Page 13

RIO DE JANEIRO >

O DIA I TERÇA-FEIRA, 17.4.2012

13

DIVULGAÇÃO

Escadas rolantes naRocinha,Penha, Tijuca e Mangueira Essas serão as primeiras favelas a receber a novidade. Projetos sociais para 40 mil jovens de UPPs vão receber US$ 100 milhões Beltrame almoçou com policiais da UPP na Pensão da Tia Regina

epois do teleférico, escadas rolantes. Favelas caD riocas terão o equipamento para facilitar o deslocamento dos moradores. A novidade, copiada de Medellín, na Colômbia, foi antecipada por O DIA em 23 de janeiro. O governo estadual conseguiu US$ 100 milhões para financiar projetos sociais para 40 mil jovens de comunidades pacificadas. Cabral destacou que a solução é barata. “As escadas rolantes custaram apenas US$ 8 milhões, incluída a infraestrutura necessária para a instalação. É isso que buscamos. Vamos integrar este projeto a um pacote de mobilidade urbana nas UPPs para melhorar ainda mais a qualidade de vida da população. Vamos implantar na Rocinha, nos complexos da Penha e da Tijuca,

DIA A DIA

CELULAR LEVA MILITAR À PRISÃO Policiais da 37ª DP (Ilha) prenderam o soldado reformado da Aeronáutica Alexandre Braga dos Santos Siqueira, 42. Ele procurou a delegacia para comunicar o furto de um celular, mas acabou confessando que o aparelho não foi roubado. Foi preso por falsa comunicação de crime.

DEPÓSITO DE PEÇAS FECHADO Policiais civis fecharam ontem distribuidora de autopeças que funcionava na Rua das Nações, Heliópolis, Belford Roxo. O responsável pela loja foi preso em flagrante. No local, os policiais civis apreenderam cerca de R$ 3,6 mil.

na Mangueira e em outras comunidades”, prometeu Cabral. Segundo ele, os estudos executivos para a instalação das escadas será concluído nos próximos meses. Medellín também foi a inspiração para o teleférico do Alemão.

Em comunidade carente colombiana, esquipamento reduziu de meia hora para cinco minutos o trajeto até o asfalto O governador Sérgio Cabral visitou a Comuna 13, em Medellín, favela já dotada de escala rolante. Lá, os moradores levavam meia hora para chegar ao asfalto. Graças ao equipamento, de

384 metros de extensão, o trajeto agora é percorrido em cinco minutos. SEGURANÇA

Na cidade colombiana, Cabral conheceu o Centro Integrado de Intervenção (CI2) que, só no ano passado, ajudou a desarticular oito grupos criminosos e a tirar de circulação 200 kg de drogas. O governador fechou, com Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), empréstimo de US$ 100 milhões para programas sociais para 40 mil jovens de comunidades pacificadas. Os projetos serão nas áreas de educação e desenvolvimento profissional. “Este recurso dará oportunidade para jovens que antes viviam em meio ao tráfico de drogas ou à milícia”, explicou Cabral.

RESPOSTA AO TRÁFICO

Beltrame visita Cidade de Deus e Mangueira: ‘lojas não fecham mais’ ■ Após dias de tensão, quando, na semana passada, traficantes ordenaram o fechamento do comércio na Cidade de Deus e na Mangueira, moradores das duas comunidades receberam ontem a visita surpresa do secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame. Ele esteve nas sedes da UPP, circulou por algumas ruas, ouviu moradores e até almoçou numa pensão na comunidade da Zona Oeste. Moradores relataram ao secretário que o tráfico

continua atuante na Cidade de Deus: “Eles andam de bicicleta, com a droga escondida nos bancos, para não serem pegos”, contou uma moradora. O secretário prometeu que o comércio não voltará a fechar e, depois, almoçou com policiais da UPP na Pensão da Tia Regina: “Ele comeu feijão, arroz, batata frita, contra-filé, estrogonofe de frango, farofa e salada mista. Gostou. Ele prometeu voltar com a mulher para comer feijoada”, disse Regina, orgulhosa.

Jornal O Dia 17/04/2012  

Jornal O Dia 17/04/2012

Advertisement