Page 1

Informativo de Campanha

Nº 1 • Itabirito, agosto de 2012

FALANDO SÉRIO

Os jovens moradores do Santa Rita e região podem ficar tranquilos

CHEGOU A HORA DA VIRADA NO POLIESPORTIVO DA CARIOCA

Nº 1 • Itabirito, agosto de 2012

SABE POR QUE O GINÁSIO POLIESPORTIVO DA CARIOCA NÃO FOI CONCLUÍDO?

perícia

perícia

perícia

Coligação O Futuro Construído para Todos - PMDB/PT/PTB/PTN/PSDC/PT do B - CNPJ Gráfica: 06.100.711/0001-14 - Tiragem: 2.000 - CNPJ do candidato:16.059.324/0001-35

Agora que a Justiça já bloqueou os bens de Alex, Juninho e da DOM, Manoel vai poder dar sequência à construção do Ginásio. Manoel vai refazer a obra, corrigir os erros de engenharia e concluir o Ginásio no preço certo e com segurança, para que esta região tão importante tenha, de fato, um Complexo Poliesportivo à altura de sua gente e de suas tradições.

POR 3 MOTIVOS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER 1. A LICITAÇÃO DA OBRA FOI QUESTIONADA NA JUSTIÇA. 2. A CONSTRUÇÃO É DE PÉSSIMA QUALIDADE E COLOCA EM RISCO A VIDA DE QUEM FOR ALI JOGAR OU ASSISTIR A JOGOS. 3. O PREÇO FOI AUMENTADO VÁRIAS VEZES E, MESMO DEIXADA PELA METADE, JUNINHO E ALEX PAGARAM A OBRA QUASE TODA.

-

Todo mundo sabe que, para Manoel, dinheiro público é dinheiro sagrado. Ele só vai descansar quando os R$ 3 milhões jogados fora nesta obra voltarem para os cofres públicos


Nº 1 • Itabirito, agosto de 2012

MANOEL ACABOU COM O DESPERDÍCIO DE DINHEIRO PÚBLICO

A JUSTIÇA JÁ BLOQUEOU OS BENS PESSOAIS DE WALDIR, ALEX E DA DOM CONSTRUTORA Veja a sentença do Juiz de Direito da Comarca de Itabirito, em liminar concedida em1º de agosto de 2012:

perícia 11/12/09

perícia 11/02/10

perícia 11/02/10 perícia 11/02/10

perícia 11/02/10

perícia 11/02/10

A obra teve que ser paralisada por causa de inúmeros problemas na construção e pagamentos irregulares

Nº 1 • Itabirito, agosto de 2012

Agora, os irmãos Salvador não podem vender seus veículos (bloqueio no DETRAN) nem casas ou qualquer outro tipo de imóvel (bloqueio no Cartório de Registro de Imóveis). Os bens vão garantir que, numa eventual condenação final, haverá dinheiro para pagar a conta do desperdício.

Fotos de Dezembro de 2009 e fevereiro de 2010. Perícia comprovou má qualidade e negligência na construção

Primeiro: porque Manoel é um prefeito sério Manoel tomou posse no fim de 2009 e encontrou as obras do Poliesportivo da Carioca com problemas. Sendo um homem responsável, Manoel não poderia continuar a obra nem pagar nada sem se inteirar de tudo o que aconteceu.

Mandou fazer uma Auditoria, que comprovou muita irregularidade. A construção foi estimada em R$ 1.332.100,00 (um milhão trezentos e trinta e dois mil e cem reais) – fora o telhado. Mesmo deixando o ginásio pela metade, a DOM Construtora recebeu cerca de R$ 3 milhões. Os fatos aqui relatados podem ser comprovados no processo judicial nº 002116128.2012.8.13.0319, que é público (qualquer um pode

Segundo: porque Manoel é um engenheiro sério Engenheiro experiente, Manoel logo percebeu todos os defeitos estruturais da obra. Mandou fazer uma Perícia Técnica especializada e a conclusão foi preocupante: a estrutura da obra está comprometida.

A construção não é segura. Se colocar o telhado, que é pesado, há risco de desabamento. Este grave erro de construção coloca em risco a vida de quem vier a frequentar o Ginásio Poliesportivo da Carioca.

Terceiro: porque Manoel é um administrador sério Manoel analisou a licitação do Poliesportivo da Carioca. Com sua experiência, constatou que havia problemas. A empresa DOM Construtora “venceu” a licitação para fazer a obra mesmo não sendo a concorrente que deu o menor preço. (Ata de 28/6/2007).

ENTENDA O CASO: Quem autorizou a obra (processo licitatório 113/2007 – Concorrência 004/2007) foi o antigo prefeito Juninho. Em 2009, ele foi impedido de assumir a Prefeitura por outras improbidades administrativas e seu irmão Alex entrou no seu lugar. Como Juninho, Alex assinou aditivos que aumentaram muito o preço da obra.

Estas graves irregularidades administrativas, envolvendo os irmãos Waldir, Alex e a DOM, resultou numa Ação Cívil Pública para aferir as suas responsabilidades numa obra que não serve para nada.

FICOU PROVADO: ELES ESTÃO JUNTOS

consultar no Fórum ou no site do TJMG – Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais – www.tjmg.jus.br)

AQUI, EXPERIÊNCIA E SERIEDADE

PAGAMENTOS IRREGULARES, FEITOS NO APAGAR DAS LUZES: As obras mal feitas do Poliesportivo da Carioca ficaram pela metade (55%) mas o preço (aumentado gulosamente para mais de R$ 3 milhões) foi quase totalmente pago (93%). Manoel mandou investigar a licitação e ficaram comprovadas todas as irregularidades. A Prefeitura ajuizou Ação Civil Pública contra Waldir, Alex e a DOM Ltda.. Manoel pede na Justiça a devolução deste dinheiro, que é público e sagrado. Juninho e Alex pagaram milhões à Construtora por uma obra inacabada, de péssima qualidade e de preço encarecido.

MANOEL ENTROU NA JUSTIÇA PARA REAVER O DINHEIRO PÚBLICO DESPERDIÇADO

A Prefeitura ajuizou Ação Civil Pública contra Waldir, Alex e DOM Como Prefeito, Manoel exigiu na Justiça a devolução deste dinheiro, que é público e sagrado. Seus antecessores pagaram milhões por uma obra inacabada, de péssima qualidade e de preço encarecido. Se Manoel concluísse ou corrigisse a

obra, ficariam destruídas as provas das irregularidades cometidas ali. Foi por isso que a Prefeitura ajuizou Ação Civil Pública contra os 3 responsáveis pelas irregularidades, exigindo na Justiça a devolução de todo o dinheiro gasto ilegalmente.

Waldir Silva Salvador de Oliveira.

Alexander Silva Salvador de Oliveira.

Autorizou a licitação em 2007. Foi impedido de assumir a Prefeitura em 2009. Nomeado secretário por Alex, prefeito interino, teve que sair do cargo em março de 2009.

Era o presidente da Câmara Municipal de Itabirito e, por isso, assumiu a Prefeitura. Num ato absurdo, tentou colocar Juninho, o irmão, como secretário. Como Juninho, Alex aumentou o preço da obra e pagou à Construtora DOM, como se a obra estivesse 93% pronta. O ginásio mal tinha passado da metade.

Emiliano Silva Salvador de Oliveira, empregado e representante da Dom Empreendimentos e Construções Ltda. Emiliano, irmão de Alex e Juninho, era empregado da DOM e seu representante na licitação do Poliesportivo da Carioca. A DOM Empreendimentos e Construções Ltda. ficou em 2º lugar e, mesmo assim, ganhou a obra. Aumentou o preço, construiu o ginásio com péssima qualidade, recebeu R$ 3 milhões e deixou a obra inacabada.

Manoel da Mota Neto. 3 vezes eleito Prefeito de Itabirito e 1 vez viceprefeito. Uma pessoa boa, simples, honesta, engenheiro nota 10 e querido pela população. Diante das irregularidades que encontrou na construção, Manoel fez o que qualquer administrador sério faria. Paralisou os pagamentos irregulares e entrou na Justiça para reaver o dinheiro do povo desperdiçado na obra.

Falando Sério  

O informativo "Falando Sério" vem alertar a população sobre os reais motivos que proibiram a atual administração de dar continuidade a obra...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you