Issuu on Google+

Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade Área de Projecto – 12º D

Ficha de Leitura 23/10/2008 Nome: Andreia Teixeira

Nº 7

Nome do Grupo de Projecto: MARCAmediAL Tema da pesquisa: Acupunctura. Autor(es): ROMAGOSA, José; ROSALES, Santiago. Informações sobre o(s) autor(es): Referência bibliográfica1: ROMAGOSA, José; ROSALES, Santiago, Atlas de Medicina Natural e Alternativa, 2000, Marina Editores, LDA. Citações importantes2: “Antes de optar por um tratamento de acupunctura é preciso saber se a doença é grave; neste caso será necessário um tratamento urgente, cirúrgico ou não, por métodos convencionais”; “O yin está associado ao frio, descanso, interesse, passividade, escuridão, interioridade, descida, introversão e nutrição; o yang ao calor, estimulação, movimento, emoção, luz, ascensão e aumento.” Resumo das principais ideias: A acupunctura é um método terapêutico conhecido na China e no Extremo Oriente à milhares de anos. E trata-se em inserir agulhas muito finas na pele para fins curativos. A acupunctura faz parte de um conjunto de práticas do mundo oriental que incluem um estilo de vida, uma forma de alimentação, meditação…Segundo os seus praticantes o universo está em equilíbrio graças a um fluxo constante de energia, ou chi, entre dois planos opostos: positivo, ou yang, e o negativo, ou yin. 1 2

Segundo as normas para apresentação de referências bibliográficas Segundo as normas para apresentação de citações de autores


O Homem faz parte do universo e como tal também está em equilíbrio, quando adoece, essa doença é uma manifestação de desequilíbrio. A energia (chi) circula por meridianos (canais) no nosso corpo, a inserção das agulhas nestes meridianos redistribui a energia, restabelecendo o equilíbrio. A acupunctura funciona como “anti-inflamatório”; tónico circulatório, anestesia e restabelece o equilíbrio. Este livro também nos fala em que consiste a digitopunctura, auriculopunctura, reflexologia, iridalogia, moxibustão, Tai Chi e massagem Shiatsu, pulsos chineses, ioga e Ayunveda e quais os benefícios de cada um. Também nos informa que a medicina tradicional indígena tem cinco vertentes: curandeirismo, xamanismo, macumbas, espiritismo e bruxaria. Comentários: Este livro contém imensa informação útil para o nosso projecto.

Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade Área de Projecto – 12º D

Ficha de Leitura 20/11/2008 Nome: Andreia Filipa da Silva Teixeira Nome do Grupo de Projecto: MARCAmediAL Tema da pesquisa: Hipnoterapia Autor(es): MARGADO, Sofia Informações sobre o(s) autor(es):

Nº 7


Sofia Margado é uma hipnoterapeuta diplomada pelo London College of Clinical Hypnosis, supervisora e tutora do Centro de Hipnose Clínica Ibérico (extensão do London College of Clinical Hypnosis em Portugal e Espanha), realiza workshops de Auto-Hipnose e Terapia Regressiva e é autora de muitos artigos sobre desenvolvimento pessoal e relações inter-pessoais, muitos deles condensados no livro Consciência do SER. Sofia tem ajudado muitas pessoas através da Terapia Regressiva e da Hipnose Clínica e, apesar de acompanhar os mais diversos casos, a sua especialização tem sido na área dos perturbações de ansiedade (stress, ataques de pânico, fobias, ansiedade generalizada, stress pós traumático, perturbação obsessiva compulsiva e ansiedade de separação). Referência bibliográfica3: MORGADO, Sofia – Hipnoterapia (2001) no site (acedido no dia18 de Novembro): http://www.universodeluz.net/sofiamorgado/terapeuta.htm Citações importantes4: “É, então, importante sublinhar que a hipnose não é um espectáculo - embora usada em espectáculos; não é um estado de sono em que se perde a consciência, nem algo estranho e oculto que nos deixa vulneráveis e impotentes nas mãos de outra pessoa que nos põe a imitar uma galinha ou a comer cebolas como se fossem maçãs.” “E a hipnose é uma técnica natural e eficaz para aceder ao subconsciente, permitindo fazê-lo de uma forma fácil para libertar velhos padrões, pensamentos, comportamentos, atitudes e crenças, curando e reprogramando para o sucesso e bem estar.” Resumo das principais ideias: A hipnose é um estado natural pelo qual passamos muitas vezes durante o dia sem darmos conta, por exemplo um condutor que passa a viagem a falar com os seus botões e chega ao destino bem e em segurança, mas no entanto sem saber por onde veio ao certo. O inconsciente da nossa mente é muitas vezes o culpado pelos nossos problemas e de auto-imagem, isto porque as nossas crenças, comportamentos e hábitos são armazenados como informação no nosso subconsciente. A hipnose é uma técnica 3 4

Segundo as normas para apresentação de referências bibliográficas Segundo as normas para apresentação de citações de autores


natural que nos permite livrar dos velhos padrões, atitudes, crenças, que cura e reprograma o nosso bem estar. A hipnoterapia ou hipnose clínica é o uso da hipnose na terapia, ou seja, os tratamentos são efectuados não pela hipnose mas sim em hipnose. A hipnoterapia é uma terapia sugestiva, ou seja, dá sugestões positivas e estratégias de mudança etc. Esta terapia pode ajudar-nos a: - aumentar a autoconfiança, motivação e auto-estima - eliminar hábitos de nervosismo (como o roer de unhas) - remover emoções e crenças negativas e limitadoras - controlar o seu peso e padrões alimentares - remover a ansiedade e ataques de pânico, medos ou fobias - promover a boa saúde, ajudar no controlo da dor (ex. artroses, enxaqueca) - reduzir o stress, a gaguez - quebrar maus hábitos e introduzir outros mais positivos - ultrapassar a perda, a separação e o desgosto - ultrapassar a depressão, problemas de sono - ultrapassar dificuldades de aprendizagem - eliminar o nervosismo dos exames e promover a concentração no estudo - libertar traumas físicos e emocionais - ajudar no parto natural

Comentários: Adorei este site pois fiquei muito mais elucidada acerca da hipnoterapia, pude reparar que tinha uma ideia errada acerca desta terapia e para além disto o site está escrito de uma maneira muito simples, acessível e cativante. Quase que dá vontade de fazer umas sessões, uma vez que esta terapia é Capaz de resolver muitos problemas.


Fichas Leitura - Andreia