Issuu on Google+

MARCELO LIMA PORTFÓLIO | ARQUITETURA_URBANISMO_INTERIORES


REFÚGIO_CONCEPÇÃO DA FORMA ARQUITETÔNICA II Projeto de um refúgio situado em um terreno em declive na Ilha do Fundão, que teve como disparador a palavra REVERSIBILIDADE. O ponto de partida foi a interpolação de dois cubos, criando assim a volumetria. Para trazer o conceito da palavra-tema, painéis de madeira móveis foram escolhidos, permitindo que o interior do refúgio pudesse ter diversas configurações de acordo com a vontade do proprietário, podendo ser ora um espaço totalmente fechado para introspecção, ora parcialmente aberto para contemplação da mata ao entorno, ora completamente integrado ao exterior, inclusive na cobertura, móvel também.

1


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I Projeto de uma vila residencial para alunos e professores da Cidade Universitária. O terreno localiza-se na Ilha do Fundão, tendo 15986 m² de área total e 11251,54 m² de área edificante. O projeto da vila consta com 33 unidades habitacionais unifamiliares, sendo 15 unidades de 1 quarto, 12 unidades de 2 quartos e 6 unidades de 3 quartos. A implantação tira partido da insolação, com orientação à NO e SE, aproveitando também a incidência dos ventos dominantes, e mantém as árvores de grande porte existentes no terreno. A paginação de piso é feita com saibro nos p a s s e i o s , p i s o i n t e r t rava d o n a s v i a s carroçáveis.

Ilha do Fundão IMPLANTAÇÃO E COBERTURA

2


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I

PAISAGISMO

MAQUETE

3


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I

UNIDADE DE 1 QUARTO

4


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I

UNIDADE DE 2 QUARTOS

5


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I

UNIDADE DE 3 QUARTOS

6


VILA RESIDENCIAL_PROJETO DE ARQUITETURA I

DETALHES

7


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II O projeto tira partido da localização privilegiada do terreno e aproveita as vistas para o Cristo Redentor e a Lagoa Rodrigo de Freitas. A implantação da lâmina na esquina da Rua Jardim Botânico com a Rua Oliveira Rocha e seguindo o alinhamento já existente garante às unidades a vista para a Lagoa e as fachadas orientadas para SE. O edifício consta de 20 unidades residenciais, sendo 10 unidades de 1 quarto e 10 de 2 quartos (1 suíte), dispostas em 5 pavimentos. As unidades possuem ventilação cruzada e possibilidade de integração à sala. O embasamento do edifício é destinado ao uso comercial e é dividido em 2 pavimentos. Seu formato foge do padrão ortogonal da lâmina e dialoga com as esquinas da Rua Jardim Botânico e a Rua Oliveira Rocha e com a praça pública situada na esquina da Rua Jardim Botânico com a Rua Conde de Afonso Celso, que serve de apoio ao comércio local. A paginação de piso tende a direcionar os fluxos, com uma forte marcação de passeios. Um espelho d’água serve de ponto de atração da praça, que conta com bancos e mesas para permanência e árvores de médio porte para criação de espaços agradáveis à sombra.

PERSPECTIVA DA ESQUINA DA RUA JARDIM BOTÂNICO

8


RUA OLIVEIRA ROCHA

RUA CONDE AFONSO CELSO

EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

RUA JARDIM BOÂNICO IMPLANTAÇÃO E COBERTURA ESCALA 1_250

9


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

TÉRREO ESCALA 1_200

10


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

SOBRELOJA ESCALA 1_200

11


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

VESTIÁRIO 12,48 M² ACESSO SOBRELOJA 54,15 M² ZELADORIA 40,32 M²

BANHEIRO 9,30 M²

VESTIÁRIO 12,48 M²

ACADEMIA 95,32 M²

SALÃO DE FESTAS 63,42 M² COZINHA 14,60 M²

PUC ESCALA 1_200

BANHEIRO 9,30 M²

12


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

WC 2,25 M²

SERVIÇO 3,22 M²

COZINHA 9,12 M² WC 4,50 M² WC 4,50 M²

WC 3,96 M² HALL 2,90 M²

HALL 8,95 M² WC 2,05 M² SALA 25,20 M²

QUARTO 10,20 M²

QUARTO 15,15 M²

QUARTO 12,45 M²

SALA 20,10 M²

COZINHA 5,40 M² SERVIÇO 2,75 M²

PAVIMENTO TIPO ESCALA 1_200

COBERTURA ESCALA 1_200

13


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

CORTE 1 ESCALA 1_200

14


EDIFÍCIO MISTO_PROJETO DE ARQUITEURA II

CORTE 2 ESCALA 1_200

15


BIBLIOTECA_PROJETO DE ARQUITEURA III Projeto de uma Biblioteca Municipal voltada para o público infanto-juvenil da rede pública de ensino, bem como para a população do bairro de Madureira e localidades próximas. O edifício está situado no Parque de Madureira, terceiro maior parque urbano da Cidade do Rio de Janeiro, localizado no bairro de Madureira, Zona Norte da Cidade. O conjunto se organiza em uma tipologia pavilhonar, em dois pavimentos, tendo no térreo o cervo e leitura infanto-juvenil e áreas técnicas, e no primeiro pavimento, o acervo e leitura adulto e as áreas administrativas. Os espaços livres foram pensados de forma a seguir a linguagem do Parque. Os quiosques existentes foram realocados, gerando uma área de apoio e convivência entre a Arena do Samba e a Biblioteca. Na entrada do Parque, foi colocado um bicicletário e uma área de descanso para os usuários da ciclovia. A edificação consta com dois pátios internos: um integrado ao Parque, que serve como extensão/foyer da sala polivalente, e um resguardado por vegetação, para leitura e convívio ao ar livre.

PERSPECTIVA DA ENTRADA DA BIBLIOTECA

16


BIBLIOTECA_PROJETO DE ARQUITEURA III

S

UE

Q AR

EL

M

O AN

A

RU

M

A

RU O

NI

AN DE U

RE

AB

I

AR AP

R UA

A

RU

G

S

NE

A

A

NU

AR CL

ES

TR

RU

AD

A

DO

A

IR

DE

PO

RT E

ES

L CA

AR

LA

A

RUA A MÉRIC O BRA SIL

IENSE

RU

SO

SITUAÇÃO ESCALA 1_2000

17


BIBLIOTECA_PROJETO DE ARQUITEURA III

TÉRREO ESCALA 1_250

18


BIBLIOTECA_PROJETO DE ARQUITEURA III

PRIMEIRO PAVIMENTO ESCALA 1_250

19


BIBLIOTECA_PROJETO DE ARQUITEURA III

CORTES ESCALA 1_250

20


CORTES ESCALA 1_250

21


PERSPECTIVAS INTERNAS

22


Portfolio