Page 1

JANEIRO 2014 | Edição 6

RETROSPECTIVA 2013 •Terapia Holística

• Ética na Mídia

• O mundo dos negócios em 2013 nos USA • SILAIR DE ALMEIDA, Um chamado dos céus para servir na terra

Planejando uma vida

www.MANCHETEUSA.com

1


Feliz 2014 ...ĂŠ o desejo de todos os colaboradores da Manchete Usa

2

JANEIRO 2014


www.MANCHETEUSA.com

3


EDITORIAL Que venha 2014!

C

hegamos à época em que torna-se inevitável fazer aquela avaliação tradicional de final de ano. É importante contabilizar as conquistas, mas devemos também descartar aquilo que passou, absorvendo contudo os ensinamentos que os erros Carlos Wesley proporcionaram. Este exercício de fato ajuda no planejamento dos próximos 365 dias. Como disse Mário de Andrade, “o passado deve servir de lição para refletir, não para repetir.”. Tenho certeza que você, leitor da Manchete USA, não é um ponto fora da curva e certamente já entrou no clima de reflexão. No plano pessoal, que cada um fale por si, mas acredito que o balanço será sempre positivo. Afinal, se estamos aqui, é porque recebemos o dom mais sublime... e viver vale a pena. Por falar em Manchete USA, gostaria de fazer um mea-culpa. Quando o amigo Kleber Serrano revelou o desejo de criar mais uma mídia brasileira no sul da Flórida, não resisti e destilei meu pessimismo, pois não imaginava que algo novo e relevante pudesse ser feito neste já saturado mercado. Estava errado. Mas vamos voltar ao balanço do ano. De um modo geral, 2013 até que foi bem tranquilo. No inventário há um espaço especial para as importantes vitórias brasileiras. Como somos o país do futebol, os atleticanos vão ressaltar que foram campeões da Libertadores. Ninguém apagou da memória, tampouco, o show de bola da Seleção na final da Copa das Confederações, que serviu para resgatar a nossa esperança no hexa a poucos meses do Mundial. Na minha opinião, porém, os grandes destaques foram em outro campo e dizem respeito a dois fatos indicativos de uma nova Pátria: a condenação dos participantes do esquema do Mensalão e a onda de protestos que tirou da apatia e levou para as ruas uma população cansada de sofrer. Em contrapartida, no apagar das luzes do ano, o nosso Brasil sofreu mais uma vez com velhos problemas. A força da natureza, aliada ao descaso dos governos, deixou mais de duas dezenas de mortos no Espírito Santo e milhares de desabrigados, após dias seguidos de fortes chuvas. A violência mostrou por que ainda é a principal preocupação nas grandes metrópoles: na noite de Natal, que deveria ser de festa e confraternização, pelo menos três crianças foram atingidas por

4

JANEIRO 2014

balas perdidas só no Rio de Janeiro. Aqui nos Estados Unidos, o grande assunto dos noticiários no primeiro ano do segundo mandato do presidente Obama foi, sem dúvida, o escândalo da espionagem. Um ex-agente do serviço de inteligência revelou ao mundo que Tio Sam monitora chefes de Estado, empresas, estatais, pessoas comuns... quem viu o filme ‘Enemy of the State’, de 1998, com Gene Hackman e Will Smith, sabe que o big brother americano não é exatamente uma novidade. Acompanhamos também a picuinha de democratas e republicanos no Congresso sobre o orçamento, colocando em risco a economia global. Quanto à imigração, os cerca de 10 milhões de indocumentados que vivem na América continuam sem razões para comemorar. Se por um lado um projeto de lei que prevê a legalização foi aprovado no Senado, a Secretaria de Segurança Nacional vem batendo recordes de deportações. E, como previsto, a reforma do sistema de saúde (Obamacare), que entrou em vigor em outubro, excluiu definitivamente os imigrantes que não estão com a situação legalizada. No mais, Mandela se foi – e ganhamos um Papa ao mesmo tempo humilde e ousado. O Cruzeiro foi campeão nacional, num torneio que terminou nos tribunais, enquanto Eike Batista deixou de ser um dos homens mais ricos do mundo. Enfim, um ano sem grandes emoções, até porque ninguém acredita que o Justin Bieber quer mesmo se aposentar. Mas no ano que começa agora a história será diferente: teremos Copa do Mundo e eleições importantes no Brasil e nos EUA. Além disso, a economia americana dá sinais de que vai crescer ainda mais, ao contrário da brasileira, que não está uma maravilha, com a inflação mostrando suas garras. Grandes acontecimentos que vão influenciar a vida de todos nós. No entanto, diante de tantas incertezas, apenas uma garantia: o ano será melhor na medida em que nos tornarmos pessoas melhores. Simples assim. Pequenas atitudes são, na verdade, o grande estopim das grandes mudanças. Que cada um faça a sua parte por um mundo mais harmonioso e justo... especialmente o Neymar! Que venha 2014!


JANEIRO 2014 Manchete Usa

NESSA EDIÇÃO 06 - Saúde 08 - Viver bem melhor 10 - Crescimento pessoal 12 - Fashion 18 - Personnalaté 26 - Economia 28 - Negócios 32 - Retrospectiva 40 - Culinária 42 - Comunidade 47 - Sob o olhar da psicologia 49 - Baby manchete 55 - Réveillon

FALE CONOSCO Tell: 954.618-9116 Fax: 954.630-8778 www.MANCHETEUSA.com

EXPEDIENTE Editor: Kleber Serrano Revisão: Simone Domingues Reportagens: Vitor Gagliardo Fotografia: Anderson Esperança Gráfico Desing: Ligia Meira Web Desing: Gleice Silva Colunistas: Kellen Cristina Sergio Rego Monteiro Carlo Barbieri Paulo Garcia Eduardo Baldaci Flavio Medeiros Jr. Angela Bretas Marcelo Andrade Gabriel Carvalho Marcio Sampaio Carolina Casal Nobre Vanessa Garcia John Calil Darren Covar Douglas Haizer Vanessa Camargo Kerjean Elliot Colaboradores Roberto Lima Mário Tarcitano Assessoria: E. Mirim

Manchete USA, Corp 1678 E. Oakland Park Blvd Oakland Park – Flórida – 33334 Tel: (954) 618-9116 Fax: (954) 630-8778 As opiniões expressas em artigos assinados são inteiramente de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opnião da revista Manchete USA.

5


As Boas Festas de Sempre

Já faz mais de treze anos que trabalho no maior pronto-socorro de urgências e emergências de Minas Gerais. Trauma ocular. Tiro no olho, facada, politraumatizado todo quebrado, inclusive olho, e por aí vai.

E

xistem variações “normais” no índice de ocorrências, que se repetem quase invariavelmente a cada mês. Na maioria das vezes graças à estreita relação entre as ocorrências de pronto-socorro, inclusive as ligadas à violência, e o consumo de drogas, dentre as quais cito aqui, como menção honrosa, o álcool. Por exemplo, o trabalho aumenta depois do quinto dia útil, dia de pagamento, e diminui lá pelo dia 25, quando o dinheiro (inclusive o da “pinga”) acaba. Mais ocorrências nos dias de calor, quando o pessoal fica mais nervoso, sai mais de casa, lota os bares; menos trabalho nos dias frios e nos chuvosos (embora volte a apresentar picos depois do fim da chuva, graças à imprudência dos motoristas e ao péssimo estado de conservação de nossas vias públicas). Em véspera de eleição, quando é proibida a venda de bebidas alcoólicas por 24 horas, as macas vazias congestionam os corredores. Depois do jogo de futebol, ainda mais se for jogo importante, o trabalho se multiplica por mil. Vocês pegaram o espírito da coisa, certo? Fica fácil, então, deduzir que os feriados de fim de ano, especialmente o Natal, sejam os piores dias para se dar plantão. Essa é uma verdade clássica, inescapável e infalível. Imagine que a família fique sem se reunir durante um 6

ano inteiro. Voltam todos a conviver sob o mesmo teto no Natal, festa da confraternização, quando até os parentes distantes (física e emocionalmente) convergem para o mesmo ritual. Cunhado, então, é uma desgraça. Ele não tem ligação de sangue, mas está no mesmo espaço que você. E todos começam a beber. Aí alguém decide falar umas verdades, e “você pegou minha irmã”, e coisa e tal. Começa a pancadaria. A velha mãe tenta separar, leva uma cotovelada involuntária, cai e fratura o fêmur. O tio velho, vendo aquela balbúrdia, enfarta. Um dos brigões, enfurecido e envergonhado (sem esquecer o alcoolizado), sai de carro como um doido pelas ruas, atropela um ou dois incautos, bate em outro veículo e os dois, rodopiando, se estatelam contra algum muro. Você parou para contar quantas ocorrências chegam, ao pronto-socorro, apenas dessa única festa de Natal? Claro que é um exagero. Estou relatando uma situação extrema, mas acredite: em doses fracionadas, dentro de um mesmo lar ou espalhadas por todas as casas e bares e restaurantes durante o Natal, é bem assim que acontece. Ano após ano. Em 2013 começou cedo: ainda era dia 23, e atendi um tiro no olho, e uma criança com uma cirurgia ocular complicada, pontos rompidos e conteúdo intraocular exposto, que já havia percorrido todos os hospitais

JANEIRO 2014


habituais da cidade e chegou ao PS como última alternativa, já que nesses feriados (ainda tem isso), todos os “oficiais” da Medicina desparecem dos serviços, deixando de plantão apenas os “soldados rasos”, leia-se os residentes iniciantes, trêmulos e completamente despreparados para enfrentar certas crises. No hospital onde eu trabalho não nos queixamos. Estamos preparados. E acostumados. Mas não deixo de pensar se as coisas não poderiam ser infinitamente melhores, para nós, profissionais, e para os pacientes, se as pessoas realmente se preocupassem em transformar as palavras bonitas que tanto se falam nessas ocasiões do ano em realizações efetivas, dentro da vida de cada um. Se cada ser humano conservasse, ao longo do ano, a consciência de ser irmão de qualquer outro ser humano, seja de que raça, credo ou orientação sexual for, apenas por serem, todos, filhos do mesmo Pai. Se classe socioeconômica ou time de futebol representassem, realmente, coisas externas, de fachada, de importância secundária frente à realidade de sermos todos seres humanos pensantes, uns bem, outros mal, mas cada um em sua medida, nutrindo intimamente sonhos, medos, alegrias, esperanças. Se o que cada um é ou tem pudesse ser respeitado com a mesma veneração e hierarquia que dedico ao que eu sou e tenho.

Como veem, não falei nada de novo. Você ouve ou lê isso todo ano. Em todo Natal. A novidade será quando, nos propósitos de Reveillon, cada um decidir se empenhar em ser verdadeiramente, efetivamente, um ser humano melhor, para si mesmo e para toda a humanidade, a que estamos todos ligados por Lei Universal de Conjunto. A notícia boa, vinda da equipe que me sucedeu no plantão do dia 24, foi que um ex-paciente apareceu no hospital trazendo em mãos uma pequena torta de chocolate, de presente para a equipe que, tempos atrás, salvou sua vida ou lhe proporcionou algum alívio num momento de dor. É só disso que precisamos, meus amigos. Essa pequena torta fez, em termos práticos, mais pela Saúde deste país do que o atual governo fez em toda sua gestão até o dia de hoje. Mas essa é outra história, que fica para 2014. Por agora, desejo a todos um feliz Ano Novo, e um único conselho-pedido: sejam bons.

www.MANCHETEUSA.com

Dr. Flávio Medeiros Junior, Médico da emergência do Hospital XXIII em Belo Horizonte

7


Terapia Holística

Por Paulo Garcia

A Terapia Holística é hoje a alternativa de tratamento de saúde que mais cresce no mundo. O aumento significativo dessa procura é motivado principalmente pela forma como essa terapia enfoca o ser humano e seus problemas. No trabalho holístico o ser humano não se resume apenas em um corpo físico, e sim visto como um complexo composto basicamente de uma individualidadeinteligente (chamada de corpo emocional ou astral, alma ou espírito), um corpo energético, e um corpo físico, não podendo assim serem tratados individualmente. No enfoque holístico a doença do corpo físico é apenas, e tão somente, o reflexo ou a somatização das desarmonias já existentes nos corpos energéticos e ou emocionais. Assim sendo o tratamento holístico visa tratar não apenas as dores ou desajustes do corpo físico, ou seja, não somente o efeito, mas sim, busca detectar a origem do mal e trata-lo para que assim deixe de existir não só o mal mas também a causa que o provoca.

técnicas mais divulgadas no Brasil estão: DO-IN, SHIATSU, YOGA, ACUPUNTURA, TAI-CHI-CHUAN, FLORAIS, REIKI, MASSAGEM BIOENERGÉTICA, dentre outras. Com essas técnicas a terapia pode ajudar pessoas com

Fazendo uso das mais variadas técnicas de trabalhos naturais a terapia holística busca despertar na pessoa o auto equilíbrio corpóreo/psico/social através da correção e harmonização de seus próprios recursos físicos, emocionais e energéticos, transformando assim a desarmonia em saúde e autoconhecimento. Dentre as 8

JANEIRO 2014


stress físico e/ou emocional, dores nas costas, ombros, membros superiores e inferiores, ciático, ajuda ainda no combate e prevenção de problemas como ansiedade, insônia, depressão, TPM. Fazendo uso de vários métodos diferentes a terapia holistica pode detectar no corpo energético da pessoa alterações que estejam comprometendo o seu estado físico e/ou emocional, podendo aí auxilia-lo e orientá-lo nas correções necessárias para o seu reequilíbrio. É possível também através do emprego das mãos, com exames de apalpação dinâmica ou estática identificar desalinhamentos, restrições de movimentos e sinais de alterações estruturais no corpo físico. Costuma-se dizer na terapia holística que o corpo fala mais do que a boca quando se trata de expor sobre dores e emoções. É importante esclarecer que dentro do paradigma holístico e até mesmo legal, o terapeuta holístico não é doutor, por isso ele não “receita”, mas sim “recomenda”, ele nunca “diagnostica”, ele “avalia”, “analisa”, e nunca “doenças”, e sim “disfunções”, “desequilíbrios energéticos”, “predisposições”. Da mesma forma jamais usa “medicamentos” (que pressupões pela própria gênese da palavra, a existência de um médico), recomenda isto sim, “remédios naturais”, “essências”, “extratos”.

e

daa o sua d e

Um bom terapeuta nessa área não se forma com a simples leitura de um ou outro livro desta ou daquela técnica de trabalho, ou ainda com a freqüência em qualquer curso da matéria. Para se formar um bom terapeuta é necessário fazer cursos nas áreas especificas, muita leitura, muita pesquisa, muita pratica, acima de tudo uma formação e uma conduta moral muito sólida. Somente assim o terapeuta saberá compreender o valor de servir e respeitar o próximo, e ajudar a evolução da humanidade que é o verdeiro espírito do holismo. Por isso infelizmente temos ainda muitos terapeutas atuando nessa área sem o devido preparo. Recomenda-se portanto que escolher o seu terapeuta, procure antes conhece-lo bem, informar-se sobre seus reais conhecimentos e capacidade, a sua verdadeira experiência nessa área tratar a pessoa e seus problemas. Paulo Garcia é Iridólogo e Terapeuta Holístico há mais de 15 anos. Consultas com Iridologia, Naturopatia e Florais - 238 SW. 12th Ave Deerfield Beach, Florida 33442 Com hora marcada. Phone 954-300-1129 www.MANCHETEUSA.com

9


2014,

RECOMEÇAR. D e todas as mensagens de fim de ano, a que mais me chamou atenção foi uma bem simples e direta, tão direta como um chute na canela, e dizia algo assim: “Não é o ano novo que precisa ser diferente, é você!!!” O dito não é novo, já foi usado em outros carnavais, assim como as nossas crendices, pular sete ondas, comer lentilha, uvas, não comer aves que ciscam para tráz e afastam a prosperidade ou voam e levam para longe a nossa felicidade. Longe de mim querer polemizar quais são os seus rituais para atrair a sorte no ano que se inicia, mas voltando a mensagem de fim de ano, eu acredito sim, para alcançar resultados diferentes em qualquer área de sua vida, quem tem que mudar, é você. Roberto Carlos e seu eterno parceiro Erasmo, escreveram uma música há mais de quarenta anos, e a canção dizia, “quem espera que a vida, seja feita de ilusão pode até ficar maluco ou morrer na solidão, é preciso ter cuidado para mais tarde não sofrer, é preciso saber viver”. Infelizmente a vida não vem com um manual de instruções, não existe uma fórmula mágica, nem receita a ser seguida, mas existe algo que podemos e devemos usar e abusar, chama-se: Planejamento!!! E nada melhor 10

que um ano novo para recomeçar. Primeira coisa: o que você quer? Sim, parece simples, mas muita gente não sabe o que quer, e para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve, se você continua cantando, “deixa a vida me levar, vida leva eu”, provavelmente vai passar o 2014 muito semelhante ao 2013, 2012, 2011... Lápis e papel na mão: o que você quer? Quais serão seus desafios para o novo ano? Vai para onde? E esse exercício simples deve ser aplicado em todas as áreas de sua vida: familiar, saúde, amor, profissional, financeiro. Escolhido nosso destino, o segundo passo é como chegar? Determinar o caminho a ser percorrido até alcançar a sua meta. Terceiro, quando? Data para largada, e data para a chegada. Essa é a diferença entre um sonho e uma meta, a meta tem data para acontecer. Mas se é assim tão simples, por que as coisas não acontecem como planejado? Há pessoas que justificam seus fracassos por falta de recursos, alegam por exemplo falta de dinheiro(número um), outros falta de tempo, e há até quem alegue falta de experiência para não alcançar seus objetivos, mas ao invés da escarsses

JANEIRO 2014


organização, e a carência de experiência, pode ser suprida com curiosidade. E mesmo assim se falharmos, quem aqui nunca falhou??? Podemos tomar decisões diferentes e ao invés de perdemos tempo buscando quem colocou fogo no circo, é hora de arregaçarmos as mangas e apagar o incêndio, é hora de levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, é hora de um recomeço. Vamos dizer que uma das áreas que você escolheu para melhorar em 2014 seja seu casamento. A chama da paixão já não arde com tanta intensidade, e você quer dar uma requentada na relação. Uma das causas deste resfriamento é a acomodação quem vem com o passar dos anos. A rotina do dia a dia, a responsabilidade de criar os filhos e a zona de conforto de não haver mais a necessidade da conquista, nos fazem acomodar diante de nossos relacionamentos, fazendo que se amornem , esfriem e congelem. Segundo pesquisa do IBGE, para cada cinco casamentos há um divórcio, e o pior oitenta por cento dos casamentos enfrentarão algum tipo de crise, ou seja muitos deste relacionamento não alcançarão o ano de 2015. E para aqueles que não acreditam em pesquisas, só no mês de dezembro, conheci três brasileiros recém-separados, sofrendo com o afastamento da mulher e dos filhos. Um amigo do Brasil que também deixou a esposa, um em Deerfield e mais um em Seatle. Cinco lares desfeitos em pleno dezembro, é uma epidemia, lares despedaçados e filhos orfãos de pais vivos. E você vai fazer algo para mudar, ou vai passar mais um ano procurando achar um culpado(a)?

Em seguida o que fazer para agradar ao conjugue? Pessoas diferentes, possuem gostos diferentes, existem várias maneiras de agradar, nosso desacerto é buscar cativar, da maneira que gostaríamos de ser agradados. Minha esposa por exemplo adora ganhar presentes, logo a maneira que ela gosta de fazer um mimo é dando presentes, infelizmente eu prefiro comprar minha coisas por isso o presente não tem um efeito tão vultoso no meu caso. Saber como agradar vai fazer toda a diferença na relação. Tem pessoas que se sentem amadas quando são tocadas, acariciadas, outros preferem receber elogios, palavras de afirmação. Como aprender a agradar? Lendo, existem vários livros sobre o assunto e sites especializados. Eu citei somente duas pequenas mudanças de atitudes, existem dezenas de outras mais, escrever cartinhas de amor, bilhetes em lugares onde o conjugue vai encontrar, mandar flôres, bombons, surpresas de amor. Peça a alguém para tomar conta das crianças por uma noite ou um final de semana, inove, não use a falta de recursos como desculpa, use desenvoltura, peça ajuda. Eu mesmo pessoalmente posso lhe orientar me escreva. O prazo de sessenta dias deve ser suficiente para notar alguma mudança, neste período independente do que aconteça, mantenha-se fiel a seu objetivo, foco naquilo que você quer.

Hoje eu falei somente sobre uma das áreas de sua vida, mas essa técnica do planejamento deve ser usada em todas as áreas. É só colocar no papel aquilo que você quer alcançar. Faça isso com uma área de cada vez, anote e celebre as mudanças e as conquintas. No início é – Primeiro Passo: O que quero? Melhorar o relaciona- mais complicado, como tudo na vida que não estamos mento conjugal. acostumados. Talvez você nem se lembre mais, porém – Segundo Passo: Como? reacendo a paixão em mim e quando você nasceu, você não sabia andar, e foi bem no conjuge. difícil naquela época aprender a engatinhar, ficar de pé – Terceiro Passo: Quando? data para começar hoje, e dar os primeiros passos. Foram muitos tombos, até data para terminar em sessenta dias. que você conseguiu se equilibrar e dar um passo após o outro. Quantas vezes você teve que recomeçar ? e pior Nenhum relacionamento resiste a reclamações, no início do chão. Mesmo assim, com algumas derrotas você de relação, devido a paixão não enxergamos defeitos, só chegou até aqui, para vencer em 2014 é só recomeçar. qualidades. Não é possível que essas qualidades tenham desaparecido, logo para reacender a paixão devemos parar de reclamar, mudar o foco para as qualidades da pessoas, lembre-se onde se foca expande, quanto mais qualidade pudermos observar, mais elas vão se destacar. Dê tempo para isso acontecer no início pode ser mais difícil, mas temos sessenta dias para aperfeiçoar. Marcelo Andrade

Feliz ano-novo.

www.MANCHETEUSA.com

11


A primavera está chegando e com isso vem a dúvida do que será tendência na próxima primavera-verão. Muitas mulheres ficam na dúvida do que usar e o que ainda permanece na moda para a próxima estação. Felizmente, muitas das tendências deste inverno vão permanecer, apenas alguns detalhes as diferenciam. Foi o tempo que o pretinho básico estava em todas as vitrines e guarda-roupas de todas as mulheres. A moda hoje está apostando em tudo mais colorido, com estampas, bordados. Tudo mais vivo, bem tropical, a cara da Flórida!!! As côres da Primavera/Verão 2014 O branco é o pretinho básico do verão, é a cor que fica boa em qualquer ocasião e em qualquer peça. Porém. as côres eleitas do ano que prometem marcar a nova estação são o laranja e o vermelho. Outros tons que prometem destacar são o azul claro (pool), azul arara e o verde floresta. Por fim, como já dito que será uma estação baseada em muita côr e contraste, o amarelo carambola e o rosa blush também ganham lugar nas peças e nos look

PRIMAVERA 2014 Tendências em estampas Azulejo Portugues (Porcelain Print)

Esta promete ser a aposta para a próxima estação, várias marcas já aderiram à novidade em suas coleções. A estampa simula a porcelana chinesa, com fundo branco e desenhos arabescos e/ou flôres em azul. Você irá encontrar shorts, saias, calças, vestidos, blusinhas e até camisas com essa estampa.

12

JANEIRO 2014


Estampa Étnica A estampa é cheia de grafismos coloridos e desenhos tribais. Para quem tem medo de exagerar nas côres, existem as estampas étnicas apenas nas côres preto e branco. Você

encontrará nas vitrines das lojas na próxima estação blusas, shorts, calças, saias e muito mais com o tema étnico

Floral As estampas florais serão tendência e aparecerão em dois estilos: as florais tropicais e as florais decorativas. As florais tropicais, além de ter flôres gigantescas e bem coloridas, virá em tecidos mais leves e bem a cara do verão. Já as florais decorativas estarão sempre sobrepostas a fundos de côres variadas.

Animal Print É a estampa que já está na moda há algumas estações e em 2014 volta em peças como calças, shorts e blusinhas.

Transparencias Já vem de algumas estações peças com a pele à mostra, mas na próxima estação a transparência estará muito mais evidente. Seja em detalhes de tecidos como organza ou até recortes vazados!!!! Já que iniciamos o ano de 2014 com o pé direito, vamos esbanjar beleza em cada estação e meses do ano ,não é mesmo fashionistas? Stay beautiful e a gente se encontra aqui mês que vem!!! Carolina Casal www.MANCHETEUSA.com

13


14

JANEIRO 2014


www.MANCHETEUSA.com

15


16

JANEIRO 2014


Feliz Ano Novo com uma história de Natal.

Enfim já é 2014 ! Faz poucos dias acabamos de arrumar as coisas para o Natal e já é Ano Novo, que coisa! Os dias correram tanto que nem deu tempo de relatar o que aconteceu comigo durante a arrumação de Natal. Aconteceu assim: Terminamos de arrumar nossa árvore de Natal e acertamos a decoração das luzes no quintal, mesmo debaixo de muita chuva no o dia 12 de Dezembro. Tudo pronto para esperar o Papai Noel. Estávamos arrumando o sótão, tirando toda a decoração que fica ali guardada por todo ano quando, me deparei com uma lâmpada, igualzinha aquelas dos gênios das fábulas. Estava meia suja, nunca tinha visto aquilo ali, e resolvi trazer para baixo pois acreditei ser uma linda decoração para meu home office. Perguntei a todo mundo de casa, sei lá, as vezes as crianças poderiam ter comprado ou ganho de um amigo, eles também não sabiam o que era aquilo. Só não perguntei a minha esposa, tenho absoluta certeza que aquilo não era dela pois ela só compra sapatos, bolsas e balangandãs, nunca uma lâmpada mágica. Agora eu já tinha a certeza que era mágica pois apareceu sem ser de ninguém! Bem, eu deixei a lâmpada ali, pois eu não falei mais. Sábado foi dia de faxina também e eu, tive que fazer um monte de coisas na rua, não que eu estivesse fugindo de ajudar minha amada esposa e filha nessa tarefa tão nobre, mais, realmente tinha que ir a rua. Para compensar, fiz para o jantar um strogonoff maravilhoso para elas! Ai fui ler as notícias e vi que as discuções sobre a reforma imigratoria estão evoluindo ao ponto de não se ter mais duvida que ela será aprovada no primeiro semestre de 2014. Como o povão já teve uma alegira esse ano, afinal o Mengão é TRI CAMPEÃO da Copa Brasil, eu fico bastante desconfiado com essas coisas, duas grandes alegrias para o povão em um só ano? Mais calma, isso não fica pronto rápido. E como aqui não é Brasil e não temos eleição para presidente no ano que vem, da até para desconfiar. Mas, nada como ter um filho estudando Ciência Política, para bater um papo “cabeça” depois de um bom strogonoff. Nos concordamos que tudo é possível mais o caminho é muito longo. Claro que a importância da retomada ao debate que, com certeza, vai ser rechaçada ao primeiro segundo pelos “red necks “de plantão, e pela área conservadora do partido Republicano. A aprovação de uma lei de imigração aqui nos Estados Unidos, é um ponto fundamental não só para a vida dos

imigrantes fora de status como também para a economia América que terá um aquecimento sem igual a partir disso. Os imigrantes até agora nas sombras, poderão comprar sem medo, casas, carros, poderão viajar para seus países, poderão investir com segurança em novos negócios enfim, quem viver verá, vai ser um boom, um novo eldorado que nem no período de Pounce de Leon se viu igual. Já imaginou o aquecimento da economia? Não há como não ficar empolgado! Isso é fantástico, vamos esperar ainda mais felizes a chegada do bom velhinho que nunca esquece de ninguém e, esse ano vai deixar uma marca forte de esperança. Bem, ai eu lembrei da minha lâmpada Peguei uma flanela e comecei a limpar o meu achado, KABUM!!! Apareceu um gênio de verdade! “Tô” falando sério!!! Ele foi logo se apresentando : “- Boa noite, meu nome é Shazam (bastante original não acha?), obrigado por me libertar, estou muito grato e por causa disso tem direito a um pedido antes que eu vá embora. “ Refeito do susto, constatei que isso não era justo, afinal era o primeiro gênio que tinha visto na minha vida mais todo mundo sempre me falou que eram três desejos a serem atendidos. O Shazan argumentou, falou que sorte mesmo tem o meu amigo Dario Israel, que ganha oito em cada dez sorteios, eu tinha tido apenas um “acaso de sorte” e, depois de um longa explicação sobre a crise econômica e como isso afetava a realização dos desejos, concordei com apenas um . Mais pedir o quê ? Pensei bastante, o Mengão já ganhou a Copa Brasil, as contas estão em dia, a faxina da casa , já estava pronta (graças as deusas), meus amigos e minha familia estão todos bem de saude, eu ja havia comido uma feijoada ( Sábado aqui tambem é dia de feijoada) e, ainda mais , as ótimas noticias sobre a possibilidade de uma reforma imigratória realmente acontecer e de como isso vai ser bom para todos nos e para a economia, não pensei duas vezes, mandei logo meu pedido: - Amigo Shazam, tá tudo ótimo, não esquenta com isso não, vai em paz, para mim, só desejo um cafezinho! Será que fiz uma bobagem? Quem viver verá. Douglas Heizer

www.MANCHETEUSA.com

17


ÉTICA NA MÍDIA....... Fundador e sócio majoritário da H/G/W/T Marketing é Estima-se, a grosso modo, que no Brasil, 1% do Produto Interno Bruto seja investido em publicidade. Nesta divisão – aqui também sem precisão absoluta, pois a dinâmica do mercado estabelece variações constantes – o mercado de Televisão detém 60%, jornais 21%, revistas 10%, Rádio 5% e o restante é fragmentado nas demais mídias. Quando se olha novamente para os “players” - como os economistas gostam de chamar os agentes do mercado – percebe-se imensa concentração em apenas um grupo empresarial : O Sistema Globo, com perto de 45% de toda a verba publicitária disponível.Da verba de TV, a Globo abocanha 65%. Neste caso pode-se imaginar que a ética é determinada pelo grupo dominante. A ética, que seria um conjunto de valores e regras criadas em benefício do mercado, perde sentido quando se trata de um ambiente de mercado em que exista esta hemiplegia concentradora. E piora muito quando este principal “player” é extremamente competente, como é o caso do Sistema Globo. Justifica, mas não explica... No primeiro mundo existe uma regra chamada de “Crossownership”, onde um determi-

18

nado grupo não pode exercer a dominância de mercado através de inúmeros meios em uma mesma área geográfica. Isto defende a equalidade de competição e garante a percepção de ética de maneira mais clara. Evita-se assim também a concorrência desleal de preços por “dumping” ou por “pressão irresistível”, em benefício de um concorrente apenas. Porque este assunto em um veículo comunitário brasileiro nos Estados Unidos? Porque imagino que o conjunto de mídia comunitária brasileira Nos EEUU, cresce sem as distorções com que vivemos em nosso país de origem. ........COM...UNIDADE. Convivo com os aspectos da comunidade brasileira no exterior há muitos anos. Entretanto o entendimento de como este grupamento foi se formando, em minha perspectiva e registro, começou a acontecer nos anos sessenta, quando meu irmão, diplomata, serviu em Washington, Boston e depois em Nova Iorque. Era ainda o fim do período do “On The Road” do Jack Kerouac, dos hippies e da contracultura. Em Boston, em uma praça central, lembro-me de

JANEIRO 2014


uma bandeira brasileira desfraldada junto àquela população manifestante – acredito que contra a Guerra do Vietnã. O espaço de tempo foi de vinte e cinco anos, de 1962 a 1987. Depois, mais atento enquanto profissional jornalista, fui percebendo as necessidades deste movimento de ocupação homogênea de uma cidadania em grupamentos a partir dos anos 90. Vi como os portugueses tomaram de assalto Cape Cod e parte de Nova Jersey. Depois os brasileiros em Boston, Nova Iorque e Florida. Não necessariamente nesta ordem. O que sempre senti entretanto foi a falta de homogeneidade do nosso grupamento. A competição era exacerbada e às vezes desleal. Não era de se esperar pois o nosso grupo imigratório se faz mais pela camada da classe média que tem o sonho americano mas não lhes faltam recursos e educação básicos. Outro aspecto é o da dependência aos canais oficiais. Não havia dia

em que não chovessem pedidos aos consulados pedindo ajuda das mais diversas ordens como se o governo fosse o “pai patrão”, tão bem (ou mal ?) exercido agora pelo PT. Em Nova Iorque me lembro correr para a agência da Varig atrás do Jornal do Brasil ou de O Globo. Ficava órfão de informações do Brasil e o telefone às vezes levava vários minutos para conectar .Lembro-me em 1962, em Washington, por coincidência durante o cerco de Cuba, que levou uma hora e meia um simples telefonema para a redação de O Globo. Hoje a TV, Internet, Rádio e outros agentes digitais são em tempo real, aproximando a nossa cultura e realidade daqueles que desejaram uma vida melhor ou tiveram o sonho grande. Entretanto quando ouço dos amigos que viajam para a Florida ou para os Estados do norte de algumas pegadinhas de brasileiros fico imaginando que no fundo são os mesmos desonestos daqui, que imigraram as desonestidades para aí. Cai o conceito na mesma hora e “brazuca” que pode ter um significado positivo se traveste de negatividade imediatamente.

nova composição, um novo mix editorial. A notícia tem de ser trabalhada localmente para se tornar inovadora e única. Não adianta requentá-la, pois a maioria perde o sentido do imediato. Novas exigências e necessariamente um novo código de ética devem ser cumpridos. Quando acontece uma irregularidade com brasileiros por falta de cumprimento das suas obrigações a notícia voa. Por email, twitter, FB ou de outra forma. Algumas agências de viagens estão prevaricando na oferta de planos sensacionalmente impossíveis de cumprir por mais que se constituam em produtos variados e esticados no pagamento. Comunidade deve prevalecer unindo a palavra “com unidade” de maneira positiva para que haja a percepção do nosso imigrante de forma una, honesta e de ajuda ao desenvolvimento local ou regional. A competição é franca e saudável. A desonestidade é o mal que se perpetua se não for observado e banido pela comunidade...com unidade. Porque o assunto a seguir pode parecer tão dispare em um mesmo conjunto de texto ? Porque acredito que a mídia comunitária segmentada é o futuro, sem as concentrações abusivas em que vivemos aqui no sul. Os homens e mulheres de negócio , por exemplo, na Flórida, dispõe de extenso “cardápio” de opções para divulgarem seus produtos de maneira regional, sem qualquer dominância autoritária ou antiética. Não sofrem pressão e optam pela melhor mídia de acordo com seus interesses e a pulverizam junto ao mercado que elegeram como primário. A pressão pode ser feita pela qualidade com que a mídia usa em seus argumentos para atrair anunciantes provando por dados e pesquisa que podem ser mais eficazes e eficientes. Não permitam que haja a queda de “Com Unidade” no processo ético e defendam a pluralidade de opções. Assim é que a democracia foi criada. Verdade ? Distribuam suas verbas de maneira racional e técnica. Evitem o domínio de apenas um agente da mídia. No longo prazo esta ação trará bom retorno.

“Comunidade”, agora nos meios de informação, ganhou

www.MANCHETEUSA.com

Sergio Rego Monteiro 19


Vindo a Miami não deixe a Lincoln Road Mall fora do seu roteiro Se você está vindo para Miami não deixe de conhecer a dade, na década de 40. Lincoln Road Mall. Um shopping à céu aberto no coração de Miami Beach. Hoje a Lincoln Road Mall é considerada um dos principais pontos turísticos da cidade. Composta por 7 quarteirões, aberta para pedrestes, a Lincoln Road Mall, foi projetada para se andar a pé. Super charmosa com lojas de renome como: Apple Store,Victoria’s Secret, Rosa Chá, Anthropology, Gap, Ao desenvolver esse projeto, Carl Fisher se inspirou na Pottery Barn,Williams-Sonoma e a nossa brasileirinha, famosa Fifth Avenue em New York e na Rodeo Drive Osklen. em Los Angeles. Nesse conceito Fisher reuniria os lados leste e oeste de Com variados restaurantes por toda a rua que em sua Miami Beach, na maior zona comercial moderna da ci- maioria, possuem mesas do lado de fora, possibilitan20

JANEIRO 2014


do assim que seus clientes, comam e participem da movimentação do mall, no meio do calçadão. Dentre eles estão: Segafredo Zanetti, o Rosa Mexicano, Juvia, Pasha’s, Sushi Siam, Ice Box, Quattro entre outros.

A rua é linda e mesmo que você não tenha a intenção de comprar nada, é uma delícia passear por lá, olhar as vitrines, tomar um milk shake no Shake Shack e ver pessoas descoladas.

Antes de ir embora, tome um cafezinho na loja da Nespresso e se deixe envolver nesse clima de férias, A Lincoln Road Mall também oferece além de lojas que só a Lincoln Road Mall, no epicentro da ‘SoBe’ e restaurantes, livrarias, cafés, cinema, teatro e a im- nos oferece! perdível galeria do artista brasileiro Romero Britto.

Dicas:

Aos domingos funciona na Lincoln Road Mall uma Se você vier de carro existem vários edifícios/garafeirinha super bacana, das 9 am às 6:30 pm, entre as gens e estacionamentos na rua ao redor do mall. ruas Washington Avenue e Meridian Avenue. Nesse dia os moradores de South Beach, montam nas calçadas seus brechós, artesanatos, kioskes de hortifrutis e é sensasional! Por lá você irá encontrar desde frutas fresquinhas, direto das fazendas da região, à máquina-de-costura do tempo da vovó. É diversão garantida para todas as idades!

Se você optar em estacionar seu carro na rua, você terá que tirar um “ticket” nas maquininhas dos estacionamentos, você poderá inserir dinheiro, moedas ou cartão de crédito. Minha sugestão é que você deixe seu carro, dentro das garagens fechadas, é mais conviniente pois assim você poderá aproveitar melhor seu passeio, sem ter que se procupar com o tempo do seu “ticket”. Tome cuidado pois os estacionamentos em Miami Beach são super fiscalizados!

Como chegar lá? A Lincoln Road Mall está no cruzamento da Collins Avenue, após à 17th, o mall fica localizado, entre a Alton Road e a Washington Avenue. By: Miriã Caixêta www.MANCHETEUSA.com

21


Brasil perde um de seus maiores cantores:

Conforme prometido, um rápido lead: o cantor Reginaldo Rossi morreu, no dia 20 de dezembro, aos 69 anos de falência múltipla dos órgãos em decorrência de um câncer no pulmão. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Memorial São José, em Recife, para tratar de um câncer no pulmão direito. Durante o tempo em que ficou internado, o cantor fez uma cirurgia para retirada de um nódulo na axila direita onde foi diagnósticado o câncer. Ele também pasVitor Gagliardo sou por um procedimento chamado toracocentese para drenar líquido acumulado entre a pleura e o pulmão. Esse é um típico texto que ninguém quer escrever e Em sua homenagem, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, muitos não gostariam de ler. Mas o jornalismo (a vida!) e o governador, Eduardo Campos, decretaram três dias nos prega esta peça. Não vou me estender sobre a morte de luto oficial. do cantor Reginaldo Rossi que tive a honra de entrevis- Conhecido como o Rei do Brega, o cantor nasceu em tar. Mas vou me aprofundar na tentativa de deixar reg- 1944 e começou a carreira no auge da Jovem Guarda. istrado para os leitores da Manchete Usa, a importância Nos idos dos anos 60, ele subia ao palco para imitar Rodo cantor na música brega brasileira. berto Carlos. O que poucos sabem é que Reginaldo es-

Reginaldo Rossi

22

JANEIRO 2014


categoria de melhor cantor popular. E é assim que ele vai ficar marcado: cantor popular que sabia narrar as angústias românticas como, por exemplo, em Leviana: Ficava sussurrando junto ao meu ouvido / Mentiras misturadas com o seu gemido / E eu acreditava na sua palavra / Leviana! Uma das canções mais famosas de Rossi, Garçom, narra a história de um rapaz que afoga suas tristezas em um bar (quem nunca passou por isso?): “E pra matar a tristeza / Só mesa de bar / Quero tomar todas / Vou me embriagar / Se eu pegar no sono / Me deite no chão. Mas também tinha seu lado conquistador como mostra a canção A Raposa e as Uvas: E tudo que a gente transava / Eram três, quatro cubas / Eu era a raposa / Você era as uvas / Eu sempre querendo / Teu beijo roubar. E o que dizer de Mon amour, meu bem, ma femme!? E tudou engenharia civil e deu aulas de matemática. Mas foi com isso / Que você me conquistou / Com esse jeito voltando para o mundo da música, Rossi era acompan- de menina / E esse gosto de mulher / E nada existe em hado pelo grupo The Silver Jets. Seu primeiro disco (O você / Que eu não ame / Sou metade sem você. pão), lançado em 1966, tinha um som mais roqueiro. E Até sua cidade natal virou tema de música (Recife, a tendência seguiu no segundo (Festa de Pães), lançado minha cidade): Recife tem encantos mil / É... É um pedacinho do Brasil / É um paraíso tropical / Tem... Tem no ano seguinte também. Apenas em 70 se afasta do rock e lança um LP com um acervo cultural. repertório brega romântico. E daí não mudou mais. Já são mais de 50 discos lançados e muitos sucessos. Seu Como Reginaldo Rossi nunca é demais, fica a mensatrabalho mais recente foi lançado em 2011 (Cabaret do gem final: Garçom / No bar todo mundo é igual / Meu Rossi) que lhe rendeu o prêmio da Música Brasileira na caso é mais um, é banal / Mas preste atenção, por favor.

www.MANCHETEUSA.com

23


como fatos da vida. Contar incorrer em várias enquanto espera-se um grande ganho. 4° Axioma – Das Previsões - “O comportamento do ser humano não é previsível. Desconfio de quem afirmar que conhece uma nesga que seja do futuro”. Não montar o programa especulativo baseado em previsões. O especulador de sucesso não baseia suas jogadas no que, supostamente, vai acontecer, ele reage ao que realmente acontece.

os 12 Axiomas.... (Continuação artigo anterior)

5° Axioma – Dos Padrões - “Até começar a aparecer ordem, o caos não é perigoso”. Não ver ordem onde não existe. • Cuidar com a armadilha do historiador. A história nem sempre se repete. • Cuidar com a ilusão do grafista. O mercado de ações não obedece a padrão nenhum. • Cuidar com a ilusão de correlação e ilusão de causalidade. • Cuidar com a falácia do jogador.

Aqui vão eles condensados por Diego Chagastelles em Bolsa, Livros, Teorias, Investimentos: 1° Axioma – Do Risco - “Preocupação não é doença, é sinal de saúde. Se você não está preocupado não está arriscando o bastante” Arriscar-se. Não ter medo de se machucar um pouco. 6° Axioma – Da Mobilidade • Só apostar o que valer a pena - “Evite lançar raízes. Tolhem seus movimen• Resistir às diversificações tos”. Ficar solto, pronto para pular fora se surgir al2° Axioma – Da Ganância gum problema ou se algo melhor aparecer. - “Realize o lucro sempre cedo demais”. Vender cedo demais. Não esperar a alta atingir • Numa operação que não deu certo, não se deo pico. Não acreditar que um período de gan- ixe apanhar por sentimentos como lealdade ou saudade. hos prossiga indefinidamente. • Entrar no negócio sabendo quanto se quer • Jamais hesite em sair de um negócio se algo mais atraente aparecer em sua frente. ganhar, chegando lá, largar fora. 3° Axioma – Da Esperança - “Quando o barco começar a afundar, não reze, abandone-o”. Cair fora rápido quando surgirem os problemas. Não alimentar esperanças. Saber perder é essencial, faz parte da estratégia do jogo. • Aceitar as pequenas perdas com um sorriso, 24

7° Axioma – Da Intuição - “Só se pode confiar num palpite que possa ser explicado”. Embora não seja infalível a intuição pode ser um útil instrumento especulativo, desde que tratada com cuidado e ceticismo. • Jamais confunda palpite com esperança.

JANEIRO 2014


Com freqüência a melhor hora de comprar 8° Axioma – Da Religião e do Ocult- alguma coisa é quando ninguém a quer. ismo - “É improvável que entre os desígnios de 11° Axioma – Da Teimosia Deus para o Universo se inclua o de fazer - “Se não deu certo da primeira vez, esqueça”. Não sair catando um investimento por teimovocê ficar rico”. Dinheiro e sobrenatural fazem uma mistura sia. • Jamais tentar salvar um investimento fazenperigosa que pode explodir na sua mão. • Se astrologia funcionasse, todos os astrólo- do “preço médio”. gos seriam ricos. 12° Axioma – Do Planejamento 9° Axioma – Do Otimismo e do Pes- - “Planejamentos em longo prazo geram a perigosa crença de que o futuro está sob consimismo - “Otimismo significa esperar o melhor, mas trole. É importante jamais levá-los muito a confiança significa saber como se lidará com sério. Nem os seus, nem os de quem quer que o pior. Jamais faça uma jogada apenas por seja”. Só existe um plano de investimentos em lonotimismo”. Antes de por um dinheiro no negócio, per- go prazo que se necessita: o plano de ficar rico. gunte como se safará se der errado. 10° Axioma – Do Consenso - “Fuja da opinião da maioria. Provavelmente está errada”. Não se vai automaticamente contra, nem a favor de uma maioria. • Jamais embarcar nas especulações da moda.

Autor: Johil Camdeab.Abreu Administrador de Empresas aposentado, atualmente designer gráfico colaborador voluntario e incondicional dos grupos sociais do Facebook (https://www. facebook.com/johilcamdeab.abreu) de combate à corrupção e impunidade que assola o Brasil.

www.MANCHETEUSA.com

25


Mensagem para 2014: Busque a paixão!

V

ários clientes e amigos nos perguntam como será o ano de 2014 aqui nos EUA. Todos sabemos que esta resposta, do ponto de vista econômico tem muitas considerações no meio. A economia deve seguir crescendo, o acordo entre os partidos nos dá esperança de que os graves problemas criados entre um presidente perdulário e inconsequente e um congresso engessado por parâmetros estabelecidos fora da realidade e radicalismo politiqueiro devem ser minorados.

Haverão setores de bom crescimento e outros estáticos. Mas, lendo o artigo do criador do Grupo Virgen, Richar Branson obtive a resposta que quero transmitir aos leitores da Manchete. O ano de 2014 será diretamente ligado a paixão. Primeiramente a sua, querido leitor. A paixão com que vai dirigir sua vida, seu relaciona26

mento com os entes queridos e em particular, a paixão com que vai encarar o seu negócio. Você tem que transmitir este sentimento em cada segundo de sua atividade. O jogador que não tiver paixão, não adianta entrar em campo, não vai acreditar najogada. A paixão não é um sentimento inconsequente, neutro, inodoro, morno. Ela traz em si a necessidade de busca do objetivo claro, proposito definido de onde queremos chegar. O corredor por melhor que seja será derrotado se não souber quanto terá que correr e em quanto tempo. A paixão é essencial, mas termos os as metas definidas seguramente evitara, perda de tempo, energia e, principalmente dinheiro. Os mais fogosos empreendedores tem dentro de si o vírus da diversificação, da criatividade. Este vírus que acaba se incorporando a maneira de ser do empresário é terrivelmente destruti-

JANEIRO 2014


vo, transforma-o no conhecido “começometro”. Grandes ideias, paixão desmedida mas, pouco resultado e até insucesso. A empolgação tem que ser real e transmitida aos nossos subordinados, colaboradores, parceiros, familiares. Todos tem que acreditar e motivar-se. Apaixonaremse. Precisam para isto, terem a lúdica, a confiança que que nós sabemos onde vamos chegar e, como, em nosso empreendimento. Trabalhamos mais horas do temos de lazer e na vida familiar, para tanto temos que ser felizes no que fazemos e confiantes de que estamos certos. O principal instrumento de sucesso está em nossos colaboradores. São eles que nos dão boas ideias, se dedicam, criam e constroem. Devemos estar sempre abertos a eles e as suas sugestões. A política do “pé na b...” com as desculpas do termo, “ou faz como eu quero ou está fora”, “não quero funcionários inteligentes e sim obedientes”, que foi tão eficiente nos séculos passados e, ainda o é em países menos desenvolvidos, não funciona aqui nos EUA. A concorrência é muito forte, os desafios enormes para preterirmos qualquer tipo de ajuda. Participação, trabalho em equipe, decisão nas pontas, são a chave o sucesso neste século. Os onipresentes, oniscientes, semidivinos, feitores, já não tem conseguido sobreviver. Quando dividimos junto com a paixão, uma parte dos resultados, seguramente estaremos dobrando nossas chances de sucesso. Liderança é exemplo, é ética, é destemor, é dedicação, é bom senso é mais que tudo: paixão. Apaixone-se por seus projetos, com bom senso e determinação em 2014 e, independentemente do que for acontecer no país, você terá o sucesso. Feliz 2014 Carlo Barbieri Barbieri@oxfordusa.com www.MANCHETEUSA.com

27


O mundo dos negócios em 2013 nos USA

A

migo leitor, todo início de ano é normal fazermos uma retrospectiva do ano anterior para avaliarmos o que acertamos, o que erramos, que oportunidades aproveitamos e quais deixamos escapar, enfim, uma boa reflexão sempre ajuda para um novo ano com mais sucesso. Cada um obviamente sabe de seus aspectos particulares, mas na matéria deste mês procurarei analisar um pouco o que foi o mundo dos negócios nos USA no ano de 2013 alertando você sobre os acertos que houveram e que devem ser analisados e até mesmo copiados, os erros para se prevenirem de não fazerem o mesmo este ano e principalmente as oportunidades, pois muitas vezes passam e dificilmente retornam. Seja o nosso leitor um empresário, um funcionário de uma empresa de qualquer porte ou mesmo um profissional autônomo, nossa vida sempre gira ao redor do mundo dos negócios, pois é dele que extraímos o nosso sustento financeiro. Por isso mesmo torna-se importante este tipo de reflexão.

28

Exemplos de Acertos em 2013 Interessante analisar 2013 do ponto de vista dos negócios de sucesso nos USA. Todos nós sabemos que após o último trimestre de 2008 em diante, dada a crise dos imóveis, bolsas e muitos outros, de fato este país ainda não conseguiu se reerguer totalmente, aliás ainda vai um bom tempo. Não se pode dizer que alguns segmentos não cresceram, pelo contrário, muitos seguimentos acabaram se desenvolvendo justamente por se adequarem as novas realidades. Vejamos alguns exemplos: - O mercado de turismo cresceu bastante, como se sabe, principalmente porque os brasileiros que vivem no Brasil estiveram com maior capital disponível, entenderam que nos USA praticamente tudo em termos de produtos, imóveis, entretenimento e outros segmentos são muito mais baratos e decidiram investir mais aqui com receio da economia e da situação política cada vez mais instável do Brasil. Notícias recentes atestam que o Brasil deverá superar a Alemanha em número de turistas enviados aos EUA em 2013 e se tornar o terceiro maior emissor de visitantes para o país, se

JANEIRO 2014


descontados os vizinhos Canadá e México, como projeta o Departamento do Comércio dos EUA. Logo podemos analisar que quem acertou em 2013 foi quem investiu em negócios voltados para o turista e não apenas para o consumidos local. Ramos como serviços especializados a turistas, desde pessoas que se dedicaram a acompanhar os turistas em compras dando o total apoio a eles, lojas que focaram em produtos de valor agrado ou mesmo serviços como locação de veículos de luxo, transporte, entretenimento realmente acertaram em 2013. Aliás, fica a dica, em 2014 esse número só tende a crescer. - O segmento de exportação de produtos/serviços também teve um bom resultado em 2013, fortemente puxado pelo fato das empresas brasileiras estarem buscando novos mercados e receitas em dólar. Desta forma, serviços de logística e armazenagem, consultoria e até mesmo financeiro tiveram um bom 2013. - O setor de alimentação foi outro destaque, especialmente o de franquias brasileiras e latinas. Vimos recentemente que uma das maiores redes de restaurantes do Brasil, a Vivenda do Camarão, inaugurou sua primeira loja em Coral Springs sob o nome Shrimp House e planeja abrir mais 7 em 2014. Outros restaurantes também cresceram, mas você deve se perguntar o porquê? Com

o maior número de turistas, além de muito mais consumidores de restaurantes pois não “moram aqui”, logo normalmente não fazem suas refeições em casa, o turista já conhece os fast-foods tradicionais em seu país de origem e muitos se recusam a se alimentarem nestes mesmos fast-foods aqui nos USA, logo, restaurantes diferenciados e, até mesmo os que lembram a terra natal, tendem a fazer sucesso. Mas tenha em mente, isso só é verdade se a localização ajudar, pois o turista em sua grande maioria dificilmente fica “caçando” um restaurante, ele vai logo nos grandes centros. - O setor imobiliário para o turista/investidor. De fato este mercado aumentou muito em 2013 pois é muito mais barato comprar um imóvel aqui do que em muitas cidades no Brasil, além de se tornarem imóveis de passeio e muitas vezes fonte de renda para locações. Se olharmos para este negócio, veremos que os serviços indiretos do mercado imobiliário cresceram em 2013 e vão seguir crescendo em 2014, seja no setor de manutenção, de seguros, financeiro ou até mesmo em arquitetura. Enfim, quem focou no investidor externo se deu bem em 2013 no ramo imobiliário.

Segmentos problemáticos em 2013 Se por um lado alguns setores se deram bem em

www.MANCHETEUSA.com

29


Bom amigo leitor, é claro que existem muitos outros exemplos que levaria uma revista inteira só de análises. O que procurei mostrar aqui foram as tendências positivas e negativas em 2013 nos negócios nos USA e como isso pode alertar você a olhar com mais cuidado um determinando setor, arriscar um pouco mais em outro setor ou até mesmo decidir mudar o rumo profissional ou do negócio.

2013, outros incorreram em erros muitas vezes grotescos. Definitivamente o segmento de lojas de eletrônicos e afins teve um 2013 bem difícil, tendo como exemplo maior a própria Best Buy que continua se segurando e isso basicamente ocorreu porque o consumidor já sabe que as lojas online estão massacrando todas as demais, a Amazon que o diga. Acabou, por exemplo, esse conceito de que o turista vem para cá e entra numa loja de eletrônicos e já compra o produto, aliás lojas pequenas estão às moscas. Os números indicam que em 2013 cerca de 70% dos turistas não compraram eletrônicos na primeira loja que visitaram e quase 40% já compraram online, deixando para receber os produtos no hotel.

Não se iluda o leitor que em 2014 tudo será diferente de 2013 no mundo dos negócios. Claro que novidades vão acontecer mas as tendências dificilmente mudam de uma hora para outra, portanto, quem não aproveitou as oportunidades dos mercados de sucesso em 2013, prepare-se para 2014. sua grande maioria dificilmente fica “caçando” um restaurante, ele vai logo nos grandes centros.

- O setor imobiliário para o turista/investidor. De fato este mercado aumentou muito em 2013 pois é muito mais barato comprar um imóvel aqui do que em muitas cidades no Brasil, além de se tornarem imóveis de passeio e muitas vezes fonte de renda para locações. Se olharmos para este negócio, veremos que os serviços indiretos do mercado imobiliário cresceram em 2013 e vão seguir crescendo em 2014, seja no setor de manutenção, de seguros, financeiro ou até mesmo em arquiteOutro setor que não andou bem em 2013 foi o tura. Enfim, quem focou no investidor externo se setor imobiliário com foco no residente dos USA. deu bem em 2013 no ramo imobiliário. Em 2013 o que cresceu ainda mais foram as locações, mas as vendas para o mercado interno não Segmentos problemáticos em 2013 foram boas em decorrência dos problemas de créditos que ainda atormentam muitos residen- Se por um lado alguns setores se deram bem em tes. A tendência ainda é incerta para 2014, mas 2013, outros incorreram em erros muitas vezes grotescos. não deve mudar muito. O que dizer então do setor de exportação de produtos com muita concorrência da China. De fato, quem teve ou ainda tem negócios baseados em exportação de produtos, além da alta do dólar no Brasil, sabe bem que os chineses estão arrebentando o mercado. Este ramo só é bom se você tem algum diferencial muito, mas muito, mas muito mesmo importante, não apenas preço. 30

Definitivamente o segmento de lojas de eletrônicos e afins teve um 2013 bem difícil, tendo como exemplo maior a própria Best Buy que continua se segurando e isso basicamente ocorreu porque o consumidor já sabe que as lojas online estão massacrando todas as demais, a Amazon que o diga. Acabou, por exemplo, esse conceito de que o turista vem para cá e entra numa loja de ele-

JANEIRO 2014


trônicos e já compra o produto, aliás lojas pequenas estão às moscas. Os números indicam que em 2013 cerca de 70% dos turistas não compraram eletrônicos na primeira loja que visitaram e quase 40% já compraram online, deixando para receber os produtos no hotel. Outro setor que não andou bem em 2013 foi o setor imobiliário com foco no residente dos USA. Em 2013 o que cresceu ainda mais foram as locações, mas as vendas para o mercado interno não foram boas em decorrência dos problemas de créditos que ainda atormentam muitos residentes. A tendência ainda é incerta para 2014, mas não deve mudar muito. O que dizer então do setor de exportação de produtos com muita concorrência da China. De fato, quem teve ou ainda tem negócios baseados em exportação de produtos, além da alta do dólar no Brasil, sabe bem que os chineses estão arrebentando o mercado. Este ramo só é bom se você tem algum diferencial muito, mas muito, mas

muito mesmo importante, não apenas preço. Bom amigo leitor, é claro que existem muitos outros exemplos que levaria uma revista inteira só de análises. O que procurei mostrar aqui foram as tendências positivas e negativas em 2013 nos negócios nos USA e como isso pode alertar você a olhar com mais cuidado um determinando setor, arriscar um pouco mais em outro setor ou até mesmo decidir mudar o rumo profissional ou do negócio. Não se iluda o leitor que em 2014 tudo será diferente de 2013 no mundo dos negócios. Claro que novidades vão acontecer mas as tendências dificilmente mudam de uma hora para outra, portanto, quem não aproveitou as oportunidades dos mercados de sucesso em 2013, prepare-se para 2014.

www.MANCHETEUSA.com

Por Marcio Sampaio

31


Retrospectiva 2013 ... A cada ano o mundo é sacudido por uma infinidade de fatos: greves, guerras, desastres naturais, mortes, doenças e demais situações que fazem com que o planeta entre em convulsão e proporcionando um carrossel de emoções na humanidade. Muitos destes fa-

(A)

(B)

tos, a maioria, são registradas com as câmeras dos fotógrafos que buscam o momento exato para fazer uma imagem emblemática. Assim, graças à fotografia, a história pode ser contada através de imagens, possibilitando-nos recordar algo lindo

ou doloroso que aconteceu no ano que finda. A cada ano temos fotografias que deixam impressão e que marcam fundo a história. Em 2013, centenas de imagens fizeram parte desta galeria. Queríamos fazer uma retrospectiva somente do Brasil,

mas como as imagens foram escolhidas por leitores, contém imagens de todo o mundo, o que para nós brasileiros, faz-nos repensar que situações bem adversas ocorrem em todo e qualquer lugar.

(C)

(D)

(A) Um casal faz uma pausa enquanto tenta salvar os restos do lar de um membro da família um dia depois de um tornado ter devastado a cidade de Moore, estado de Oklahoma, EUA. (B) Um manifestante é alvejado com balas de borracha como reação da polícia de choque após confrontos iniciados durante protestos contra a corrupção e os aumentos de preços, no Rio de Janeiro, Brasil. (C) Tamy Holmes e seus netos se refugiam embaixo de um cais enquanto um violento incêndio no mato invade a cidade australiana de Dunalley. (D) Renata Teodoro, 25, à direita, de mãos dadas com sua mãe, Gorete Borges Teodoro, que foi deportada dos Estados Unidos seis anos atrás, através das cercas da fronteira em Nogales, Arizona. JANEIRO 2014 32


Retrospectiva 2013 ...

(C)

(E)

(D)

(B)

(A)

(A) Um homem resgata uma mulher de dentro do seu carro numa estrada inundada em Chalandri, subúrbio de Atenas, em fevereiro. (B) Um manifestante do Bahrein protestando contra o governo é engolido pelas chamas depois que um tiro disparado pela polícia de choque acertou a bomba de gasolina que ele segurava nas mãos e que se preparava para arremessar. (C) George Zimmerman pisca o olho para seu advogado no início de seu julgamento na Corte da Vara de Seminole, EUA. (D) Uma equipe de resgate carrega o corpo de uma criança que foi salva dos escombros de um prédio residencial desabado em Mumbai, Índia, em setembro. (E) Morre o grande ativista da paz e da libertação das discriminações raciais Nelson Mandela www.MANCHETEUSA.com

33


34

JANEIRO 2014


Expectativa 2014 Enquanto não encerramos um capítulo, não podemos partir para o próximo. Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora, soltar, desprender-se. As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, às vezes ganhamos e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Assim é a expectativa. A cada ano que se inicia, criamos a criamos com o intúito de vermos nossos objetivos alcançados, sejam de que espécie forem. Se fizemos a retrospectiva de 2013, que tal conhecermos as espectativas de alguns membros de nossa comunidade para o ano de 2014? Fabricio Nobre Anos novos sempre trazem novas esperanças porém sem novos hábitos nada mudara. Na maioria das vezes as pessoas copiam as mesmas resoluções do ano anterior que somente duram por duas semanas. E as academias estão aí para provarem isso. Imagina esse ano como ano da verdade. Aonde vc decide criar novos hábitos e por 30 dias você fará algo em relação as suas 3 resoluções de maiores importâncias. Imagine como você se sentirá vitorioso no final de 3 meses, imagina em 6 meses e imagine sua saúde e entusiasmo no final de 12 meses. Faça um compromisso com 3 pessoas e dê a eles autorização para te cobrarem. 2014 será o ano da verdade para muitos e pode ser para você também.

João de matos Para o povo brasileiro o ano de 2013 foi marcado com o despertar do gigante que dormia em berço esplêndido. O povo foi as ruas pacificamente em busca de suas reivindicações de melhoria de vida, o fim da corrupção e melhores salários de diversos setores. O aparecimento dos baderneiros que se juntaram ao movimento enfraqueceramno pois a intervenção da polícia e vários focos de violência foram constatados. Isso sim, o quebra-quebra movimento que eu fui contra. Foi uma comemoração em todo o Bra-

sil, quando fomos escolhidos para ser a sede da Copa do Mundo 2014. Ai tempos depois, caiu a ficha e constatamos que não estávamos preparados, mas temos que honrar o compromisso. Como se diz popularmente se você ganhar uma limão, faça uma limonada. No caso do Brasil, temos em mãos o limão… por que não se fazer uma deliciosa limonada e que 2014 seja o ano do nosso amado Brasil !!! E Mostrar ao Mundo, que sim, somos capazes de fazer a melhor copa. Vai Brasil !!! Estamos acordados, viu !??? Urbano Santos Em breve estaremos comemorando a chegada de um novo ano. Esta e uma ocasião para revisar o que planejamos realizar no ano que se finda e de estabelecer as metas que queremos alcançar no ano que se inicia. O CCB-Centro Comunitário Brasileiro orgulha-se d e ter contribuído efetivamente para aproximar, cada vez mais, os integrantes da comunidade brasileira da Flórida. Muito se fez em prol dessa operosa parcela de brasileiros residentes no exterior. Entretanto, nada se faria sem a participação efetiva dessas mesmas pessoas. O esforço conjunto da comunidade e dos seus representantes logrou aprofundar o relacionamento com as autoridades locais, o que nos proporcionou significativos benefícios. É nosso propósito, neste novo ano, continuarmos lutando com o mesmo esforço e com a mesma determinação na busca de maiores realizações. Imbuídos desse espírito de luta, desejamos a todos os

www.MANCHETEUSA.com

35


Expectativa 2014 brasileiros aqui radicados um ano novo de muita paz, saúde e prosperidade. Urbano Santos Presidente do CCB – Centro Comunitário Brasileiro AZ Araujo Vem aí um ANO NOVO. Então, respire fundo... Receba as novas energias.. E esteja pronto para novos pensamentos... Afinal, este será o melhor ANO de sua VIDA. Então deixe que o seu coração se encha de paz.. E que o amor invada sua alma... Não espere apenas um BOM ANO. Abrace o Grande ANO. Reflita sobre tudo o que passou. Aprenda com o que viveu. Ressignifique... E revigore suas expectativas. Afinal, vem aí Um NOVO ANO cheio de oportunidades. Que ele seja afortunado... Que prevaleça o perdão ... Que você sorria 365 dias, sem perder o fôlego. E que a cooperação seja tão comum quanto dormir e acordar. E que a cada amanhecer você seja grato por estar vivo, E por poder recomeçar... E assim, sinta a felicidade irradiar a sua vida... E tenha a certeza de que neste NOVO ANO, tudo de bom, será ainda melhor! Valter de Moraes Que as forças universais movidas pela fé divina, façam imbuir de esperanças os homens de boa vontade para um futuro melhor com relação a fome no mundo, a falta de vergonha de alguns políicos, a compreenção dos povos para uma paz mundial, e que a polupação do mundo aumenta cada vez mais... e para isso precisamos fazer amor...essa e a palavra chave ....amor....muito amor.Feliz 2014 Valter de Morais Marco Cesar Em 2014, equilibre os seus desejos materialistas por mais espiritualidade, orações para que a humanidade se conscientize dos erros e barbaridades que cometeu em toda sua história e encontre formas de redirecionar seus pensamentos para o Bem, o Agradecimento, o contato familiar e a diminuição do Ego, do rompimento moral e da falta

36

de comprometimento com nossos semelhantes. Não deixe de continuar lendo coisas que aprofundem seu conhecimento nos interesses que possui. E por último, torça para que nosso país tenha uma Copa dígna de suas tradições futebolísticas e históricas, abraçando seus turistas com nossa conhecida hospitalidade. Sergio Mattar Ano novo...e agora? 2013 foi um ano diferente, esquisito, repleto de altos e baixos, de poucas alegrias e muitas surpresas. Nós aqui dos Estados Unidos, da nossa Florida, podemos observar melhor o que acontece no Brasil. Um país gerenciado por gente arbitrária, sem o gosto pelo diálogo, das idéias contrárias daqueles que tem postura e conceitos definidos de vida e de política. Foi um ano de muitas derrotas. Nosso povo, iludido pelas facilidades da conveniência eleitoreira, aplaude o que não vê e, de longe nem imagina o que se passa ao redor. Que neste nascer de 2014, com alguma ajudinha, possamos, todos nós brasileiros, voltarmos a respirar a tranquilidade e a paz da cidadania quase expurgada por nossa imaturidade eleitoral. Viva 2014, com SEGURANÇA e AMOR. Alvaro de Sá QUE SE PODE DESEJAR PARA OS AMIGOS E OS NÃO “AMIGOS” TAMBÉM??? OS MEIOS DE COMUMICAÇÃO ESTÃO CHEIOS DE LINDAS E PRECIOSAS MENSAGENS DE FIM DE ANO...PORÉM, MAIS QUE MENSAGEM, É PRECISO AUTENTICIDADE E VERDADE NESTES DESEJOS E FELICITAÇÕES...ASSIM QUE, EU ESPERO, QUIE CADA MENSAGEM RECEBIDAS OU ENVIADA, NESTE FIM DE ANO, SEJA ACOMANHADA DE VIDA E AUTENCTICIDADE E NÃO SEJA MAIS UMA PROMOÇÃO DE FRASES VAZIAS...FELIZ 2014

JANEIRO 2014


Expectativa 2014 Neto Garcia “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim” (Chico Xavier) Estamos começando um novo ano, momento de reflexão adequado para reavaliar o passado e fazer novos planos para 2014. Viver é a arte de recomeçar tantas vezes quantas forem preciso, recomeçar e’ renovar! Abraçar o novo! Deixar para traz o que não faz mas sentido, não tenha receio! tenha forca e fé.

É hora de por em prática aqueles antigos projetos ou começar algo novo! Novas oportunidades irao chegar, acredite! busque essa força dentro de você, seus talentos e sua coragem! deixe que seus sonhos e sua esperança lhe deêm forças para superar possiveis dificuldades.

Dê o primeiro passo! É hora de recomeçar e construir um novo fim!

www.MANCHETEUSA.com

37


Brasileiros Cidadãos do Mundo Escolhem a Europa Como Segunda Casa

Carregam o Brasil no coração e estão deixando suas marcas atraves da literatura e de trabalhos globais humanitários.

(por Angela Bretas)

Milhares de homens e mulheres e, entre eles, os maiores nomes das artes, das letras, das religiões e das ciências, declaram-se, hoje, Cidadãos do Mundo . Segundo o dicionario Wikipedia “ Cidadão do mundo, também referido como cosmopolita, é um termo com variadas significações, geralmente fazendo referência a uma pessoa que desaprova as divisões geopolíticas tradicionais derivadas dos conceitos de cidadania nacional, dando preferência a um sistema de governo mundial, abertura de fronteiras e democracia global.” Os imigrantes se enquadram nesta categoria no momento que passam a reconhecer que possuem direitos e deveres, em cobrá-los e respeitá-los, seguindo as normas de cada povo e região. Cidadão do mundo é portanto um homem que se sente solidário com e se adapta ao local onde vive deixando a sua marca e levantando a bandeira do patriotismo global. Em recente viagem a Londres – onde fui participar do Encontro De Escritores Brasileiros no Exterior –Focus-Brazil/2013 - tive o privilegio de conhecer mulheres brasileiras que são verdadeiras cidadãs do mundo. Estão na Europa

38

escrevendo em verso e prosa, cantando e encantando os Europeus, literalmente deixando suas marcas registradas na historia da globalização atual. Conheçamos portanto suas interessante trajetorias; vamos saber porque sairam do Brasil e optaram pela Europa; e se elas gostariam de residirem nos Estados Unidos: Leila Pereira Daianis- 58 anos, atriz, diretora de teatro, autora e escritora, trabalha em um Instituto para mulheres estrangeiras vitimas de violência. Natural de Sorocaba (SP), passou a infância em Olinda (PE), residente em Roma- Itália, há 35 anos: “ Em 1978 por motivos politicos tive de deixar o Brasil, queria morar no Mexico, mas depois optei para Europa, morei em vários paises europeus até me estabelecer em Roma. Em 1990 conheci o amor da minha vida e nunca mais deixei a Itália. No inicio aqui na Itália eu tive muitas dificudades para encontrar um trabalho e sofri também muita descriminação, nos anos 80. Se tivesse chance de morar nos Estados Unidos eu gostaria, mas não deixaria a minha familha aqui na Itália, acho muito dificil deixar as pessoas queridas e optar para um outro País, mas nessa vida a gente tem que estar preparada para tudo, mas se eu tivesse que começar eu começaria, sou uma pessoa que não tenho medo de nada, me sinto uma pessoa livre, me considero uma verdadeira cidadã do mundo!” Josane Mary Amorim- 50 anos, escritora. Natural de Cachoeiro de Itapemirim (ES), residente na Holanda há 10 anos: “ Morei primeiro nos USA pois quis realizar o sonho de estudar na Harvard; depois de 3 anos, e de meu sonho realizado, mudei-me para a Holanda para casar-me com um Holandês. Nos EUA não tive muitas dificuldades pois foram 3 anos de dedicação completa e absoluta, tempo integral aos meus estudos. Já na Holanda, tive dificiculdade - no inicio- de me adaptar com a diferença de temperamento pois achei o Holandês muitíssimo reservado/frio. Porém, com os anos entendi que isso não era ruim, mas

JANEIRO 2014


diferente. Não penso em voltar a residir nos EUA. Prefiro morar na Europa onde a multiculturalidade é imbatível!” Neusa Arnold-Cortez- 48 anos, professora e escritora. Natural de Itajubá/MG, residente há 13 anos na Alemanha: “ Optei por morar fora do Brasil por questões absurdamente românticas. Meu marido é alemão. Nos conhecemos no Brasil, nos apaixonamos e planejamos ter uma família, o que seria impossível a distância. Assim obtamos por razoes práticas viver na Alemanha. Aprender alemão e me integrar à cultura local representaram um desafio muito grande para mim. Me reencontrar profissionalmente depois que minhas filhas se tornaram relativamente independentes também tem sido um árduo caminho, o qual que venho trilhando algumas vezes com certa ansiedade, outras vezes com paciência e otimismo. Eu deixaria a Alemanha apenas por questoes profissionais independentemente de qualquer outro país. De forma generalizada gosto muito da Alemanha, principalmente porque não vivo aqui os contrastes sociais tão marcantes na maioria dos países tipicamente capitalistas, como os Estados Unido ou Brasil.” Marisa Olavo- Housekeeper e cantora. Nascida em Londrina(PR), residente em Londres (UK) há 6 anos: “Tínhamos uma industria de rótulos no Brasil e por motivos financeiros tivemos que fechá-la. Tentei outras alternativas porém minha filha já estava morando em Londres e ficou doente, acabando internada. Muito aflita, pois passei uma vida toda dizendo que nunca sairia do Brasil, acabei por optar por vir para Londres, ajudar minha filha e decidir se ficaria ou não. Bem, me encantei com as possibilidades de conhecer novas culturas, nova lingua e recomeçar nova vida! Aqui estou ate hoje. Foram muitos meses de temor e apreensão desde a chegada. Mas nunca tive qualquer problema além da lingua, uma vez que levo minha vida bem serena. É claro que muitas vêzes bate a saudade dos familiares, amigos e principalmente um filho que ficou no Brasil. Morro de vontade de conhecer os Es-

tados Unidos. Nunca planejei morar aí como não havia planejado morar aqui. Mas, se tiver a chance e for uma boa oportunidade, com certeza estarei avaliando. O mundo virou um grande portal depois que aprendi a viver em outro País.” Mariana Brasil- Escritora. Natural do Parana. Há 24 anos reside na Europa. Residente em Milão – Itália. “ Saí do Brasil em 1989, inicialmente a ideia era ficar somente 3 meses, já estou na Europa há 24 anos. O motivo que me levou a sair do Brasil foi econômico, sobretudo a tentativa de concretizar o sonho de comprar uma casa própria. Aceitei uma proposta que me levou a vivenciar experiências difíceis que marcaram para sempre minha vida, graças a escrita consegui transcender o que experimentei, tais experiências me forneceram o material humano necessário para escrever o meu primeiro livro: O Manuscrito de Sonia” - o diário original que Paulo Coelho se baseou para escrever o best seller “11 minutos”. “O Manuscrito de Sonia” obteve grande repercussão internacional, atualmente é publicado em diversos países da Europa. Fixei residência na Itália no início dos anos 90, fiquei na Itália por amor e por constatar que a qualidade da vida na època era absurdamente melhor que no Brasil. Atualmente moro nas proximidades de Milão e trabalho com a A.C.I.MA. Não tenho desejo de residir nos Estados Unidos e recomeçar tudo outra vez em outro País, outro idioma, outros costumes. Orgulhosamente meu coração é verde & amarelo, e assim será eternamente, mas, sinceramente, depois de tantos anos considero a Itália também “casa minha”, sou de origem italiana (veneta) e sou casada com um italiano, me sinto completamente adaptada na minha atual realidade. Não sou mais clandestina (tenho a dupla cidadania). Confesso que, infelizmente, ainda percebo o preconceito e sofro de saudade do Brasil. Quanto a solidão, aprendi a lidar com ela, afinal, o trabalho de um escritor é solitário... Amo o trabalho que faço.”

www.MANCHETEUSA.com

39


Gostaria primeiro de tudo agradecer a Manchete USA pela oportunidade sempre de colocar minhas receitas e assim compartilhando com todos. Fico muito feliz que posso dividir um pouquinho da minha culinária com vocês! Obrigada a todos e mais uma vez obrigada Manchete USA! E quero desejar a todos e um lindo Ano Novo e espero que em 2014 teremos muitas trocas de receitas e ideias. Obrigada!

Almôndegas de Peru e Frango com molho de Açafrão Ingredientes: 1 libra de carne moída de Peru 1 libra de carne moída de frango 1 copo de farinha de rosca 1/2 cebola bem picadinha 1 dente de alho bem picadinho 2 colheres de sopa de salsinha picada 2 colheres de sopa de sálvia seca 1 colher de de sobremesa de sal 1/2 colher de sobremesa de pimenta moída 3 colheres de sopa de azeite de oliva Preparo: Pré aqueça seu forno em 415 F e forre uma forma baixa com papel vegetal (parchment paper) e regue a forma já forrada com um pouquinho de azeite de oliva. Misture bem todos os ingredientes e não misture por mais do que alguns minutos senão suas almondegas ficarão duras. Tem que ser uma mistura boa e rápida! Molhe suas mãos com um pouco de azeite e comece a formar as bolinhas de almôndegas.Ponha as bolinhas direto na forma forrada e já untada com azeite e leve ao forno para assar por uns 25 minutos ou até dourar as almôndegas. Sirva as almôndegas com qualquer molho de sua preferência e acompanha muito bem um arroz branco ou macarrão. Hoje vamos servir as almôndegas como petiscos de festa e com molho de açafrão e aqui segue a receita. 40

JANEIRO 2014

Vanessa Camargo!

Gourmet Cuisines Private Chef Services Chef Vanessa Camargo www.littlegourmetcuisines.blogspot.com www.gourmetcuisines.blogspot.com www.facebook.com/chefvanessa www.gourmetcuisines.com (954) 330 9662


www.MANCHETEUSA.com

41


Silair de Almeida

S

Um chamado do céus para servir na terra!

ilair de Almeida nasceu no interior do Espírito Santo, ao norte na cidade de Nova Venécia. Logo aos sete anos, a família mudou-se para uma cidade baiana, bem próxima de Vitoria da Conquista e em seguida para a própria Vitória da Conquista. Estabeleceram residência e isso já dura mais de 30 anos.

interior do Espírito Santo.

Já quase no final de sua juventude, é recomendado pela igreja que pertencia à um seminário de formação de pastores localizado em Recife. Durante os quatro anos recluso, Almeida estudou filosofia, antropologia, relações públicas e sistematicamente a Bíblia Sagrada, como complemento de seu seminário. Ao retornar, é indicado pasNascido numa família evangélica, tor de uma Igreja Batista na região desde cedo Silair de Almeida teve de Vitória da Conquista. muito contato com assuntos religiosos. Percorria as igrejas evangé- Ao mesmo tempo, conhece e acalicas da região com o pai; cujo avós ba casando-se com sua esposa. Ali haviam entrado em contato com começou a história que mudou sua os primeiros missionários vindo vida por completo e o acaba por da Europa, fazendo assim, parte do transferir aos Estados Unidos. primeiro grupo de evangélicos no O pai da moça era um conhecido JANEIRO 2014 42

Pastor da Primeira Igreja Batista do Brasil, na Bahia, e havia durante alguns anos vivido nos Estados Unidos, onde certamente, sua filha - agora esposa de Silair - também viveu boa parte de sua infância. O pai vem visitar o filho aqui na Flórida nos ido de 1980. Fica um bom tempo gozando de sua licença prêmia no Brasil e acaba por contratar brasileiros em duas lojinhas que aqui existiam hà 23 anos. Forma-se um pequeno grupo de 20 pessoas, com permissão de se reunirem numa sala da Primeira Igreja Batista Americana de Pompano, localizada até hoje, na Atlantic em frente à Prefeitura de Pompano Beach. Com a necessidade de retorno, o


sogro chama o Pastor Silair para cuidar desse pequeno grupo, pois o achava ser promissor. Silair, a esposa e a pequena Rebeca, embarcam para a Flórida, na missão que mudaria suas vidas. Quatro anos depois, estava formada a PIB - Primeira Igreja Batista Brasileira da Flórida, num pequeno imóvel alugado na mesma Atlantic, bem pertinho do antigo restaurante Panorama. Não demorou muito, começaram a congregar no atual endereço, alugando espaço de uma igreja americana e pouco a pouco foram adquirindo partes, até chegar aos 10 mil metros quadrados que ocupam todas as dependências atual da PIB. Daqueles 104 que formaram a PIB hà pouco mais de 18 anos, ainda se encontram alguns, como o Pastor Cleber Machado e sua família. Vale a pena informar que Cleber Machado foi consagrado pastor na PIB. Atualmente, a PIB ministra 3 cultos semanais regulares. Ás quartas-feiras, e dois aos domingos. O mais indicado para o público em geral é aos domingos à noite.

A PIB hoje tem 19 ministérios, cuidando de todas as áreas que se julgam necessárias, tendo em cada ministério, um pastor ou alguém ordenado e capacitado para essa missão.

estão distribuíndo alimentos à três orfanatos mantidos por nós, os alimentos foram comprados ontem e hoje estão sendo distribuídos aos três orfanatos; um com 80 crianças e os outros dois com 25 cada um”, relatou o Pastor Silair bem emoA PIB, oferece uma ampla presta- cionado. ção de serviços na área social e mantém até mesmo um Consula- Outra missão da PIB é com uma do Itinerante à cada três meses tribo indígena do Amazonas, a com objetivo de aproximar e facili- Tribo Ticuna. tar a conexão com os brasileiros da Estão na tríplice fronteira, entre a região com o Consulado, já que Colombia, Peru e Brasil. para muitos se tornam inviável a São 60 mil índios em 126 aldeias. ida até Miami. É um povo estudado, entre eles, há administradores, antropólogos, As Missões e já prestam ajudam há mais de 8 anos. A PIB optou por ajudar comunidades mais carentes, sem recursos Sempre são recebidos com festas, financeiros, sem nenhuma possi- porque respeitam suas crenças e bilidade de se auto-manterem. suas culturas. Depois de construírem um belo Por isso, estão há dez anos co- templo no meio da mata, bem ao nectados com 350 igrejas no Haiti, estilo indígena, estão construíndo por exemplo. Ali, a pobreza é clara um complexo esportivo onde os e evidente, igrejas com 500 mem- índios possam interagir. bros, todos desempregados. O alvo atual é que nessas igrejas, Ao ser perguntado sobre como os membros possam ter pelo me- fazer para o índio aceitar a doutrinos duas refeições semanais, já que na batista, o Pastor Silair foi enfátié muito comum haitianos ficaram co: “ A nossa forma de lidar com mais de 5 dias sem comida. eles é não impor regras e nem fincar bandeira religiosa. Vocês de“Nesse momento, membros da PIB vem continuar com suas culturas, sejam nos rituais musicais, suas pinturas e sua pouquíssimas vestimentas.” Aprenderam a fazer os ajustes nos rituais de adoração com o que tem à sua disposição. Na Santa Ceia por exemplo, não usam pão sem fermento mas a mandioca. Não usam suco de uva ou vinho mas açai para simbolizar o corpo e o sangue de Cristo, concluiu o Pastor.

www.MANCHETEUSA.com

43


Outra missão é Cuba. A PIB já está em Cuba há 18 anos e já fizeram mais de 35 viagens para evangelizar um povo que vive sob o domínio comunista. Segundo Silair, o evangelho cresce assustadoramente em Cuba, com todas as igrejas lotadas, até se pendurando nas janelas. Nessa ilha, estão aprendendo a partilhar o que tem em nome do amor, da caridade e do Cristo. WWAinda possui uma outra missão na região ribeirinha do Amazonas. Estão construíndo um centro esportivo para os mais de 3000 residentes, agregando à outras obras já concluídas, sendo organizada por um casal que participavam dos trabalhos da PIB, aqui em Pompano e decidiram retornar ao Brasil nessa importante missão de solidariedade, de amor e sobretudo de fé.

nessa entrevista sua posição em relação ao bem estar social do ser humano, sobretudo, dos membros vizinhos da comunidade brasileira no Sul da Flórida. “A igreja acaba por se transformar em um grande centro social, terapeutico, emocional, educacional e espiritual. Eu entendo que o homem é corpo, alma e espírito. Não adianta seu corpo estar bem se seu espírito e sua alma não estiverem bem. Não adianta sua alma e seu espírito esterem bem se você não está bem com sua familia ou se você passa por alguma infermidade.”

Outro projeto da PIB é o trabalho com drogas. Atualmente trabalham duro na prevenção, motivando as crianças e os adolescentes a atividades saudáveis; inclusive foi investido cerca de 1 milhão de dólares nesse projetos. Mas quando acontecem casos de drogas, principalmente com os de fora da igreja, eles encaminham para orgãos daqui e do Brasil para ajudar, e se você amigo leitor, souber de alguém que precise de ajuda nessa área, pode contactar a Igreja Batista em Pompano Beach. No ano que findou, Silair de Almeida foi personalidade em evidência na região da Flórida. Membro conselheiro da Câmara do Comércio Exterior, membro do CRBE e foi escolhido o porta voz da CRBE no último encontro internacional da entidade, realizado em Salvador, Bahia.

Por isso a igreja mantém até mesmo um Professor de Educação Física em tempo integral para cuidar da saúde física de seus membros, com caminhadas, corridas, exercícios e escolinha de futebol Assim, em poucas palavras, conhecemos um pouco da PIB e o O Pastor Silair nos deixa claro para as crianças. 44

JANEIRO 2014


ministério de seu Presidente, Pastor Silair de Almeida. Um menino que cresceu, mas continua com alma de menino. E ao concluir essa matéria, reproduzimos na íntegra as palavras do Pastor para a comunidade brasileira, em relação as expectativas para 2014: “Que a gente seja mais amoroso uns com os outros em 2014, o amor supre uma multidão de erros, compreende mais o ser-humano, que a gente faça valer a palavra tolerância. Tolerar é eu te amo apesar de você ser diferente de mim. Não podemos polarizar o mundo entre dois grupos, cristãos radicais, fundamentalistas que apedrejam os outros só porque não é cristão e as pessoas que se julgam certos e todos os cristãos errados. Cada um tem o direito de crer no que quer, desde que amemos uns aos outros. Não desistam da América. Não retornem ao Brasil, o melhor da América está por ser desfrutado. Não seje precipitado, pense e repense em um possível retorno. Não evite a sua comunidade, procure se aproximar cada vez mais de nós. A nossa comunidade é a melhor que existe, nós somos pessoas amadas em todo o mundo. Que o ano de 2014 seja muito feliz para todos nós.

www.MANCHETEUSA.com

45


creto pré-fabricados, os calceteiros sumiram. Nos enterros modernos, só se chora de verdadeira emoção. E assim desapareceram as carpideiras, doces senhoras que choravam por dinheiro. E as normalistas? Onde foram parar as normalistas?

Palavras esquecidas

Por Roberto Lima

Algumas palavras foram esquecidas com o passar do tempo. Elas foram amontoadas a um canto do nosso vocabulário como se tivessem contraído uma doença antiga. Doenças como a lepra e o escorbuto, que parecem ter sido erradicadas também do dicionário. Com a modernização da humanidade e o desaparecimento de algumas atividades profissionais, elas foram morar em um quarto escuro. Tristes com este esquecimento, elas adormeceram para sempre. É por isto que ninguém mais se orienta por bússola ou astrolábio. Ninguém mais sofreu de banzo. E a prosaica disenteria, que nos deixava literalmente “descompletos”, ou incompletos, como manda a grafia? O que foi feito dela e dos pés destroncados? O que foi feito das palavras sarampo e varicela? Mesmo a caxumba. Onde foi parar? Há mais de vinte anos que não escuto ninguém dizer que está com caxumba. Ou que tem catapora. Terão sido apenas um surto de nossa língua? Ninguém mais precisa de alfarrabista, leiteiro, datilógrafo, telegrafista ou fotógrafo de lambe-lambe. Com a preferência pelo asfalto ou por blocos de con46

Ah, como eram bonitas! Nelson Rodrigues tinha fetiche por normalistas. Neste mundo de pessoas cada vez menos normais, elas fazem falta, ainda que existam dentro de outra roupa. A normalista é aquela moça que ia para para a escola normal fazer normalismo. Era a estudante do curso pedagógico, que formava professoras para o ensino primário em todo o Brasil. Com o passar dos anos a educação mudou-se para uma outra escola e, como um aluno que se muda com a família para uma outra cidade, ela teve que se readaptar. A madureza foi uma prima balzaqueana do supletivo. Mas ambos levaram bomba. E mesmo na moda. Já notaram? Há quanto tempo você não vê uma pessoa vestindo japona ou calçando polainas? Os suspensórios, ao que parece, foram suspensos pelos fashionistas e só existem agora no guarda-roupa de Jô Soares. As moças já não usam rouge, pó de arroz ou carmim. E os homens não sabem o que representou a brilhantina ou as calças de brim. Para compensar, homens e mulheres inventaram algumas palavras para se referirem a coisas que já existiam com outro nome. A bunduda virou popozuda, o derrame virou AVC, a costureira é estilista, a rádio patrulha é viatura policial. Flertar é dar mole, caramba é caraca, namoro é pegação e o rapaz atlético ficou sarado. Gafe virou pagar mico, galanteio virou chaveco e travesti é traveco. Faxineira é diarista, ginecologista é gineco e baterista é batera. Desculpe e foi mal são a mesma coisa. E muito obrigado fica pago com um valeu. Ir embora é vazar. O que me dá a certeza de que algumas palavras vazaram da nossa língua.

JANEIRO 2014


A

virada do ano nos instiga a revisão das nossas realizações, necessárias mudanças e ao desenvolvimento de novos objetivos. Muitos experimentam sentimentos negativos ao reconhecerem que muitas metas não foram alcançadas, o que pode gerar um impulso em direção a tentar fazer diferente ou até a uma perda de motivação uma vez que o foco é no fracasso. O fato é que com metas ou sem metas, se continuarmos participando das mesmas atividades continuaremos experimentando os mesmos resultados. O desenvolvimento de objetivos é importante pois nos oferece uma direção, mas sem decisão, compromisso e específicas ações, os objetivos não deixam de ser apenas objetivos. Nós temos que mudar. Um antigo dizer constata: “você não obtém o que você quer na vida, você obtém na vida o que você é”.

nas o primeiro passo. O interesse e a paixão pelo que desejamos e trabalhamos a alcançar faz diferença. Portanto cada meta tem que ter uma significância pessoal. Os objetivos também devem ser realistas e alcançáveis de acordo com a capacidade de cada individuo. A atividade de identificar objetivos esta focalizada no futuro, mas são as atividades diárias que nos levarão mais perto do que almejamos. Um grande desafio está em consistentemente implementar as identificadas atividades ao longo do tempo. Facilmente revertemos nossos comportamentos ao que é familiar e habitual. Um planejamento claro e especifico dessas atividades e o ato de revisa-las frequentemente servem para nos manter na direção certa.

Todo dia é um dia para recomeçar. Aproveite a oportunidade que o ano novo propicia para estabelecer um O cérebro humano é preparado para evitar dor e ano diferente em sua vida com mais bem-estar, mais desconforto, incluindo o medo. O medo do fracasso saúde e prosperidade em todas as áreas que são imporpode desmotivar e levar a pessoa a retornar aos famili- tantes para você. Feliz Ano Novo! ares comportamentos e padrões de pensamento. Muitas pessoas ao invés de buscarem alcançar resultados positivos, focalizam apenas em evitar resultados negativos. O paradoxo é que acabam criando exatamente o que temem, uma vez que o tempo e energia não são investidos em criar o que almejam. Também temos que considerar fatores que estão além do nosso controle, para distinguirmos a responsabilidade que realmente nos cabe. As vezes, nós também podemos focalizar nas partes incompletas dos nossos esforços, ignorando as partes de sucesso. O reconhecimento que todo esforço e progresso é valido gera uma atmosfera emocional mais positiva e elevada. Vanessa Mota e Silva, LMFT A verdade é que o desenvolvimento de objetivos é ape(310) 629-1709 www.MANCHETEUSA.com

47


48

JANEIRO 2014


Maria Eduarda Busato

www.MANCHETEUSA.com

49


M

aria Eduarda Busato nasceu nos Estados Unidos, na Fl贸rida no dia 17 de junho de 2013. Uma menina bem crescidinha, com 6 pounds e 11 onces, atualmente com 21 pounds. Filha de Daiana Busato e Eduardo Rosa. Ama brincar com cachorros e quando faz arte tem um 贸timo senso de humor.

50

JANEIRO 2014


Bebês não devem dormir na cama com os pais Dormir agarrado com seu filhote recém-nascido pode não ser uma boa opção, avaliam os médicos. Pesquisas britânicas apontaram que bebês que dormem na mesma cama que os pais têm mais risco de morte súbita. Um estudo publicado no jornal científico JAMA Pediactris acaba de mostrar que o número de crianças que dormem na mesma cama que os pais dobrou nos últimos 17 anos nos Estados Unidos. Em 1993, eram 7% das crianças; em 2010 o número passou para 14%. Em nota, a pesquisadora Eva Colson, responsável pelo estudo da Escola de Medicina da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, alerta que esse comportamento aumenta em três vezes o risco de morte súbita por sufocamento. Segundo especialistas, a sín-

drome da morte súbita pode ser compreendida como o óbito de crianças entre 1 a 12 meses de vida sem causas esclarecidas após a autópsia completa. A incidência maior acontece com bebês entre 2 e 4 meses. Para manter um sono mais seguro para seu pequeno, os médicos recomendam não deixar que os bebês durmam durante a noite em carrinhos, que além de aumentar o risco de acidentes, por conta da mobilidade, não oferecem uma superfície reta e firme que o bebê precisa durante o sono mais prolongado. Uma opção para os primeiros dias com o bebê em casa, é colocar o berço no mesmo quarto que você está dormindo e, claro, também dividir a tarefa de acordar no meio da noite com o parceiro. Veja outras dicas imbatíveis para seu maior conforto e do bebê! Dormir de barriga para cima é a posição mais segura porque a criança respira melhor e tem menos risco de engasgo - caso

www.MANCHETEUSA.com

vomite, ela vai girar a cabeça para o lado. No berço, só o bebê Bichos de pelúcia, travesseiros ou qualquer objeto solto devem estar fora do berço, inclusive protetores. Além do risco de asfixia, acumulam ácaros. O cuidado vale para roupas de cama, que devem ser presas embaixo do colchão. Não exagere no cobertor Seu filho deve estar vestido de maneira confortável para o clima do dia. A criança deve estar com uma “camada” a mais de roupa do que você. Apenas isso! Também não deve cobrir a cabeça nem as mãos do seu filho, pois é pelas extremidades que ele regula a sua temperatura. Espalhe as informações Você tem uma babá? Seu filho fica em um berçário? Com a sua mãe? Faça com que todos que ajudam você nos cuidados com o bebê saibam das recomendações sobre como prevenir a morte súbita.

51


52

JANEIRO 2014


Ficha técnica: Nome: Ryan Ferazzo Amorim Nascimento:

28 de novembro de 2012

Filiação: Rickson e Fabi Ferazzo Amorim Desenvolvimento:Engatinhou com 8 meses Primeiros passos antes de um ano Primeira viagem de avião aos 3 meses Super sorridente, Bem apegado ao pai, mas quando enfermo só chama pela mãe Fala: daddy, mommy, auau, bye e manda beijo para todos.

www.MANCHETEUSA.com

53


54

JANEIRO 2014


Iolanda e Coli Magalhães recebem para o Réveillon 2014

www.MANCHETEUSA.com

55


Finalmente ele chegou. Réveillon 2014 entrou galopante, triunfal! by Kellen Cristina

2013 se foi e deixará marcas, como os outros que se foram. A felicidade estampada nas faces das pessoas demonstram o desejo de assim o continuarem no decorrer dos 365 dias que se inicia. Que no ano de 2014 possamos realizar tudo o que não foi possível em 2013; não por falta de capacidade, mas simplesmente por mera falta de tempo. Mude as raízes, mude as perguntas, mude a fonte, mude a colheita. Se não o fizer, 2014 será semelhante à 2013. Se buscamos resultados diferentes, precisamos mudar nossos atos.

FELIZ 2014, FLÓRIDA! FELIZ 2014, BRASIL! FELIZ 2014, MUNDO!

Kellen Cristina

56

JANEIRO 2014


www.MANCHETEUSA.com

57


$ Rio de Janeiro $ Reveillon $ 2014 $

Se destacando ultimamente por conta da participação no reality show “The Voice Brasil”, Lulu e Brown tiveram os cachês mais altos da virada carioca – R$ 550 mil cada um. Eles se apresentaram no palco principal, em frente ao Copacabana Palace, nos horários nobres: o cantor carioca tocou imediatamente antes da virada (a partir de 22h20) e o baiano, logo após a queima de fogos (0h16). Nando Reis teve o segundo cachê mais alto da festa (R$ 180 mil), seguido pela sambista Beth Carvalho, que receberá R$ 160 mil. Outras apresentacoes da noite foram o cantor Sylvinho Blau Blau, que recebeu R$ 35 mil por cantar no mesmo palco que Beth Carvalho, no palco em frente à rua Santa Clara. O cantor Bebeto e o grupo Golden Boys dividiram R$ 60 mil pela apresentação em Pedra de Guaratiba (zona oeste) e na Penha (zona norte), respectivamente. R$ 60.350 foram pagos ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), por conta dos direitos autorais das canções que foram executadas durante a festa, pela Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (RioTur)

Feliz 2014 by Kerjean Elliot 58

JANEIRO 2014


www.MANCHETEUSA.com

59


Réveillon Ramada Plaza 2014

Alto astral e casa lotada fez da noite um verdadeiro sucesso

A

parceria formada pela dupla Joe Menezes (Via Brasil) e Carlos Salles (Brazilian

Party), resultou em um grande sucesso. O Réveillon do Ramada Plaza reuniu perto de 500 pessoas de diferentes partes dos Estados Unidos e sul da Flórida que lotaram o Persiam Room do resort, que fica localizado em Sunny Isles(FL).

60

Rose Max acompanhada de uma maravilhosa banda composta pelos músicos: Ramatis Moraes(violão), Bill Duba(cavaquinho), Silas Silva(bateria) e Tiaguinho Silva(percussão), mostrou sua grande versatilidade cantando muitos sambas de enredo e marchinhas que marcaram época do carnaval brasileiro, fazendo a galera ir ao delírio. Faltando poucos minutos para a virada a simpática cantora disse algumas palavras emanando amor e fraternidade entre os presentes e convidou à todos para juntos fazerem a contagem regressiva e receber 2014. Foi um momento mágico com uma energia positiva inexplicável. Todos felizes se abraçaram. Rose Max, após sua apresentação de quase 2 horas passou o comando para VJ Rodolpho Jr., que deu continuidade a festa, projetando, no gigantesco telão, videos bem variados, fazendo o público dançar muito. Poucos minutos para o fim da festa, que rolou perto de 6 horas de duração, Rodolpho atendeu alguns pedidos e tocou diferentes estilos musicais da nossa rica MPB e sucessos internacionais agradando a todos os gostos. A direção do evento ficou a cargo do já conhecido produtor Carlos Salles, marcando sua volta depois de quase 2 anos afastado das producões brasileiras no sul da Florida, que promete nos brindar com outros eventos. O Réveillon teve patrocínio exclusivo da ViaBrasil.com, apoio da revista eletrônica Manchete Usa e do jornal Gazeta News. Fotos: Anderson Esperança

JANEIRO 2014


RĂŠveillon do Ramada Plaza

www.MANCHETEUSA.com

61


RĂŠveillon do Ramada Plaza

62

JANEIRO 2014


RĂŠveillon do Ramada Plaza

www.MANCHETEUSA.com

63


64

JANEIRO 2014


Manchete USA - Ano 1 | Edição 6  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you