Page 11

Junho 2017

Jornal MARANDUBA News

Inspiração genuinamente caiçara: moda

Assim como seus antepassados, que costuravam redes de pesca e roupas as suas crianças, a jovem caiçara Sarah Araújo Derghan, 23, adquiriu dom “tupiniquim” para produzir roupas. Vinda, de um lado, de família de pescadores, de outro lado, de comerciantes a jovem se mostra com muito talento, aptidão e gosto ao que faz. Melhor não se envergonha de sua linhagem histórica. Começo Ninguém imaginaria que Sarah, que já recebeu proposta de alta costura até da Nigéria, começou a vida se enrolando em embalagens de ovos de páscoa. A idéia apareceu, “mas o que fazer então, fazer roupas para mim ou costurar para o público?”, suas primeiras dúvidas. Foi um começo complicado, de pouco ou quase nenhum recurso, muitas dúvidas, sem entendimento no assunto, mas vontade não faltou. Com o apoio da mãe coruja, começou simples, fez um cursinho no centro da cidade, confeccionou suas próprias placas, reformou pessoalmente o espaço e colocou a mão nos tecidos. “Errei muito no começo, sofri bastante, comecei trabalhando com reformas de roupas, vestindo os próprios modelos em festas e eventos, hoje produzo peças exclusivas”, comenta a jovem. Exclusividade Tudo é exclusivo no atelier, até sua publicidade é realizada

por Sarah, com ajuda da amiga Camila, conta. O uso contínuo do facebook (atelier da Sarah) e do instagran (@atelierdasarah) bombam nas redes sociais. Só um dos vídeos alcançou 20 mil visualizações. Sarah é uma jovem de um sorriso farto e comunicativa suas opiniões fazem a diferença na busca de modelos cada vez mais exclusivos aos clientes. “Na costura nada se perde, tudo se transforma”, explica à jovem em referencia a um corte errado ou a possibilidade de um mesmo tecido vestir uma família inteira com modelos diferentes. Trabalho Para ampliar seus horizontes fez um curso no SENAC-SP, diz que essa fase ajudou a abrir a mente para a profissão, principalmente sobre modelagem e costura. Além de produzir as peças também trabalha com aluguel. Embora com muito chão pela frente, atende clientes desde a capital paulista, passando pelo Vale do Paraíba e principalmente do Litoral Norte Paulista. Já foi entrevistada pelo SBT e participou do São Paulo Fashion Week como convidada, onde tirou fotos com famosos, dentre eles o estilista Waldemar IODICE, além de uma participação da revista Glamour. Sarah é mais uma caiçara com inspirações vindas do DNA resultado do processo civilizatório nacional colocado em pratica nesta atualidade. Virão outros!

Página 11

Criatividade que deu certo Comida oriental com toque brasileiro

Na busca por uma vida e alimentação mais saudável, muitos buscam atividades e uma gastronomia diferenciada, por outro lado, existem empreendedores que se encontram no limiar da criatividade e vontade de oferecer um bom serviço ou produto. O casal Fabiano Elias e Katiane Oliveira foram um deles. Tendo a necessidade como a mãe de todas as invenções, com o casal não foi diferente. Ele, a época desempregado e ela para sair de uma instituição financeira após décadas de dedicação filosofaram sobre o que fazer depois. Foi então que um canal de rede social os salvou. Num vídeo sobre alimentação surgiu a idéia. Primeiro o experimento em casa, depois

serviram os conhecidos até que Katiane pensou em servir as pessoas os pratos orientais que haviam experimentado nesta produção caseira. Foi então que surgiu o Wasabi Sushi Bar na Maranduba. Como uma corrida, muitos “correram” pra fazer igual e destes apenas um chegou. Como dizia o saudoso apresentador Chacrinha “nada se cria, tudo se copia”. Os que copiaram não prosperaram. Faltou o algo a mais que o casal mantém a seus clientes, como no caso do atendimento personalíssimo. Com um cardápio substancial e apetitoso, somados a um ambiente aconchegante e a entrega em domicilio. O lugar esta de portas abertas a partir das 18 horas.

Em apenas dois anos conquistou vários clientes dede moradores até turistas que passam vez ou outra por esta região. Também se preocupam com a qualidade dos produtos e serviços oferecidos. E o próprio casal que faz o atendimento aos clientes sempre atentos a opinião comentada. Katiane não se importa com a brincadeira, pois ela também é conhecida por “Sushiara”, junção de Sushi - peixe cru com Ceará - seu estado natal. Nas conversas de bastidores foi possível descobrir que, em parceria com a academia Parnaso, planejam uma festa julina em estilo familiar (8 de julho próximo) no Sitio Santa Cruz aberta a comunidade e regada a forró pé-de-serra.

Profile for Jornal Maranduba News

Jornal Maranduba News #97  

Notícias da Região Sul de Ubatuba

Jornal Maranduba News #97  

Notícias da Região Sul de Ubatuba

Profile for maranduba
Advertisement