Issuu on Google+

SALVADOR

SALVADOR SEGUNDA-FEIRA 11/6/2012

REGIÃO METROPOLITANA

ACIDENTE Depósito da LM funcionava no primeiro andar de um prédio na antiga Rua Canta Galo

Estoque de loja de embalagens na Calçada é destruído por incêndio Raul Spinassé / Ag. A TARDE

EDELY GOMES E MARCELO ARGÔLO

Um incêndio destruiu o depósito de uma loja de embalagens na Rua Francisco de Castro, antiga Canta Galo, na Calçada. Segundo moradores, o fogo começou no meio da manhã. O galpão funcionava no 1º andar de um edifício de quatro pavimentos ao lado da loja LM Embalagens. O Corpo de Bombeiros foi chamado e chegou por volta do meio-dia. No depósito estavam armazenados produtos de limpeza, além de itens diversos, como plástico bolha, embalagens, copos descartáveis, papelão e sacos de lixo. No momento em que o fogo começou, não havia pessoas no local. A proprietária do estabelecimento, Maristela Margarão, recebeu uma ligação de vizinhos da loja pouco depois das 11h e se dirigiu imediatamente ao local. Sem seguro, ela calculava os prejuízos causados pelo fogo. “É difícil fazer uma contagem, mas o prejuízo foi grande”, afirmou. A loja, que não foi atingida pelas chamas, funciona ao lado do galpão e, segundo parentes da empresária, tem 15 anos de existência. Segundo a sargento Sueli Ribeiro, do Corpo de Bombeiros, a equipe teve dificuldade para chegar até o fundo do espaço e apagar o fogo. “Foi cogitado abrir uma passagem pelo teto da loja para se chegar ao local”, afirmou. De acordo com a sargento, a causa do incêndio ainda era desconhecida. Ao todo, três viaturas da corporação participaram da ação, que só foi con-

cortado e os fios que passavam próximos da janela do primeiro andar do prédio foram retirados. Alguns rolos de papelão ainda tinham resquícios de chamas quando foram jogados na rua. Outros materiais não foram destruídos, principalmente alguns rolos de plástico bolha e pacotes de sacos de lixo. Maristela e familiares acompanharam de perto toda a ação dos bombeiros.

Assalto

Fogo foi controlado por volta das 15h devido à dificuldade para se chegar ao fundo do prédio

Uma jovem de 19 anos foi baleada na cabeça, por volta das 18h do sábado passado, em Ondina. Segundo agentes do posto policial do Hospital Geral do Estado (HGE), Jéssica Santos Reis chegou à unidade de saúde alegando que havia sido vítima de assalto. Policiais que se dirigiram ao local do incidente, perto do restaurante Alfredo Di Roma, encontraram Jaime César Maciel Oliveira Santos, 23, morto com uma arma na mão. Jéssica estava acompanhada do namorado, um policial militar que trocou tiros com o assaltante. De acordo com funcionários do HGE, ela passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável.

Simões Filho

No galpão foram encontrados copos, plástico-bolha, papelão e produtos de limpeza

cluída no final da tarde. Técnicos da Defesa Civil (Codesal) também afirmaram ainda não ser possível identificar o motivo. “A gente só pode fazer vistoria depois que o fogo estiver totalmente controlado”, afirmou o engenheiro Denilson Matos. Ele disse também que a utiliza-

ção de um sistema de alarme para identificar o incêndio poderia ter reduzido a proporção da perda. Por volta das 15h, depois de controlar as chamas, os bombeiros começaram a retirada do material de dentro do depósito. Para facilitar, o fornecimento de energia na rua foi

Na madrugada de ontem, Francisco de Assis Carlos, 42 anos, foi esfaqueado nas costas. A tentativa de homicídio ocorreu na casa da vítima, em Simões Filho, pelo genro Edson Nunes, que ainda não foi localizado. Francisco foi levado ao HGE pela companheira, e a motivação do crime ainda é desconhecida.

A5

RELIGIÃO

Devotos lotam igrejas para homenagear Santo Antônio MARIA GARCIA E DA REDAÇÃO

Lotadas por grandes levas de fiéis, as igrejas de Santo Antônio Além do Carmo e de Santo Antônio da Barra homenagearam, ontem, o santo mais popular do Brasil. As atividades são intensificadas nesta época, principalmente amanhã, dia dedicado ao santo casamenteiro. Entre cânticos, orações e louvores, devotos celebram o santo desde o primeiro dia do mês. A Igreja de Santo Antônio Além do Carmo realiza, este ano, uma trezena com o tema Sob o Olhar de Santo Antônio, Caminhamos com Jesus, a partir das 20 horas. Hoje, a paróquia inicia as atividades a partir das 20h, mediadas pelo padre Walter Ruy Cordeiro Gonzaga. Considerada a primeira paróquia na capital baiana, sua trezena atrai cerca de 600 fiéis. Na Igreja de Santo Antônio da Barra, na ladeira da Barra, acontece hoje a coroação do santo, às 18 horas, seguida de uma missa presidida pelo padre Geraldo Almeida. Amanhã, as celebrações começam às 6 horas.

A aposentada e viúva Maria do Carmo veio da cidade de Serrinha, interior da Bahia, rumo à igreja de Santo Antônio da Barra. Durante as orações da trezena, Maria do Carmo pediu saúde, devido a um problema de vista, além de um companheiro. Quando indagada sobre o motivo de sua devoção, não hesitou. “Ele é milagroso”.


Incêndio calçada