Issuu on Google+


TRIBUNAL

DE

GUERRA

Rebecca Brown & DanielYoder SUMÁRIO


Tribunal de Guerra...................................1

OS OBSERVADORES.............................3

A PRIMEIRA LEI NA GUERRA ESPIRITUAL.....................................21

A PURIFICAÇÃO DA NOIVA..................58

O VEREDITO......................................92

LIDANDO COM O PECADO.............139


CAPĂ?TULO 1

OS OBSERVADORES

Inquieto e sem conseguir dormir, Daniel por fim se levantou, esticou-se e decidiu sair para caminhar, apesar do frio do inverno. Ao vestir


seu casaco, ele deu uma olhada no relógio e viu que era quase três da manhã. Tentando não fazer barulho, a fim de não acordar Rebecca, ele saiu em direção à noite do campo. Tudo no vale estava quieto, uma vez que o frio interrompia todos os barulhos noturnos causados pelos pássaros e insetos. O silêncio foi levemente quebrado por duas vacas que saíram para o pasto, e logo tudo voltou a ficar quieto.


A luz da lua e das estrelas dava a Daniel luz o suficiente para ver seu caminho, conforme se afastava da casa. Ele atravessou o pequeno vale no qual vivia para subir uma das trilhas, na encosta de um dos montes em seu terreno, que dava acesso ao escrit贸rio constru铆do a meio caminho do lado oposto da encosta. Ao olhar para a entrada da pequena cabana, de repente, ele se deu conta de que n茫o estava sozinho. Sobre uma enorme rocha perto da entrada do escrit贸rio estava sentado um homem bem vestido, aparentemente indiferente ao frio, escrevendo rapidamente em um caderno em


suas mãos. Daniel se assustou ao ver aquele homem ali em sua propriedade, que era tão isolada que ficava a quase um lkm da estrada mais próxima. Ainda assim, as porteiras permaneciam totalmente trancadas durante a noite. Daniel não havia visto, nem ao menos ouvido, nenhum veículo se deslocando pelo interior do rancho e sabia que o portão de entrada estava trancado. No mesmo instante, Daniel partiu em direção ao intruso com o propósito de expulsálo do rancho. O homem não esboçou qualquer


reação enquanto Daniel se dirigia ao lugar onde estava sentado. — O que você está fazendo em minha propriedade? — Daniel perguntou com o tom de voz bastante sério. — Estou escrevendo meu livro — disse o homem sem ao menos se dar ao trabalho de levantar os olhos para vê-lo. Nesse ponto, com a curiosidade se instalando sobre si, Daniel respondeu: — Isso estou vendo! Mas o que você está escrevendo?


— Estou anotando tudo o que você faz, tudo o que diz e tudo o que pensa — disse o homem em tom sereno. Chocado com a resposta, Daniel ficou parado alguns instantes, pensando em tudo o que acabara de ouvir. Em outras circunstâncias, ele teria escorraçado aquele homem desconhecido da propriedade imediatamente, ou chamado a polícia, caso a coisa se tornasse mais difícil. Mas ele sentia uma estranha relutância em fazer isso. De repente, ele compreendeu o porquê.


— Bem, isso quer dizer que você é um anjo? Daniel perguntou desconfiado. Por fim, o homem interrompeu sua escrita e fitou Daniel nos olhos. — Sim, sou um anjo. Anoto tudo a respeito de sua vida nos registros de Deus, e procuro detectar alguns problemas que devem ser levados de imediato a Jesus. Então peço a Ele que interceda por você diante do Pai, para que você seja ajudado.


Ainda em tom sereno, o anjo prosseguiu: — Deus deu a Davi as palavras exatas para escrever o Salmo 39 porque Davi também tinha problema com a língua. Ele era bastante esquentado, assim como você, Daniel. Caso não se recorde, nesse Salmo, Davi disse: "Eu disse: Vigiarei a minha conduta e não pecarei em palavras; porei mordaça em minha boca enquanto os ímpios estiverem na minha presença. Enquanto me calei resignado, e me contive inutilmente, minha angústia aumentou. Meu coração


ardia-me no peito e, enquanto eu meditava, o fogo aumentava.n Salmo 39:1-3

Daniel continuava imóvel, mudo diante da informação que acabara de receber. Depois de alguns instantes, o anjo apontou para uma estrada atrás de Daniel e disse: — Está vendo aqueles dois ali? Daniel se virou para olhar.


Para sua surpresa, ele agora via dois homens vestidos de preto em pé, na encosta do monte, do outro lado da trilha. Cada um deles também tinha um caderno em uma das mãos e escreviam neles freneticamente. Certamente Daniel não vira aqueles dois homens quando passou por perto do local onde estavam e ficou mesmo bastante surpreso aos vê-los ali. — Não - ele disse devagar. — Nunca os vi antes. Também não gosto da aparência deles. Pode me dizer quem são aqueles dois e o que estão escrevendo?


— Sim, é claro. Aqueles são servos de Satanás. Eles são o que vocês chamam de "auxiliares da promotoria". Eles fazem toda a pesquisa para Satanás. Também estão escrevendo tudo o que você faz e diz. Procuram algo que possam utilizar como base legal para que Satanás possa fazer a Deus uma petição para poder atacá-lo e trazer destruição à sua vida. Daniel digeriu tudo aquilo por alguns minutos, observando aqueles dois homens sinistros.


— Entendo — ele disse. — Então sempre que eu peco ou faço algo errado, isso estabelece um terreno legal que Satanás pode utilizar para pedir a Deus para me atacar. — Correto — foi a resposta curta do anjo. Daniel voltou a se virar para ao anjo, mas dessa vez não havia ninguém sobre a pedra. Imediatamente ele se virou para ver se os homens de preto ainda estavam lá em pé. Também haviam desaparecido. Daniel outra vez se viu sozinho na escuridão da noite, mas


espantado por saber que, na verdade, ele não estava só. Daniel ficou mesmo em choque ao tomar ciência da realidade do mundo espiritual invisível e de sua interação com sua vida. Era bastante desconfortável a sensação de que todo ato que fazia, além de cada palavra e pensamento, estar sendo observado e registrado. Pelo menos havia algum conforto em saber que os demônios não podiam ler sua mente e, assim, não eram capazes de registrar seus pensamentos, mas ele percebeu que o que saía de sua boca era suficiente para lhe colocar em grandes problemas.


Ao subir devagar a trilha em direção ao escritório, as seguintes passagens bíblicas percorreram sua mente: "Depois vi um grande trono branco e aquele que nele estava assentado. A terra e o céu fugiram da sua presença, e nâo se encontrou lugar para eles. Vi também os mortos, grandes epequenos, em pé diante do trono, e livros foram abertos. Outro livro foi aberto, o livro da vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros Apocalipse 20:11-12


"O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra. Então ouvi uma forte voz dos céus que dizia: 'Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite\" Apocalipse 12:9-10

Cada ser humano está sendo constantemente observado tanto por agentes do reino de Deus


quanto do reino de Satanás. Cada ação, pensamento e palavra são registrados nos livros de Deus no céu, assim também como nos livros de Satanás, no inferno. Nunca ficamos completamente sozinhos! Somos observados a cada minuto da nossa vida! Quer queira ou não, um dia, todo homem, mulher e criança estará diante da presença de Deus e os livros serão abertos para revelar cada pensamento, palavra e ação que cometeu na vida. Neste exato momento, os servos de Satanás estão levando cada palavra e ação anotados contra uma determinada pessoa até o mestre


deles, para que o diabo possa usar como acusação contra ela diante de Deus e pedir a Ele permissão para atacar e levar destruição à sua vida aqui na terra, segundo os delitos cometidos. Satanás está constantemente diante de Deus levando acusações contra cada pessoa na terra, principalmente contra aqueles que se denominam cristãos. Trata-se de um fato bastante sério! 14 Tribunal de Guerra


Entretanto, Deus não nos deixa à mercê diante de tais ataques. O propósito deste livro é fornecer a você toda informação necessária para que possa se manter firme e vitorioso diante dos ataques de Satanás e seu reino. CAPÍTULO 2


A PRIMEIRA LEI NA GUERRA ESPIRITUAL

Há um princípio muito importante na guerra espiritual do qual Satanás está sempre fazendo uso. O diabo conhece a Bíblia do começo ao fim e, na verdade, tem cada versículo gravado de cor. Ele sabe que a Palavra de Deus é absoluta e que ele


opera dentro dos princípios Palavra, assim como nós.

estabelecidos

na

Dessa forma, como qualquer bom advogado, ele é um excelente conhecedor das leis e princípios existentes na Palavra de Deus. Nós, cristãos, também não temos justificativa para não conhecer essas leis porque temos a Palavra de Deus, a Bíblia, disponível a todos nós. Como estamos, neste momento, vivendo os últimos dias antes do retorno do nosso Senhor à terra, não podemos mais nos dar o luxo de permanecermos ignorantes em relação aos princípios e leis contidos na Palavra do Senhor.


"Voltado para o teu santo templo eu me prostrarei e renderei graças ao teu nome, por causa do teu amor e da tua fidelidade; pois exaltaste acima de todas as coisas o teu nome e a tua palavra." Salmo 138:2

A Palavra de Deus é tão valiosa e importante que Ele a exaltou até mesmo acima do Seu próprio nome! Se a Bíblia possui tamanha importância para Deus, ela não deveria ser considerada da mesma forma por nós? Cada aspecto da nossa sobrevivência depende do nosso conhecimento da Palavra de Deus.


Observemos então um dos princípios básicos no qual Satanás opera para estabelecer acusação contra nós e obter permissão para levar destruição à nossa vida, quando se apresenta diante de Deus. "Depois da morte de Moisés, servo do SENHOR,. disse o SENHOR a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés. Ninguém conseguirá resistir a você todos os dias da sua vida. Assim como estive com Moisés, estarei com você; nunca o deixarei, nunca o abandonarei. Seja forte e corajoso, porque você conduzirá este povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados.


Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvie dela,, nem para a direita nem para a esquerda, para que você seja bem-sucedido por onde quer que andar. Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido.9 Josué 1:1, 5-8


Josué e os filhos estavam prestes a adentrar a Terra Prometida. O problema era que todo homem, mulher e criança que vivia naquela terra diretamente adorava e servia a Satanás e a seus espíritos demoníacos. Tratavam-se de gigantes, pessoas muito fortes. Eles tinham exércitos com armas muito mais poderosas do que qualquer coisa que Josué tinha a seu dispor. Deus sabia que Satanás não ficaria nada contente em ver os filhos de Israel exterminando os seus servos especiais. No entanto, o Senhor havia prometido a Josué a vitória em todas as batalhas,


ao dizer: "Ninguém conseguirá resistir a você todos os dias da sua vida...".

Porém, essa era uma promessa condicional. Todas as promessas de Deus vêm anexadas com condições. Nesse caso, a condição era que, se Josué e os filhos de Israel obedecessem aos mandamentos do Senhor, sempre seriam vitoriosos. Deus dissera a Josué que Seus mandamentos eram tão importantes que Josué deveria meditar na Palavra escrita do Senhor dia e noite. Em outras, palavras, todo o tempo. Por quê? Porque Deus sabia que, caso Josué não


fizesse isso, ele acabaria se esquecendo de alguns dos mandamentos do Senhor. Precisamos entender que Satanás possui uma inteligência muito superior à nossa. Satanás jamais se esquece de qualquer coisa da Palavra de Deus. Sendo mais específico: ele usa todas as leis que pode encontrar na Palavra de Deus para tirar vantagem para si em sua guerra contra nós. Infelizmente, nós somos os que costumam se esquecer dos princípios contidos na Palavra de Deus ou, o que costuma ser pior, muitos


de nós sequer chega a ler ou a estudar esses princípios algum dia. O reino de Deus opera como um grande sistema judiciário. Assim como os advogados aqui na terra precisam pesquisar a lei para que possa apresentar seus argumentos em um tribunal diante de um juiz respaldado em várias leis que tenham sido descumpridas, da mesma forma Satanás tem seus demônios para vascular nossa vida por completo atrás de qualquer pecado que tenhamos cometido contra Deus e Sua Palavra.


Eles registram todas as nossas ações e palavras pecaminosas para que, juntas, sirvam como base para abrir um caso contra nós e vão até diante de Deus, o Juiz, e nos professam acusações contra nós, pedindo ao Senhor permissão para trazer destruição em nossa vida. Ser ignorante em relação à Palavra de Deus não é desculpa! E nossa responsabilidade estudar a Palavra de Deus, assim como também é responsabilidade nossa estar alerta e observar as placas de limite de velocidade quando dirigimos nas estradas. Se um oficial de polícia para você e


lhe dá uma multa por dirigir acima do limite legal de velocidade, você não pode sair por aí declarando que não sabia qual era o limite. Você é responsável por saber sempre quais são os limites de velocidade de qualquer via pela qual esteja dirigindo. O mesmo é verdade em relação ao reino de Deus. E RESPONSABILIDADE SUA conhecer a Palavra de Deus! "Se alguém pecar.; fazendo o que é proibido em qualquer dos mandamentos do SENHOR, ainda que não o saiba, será culpado e sofrerá


as conseqüências da sua iniqüidade" Levitico 5:17

Esse versículo mostra claramente que ser ignorante em relação à lei não serve de justificativa. A verdade é que tanto Deus quanto Satanás nos considera plenamente responsável por cada palavra escrita na Bíblia. Não se engane achando que, só porque não sabe que determinada coisa é pecado, Deus deixará de responsabilizá-lo por isso. Satanás conta justamente com sua ignorância em relação à Palavra de Deus e usa continuamente a ignorância das pessoas para derrotá- las.


"Portanto, o meu povo vai para o exílio por falta de conhecimento; a elite morrerá de fome, e as multidões, de sede. Por isso o Sheol aumenta o seu apetite e escancara a sua boca. Para dentro dele descerão o esplendor da cidade e a sua riqueza, o seu barulho e os que se divertem." Isaias 5:1314 "Meu povo foi destruído conhecimento.* Oséias 4:6

porfalta

"Sabemos que o conhecemos, se obedecemos aos seus mandamentos.

de


Aquele que diz: 'Eu o conheço*, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele." I João 2:3-4

Se você não estudar a Bíblia e deixar de conhecer o que está escrito nela, também não saberá quais são os mandamentos de Deus. Escolher não estudar a Bíblia é o mesmo que "rejeitar o conhecimento" de Deus.

Se você não guardar os mandamentos do Senhor, não pode se considerar um cristão e nem mesmo cogitar estar sob a


proteção de Deus! E não poderá guardar os mandamentos de Deus a menos que os conheça. Alguns cristãos vivem uma vida de constantes tormentas, caos e destruição porque se mantêm ignorantes quanto à Palavra de Deus e às táticas de Satanás. Muitos sempre se encontram em um estado de total fraqueza e confusão, e chegam até mesmo a morrer antes do tempo certo por causa disso. "Examine-se cada um a si mesmo, e então coma do pão e beba do cálice. Pois quem come e bebe sem discernir o corpo do


Senhor, come e bebe para sua própria condenação. Por isso há entre vocês muitos fracos e doentes, e vários já dormiram. Mas, se nós tivéssemos o cuidado de examinar a nós mesmos, não receberíamos juízo." I Coríntios 11:28-31

A LEI DO TERRENO LEGAL Voltemos a Josué e observemos agora uma lei absoluta na Palavra de Deus.


No livro de Josué, capítulos 6 e 7, temos as histórias das batalhas de Jerico e Ai. Josué dissera aos filhos de Israel que Deus havia ordenado que eles não tomassem qualquer despojo da cidade de Jerico (Josué 6:18-19). Deus operou um milagre maravilhoso e derrubou as muralhas de Jerico para que o exército dos filhos de Israel pudesse marchar para dentro da cidade e destruir tudo o que lá existia. Os filhos de Israel tinham um exército bastante grande, com cerca de 300.000 homens e, de todos


esses soldados, apenas um pecou e pegou ouro, prata e algumas roupas da cidade de Jerico. Josué náo sabia que esse único homem, Acã, havia feito tal coisa; na verdade, ninguém ficou sabendo. Na batalha seguinte à de Jerico foi contra uma pequena cidade chamada Ai. A cidade era tão pequena que Josué e os líderes de Israel decidiram não enviar o exército inteiro para a batalha, mas somente 3.000 dos seus melhores guerreiros para subir e tomar a cidade. Para espanto e horror de todos, os homens de Israel foram derrotados! Não apenas isso, mas 36


deles morreram na batalha! Em nenhum lugar na Palavra de Deus é mencionado que esses homens tinham pecado em sua vida. Tratavam-se de homens inocentes que serviam e temiam a Deus. Josué não conseguia entender o que havia acontecido! Por que Deus de uma hora para outra deixou de cumprir Sua promessa de lhes garantir a vitória? Então Josué fez exatamente o que a maioria de nós faz quando uma tragédia acontece em nossa vida. Culpamos a Deus! "Então Josué, com as autoridades de Israel, rasgou


as vestes, prostrou-se, rosto em terra, diante da arca do SENHORcobrindo de terra a cabeça, e ali permaneceu até a tarde. Disse então Josué: Ah, Soberano SENHOR, por que fizeste este povo atravessar o Jordão? Foi para nos entregar nas mãos dos amorreus e nos destruir? Antes nos contentássemos em continuar no outro lado do Jordão! Que poderei dizer, Senhor, agora que Israel foi derrotado por seus inimigos?" Josué 7:6-8

Lembre-se, Josué nada sabia a cerca do pecado de Acã. Da mesma forma, muitas


vezes, deixamos de ter ciência de algum pecado em nossa vida que ainda não foi tratado. Observe a resposta de Deus a Josué: "O SENHOR disse a Josué: "Levante-se! Por que você está aí prostrado? Israel pecou. Violou a aliança que eu lhe ordenei. Apossouse de coisas consagradas, roubou-as, escondeu-as e as colocou junto de seus bens. Por isso os israelitas não conseguem resistir aos inimigos; fogem deles porque se tornaram merecedores da sua destruição. Não estarei mais com vocês, se não


destruírem do meio de vocês o que foi consagrado à destruição." Josué 7:10-12

Todo o exército de Israel foi derrotado por causa do pecado de um único homem! Nem Josué nem os outros soldados sabiam do pecado de Acã, pois ele havia escondido muito bem seu pecado de todas as pessoas à volta. Mas Deus havia visto o pecado de Acá, assim também como Satanás! Não tenho a menor dúvida de que assim que Satanás viu Acã pecando, ele correu até a presença de Deus para acusar Israel. Satanás pediu permissão a Deus para derrotar Israel, pois


conhecia os princípios existentes na Palavra do Senhor. Enquanto os filhos de Israel obedecessem aos mandamentos de Deus, Satanás jamais poderia derrotá-los. Mas no instante em que desobedeceram a Deus, deram a Satanás o direito legal de levar destruição à vida deles. A mesma verdade se aplica a nós hoje.

Se pecamos, e não nos arrependemos de imediato, ou seja, se não paramos com o pecado e pedimos perdão a Deus, então Satanás irá registrar nosso pecado e nos


acusar diante de Deus, pedindo ao Senhor permissão para nos atacar e trazer destruição à nossa vida. Se nosso pecado não for coberto pelo sangue de Cristo e exterminado, então Deus dará a Satanás permissão para nos atacar. Eu chamo isso de Principio do Terreno Legal. Se Josué não tivesse purificado o acampamento sentenciando Acã e sua família à morte, destruindo as coisas que ele havia roubado em Jerico, Satanás continuaria tendo terreno legal, ou


direito legal, para derrotar os filhos de Israel e teria, por fim, levado todos à absoluta destruição. Louvado seja Deus por vivermos desse lado da cruz! Não precisamos mais morrer para que o pecado seja purificado. Em vez disso, temos o enorme privilégio de nos arrepender e confessar nosso pecado ao Senhor e a liberdade de pedirmos a Ele que nos purifique do nosso pecado. Antes que nossos pecados sejam purificados, não precisamos apenas nos arrepender, o que significa interromper o pecado, mas é necessário também confessar todos eles a Deus, pedindo Seu perdão e


purificação. Aprendemos esse princípio através dos seguintes trechos bíblicos:


"Amados, visto que temos essas promessas, purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e 0 espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus." II Corintios 7:1 "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça." 1 João 1:9


O verbo "confessar", utilizado em I João 1:9, possui uma importância fundamental. Uma confissão se trata de uma declaração clara e concisa a respeito de um fato. Simplesmente fazer uma mera oração dizendo: "Senhor Jesus, por favor, perdoe todos os meus pecados" não ajuda em nada nossa purificação.

Cada pecado deve ser especificamente citado diante do Senhor. Se você nunca fez isso, é extremamente importante que você reserve algum tempo para analisar toda


sua vida e purificá-la. O abençoado evangelista Charles Finney escreveu o seguinte sobre esse processo de purificação em nossa vida:

"Fazer uma autoanálise significa analisar sua vida. Trata- se de considerar os seus atos do passado e descobrir sobre o verdadeiro caráter da sua vida. Examine sua história de vida, incluindo todos os pecados. Não estou com isso dizendo para você apenas fazer uma retrospectiva panorâmica da sua vida, concluindo que ela


estava cheia de pecado, então se dirigir a Deus e fazer uma confissão genérica. Não é assim que funciona. Você precisa analisar todos os pecados, um por um. E uma boa dica pegar lápis e papel enquanto for se lembrando dos pecados, anotando cada um deles. Examine cada um deles, assim como um comerciante analisa todos os itens dos seus livros de registro. Sempre que um pecado cometido por você vir à sua mente, anote-o em sua lista. Confissões genéricas de pecado


não têm nada a ver com isso. Assim como os seus pecados foram cometidos um por um, individualmente, você precisa rever e se arrepender de cada um deles, um por um", (do livro Experimentando a Presença de Deus, de Charles Finney, p. 208) Não tenho palavras para descrever como é importante purificar por completo sua vida, mas o que posso dizer é que você deve, o mais breve possível, arrepender-se dos seus pecados e confessar cada um deles à medida que for tendo consciência dos pecados que cometeu. Se você


fizer isso, removerá todos os terrenos legais em sua vida e Satanás não poderá mais abrir nenhum caso contra você diante de Deus ou obter permissão para atacá-lo e levar destruição à sua vida. Se você ainda não fez isso, recomendo que você leia dois livros de vital importância. "Curando as Raízes da Alma" e "Guerra de Ataque", ambos de autoria de Rebecca Brown (Publicados pela EDITORA PROPÓSITO ETERNO). Se gostaria de receber um guia para auxiliá-lo nisso, mande um e-mail para


contato@guerreirosdacolheita.com solicitando um para ajudá-lo a analisar sua vida e purificá-la. Passe algumas semanas fazendo isso, dedicando pelo menos uma hora por dia para essa tarefa, examinando sua vida desde o nascimento até os dias de hoje. Percorra toda sua trajetória mais de uma vez, se necessário. Pegue papel e caneta e escreva todos os pecados que vierem à sua mente. Os itens contidos no guia mencionado acima podem ajudá-lo a identificar muitos deles. Tire


algum tempo para varrer com os olhos todos os itens. Você ficará surpreso com a quantidade de coisa em sua vida que você ainda não lidou. No entanto, antes de iniciar essa importante tarefa, recomendo que você faça a seguinte oração:

" Querido Deus Pai, quando Jesus esteve aqui na terra, Ele prometeu que enviaria o Espírito Santo para nós e nos disse que uma das atribuições do Espírito Santo seria nos convencer dos nossos pecados. Assim, peço ao Senhor agora que, por


favor, me convença de quaisquer pecados que eu tenha cometido e que nunca foram tratados. Por favor, traga todos à minha memória e, ao fazer isso, Senhor, pelo que me mostre como os meus pecados são terríveis diante de Teus olhos. Peço tudo isso e desde já Te agradeço, Pai, em nome de Jesus". Depois de você analisar sua vida e de ter escrito a lista contendo todos os seus pecados não tratados, prepare- se para orar em relação a todos os itens presentes em sua lista. Há


orações e comandos específicos em nosso guia de purificação que irão orientá-lo nessa tarefa. Ore em relação a cada pecado, individualmente. Então expulse todo e qualquer demônio que tenha entrado em sua vida por meio desses pecados. Risque o pecado que acabou de tratar da lista antes de passar para o seguinte. Se fizer isso, evitará de, mais tarde, se confundir ou de se esquecer de algum deles. Ao fazer isso, você removerá o terreno legal que Satanás tinha


A primeira lei na guerra espiritual 2 9

para sustentar suas acusações contra você diante de Deus. Que grande diferença tudo isso fará em sua vida! Depois de concluída a tarefa, pegue a lista e queime-a. Está tudo consumado e exterminado para sempre, pelo precioso sangue de Jesus Cristo! CAPÍTULO 3


A PURIFICAÇÃO DA NOIVA

Os cristãos como um todo acham que estamos vivendo neste momento um período da História conhecido como os "Últimos Dias". O termo "últimos dias" faz referência aos últimos


anos antes do julgamento final de Deus sobre a terra e o retorno de Jesus Cristo para levar Seu povo para o céu. Nós concordamos com isso, no entanto, poucos consideram o que a Palavra de Deus diz que acontecerá exatamente durante esse período. Daniel recebeu uma unção profética muito poderosa da parte de Deus. Como conseqüência disso, nos últimos dois ou três anos, o Senhor tem freqüentemente dado a Daniel diversas visões e visitações angelicais, transmitindo-lhe alertas e advertências a cerca


de eventos que acontecerão em breve aqui na terra e, digo, muitas dessas coisas já aconteceram e estão acontecendo neste exato momento. Daniel não é o único profeta que tem recebido todas essas advertências da parte de Deus. Muitas as têm recebido da mesma forma. Não deve ser surpresa ao vermos que a Palavra de Deus diz: "Certamente o SENHOR, o Soberano, não faz coisa alguma sem revelar o seu plano aos seus servos, os profetas." Amós 3:7


Tudo o que tem sido revelado a Daniel e aos outros profetas já foi descrito na Bíblia. Durante o restante deste livro, compartilharemos com você, leitor, alguns desses alertas que, além de estarem escritos na Bíblia, foram revelados a Daniel e a mim. Muito em breve, nossa vida inteira será completamente modificada conforme as profecias finais forem sendo concretizadas e cumpridas. Primeiro, o Senhor diz que, nesses "Últimos Dias", Ele abalará tudo o que puder ser


abalado e, depois, que o julgamento começará na casa do Senhor. Observemos com mais atenção as seguintes passagens bíblicas: "Cuidado! Não rejeitem aquele que fala. Se os que se recusaram a ouvir aquele que os advertia na terra não escaparam, quanto mais nós, se nos desviarmos daquele que nos adverte dos céus? Aquele cuja voz outrora abalou a terra., agora promete: Ainda uma vez abalarei não apenas a terra, mas também o céu. As palavras 'ainda uma vez* indicam $ remoção do que pode


ser abalado, isto é, coisas criadas, de forma que permaneça o que não pode ser abalado. Portanto, jd que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso 'Deus é Jogo consumidor!'" I Hebreus 12:25-29 *Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e, se começa primei ro conosco, qual será o


fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?" I Pedro 4:17

Tratam-se de trechos bíblicos de forte impacto, não é mesmo? Tudo o que Deus está abalando neste momento tem o propósito de revelar que obras em nossa vida permanecerão firmes, e quais virão à ruína. Sendo mais específica, isso se refere diretamente ao nosso coração. Exatamente onde está nosso coração em termos de nosso relacionamento com Deus? O próprio Jesus declarou:


"Estepovo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim." Mateus 15:8

Jesus está determinado a voltar para buscar uma noiva sem mancha, rugas ou mácula (Efésios 5:27). Como o Seu retorno não tardará, Jesus tem iniciado um processo de purificação de Sua igreja. Durante muito tempo, os cristãos do mundo ocidental tem somente "brincado de igreja". Concordam com tudo o que está na Palavra de Deus, mas, na realidade, estão com o coração bastante afastado do Senhor. Como você bem


sabe, nosso coração é enganoso. Nem ao menos sabemos ao certo o que está em nosso coração. Estamos tão acostumados a justificar nossos pecados e a sermos desleixados em passar tempo estudando a Palavra de Deus que nem mais temos consciência dos pecados que cometemos. Nós temos estado confortáveis com o pecado. Por exemplo, mentir se tornou um pecado habitual para tantos cristãos que eles nem percebem mais quando estão mentindo. Tornaram-se confortáveis com a mentira.


"O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem ê capaz de compreendê-lo? Eu sou o SENHOR que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras." Jeremias 17:9-10

Estamos entrando em um período no qual Deus está provando tudo em nossa mente e em nosso coração para nos revelar exatamente o que há dentro deles. Deus já conhece precisamente o que tem dentro do nosso coração, mas Ele quer que nós também tenhamos esse conhecimento, para


que possamos tomar as atitudes devidas para purificar e mudar nossa vida. Como Deus faz isso? Não mais impedindo que

Satands ^ nos ataque e permitindo que experimentemos as " conseqüências dos nossos atos. Não podemos saber o que existe em nosso próprio coração, pois o pecado presente nele nos é oculto. Então, Deus está agora permitindo que as dificuldades e as provações entrem em nossa vida


para nos revelar o pecado oculto dentro do nosso coração e mente. Em janeiro de 2008, Deus deu a Daniel duas visões ■ bastante vividas e intensas. Na primeira, Deus Pai mostrou a Daniel que Ele está extremamente irado com as igrejas aqui no Ocidente por estarem se recusando a assumir uma postura e a se envolverem com o governo, sem falar em não se levantar contra as coisas malignas que têm acontecido, por exemplo, aqui nos Estados Unidos. Uma das vezes em que isso aconteceu foi depois que o sistema de ensino público no


estado de Maine anunciar que estavam distribuindo pílulas de controle de natalidade para meninas de 10 e 11 anos sem ao menos o conhecimento dos pais! Crianças de todos os lugares estão sendo sexualmente I violadas porque os pais se recusam a se envolver com os programas do ensino público e parar com o que está I acontecendo. Por tudo isso, Deus falou a Daniel que estaria agora permitindo que Satanás liberasse espíritos muito poderosos de imoralidade sexual para


dentro das I igrejas, com o intuito de tentar o povo de Deus. Por quê? O propósito é mostrar ao povo de Deus o quanto ele está com o coração corrupto na área da imoralidade sexual. Deus disse a Daniel que as igrejas iriam ficar em uma condição pior que a do mundo na área da imoralidade sexual e em relação ao divórcio.

Eu estou alertando você, querido leitor. Tome uma atitude e peça ao Senhor para vasculhar seu coração e mostrar a você


os desejos e pecados ocultos dentro dele! Quando Ele assim o fizer, lide com cada um deles! Purifique de imediato sua vida de todos os demônios que entraram em você através dos seus pecados sexuais do passado. Você precisa orar fervorosamente para que seu casamento seja protegido! Se não o fizer, acabará caindo, assim como o seu cônjuge, não importa o quanto você acha que casamento de vocês é forte.

o


Nós já estamos vendo isso acontecer. Recentemente, recebi um telefonema de um jovem da comunidade hispânica aqui nos Estados Unidos que é como um filho espiritual para mim. Ele vinha pastoreando uma pequena igreja há dois anos, e já estava casado há pouco mais de quatro anos. Ele e a esposa tinham um filhinho e, havia muitos anos, era amigo de um outro homem que era um evangelista e pregador itinerante na comunidade hispânica. A esposa acabou conhecendo esse amigo quando ele foi pregar algumas vezes em sua igreja e em


outras da comunidade. De uma hora para outra, a esposa simplesmente disse que estava deixando o marido e que agora iria viver com o tal evangelista. Quando o marido lhe disse que não queria o divórcio, o evangelista ligou para ele e lhe disse que era melhor ele liberar a esposa, pois ele tinha intenções de se casar com ela! Em cerca de um mês, a esposa saiu de casa e foi viver com o evangelista. Durante muitos meses, viveram juntos esperando que o divórcio dela saísse, e, mesmo assim, o homem ainda continuou pregando pelas igrejas hispânicas!


O divórcio e a imoralidade sexual estão sendo vastamente aceitos na maioria das nossas igrejas, não sendo algo restrito somente à comunidade hispânica. Quantas pessoas não devem ter deixado que esse homem impusesse a mão sobre a cabeça delas e orado por elas? Conforme as pessoas iam se submetendo a ele e permitindo que impusesse a mão sobre elas e lhes transmitisse revelação, elas também recebiam um espírito demoníaco de imoralidade sexual na vida delas! E assim a destruição vai se espalhando porque as pessoas não estão dispostas a se separar do que é mal.


Também conhecemos um casal que já estava casado há algum tempo. Eles tinham três filhos, dois deles adolescentes. Logo depois que Daniel recebeu essa visão, eu especificamente falei com esse casal advertindo-lhe de que sofreria um forte ataque e que deveria orar para proteger o casamento. Infelizmente, eles não quiseram me levar muito a sério. Em menos de um mês, a esposa ficou muito furiosa e ressentida com o marido. Pouco tempo depois, a amargura tomou conta dela e, em torno de três semanas, ela saiu de casa e foi morar com


outro homem. Em vez de permanecer firme e lutar pelo casamento, em uma semana o marido simplesmente desistiu de tudo e se mudou com os filhos para outro estado, deixando tudo para trás. A casa linda que eles tinham agora está vazia e os dois deixaram de receber as bênçãos maravilhosas que Deus tinha para eles.

Como tudo isso pode ter acontecido? Porque Deus está permitindo que Satanás ataque Seu povo para lhe mostrar o quejd está em seu coração.


Você pode até dizer: "Oh, isso jamais acontecerá comigo!". Oh, sim, é claro que pode acontecer! Isso é um chamado para todos os cristãos de todos os lugares. É hora de tomar uma postura e pedir a Deus para sondar o coração e revelar quaisquer pecados ocultos dentro dele. Na segunda visão, o Senhor mostrou a Daniel um episódio no qual Satanás veio diante de Deus e Lhe pediu permissão para atacar Sua igreja na área da compaixão. Satanás disse ao Senhor que tinha permissão para atacar o povo de Deus


porque eles passavam muito tempo lutando entre si em vez de se posicionar em unidade. Os pastores se recusam a permitir que as peSsoas visitem outras igrejas para ouvir algum palestrante convidado porque têm medo de perder as ovelhas para outra congregação. Há uma competição absurda entre as igrejas e os pastores. Em muitos casos, os pastores das grandes igrejas olham com altivez para os pastores de igrejas menores, até mesmo com desprezo. Quando um membro da igreja fica desanimado e deixa de


freqüentar os cultos, ninguém o procura para saber o que está acontecendo ou tentar ajudá-lo. Pouco depois disso, Daniel teve outra visão na qual viu que Deus estava agora tirando Sua mão protetora de sobre Seu povo. O Senhor disse a Daniel que Seu povo havia se tornado preguiçoso. Eles simplesmente assumiam que Deus fazia tudo por eles, e que, por isso, não precisavam orar a cerca de mais nada. De agora em diante, se o povo de Deus não se posicionar e lutar, será destruído e cairá em ruína.


Como isso acontecerá? Jesus nos deu a resposta nos seguintes versículos: "Ê inevitável que aconteçam coisas que levem o povo a tropeçar, mas ai da pessoa por meio de quem elas acontecem." Lucas 17:1 "Jesus saiu do templo e, enquanto caminhava, seus discípulos aproximaram-se dele para lhe mostrar as construções do templo. "Vocês estão vendo tudo isto perguntou ele. "Eu lhes garanto que não


ficarĂĄ aqui pedra sobre pedra; serĂŁo todas derrubadasn. Tendo


Jesus se assentado no monte das Oliveiras, os discípulos dirigiram-se a ele em particular e disseram: "Dize-nos, quando acontecerão essas coisas? E qual será o sinal da tua vinda e do Jim dos tempos?uJesus respondeu: aCuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: fEu sou o Cristo!'e enganarão a muitos. Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras, mas não tenham medo. Ê necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim. Nação se levantará contra


nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares. Tudo isso será o inicio das dores. IEntão eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa. Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos. Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.9 Mateus 24:1-13


O motivo principal pelo qual as pessoas deixam de ir à igreja e se afastam de Deus é porque alguém lhes fez alguma ofensa. Na verdade, praticamente todo cristão com quem falo me diz que preferem se relacionar com os descrentes


do que com os crentes. Por quê? Porque tem muito cristão por aí que não tem um pingo de caráter! Precisamos novamente nos perguntar a razão de tal condição uma vez que os cristãos deveriam ser os mais amorosos, os mais perdoadores e os mais generosos dentre todas as pessoas. Em vez disso, muitos são justamente o oposto. O Senhor me deu uma revelação direta do porquê de tudo isso quando eu estava ministrando na


Costa Rica em 2008. Inesperadamente, o Senhor me disse o seguinte:

" Você sabe por que muitos cristãos são inescrupulosos e dificeis de convivência? É porque já está vivendo no início do processo de purificação da igreja. Isso significa que nenhum cristão pode mais esconder o que está em seu coração. Tudo virá à luz e ficará na superfície, o que costuma se manifestar justamente através da língua."


Um não cristão pode até esconder o que está em seu coração, por isso ele consegue aparentar ser mais gente boa do que um cristão de verdade. Um não cristão pode até enganar você e agir como seu amigo, mas o cristão de fato não consegue fazer isso porque o que está em seu coração está vindo à tona. Jesus fez referência a isso quando disse: "O homem bom do seu bom tesouro tira coisas boas, e o homem mau do seu mau tesouro tira coisas más." Mateus 12:35

Assim, todos nós devemos nos colocar diante de Deus e pedir que Ele sonde


nosso coração e nos revele qualquer pecado ou atitude negativa existente dentro dele. Devemos lidar com os problemas antes que eles venham à tona e cause alguma ofensa nos outros. Lembre-se do que Jesus disse: "Ai do mundo, por causa das coisas que fazem tropeçar!" Você já foi pedra de tropeço na vida de alguém? Se sim, é melhor ir até a pessoa e pedir perdão a ela. Sim, isso certamente irá ferir o seu orgulho, mas será algo de grande estima na eternidade.


Nós nos tornamos tão confortáveis com nossos pecados que costumamos fazer vista grossa para eles de todas as maneiras! No entanto, Satanás não faz isso, pelo contrário, ele presta bastante atenção em cada pecado que cometemos. Lembre-se, os demônios nos observam o tempo todo e fazem um registro completo de tudo o que dizemos e fazemos. À medida que pedirmos ao Senhor que nos


torne sensíveis ao pecado em nossa vida e quanto mais rápido lidarmos com os pecados que cometemos no passado, seremos capazes de nos manter posicionados e seremos vitoriosos diante dos ataques de Satanás contra nós. CAPÍTULO 4


O VEREDITO

Recentemente, aprendi uma lição muito importante sobre como Satanás ataca o povo de Deus. O Senhor disse a nós (Daniel e eu) estamos sofrendo atualmente um ataque de Satanás. Ele está colocando em juízo cada palavra que sai da


nossa boca, principalmente no que diz respeito à murmuração e declarações negativas. Sinceramente, estou tendo uma certa dificuldade nessa área porque não sei exatamente o que diferencia uma "declaração negativa" da simplesmente declaração de um fato. Já ouvi ensinos que levam o conceito de declarações negativas ao extremo. Certamente não dá para ser atropelada por um caminhão e simplesmente dizer: "Não doeu nada!". Ou quebrar uma perna e proclamar: "Só quebrei a perna, não foi nada!". Tratam- se de exemplos extremos, mas são tão


ridículos quanto os ensinos que estão sendo atualmente espalhados no Corpo de Cristo. Deus quer que sejamos verdadeiros. No entanto, acabamos sendo com isso bastante descuidados em relação a nossas palavras e ações. Temos estado sob a proteção misericordiosa da mão de Deus por tanto tempo que nos tornamos preguiçosos e imprudentes em relação aos fatos do dia a dia. Uma experiência recente certamente chamou minha atenção a essa realidade. Quero compartilhar isso com você porque aprendi uma lição muito valiosa com isso.


Durante os dois últimos anos estive envolvida em um projeto de transformar meu primeiro livro, Ele Veio para Libertar os Cativos, em filme. Um dia, aqui no escritório, Daniel e eu estávamos discutindo alguns problemas quanto à produção do filme e eu comentei que eu não estava mais tão animada em concluir o filme porque sabia que os membros da PFO (uma organização de satanistas que se diziam cristãos e que me atacaram durante anos) estariam em todos os programas de televisão e rádio possíveis espalhando mentiras a meu respeito, como têm feito pela internet.


Na mesma hora, Daniel ficou extremamente irritado comigo e disse: — Rebecca, quantas vezes eu já lhe disse para não fazer declarações negativas? Agora Satanás acabou de fazer uma petição contra nós por causa do que você acabou de dizer e agora iremos passar por três meses de graves dificuldades financeiras! Nem preciso dizer o quanto fiquei aborrecida com a rapidez com que a coisa foi julgada e a sentença declarada. No entanto, no mesmo instante, busquei o Senhor e pedi perdão. Ele me mostrou que minha declaração negativa demonstrava


minha falta de fé em Deus e abriu uma porta para que Satanás trouxesse a exata perseguição que eu tanto temia e que agora era certa de que aconteceria. Então eu me arrependi e pedi perdão ao Senhor e sabedoria para saber o que constituía de fato uma declaração negativa. Mas, em torno de dois dias nossas finanças entraram em colapso! Tudo foi de ruim para péssimo! A palestra que fiz naquele mês não gerou oferta nenhuma e duas outras foram cancelas de última hora, deixando-nos sem renda por dois meses. As receitas do nosso ministério


vindas de outras drasticamente.

fontes

também

secaram

Todas as minhas orações e clamores ao Senhor por misericórdia não resultaram em nada. Por fim, eu me dirigi a Daniel e lhe disse que sentia que devíamos estar trabalhando a questão da misericórdia entre nós e que, como líder espiritual do nosso lar, achei que ele tivesse mais autoridade para ir diante do Senhor e clamar Sua misericórdia em relação àquela situação e reverter nosso colapso financeiro.


Senti isso por causa da parte da lei que diz que o marido pode reverter um voto que sua esposa tenha feito. "Quando um homem fizer um voto ao SENHOR ou um juramento que o obrigar a algum compromisso, não poderá quebrar a sua palavra, mas terá que cumprir tudo o que disse. Quando uma moça que ainda vive na casa de seu pai fizer um voto ao SENHOR ou obrigar-se por um compromisso e seu pai souber do voto ou compromisso, mas nada lhe disser, então todos os votos e cada um dos compromissos pelos quais se obrigou


serão válidos. Mas, se o pai a proibir quando souber do voto, nenhum dos votos ou dos compromissos pelos quais se obrigou será válido; o SENHOR a livrará porque o seu pai a proibiu. "Se ela se casar depois de fazer um voto ou depois de seus lábios proferirem uma promessa precipitada pela qual se obriga a si mesma e o seu marido o souber, mas nada lhe disser no dia em que ficar sabendo, então os seus votos ou compromissos pelos quais ela se obrigou serão válidos. Mas, se o seu marido a proibir quando o souber, anulará o voto que a obriga ou a promessa precipitada


pela qual ela se obrigou, e o SENHOR a livrará.* Números 30:2-8

Acredito que esse seja um princípio importante no reino de Deus que todo marido e esposa cristãos devam tomar conhecimento. Trata-se de uma salvaguarda para nós, mulheres. Eu não havia feito nenhum tipo de voto, mas senti que essa passagem bíblica enfatizava a autoridade espiritual do meu marido Daniel como o líder espiritual da nossa casa. Assim, senti que ele era mais indicado do que eu para se posicionar contra Satanás e


pedir a misericórdia de Deus em relação a toda essa questão. Eu havia dito aquilo na ignorância, mas mesmo assim me arrependi e pedi o perdão de Deus. Eu estava ativamente pedindo a Deus sabedoria para saber lidar com a questão das declarações negativas, mas nada disso removeria as conseqüências daquilo em nossa vida. Na manhã seguinte, ao me levantar, descobri que Daniel não havia pregado o olho aquela noite. Ele estava muito triste e me disse que estávamos falidos! Perguntei que raios havia


acontecido e ele me disse que havia feito como eu lhe pedira na noite anterior, ou seja, ele havia ido até a presença de Deus. Mal ele havia começado a pedir a misericórdia de Deus em relação àquela situação e imediatamente o Senhor abriu os olhos dele para ver o mundo espiritual e ele pôde se ver diante do trono de Deus. Em meio à sua oração clamando a Deus misericórdia, Satanás apareceu e fez uma interrupção, abrindo um livro e dizendo: — Deus, exijo que Tu não concedas misericórdia a Daniel e Rebecca porque


tenho o direito legal de fazer isso porque nas datas tal e tal Daniel prometeu que enviaria um certo material de estudo para essa pessoa e aquela e nunca o fez. AlĂŠm disso, nessa data e naquela outra, Rebecca e Daniel disseram que iriam fazer isso e aquilo e deixaram de fazer. SatanĂĄs prosseguiu incidentes similares.

relatando

muitos

outros

Bem, certamente deixamos de cumprir algumas dessas promessas porque tivemos alguns


problemas com nossos equipamentos (graças à interferência de demônios, tenho certeza), porque não tenho secretária e é impossível eu fazer tudo ao mesmo tempo. Satanás prosseguiu dizendo: — Deus, estou apenas me baseando em Tua Palavra. Tu não podes voltar atrás em Tua Palavra. Esses dois não passam de mentirosos e gente de ânimo dobre. Tua Palavra diz que o homem de ânimo dobre não receberá nada de Ti.


Satanás então prosseguiu mencionando precisão os seguintes trechos bíblicos:

com

"Pois por suas palavras vocês serão absolvidos, e por suas palavras serão condenados." Mateus 12:37 "Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento. Não pense tal pessoa que receberá coisa alguma do Senhor, pois tem mente dividida e é instável em tudo o que faz." Tiago 1:6-8

Depois, o diabo proclamou:


— Deus, segundo o registro que tenho sobre tudo o que Daniel e Rebecca disseram, eles demonstraram que não passam de dois mentirosos, pessoas de ânimo dobre. Exijo que Tu cumpras Tua Palavra, especificamente aquilo que acabei de mencionar. — Estás certo, Satanás - respondeu Deus. — Minha Palavra diz exatamente isso... Daniel ficou tão horrorizado que não conseguiu ficar ali ouvindo mais nada, e simplesmente saiu de cena! Ele sentiu que não era possível fazer


mais nada e ficou muito triste por eu ter lhe pedido para ir diante de Deus; Fiquei atônita! Não fazia a menor idéia que se dissemos que iríamos fazer determinada coisa e acabamos não fazendo no mesmo dia que Satanás estava nos acusando de mentirosos! Com freqüência eu e Daniel discutíamos algumas coisas que iríamos fazer, mas sem nunca sermos específicos sobre quando as realizaríamos. Simplesmente assumíamos que as coisas seriam feitas tão logo tivéssemos tempo para elas em nossas agendas cheias. Não tínhamos a menor noção de que o reino de


Satanás estava registrando tudo o que dizíamos e podia levar todas as palavras que falávamos ao pé da letra! Não é de se admirar que Tiago tenha escrito: "Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa.


Ao invés disso, deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo"." Tiago 4:13- 15

Eu também não fazia a menor idéia de que Satanás podia também nos acusar de ter ânimo dobre só porque havíamos decidido fazer algo mas não conseguimos concluir tudo no mesmo dia porque, por exemplo, o computador quebrou ou porque ficamos atolados com outras tarefas mais importantes. É claro que o reino de satanás está ativamente trabalhando para nos atrapalhar de todas as maneiras possíveis, mas isso não muda o fato de


que não estamos fazendo nada. Eu sempre soube que a procrastinação não é uma coisa boa, mas eu não tinha idéia do quanto esse pecado é algo sério! No entanto, se observarmos com atenção, veremos que há ministérios e igrejas com uma liderança bastante organizada e próspera, enquanto outros deixam para fazer o que deve ser feito até o último minuto. Isso é algo que já vi muitas vezes, em minhas muitas viagens para ministrar.


Muitas igrejas deixam de cumprir os detalhes das viagens quando me convidam para ministrar ou falham em me enviar valores para cobrir algumas despesas de viagens mesmo tendo prometido fazer isso previamente. Em geral, esses são ministérios que não prosperam e acabam ficando sempre pequenos e estão em constantes dificuldades. Hoje eu compreendo perfeitamente por que. Eles continuam dando a Satanás base legal para derrotá-los.


Não sou perfeita, e nem jamais poderei ser! Pelo menos não enquanto estiver aqui na terra. Se Satanás for abrir um caso e exigir condenação por cada palavra que deixei de cumprir mesmo depois de eu ter me arrependido e pedido perdão ao Senhor, então estou mesmo perdida! 54 Tribunal de Guerra

De repente, compreendi que ministrado Apocalipse 12:10:

eu

havia

"Então ouvi uma forte voz dos céus que dizia: Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristopois foi lançado fora o acusador


dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite*." Apocalipse 12:10

De alguma maneira, eu sempre pensei que Satanás estava mesmo nos fazendo acusações falsas. Creio que isso se deve ao fato de eu ter bastante noção de que ele não passa de um mentiroso, como disse Jesus: "Vocês pertencem ao pai de vocês, o Diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não hd verdade nele. Quando


mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira." João 8:44 s

Satanás é um mentiroso e o pai da mentira, mas os versículos de Apocalipse não estão afirmando que Satanás está nos acusando falsamente. A verdade é que todas as acusações dele têm base legal, ou seja, estão baseadas em um fato real e verdadeiro! Ele não precisa levar acusações falsas contra nós diante de Deus pois, infelizmente, nós mesmos damos a ele, com nossas


ações e nossas palavras, munição suficiente para usar contra nós sem que ele precise sequer mentir. Os demônios de Satanás influenciam os seres humanos a mentir contra nós, mas quando ele está diante do trono de Deus, ele apenas usa os registros presentes em seu livro de anotações. São os registros feitos por demônios ao escreverem tudo o que fazemos e dizemos.


E'

Todos esses versículos são precisos e verdadeiros. Na realidade, precisariam mesmo ser tudo isso, pois Satanás sabe que Deus é um juiz justo. Ele sabe que Deus jamais permitira que ele nos atacasse baseado em uma mentira. A verdade precisa ser declarada no tribunal de Deus.

Satanás irá distorcer a verdade, se assim puder, e certamente tentará aplicar a Palavra de Deus quanto a ^ isso, mesmo que fora de contexto. Mas é isto o que ele faz de melhor: usar a Palavra de Deus contra


nós o tempo todo. Deus é um Deus santo e justo. Assim, Ele é um juiz também absolutamente justo! Isso significa que Ele deve ser tão justo com o reino de Satanás quanto Ele é com Seu povo. Por isso foi absolutamente necessário que Jesus Cristo pagasse o preço por nossos pecados na cruz. Se Ele não tivesse feito isso, Satanás teria o direito legal de destruir todos nós por causa dos nossos pecados. Precisamos compreender bem esse princípio de guerra espiritual. Estava muito desencorajada, mas sabia que

devia haver uma resposta para as


acusações de Satanás em algum lugar na Palavra de Deus. Eu também sabia que somente a Palavra de Deus seria um argumento aceitável contra Satanás. Então comecei minha pesquisa. Quanto mais pesquisava, mais desanimada ficava. E claro que encontrei todos os versículos que diziam que nós seremos julgados por nossas próprias palavras. Tiremos um momento e observemos alguns deles apenas para observar o quanto Deus leva a sério as palavras que saem da nossa boca.


"Raça de víboras, como podem vocês, que são maus, dizer coisas boas? Pois a boca fala do que está cheio o coração. O homem bom do seu bom tesouro tira coisas boas, e o homem mau do seu mau tesouro tira coisas más. Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. Pois por suas palavras vocês serão absolvidos, e por suas palavras serão condenados. Mateus 12:34-37


"O seu senhor respondeu: 'Eu o julgarei pelas suas próprias palavras, servo mau! Você sabia que sou homem severo, que tiro o que não pus e colho o que não semeei\ 9 Lucas 19:22 *Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo. Quando colocamos freios na boca dos cavalos para que eles nos obedeçam, podemos controlar o animal todo. Tomem também como exemplo os navios; embora sejam tão grandes e impelidos por fortes ventos,


são dirigidos por um leme muito pequeno, conforme a vontade do piloto. Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha. Assim também, a língua é um fogo; é um mundo de iniqüidade. Colocada entre os membros do nosso corpo, contamina a pessoa por inteiro, incendeia todo o curso de sua vida, sendo ela mesma incendiada pelo inferno. Toda espécie de animais, aves, répteis e criaturas do mar doma-se e tem sido


domada pela espécie humana; a língua, porém, ninguém consegue domar. Ê um mal incontroldvel, cheio de veneno mortífero. Com a língua bendizemos o Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim!" Tiago 3:2-10 "Ao final de cada três anos, tragam todos os dízimos da colheita do terceiro ano, armazenando-os em sua própria cidade Números 14:28 "Que as palavras da minha


boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador!" Salmo 19:14 "Venham., meus filhos, ouçam-me; eu lhes ensinarei o temor do SENHOR. Quem de vocês quer amar a vida e deseja ver dias felizes? Guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade." Salmo 34:11-13 "Quem esconde o ódio tem lábios mentirosos, e quem espalha calúnia é tolo. Quando são muitas as palavras o


pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato. A língua dos justos é prata escolhida, mas o coração dos ímpios quase não tem valor. As palavras dos justos dão sustento a muitos, mas os insensatos morrem por falta de juízo." Provérbios 10:18-21 "O SENHOR odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade." Provérbios 12:22


"Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando." ProvĂŠrbios 13:3


" O falar amável é árvore d e vid a, mas o fal ar enganoso esmaga o espirito. Provérbios 15:4 "A herança que se obtém com ganância no princípio, «o final não será abençoada." Provérbios 20:21 "Quem é cuidadoso no que fala evita muito sofrimento.9 Provérbios 21:23


"Você já viu alguém que se precipita no falar? Há mais esperança para o insensato do que para ele.9 Provérbios 29:20 "Não seja precipitado de lábios, nem apressado de coração para fazer promessas diante de Deus. Deus está nos céus, e você está na terra, por isso, fale pouco. Das muitas ocupações brotam sonhos; do muito falar nasce a prosa vã do tolo.9 Eclesiastes 5:2-3 "Depois, aqueles que temiam o SENHOR conversaram uns com os outros, e o


SENHOR os ouviu com atenção. Foi escrito um livro como memorial na sua presença acerca dos que temiam o SENHOR e honravam o seu nome9 Malaquias 3:16


Volte e leia todos esses versículos novamente! Faça isso uma terceira vez e peça ao Senhor para lhe mostrar as palavras que você disse que desagradaram a Ele. Quanto mais eu lia, mas convencida disso ficava. Todos os dias, eu costumava orar: "Coloca, SENHOR, uma guarda à minha boca; vigia a porta de meus lábios. Salmo 141:3


Mas eu precisava de uma solução para esse problema — e precisava rápido — pois nossas dificuldades financeiras somente pioravam a cada momento. Por fim, certa manhã, ao finalizar outra vez a leitura do livro de Tiago, o Senhor me disse: tVocê deixou passar, Rebecca! Leia isso novamente amanhã. Então obedeci. Na manhã seguinte, ao começar mais uma vez a leitura do livro de


Tiago, o texto de Tiago 2:8 simplesmente saltou aos meus olhos: "Se vocês de fato obedecerem à lei do Reino encontrada na Escritura que diz: "Ame o seu próximo como a si mesmo", estarão agindo corretamente.9 Tiago 2:8


Eu nunca havia percebido o termo "lei do Reino' antes. Amor o próximo como a si mesmo certamente envolve um certo grau de compaixão, que era a chave para o que eu estava procurando. Prossegui a leitura e parei quando Tiago 2:13 literalmente atingiu minha face: "Porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo!" Tiago 2:13

Era isso! A misericórdia triunfa sobre o juízo! Essa era a resposta que eu estava procurando. Vejamos novamente o versículo dentro do contexto. "Se vocês de fato obedecerem à lei do Reino encontrada na Escritura que diz: "Ame o seu próximo como a si mesmo", estarão agindo corretamente. Mas se tratarem os outros com parcialidade, estarão cometendo pecado e serão condenados pela Lei como transgressores. Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebrá-la inteiramente. Pois aquele que disse: "Não adulterarás",


também disse: "Não matarás". Se você não comete adultério, mas comete assassinato, torna- se transgressor da Lei. Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade; porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo!" Tiago 2:813 Como podemos 'falar e agir como quem vai ser julgado pela lei da liberdade"? Fazemos isso cumprindo a lei do Reino. Ou seja, ao amarmos os

outros como a nós mesmos. Entáo o Senhor falou comigo: — Nestes últimos dias, conforme as coisas forem se tornando mais difíceis sua frustração e seu cansaço também se tornarão maiores. À medida que isso acontecer, as pessoas irão irritar você cada vez mais1 porém, se você viver uma vida caracterizada pela compaixão1 então, quando você cometer algum erro, engano ou disser o que não devia, você poderá me pedir uma dose extra de misericórdia para com você, e isso triunfa sobre o julgamento de Satanás e Eu assim o farei. E exatamente isso o que diz a Minha Palavra: Minha misericórdia triunfa sobre o julgamento de Satanás contra você. Minha misericórdia é estendida a você na mesma


medida que você estende cumprimento da lei do Reino.

aos

outros

no

Aqui estava o argumento que eu poderia usar contra o julgamento e a condenação de Satanás contra nós! De fato acredito que vivo uma vida caracterizada pela misericórdia pelos outros, então fui imediatamente até o trono de Deus e pedi que Ele me concedesse uma dose extra de misericórdia, o que triunfa sobre o julgamento e a condenação de Satanás. Deus assim o fez e imediatamente as coisas começaram a melhorar para nós na área financeira. Infelizmente, os cristãos estão tão ocupados criticando uns aos outros e competindo entre si que temos sido negligentes em relação à importância que o amar o próximo tem para o Senhor. Nunca deixo de ficar espantada com a rapidez com que os cristãos acreditam em qualquer coisa negativa que se diga sobre um outro cristão. Nós certamente já vivenciamos isso diversas vezes em nossa vida graças aos muitos que mentem sobre nós, espalhando inúmeras mentiras em artigos na Internet. "Um dos mestres da lei aproximou-se e os ouviu discutindo. Notando que Jesus lhes dera uma boa respostaj perguntou-lhe: "De todos os mandamentos, qual é o mais importante?"


Respondeu Jesus: "O mais importante é este: 'OuveI ó Israel, o Senhor, o nosso Deus, o Senhor é o único Senhor. Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças*. O segundo é este: Ame o seu próximo como a si mesmo" g. Não existe mandamento maior do que estes". "Muito bem, mestre", disse o homem. "Estás certo ao dizeres que Deus é único e que não existe outro além dele. Amá-lo de todo o coração, de todo o entendimento e de todas as forças, e amar ao próximo como a si mesmo é mais importante do que todos os sacrifícios e ofertas§ Vendo que ele tinha respondido sabiamente, Jesus lhe disse: "Você não está longe do Reino de Deus". Dai por diante ninguém mais ousava lhe fazer perguntas." Marcos 12:28-34 "Um deles, perito na lei, o pôs à prova com esta pergunta: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento1 Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: Ame o seu próximo como a si mesmo'. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas"." Mateus 22:35-40


"Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei. Pois estes mandamentos: "Não adulterarás", *Não matarás", *Não furtarás", "Não cobiçarás", e qualquer outro mandamento, todos se resumem neste preceito: "Ame o seu próximo como a si mesmo". O amor não pratica o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da Lei." Romanos 13:8-10 "Toda a Lei se resume num só mandamento: Ame o seu próximo como a si mesmo \" Gaiatas 5:14 ""Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerâo em mim, por meio da mensagem deles» para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós> para que o mundo creia que tu me enviaste.9 João 17:20-21

Amar uns aos outros é algo tão importante que Jesus disse que uma das coisas que poderia mostrar ao mundo que Deus existe seria o amor demonstrado entre Seu povo. No entanto, os cristãos jamais poderão viver em unidade caso não amem uns aos outros! Sabe o que mais impede as pessoas de crerem em Deus e afasta elas das igrejas? A falta de amor entre os cristãos. Amar envolve ter compaixão. Exercer misericórdia significar não prejudicar ninguém; pelo contrário,


envolve levar ajuda e conforto a outras pessoas. Essa é a essência do amor, assim como Paulo escreveu: 10 amor é pacienteI o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses,, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê', tudo espera, tudo suporta." I Corintios 13:4-7

Leia o 13° capítulo de I Corintios, que fala sobre o amor, e você verá exatamente o que significa exercer misericórdia e compaixão. A medida que

exercermos misericórdia!amor aos outros, Deus fará o mesmo para conosco. Somente a misericórdia de Deus pode triunfar sobre o julgamento e a condenação de Satanás por causa das coisas erradas que fazemos. CAPÍTULO 5


LIDANDO COM O PECADO

A IMPORTÂNCIA DE LIDAR O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL COM O PECADO Pouco depois de aprender a lição sobre a misericórdia triunfar sobre o julgamento de Satanás, o Senhor me ensinou outra arma de guerra similar a essa que acabo de ensinar a você. Desde a experiência que detalhei no capítulo anterior, tenho pedido fervorosamente ao Espírito Santo para me convencer no mesmo instante em que eu disser ou fizer alguma coisa errada. Ele tem sido fiel em me atender nesse pedido que faço todos os dias. Certo dia, imediatamente depois de dizer algo que não devia, o Espírito Santo me mostrou que o que eu havia


acabado de fazer era uma declaração negativa e isso era errado. Instantaneamente eu falei em voz alta: — Não, não! Renuncio e rejeito o que acabo de dizer, em nome de Jesus. Senhor, por favor, me perdoe e me purifique dessa declaração. Por favor, Senhor, apague isso com o precioso nome de Jesus. Agradeço-Te por fazer isso, em nome de Jesus. Duas horas mais tarde, quando estava saindo para o trabalho, o Senhor me falou: — Satanás está neste exato momento diante do Meu trono com seu livro de anotações aberto no registro da declaração negativa que você fez duas horas atrás. Ele está acusando você de ser uma pecadora e está pedindo para destruir sua vida por causa disso. O que você gostaria de fazer nessa situação? Pensei um pouco sobre isso por alguns instantes, fazendo passar pela minha mente as Escrituras e orando por sabedoria. De repente, o seguinte versículo me veio à mente, colocado pelo Espírito Santo, tenho certeza: "Vi também os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e


livros foram abertos. Outro livro foi aberto, o livro da vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros." Apocalipse 20:12


Eu havia sido convencida pelo Espírito Santo do erro que foi aquela declaração um segundo após fazê-la, renunciando-a imediatamente e pedindo perdão a Deus. Por isso, sabia que o pecado havia sido apagado pelo precioso sangue de Jesus e que não havia qualquer registro dele nos livros de Deus. Eu não sabia se Satanás estava ciente do fato de que eu já havia sido purificada daquele pecado, então respondi ao Senhor: — Senhor, em nome de Jesus, estou exigindo que o registro no livro de Satanás seja comparado com os registros encontrados em Teus livros. Se há algo nos registros de Satanás que não consta nos registros do Senhor, então não se trata de uma informação legal ou válida, então não acho que ele tenha qualquer direito de usar o que consta apenas nos livros dele para fazer qualquer acusação, julgamento ou condenação contra mim neste caso. — Exatamente respondeu.

-

foi

o

que

o

Senhor

Não ouvi mais nada sobre a questão e não sofri nenhuma conseqüência desagradável como resultado disso. Certamente o registro que Satanás tinha fora considerado inválido e


sua acusação contra mim havia sido negada. Louvado seja Deus! Entenda que por isso é tão necessário que peçamos ao Senhor para estarmos sensíveis ao pecado. No momento em que pecarmos ou dissermos algo indevido, se estivermos sensíveis ao convencimento do Espírito Santo sobre a questão, podemos imediatamente renunciar o que dissemos ou fizemos, pedir perdão e purificação, fazendo com que tudo isso seja completamente apagado dos registros de Deus. Geralmente demora algum tempo para Satanás receber o registro do que dissemos ou fizemos, e se for algo que já tenha sido resolvido, podemos pedir ao Senhor que exija uma comparação entre os registros dEle e os de Satanás. Se não houver qualquer registro de um ato errado ou uma palavra indevida nos livros de Deus, então Satanás não tem o menor direito de usar isso para nos atacar. Na verdade, desde quando aprendi essa valiosa lição, sempre que sou convencida de algo errado que fiz ou disse, não só imediatamente me arrependo e peço perdão a Deus, mas peço ao Senhor que, se Satanás tentar fazer qualquer acusação contra mim baseada no pecado que acabei de cometer,


que seja feita uma comparação entre os registros de Satanás e os de Deus para constatar que o pecado não está mais registrado nos livros do Senhor. Assim, Satanás não tem mais o direito de me acusar baseado em seus registros inválidos. O problema é que a maioria de nós não costuma lidar com o pecado de maneira imediata, o que dá tempo para Satanás poder agir. Assim, os servos de Satanás têm tempo de anotar aquilo que fizemos ou dissemos de errado e levar até seu mestre para que ele faça uso de alguma acusação ou julgamento contra nós diante do trono de Deus. Na experiência que relatei anteriormente, na qual falei algo negativo e Satanás trouxe três meses de escassez financeira em nossa vida como conseqüência, fiquei tão irritada com Daniel com sua atitude em relação a mim que tive de tirar algum tempo para primeiro lidar com a raiva, e só então depois buscar ao Senhor para entender o que eu havia feito de errado. Isso deu a Satanás tempo para apresentar a questão diante de Deus antes que eu pudesse lidar com o pecado e apagá-lo. Deus teve de dar a Satanás permissão para


arruinar nossa vida porque o pecado não havia sido resolvido. No entanto, se Daniel compreendesse seu direito como marido de cancelar o que eu havia feito, segundo Números 30, ele podia ter feito aquilo naquele exato instante e evitado que tudo acontecesse da maneira como foi. Por estar debaixo da cobertura do meu marido, Daniel, Deus poderia ter me liberado do que eu dissera mesmo antes que eu tivesse tempo de perceber o quanto aquilo que eu dissera era errado. Antes de tudo, isso poderia ter impedido Satanás de nos atacar. Enquanto o ataque estava sendo arquitetado, a única maneira de lidar com ele, mesmo denois que eu tivesse sido purificado e perdoada, seria levando algum argumento bíblico até diante do Senhor baseado em minha vida e no versículo de Tiago 2:13, o que, por fim, fiz. Logo depois disso, Deus ordenou que o ataque de Satanás cessasse, e nossas finanças imediatamente começaram a voltar ao normal. Por fim aprendi uma lição bastante valiosa. É claro que se Daniel soubesse como usar sua autoridade para no mesmo momento reverter a declaração negativa que eu havia feito naquele dia,


nada disso teria acontecido e eu jamais teria aprendido essa importante lição. E maravilhoso como Deus é capaz de fazer "todas as coisas para o bem daqueles que o amam (Romanos 8:28). Estou compartilhando com você os meus próprios erros para que você possa se beneficiar com eles e evitar de cometêlos. Todos nós estamos entrando em um período difícil no qual seremos testados de todas as formas possíveis. VOTOS QUEBRADOS Quero acrescentar mais uma coisa. Quebrar um voto é algo até mesmo mais sério do que fazer uma declaração negativa ou procrastinar. Lembro-me muito bem de uma irmã que era bastante sucedida nos negócios quando, de repente, sua empresa começou a passar por sérias dificuldades e, quando nos conhecemos, ela estava prestes a pedir falência e à beira de perder até mesmo a casa que morava e tudo o que tinha. Ela compartilhou com Daniel por alguns momentos sua delicada situação, e, por fim, veio à tona que, um ano antes, ela havia


feito uma promessa (um voto) de enviar uma certa quantidade de dinheiro para um famoso evangelista da TV, mas, pouco tempo depois, ele foi desacreditado publicamente por causa de algumas coisas ilícitas que havia praticado. Como resultado, ela deixou de enviar a ele o dinheiro. No entanto, a Palavra de Deus diz: "Quando você fizer um voto; cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto. Ê melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir. Não permita que a sua boca o faça pecar. E não diga ao mensageiro de Deus: "O meu voto foi um e ng anoPor que irri tar a Deus com o que você di z e deixá-lo destruir o que você realizou? Em meio a tantos sonhos absurdos e conversas inúteis, tenha temor de Deus.9 Eclesiastes 5:4-7

Quando Daniel lhe apontou o erro, ela disse: — Mas o homem até deixou de pregar na televisão. Quando a corrupção em seu ministério veio à tona, ele saiu de cena. Será que posso dar o dinheiro a alguém que de fato esteja precisando?


— Não creio - Daniel respondeu. Você fez um voto com Deus de enviar dinheiro para aquele ministério em específico. Aquele homem prestará contas a Deus com o que faz com o dinheiro que é enviado para o seu ministério, mas é sua responsabilidade cumprir o voto que fez diante de Deus. Essa irmã orou a respeito da questão e, por fim, conseguiu encontrar o endereço atual do tal evangelista. Assim que o fez, ela enviou a ele o dinheiro que havia prometido há um ano atrás. Logo sua empresa começou a se recuperar e Deus a abençoou de tal maneira que, em poucos meses, ela prosperou tanto que precisou mudar a empresa para um lugar maior. Sim, ela poderia ter simplesmente pedido que Deus a perdoasse, mas o ato que reverteu toda a destruição que Satanás estava trazendo para sua vida foi cumprir o voto. Quando fazemos um voto, deixaremos de receber as bênçãos de Deus até que ele seja cumprido. A todos os lugares a que vou ministrar, o pedido de oração mais freqüente é sobre a área financeira. A maioria das pessoas tem problemas financeiros por causa de votos


quebrados em sua vida. A maneira mais comum de quebrar um voto é dar um cheque sem fundos. No momento em que você preenche um cheque, está fazendo um voto de pagar a quantia escrita no cheque. Infelizmente, muitos cristãos pensam que tudo o que têm de fazer é pedir perdão ao Senhor, mas nunca

chegam a compreender que dar um cheque sem fundos é quebrar um voto e que isso os torna ladrões. Essa atitude faz com que Satanás leve grande destruição à vida deles. Peça ao Senhor para lhe mostrar se há qualquer voto em sua vida que não tenha sido cumprido. Essa pode ser a fonte da maioria das dificuldades que você está vivendo no mento.



Tribunal de guerra rebecca brown & daniel yoder