Issuu on Google+

APIO 2012

4º Concurso de Ourivesaria Subordinado ao tema Fado

Apresentação


As Peรงas...


Peça em prata que simboliza o leque de uma guitarra portuguesa, sem a qual não teríamos o som característico do fado. O coração preto em acrílico simboliza as emoções muitas vezes fatalistas que este estilo musical nos consegue transmitir.

Concurso APIO 2012 “Fado”

Peça: Leque de Emoções

1ºPrémio Criador: Maria Alexandra Moreira


O fado através da guitarra portuguesa I O fado é meu, o fado é teu, e é do povo É a memória, a nau, a glória, o mundo novo É o trinar duma guitarra, a mão que sente É o coração, que chora ou não, mas segue em frente

Concurso APIO 2012 “Fado”

Peça: O fado através da guitarra portuguesa I

2ºPrémio Criador: Cláudio da Costa Passos


O Fado Quadro de José Malhoa “O Fado”, quadro de José Malhoa é sem dúvida a representação emblemática do fado de Lisboa. Tendo este ícone como ponto de partida criámos um cenário com duas personagens à semelhança da tela do princípio do séc. Passado. À voz da fadista representada pelo XAILE da intérprete junta-se o som do guitarrista personificado pela GUITARRA PORTUGUESA. Assim, na mesa de uma qualquer taberna de Lisboa ou numa ardósia lascada o FADO acontece!


Concurso APIO 2012 “Fado”

Peça: O Fado

Quadro de José Malhoa

3ºPrémio Criador: AR+H10 Joalharia de Autor Lda


Colar leque e brincos Inspirados na guitarra portuguesa que faz parte da história de Portugal e do Património Mundial, pois é parte integrante do fado, é portanto uma peça cheia de simbolismo.

Concurso APIO 2012 “Fado”

Peça: Colar e Brincos Leque

Menção Honrosa Criador:

Cristina Caldas Peres


Tudo isto é vida tudo isto é fado

O meu anel… é uma dedicatória ao fado. A sua construção composta com vários círculos que, quando unidos, formam uma teia que representa os xailes das fadistas, emoções saudosas do destino desconhecido, do fino intrincado sentimento do belo.

Criador: Maria Manuela Gouveia


Malmequer Gargantilha em prata 925% e latão com um zircónio. Quando se fala em fado, recordamos logo Amália Rodrigues, pensei por isso, fazer uma Jóia que lembrasse um dos seus fados “malmequer”.

Criador: Natércia Alvez Pinto


A ideia que surgiu foi a combinação de dois ícones do fado: a guitarra e o coração. O primeiro por motivos óbvios e o segundo porque além de estar presente na maioria das letras do fado, é um dos logotipos da inscrição do fado como património Cultural e Imaterial da Humanidade. A peça apresentada é uma pregadeira constituída por dois módulos unidos: um braço de guitarra e um coração seccionado.

Criador: Maria Lima Lobo


A peça a concurso foi inspirada em dois elementos que naturalmente associamos ao fado, a saber, o xaile e a guitarra portuguesa. Trata-se de um colar que faz uma analogia ao xaile negro, não só pela própria cor do colar, mas principalmente na forma de ser colocado no corpo. Para colocar o colar é necessário cruzar a corrente e pendente com um alfinete. A inspiração da guitarra portuguesa revela-se no alfinete e no pendente, representando, cada um destes elementos, um modelo da guitarra. No primeiro caso, o alfinete tem a forma de um caracol, tal como a guitarra de lisboa, e o pendente uma lágrima, tal como a de Coimbra.

Criador: Joana Taurino


Fado e as guerras peninsulares Peça associada ao nascimento de Fado na sequência das guerras peninsulares, a fuga da família real para o brasil e o seu regresso. Inspirado portanto no colar de serviço de oficial do exército português em vigor nas guerras peninsulares e nas rosas bordadas ou tecidas nos xailes do fado.

Criador: Eugénia Oliveira Guedes


A clave de sol e a guitarra Esta peça representa a forte conjugação entre o prelúdio instrumental e as guitarras que determinam a pulsação básica da canção. A guitarra portuguesa seja a ela a do Porto, a de Coimbra ou de Lisboa, anuncia o tema principal, convidando a fadista a preparar o seu canto. A música do fado é absolutamente indissociável das guitarras que acompanham o canto. Elas funcionam como um verdadeiro emblema definindo o clima emocional, a paisagem sonora e o caminho para a interpretação do cantor, evidenciando as variações do canto. A guitarra desempenha um papel fundamental nas partes exclusivamente instrumentais do fado, compreendendo as introduções os contracantos e o primeiro segmento do último refrão, antes da aparição final do cantor. Por tudo isto esta peça representa o casamento perfeito entre o instrumento e a música.


Criador: EugĂŠnia Oliveira Guedes


Esta peça foi inspirada na forma da guitarra portuguesa e em alguns dos seus simbolismos, o ventre da guitarra que chora, as cordas, tristes mas harmoniosas que deambulam pelo seu corpo, esse que esconde uma mulher (braço da guitarra) e o coração (leque da guitarra) que afina e desafina com os toques que a tocam das mesmas mãos de quem depois a trai (peça versátil que se pode usar como alfinete ou peça lateral de colar.

Criador: Ana Dias Agostinho


Escutando trinados Brincos em prata com forma de guitarra portuguesa com aplicação de penas brancas de cisne. O par pesa 9gr. Valor de 30€ A guitarra fonte de sons e trinados, acompanhada pela pena que simboliza a leveza dos sons produzidos pelo vibrar das cordas.

Criador: José Manuel Marcão


Xaile e guitarra Alfinete de peito em prata com forma de guitarra portuguesa e xaile de fadista triangular feito com técnica de malha. Usadas no xaile argolas abertas ovais e redondas com 2 e 3 tamanhos deferentes, respectivamente. A guitarra mede 7x3.5cm. o conjunto pesa 34.7gr. poderá der usado como pendente. A guitarra, objecto icónico do fado, é acompanhada pelo xaile que repousa sobre os ombros da fadista.

Criador: José Manuel Marcão


Fado português “O fado nasceu um dia quando o vento mal bulia e o céu o mar prolongava” Colar em prata de Lei, com 39.7gr, com enfeite de peito central em forma de guitarra portuguesa de onde saem cinco cordões de prata de malha fina que simbolizam as cinco linhas da pauta musical. São repartidas em 6 secções que representam os seis primeiros compassos da partitura musical “fado Português” com poema de José Régio e musica de Alain Oulman. Valor aproximado 290€

Criador: José Manuel Marcão


Coração Fado Vivo Pendente “Coração Fado Vivo” em prata dourada de 925% que expressa a paixão e alma em que se sustente este género musical agora elevado a Património da Humanidade. O fado é sentimento e o coração fadista, de que Amália Rodrigues foi o seu exponente máximo na nossa história, é a base ada sua essência. A porção inacabada da peça representa duas realidades: o fado como forma viva de expressão artística que está longe de ser acabada, e também, o mistério e imprevisibilidade de cada canção que, tanto na voz como na guitarra portuguesa, nunca são iguais em cada performance, sendo o seu acabamento um factor sempre em aberto e impossível de prever.


Criador: Paulo do Vale


Coração de Portugal Assim aqui vos deixo o coração de Portugal que transporta as nossas emoções, ilusões e sombras (caixa de filigrane para usar como pendente, com ou sem alfinete) e a lágrima “emoções” (viola portuguesa estilizada com seis cordas em leque, lembrando o cravelhal da mesma) que por vezes deixamos cair… quando nos apetece deixar vela. Peça executada e pensada com a colaboração de Teresinha Bela.

Criador: Maria Moreira Neves


Guitarra portuguesa Guitarra Portuguesa Peça fundamental para a música o Fado esta peça em prata e ouro é uma réplica quase real em dimensões reduzidas da Guitarra Portuguesa pode ser um anel ou pendente com fio de cabedal com fecho em prata dourada e prata oxidada que representa uma clave de sol e 2 notas musicais.

Criador: António Manuel Parreira


Livro do fado Era uma vês o Fado sou um Livro em Prata com 6 paginas e a capa com mais ou menos a História do Fado começa com a capa do livro em prata e pedra Ágata com a data que se supõe que seja a data da origem do Fado. Na primeira página encontra-se alguns nomes e autógrafos de fadistas gravados na prata que são os seguintes Amália Rodrigues e Carlos do Carmo e a Mariza e o Camané e a Ana Moura. Nas 2 páginas seguintes são com a Guitarra Portuguesa uma em filigrana outra em chapa gravada. Pagina seguinte o Poema Uma casa Portuguesa. Compositores Raul Ferreira, V.M.Siqueira e Artur Fonseca cantado pela Amália Rodrigues em 1953. Na outra Pagina a Partitura da Canção Rosinha dos Limões Poema e Musica de Artur Ribeiro. A última pagina o logo tipo da Candidatura e respectiva nomeação do Fado a Património da Humanidade


Criador: Ant贸nio Manuel Parreira


A peça tem como objectivo encarar a essência do fado. Decompor os elementos que sós são notas soltas mas que unidos em harmonia se tornam em algo único. Cada nota dá a vez à seguinte numa rede de tempos e tons que fazem o nosso fado. A clave de Sol é o início, é robusto e brilhante como o caminho desconhecido que se aproxima. É prata, é brilho e luz. A missanga negra, a saudade dos que foram e dos que ainda não partiram. O conjunto é um xaile, um conjunto de notas, pausas, caótico como o fado, mas com o sentimento que só o fado nos dá, é quente e feroz.

Criador: Olga Baptista Marques


O fado através da guitarra portuguesa II O xaile esconde a cantadeira na noite fria Pregão na voz, no peito a prece, a mouraria Desce a calçada, embriagada de sangue e vinho Que o tom menor, mais que saudade, é o caminho

Criador: Cláudio da Costa Passos


A Guitarra Guitarra que ecoa nas águas do Mondego Trinar que o mar arrasta e devolve ao Tejo O Douro a varina, Coimbra e Lisboa Do Choupal até à Lapa, da Madragoa à Mouraria A capa e o xaile, a sebenta e o pregão Unidos no Fado Património Imaterial da Humanidade

Criador: Cláudio da Costa Passos


Pregadeira leque de madeira Pregadeira em forma de leque, inspirada na guitarra portuguesa que faz parte da historia de Portugal e do Património Mundial, pois é parte integrante do fado, é portanto uma peça cheia de simbolismo.

Criador: Cristina Caldas Peres


Projecto X O projecto x é uma reinterpretação do xaile enquanto acessório ícone das fadistas. Teia de retalhos de malhas de prata ligadas entre si por pequenas argolas de ouro, sugerindo percursos e memórias da tradição.

Criador: Catarina Dias


A Cerim贸nia...


As peças foram cuidadosamente colocadas na vitrina‌


Enquanto o fado ecoava nas paredes da sala...

...os convidados iam chegando


E eis os prĂŠmios para os vencedores!


Cristina Caldas Peres recebe a Menção Honrosa!


AR+H10 - Joalharia de Autor Lda, recebem o terçeiro prÊmio!


Cláudio Passos fica com o segundo prémio!


E a grande vencedora, Maria Alexandra Moreira!


Feita a entrega dos pr茅mios, e para fechar em beleza, comemorou-se o dia de Santo El贸i, com um Porto de Honra!


4º Concurso Ourivesaria APIO