; repartições públicas e instituições de saúde; escolas, museus, bibliotecas, espaços de exposições, parques zoobotânicos, galerias de arte, ginásios públicos e banheiros públicos e privados; barbearias e sa-

lões de embelezamento e estética; veículos públicos ou privados de transporte coletivo, viaturas oficiais de qualquer espécie e táxis; embarcações aquáticas de qualquer natureza. Ainda de acordo com o titular da Semaj, na forma do art. 9º, § 4 o da Lei Federal nº9.294/2006 com as suas alterações, continua sendo de competência do Departamento de Vigilância Sanitária do Município a fiscalização e sanção dos estabelecimentos que descumprirem a proibição, tendo em vista a preservação da saúde pública. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o fumo é responsável por 84% das mortes por câncer de pulmão, podendo aumentar as chances de câncer na boca, laringe, faringe, esôfago, fígado, pâncreas, rins, colo de útero, intestino e mama.

SENADO NÃO REDUZ MAIORIDADEPENAL PARA CRIME HEDIONDO JULLY ROCHA

N

esta quarta-feira (19) durante a sessão, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que busca reduzir para 16 anos a maioridade penal em casos de crimes hediondos, tortura, terrorismo e tráfico de drogas foi rejeitada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ). A PEC foi rejeitada na comissão por oito votos a 11. Na proposta se ler que será al-

terada de 18 para 16 anos a idade mínima para a responsabilização penal nos crimes de trafico de drogas, terrorismo, crimes hediondos e tortura, latrocínioroubo seguido de morte, extorsão com morte ou mediante a sequestro ou estupro e homicídios praticados por grupo de extermínio. Ainda na proposta será validado os casos de múltipla residência nos crimes de lesão corporal grave ou roubo qualificado. A penalização dos jovens deveria ser proposta exclusiva do

Ministério Público e julgada apenas por juiz especializado em questões de infância e adolescência Durante a sessão não houve consenso entre todos os senadores aliados ao governo. O líder do PT, Humberto Costa (PE), por exemplo, orientou os parlamentares do partido a votar contra a proposta, o que foi seguido, pela senadora e ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT-PR). Já o líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), fez encaminha-

Tarifas de fixo para celular cairão 13%

FOTO: DIVULGAÇÃO

DEFENSORIA OFERECE ATENDIMENTO PARA QUEM PRECISA ALTERAR NOME PRÓPRIO

JULLY ROCHA

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou nesta semana que reduzirá as tarifas nas ligações de telefones fixo para telefones moveis. As tarifas, tanto, para ligações locais e interurbanas de telefone fixo para celular vão cair, em média, 13%. A data prevista para validá a redução nas ligações é a partir de março. Segundo a Anatel a mudança nos preços decorre da redução das tarifas de remuneração das redes móveis, que vem sendo conduzida pela agência. Ainda de acordo com a Agência, a proposta se deu no fim do ano passado, a Anatel já havia determinado que os valores de referência do Valor de Uso de Rede Móvel (VU-M) teriam uma redução de 25%. Com o reajuste o preço médio das ligações locais de fixo para móvel cairá de R$ 0,45 (quarenta e cinco centavos) para R$ 0,39 (trinta e nove centavos). Diferente, o preço médio das chamadas interurbanas de fixo para celular, como DDD começando com o mesmo dígito passará de R$ 0,93 centavos para R$ 0,80 (oitenta centavos). A Anatel informou que as demais ligações interurbanas entre o telefone convencional e o celular também terão as tarifas reduzidas de R$ 1,05 (um real e cinco centavos) para R$ 0,92 (noventa e dois centavos)

mento favorável. Colega de partido, Eduardo Braga (AM), porém, votou contra a proposta. Braga é líder do governo na Casa. O LIDER DO PSDB no Senado e também autor da PEC Aloysio Nunes disse que houve "incompreensão" dos colegas sobre o alcance da proposta. "Eu não estou propondo redução pura e simples da maioridade. Somente em casos excepcionais, quando o adolescente cometa crime hediondo, o juiz da infância e da adolescência pode aplicar a lei penal", ressaltou.

Engano, mentira, fofoca

Enganar-se é algo extremamente comum entre pessoas normais, quer dizer, basta ser um ente humano para se saber que estará sujeito ao engano. Refiro-me ao engano como ato ou compreensão equivocada pelo acaso, desde que não haja intenção ou negligência. Explico. Você se engana, achando que uma coisa ou ser fosse exatamente de um jeito, pois era assim que tinha visto ou entendido a coisa ou ser anteriormente; de igual modo, ao praticar um ato para alguém ou com alguém, tenha provocado algum dano e se as consequências desse ato não nasceram da consciência maléfica, então você não quis de forma alguma enganar; e ainda, você não sabia que alguém teria prejuízo sob determinada ação sua, mas, no entanto, deixou de avaliar bem a situação, se inteirar das possíveis consequências negativas para a outra pessoa, então houve negligência, omissão da sua parte. Nesse caso você enganou. Dois casos podem ilustrar essa questão do engano como má ação ética. “Uma pessoa apresenta o motor de um veículo para vender, a aparência do objeto é perfeita, suas peças limpas, reluzentes dão o indicativo de que tudo está nos conformes. O vendedor faz até um teste onde a máquina de fato funciona. A venda se concretiza e o novo dono leva para casa um motor que havia caído na água e possivelmente, mais cedo ou mais tarde, dará problema”. Aqui temos o engano de forma direta, pois uma informação necessária ficou de fora conscientemente para se obter lucro financeiro. “Alguém recebe uma informação importante para o crescimento da sua atividade profissional, obtém vantagem passando tal informação adiante para outras pessoas que também dependem dessa notícia. Como funciona o que lhe fora repassado, deixa de checar possíveis consequências danosas do que lhe fora transmitido. A informação que lhe serviu e que lhe trouxera vantagem provoca danos para os outros que a receberam das suas mãos.” Houve engano por negligência, uma vez que alguémdeixou de lado a busca por maiores detalhes da validade do que tinha em mãos. Mentir é bem menos sutil do que o engano por intenção ou por acidente. A mentira nasce decisivamente sob o comando de alguém, surge exclusivamente com o intuito de dar existência fraudulenta a algo ou alguma coisa que jamais existirá ou existiu daquela forma. Para alguns a mentira é um recurso apropriado para pegar vantagem sobre determinada pessoa ou grupo de pessoas, assim como sobre instituições. Ela se opõe à evidência, vai de encontro aquilo que fatos e ideias claras e logicamente encadeadas sustentam. A mentira atende uma infinidade de motivos, seja para encobrir traições amorosas, incompetências em vários campos da atividade humana, seja para manter uma situação que desabaria conforme a verdade aparecesse, etc. Mentir é algo da maléfica personalidade humana que abrange casos variados e muito comuns, não sendo necessário exemplificar aqui. No entanto, uma das formas da mentira, que também não deixa de ser comum, mas ao mesmo tempo especial, é interessantíssima e muito apreciada, abrangendo um uso bastante extenso, percorrendo várias classes sociais, credos, raças. Refiro-me à fofoca. A fofoca é a mentira sutil, é uma verdade deformada para atender um propósito maligno, pernicioso com o intuito de denegrir a imagem de alguém, arruinar sua vivência em sociedade. Enquanto a mentira de modo geral já nasce sob o espectro do vazio completo da verdade, a fofoca se sustenta num fundo de verdade, ela parte de uma evidência fatual ou logicamente formulada para, logo em seguida, ganhar uma roupagem, uma vestimenta que rouba a cena, escandaliza as pessoas, se dissemina como um vírus e torna a vida do seu alvo num inferno. Sim, seu intuito é, maliciosamente, acrescentar a mentira numa verdade e perverte-la, ao ponto de não se perceber mais a verdade original como ela era. Um exemplo de fofoca atual: “Recentemente, em determinado bairro de Barcarena, alguns casos de Toxoplasmose foram detectados, especificamente em quatro pessoas. Como tais casos chegaram para análise ao Instituto Evandro Chagas, a instituição fez seu trabalho, quis pesquisar qual a fonte desses casos, principalmente por se tratar de uma doença que nem deveria preocupar mais às pessoas, se o controle sanitário do município funcionasse corretamente. No entanto, começou uma rede de fofocas na cidade, iniciada não se sabe por quem, e apontaram o dedo para um pequeno comércio de açaí como causa do surto. Pronto, o mal estava feito, o comércio fechou porque foi anunciado nos quatro cantos, sem provas, que era ali a fonte da doença!” Como já falei, a fofoca tem um fundo de verdade. Nesse caso a verdade é o fato de que os casos da doença ocorreram próximos ao comércio de açaí, além de que a transmissão também se dá, entre outras coisas, pela água. Entretanto, dos mais de oito comércios de açaí próximos desses mesmos casos da doença, por que premiaram somente aquele como sendo a fonte? Mal-entendido? Será? Coisas humanas, demasiadamente humanas!


7 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

e Mundo

JULLY ROCHA

O pesquisador que coordena o projeto da vacina contra o HIV, Edecio Cunha Neto anunciou nesta semana que a vacina deverá ser testada em humanos no prazo de três anos. A vacina foi desenvolvida pela Faculdade de Medicina de São Paulo – USP De acordo com pesquisador primeiramente foi realizado, neste período, o estudo em macacos para assim obter mais segurança. Dos quatros macacos em testes um apenas apresentou resposta pior. E aquele que apresentou

resposta positiva mostrou intensidade dez vezes maior. As respostas estimularam a continuidade da pesquisa garantiu o coordenador. Em macacos o período de estudo é de vinte meses a dois anos e em seguida será realizado estudo em humanos, onde será avaliado se a vacina é eficaz em absoluto na resposta para a imunidade. “A maior parte das vacinas experimentais hoje, em teste contra HIV, tanto em nível experimental, quanto em nível de teste em humanos, usa as proteínas inteiras do HIV A vacina foi desenvolvida em

parceria com o Instituto Butantan. De acordo com os pesquisadores a vacina já foi testada, obtendo sucesso, em camundongos e em quatro macacos rhesus. O resultado alcançado com os primatas surpreendeu os pesquisadores. “Fizemos esse teste piloto com um pequeno número de animais, com metodologia de vacinação que a gente imaginava que iria dar certo ou uma intensidade de resposta semelhante ou até menor do que a gente viu em camundongos. E a nossa surpresa foi que a resposta foi muito maior”, destacou Edecio.

Papa pede às famílias do mundo inteiro apoio espiritual FOTO: DIVULGAÇÃO

FOTO: DIVULGAÇÃO

Vacina contra HIV será testada

ACONTECE

O Papa Francisco pediu nesta terça-feira (25) em uma carta para as famílias de todo o mundo o seu apoio através da oração, ao passo que várias assembleias de bispos estão previstas para "enfrentar as novas emergências" da família moderna. Na carta, o Papa voltou a expressar a grande importância que atribui ao que será discutido e decidido sobre a família nos próximos meses, principalmente durante o próximo Sínodo de

outubro. E ressalta que ele e os bispos precisam fortemente do apoio dos fieis neste caminho muito delicado. Francisco não deu nenhuma indicação sobre as futuras orientações para os trabalhos, que devem incidir especialmente na questão da admissão à Eucaristia dos divorciados que se casaram novamente e mais geralmente na ruptura conjugal e divórcios, cujo número explode no Ocidente.

"Eu estou no limiar de sua casa (....) Hoje a Igreja é chamada a anunciar o Evangelho e a enfrentar novas emergências pastorais que afetam a família", disse ele. "Este importante encontro envolve todo o Povo de Deus, bispos, sacerdotes, pessoas consagradas e fiéis leigos das Igrejas particulares, que estão ativamente envolvidos em sua preparação, com sugestões concretas e com o apoio indispensável da oração", prosseguiu o Papa. O Vaticano enviou um questionário às dioceses sobre temas tabus (coabitação, divórcio, homossexualidade). As respostas recebidas refletem a grande lacuna no Ocidente entre a doutrina e a prática diária dos católicos. O que tem preocupado muito os cardiais. "Queridas famílias, esta Assembleia sinodal é dedicada a vocês de uma maneira especial, à sua vocação e sua missão na Igreja e na sociedade, aos problemas do casamento, da vida familiar, da educação dos filhos, e do papel das famílias na missão da Igreja. Portanto, peço que orem intensamente ao Espírito Santo, para que ele ilumine os Padres sinodais e oriente-os em sua tarefa exigente" acrescentou.


8 Barcarena-Pa, de 01 a 07 de Março de 2014

POLICIA

MORTE DE MOTOTAXISTA GERA PROTESTOS Polícial tem casa assaltada FOTO: TEMPLE COMUNICAÇÃO

JULLY ROCHA

No último dia 16 por volta das 21h30 um criminosos conhecido da policia foi apresentado na delegacia de Barcarena. Cleiton Nunes, conhecido como MACACO, ou CARA DE MACACO foi preso em flagrante. Dessa vez, a vitima era um policial que logo conseguiu captura o assaltante. Segundo a vitima o criminoso havia arrombado a porta de sua casa e teria furtado dinheiro e alguns objetos.

No outro dia, após o assalto, o policial estava trabalhando em uma viatura quando avistou o criminoso em uma rodada de amigos. Macaco estava com alguns pertences da vitima em uma sacola, recuperados os objetos do furto o policia encaminhou o acusado para a delegacia local onde registrou um boletim de ocorrência. Na delegacia o criminoso confessou ter cometido outros assaltos na região.

A casa caiu para mais 03 traficantes de Barcarena JULLY ROCHA

No último dia 19 por volta das 15h00 a policia conseguiu tirar das ruas do município de Barcarena mais três traficantes. A apreensão se deu após uma denúncia anônima. A boca de fumo ficava em uma casa abandonada. Julio Barbosa da Cruz, 21 anos, Ronilson Tavares de Lima, 23 anos e Gedson Mario da Silva Massena, 31 anos foram os traficantes apreendidos. Os três foram autuados em

DONNY SANTHIAGO

A execução do mototaxista conhecido como “Japonesinho”, ocorrida na noite da ultima terça-feira (25), está envolta em mistério que só as investigações da polícia poderão esclarecer. Nada foi roubado da vítima e, pelas características da morte do mototaxista de Barcarena, foi algo planejado com antecedência. No dia seguinte após o enterro de Japoneszinho, os mototaxistas do município chegaram a protestar fechando o trânsito e bloqueando o acesso na rodovia da integração. O crime, segundo a Policia Militar, ocorreu quando “Japonesinho”, como era mais conhecido, estava realizando uma corrida. Às proximidades, chegou outro homem numa moto e ambos teriam tido uma discussão. Nesse momento, o outro homem, que estaria armado, se aproximou de Japoneszinho e atirou contra ele. O assassino, ainda desconhecido, que discutia com o mototaxista assassinado subiu na moto e empreendeu fuga. Ele estaria sem nenhum tipo de disfarce e usava apenas um capacete quando fugiu do local apressadamente. Japonesinho morreu no local, sem que houvesse tempo para socorrê-lo. PROTESTO Após a morte de “Japonesinho”, amigos da vítima passaram a protestar contra o crime brutal. A maioria eram motota-

xistas que conheciam a vítima. Eles bloquearam a ponte sobre o rio São Francisco, na Rodovia da Integração em Barcarena, onde eles atearam fogo e bloquearam totalmente os acessos pela rodovia. Somente a noite é que o transito foi normalizado. O caso está sob investigação e o delegado preferiu não repassar maiores informações para não atrapalhar o andamento do trabalho da polícia. “Várias hipóteses estão sendo apuradas”, resumiu o delegado. Um dos policiais que investigam o caso adiantou que outros mototaxistas teriam encomendado a morte de Japonesinho. VELÓRIO No final da manhã de quarta-feira (26), após o velório do companheiro, vários mototaxistas das associações existentes em Barcarena foram ás Ruas para protestarem. Conforme disse o presidente da Federação dos Mototaxistas, os motivos do crime ainda estão sendo investigados pela polícia. Porém, ele alega que a vítima, pelo cargo e liderança que ocupava, corria riscos, já que todos lutavam para que mototaxistas que trabalhavam de maneira clandestina fossem retirados do serviço no município. Por conta disto, seus colegas acreditam que ele foi assassinado. “Ele era um cara público, ganhava amigos e inimigos todos os dias”, afirmou o presidente. “Japonesinho” foi assassina-

do na rodovia de acesso a vila do conde e vila dos cabanos, o corpo dele foi localizado na estradinha por um morador da área . O local que o corpo foi encontrado fica próximo ao grupamento do Corpo de Bombeiros em Vila dos Cabanos. Os colegas da vítima não acreditam em assalto já que nada foi roubado. O crime foi registrado na Seccional de vila dos cabanos, mas até o fim da tarde da ultima quarta-feira (26) a polícia não tinha nenhuma informação a respeito do paradeiro dos acusados.

flagrante sob o crime de trafico de entorpecentes. Os traficantes estavam comercializando a droga em um barraco localizado no Bairro Novo. Na apreensão a policia encontrou 48 trouxas de substancia semelhantes a maconha e 74 papelotes de pasta base de cocaína. A abordagem policial foi realizada pelo cap Heyder e Sd Robson. Os criminosos foram apresentados na delegacia e ficarão a disposição da justiça.

Homem é preso revendendo cocaína e maconha DONNY SANTHIAGO

Flagrado na manhã do ultimo dia (19) de fevereiro, com diversos malotes de drogas, o homem identificado como, Robson Rodrigues Lobato, de 32 anos, foi conduzido preso para a delegacia da polícia Militar, localizada no Complexo Policial de Barcarena. Segundo informações, o jovem foi flagrado durante uma abordagem de rotina, efetuada pela guarnição da PM, no município. Com ele os policiais encontraram a posse de setenta e duas (72) petecas de droga ilícita, cocaína. E ainda 40 cartuchos de maconha, e uma quantia de 20 reais em dinheiro. Segundo a guarnição, cada trouxa do "produto" pode ser vendida nos valores que variam de R$5,00 até R$ 50,00 (cinqüenta reais). O acusado foi flagranteado pelo crime de tráfico de drogas e está a disposição das autoridades competentes.

Após agredir a própria esposa, marido é preso DONNY SANTHIAGO

A Polícia Militar da Vila dos Cabanos registrou na ultima semana mais um crime de violência doméstica. O delegado responsável pelo caso relatou que a vítima foi agredida violentamente pelo acusado, que é seu esposo, que agrediu a mesma com vários socos e ponta pés. A vítima sofreu algumas Lesões corporais e foi encaminhada ao hospital. O agressor foi preso algumas

horas após o registro da ocorrência, em depoimento ele disse aos policiais que havia perdido a cabeça durante uma discussão, vindo a agredir sua esposa. Devido à agressão o homem pode responder o processo preso, se acaso for condenado. De acordo com o delegado esses casos de violência doméstica tem se tornado cada vez mais comuns no Município. No entendimento dos ministros, os crimes de violência contra a mulher são considerados de maior potencial ofensivo e, por-

tanto, as condenações não podem ser substituídas por medidas alternativas e, mesmo que o réu não responda a outro processo, as condenações com pena inferior a um ano também não podem deixar de ser aplicadas. Os ministros apontaram ainda que a violência contra a mulher é grave, pois não se limita apenas ao aspecto físico, mas também ao seu estado psíquico e emocional, que ficam gravemente abalados quando ela é vítima de violência, com conseqüências muitas vezes indeléveis.

MAIS PROTESTOS Os mototaxistas prometem realizar ainda mais protestos no município até que sejam efetuados melhorias na segurança pública. Eles saíram nos veículos de trabalho pelas ruas da cidade para chamar atenção das autoridades dos perigos que eles enfrentam e ao mesmo tempo pedirem concessão do aluguel das motos. A associação havia programado para esta semana ir ao Ministério Público para solicitar ajuda na tentativa de regulamentação de alguns trabalhadores ainda em situação irregular. Mas em função da morte do companheiro o evento foi cancelado. Durante o velório de Japonesinho a revolta era grande. “Ele fazia o papel da polícia. Quando roubavam a moto de algum de nós, ele se empenhava, e se preciso, até ia atrás para recuperá-la”, disse um dos amigos que prefere não ter o nome divulgado.

DENÚNCIAS 91 8889-9932 91 8413-8705

Jornal A Província Regional. Caderno 1.  

De 22 a 28 de FEV de 2014. Ano 2, Edição 61.

Advertisement