Issuu on Google+


Vale lembrar. Câmara dos Deputados É o lugar onde os Deputados, eleitos pelo povo, exercem sua principal função: cuidar dos interesses de todos os cidadãos. Um exemplo disso é a criação de leis que são pensadas e trabalhadas para que mais benefícios façam parte da sua vida. Esses são os motivos que fazem com que você tenha muita consciência ao escolher o seu candidato.

Senado Federal Assim como a Câmara dos Deputados, faz parte do Poder Legislativo do Brasil. E o papel do Senador, representante do seu Estado, é cuidar para que os direitos da constituição sejam respeitados e cumpridos. Sendo assim, o momento de escolher o seu Senador é muito importante, pois ele vai lutar para que seu Estado seja um lugar cada vez melhor para você e sua família.

Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor e o povo que Ele escolheu para sua herança. Salmos 33:12


Os caminhos de um vencedor. Pastor Manoel Ferreira nasceu em 30 de maio de 1932, se formou em Teologia, Sociologia e Direito, é casado e pai de 5 filhos. Sua história é pautada por grandes obras e sua dedicação já proporcionou, para muita gente carente, assistência médica, odontológica e educacional através dos vários centros de atendimento como Escolas de Ensino Básico, Médio, Profissionalizante e Universitário; hospitais, creches, orfanatos, casas de recuperação de toxicômanos, abrigos para idosos e crianças de rua. Além disso, centenas de famílias no país são amparadas pelo Pastor Manoel Ferreira através das cestas básicas que são distribuídas

mensalmente pelos centros de atendimento, somando mais de 100 toneladas de alimentos por mês. É bom lembrar que esse atendimento social não recebe nenhum incentivo de governos, sendo mantido apenas com os esforços do pastor e sua equipe. Em 2008, o Pastor Manoel Ferreira foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz, pela sua dedicação às pessoas menos favorecidas no Brasil e no exterior. Sua caminhada sempre foi dedicada a melhorar a vida de quem precisa e dar dignidade aos que foram jogados às margens da sociedade. Essa incansável luta, que já resgatou muita gente da miséria, rendeu outras indicações e condecorações como a Medalha Anchieta da Câmara Municipal de São Paulo; a Medalha Pedro Ernesto da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e a Medalha Tiradentes da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, entre outras. No mandato de Deputado Federal, o Pastor Manoel Ferreira foi eleito o melhor parlamentar do Brasil, pelo alcance e a importância dos seus projetos para a sociedade brasileira.

Para melhorar o Brasil e dar mais dignidade pra nossa gente, devemos nos unir e fazer, pelo menos, o que estiver ao nosso alcance. Já que podemos votar e escolher de uma maneira melhor nossos representantes, não podemos deixar essa oportunidade passar em branco. Pastor Manoel Ferreira.


Uma vida ao lado do povo. Anthony Garotinho nasceu em 18 de abril de 1960, na cidade de Campos dos Goytacazes, região norte do Estado do Rio de Janeiro. Ainda muito jovem ingressou na política como líder estudantil, no Liceu de Humanidades de Campos e, a partir daí teve uma carreira política meteórica. Aos 26 anos, foi eleito Deputado Estadual; aos 28, prefeito mais jovem da história do maior município do interior do estado. Um governo tão bom que lhe rendeu os títulos de “Melhor Prefeito do Brasil” pela Associação dos Municípios Brasileiros, e “Prefeito amigo das crianças”, concedidos pela UNICEF, órgão da ONU que acompanha o trabalho em favor da infância. Aos 33 anos, foi secretário de agricultura do Governador Leonel Brizola e implantou o Programa Moeda Verde, que criou em torno da Região Serrana do Rio, um cinturão de produção de verduras e legumes. Aos 38 anos, foi eleito o governador mais jovem do Estado do Rio de Janeiro em toda a sua história. Introduzindo programas sociais inovadores, Garotinho foi considerado duas vezes pelo Instituto DATAFOLHA, o melhor Governador do Brasil. Seu governo teve aprovação tão grande (quase 90%), que a sua sucessora foi a própria esposa Rosinha Garotinho. Durante o seu mandato, além de programas sociais, Garotinho implantou programas econômicos que fizeram o Estado do Rio voltar a crescer. Como exemplo, a reabertura dos estaleiros que geraram mais

de 100 mil empregos, somente nesse setor. A renegociação da dívida do Estado valeu a Garotinho o prêmio de “Personalidade Mundial para o Próximo Milênio”, conferido pela revista americana TIME. Aos 42 anos, foi candidato a Presidência da República e obteve quase 16 milhões de votos. A marca das administrações de Garotinho podem ser vistas em todas as cidades do estado: Restaurantes e Farmácias Populares; Delegacias Legais; Rodovias asfaltadas; Construção de Creches e mais de 32 mil casas entregues à população carente. Por isso, Garotinho tem sido um dos políticos mais perseguidos da história do Rio de Janeiro e do Brasil. Ele faz questão de afirmar que não nega a sua fé e o seu compromisso com o povo. A eficácia de seus programas sociais, o combate que empreendeu à desnutrição infantil, o incentivo aos pequenos produtores, o apoio à cultura e a recuperação das finanças municipais valeram a Garotinho o primeiro prêmio TOYP (Personalidade Internacional do Mundo Jovem) concedido a um brasileiro pela Câmara Júnior Internacional, organização não-governamental que trabalha em colaboração ativa com a ONU, a UNICEF e a UNESCO.


Política é uma obra de Deus? Existe muita dúvida sobre se nós, cristãos, devemos atuar no meio político. E quero falar para você, meu irmão, que sim. A bíblia é clara quando diz que as autoridades são escolhidas por Deus. Podemos ver em Romanos, capítulo 13, e em outras passagens que estamos sujeitos aos governantes desta terra. “Todo aquele que não observar a lei do teu Deus e a lei do rei...” Ed 7:26

“Observa o mandamento do rei...” Ec 8:2

“Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores...” Rm 13: 1-7

“Se sujeitem aos que governam, às autoridades...” Tt 3:1, 2

“Sujeitai-vos a toda instituição humana... quer seja o rei como soberano...” 1Pe 2:13,14

Além disso, José governou o povo do Egito livrando Israel da morte e foi Deus que o colocou lá. Leia Gn 37:5-10;41:38-41 Jetro aconselhou seu genro Moisés falando: coloque sobre eles chefes que resolvam as causas menores e tu resolva só as maiores. Ex 18:13-27. Através desses e outros exemplos podemos afirmar que a política é sim um projeto de Deus. E devemos prestar muita atenção na hora de escolher quem vai representar a gente, justamente para estar de acordo com a vontade de Deus.

Temos que buscar, como representantes do povo e de Deus, homens que pregam o bem e que praticam boas ações. Só assim estaremos fazendo nossa parte e agradando ao Senhor.


Um servo de Deus pode ser candidato, ou isso é contra as leis do Senhor? Caros irmãos, muitos servos de Deus foram políticos, como Davi e Salomão entre outros tantos. Dizer que para servir a Deus devemos nos afastar da política vai contra as próprias palavras do Senhor. Deus quer é que o seu rebanho tenha sabedoria para eleger seus representantes de forma correta, assim como fez o povo de Israel. Quanto mais as pessoas de bem se afastarem da política, mais o mau vai ganhar espaço; e isso afeta diretamente as nossas vidas. Não é da vontade de Deus que o mau prevaleça, por isso o povo cristão deve se unir para eleger representantes que tenham em seu coração a verdadeira vontade cristã de construir um mundo melhor.

Você precisa acreditar nas Pessoas. Educação, saúde, segurança, emprego, transporte, salário, leis, fazem parte de sua vida? Então, como você pode afirmar que não tem nada com isso, pois todos os ítens acima são de responsabilidade dos políticos. Os políticos são eleitos por você, através do seu voto, da manifestação da sua vontade, logo, você e sua família são responsáveis por essa escolha. Se escolher bem, teremos políticos bons e compremetidos com o povo. Se escolher mal serão 4 anos de decepção. Como você não tem nada com isso? Os únicos responsáveis pelo bem ou pelo mal somos nós mesmos. Reflita bem.


Por que devo me preocupar com a política? A política afeta sua vida diariamente e as decisões que são tomadas pelo seu representante, uma hora ou outra, vão atingir você diretamente. Por isso é bom que você exija sempre os seus direitos e faça valer o seu desejo na hora de escolher quem vai lhe representar. Na passagem em que Paulo expulsa o espírito de uma adivinha, na cidade de Filipos, na Macedônia, causando sua prisão e a de Silas. No meio da noite, ocorre um terremoto e lá eles conseguem evangelizar os guardas. Mesmo após o terremoto abrir todas as cadeias da prisão, Paulo permanece aguardando sua carta de soltura, que chegaria na manhã seguinte.

E a Bíblia diz: Quando amanheceu, os pretores enviaram oficiais de justiça, com a seguinte ordem: Põe aqueles homens em liberdade. Então, o carcereiro comunicou a Paulo estas palavras: Os pretores ordenaram que fôsseis postos em liberdade. Agora, pois, saí e ide em paz. Paulo, porém, lhes replicou: Sem ter havido processo formal contra nós, nos açoitaram publicamente e nos recolheram ao cárcere, sendo nós cidadãos romanos; querem agora, às ocultas, lançar-nos fora? Não será assim; pelo

Devemos nos espelhar nessa atitude de Paulo e sermos cidadãos conscientes de nossos direitos.

contrário, venham eles e, pessoalmente, nos ponham em liberdade.Os oficiais de justiça comunicaram isso aos pretores; e estes ficaram possuídos de temor, quando souberam que se tratava de cidadãos romanos. Então, foram ter com eles e lhes pediram desculpas; e, relaxando-lhes a prisão, rogaram que se retirassem da cidade. Atos 16:35-39 Vamos refletir sobre isso: - Pretores eram uma espécie de magistrados, ou seja, juízes da época da dominação romana. Eles tinham o poder de condenar, castigar ou soltar as pessoas. Esse cargo era dado apenas a nobres e era vitalício. Foram eles quem condenaram Paulo e Silas à cadeia e os mandaram soltar na manhã seguinte. Porém, existia uma lei romana, a “Lex Porcia”, que isentava o cidadão romano

do açoite e retirava o cargo do pretor que desobedecesse. Feitas as considerações, vemos que Paulo fez valer os seus direitos como cidadão romano. Os pretores tinham o dever de se desculpar a Paulo e ele fez questão disso. Paulo poderia ter saído da prisão murmurando algo como “o Senhor me vingará“, mas ele, como cidadão consciente, fez com que os pretores temessem pelo que fizeram a ponto deles irem pessoalmente pedir desculpas. Devemos nos espelhar nessa atitude de Paulo e sermos cidadãos conscientes de nossos direitos. Não sejamos omissos, não podemos ter vergonha nem preguiça na hora de uma eleição que pode mudar nossa vida e a de muitos irmãos. São direitos dados pelos homens que Deus mostra, através de Sua Palavra, que devemos preservá-los.


Se eu errar na minha escolha serei punido? Se você tomar todos os cuidados, pesquisar, escolher o candidato pelas suas virtudes e não pelas promessas particulares, você terá feito a coisa certa. E se, por vaidade ou qualquer outro motivo, o seu candidato pecar na hora em que estiver no poder, será ele quem terá de prestar contas ao Senhor.

É correto ajudar na campanha do meu candidato? Da mesma forma que Jesus enviou seus seguidores para levar sua palavra. Podemos sim, ajudar pessoas de bem a levar seus pensamentos para mais gente, desde que esses pensamentos sejam verdadeiramente construtivos e dentro dos preceitos cristãos. Quanto mais gente souber de um irmão que realmente queira fazer coisas boas para esse mundo, mais estaremos cumprindo nossos deveres para com Deus.


Como saberei se meu candidato agrada a Deus?

Se eu não me importar com a política estarei me afastando de Deus?

Você conhece um homem pela sua obra e não só pelas palavras. Você deve exigir do seu candidato princípios cristãos e atitudes que sejam relacionadas com esses princípios. Uma pessoa que espelha sua vida nos ensinamentos de Jesus certamente irá lhe representar de acordo com a vontade de Deus.

Deixar a política de lado é como deixar de socorrer alguém necessitado. Não se preocupando com a política você deixa de ajudar muitos irmãos carentes que precisam de alguém para lhes dar um pouco de dignidade. Gente que precisa de uma voz que grite por uma saúde melhor, por mais escolas, uma boa alimentação, mais trabalho etc. Gente que precisa de você e da sua escolha.

Porás certamente sobre ti como rei aquele que escolher o Senhor teu Deus: Dentre teus irmãos porás rei sobre ti: Não poderás por homem estranho sobre ti, que não seja de teus irmãos. Deuteronômio 17:15


Deputado Federal Pastor Manoel Ferreira, escolhido um dos 8 melhores parlamentares do Brasil. O Deputado Federal Pastor Manoel Ferreira sempre defendeu os interesses de toda a sociedade e, na vida pública, não fez diferente. É por isso que, ao votar em qualquer projeto, ele usou toda a sensibilidade de quem conhece os problemas citados e participa ativamente na melhor solução para cada um deles.

A política não é pecado e quem pensa assim contraria a própria palavra de Deus. Ela pode ser utilizada para fazer o bem e ajudar as pessoas que precisam. Certificado de melhor parlamentar do Brasil


Pareceres do Dep. Federal Pastor Manoel Ferreira Ă  projetos de lei:


Projetos APROVADOS do Deputado Federal Pastor Manoel Ferreira.


O Estado do Rio de Janeiro tem sido a grande preocupação do DEPUTADO FEDERAL PASTOR MANOEL FERREIRA

As liberações de verbas para obras ou emergenciais, têm sido frequentemente aprovadas pelo Deputado Pastor Manoel Ferreira. Algumas delas:

•Costa Verde: Liberação de verba para a duplicação da BR 101 - Santa Cruz a Parati, cujas obras no trecho entre Santa Cruz a Mangaratiba foram concluídas em Dezembro/09.

•Baixada Fluminense: Liberação de verba para a duplicação da Via Light

•Região dos Lagos: Liberação de verba para a Reconstrução da Ponte de Rio das Ostras

•Região Norte Fluminense: Liberação de verba para a Reconstrução da Ponte de Campos

•Demais Regiões: Liberação de 100 milhões em indenização para as vítimas de enchentes. Liberação de 50 milhões em recursos para fundos da educação. Liberação de 40 milhões em emendas parlamentares para os municípios.


Você é muito importante.

Se alguém diz: Eu amo a Deus, e aborrece a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual vê, como pode amar a Deus, a quem não vê? IJoão 4:20

Pense nisso antes de votar.

Aquele pois que sabe fazer o bem, e não faz, comete pecado. Thiago 4:17

O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre também clamará e não será ouvido. Provérbios 21:13

Quem você prefere no comando dos destinos do nosso povo? Um ímpio ou um justo? Aquele que ouve a voz dos mais humildes ou o que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre? Lembre-se: quando você vota é essa a escolha que você está fazendo.



Cartilha o Cristão e a Cidadania