Issuu on Google+

www.cmfor.ce.gov.br

Oposição X Inércia

JORNAL

Gestão Salmito apaga Câmara no cotidiano de Fortaleza PÁG. 3

Mídia

Regininha Duarte, uma

aula sobre sexo na TV Diário PÁG.20

Expresso

Compacto e completo

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010 Ano I - Edição 3

Drogas

Traficante agora é quem caça policial civil PÁG. 8

Desamparo

A infância perdida nas ruas da Parangaba

Marília Mendonça: conheça o encanto felino da Garota Expresso

PÁG. 32

JORNAL

2

Política

divulgação

Expresso divulgação

Coronel Amarílio

Opinião

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Reitor da UFC dá a dica

Asas do progresso abanam Caucaia

Estaleiro magnífico no Pecém

Sem partido até abril, o coronel Amarilio Melo (foto), debaixo da asa do governador Cid Gomes, conseguiu a liberação de recursos para a construção de um teatro digital em Caucaia com um mini centro de convenções para 300 pessoas e um planetário de última geração. O Ceará, linha abaixo do Equador, será o único Estado com três Planetários: Fortaleza e Sobral já possuem o equipamento. O município tem agendada ainda a Policlínica Antônio Miranda de Melo, pai do caucaiense PM, que vai disputar eleição para deputado estadual. Faz lá o que nem a Igreja Católica consegue: juntar a todos dentro da pátria.

O reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jesualdo Farias (foto), prova que é mesmo magnífico e sabe fazer uso das entrelinhas. Aliás, durante bom tempo, um artifício que assolou a imprensa reprimida. Farias, recentemente, lembrou do grande trabalho desenvolvido para a consolidação do Complexo Portuário do Pecém. Disse ainda que aquela obra está à disposição para a ampliação do seu parque naval-industrial. Não falou uma única vez em estaleiro. Mas, esta palavra se fez presente todo tempo. Num estalo de palavra bem urdida e proclamada, a UFC revelou sua posição quanto à polêmica.

Xyco Theóphilo

Por Por J. Ciro Saraiva | jornalista

Caldeirão

CUIDADO COM O ANDOR, QUE O SANTO É DE BARRO

S

empre que vêem seus interesses ameaçados, as elites eliminam as diferenças existentes entre si e se unem, porque é preciso, antes de tudo, sobreviver. Nem mesmo em 1962, quando os grandes partidos, UDN e PSD constituíram a “União Pelo Ceará”, o resultado fugiu à regra. O coronel Virgílio Távora, que era da UDN, foi escolhido pelo PSD para capitanear a aliança, como candidato a governador, em nome da preservação do bem estar de todos, porque o PTB de Carlos Jereissati, prestigiado pelo presidente João Goulart, distribuía à farta o que recebia do Governo Federal. A história de que Adail Barreto, candidato das 1

minorias, era comunista, foi só para enganar os bestas. E o que fez Virgílio, em nome da “União”? Tratou de pacificar internamente o PSD e a UDN, mostrando que aquilo era bom para eles. E, em seguida, acertou com Jereissati que ele também não tinha porque ficar de fora da festa. A história deixou uma lição que o povo pode até não ter apreendido, mas os políticos, com certeza, recolheram em seus manuais de trabalho sobre como dar uma rasteira nos que pensam que são grande coisa, mas acabam não passando de bucha de canhão. Vão acabar virando fumaça. Virgílio e Jereissati venceram juntos. Adail escapou elegendo-se deputado federal. E Armando Falcão e Parsifal Barroso, que

eram inimigos de Jereissati e conspiraram contra ele? Armando não conseguiu o mandato de senador que pleiteava e Parsifal, que era governador, não elegeu seu candidato, caminhando para o ostracismo. É bom prestar atenção não só a esses detalhes, mas até a uma certa influência hereditária dos fatos. Ontem era o pai, hoje é o filho. Os de sempre são o entorno.

2

4

3

xycotheophilo@jornalexpressoceara.com.br

E

unício significa Belo Vitório, vitorioso. Mas, você o viu por aí? Eu não... Ué, ele não é candidato ao Senado? Ou vai dar uma de Afonso Arinos de Melo Franco, único político brasileiro que se elegia sem ir às ruas? Quando assumiu o Ministério de Lula, Eunício disse que ia priorizar um Serviço de Comunicações Digitais, o SCD, com internet em banda larga para 180 mil escolas, 63 mil estabelecimentos de saúde e cinco mil bibliotecas públicas. Nosso conterrâneo não deu maiores detalhes do projeto, quando passou o bastão. Tinha prometido também reestruturar e modernizar os Correios e a comunicação eletrônica de massa. Não iria fazer como Miro Teixeira e Pimenta da Veiga (antecessores), que ignoraram o problema.

Sarney, de novo, Presidente?

Ser presidente do Senado tem lá suas benesses e possibilidades como a de ser presidente, pero no mucho. José Sarney pode substituir Lula caso ele caia de corpo e alma na campanha da Dilma. Essa hipótese, segundo Sarney, significa “procurar cabelo em casca de ovo”. O vice-presidente José Alencar e o presidente da Câmara, Michel Temer, estarão afastados de suas funções porque também serão candidatos.

Aécio maroto

Corredores do Senado se encheram de curiosidade com a chegada do mineiro Aécio Neves para cerimônia do centenário de Tancredo Neves. Imprensa pressionou com pergunta que não queria calar: vai de vice de Serra? Sorriso irônico e a negativa 1 - Carlos Jereissati, 2 - Virgílio Távora, 3 - Parsifal Barroso, 4 - Armando Falcão

de sempre. Aludiu que Tasso Jereissati era mais provável, para tristeza de outro pretendente aliado, Agripino Maia (DEMRN). Aécio sonha mesmo é com o Senado, onde aspira sair presidente, de outra forma?

Papel aceita tudo. Toda eleição é precedida de muitas obras mostradas nos meios de comunicação e na folheteria de alto valor gráfico. Foi assim. É assim e sempre será, para a alegria e festa dos fotógrafos e da indústria gráfica local.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

3

Mito sem sal

Gestão Salmito considerada uma fase insossa da Câmara

Tasso / Serra

Voltas que o tucanato dá alana andrade

Quando se elegeu presidente da Câmara Municipal, no início de 2009, o vereador Salmito Filho exibiu um bem elaborado programa de metas. Criou expectativa de que prosseguiria o trabalho do antecessor, Tin Gomes. Mas, na prática, ficou constatado que Salmito havia, de fato, usado uma peça de marketing para convencer colegas a colocá-lo no comando do Legislativo da cidade. Esse sentimento de decepção se faz sentir a partir de desabafos de muitos dos vereadores, que se deixaram inebriar pelo discurso de campanha. Acreditaram que ele manteria a Câmara em alto prestígio e visibilidade. Diante do cotidiano da cidade e das suas demandas de maior premência, na re-

Divulgação

Saimito inebriou colegas que bem elaborado programa de metas alidade, nem parece estar se percebendo que o Poder existe, tamanha é a ineficiência da gestão. Por sua vez, os observadores políticos não pensam diferente dos vereadores. Argumentam que Salmito, como vereador já à epoca de Tin Gomes, deveria ter aprendido. Até porque acompanhou

o trabalho então realizado. Entre outros destaques, acompanhou a aprovação do novo Plano Diretor e a atualização da Lei Orgânica do Município, tornando-a uma das mais avançadas do Brasil. Lembram que Tin fez da Câmara um atuante fórum de debates das questões referentes não apenas a For-

taleza, mas ao Ceará e ao próprio Nordeste. Acentuam ainda que, nos momentos de divergências entre Prefeitura e Câmara Municipal, Tin não ficava comodamente em cima do muro e se posicionava. Ou contra ou a favor, assegurando a firmeza e a independência do Legislativo em relação ao Executivo.

Oposição é quem ainda Falta de iniciativa queima filme da projeção do petista evidencia Câmara Se pretendia se projetar como presidente da Câmara, Salmito não pode se considerar bem sucedido. A falta de iniciativa e de afirmação na presidência acabaram queimando seu fil-

Uma das presidências

mais

apagadas

da história

Nas eleições de 2002, Serra atropelou um forte pretendente do PSDB à Presidência – o senador conterrâneo Tasso Jereissati (foto). O mundo dá voltas e o atropelado volta com a possibilidade de ser o vice numa chapa pura empurrado pelas circunstâncias. Será que irão de novo especular, na fritura de Serra como candidato, pelo simples fato de a sondagem de opinião ter equilibrado a disputa? Na maioria dos estados, o PSDB, um partido que era para ser forte de quadros, não tem nomes para decidir uma eleição. E o mais forte daqui foi fortalecer o de lá.

me e a projeção não ocorreu. Lamentavelmente, uma das mais apagadas presidências de Câmara de uma das principais capitais brasileiras das últimas décadas. Acaba por fazer com que nos lembremos de um trocadilho usado por uma colunista da imprensa da cidade, quando ele estava iniciando o seu primeiro mandato. Dizia ela, então, que o Salmito, como vereador, ainda era um mito, sem sal. Será que o trocadilho está ultrapassado?

De 2009 para cá, a Câmara perdeu a evidência no dia a dia de Fortaleza. Só não se mostra totalmente apagada perante a opinião pública por conta da atuação dos vereadores oposicionistas. São estes que ainda salvam a imagem da Casa, diante de um Salmito apático. Naquela de não ser carne nem peixe. Uma postura murista capaz de causar inveja a certos políticos daqui que se consolidaram como insuperáveis hesitantes. Decepciona não apenas companheiros de Poder, mas a pró-

pria coletividade, que esperava dele a dinamização da Casa. Por exemplo, a atualização do Código de Posturas e da Lei de Uso e Ocupação do Solo, além de outras significativas leis municipais, poderiam elencar de maneira substancial o conjunto de iniciativas da sua gestão.

Salmito

decepcionou colegas e sociedade

Do blog do Nonato

Luizianne esquece 0800 da prefeitura de graça, no ar O jornalista e radialista Nonato Albuquerque, através do seu vigilante gentedemidia.blogspot.com, escreveu na noite da última segundafeira, 8, o seguinte post sobre a performance de nossa prefeita, ao vivo, na TV União, às 18h05min: “A prefeita Luizianne Lins está no ‘Da Hora’, ao vivo. Ela, inclusive, responde aos telespectadores que mandam perguntas via e-mails e telefones. Aliás, Luizianne falou tão bem do 0800 que está atendendo a população para denúncias e auxiliar a Operação Tapa-Buracos e, na hora de citá-lo, foi socorrida pelos caracteres da emissora. A impressão é que ninguém ali no estúdio sabia o número para ajudar a nossa prefeita.”

JORNAL

4

@Twitter Político lhaço: a Casa passou a prestar serviços à comunidade, com o tal Câmara Móvel. Acabou-se, então, o imobilismo? Ruma @Sessões da Câmara de Fortaleza repletas de requerimentos. Muitos de profundo besteirol, no melhor estilo Febeapá.

Tem coragem, Novais? @No programa do PSB na mídia, Sérgio Novais defende democracia participativa. Que tal sugerir ao correligionário Cid Gomes plebiscitos sobre o estaleiro e o Acquario? Salada @Coligações às eleições proporcionais no Ceará deverão ser uma verdadeira salada, sendo provável que, na encabeçada pelo PSB, entre até o PSDB. Serviços @Assessoria da Câmara Municipal anuncia com estarda-

Ô briga feia! @Quem é mais governista na Assembleia Legislativa: a bancada cidista ou a dos tucanos? Cadê os resultados? @Destacada, nas conversas políticas, a atenção especial do governador à Defensoria Pública do Estado. Não se sabia que ele prezava tanto aquela instituição.

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Fale conosco: redacao@jornalexpressoceara.com.br Coisa muita @Dito na Assembleia: máquina estadual tem sete mil cargos de confiança, de livre nomeação pelo governador. Logicamente, sem intenções políticas, nem eleitoreiras.

Premiada de General @Sorteado entre os municípios a serem fiscalizados pela CGU, no Ceará, General Sampaio, cuja prefeita é Eliene Leite Araújo, presidente da Aprece. Herança Pimentel @Por que, no PT, tem tanta gente dando corda para José Pi-

mentel se candidatar a senador? Querem ficar com os colégios dele para deputado federal? E a seca? @ Nossos políticos não parecem estar percebendo a seca que está vindo por aí. Afinal de contas, isso não afeta os invejáveis contracheques deles...

É de partir o pão? @Andam recomendando que não chamem para a mesma merenda o doutor Manuel Santana e os credores da Prefeitura de Juazeiro do Norte.

Menos emprego de deputado @Nos meios políticos locais a grande ducha fria veio do TSE: composição da Assembléia e da bancada nossa na Câmara Federal não vão aumentar. Frase I @Todo governo novo fica velho – Raimundo Gomes de Matos (1886-1968), advogado, professor e jornalista cearense.

Frase II @Tucano cearense é bicho de cativeiro: nasceu com o poder e não saberia sobreviver fora dele – Publicitário Ricardo Alcântara.

Emenda 58

Prefeitos e vereadores em queda de braço. Por causa de dinheiro

Por J.O. Lima (j.olima@jornalexpressoceara.com.br)

Prefeituras e câmaras municipais do Ceará estão se enfrentando numa autêntica queda de braços. A disputa acontece por causa da Emenda Constitucional número 58/09, ou melhor, por causa de dinheiro. Assunto que desperta muito interesse nas casas legislativas federais e municipais. A emenda é muito clara ao prever a redução dos limites do duodécimo (a verba que cada prefeitura tem que repassar mensalmente à câmara de vereadores do respectivo município). Lá está dito, em bom português, que a emenda produzirá efeitos “a partir de 1º de janeiro do ano subsequente ao da promulgação desta Emenda”. Isto ocorreu em 23 de setembro de 2009, de ma-

neira que só alguém que não entenda um mínimo de Direito não conseguirá deduzir que ela tem que ser cumprida a partir de primeiro de janeiro de 2010. É cristalino este ponto. Tanto que a Aprece (Associação dos Prefeitos do Ceará), após consultar técnicos, já orienta prefeituras para que repassem o duodécimo com base nos novos limites.

TCM cauteloso para Deuzinho Filho mostra serviço ao por fim à “arenga” bolso dos “deputados municipais” Por ser polêmica, no TCM a Para obedecer ao novo limite, muitos municípios têm que reduzir o dinheiro do repasse para as câmaras. Estas, obviamente, estão odiando esta história de “repasse a menor”. Por isso, o presidente da União dos Vereadores do Ceará (UVC), vereador de Caucaia Deuzinho Filho(foto), pré-candidato à Assembleia (por mera coincidência), resolveu mostrar (ou pelos menos aparentar...) serviço e formalizou consulta ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). No meio jurídico, a grande maioria entende que a Emenda é aplicável a partir de primeiro de janeiro de 2010. Esta é a posição dos Tribunais de Goiás, Pará e Bahia, enquanto o Ceará aguarda resposta do TCM à consulta da UVC.

cmfor.ce.gov.br

Será o momento, espera-se, em que termina essa guerrinha iniciada porque a UVC acha que a emenda só terá vigência a partir de 2011. Mas é compreensível, pois Deuzinho, certamente, quer evitar, primeiro, que as câmaras contem com menos grana. Segundo, que ele deixe de agregar apoios dos colegas (por ele denominados de “deputados municipais”!) ao seu sonho de chegar à Assembleia.

consulta está sendo analisada com muita prudência, conforme orientação do presidente Ernesto Sabóia (foto). Sobre a dita cuja, já se pronunciaram a Procuradoria e a Auditoria. Depois, vem o parecer do relator, Luiz Sergio Gadelha, seguindo-se a votação, pela unanimidade do Pleno, tendo-se, então, a palavra final que servirá para pôr fim a mais uma “arenga” (é o novo, hein, pessoal!), entre prefeituras e câmaras.

arquivo pessoal

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

Editorial

A cidade disse que é para ficar O jeito de ser do cearense já gratifica quem chega com a intenção de empreender. Com o EXPRESSO, não foi diferente. Nascemos com a proposta de fazer um “jornal revista semanal”. Conceito bem definido, apostamos no desenvolvimento de uma proposta adaptada, customizada para atendimento de nossas demandas informativas e comerciais.

Imaginávamos que a pessoa a recebê-la como jornal, logo se identificasse em simbologia de valores, na função de uso relevante para seu cotidiano sócio-econômico, político e cultural. Que a fizesse considerá-la digna de leitura, instrumentalizada num maço gráfico chegado às suas mãos gratuitamente. Com apelos comerciais, é óbvio, mas possuidor de caráter útil, responsável, cidadão, prazeroso. Pois não é que aconteceu, minha gente? O EXPRESSO já cativou para muito além dos seus 50 mil exemplares. As manifestações, espontâneas se desdobram rápido, diga-se de passagem. Nos chegam através de

e-mails, cartas, telefonemas, e-mails, tweets. Sob a forma de sugestões de pauta colhidas pela nossa equipe de agentes de relacionamento, pedidos de informações sobre como receber a publicação ou pela empolgação da primeira clientela de anunciantes. Cada simples elogio traz um incentivo que nos impulsiona a fazer o jornal com zelo e compromisso social. Manter a periodicidade e azeitar a máquina, ao mesmo tempo, são desafios que irão conferir maturidade e crescimento profissional à toda equipe. Sabemos que os primeiros passos são sempre os mais difíceis, mas uma vez dados, não se pode voltar atrás: o EXPRESSO chegou para ficar.

Expresso

Compacto e completo

Presidente de Honra: Alfredo de Abreu Pereira Marques - Presidente: Marcos Conceição Lelis(lelis@ jornalexpressoceara.com.br) - Editor Chefe: Wilton Bezerra Júnior (wbjunior@jornalexpressoceara. com.br) - Editor Adjunto: Marcel Bezerra (marcel@jornalexpressoceara.com.br) Diretora de Recursos Humanos: Geórgia Diógenes Marques de Abreu - Diretora Financeira: Flávia Diógenes Marques de Abreu - Diretor de Marketing: Marcelo Diógenes Marques de Abreu. Diretor Operacional: Jorge Chicaco (jchicaco@jornalexpressoceara.com.br) - Assessoria Jurídica: Cid Marconi Advocacia S/S Dr. Bretis de Castro - Secretário de Redação: Guillermo Antonioli (guillermo@jornalexpressoceara. com.br) - Designer Gráfico: Flávio Marques (flavio@jornalexpressoceara.com.br - Criação: Breno Ximenes - Colunistas: Ivonildo Lavôr, Xyco Theophilo, João Saraiva, Wilton Bezerra. Fotografias: João Luiz e Felipe Abud - Reportagem: Viana Júnior

Atendimento ao leitor - Contatos Endereço: Avenida 13 de Maio, nº 255, Bairro de Fátima, Fortaleza- Ceará - Cep : 60.040-530

redacao@jornalexpressoceara.com.br

(85) 3257-3010 Fax (85) 3257-4196

Tiragem: 50 mil exemplares Gráfica: Jornal do Commercio

Humoris

JORNAL

Quem não sabe que a liberdade de imprensa produz abusos? Mas quem não percebe, igualmente, que a extinção de liberdade de imprensa produziria abusos muito maiores? (Décio de Almeida Prado)

5

Opinião Querem a acabar com o rádio em Fortaleza? Por Marcel Bezerra - Jornalista Pelo andar da carruagem, em breve, vão acabar mesmo com a programação local das rádios AM em Fortaleza. Não bastasse o indiscriminado arrendamento a políticos, religiosos e aventureiros, redes de notícias e entretenimento do centro-sul do País já tomaram maior parte da grade. Quase não existe mais radiojornalismo feito por gente daqui. De quebra, ressurge uma espécie de “vitrolão caipira”. Desta vez, nas ondas da 1200, a querida Ceará Rádio Clube. O dia todo, bem no pé do ouvido, a atordoar injustamente quem se mantinha fiel a pioneira PRE-9, um patrimônio da cidade, do Estado. Lá, direto de Brasília, a ordem dos Diários Associados foi dar adeus e muito obrigado aos radialistas da terra. Profissionais renomados, que fizeram história por décadas, vão ficar sem prefixo. A propósito, o professor Antônio Mourão, publicou artigo no jornal O Povo, intitulado “Só tem um Brasil?”. Ali, ele bradeja contra a dominação cultural no Brasil:“ Faz-se de modo acintoso. Ela vem arrastando tudo. Feito tsunami. Há uma nítida prevalência do eixo Rio – São Paulo.” Antes, Mourão recorreu, com propriedade, a um exemplo prosaico: “Se eu ligo o rádio, pela manhã, bato de cara com uma cadeia nacional. Todo mundo tem aquele sotaque pasteurizado. Os programas regionais foram desaparecendo. Pouco escutamos sobre nós mesmos. Os noticiários trazem relatos precisos de como está, naquele momento, o trânsito nas marginais do Tietê, quando eu vou é para Messejana…” Indignação expressa e oportuna. Diante de um cotidiano informativo entorpecido, pasteurizado, despojado de identidade. Que forma e quer empurrrar igual juízo sobre tudo e todos. Algo que afeta elementos peculiares dos nossos sistemas de sociabilidade. Gera até inconsciência mórbida sobre o tempo e lugar em que vivemos. Nos alto-falantes, vozes estéreis, autômatas, acompanhadas de conteúdos impertinentes, desarticulados, incoerentes. Coisas que se refletem nas relações humanas, na perda de noção sobre os valores da arte de se comunicar, interagir, sociabilizar. Jeitos de conviver só nossos. Que acabam por se transfigurar e desaparecer. Parece que esqueceram mesmo foi de falar da gente. E para a gente. Comunicação cada vez mais retalhada, diversionista, sisuda, indiferente, falsamente civilizada. Quando não, feita para desinformar, confundir e achincalhar com a audiência. Para piorar, a mão de cal: o diabo do sotaque a porretear os ouvidos. Aqui, na aldeia, acabamos por nos sentir o estrangeiro, o visitante, o inadequado, o perdido, o sem vez nem voz. Ou mesmo o ultrapassado, o preterido, o fora de contexto, o despropositado.

Saúde

JORNAL

6

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Agulhas

Ceará 3º lugar

Acupuntura diminui depressão de grávidas

17% das farmácias irregulares no país

Um novo estudo sugere que a acupuntura pode oferecer certo alívio às grávidas. A universidade americana de Stanford recrutou 150 mulheres. Dessas, 52 receberam acupuntura específica; 49 acupuntura normal; e 49 outro tipo de massagem. Cada mulher recebeu 12 sessões de 25 minutos cada. Depois de oito semanas, quase dois terços das mulheres do grupo da acupuntura específica para depressão mostraram uma redução de pelo menos 50% em seus sintomas, comparado a pouco menos da metade das mulheres tratadas com massagem ou acupuntura comum.

Um levantamento do Conselho Federal de Farmácia concluiu que, dos 83.714 estabelecimentos farmacêuticos existentes no Brasil, 17% (11.820) estão trabalhando de forma irregular, ou seja, não têm um farmacêutico de plantão, conforme o exigido pela lei. O Nordeste é a região onde há o maior número de farmácias irregulares, segundo levantamento do site R7 realizado com os conselhos regionais de farmácia dos 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal, entre 22 de fevereiro e 5 de março. O campeão é o Piauí, com 50%; depois vem o Maranhão, com 36%. Em terceiro lugar o Ceará com 31%.

Nem bote o bracinho de fora

Vacina contra gripe suína não tem para pessoas de 39 a 60 anos A vacinação contra a gripe suína começou esta semana, em todo o Brasil. Porém, várias pessoas têm telefonado para a redação do jornal Expresso querendo saber o porquê de a campanha não contemplar as pessoas com idades entre 39 a 60 anos. Fomos nos informar na Secretária de Saúde do Estado. Eles não faziam a menor ideia. Ligamos, então, para quem distribui as vacinas, ou

seja, o Ministério da Saúde, em Brasília. Por e-mail, a assessoria de imprensa do órgão, “a vacinação em massa para a contenção da pandemia não é o foco da estratégia estabelecida para o enfrentamento da segunda onda pandêmica em todo o mundo. Por um motivo simples, esta contenção não é mais possível em todo o mundo”. E continuam: “São objetivos primordiais proteger trabalhadores de saúde, de modo a manter o funcionamento dos serviços envolvidos na resposta à pandemia, e para alguns grupos selecionados reduzir o risco associado à pandemia de influenza de desenvolver doença grave e morrer”.

O que isso quer dizer? Na prática é o seguinte: quem tiver idade entre 39 e 60 anos é segurar sua onda, não entrar em pânico, pois não tem vacina para todo mundo. A nota do Ministério da Saúde termina dizendo que “não há disponibilidade do produto em escala mundial em quantidade suficiente para atender a toda população”. Mas, não há motivo para pânico, pois qualquer sintoma será medicado na hora.

Prioridade na vacinação*: Os trabalhadores da saúde são prioridade absoluta; 22% das grávidas tiveram a gripe, portanto, vacina nelas; Doentes crônicos, cardiovasculares e respiratórios estão salvos; Índio tem vez; Crianças menores de dois anos também; Jovens entre 20 e 29 anos (24% dos casos em 2009) também receberão a vacina; Adultos entre 30 e 39 (22% dos casos em 2009) se salvaram por um triz.

Mais informações: http://portal.saude.gov.br *Fonte: Ministério da Saúde.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de marรงo de 2010

Expresso

7

JORNAL

8 AGÊNCIA bRASIL

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Polícia

PEC 446/09

Piso unificado dos policiais só depois das eleições Se depender dos deputados, a PEC 446/09, que define o piso nacional dos policiais civis, militares e bombeiros só será votada após as eleições. O presidente da Câmara Michel Temer e os líderes dos partidos decidiram que a matéria e outras PECs voltam ao Plenário apenas no segundo semestre. A cada proposta que for colocada em pauta, os parlamentares serão consultados para ver se concordam ou não com a votação. Pelo menos, um passo já foi dado em favor dos policiais. No início de março, os deputados aprovaram, em primeiro turno, a proposta por 393 votos, com duas abstenções. As principais diferenças do texto são a diminuição do prazo para implantação do piso, que passa de um ano para 180 dias; e a previsão de um piso nacional provisório até que seja editada a lei. Esse piso transitório será de R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação (soldados, no caso da PM) e de R$ 7 mil para os oficiais de menor posto. A proposta aprovada prevaleceu sobre a PEC 300/08, que tomava como base os salários dos policiais do Distrito Federal.

Crise na polícia judiciária

Policiais na mira do tráfico A morte do inspetor, José Célio Leite Lima, na madrugada do último dia 6, acende luz de alerta sobre o avanço da criminalidade contra os policiais civis. Também evidencia a insatisfação da categoria com as más condições de trabalho e com o secretário de Segurança, Roberto Monteiro “O sentimento da Polícia Civil hoje é de revolta”. O desabafo parte do presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpoci), Weudo Jorge Queiroz. O motivo é a morte do inspetor da Delegacia de Narcóticos (Denarc), José Célio Leite Lima, 43 anos, baleado ao voltar de uma festa na madrugada de sábado, 6 de março, no Álvaro Weyne. Todos os policiais ouvidos pelo EXPRESSO afirmam categoricamente que Célio foi executado por bandidos ligados ao tráfico de drogas. O jornal apurou que a ordem de matar partiu de um

alana andrade

traficante, hoje recolhido em um presídio estadual. Ele foi preso pela Denarc em 2009 e, desde então, teria passado a ameaçar os policiais da delegacia. Os assassinos estavam numa moto e atiraram no carro de Célio. Ele era um dos mais experientes da Narcóticos. Participou de todas as maiores operações do combate ao tráfico nos últimos anos. O policial deixou três filhos e duas famílias desamparadas. “Era um policial arrojado, corajoso. Ajudou a prender mais de 420 traficantes entre 2008 e 2009, além de desmontar diversos laboratórios e desarticular quadrilhas. Toda a equipe dele foi ameaçada. Muita gente se sentia incomodada com a atuação”, colocou César Wagner, titular da Denarc até outubro do ano passado. A morte de Célio acendeu luz de alerta para o avanço do crime organizado contra a própria polícia. “Existe um pool de traficantes a ameaçar. O Estado tem que dar uma resposta, sob pena de a polícia ficar desguarnecida”, afirmou o titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Wilder Brito.

fábio lima

sede da superintendência da Polícia Civil

Roberto Monteiro no alvo da categoria O assassinato fez aflorar ainda mais a insatisfação com a política de Segurança Pública, mais precisamente contra o secretário Roberto Monteiro. As reclamações são várias. Entre as principais, a orientação expressa aos delegados de não expor os presos na mídia. Para completar, a divulgação de investigações na Correge-

doria e os afastamentos de policiais, além das precárias condições de trabalho e da carência de pessoal. “A postura do secretário não dá forças para o policial trabalhar. Muitas vezes, ele fica inibido, com medo de ser acusado e punido”, expõe o presidente do Sinpoci. Segundo um delegado

que não quis se identificar, abrir dados da corregedoria à sociedade expõe policiais à execração pública, o que não ocorre em outros órgãos como Polícia Federal e Ministério Público. “Hoje, a polícia já trabalha com medo porque não tem respaldo moral”, denuncia o delegado.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

9

68 policiais afastados desde 2008

alana andrade

De acordo com o Sinpoci, desde 2008, 68 policiais foram afastados por Roberto Monteiro. “Alguns sem direito nem ao contraditório. Perdem logo a metade do salário. Tornamos nulos na Justiça alguns desses atos”, revela Weudo. “Hoje, está tão complicado que autoridades da secretaria vão às celas perguntar aos presos se eles estão sofrendo maus tratos. Quando uma pessoa é presa, faz-se um exame de corpo de delito. Agir dessa forma

Weudo - “O estado do Ceará era respeitado”

fragiliza o aparato policial”, considera o presidente do sindicato. Para ele, “a postura do secretário tem sido a de punir mais pelo preso”. E a situação pode se agravar. “Outros bandidos podem querer agir se notarem essa fragilidade estrutural”, diz o sindicalista, acrescentando que divulgar imagens de bandidos estimula a população a denunciar os crimes. “O Estado do Ceará era respeitado. Se matassem um policial, 10 bandidos eram mortos.”

Ely Aguiar sugere Secretaria de Direitos Humanos a Monteiro Na Assembleia, alguns dos poucos discursos de oposição que repercutem são justamente contra a política de segurança comandada por Roberto Monteiro. A casa tem três deputados que atuam em programas policiais. Uma das vozes mais ácidas contra o titular da SSPDS é Ely Aguiar (foto). Esta semana, mais uma vez ele disparou contra o secretário. “Há uma insatisfação generalizada com a cúpula. O secretário é fraco e tem um discurso que incentiva a bandidagem, a partir do instante em que procura protegê-la e amedronta a polícia, dizendo que delegado que deixar filmar bandido é exonerado. Isso não é papel de secretário”, dispa-

assembleia legislativa

rou o parlamentar. Para Ely, “a polícia gosta de trabalhar, mas ele (Roberto Monteiro) não dá condições”. O deputado coloca que, em apenas dois meses, já houve 265 homicídios. “O discurso do secretário acorrenta a polícia. Isso é clima de guerra! Ele deveria ser secretário de direitos humanos, e não de segurança”.

“Esse homem é um lunático, rapaz!”, Ely Aguiar

Baixos salários e carência de pessoal Um policial civil em início de carreira ganha R$ 1.930,00. Chegando, no máximo, a R$

2.500,00. Equivalente ao que ganha um policial em Pernambuco e Alagoas, superior apenas à Bahia e menos do que no Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e Maranhão.

A Polícia Civil conta com 1.800 inspetores, quando seriam necessários 4.800 de acordo com o Sinpoci.

No Distrito Federal e na Polícia Federal, o salário inicial ultrapassa os R$ 7 mil.

Dos 184 municípios, apenas 54 têm delegacias criadas por lei. O resto são unidades policiais. Para o Sinpoci, o caos instalou-se em termos de policia judiciária.

Pernambuco tem mais de 4 mil policiais civis.

JORNAL

10

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Debate

Por que não os “malas e a lei” na imprensa? No Ceará, bandido parece não ter cara.

Quem assiste aos programas policiais nas TVs cearenses deve ter percebido nos últimos meses que os bandidos andam meio “sumidos”. Não que a criminalidade tenha diminuído. O motivo é uma “orientação superior” aos delegados para não facilitar a exposição de presos na mídia. Sob pena de perderem os cargos ou irem para a “geladeira”, como já aconteceu.

divulgação

No ar e na Assembleia “Já vi preso dizer em programas policiais: ‘olha, estou preso aqui, ilegalmente, sendo acusado de um crime que não pratiquei. Ou seja, ao preso também o direito de falar para se defender. Nem sempre a polícia está certa na prisão de alguém. Nós temos informações até do MP e da população carcerária, chega a 30% dos inocentes presos”, Edson Silva, deputado e apresentador do Cidade 190 na TV Cidade. “A imprensa tem cometido absurdos, erros, equívocos? Tem. Mas compete àquela pessoa que foi exibida indevidamente entrar com ação contra aquele veículo que o mostrou. O secretário quer, através dessa postura, deixar transparecer que a criminalidade diminuiu no Ceará”, Ely Aguiar, repórter policial e apresentador de “Os malas e a lei”.

?

?

Aqui, no Ceará, é assim: delegado que facilitar a exposição de presos à imprensa é exonerado do cargo. A “recomendação” é do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Monteiro. Mas, você já parou para pensar sobre isso? O jornal EXPRESSO ouviu partes bastante interessadas no assunto para ajudar você a formar sua opinião.

“Mais importante do que permitir a exposição do réu é preservar a sua imagem, impedindo que sofra os efeitos nocivos de uma condenação criminal, antes mesmo que ela ocorra. Um possível culpado pode ser um possível inocente”, Leandro Vasques, advogado criminal e presidente da Caace.

“Na Constituição, não existe nenhuma norma que vede expressamente a exposição de presos nos meios de comunicação” Leandro Vasques

Roberto Monteiro “injeita” questões do expresso O secretário foi procurado pelo EXPRESSO para participar do debate sobre o assunto, mas não respondeu a nenhuma das 10 perguntas enviadas pela redação. Mas, na internet, achamos uma declaração dele sobre a questão, datada do fim de janeiro deste ano. Roberto Monteiro alega que

nenhum preso pode ser fotografado ou filmado, mesmo

que se trate de condenados.

Segundo ele, apenas a imagem de procurados pela Polícia pode ser divulgada. “Uma coisa é exibir uma fotografia de alguém que está sendo procurado. Outra coisa é pegar uma pessoa que já está presa e apresentar pra televisão, para o jornal, mesmo que seja um condenado. A gente não pode violar a imagem das pessoas. Está na Constituição”.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

11

“Bancada da bala” reclama A “bancada da bala” da Assembleia, formada pelos deputados estaduais Ely Aguiar (PSDC), Edson Silva (PSB) e Ferreira Aragão (PDT) – todos eleitos graças à audiência dos programas policiais dos quais participam ou apresentam –, reclama da postura do secretário. assembleia legislativa

Ely Aguiar: “periculosos no ar, sim, para reconhecer” Na opinião de Ely Aguiar, é obrigação e dever do estado alertar sobre indivíduos de alta periculosidade. “Aqueles que seqüestram, condenados que fogem, que matam, praticam latrocínios uma, duas, três vezes. Se ele aparece na sua rua, na sua casa, a partir do momento que você reconhece, pode telefonar para a polícia e ajudar a elucidar crimes”, pontua.

Edson Silva: “não pode é avacalhar” assembleia legislativa

Já Edson Silva acredita que as pessoas que “recebem o pavor da sociedade” pelo cometimento de crimes hediondos devem ser mostradas. “Você não pode é avacalhar, desmoralizar a família do preso, atingir. Já vi em alguma reportagens repórter se dirigindo ao preso, sendo enviado ao presídio e perguntando: e tua mulher, vai viver como? Sem homem, agora? Tu preso, ela vai se virar como?”. O apresentador do Cidade 190 diz que procura se certificar sobre a autoria do crime para criticar. “Nunca sofri nenhum processo por calúnia, difamação, sem que haja a prova, mas respeito a família do preso”. Ele avalia que Roberto Monteiro está “muito apegado” ao artigo 5º da Constituição, “só que interpretando de uma maneira que eu não concordo”. Para ele, o secretário deve ter um compromisso maior com a sociedade correta, honesta, que é vítima da violência. “Tem que olhar primeiro para os direitos da sociedade”, conclui.

Advogado defende equilíbrio Advogado Criminal, professor de Direito Penal e membro do Conselho Penitenciário do Ceará, Leandro Vasques acredita que é preciso encontrar um meio termo entre liberar e restringir completamente a exposição da imagem dos detentos. “Nos casos em que o acusado é preso em flagrante delito, ou seja, quando não há dúvida quanto à autoria do crime, não vejo porque não permitir que suas imagens sejam divulgadas, até mesmo porque sua exposição pode atrair à unidades policiais outras vítimas do delinqüente”, coloca Vasques, que também preside a Caixa de Assistência dos Advogados

do Ceará (Caace/OAB-CE). Por outro lado, o advogado diz que, caso não haja comprovação, “a preservação da imagem do acusado é imprescindível”. Segundo ele, na Constituição não existe nenhuma norma que vede expressamente a exposição nos meios de comunicação. “Há vários princípios que nos levam à conclusão de que a exposição na mídia, em muitos casos, vai de encontro aos direitos e garantias fundamentais”, explica, ao acrescentar que deve haver um sopesamento dos princípios envolvidos na análise de cada caso.

Ferreira Aragão: “... uma grande besteira do secretário” Para Ferreira Aragão, o preso só mostra a cara se quiser. Ele diz que, em 90% dos casos, o preso pede para falar, para não deixar no ar somente a versão dos policiais. “Se ele não se defende e fica só uma versão, já começa o cerceamento de defesa”, analisa. Ferreira classifica a preocupação do secretário como desnecessária. “O próprio acusado tem que saber se aparece ou não. Nenhuma estação de televisão veicula imagem sem autorização. Às vezes, a autorização é dada ao cinegrafista, que o grava, dizendo: ‘estou autorizando exibir a minha imagem’”. O apresentador acrescenta que “nenhuma televisão cometeria um ato louco de exibir a imagem do mesmo. Porque ele processa por uso indevido, violação do direito de imagem respeitado por lei. Enfim, eu acho uma grande besteira do secretário”.

Questões constitucionais envolvidas na discussão >Princípio da liberdade de imprensa >Direito à informação, presunção da inocência, inviolabilidade da imagem e dignidade da pessoa humana

JORNAL

12

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Páscoa no Ceará

Semana Santa tem opção para todo gosto e parcelada em até 10 vezes Agências apresentam os pacotes de três e quatro noites para o período da Páscoa, que acontecerá logo no começo do mês de abril, de 1º a 4. As opções são as mais variadas.As ofertas incluem excursões com pagamentos parcelados em até 10 prestações para as várias regiões brasileiras.

Anderson Santiago

Ilha do Guajiru, em Itarema, é kitesurf no paraíso Praia propícia para a prática de kitesurf (com aulas), mar calmo, paradisíaca, com vida noturna na cidade de Itarema, a cinco quilômetros da sede do município e a 220 quilômetros de Fortaleza

Quatro noites em pousada, frente para o mar, com ar

Pacote:

Ao longo das próximas duas semanas, ofereceremos aos leitores algumas sugestões de roteiros. Para esta edição, reservamos quatro destinos cearenses, sendo dois no litoral e

condicionado, frigobar, cama box, café da manhã. Preços por apartamento (até duas pessoas por quarto): R$ 600 com TV a cabo, R$ 480 sem TV a cabo, R$ 400 com TV, frigobar, ventilador. Transporte não incluído. Ônibus intermunicipal - 6 horas de viagem.

Jericoacoara tem agito dia e noite Praia de vida diurna e noturna agitadas, com programação 24 horas, e local com muito vento e propício para a prática de kite e wind surf. Fica a cerca de 350 quilômetros de Fortaleza

Pacote: Três noites em pousada com café da

Quixadá oferece esporte radical, trilhas e pesca Sertão do Ceará, com grandes ventos, rampa de asa delta / parapente, pesca, trilhas, quatro piscinas naturais, duas piscinas tratadas, rapel e escalada em rocha, telescópio, salão de jogos. Fica a uma distância de 150 quilômetros de Fortaleza.

Pacote: Três noites em apartamento com ar condicionado, TV, chuveiro, café da manhã. Preço: R$ 400 por apartamento (até 2 pessoas). Transporte não incluído.

manhã, ar condicionado, TV, chuveiro elétrico. Opcionais com visita a Lagoa Azul, Pedra Furada, Passeio de Barco. Transporte / ônibus – Viação Redenção R$ 76,00 ida e volta por pessoa. Preço da hospedagem: R$ 450 (apto até duas pessoas), para pagamento à vista. Tyna marques

Guaramiranga com frio e festas da época de Páscoa Serra com clima frio, banhos de cachoeira, vida noturna local e festas da época de Páscoa. Fica a 120 quilômetros de Fortaleza.

Pacote:

Três noites em pousada com café da manhã, city tour, cachoeira, Museu do Engenho, transporte em van com ar condicionado. Preço por apartamento (até duas pessoas): R$ 700. Essas quatro opções são apresentadas pela agência de viagens Vila Brasil Turismo. O telefone de contato é (85) 3219.6679 Site da empresa é www.vilabrasil.tur.br

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

13

Baixa estação

Beach Park tem pacotes especiais para escolas e empresas O Beach Park oferece pacotes especiais para o público escolar e de empresas que incluem a entrada do parque aquático e opções como almoço, lanche e transporte. Os Projetos Escola e Empresa são destinados somente a empresas ou escolas localizadas no Ceará e oferecidos durante o período de baixa estação (março a junho e agosto a novembro). 

Os valores dos pacotes variam de acordo com os dias da semana, número de pessoas e serviços inclusos. Até o dia 17 de julho de 2010, os preços variam entre R$ 36 e R$ 60 e são fechados com o mínimo de 15 pessoas.

Recorde na alta estação O Beach Park teve recordes de ocupação, tanto nos resorts quanto de visitas ao parque aquático. O Acqua Park encerrou o ano de 2009 com mais de 683 mil visitantes, 30% a mais que em 2008, quando atingiu a marca de 528 mil. Este recorde do ano passado coloca o Beach Park em 15º lugar no ranking dos maiores parques aquáticos do mundo em público. Apenas na última temporada turística, nos meses de dezembro e janeiro, o Acqua Park recebeu mais de 199 mil pessoas, 16% a mais, comparado ao mesmo período do ano passado.

Quer mais informações dos Projetos Escola e Empresa? Telefones: (85) 3264.0150 e 9201.7435 ou e-mail projetoescolaempresa@ beachpark.com.br

Ivonildo Lavôr

Expresso Tur ivonildolavor@jornalexpressoceara.com.br

G

randes projetos de turismo da gestão Cid Gomes ainda estão em segunda marcha. Com pouco mais de três anos de governo, dois empreendimentos continuam em obras: o novo Centro de Feiras, na Washington Soares, e o aeroporto de Aracati. Sobre o primeiro, a estimativa do mercado é de que funcione só em 2011. Já o aeroporto de Aracati, que tem pista sinalizada e balizamento noturno prontos, brecou na estação de passageiros. Um litígio entre a construtora e o secretário do Turismo, Bismarck Maia, parou a obra.

Nada no aquário

Ainda no rol dos projetos, outros dois ainda estão na fase embrionária. O Acquário, orçado em R$ 250 milhões, continua em captação de recursos e só deverá funcionar perto da Copa de 2014. Também nessa lista, o aeroporto Internacional de Jericoacoara. Esse, nem o local exato para a sua construção ainda está definido.

Dinheiro …

A semana que passou foi fértil em termos de anúncio de recursos para o turismo de Fortaleza. O mote foi a Copa de 2014. No BNB, o ministro do Turismo, Luiz Barreto, lançou o Proatur Copa, para financiamento de hotéis. São R$ 523,6 milhões.

 ...E muito

Com a Prefeitura de Fortaleza, Luiz Barreto assinou a transferên-

cia de recursos do Prodetur para a Capital cearense, no valor de R$ 36 milhões. As praias de Iracema e do Futuro estão entre os locais a serem beneficiados.

Nas prateleiras das agências de viagem, pacotes para o período da Páscoa, de 1º a 4 de abril. Opções para todos os gostos, com algumas excursões e pagamentos parcelados em até 10 vezes. Varias regiões brasileiras no menu.

JORNAL

14

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Cidades

camila lima

Avenida Antônio Sales

Solidariedade Expressa em acidente. Nem tudo é selva

Nem tudo esta perdido neste enorme labirinto chamada metrópole. A vida urbana solidária em Fortaleza guarda e manifesta seus exemplos. Na manhã da última segunda-feira, 8, a equipe de reportagem do Expresso passava pela Avenida Antônio Sales, quando avistou um motoqueiro atropelado.

Corpo estendidos no asfalto quente do meio-dia, logo transeuntes e moradores da área trataram proteger a vítima com um papelão. Seu foi rosto amparado por um guarda sol, enquanto aguardava a chegada do pronto socorro. Belo exemplo de cidadania, desprendimento, atitude humana, sociabilidade.

Entre peixes e navios

A exemplo da ideia da construção do estaleiro na Praia do Titanzinho, o Acquario parece ter se consolidado como uma das obsessões do governador Cid Gomes, que nelas insiste, não se rendendo às reações negativas a que assistimos. Ao contrário do que pensa muita gente, o Governo do Ceará não desistiu do Projeto Acquario Ceará. Tanto que acaba de encaminhar ao Ministério do Planejamento carta-consulta sobre o assunto. A informação, com data de 3 de março, é do site do Ministério do Planejamento e tem o seguinte teor: “A Secretaria de Turismo do Estado do Ceará apresentou, nesta quarta-feira, ao Grupo Técnico da Comissão de Financiamento Externos (GTC/ Cofiex) a carta-consulta do Projeto Acquario Ceará.

reprodução

Cid não desiste do Acquario e vai atrás de grana no estrangeiro

O projeto prevê US$ 150 milhões em investimentos para o financiamento parcial do maior aquário marinho da América Latina, incluindo recursos do Export-Import Bank of the United States (Ex-Im-Bank) de US$ 105 milhões e contrapartida estadual de US$ 45 milhões”.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

15

ricardo stuckert/SIPR

reprodução

O tamanho do “Tanque” de vidro 21,5 mil metros

quadrados de área construída na Praia de

Iracema, em Fortaleza. Finalidade: incentivar a atividade turística .

reprodução

150 empregos

15 milhões

de litros, dois cinemas HD

e simuladores de submarinos. diretos e 1.600 indiretos,

Um cenário atraente até mesmo para quem mora aqui e deseje ficar

contemplando peixes, a fim de esquecer, pelo menos momentaneamente, a miséria que toma conta de Fortaleza e do restante do Ceará.

Aviso aos navegantes contrários à obra A outra opção poderá ser ir ao Titanzinho, ver o estaleiro funcionando, para permitir que, em matéria de lazer, a população escolha entre peixes e navios.(J.O.Lima)

JORNAL

16

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Metrofor / Avenida José Bastos

Bairros apartados pela linha do trem voltam a se comunicar bem e mal

Agora, tem três opções de ruas para o trajeto: Alexandre Baraúna, Delmiro de Farias e João Sorongo. Essas alterações melhoraram o fluxo de veículos? Ajudaram na ligação entre os bairros? A resposta é sim e não. Para quem passa ou trabalha do lado dos bairros Rodolfo Teófilo e Bela Vista – onde ficam o Hemoce e o Hospital Universitário –, as alterações congestionaram tudo. O taxista Alisson Teixeira reclama de não ter agente da AMC fiscalizando os cruzamentos. “Só quem se prejudicou fomos nós. Ruim é apelido, está horrível.” Já quem mora do lado dos bairros Damas e Couto Fernandes, comemora e diz sem pestanejar. É o caso da aposentada Célia Garcia: “Melhorou consideravelmente, porque não precisamos mais de passarela nem arrodear para chegar à José Bastos.” Há ainda quem veja aspectos positivos e negativos. “Melhorou para ligar os bairros, mas a José Bastos ficou mais complicada”, pondera o frentista Manoel Barbosa.

fotos: Viana jr.

No final das contas, quem gostou vai ter de “desgostar”, porque os acessos são provisórios. Quando as obras da Rua Professor Costa Mendes forem finalizadas, tudo volta a ser como era antes. Avenida josé bastos: Limite dos bairros e foco de transtornos entre comunidades

Loja de usados fecha as portas Há 15 anos consertando eletrodomésticos, Paulo Brasil viu seu ponto de comércio ir à bancarrota com a chegada as obras do Metrofor, nas

proximidades da avenida José Bastos. “A minha loja de usados acabou por causa das obras na rua Professor Costa Mendes”, desabafa. O ponto dele era bem

fotos: Viana jr.

“Intermináveis” obras do Metrô de Fortaleza trouxeram mudanças para o trânsito das ruas que cortam a avenida José Bastos. Antes separados pela pista, trilhos e muros, os moradores dos bairros Damas, Rodolfo Teófilo, Bela Vista e Couto Fernandes penavam para chegar do outro lado da via.

loja na rua Professor Costa Mendes não aguentou a “lerdeza” das obras

visado. Dois meses atrás, a loja dele ficou sem acesso. Fecharam a rua com cavaletes. Agora, o Metrofor reabriu, mas os negócios já enfraqueceram.

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

17

Vizinho indesejado

Rodolfo Teófilo e Bela Vista imploram transferência de jovens infratores camila lima

foto: Viana jr.

Desde a chegada do centro de semiliberdade Mártir Francisca, há mais de um ano, os moradores dos bairros Rodolfo Teófilo e Bela Vista não têm mais sossego. As rebeliões e algazarras dos internos, que chegam a ficar nus nas janelas do prédio, têm deixado os vizinhos inconformados. O que antes era a tradicional Escola Paroquial Nossa Senhora de Sallete, conhecida como Colégio La Sallete, virou um abrigo de jovens de 12 a 21 anos que cometeram desde roubos e furtos até assassinatos. A população protestou contra a instalação da unidade na área, mas não teve jeito. De lá pra cá, a violência só aumentou. Para se prevenir, os moradores elevaram os muros e colocaram cercas elétricas. Hoje, conversa de calçada não existe mais. “Quando começa a gritaria lá, todo mundo corre e fe-

“Já aconteceram duas rebeliões. Alguns deles foram transferidos, mas quando sai dez vêm dez pior do que os que saíram”, Valderina Lima centro mártin francisca tira o sossego dos moradores cha as portas”, afirma Maria Odete Silva que mora a um quarteirão do centro. Na calçada não dá pra ficar, mas dentro de casa também é perigoso. Os internos costumam pular para os

Secretaria estranha reclamação A Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) informou que não entende a reclamação dos moradores. O centro Mártir Francisca é para jovens em semiliberdade, ou seja, para a secretaria, eles não teriam motivos para fugir. Eles estariam apenas cumprindo medidas socioeducativas e não apresentariam riscos à população. Em breve, o centro deve ser desativado já que funciona provisoriamente neste local. A secretaria promete entregar, nos próximos meses, uma unidade de recuperação com sede própria, no bairro da Sapiranga, para onde devem ir os jovens que estão na Bela Vista.

quintais das casas que ficam coladas com o centro de recuperação. “Eles já pediram para eu olhar se a polícia estava lá fora e para abrir o portão para eles saírem”, conta a aposentada Maria

Elzenir Rates. Do lado esquerdo da unidade, funciona uma casa para os moradores do município de Caridade que vem fazer exames de saúde em Fortaleza. Lá, a funcionária

Valderina Lima afirma que o medo é grande. “Já aconteceram duas rebeliões. Alguns deles foram transferidos, mas, quando sai dez, vem dez pior do que os que saíram”, dispara.

viana jr.

Morto pela droga Em dezembro do ano passado, um dos internos, Everton de Lima, de 18 anos, foi morto na calçada da Rua Antônio Martins, logo após ser liberado do abrigo. Everton respondia por roubo e tráfico de drogas. No tiroteio, os portões das casas foram atingidos pelas balas.

JORNAL

18

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Moradores de rua

Infâncias perdidas da Parangaba Solvente tá na moda. 600 Ml custam R$ 3,00

alana andrade

Levas de dezenas de crianças e adolescentes perambulam no entorno dos dois terminais de ônibus e da igreja do bairro da Parangaba. Nas ruas, histórias de uso de drogas, solvente, cola. Fome, maus tratos em casa e a “adoção” por “pais” e “mães” de rua. Para pedir e furtar.

No rol de ‘peripécias’, pedem, furtam, roubam, intimidam. Cheiram cola, usam crack. O solvente está na moda. “Uma lata de 600 ml é R$ 3,00. É mais barato”, detalha Gervânio Pereira, educador social do programa Criança Fora da Rua, Dentro da Escola. Gervânio trabalha na abordagem dos menores. Tenta ressocializar junto à família a maioria, os que ainda têm vínculos – chamados frequentadores de rua. Os que moram na rua são orientados a dormir em albergues públicos. Nestes, podem cortar o cabelo, tomar banho, jantar, e onde só não ficam se tiverem restrições por malfeitos pregressos. Depois de comer, geralmente eles “vazam”.

Por Marcel Bezerra “Paga uma merenda aí, tio? Tô ‘brocado’”. O pedido é de Pedro (nome fictício), 13 anos, mas pode virar uma ameaça. “Se não me der, eu pego depois. É assim que eles dizem”, adverte a cabeleireira Terezinha de Azevedo. O cenário é a praça da igreja da Parangaba, em Fortaleza. ‘Brocado’ significa que Pedro está de barriga vazia. Pedro está acompanhado de Maria, 16 anos, e João, 12 (nomes também fictícios). Ali, por enquanto, eles são os únicos no final de tarde. Costumam ser dezenas. “Os comerciantes reclamaram. Fizeram reunião e a polícia tirou aqui da praalana andrade

ça. Mas eles migram”, explica Amaro Júnior, que vende merendas num pequeno trailler na praça. “Pra mim, que tenho duas filhas, fico triste. Mas eles aborrecem muito a gente”. Segundo Amaro, as crianças e adolescentes costumam ir para as entradas dos terminais da Lagoa e da Parangaba, quando não estão na praça. “O Ronda vem, briga com eles, mas dali a pouco voltam”, conta Maria da Conceição, colega de salão de Terezinha.

Histórias de doer na alma Pedro,

Maria

“ cadê tua mãe e teu pai?”. “Sei lá. Minha mãe usa droga. Se eu for lá, ela me bota pra sair ‘voado’ de casa”, diz ele, ao confessar, fácil, o uso de drogas. “Uso solvente, cola... Mas prefiro a pedra maldita”. A casa dele é no Genibaú, “mas eu nunca mais fui lá”, conta, com o piscar vacilante dos olhos a denunciar o entorpecimento.

é a mais velha. Há 11 anos vive perambulando. Desde os cinco, para ser mais exato. “Uso solvente e pedra. Passo fome e dor. Dor de dente eu já tive. Quando comecei a usar crack, chega eu desmaiei”. Piercing no nariz, fala que já foi “estrupada” três vezes. “Uma vez cheirei muita cola e um homem me atacou. Foi lá no Zé Walter”.

João é o mais novo, e apesar de viver na

Maria é “mãe de rua” de Pedro e João. “Os pais ou

rua, ainda guarda resquícios de inocência. “Uso só solvente. Pra passar a fome”, justifica. Ele mora na favela do Triângulo, próxima à avenida João Pessoa.

mães de rua comandam os pequenos, para pedir nos sinais e cometer roubos. Em troca, dão proteção a eles”, detalha Gervânio Pereira.

“Essa droga [o crack] é mesmo a ‘raspa da panela do diabo’, como eles dizem dentro das instituições. Veio pra matar e destruir”, coloca o educador social Gervânio Pereira (foto), ao defender reformas na Constituição e a construção de centros de desintoxicação e recuperação de menores.

“E onde vocês compram pedra?”, pergunto aos três. “Ninguém usa pedra não. Tá na hora de ir ‘simbora’”, diz um deles, ao partir. Na cabeça, depois de tudo, martela a confissão de Maria à repórter fotográfica do EXPRESSO: “Tia, eu queria sair, mas quando dá a vontade da droga eu volto”.

alana andrade

Comida

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

19 alana andrade

Comida boa e camaradagem

Ambiente democrático e “família” Cerveja sempre gelada e boa comida se somam ao ambiente familiar, decorado com as cores da bandeira do Rio Grande do Sul. “Faço tudo para o cliente se sentir prestigiado, na democracia. Não posso fazer para um e desagradar a outros”, diz Solimar. De fato, a clientela é formada mais por casais e famílias, que vêm de outros bairros. Caso de Joélio Barbosa (foto), empresário e frequentador há mais de quatro anos. “Gosto muito do atendimento, da comida e da camaradagem. Além disso, não é um lugar barulhento”, afirma ao lado do filho Alexandre. Solimar acrescenta: “a gente vende mais comida do que bebida”. Situado em um bairro residencial, o Tronco do Gaúcho encerra as atividades normalmente à meia noite de terça à sexta, para não atrapalhar o sono da vizinhança. Aos sábados, abre das 11 às 23 horas, e domingo de 11 às 16 horas.

No bafo, por trás da Aguanambi

Costela de ripa é no Tronco do Gaúcho Quando parou de jogar futebol há uma década, com apenas 31 anos de idade, o gaúcho Solimar Luís Rossini surpreendeu amigos, familiares e colegas de profissão. “Já deu o que tinha de dar”, concluiu à época, após já ter passado pelo Ceará, Fortaleza e Ferroviário. O que fazer depois de pendurar as chuteiras costuma ser incógnita para a maioria dos atletas. Não para ele, que possuía três lojas de confecção feminina. “Mas a minha vontade mesmo sempre foi ter uma churrascaria”, revela. E não deu outra. Filho de comerciante – o pai é dono de mercantil, padaria e frigorífico em Porto Alegre - Solimar decidiu começar o novo negócio ao lado da esposa Silvana Sabóia ali mesmo, na calçada da casa da sogra, dona Vilma, na rua Coronel Solon, bairro José Bonifácio. Aos poucos, foi surgindo uma clientela fiel, atraída pelo grande diferencial: a costela de ripa feita no bafo.

É assim há cinco anos. Batizada de Tronco do Gaúcho, a pequena churrascaria prosperou. Deixou a calçada e instalou-se na esquina das ruas Coronel Solon com Alto Santo, a poucos metros do antigo ponto. Espaço para 50 pessoas bem acomodadas. Solimar apostou mesmo no diferente para pegar o freguês

pela boca. Além da costela, o cliente tem como opções não menos saborosas as lingüiças de carne de sol com queijo (R$ 2,80 a unidade), de peixe e de camarão (R$ 3,00 a unidade) e a batata recheada com requeijão e queijo (R$ 3,30), assim como o arroz Tronco do Gaúcho com lingüiça calabresa, queijo e couve (R$ 5,90).

Carreira de jogador deu visibilidade ao negócio O Tronco do Gaúcho deve parte da sua fama à carreira de Solimar. Depois do juvenil do Grêmio (RS), o volante passou por Clubes como Germinal Ekerem (Bélgica), Rio Negro (Manaus-AM), São José (RS), Guarani (Bagé-RS), Glória (Vacaria-RS) e Liverpool (URUGUAI). Hoje valoriza as duas facetas da vida. “Tanto a de jogador como a de dono de churrascaria são boas. Muito do que aprendi foi jogando futebol”, diz.

Onde fica:

Tronco do Gaúcho Rua Alto Santo, 12, esquina com Coronel Solon, no José Bonifácio Fone: (85) 3065-0390

“De ripa”, só aqui. No Sul, é costela gaúcha A preparação da costela no bafo explica porque ela é rara nos restaurantes de Fortaleza. “Não são todas as churrascarias que a têm no cardápio. É mais em rodízio”, explica Solimar. Envolta em papel celofane e alumínio, a carne assa durante seis horas antes de ser servida. E o tempero não é segredo nenhum: sal grosso, apenas. “Não é só saber assar. É preciso gostar e ter paciência de esperar a carne ficar pronta”, revela, ao esclarecer que, no Sul, a carne é conhecida como “costela gaúcha”. No Tronco do Gaúcho, o quilo custa R$ 29,00.

arquivo pessoal

Solimar com a camisa do Ferroviário alana andrade

alana andrade

A história do ex-jogador de futebol que virou dono de churrascaria e faz a melhor costela de ripa de Fortaleza

JORNAL

20

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Mídia

fotos: DIVULGAÇÃO/www.tvdiario.tv.br

Avassaladora Regininha

Educação sexual na TV Diário é com o “Manias de Você” O EXPRESSO desafia: aponte um cidadão sensato que, nos últimos cinco anos, não tenha visto, ou, pelos menos, algumas dezenas de vezes, não tenha passado o olho pelo programa “Manias de Você”, veiculado pela TV Diário, nas madrugadas de quarta para quinta-feira. O telespectador pode ter sido capturado e hipnotizado por inteiro pelo charme e pelo alto astral da apresentadora do programa, Regininha Duarte. Mais provável, mas seria injusto dizer que é só por isso. O

bom gosto e a “seriedade” como são apresentados e tratados os temas sobre educação sexual também merecem créditos pelos cinco anos ininterruptos do programa. “Fazemos o que os poderes públicos deveriam fazer, ou seja, instruir e orientar a população sobre educação sexual. O “Manias de Você” é um programa de utilidade pública”, atesta Regininha. Em 2010, o programa ganhou novos cenários e entendeu que interagir com o telespectador é uma fórmula infalível. “Utilizamos as novas mídias (blogs, twitter, orkut) como ferramentas indispensáveis de nosso trabalho. Além do que, tenho feito mais matérias na rua, em contato direto com o público”, explica a apresentadora.

“Manias de você

“Regininha Duarte é professora de educação sexual. Ela também Tigresa Ingrid trabalha com adolescentes Strip-tease grávidas e na prevenção Sensualidade de Tigresa Ingrid e Ellen Meteoro mexem com o “macharal” de doenças E se não bastasse a graciosidade e gostosura da Regisexualmente ninha e da Tigresa Ingrid, agora chegou a Ellen Meteoro transmissíveis para mexer com o imaginário masculino. “É o strip-tease em Pacajus” mais demorado da TV brasileira. Ela tira uma roupa a

Onde: TV Diário Canal 22 Horário: Todas as quartas de 00:35 às 01:50min

cada bloco”, diz Regininha, que completa 39 anos (e com muito orgulho) no dia 14 de março. Quer mais uma informação quente do Expresso? Então, lá vai: a Regininha revela que vai colocar dicas de filmes bem mais picantes e os ensaios serão super ousados. Vixe!!

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 março de 2010 Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

21

Tarde e noite no Canal 22

TV Diário agarra “filão” policial com quatro horas de programa todo dia Com dois programas diários - “Comando 22” e o “Rota 22” - e um semanal “Os Malas e a Lei”, a TV Diário é a emissora que mais dedica espaço em sua programação para a cobertura dos acontecimentos policiais do Ceará. São quatro horas, todos os dias, mostrando a violência que assola a capital e o interior. O “Comando 22” estreou em 2005 para somar forças ao “Rota 22”, que já fazia sucesso na casa. Com a apresentação do deputado estadual Ferreira Aragão (PDT), o programa esquentou ainda mais a briga por audiência no horário do almoço. O apresentador trouxe para emissora credibilidade e ex-

“Escreveu não leu, o

‘Comando 22’ comeu”.

Da porta de xadrez para o plenário Para complementar o pacote policial da programação, aos sábados tem “Os Malas e A Lei”. O programa traz as notícias policiais com uma pitada de humor. Quem comanda a atração é Ely Aguiar, conhecido pela sua maneira no trato

com os presos – os “malas” do título. Com seu estilo irreverente, o repórter e apresentador conquistou o público, garantindo um mandato de deputado estadual pelo PSDC. Peeeeeeeeense numa esculhambação!

“Pega, num pega! Pega num pega!

Ora se num pega” “Com a gente, do pescoço

para baixo é canela”

Ferreira Aragão, deputado estadual e apresentador do “Comando 22”

periência de quem entende a dinâmica dos programas populares com uma linha policial. A atração começou com

uma hora, e um mês depois passou para uma hora e meia. Hoje, chega a mais de duas horas de duração.

Marcos Lima pega Rota do sucesso O “Rota 22” nasceu junto com a emissora sob a apresentação do radialista Tadeu Nascimento, conhecido do grande público dos tempos do “Barra Pesada”. Em 2004, o jornalista Marcos Lima (foto) assumiu a missão de comandar a atração. Inexperiente na área policial, ele confessa que é traumático passar as notícias tristes exibidas no programa. “Sofro muito com as pessoas que são vítimas da violência, por isso procuro sempre dar uma abordagem mais social e lutar por uma sociedade mais justa”. Assim, a equipe do “Rota” oferece ao telespectador um noticiário policial sério, informativo com respeito à população. Para fazer uma ampla cobertura, os programas policiais da TV Diário contam com uma atuante equipe de repórteres, entre eles: Roberto César, Jefferson Abreu, Irismar França, Paulo Sadat e Evandro Braga.

Forte Madeiras

Cobrimos Qualquer Oferta

(85) 3290.5815 OFERTA DO MÊS

Fechadura para quarto/banheiro MGM

Apenas R$17,00

VAI & VEM

RENT AA CAR RENT CAR

Carros c/ Ar Motos

Pagamento Parcelado Av. Engº. Luis Vieira, 920, Loja 02 Shopping Dunas - Fortaleza - CE Fone: (85) 3264.7455 - (85) 99913851

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Fortaleza

Ambiente

semace

JORNAL

22 Lagoa do Jabuti

Áreas de risco recebem oficinas

Meio

Operação autua fábricas em Eusébio e Itaitinga

A Secretaria do Meio Ambiente e Controle Urbano de Fortaleza (Semam) realiza durante todo o mês de março e abril oficinas de cidadania ambiental nas áreas de risco de Fortaleza. O trabalho de conscientização será realizado com o apoio da Defesa Civil e das Secretarias Regionais. Os cidadãos vão receber orientações para se prevenir quanto aos riscos durante o período chuvoso, o cuidado que devem ter para evitar doenças, além de aprenderem a reciclar garrafas PET, separar lixo seco de lixo úmido, saber a importância da arborização e reforçar os direitos e deveres dos cidadãos.

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) lavrou autos de constatação contra dez empresas e as prefeituras de Eusébio e Itaitinga. A operação, batizada de Jabuti devido ao nome da lagoa onde se constararam as irregularidades, averiguou a situação legal e operacional das empresas, e verificou que apenas três delas tinham licença do órgão. Mesmo as que dispunham do documento ainda lançavam os efluentes sem tratamento através do sistema de drenagem do Distrito Industrial do Eusébio, para a lagoa do Jabuti (foto), localizada em Itaitinga.

Agora, deu!

Semace proíbe uso de câmeras no Parque do Cocó Como se não bastasse a pretensão, em estudo, de diminuir a área já sufocada e invadida do Cocó, de 1.046 para 924.54 hectares, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), agora, proíbe o uso de máquinas fotográficas e filmadoras nas dependências do parque. Foi o que aconteceu na última segunda-feira, dia 8, com a equipe de reportagem do jornal Expresso. De acordo com o policial, que não quis se identificar, a ordem foi baixada depois que, supostamente, algumas pessoas estiveram no parque “fotografando o que não deviam”. “O quê?”, perguntamos. “O pessoal da Semace que sabe”, respondeu. A assessoria de imprensa do órgão informou que não teria nenhum inconveniente em fotografar ou filmar, sempre que seja feita por escrito uma solicitação oficial à Semace.

O Expresso faz pergunta que não quer calar: Burocracia, pelo menos, recicla papel? Digamos que, das 500 pessoas, umas 100 quei-

ram fotografar ou filmar. São 900 por semana, contando dobrado no final de semana. Por mês, seriam

3.600. Por ano, então, 43.200.

O que a Semace faz com tanto papel de “solicitações”? Vai para a reciclagem, né? Se for assim, então, chamem os catadores no final do ano e deixem que façam a festa na sede da Semace (Rua Jaime Benévolo, 1400, bairro de Fátima). É o Natal da negada!!!!

Diariamente, passam pelo parque 500 visitantes, segundo dados da Companhia de Polícia Militar Ambiental (CPMA). Nos fins de semana, o número dobra.

Marcelo Abreu

Marketing Verde marceloabreua@jornalexpressoceara.com.br

R

esíduo sólido é considerado, segundo especialistas, um dos maiores problemas urbanos da atualidade. Ao contrário das garrafas plásticas, que depois de recicladas não podem ser mais utilizadas para guardar alimentos, as latinhas de alumínio, por exemplo, podem ser utilizadas com a mesma finalidade uma vez recicladas. No Brasil, são consumidas, em média, 51 latas por ano. Levadas aos centros de coleta ou vendidas aos sucateiros valem R$ 3,00 para cada grupo de 75 unidades.

Vantagens sociais e ambientais

O Brasil lidera o ranking mundial de reciclagem de latinhas para bebidas, com um percentual de mais de 96%. Além do mais, de acordo com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal), o processo de reciclagem de latinhas libera apenas 5% das emissões de gases causadores de efeito estufa. Também gera ocupação e complementa a renda de milhares de famílias. Catadores e empresas do setor de reciclagem têm um enorme mérito na preservação ambiental, pois as latinhas ficam mais de

100 anos na natureza até se decomporem.

Tendência

3R é o novo modelo de gestão dos resíduos: reduzir, reutilizar e recuperar. Com o aumento da conscientização da população e uma boa gestão dos resíduos podemos garantir a sustentabilidade do planeta.

”A terra ensina-nos mais acerca de nós próprios do que todos os livros. Porque ela nos resiste”.

( Antoine de Saint-Exupéry )

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

23

Inscrições abertas para o IBGE As inscrições do concurso do IBGE para recenseador vão até 4 de abril. Para o Ceará, são 7.774 vagas, sendo 2.208 apenas para Fortaleza e o restante para o interior do Estado. Os trabalhos para a realização do Censo 2010 duram cinco meses. Ou seja,

é um emprego temporário. A grana vai depender da produção. Os interessados devem ter nível fundamental completo. Acesse www.cesgranrio. org.br e se inscreva. Mais informações pelo 0800 701 2028.

Procurando emprego? Confira algumas oportunidades do SINE/IDT. Fortaleza (85) 3101.2774

Maranguape (85) 3101.2813

10 vagas para costureira de máquina 293 vagas para industrial; 8 vagas para pizzaiolo; sapateiro montador 6 vagas para promotor de vendas Estágio

97 vagas para a Petrobras

Prefeitura oferta 21 vagas para estudantes na Regional II

A Petrobras recebe até 21 de março inscrições para preencher 97 vagas e para formação de cadastro de reserva. Os salários variam entre R$ 1,9 mil e R$ 5,6 mil. A taxa de participação

A Regional II da Prefeitura de Fortaleza está com inscrições abertas até 19 de março para estudantes dos níveis médio e superior. Para preencher as 21 vagas, podem participar estudantes dos cursos de Engenharia Civil, Administração, Economia e Ciências Contábeis, Enfermagem, Direito, Jornalismo, Engenharia Ambiental, Arquitetura, Informática e Técnico em Estradas e Edificações (nível médio). Os interessados devem procurar a Diretoria

Até 21 de março

tem valor de R$ 27 para os cargos de nível médio e de R$ 40 para os de nível superior. As inscrições só podem ser feitas pelo site:

www.cesgranrio. org.br.

Colégio 9 de Junho SUPLETIVO

Se você tem 17 anos ou mais, não perca tempo!

Conclua seu Ensino Médio

Cursos registrados pelo CEC. Provas realizadas pela própria escola. Direito a carteira estudantil.

Inscrições Abertas

Rua Comendador Garcia - Pq. São José Fone: (85) 3483.0624 (85) 8847.3188 Avenida F, nº 174 - Conjunto Ceará Fone: (85) 32940722

SUPLETIVO 2º GRAU - MATRÍCULAS ABERTAS PROVA NO LOCAL

TURMAS INICIANDO

Maiores de 18 anos já podem fazer o ensino médio sem ter concluído o 1º grau.

INFORMÁTICA

14 Anos

Administrativo Financeira da Regional II (rua professor Juraci Mendes Oliveira, 1885, Edson Queiroz – vizinho ao Palácio Iracema), das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. A duração do estágio é de um ano com a possibilidade de prorrogação por mais um. O valor da bolsaestágio é de R$ 350,00, mais auxílio para transporte.

Informações: 3216.1822

ASSISTÊNCIA TÉCNICA AUTORIZADA

VENDAS E ASSISTÊNCIA TÉCNICA

PEÇAS PARA HP/EPSON MICROS IMPRESSORAS NO-BREAKS ESTABILIZADORES MONITORES

Rua Barão de Aratanha, 194 - Centro www.logosfro.com.br - logosfor@logosfor.com.br Fone: (85) 3231.5237 - Fax: (85) 3226.0449

Auto Elétrica PC

Serviços de alternador, gerador, motor de partida, instalação em geral.

aterias Vendas de B a Moura e Zett

Compra-se Sucata e Faz-se Recarga

3224.3491 / 3094.3857

Av Central, 218 - 2ª Etapa - Conjunto Ceará - Fortaleza - CE

Fone: (85) 3294.6475 - (85) 8721.0502 Paulo Cesar

Emprego

Grande Fortaleza

Temporário

JORNAL

24

Diversão

jornal o dia

Expresso

Funkeira na eleição 2010

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Marcos Senc lima (www.paparazzo.com.br)

Paparazzo

Mulher Melão candidata a deputada estadual 

Quem não gosta de chocolate?

Renata Frisson, a Mulher Melão( foto), anunciou durante a inauguração do Hospital da Mulher, em São João de Meriti (RJ), que será candidata a deputada estadual pelo PHS, em outubro. Ela contou que decidiu subir nos palanques há pouco tempo. “Faço shows em todos os lugares do Rio, inclusive em comunidades, e acabei percebendo alguns problemas sociais. Sou rainha dos taxistas e conheci problemas da categoria”. Já temos cantores e apresentadores de TV deputados, por que não uma funkeira? As informações são do jornal O Dia!

Morango e chocolate combinam, não acha? Parece que Angélica e Cláudia (Cacau) (foto), participantes eliminadas do BBB, não vão posar juntas. Por enquanto. Isso não é motivo para desespero. Se você acompanhou o programa, deve estar doido para saber se ela é mesmo aquilo tudo que aparecia na TV. Se não assistiu, não tem problema. O Paparazzo mostra em detalhes.

AGENDA CULTURAL

Forró, balada e romance

Todo fortalezense que se preze precisa ficar por dentro dos shows de forró que acontecem pela cidade. E, neste final de semana, ainda vai rolar aquele clima de balada e romance. Opções para se divertir não faltam.

Roupa Nova

Forró no Sítio traz Toca, Solteirões, Brasas e Lagosta

embala os corações apaixonados

Quem tem forró no pé não pode perder a festa do Forró no Sítio. No sábado, 13 de março, a partir das 22 horas, a festa rola solta com Solteirões do Forró (foto), Toca do Vale, Brasas do Forró, Lagosta Bronzeada e Chapéu de Couro. Na pista, você desembolsa R$ 20 e no camarote R$ 40. Informações: (85) 8792.2010 / 3230.5558.

Queridíssimo do público cearense, o grupo Roupa Nova retorna à cidade em show da nova turnê “Roupa Nova em Londres”. No Siará Hall, a banda entoará canções inéditas, além, é claro dos clássicos “Dona”, “Whisky a Go Go” e “Um sonho a mais”. O grupo sobe ao palco no sábado, dia 13 de março. Os preços dos ingressos vão de R$ 35 a R$ 110, dependendo de onde você quer ficar para ver seus ídolos. Informações: 3278.8400.

Sexta-feira é dia de Kangalha As sextas-feiras do Kangalha estão a todo vapor. Lá, se chover não molha! Esse, agora, é o lema da casa. Então, os kangalheiros podem se divertir sem medo de chuva. Até porque ela sequer se manifestou no fevereiro mais seco dos últimos 21 anos. No dia 12 de março, o Kangalha traz Garota Safada(foto), Nildinha & Amor Cearense e Boca a Boca. Seja para paquerar, dançar, curtir ou apenas se divertir, o Kangalha é a melhor opção das noites de sexta. A festa começa às 22 horas e o ingresso é só R$ 15.

Seu Bolso

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Veja alguns produtos Tiens:

Expresso

25

Linha de cosméticos Aloe Vera – Linha Ice Crystal desenvolvida para todos os tipos de pele, especialmente as mais jovens. Contém aloe vera e ácido hialurônico que nutrem, tonificam, hidratam e protegem a pele, proporcionando elasticidade e aspecto suave.

Suplementos – Vegetais Desidratados – composto natural à base de soja, brócolis, couve, acerola e alho, proporciona bem estar e saúde. É fonte de fibras alimentares que auxiliam na reposição de vitaminas e minerais essenciais ao organismo, perdidos no dia-a-dia, através do estresse ou pela ausência de vegetais na dieta.

Massageador capilar – para ser usado em todo o corpo, proporciona sensação de relaxamento e bem estar. Ajuda a amenizar efeitos do stresse. fotos: divulgação

João Saraiva

Bolso da gente joaosaraiva@jornalexpressoceara.com.br

E

Sede da Tiens em Pequin (China)

60 produtos e negócio próprio

Trabalhe com liberdade na venda direta Para quem está a fim de uma renda extra, aposentado, ou mesmo desempregado, acaba de chegar a Fortaleza uma nova oportunidade. O Grupo Tiens Internacional desembarcou na capital cearense e deve abrir oportunidades de negócios com venda direta de mais de 60 produtos No final de fevereiro, foi lançada em Fortaleza uma nova oportunidade, a Tiens Internacional. A empresa trabalha com mais de 60 itens de alta quali-

dade (certificação ISO 9001, da FDA, da ONU e da OMS) que englobam as áreas de suplementos alimentares, equipamentos de bem estar, cuidados pessoais e beleza, entre outros. Quem está em busca de uma renda extra, aposentado ou desempregado terá mais uma chance de montar o próprio negócio, com baixo investimento e a partir de casa, em tempo parcial ou integral. Com faturamento anual superior a US$ 8,5 bilhões, a Tiens é um grupo multinacional especializado em revenda de produtos, turismo, finanças, comércio internacional e eletrônico. Outra vantagem é o plano de remuneração da empresa, considerada a que melhor paga

na área, pois o distribuidor independente tem uma margem de até 40% de bônus, desconto em produtos que variam de 30% a 58%, além de prêmios anuais que vão desde viagem internacional, carro, casa, dentre outros. Atua em cerca de 190 países nas mais distintas regiões, com filiais instaladas em cerca de 120 países e alianças estratégicas com empresas globais em mais de 20 nações. De acordo com o site da empresa, são mais de 12 milhões de distribuidores e “parte deste sucesso vem do fato de a Tiens investir em pessoal qualificado em todo o mundo”. O grupo conta com uma equipe internacional e trabalha com pesquisa científica e inovação.

ste colunista é defensor da serenidade. Prefere apostar na grandeza do país do que dar ouvidos a profecias que pregam catástrofes econômicas. Aqui e ali, rumores de alta de juros como certos para conter o crescimento e segurar a inflação ou evitar a corrida desenfreada ao consumo. O Brasil é verdadeiramente um país diferente, com lugar reservado no cenário mundial em razão de potencialidades geográficas, econômicas e demográficas. Sinais do momento são otimistas e apontam para crescimento do PIB em torno de 5,6% este ano. Basta que o governo faça a coisa certa. Sem muitas interferências na dinâmica do mercado.

Crediamigo

Financiamento barato aos pequenos empreendedores na produção, comercialização de bens e prestação de serviços. Sem burocracia, exige apenas o aval solidário, ou seja, garantia dos amigos de atividades ou da comunidade. O BNB concede empréstimos que vão de R$ 100 a R$ 4 mil, no prazo de até 12 meses, com amortizações fixas, quinzenais, mensais ou variáveis. O empréstimo pode ser renovado.

Aposentado livre do Leão?

O Senado aprovou a isenção da cobrança de Imposto de Renda para aposentados com mais de 60 anos que recebem benefício

da Previdência até R$ 1.434,59. O limite de idade em vigor era a partir de 65 anos e o valor dos benefícios de R$ 1.058,00. A decisão tomada pelo Senado segue para a Câmara dos Deputados e tudo leva a crer que a aprovação também será rápida.

“A economia compreende todas as atividades do país, mas nenhuma atividade do país compreende a economia.” ( Millôr Fernandes )

Esporte

JORNAL

26

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

R$ 300 mil

alana andrade

Empréstimo suspeito na Federação Cearense de Futebol Não, não se trata de conversa em banheiro de estádio de futebol. Mas, há uma informação malcheirosa, que carece de esclarecimentos, dando conta de que, nos estertores do mandato de Mário Degésio à frente da Federação Cearense de Futebol (FCF), teria sido contraído um empréstimo bancário no valor de R$ 300 mil. O valor está sendo pago de forma parcelada pela “Mentora” (é o novo, hein, pessoal?), em prestações de R$ 30 mil a cada mês. O problema é que a transação ainda não constaria na contabilidade da entidade. Não se sabe por que cargas d’água. Com a palavra, os senhores Mário Degésio e Mauro Carmélio, ex e atual presidentes da FCF. Pode ser ou tá difícil?

Vozão

Torcedor sua para achar novas camisas do Ceará 1/3 do salário mínimo para ficar na moda

No início de março, o Ceará lançou os uniformes que o clube usará no restante do ano de 2010. Os torcedores presentes a uma festa-desfile puderam conhecer as novas camisas do alvinegro. Requinte e qualidade nos dois padrões apresentados. Mas, também foi só neste dia. Quem procurou comprar nas lojas de material esportivo, encontrou dificuldades. Nem as mais conceituadas no Centro e Aldeota exibiam nas vitrines e mostruários.

Ceará é o 15º em Nova estratégia para sócio-torcedor vendas no país

O clube explica que a Penalty, responsável pela fabricação das camisas, ainda está planejando a melhor forma de se fazer a distribuição. Para os torcedores terem uma ideia, até a diretoria do Ceará levou mais de três dias, após o lançamento, para receber as primeiras unidades.

Nem mesmo o sócio-torcedor ainda tem vantagens. Mas, isso pode mudar. Pelo menos é o que afirma o responsável pela gestão de vendas do Vozão, Igor Fontenele. “O clube estuda novas estratégias para presentear estes torcedores especiais, inclusive com preços mais baixos na compra das camisas.”

divu

lgaç ão

As camisas custam R$ 149. Esse valor abocanha um terço do salário mínino que é de R$ 510. Vale lembrar que o valor fica mais salgado ainda, se considerarmos que a torcida do clube se identifica em grande parte naquela faixa do “povão” com a renda bem aproximada do mínimo.

Lojas de rua nos bairros e Centro da cidade ainda não vendem a camisa. Ceará fica com R$ 14,90, ou seja, 10% do valor da camisa vão para os cofres do clube. Preços: Camisa masculina oficial II (R$ 149,00), camisa feminina oficial I (R$ 99,00), camisa infantil oficial I (08, 10 e 12 anos R$ 99,00) e camisa oficial de treino (R$ 99,00)

Em 2009, foram mais de 12 mil camisas vendidas, o que fez o Ceará ser o 15º clube do Brasil em comercialização do produto. Já em 2010, a chegada de Lojas Oficiais do clube, em maio, bem como a ascensão para a Série A do Campeonato Brasileiro, devem contribuir para que esse número cresça. Tomara que assim, pelos menos, diminuam o preço.

Wilton Bezerra

No couro

wiltonbezerra@jornalexpressoceara.com.br

J

ogos iniciais do segundo turno do cearense não contribuíram para que o campeonato decolasse. Fortaleza e Ceará, por motivos diferentes, estão a pegar só na base do empurrão, como carro velho. Vale não esquecer que o Fortaleza tem tradição em se reabilitar. O Guarany de Sobral continua na ponta da tabela com brilho. Os pequenos e médios times valorizam o campeonato quando boas campanhas fazem, mas convenhamos: Fortaleza e Ceará são únicos e fundamentais a engrandecer o restante. A fórmula da disputa é boa, mas enfrenta o problema da exiguidade de tempo do torneio, o que impõe, infelizmente, modificações futuras, visando a redução do número de jogos.

Arbitragem

Apesar do empenho de Leandro Serpa à frente da CEAF, a arbitragem cearense não consegue evoluir e as reclamações, nem sempre procedentes, são uma constante. Determinadas atuações chegaram a influir no resultado de partidas.

Sugestões

Por falar em arbitragem, é cada vez maior a pressão para que a Fifa use tecnologia de imagens a fim de dirimir dúvidas em tempo real. Nessa parafernália de sugestões, algumas são aproveitáveis, como a colocação de um chip na bola com fito de verificar se ela ultrapassou ou não a linha do gol. Outras, como a supressão da lei do impedimento, nos parecem descabidas, mesmo porque o futebol deve ser conservador em alguns aspectos, para não perder a sua essência.

Males da TV

Transmissão de jogo pela TV reforça ideia de que, no futuro, o público será virtual, dispensável. Ficará nos bares, restaurantes ou em casa. As duas coisas podem conviver, mas com critério, sem excesso. Falta ambiência à maioria das jornadas. Aquilo que dá alma ao espetáculo. Instala-se silêncio ensurdecedor, cortado apenas por palavrões de técnicos, auxiliares e jogadores. Alguns jogos parecem não ser de verdade. Desmistificar as coisas tem limite.

E aí, você é daqueles que ainda acredita em democracia racial no futebol brasileiro? Realidade ou simulacro? Me aguardem...

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Expresso

27

Copa 2014 / Brasil

Alerta, Fifa! Obras no Castelão já atrasam na licitação O Castelão e outros três estádios (Maracanã, a Arena das Dunas, e a Arena Recife) estão com os processos licitatórios de execução das obras atrasados e só devem começar a preparação para a Copa depois do início de abril. A Secretaria do Esporte do Estado prevê que as obras iniciem em 5 de abril, com adaptações pelo entorno. Depois do Campeonato Brasileiro de 2010, é que o estádio sofreria os primeiros reparos na sua estrutura.

Custo da obra do Castelão Só perde para o Mané Garrincha (Brasília) - 623 milhões

de reais

Investimento por assento

R$ 10.383,00

Nos estádios da Alemanha, a

média foi de R$ 7.145,00

Manutenção e uso após a Copa preocupam consultoria Além do atraso, os gastos de manutenção e a pouca utilidade que o equipamento esportivo terá depois da Copa do Mundo preocupam os especialistas da consultoria Crowe Horwath RCS, responsável pelo levantamento sobre a evolução das obras e sua viabilidade financeira. Eles afirmam que os investimentos não serão recuperados caso os projetos sejam levados em frente da forma atual.

Divulgação

As obras dos 12 estádios brasileiros que vão receber os jogos da Copa de 2014 deveriam ter começado até 1o de março. Nove, entre eles o Castelão, não tiveram cumprido o prazo da Fifa. Mas, uma outra questão preocupa: o custo das arenas, especialmente as orçadas com dinheiro público.

Fabio lima

O valor médio, por assento, dos 12 estádios brasileiros será mais alto que o gasto na Alemanha. A saída para gastar menos? Diminuir o número de assentos, porque depois da Copa vai ter mais cadeira vazia do que torcedores.

COLABORADOR Faça parte da nossa equipe JORNAL

EXPRESSO

COMPACTO E COMPLETO

50.000 Exemplares

GANHOS ILIMITADOS 35% de Comissão na Venda Direta

NÃO LIGUE! VENHA LOGO!

Av. 13 de Maio 255 Bairro de Fátima

(em frente ao estacionamento do viaduto)

Fortaleza, 12 a 18 março de 2010

SobreRodas Sobre Rodas

JORNAL

28 16

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Flex

Defeito no cubo da roda

Novo Palio Fire é até 9% mais econômic

Fiat obrigada a fazer recall do Stilo

A Fiat está aumentando a linha de carros mais econômicos. Já chegou às concessionárias o Palio Fire versão Economy, com duas e quatro portas. O novo motor 1.0 Fire Flex consome até 9% menos combustível e ainda aumenta a potência do veículo. Um ganho de oito cavalos com gasolina e 9 com álcool se comparado com a versão anterior. Além de tudo isso, o novo modelo traz outra vantagem. É mais barato em torno de R$ 700. O carro com duas portas sai por R$ 24.290 e a versão quatro Portas, por R$ 25.860. O Palio Fire Economy chega também com um indicador analógico de consumo instantâneo, o Econômetro, mais um Guia Rápido, no kit de bordo, com instruções para uma condução voltada para economia de combustível.

A Fiat será obrigada pelo Ministério da Justiça a realizar o recall (revisão de carro) em todos os modelos Stilos fabricados a partir de 2004. A multa estipulada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça é de cerca de R$ 3,2 milhões. O parecer técnico do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) constatou a existência de um defeito no conjunto do cubo da roda dos veículos Fiat Stilo, que pode romper-se e causar a soltura da roda.

Argentino na vantagem

Brasileiro recebe carro rápido e paga mais caro O brasileiro recebe o carro mais rápido que o argentino, porém paga mais caro. Carros da mesma linha de montagem são vendidos na Argentina a 20% e 40% mais baratos que no Brasil. Na Argentina, a desvantagem é que o consumidor espera de 30 até 60 dias pelo carro zero. Por lá, um Gol básico sai por R$17,4 mil. No Brasil, é vendido por R$ 28 mil. O Mille custa para os argentinos R$ 17,7 mil, 20% mais barato. Sem falar da indignação ao saber que os argentinos não usam carros 1.0. Para eles, a indústria produz modelos similares com motorização melhor. (Fonte: Valor Econômico)

Expresso

27 29

Licença Maternidade

Seis meses para cuidar melhor do seu bebê. Além de justo, legal Uma luta justa em favor do bem estar dos seus bruguelos. Agora, é lei. Toda mãe (setor privado e público) poderá requerer o benefício de licença maternidade por um período de 180 dias (seis meses). Ou seja, ganham mais dois meses para ficar lambendo a cria.

O que precisa:

Toda funcionária poderá requerer o benefício até o fim do primeiro mês após o parto. É só procurar o setor de pessoal. Vale dizer que muitos sindicatos e federações de trabalhadores já colocam o benefício na mesa de negociações do acordo coletivo. Então, faça valer seu direito e procure se informar.

Fique esperta sobre os salários: *Os quatro

Por Guillermo Antonioli No caso das empresas privadas, apesar de a lei ter sido sancionada pelo presidente Lula, no fim do ano passado, estas não são obrigadas a aderir. Porém, se o empregador privado entrar no programa Empresa Cidadã, do Governo Federal, sua empresa não terá prejuízo financeiro com a medida, pois todo o investimento (os dois meses adicionais) será descontado no Imposto de Renda. Por isso, não há motivo para seu empregador rejeitar o programa. Peça e cobre dele essa ação.

divulgação

Serviço

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

primeiros meses de licença-maternidade continuam sendo pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

*Havendo

a prorrogação da licença a empregada não pode trabalhar em outro canto nem a criança ser mantida na creche.

*Os dois meses extras são pagos de forma integral pelo empregador; *As mães que trabalham em empresa privada (inclusive

as adotivas) devem requerer o benefício ao INSS, até o final do primeiro mês após o parto;

*No caso de empregador aderir ao programa (requerimento feito à Receita Federal), não há necessidade de a empregada requerer o direito;

Como é lá fora Argentina: licença de 3 meses remunerada pelo governo e 3 meses opcionais sem remuneração;

Itália: 5 cinco meses de licença. O governo paga 80% do salário; Espanha: licença de 4 meses paga pelo governo; Estados Unidos: licença de até 3 semanas paga pelo governo;

Japão: licença de até 14 semanas. Dependendo da empresa, 60% da remuneração é coberta por seguradoras ou governo;

China: licença de 3 meses não remunerada; Cuba: 18 semanas de licença pagas pelo governo; Uruguai: licença de 4 meses paga pelo governo.

Portugal: 4 meses de licença remunerada pelo governo; Austrália: licença de 52 semanas não remuneradas, ou seja, 1 (um) ano;

França: 3 meses de licença em caso de parto normal e 4 meses) em caso de cesariana. Os custos são pagos pelo governo;

Índia: para o setor privado, não há previsão legal específica e a licença varia de acordo com a empresa. Funcionários públicos têm direito a 4 meses e meio;

30

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de marรงo de 2010

JORNAL

Fortaleza, 12 a 18 de marรงo de 2010

Expresso

31

Expresso

Fortaleza, 12 a 18 de março de 2010

Garota

JORNAL

32

Marília Gabriela Mendonça

Expresso

Encanto felino Um rugido selvagem, no meio da mata, surge acompanhado de olhar insinuante e graciosidade felina. É Marília Gabriela Mendonça dos Santos, a terceira Garota Expressa. Uma fera verdadeiramente dócil, de dar água na boca para quem, assim como nós, conseguiu ficar perto demais. Não era para tremer, nem vacilar, apenas apreciar. Sem dúvida, sua descendência indígena desenhou na pele traços de cor firme. Irresistíveis a olhos nus. Agora, por trás dessa beleza nativa encontra-se uma garota determinada, que não sabe ficar parada. Desde os sete anos de idade, frequenta passarelas. Mesma determinação nas aulas de balé, definindo curvas. Sua maior incentivadora, a mãe. É por isso que não é de surpreender que seu maior sonho seja dar conforto para a família. “Eles são tudo para mim”, sintetiza. Além das aulas de webdesigner e Inglês, no próximo semestre Marília Gabriela entra na Faculdade Integrada do Ceará (FIC) com o objetivo de ser publicitária. Um aviso aos lobos de plantão: está e quer ficar sozinha. “Quero me curtir”. Uma palhinha: vocês podem vê-la sempre com as amigas no Dom Pastel, na Beira Mar.

Quer participar dos nossos ensaios fotográficos? Então, escreva para o Jornal EXPRESSO: redacao@expressoceara.com.br. Ou ligue: 85. 3257.4196 / 3257.3010.

Faça o expresso com a gente - Entre em contato redacao@jornalexpressoceara.com.br

(85) 3257-3010 - Fax (85) 3257-4196


Jornal EXPRESSO nº 3