Page 1

Ano XI, Número 42

Fevereiro/2012

Foto: Marcelo Silveira

HRA abre a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue Reflexão:

Dezembro/2009

CONSTRUA COM SABEDORIA

Pág. 2

Laboratório do HRA investe em capacitação Pág. 2

Jogos Regionais: HRA Leva Mais Um Título e é a Bola Da Vez

Pág. 6

NEESMT-RH realiza treinamento de resíduos de serviço de saúde Pág. 6

Espaço Saúde como tratar conjuntivite Pág. 5

Os diretores dos Núcleos de Hematologia e Marketing se uniram para organizar a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue, de 21 a 25 de novembro, que teve a abertura solene dia 21, às 9h00, no Hemonúcleo. Pág. 3 Pacientes do HRA recebem presentes do Papai Noel

Conheça o meu setor NAC Núcleo de Atendimento ao Cliente Com funcionários treinados e com o objetivo de lhe ajudar, o NAC Núcleo de Atendimento ao Cliente desenvolve projetos de acolhimento aos usuários, através da recepção, orientação e encaminhamento da população aos serviços oferecidos pela instituição.

Pág. 4

Pág. 8

Descobriu quem sou eu? Veja o resultado

Pág. 8


2 REFLEXÃO CONSTRUA COM SABEDORIA

REFORMA ORTOGRÁFICA A reforma mudou a cara das palavras

Valtair Freitas

Um velho carpinteiro estava pronto para se aposentar. Ele informou ao chefe seu desejo de sair da indústria de construção e passar mais tempo com sua família. Ele ainda disse que sentiria falta do salário, mas realmente queria se aposentar. A empresa não seria muito afetada pela saída do carpinteiro, mas o chefe estava triste em ver um bom funcionário partindo e ele pediu ao carpinteiro para trabalhar em mais um projeto como um favor. O carpinteiro concordou, mas era fácil ver que ele não estava entusiasmado com a idéia. Ele prosseguiu fazendo um trabalho de segunda qualidade e usando materiais inadequados. Foi uma maneira negativa dele terminar sua carreira. Quando o carpinteiro acabou, o chefe veio fazer a inspeção da casa. E depois ele deu a chave da casa para o carpinteiro e disse: "Essa é sua casa. Ela é o meu presente para você". O carpinteiro ficou muito surpreso. Que pena! Se ele soubesse que ele estava construindo sua própria casa, ele teria feito tudo diferente. O mesmo acontece conosco. Nós construímos nossa vida, um dia de cada vez e muitas vezes fazendo menos que o melhor possível na construção. Depois com surpresa nós descobrimos que nós precisamos viver na casa que nós construímos. Se nós pudéssemos fazer tudo de novo, faríamos tudo diferente. Mas não podemos voltar atrás. Você é o carpinteiro. Todo dia você martela pregos, ajusta tábuas e constrói paredes. Alguém disse que "A vida é um projeto que você mesmo constrói". Suas atitudes e escolhas de hoje estão construindo a "casa" que você vai morar amanhã.

Quem fica parado é poste? É. Como não é poste, a língua se move. O século passado trouxe várias reformas ortográficas. Graças a elas, pharmarcia deixou o PH, govêrno perdeu o chapéu e cafézinho abandonou o grampinho. A partir de janeiro de 2013, nos concursos, vestibulares e correspondências, só a nova grafia terá vez. Apenas 0,5% do português do Brasil sofreu mudanças, que atingem quatro itens.O primeiro: inclui as letras K,W,Y no alfabeto. Nosso abecedário passa a ter 26 letras. Na verdade, essas letras já apareciam em nomes, abreviaturas (kg, km, Wilson, Walter). Continuam intactas, porém, as palavras estrangeiras e derivadas. Ex: Müller, mülleriano. Afinal, podemos mudar a nossa língua, não a dos outros.O Segundo: manda o trema azucrinar a paciência de outra freguesia. Na língua de Camões, Pessoa e Guimarães Rosa, o sinalzinho não tem mais vez. Antes: freqüência, eqüidade.Agora: frequência, equidade.O terceiro: cassa acentos agudos e circunflexos. Só as paroxítonas sofrem alteração. Antes: heróico, tireóide, vôo, vêem, averigúe, bocaiúva. Agora: heroico, tireoide, voo, veem, averigue, bocaiuva.O quarto: altera regras do emprego do hífen. Antes: auto-estrada, microondas, antisocial, anti-semita, contra-regra. Agora: autoestrada, micro-ondas, antissocial, antissemita, contrarregra. O hífen é traiçoeiro. Com ele, a melhor receita é a consulta.A reforma só altera a grafia das palavras. Pronúncia, regência e concordâncias não foram sequer arranhadas. Obra consultada: Squarisi, Dad. Superdicas de Ortografia: conforme o VOLP. Saraiva, 2009. Adilson Oberleitner- banco de sangue

Construa com Sabedoria! Do livro: "Nos Laços do Calvário”

Laboratório do HRA investe em capacitação

INFORMATIVO HRA É uma publicação do Hospital Regional de Assis Diretor Técnico de Departamento de Saúde: Dr. Roberto Guzzardi Fotos: Marcelo Silveira Diagramação: Marcelo Silveira Reportagens: Rosangela Mega NAC - Núcleo de Atendimento ao Cliente Marcelo Silveira Vera Lúcia Piovesani Fábio Luís Manfio Núcleos do HRA Hospital Regional de Assis Praça Dr. Symphronio Alves dos Santos, s/n - Centro Cep: 19814-015 - Assis SP Fone: (18) 3302-6000 E-Mail: hospitalregionalassis@gmail.com Tiragem - 800 Exemplares - Distribuição gratuita

pela empresa Hemogran (comodatária de equipamento de automação em Hematologia) nos dias 30/08, 31/08 e 01/09/2011, onde os funcionários revisaram os procedimentos de manuseio do equipamento, bem como o esclarecimento de todos os recursos para a realização do hemograma. A ação educacional também atinge o público externo. Em setembro, oferecemos um treinamento com o tema “Triagem em Proteinúria e Glicosúria em Gestantes“ para os funcionários das unidades básicas de saúde dos municípios pertencentes a nossa região, para implantação do Protocolo da Secretaria de Estado da Saúde. Foto: Marcelo Silveira

O Laboratório têm buscado constantemente a qualidade na execução de seus serviços e para isso investe no treinamento e aprimoramento de seus funcionários. No ano de 2011 os profissionais já estiveram presentes em Cursos de aperfeiçoamento na USP (Bacteriologia) e no Congresso Brasileiro de Análises Clínicas. Os treinamentos internos também são nossa prioridade na obtenção da excelência em análises clínicas e o mais recente foi o realizado


3

Foto: Marcelo Silveira

Os diretores dos Núcleos de Hematologia e Marketing se uniram para organizar a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue, de 21 a 25 de novembro, que teve a abertura solene dia 21, às 9h00, no Hemonúcleo. A abertura contou com a parceria da empresa Entringer, que trouxe 10 funcionários para doação e patrocinou e 500 botons para ser entregue aos doadores de sangue. A Diretora Executiva da Entringer, Carolina Entringer Gava, esteve presente na abertura da Semana e fez a entrega do primeiro boton, que foi colocado na lapela de Ana Cláudia Correa - Gerente de Apoio Diagnóstico Terapêutico, que representava o HRA. A equipe de captação, juntamente com a Diretora do Hemonúcleo, Nivia Maria Ortiz Paludetto, e a Coordenadora de Marketing, Vera Lúcia Piovesani, se uniram e organizaram uma manhã cívica de saúde, cultura e arte, ao som do artista assisense Santarém e sua filha Isadora, que abrilhantaram a todos os presentes ao som de voz e violão. Um café da manhã especial, cedido pelo Grupo Rede Avenida, foi servido e também houve a distribuição de amostras de perfumes, oferecidos pela Lacqua di Fiori. A equipe do Hemonúcleo espera que o sucesso da abertura da Semana se repita todos os dias e se prolongue no próximo ano.

Foto: Marcelo Silveira

HRA abre a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue

SEJA UM DOADOR VOLUNTÁRIO! CONDIÇÕES BÁSICAS PARA DOAR Sentir-se bem, com saúde. Apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo território nacional (RG). Ter entre 16 e 67 anos de idade. Ter peso acima de 50 kg. Nunca vá doar sangue em jejum. Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior à doação. Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores. Evitar fumar por pelo menos 1 hora antes da doação. Melhores informações: http://www.hra.famema.br/bancosangue

Praça Dr. Symphrônio Alves dos Santos, s/n Fone: (18) 3302-6025 Atendimento: de segunda a sexta-feira das 7h00 às 12h00


4

(NAC) - NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE “Atendimento Acolhedor não é uma técnica a ser implantada, mas uma postura a ser cultivada....”

Equipe Recepção

Recepção

verdadeiro ser humano e uma pessoa muito feliz. Os voluntários também são coordenados pelo NAC e com objetivos de oferecer apoio aos usuários, seja no momento da internação ou das consultas ambulatórias, são eles: Voluntário Acolhedor, Voluntário do Lanche e Voluntário da Oncologia, este em parceria com a Associação Voluntária de Combate ao Câncer de Assis. Ainda, Doutores do Bem, que levam momentos de descontração aos pacientes internados e também os

Professores Voluntários, do Projeto Educação para Adultos, que incentiva os funcionários a completarem seus estudos no ensino fundamental e médio. No intuito de contribuir para a melhoria dos atendimentos prestados aos usuários, o Núcleo coordena a organização do fluxo de pessoas no HRA de forma a assegurar o encaminhamento e orientação da população assistida. Essas atividades são desenvolvidas pelos serviços terceirizados de recepção e portaria, em conjunto com funcionários do hospital. A equipe do Núcleo de Atendimento ao Cliente busca desenvolver seus serviços de acordo com os princípios de humanização que visam ao respeito, à ética, e à compreensão do outro em sua singularidade, contribuindo desta forma para consolidação da assistência integralizada, que é um dos pilares do HRA.

Fotos: Marcelo Silveira

Pois não! Posso lhe ajudar? Essas são as palavras mais ouvidas quando você chega ao HRA. Com funcionários treinados e com o objetivo de lhe ajudar, o NAC - Núcleo de Atendimento ao Cliente desenvolve projetos de acolhimento aos usuários, através da recepção, orientação e encaminhamento da população aos serviços oferecidos pela instituição. O NAC também é responsável pelo Programa Jovens Acolhedores, os jovens vestidos de jaleco verde, que é um Programa da Secretaria de Estado da Saúde destinado à participação de universitários no acolhimento de usuários das unidades públicas de saúde, com o objetivo de investir no processo de humanização da assistência. No HRA existem anjos disfarçados de seres humanos, não podíamos deixar de falar dos voluntários, pessoas com satisfação em lhe ajudar e com a missão de fazer você sempre se sentir um

Cadastro de Acompanhantes

Recepção

Jovens Acolhedores

Voluntários

Voluntários


5

Espaço

SAÚDE Como tratar conjuntivite

A conjuntivite está se tornando um problema grande para as pessoas já que está se espalhando com rapidez e por todas as cidades brasileiras, as pessoas não são tão bem informadas sobre o assunto e acabam sofrendo mais do que devem com a conjuntivite e sem saber de seus principais remédios. A conjuntivite é formada por conta de uma infecção que ocorre na conjuntiva uma pequena membrana que recobre parte de nossos olhos, quando olhamos no espelho e vemos alguns vasos sanguíneos recobrindo a parte branca de nossos olhos na verdade elas não estão diretamente lá, ocorrem na conjuntiva e por isso muitas vezes não temos dores nem problemas com os olhos já que esta parte o protege de vários problemas, mas existe um problema que podemos sentir dores e é a conjuntivite que conta com sintomas bem acintosos como ardência, lacrimejamento, sensações de areia e de colagem nos olhos, em pouco tempo os olhos vão ficar bem vermelhos e ainda mais purulentos quando ocorrem as secreções, além destes sintomas ainda existe uma intolerância a luz. São três os tipos de conjuntivite a viral é a mais comum e como o próprio nome já diz é causada por um vírus conhecido como Adenovírus, além de causar a conjuntivite este vírus pode trazer outras

complicações como febre, virose, dor de garganta e alguns outros sinais de infecção respiratória. Esta conjuntivite é transmitida de vários modos como por meio de mãos contaminadas, secreções oculares e o poder do contágio é tão grande que até mesmo se a pessoa tocar nos olhos e depois em um objeto e outro alguém fizer o mesmo procedimento pode se contagiar com a doença. A bacteriana é outro tipo de conjuntivite e normalmente é causada cinco bactérias diferentes e as suas formas de contato são parecidas com a da viral, para melhorar o quadro da doença é necessário a utilização de colírios e de antibióticos para melhorar e eliminar todos os sintomas que podem ocorrer. A conjuntivite alérgica é algo que acontece nas pessoas que já têm consigo este riso que a qualquer momento pode ocorrer, a inflamação por sua vez ocorre depois que os olhos da pessoa entram em contato com alguma substância que traga irritação aos olhos como poeira, pelo animal, mofo e muitas outras coisas que podem levar ao mesmo sintoma. O primeiro passo para as pessoas que estão com os sintomas da conjuntivite é procurar um oftalmologista porque ele vai levar o paciente às informações necessárias para obterem o sucesso no tratamento, sem contar que para cada uma das infecções da conjuntiva é necessário um tratamento diferente e se você não o fizer corretamente pode ter problemas sérios com seus olhos. Para fazer o diagnostico que diferencia os tipos de virose não é fácil e a maioria dos médicos que não são oftalmologistas não sabem fazer corretamente, de modo geral o mais indicado para os pacientes é lavar os olhos com soro fisiológico com frequência ou fazer compressas de soro também vão ajudar bastante. O ideal como dissemos é ir até um médico porque ele é quem vai levar as melhores informações possíveis até você, do contrário pode complicar sua saúde.

Projeto: Mãos limpas são mais seguras Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, milhares de pessoas vão a óbito diariamente, em todo o mundo, por adquirir Infecção Relacionada aAssistência a Saúde (IRAS). É comprovado que estas mortes podem ser evitadas com medidas simples, como a Higiene das Mãos nos momentos adequados. O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do HRA, dando continuidade ao PROJETO “MÃOS LIMPAS SÃO MÃOS MAIS SEGURAS”, do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, realizou nos dias 29 e 30 de novembro treinamento referente ao assunto para a equipe da UTIAdulto.


6

Equipe de Futsal Master do HRA - 1º lugar Foto: Marcelo Silveira

Duas competições, dois títulos. Assim foi a vitoriosa trajetória da equipe master de futsal masculino do Hospital Regional deAssis nas competições da Saúde durante o ano de 2011. Na estréia da modalidade, na Taça Saúde, o HRA beliscou o título em cima de uma das maiores forças do futsal masculino do estado, a equipe do Juquery Santa Marcelina. Nos Jogos Regionais a história não foi diferente, depois de uma bela campanha com 4 vitórias em 4 partidas disputadas Assis confirma a soberania no certame mantendo o tabú e novamente derrotando os adversários do Juquery na final da competição por 6 gols a 3. Além do título a equipe assisense ficou com o artilheiro da competição - o ala Jean - com 12 gols no certame e com a defesa menos vazada - Zorzo - com apenas 05 gols sofridos. Foi um título para ficar na história. "É o fruto de um trabalho sério e competente, sabemos de nossa capacidade e do poderio dos adversários, isso tudo torna o título ainda mais importante para a nossa historia dentro da Taça Saúde e Regionais" afirmaAnderson Vieira, técnico deAssis. Para sagrar-se campeão Assis passou pelo CRT/DST Aids e pela Escola de Enfermagem também de Assis ainda na primeira fase, na sequência bateu Marilia pela semi final e por fim na grande final derrotou os adversários do Juquery Santa Marcelina. Parabéns Assis por mais um título, parabéns Juquery pela bela campanha. Final digna de duas grandes equipes que se respeitam e que valorizaram e muito a final da competição !

Foto: Marcelo Silveira

Jogos Regionais: HRA Leva Mais Um Título e é a Bola Da Vez

Escola de enfermagem de Assis leva o 4º lugar

Já a equipe da Escola de Enfermagem de Assis, representada por funcionários do HRA, levou o 4º lugar.

Equipe da Escola de Enfermagem - 4º lugar

NEESMT-RH realiza treinamento de resíduos de serviço de saúde A Comissão de Resíduo de Serviços de Saúde do Hospital Regional de Assis, tem como compromisso por em prática o que reza na legislação RDC nº 33, de 25 de Fevereiro de 2003 - Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde. Resolução ANVISA nº 306/2004 - Regulamento técnico para o Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde. Resolução CONAMA nº 358/2005 - Dispõe sobre o tratamento e disposição final dos resíduos dos Serviços de Saúde e da providências.Lei nº 12.305 de 02 de Agosto de 2010 - Institui a política Nacional de Resíduos Sólidos; Altera a lei nº 9605; de 12 de Fevereiro de 1998 e da outras providências.Hoje esta Comissão esta constituida pelos membros descritos abaixo por portaria HRA- DTDS nº 013/2011 Comissão: Rosangela Soares Mega - Enfermeira – NEESMT – Presidente Augusta Maria Tonello – Enfermeira – SCIH/Núcleo de Qualidade Vice Presidente Valéria Trettel Victor – Diretora – Higiene Hospitalar SecretáriaAllyana Fernanda de Souza Cavina – Biologista – Laboratório Célia Regina Zanqueta Pyles – Nutricionista – NND Denner Sant’anna – Engenheiro – Infra-Estrutura Jean Carlos Garcia – OficialAdministrativo –Almoxarifado JoseAparecidoAlves Oliveira – Enfermeiro – Educação Continuada Magali Piazza Rodrigues Costa – Enfermeira – Métodos Gráficos MarilsaAparecida Vilella –Auxiliar de Serviços Gerais – Higiene Hospitalar Nívea Maria Ortiz Paludetto – Diretora – Banco Sangue Rita de Cássia Faria Barchi – Enfermeira – FAMAR – Pediatria/Neonatal Rose Cristine Rodrigues Boleta – Biologista – COMSAT Selma Domingos de Oliveira – Enfermeira – Oncologia Silvia Cristina Ribeiro –Auxiliar de Enfermagem – Clínica Médica Wagner Sirlei de Lima – Diretor – Farmácia Esta comissão acredita que a participação é de todos bem como o compromisso, portanto como passo primordial é o processo de educação em serviço transmitido por meio de treinamentos. Foi então realizado treinamento inicial nos dias 06,07 e 08 de dezembro, em horários diversificados, propiciando assim a participação de nossos funcionários dos diversos setores do HRA. A adesão foi mais do que o esperado e de acordo com alguns relatos foi rico de informações bem como a possibilidade que houve de se discutir ações. Agradecemos a todos participantes deste primeiro treinamento pela compreensão e disponibilidade de estarem conosco neste primeiro momento, de muitos que acreditamos ser necessário, para construção de um trabalho digno e respeitoso.


7

Jogo 7 erros

Caça Palavras - animais

Seu Manuel estava cansado de seu gatinho e decidiu levá-lo embora. Colocou o gato em um saco de pano, jogou-o dentro do carro e levou para bem longe. Quando chegou em casa, o gato estava deitado no sofá. Nervoso, Seu Manuel pegou o gato, colocou no carro e levou para mais longe. Quando chegou, o gato estava deitado no sofá. Ele ficou muito irritado, pegou o gato novamente, colocou no carro e levou ainda mais longe. Depois de duas horas, Manuel ligou para casa e perguntou à Maria: - Maria, o gato voltou? - Voltou - respondeu Maria. - Então põe ele no telefone para me explicar o caminho de casa, porque eu estou perdido!


8 No dia 22 de dezembro os pacientes do Hospital Regional de Assis tiveram uma surpresa especial. Dois Papais Noeis e uma Mamãe Noel, juntamente com os Jovens Acolhedores, percorreram os setores do HRA distribuindo presentes a todos os pacientes internados. Um momento especial de alegria e descontração para os que necessitam.

Foto: Marcelo Silveira

Pacientes do HRA recebem presentes do Papai Noel

HRA realiza integração com novos estagiários

Resposta da Edição Anterior: Descobriu que sou eu? Sou Vilma Rosa Zimermann da Silva Trabalho no Clínica Obstétrica

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

O Núcleo de Seleção e Desenvolvimento juntamente com o NEESMT (Núcleo Especializado de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho), ambos da Gerência de Recurso Humanos, promoveu no dia 11/11/11, no auditório do Hospital Regional de Assis, a integração dos estagiários de auxiliar de enfermagem da Escola MAIS. Aintegração compõe uma das etapas do processo de acolhimento, sendo responsável por fortalecer a primeira impressão a respeito da Instituição, e também o momento que facilitará o processo de socialização dos alunos com os demais funcionários.

Quem sou eu? Trabalho no Hospital Regional de Assis desde 2000 Descobriu quem sou eu? Veja a resposta na próxima edição.

Informativo Da Hora  

Informativo do Hospital Regional de Assis

Advertisement