Issuu on Google+


Seja Bem-Vindo! A você que agora faz parte do nosso quadro de colaboradores e que estamos certos de que desempenhará sua função com comprometimento e dedicação, colocando em prática os requisitos profissionais que o qualificaram para exercer este cargo, queremos expressar a nossa satisfação em recebê-lo em nosso convívio, dandolhe as Boas-Vindas! Com o objetivo de iniciar o seu processo de integração na Construtora Sanches Tripoloni e fazer com que se sinta parte da organização, produzimos este material com informações sobre a estrutura da empresa, bem como sobre os seus direitos e obrigações. Contando com a sua cooperação para formarmos um só time, e assim crescermos juntos, desejamos-lhe sucesso!

Dr. Paulo Tripoloni Presidente


Expediente

Organização: Construtora Sanches Tripoloni LTDA. Produção: Majestade Propaganda Tiragem: 3500 exemplares Impressão: Gráfica Regente Elaboração: 1° Revisão - 2013


ÍNDICE

Integração������������������������������������������������������������������������������������������������ 8 História da Sanches Tripoloni ��������������������������������������������������������������������� 9 Política da Gestão Integrada���������������������������������������������������������������������10 Qualidade, Saúde e Segurança e Meio Ambiente�������������������������������������������������������10

Nosso Negócio����������������������������������������������������������������������������������������11

Desenvolvimento Através da Engenharia����������������������������������������������������������������11

Nossos Serviços��������������������������������������������������������������������������������������11 Nossa Visão��������������������������������������������������������������������������������������������11 Nossa Estrutura Organizacional�����������������������������������������������������������������12 1 - O QUE OFERECEMOS A VOCÊ����������������������������������������������������������������14 A - DIREITOS��������������������������������������������������������������������������������������������14 B - INTEGRAÇÃO�������������������������������������������������������������������������������������������15 C - REMUNERAÇÃO����������������������������������������������������������������������������������������15

D - BENEFÍCIOS��������������������������������������������������������������������������������������������16

F - TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO���������������������������������������������������������������� 17 G - BOAS CONDIÇÕES DE TRABALHO�������������������������������������������������������������������� 17 H - COOPERATIVISMO E POSITIVISMO�������������������������������������������������������������������18

O QUE ESPERAMOS DE VOC��������������������������������������������������������������������19 A - PONTUALIDADE E ASSIDUIDADE����������������������������������������������������������������������19

B - APRESENTAÇÃO PESSOAL����������������������������������������������������������������������������19 C - DISCIPLINA���������������������������������������������������������������������������������������������20 D - SIGILO��������������������������������������������������������������������������������������������������20

E - PRESERVAÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS���������������������������������������������������20 F - DESPERDÍCIO DE MATERIAL��������������������������������������������������������������������������20

G - ATENDIMENTO AO CLIENTE���������������������������������������������������������������������������21

H - USO ADEQUADO DOS RECURSOS DA EMPRESA����������������������������������������������������21 I - COMÉRCIO����������������������������������������������������������������������������������������������22 J - UTILIZAÇÃO DE ÁLCOOL E DROGAS�������������������������������������������������������������������22

K - COLABORAÇÃO E COMPROMETIMENTO�������������������������������������������������������������22

REGULAMENTO INTERNO��������������������������������������������������������������������������23 AO COLABORADOR NÃO É PERMITIDO��������������������������������������������������������24 QUALIDADE��������������������������������������������������������������������������������������������� 27

���������������������������������������������������������������27 Como você pode contribuir com a política da empresa?�����������������������������������������������27 Sistema de Gestão Integrado - SGI ����������������������������������������������������������������������28 O que é a ISO?���������������������������������������������������������������������������������������������29 O que é a Política da Gestão Integrada?


O QUE É PBQP-H?������������������������������������������������������������������������������������30 CERTIFICAÇÃO����������������������������������������������������������������������������������������31

Gerenciamento de documentos do SGI �����������������������������������������������������������������32 Procedimentos obrigatórios������������������������������������������������������������������������������32

O que é um registro de não-conformidade (RNC)? ������������������������������������������������������33 O que é um registro de oportunidade de melhoria (ROM)? ��������������������������������������������34 Programa 5’S����������������������������������������������������������������������������������������������34

SEGURANÇA DO TRABALHO����������������������������������������������������������������������36 Regras para preservação à saúde e segurança no trabalho�������������������������������������������36

Fica expressamente proibido:���������������������������������������������������������������������������� 37

RESPEITE AS INSTRUÇÕES DE TRABALHO:��������������������������������������������������39

Obrigações do Trabalhador:������������������������������������������������������������������������������40 Regras para Funcionários Alojados:���������������������������������������������������������������������43

CIPA�������������������������������������������������������������������������������������������������������44 (COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO)������������44 Ruído – Máquinas e Equipamentos����������������������������������������������������������������������45

Umidade – Limpeza de máquinas e áreas de trabalho�������������������������������������������������45 Radiação não Ionizante – Serviços de solda������������������������������������������������������������45 Radiação não Ionizante – trabalho a céu aberto com exposição a raios solares;��������������������45

Poeiras em Geral������������������������������������������������������������������������������������������46

Contato com produtos químicos industriais ������������������������������������������������������������46 Contato com produtos de limpeza de uso doméstico ��������������������������������������������������46

Ergonomia �������������������������������������������������������������������������������������������������46

SEGURANÇA NA MONTAGEM DE ANDAIMES����������������������� 47 CUIDADOS GERAIS COM FERRAMENTAS����������������������������������������������������51

Painéis Metálicos para Andaimes �����������������������������������������������������������������������51 Bombas Submersas���������������������������������������������������������������������������������������52

Betoneiras�������������������������������������������������������������������������������������������������53 Cortador de Grama Roçadeira����������������������������������������������������������������������������54

Compactadores �������������������������������������������������������������������������������������������55 Policorte���������������������������������������������������������������������������������������������������56

Cortadoras de Piso ��������������������������������������������������������������������������������������� 57

Vibradores �������������������������������������������������������������������������������������������������58 Ferramentas elétricas ������������������������������������������������������������������������������������59 Geradores �������������������������������������������������������������������������������������������������60


Marteletes e Martelos������������������������������������������������������������������������������������61 Martelo Demolidor 30 kg ��������������������������������������������������������������������������������62

Compressor de ar �����������������������������������������������������������������������������������������63

MEIO AMBIENTE��������������������������������������������������������������������������������������64 O que é Meio Ambiente?����������������������������������������������������������������������������������64 Objetivos e metas da Gestão Ambiental na empresa:��������������������������������������������������64

Finalidade da gestão ambiental na empresa������������������������������������������������������������65

O que significa Desenvolvimento Sustentável?���������������������������������������������������������66 O que é Aspecto Ambiental?������������������������������������������������������������������������������66

O que é Impacto Ambiental?�����������������������������������������������������������������������������66 Alguns exemplos de impactos ambientais:��������������������������������������������������������������67

Gestão de resíduos no empreendimento:����������������������������������������������������������������67 Controle da Poluição Atmosférica:�����������������������������������������������������������������������68

Principais documentos pertinentes a área ambiental:�������������������������������������������������68 Preservação da fauna e flora:����������������������������������������������������������������������������69 Uso sustentável de Recursos Naturais ������������������������������������������������������������������70

Uso Sustentável de Recursos Naturais: Conscientização e treinamento de colaboradores���������70

PALAVRAS FINAIS������������������������������������������������������������������������������������72 DECLARAÇÃO DE CIÊNCIA E TERMO DE RESPONSABILIDADE������������������������73


Manual de Integração

Integração O Processo de Integração tem o objetivo de informar a todos os colaboradores sobre a estrutura da empresa e sobre seus direitos, deveres e responsabilidades enquanto colaborador. Objetiva também orientar os colaboradores quanto às regras, responsabilidades, procedimentos e normas internas relativas às atividades da Qualidade, Meio Ambiente e Segurança e Saúde Ocupacional, a fim de preservar a segurança e a saúde das pessoas que estão diariamente em nossas instalações, bem como preservar o meio ambiente de ações que possam denegrir o eco-sistema que integramos, visando à sustentabilidade. Estas informações serão parte importante da sua vida profissional, para que você realmente se sinta parte da Construtora Sanches Tripoloni e conheça claramente o que a empresa espera de nós colaboradores. A você que está ingressando na Sanches Tripoloni, desejamos bons momentos profissionais e de convívio social entre nós.

Sanches Tripoloni “Construindo os bons caminhos do Brasil”

8

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

História da Sanches Tripoloni  Em 1984, na cidade de Promissão – SP, o Dr. Paulo Tripoloni, o Sr. Antonio Sanches e o Sr. João Sanches Junqueira, juntamente com mais nove funcionários, deram início às atividades na área de construção, originando o que vem a ser hoje a Construtora Sanches Tripoloni. Atualmente o Grupo Sanches Tripoloni possui três construtoras e uma transportadora, atuando no segmento de Construção pesada. Em seu portfólio, a Construtora desenvolve projetos em segmentos da infraestrutura como rodovias, aeroportos, ferrovias, portos, saneamento e telecomunicações, e está preparada para atuar em diversos setores como óleo e gás, incorporação imobiliária, energia, e transporte de massa em todo território nacional.

www.sanchestripoloni.com.br

9


Manual de Integração

Política da Gestão Integrada

Qualidade, Saúde e Segurança e Meio Ambiente Na busca pela excelência, a Construtora Sanches Tripoloni realiza obras de infraestrutura respeitando as legislações e determinações aplicáveis vigentes, capacitando seus colaboradores e contribuindo com o crescimento do país. Para isso, monitora e melhora continuamente seus processos com o objetivo de: ● Atender aos requisitos do Sistema de Gestão Integrado (SGI) e das normas NBR-ISO 9001, PBQP-H, NBR-ISO 14001, OHSAS 18001 e SA8000 vigentes. ● Controlar e reduzir perigos e riscos provenientes dos serviços realizados e atuar na prevenção de lesões, ferimentos e doenças, sendo tal prática extensiva aos subcontratados. ● Eliminar, reduzir e/ou prevenir a poluição, através da identificação dos aspectos e impactos gerados.

Dr. Paulo Tripoloni Presidente Fonte: DI-DIR-03 - Rev.04

10

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Nosso Negócio

Desenvolvimento Através da Engenharia

Nossos Serviços O portfólio da empresa é composto por grandes projetos que contribuem para o desenvolvimento da infraestrutura no Brasil. Pensando nisto, a Construtora Sanches Tripoloni aposta positivamente no futuro do país e no desenvolvimento tecnológico da Construção Civil Brasileira. ● Obras Viárias: Terraplanagem, Pavimentação, Drenagem, Obras complementares; ● Obras de Arte Especial (OAE): Pontes, Viadutos, Passarelas, Galerias; ● Obras de Saneamento; ● Obras de Telefonia; ● Obras Ferroviárias; ● Obras Aeroportuárias; ● Obras Industriais; ● Obras de Terra Armada; ● Obras de Muro Atirantado

Nossa Visão Ser reconhecida como uma das melhores e mais agressivas empresas de Engenharia do Brasil.

www.sanchestripoloni.com.br

11


Manual de Integração

Nossa Estrutura Organizacional PRESIDÊNCIA

Diretoria Administrativa / Financeira

Diretoria Comercial

Financeiro Contabilidade Custos

Gerência de Licitações

Recursos Humanos Departamento Pessoal Patrimônio Tecnologia da Informação Qualidade / Meio Ambiente SESMT Jurídico

12

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Diretoria de Obras / Técnica

Gestores de Contratos

Gerentes de Contrato

Diretoria de Planejamento

Supervisão de Qualidade Técnica

Gerência de Equipamentos

Gerência de Negócios

Topografia

Manutenção

Laboratório

Transporte

Suprimentos

Fonte: DI-DIR-04 - Rev.06 www.sanchestripoloni.com.br

13


Manual de Integração

1 - O QUE OFERECEMOS A VOCÊ

A - DIREITOS ● Férias: Depois de trabalhar durante doze meses, as suas férias serão programadas de acordo com a necessidade da empresa. Em caso de alteração em seu período de férias, o colaborador deverá procurar o setor de RH. ● A funcionária gestante terá direito a uma licença de 120 dias. Durante este período receberá seu salário integral com os descontos legais. 14

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

● FGTS: A empresa deposita mensalmente um valor equivalente a 8% dos vencimentos mensais em uma conta vinculada à Caixa Econômica Federal. O saldo é corrigido mensalmente e você poderá utilizá-lo conforme legislação específica. ● Salário Família: O salário família é concedido ao colaborador com filhos menores de 14 anos de idade ou inválidos, sendo as condições estabelecidas pelo INSS. B - INTEGRAÇÃO ● Treinamento: Todos os colaboradores que ingressam na empresa passam pelo Processo de Integração. Neste processo, todos recebem informações sobre a empresa como um todo, seus direitos e obrigações para com a função que desempenhará, bem como para com a empresa da qual fará parte. ● Crachá: Você receberá um crachá de identificação pessoal que deve ser usado em horário de trabalho. ● Uniforme: Será obrigatório o uso em todos os setores. C - REMUNERAÇÃO ● Salários: São pagos até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao mês trabalhado. Seu salário segue o plano de cargos e salários da empresa, de acordo com sua função. Os reajustes são anuais, de acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho dos Trabalhadores da categoria pela qual sua função é representada.

www.sanchestripoloni.com.br

15


Manual de Integração

● 13º Salário: É pago em duas parcelas, sendo a primeira no último dia útil do mês de novembro e a segunda até o dia 20 de dezembro. A base para o cálculo do valor depende do dissídio de cada sindicato. ● Horas extras: Sempre que houver necessidade, as horas extras poderão ser feitas, observando as determinações de seu superior imediato. ● Faltas: Sempre que tiver necessidade de faltar, deverá avisar previamente seu superior imediato. A falta sem justificativa gera prejuízos financeiros a você, tais como: perda do dia, do descanso semanal. D - BENEFÍCIOS ● Refeitório: A empresa possui refeitório ou convênio com restaurantes (dependendo da região) para atender seus colaboradores, sendo que todo o custo fica por conta da empresa. ● Refeição e outros benefícios: A empresa atende a convenção coletiva de trabalho. ● Seguro de Vida em grupo: A empresa possui apólice de seguro para todos os funcionários e seus dependentes, sendo cônjuge e filhos, bem como auxílio funeral em caso de falecimento. ● Vale transporte: Fornecemos o vale transporte no início de cada mês, para o deslocamento do colaborador de sua residência para o trabalho e vice-versa, sendo descontado em folha de pagamento até 6% do seu salário base. E - SEGURANÇA NO TRABALHO Você fez um exame admissional antes de seu ingresso na empresa e, a partir de agora, fará periódicos a cada 12 meses; de retorno ao 16

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

trabalho caso, fique afastado por mais de 30 dias; e um demissional quando desligar-se da empresa. A empresa elabora e aplica todos os programas exigidos por Lei, inerentes a área de Segurança e Medicina no Trabalho, sendo: PCMSO, PPRA, LTCAT, PPP, PCMAT, CIPA e SIPAT, além de fornecer os EPI’s necessários para preservar a integridade física do colaborador. Anualmente são escolhidos pelos próprios funcionários, através da eleição da CIPA, os novos membros chamados “Cipeiros”. Estes serão os responsáveis pela orientação dos demais colegas de trabalho quanto à segurança no trabalho. F - TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO ● Período de Experiência: Durante este período o colaborador receberá orientação de seu superior imediato e, se for necessário, fará outros treinamentos. ● Desenvolvimento Profissional e Treinamento: Nossa empresa investe continuamente em treinamento. Com isso, busca aprimorar o profissional, dando-lhe possibilidades de desenvolvimento. Os treinamentos serão definidos de acordo com os requisitos do cargo que você ocupa. G - BOAS CONDIÇÕES DE TRABALHO ● Ambiente adequado ao trabalho; ● Móveis adequados ao estímulo da boa produtividade no trabalho; ● Ferramental adequado para a realização do trabalho; ● Equipamentos em boas condições de uso e com manutenção programada; ● Orientações e procedimentos de trabalho. www.sanchestripoloni.com.br

17


Manual de Integração

H - COOPERATIVISMO E POSITIVISMO A cooperação entre os colaboradores dos setores é importante para que possamos atingir todas as nossas metas. Dê o melhor de si. Faça tudo bem feito, com amor e dedicação, mantendo sempre uma atitude positiva.

18

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

O QUE ESPERAMOS DE VOCÊ

A - PONTUALIDADE E ASSIDUIDADE Esperamos que você cumpra sempre seus horários de entrada e saída, assim como seja assíduo no trabalho. B - APRESENTAÇÃO PESSOAL O aspecto pessoal também é muito importante para o dia a dia de nossa empresa, afinal, boa higiene cabe em todo lugar e em qualquer hora. Mantenha sempre sua roupa de trabalho em condições de uso, além do asseio corporal, o qual lhe manterá com aparência agradável. Atente-se para pequenos detalhes como: manter os cabelos e barba bem aparados e unhas curtas e limpas. www.sanchestripoloni.com.br

19


Manual de Integração

C - DISCIPLINA Em sua área de trabalho você responderá a um supervisor. Ele irá auxiliá-lo sempre que você tiver dúvidas ou necessidade de informações sobre a tarefa a ser desempenhada. Procure sempre aceitar as ordens de seu supervisor imediato. D - SIGILO Não será permitido o uso de informações confidenciais da empresa em benefício da concorrência ou divulgação das mesmas aos demais colaboradores. Os assuntos e informações pertinentes ao seu trabalho e à empresa não devem ser divulgados a pessoas ou entidades estranhas. Cuide para que os papéis e arquivos eletrônicos de seu trabalho fiquem bem guardados e não sejam retirados do local sem a permissão do seu superior imediato. E - PRESERVAÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Cuide bem de tudo o que a empresa lhe confiar, como máquinas, ferramentas, computadores, móveis, armários, telefones e materiais. Acione a área responsável sempre que notar algum defeito nos equipamentos, instrumentos ou instalações. Lembre-se que é de sua responsabilidade guardar seus equipamentos, instrumentos e ferramentas de trabalho, bem como desligá-los e cobri-los, quando for o caso, antes de sair de seu local de trabalho. F - DESPERDÍCIO DE MATERIAL O uso indevido e desnecessário de material implica em aumento de 20

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

custos. Isto não é bom nem para você nem para a empresa. Portanto, procure utilizar adequadamente e racionalmente todos os materiais, ferramentas, impressos e suprimentos. Evite desperdícios. G - ATENDIMENTO AO CLIENTE É de sua responsabilidade, ao ser solicitado por um cliente, atendê-lo bem, ainda que seja no encaminhamento para outro setor responsável. H - USO ADEQUADO DOS RECURSOS DA EMPRESA Os Recursos da empresa estão dimensionados para atender suas necessidades operacionais, agilizar sistemas de informações, integrar colaboradores, reduzir custos e melhorar a eficiência dos processos. Portanto, utilize-os de forma racional, moderada e com bom senso. Telefone: As linhas telefônicas devem estar sempre à disposição dos clientes e da empresa. Dessa forma, utilize-as para casos pessoais com moderação e bom senso. Siga as instruções: ● Atenda ao primeiro toque, com gentileza e presteza; ● Fale o seu nome, seguido de saudação; ● Não confie na memória, tenha em mãos papel e caneta; ● Não deixe esperando quem o chamou; ● Fale o necessário, sendo claro, breve e objetivo; ● Faça ou transfira você mesmo suas ligações; ● Encerre a conversa cordialmente; ● Planeje sempre o que você vai tratar antes de fazer uma ligação telefônica. www.sanchestripoloni.com.br

21


Manual de Integração

Tecnologia de Informação: Não é permitido arquivar nos servidores nenhum material particular. Os serviços de e-mail e de internet devem ser usados com bom senso para não sobrecarregar os servidores. Portanto, não devem ser enviados por e-mail e nem baixados arquivos particulares cujo conteúdo seja, por exemplo: jogos, vídeos, músicas, imagens e fotos. Também não é permitido o envio de e-mails particulares diversas vezes, bem como o acesso a sites de bate papo, redes sociais, jogos, conteúdo impróprio, cenas obscenas e semelhantes.

I - COMÉRCIO Não é permitido a venda de roupas, jóias, cosméticos, ou qualquer outro produto ou serviço, nem promover empréstimos de dinheiro dentro da empresa.

J - UTILIZAÇÃO DE ÁLCOOL E DROGAS Não é permitido o uso de bebidas alcoólicas, drogas e cigarros no ambiente da empresa. Cultive hábitos sadios para preservar sua saúde e o bom desempenho das suas atividades.

K - COLABORAÇÃO E COMPROMETIMENTO Mantenha sempre o espírito de equipe, tendo bom relacionamento com seus colegas de trabalho. Procure sempre colaborar. Seja comprometido com suas atividades e com a empresa, buscando executar suas tarefas de forma eficiente.

22

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

REGULAMENTO INTERNO A seguir apresentamos-lhe o REGULAMENTO INTERNO, que deve receber toda a sua atenção e ser respeitado (por você e) por todos os seus companheiros. 1 - Observar rigorosamente os horários de entrada, almoço e saída, marcando seu cartão. 2 - Comunicar de imediato, ao seu superior hierárquico, qualquer falta ao trabalho, seja motivada por força maior ou por doença. Estas faltas deverão ser justificadas mediante comprovação legal no primeiro dia subsequente às mesmas. 3 - Zelar pelos bens patrimoniais da Sanches Tripoloni, de modo a evitar possíveis danos. Fica estabelecido que o colaborador será responsabilizado por qualquer prejuízo que venha causar à empresa, em decorrência da falta de atenção, dolo, imprudência ou negligência. 4 - Manter sigilo sobre seu salário, assim como respeitar a natureza confidencial do salário alheio. 5 - Usar os equipamentos de proteção individual (EPI’s), que é exigido e fornecido pela empresa, em locais que o requeiram para sua proteção, prevenindo, assim, eventuais acidentes. 6 - Manter sempre limpa sua área de trabalho, assim como manter também máquinas, ferramentas, mesas, armários e outros pertences em bom estado de ordem. Preze pelo perfeito funcionamento daquilo que opera, comunicando de imediato ao seu superior hierárquico www.sanchestripoloni.com.br

23


Manual de Integração

sempre que algo irregular ocorrer. 7 - Colaborar com os companheiros e evitar brincadeiras durante o expediente de trabalho, para que não ocorram situações desagradáveis. 8 - Obedecer às ordens e instruções determinadas por superiores hierárquicos. 9 – Prezar pela máxima disciplina no local de trabalho. 10 - Manter na vida privada e profissional conduta compatível com a dignidade do cargo ocupado e com a reputação do quadro de pessoal da empresa. 11 - Respeitar os avisos afixados no mural da empresa. 12 - Observar as regras internas de segurança, higiene e trânsito, para evitar acidentes. 13 - Atender aos clientes e ao público com máxima cordialidade mesmo que não tenha qualquer relação com seu setor.

AO COLABORADOR NÃO É PERMITIDO 1 - Deixar seu local de trabalho antes do horário convencionado ou sem autorização de seu superior. Deve somente interromper seu trabalho no término do horário estipulado. 2 - Usar o telefone para tratar de assuntos particulares, ainda que nenhum ônus recaia sobre a Sanches Tripoloni, a não ser em caso de extrema necessidade, e ainda assim, com autorização de seu superior hierárquico. As 24

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

chamadas interurbanas particulares terão seu custo deduzido do salário do colaborador (a). 3 - Sentar-se em máquinas ou equipamentos nas dependências da empresa. 4 - Rabiscar paredes, inscrições ou avisos, equipamentos e instalações da empresa, danificar ou praticar qualquer estrago nos veículos de que se utilize. 5 - Apresentar-se embriagado ao serviço, fazer uso de bebida alcoólica no recinto ou durante a jornada de trabalho, bem como, momentos antes do início das suas atividades. 6 - Portar armas de fogo dentro da Sanches Tripoloni ou quando a trabalho, fora dela. Há exceção, caso seja expressamente autorizado pela empresa. 7 - Promover abaixo assinados, listas e subscrições, salvo quando autorizado por escrito pela empresa. 8 - Utilizar material, ferramentas, máquinas ou veículos da empresa para fins particulares. 9 - Negociar por conta própria ou alheia sem permissão da empresa, inclusive fazendo-lhe concorrência, sendo prejudiciais aos seus serviços e interesses. 10 - Receber visitas de vendedores em geral, durante o expediente, salvo quando autorizado pela Diretoria. 11 - Marcar cartão ponto de outro companheiro e vice-versa. 12 - Visitas de caráter particular durante o expediente, salvo em casos excepcionais, para os quais o colaborador (a) deverá obter permissão de seu superior e empregar o menor tempo possível. www.sanchestripoloni.com.br

25


Manual de Integração

13 - Comentar com terceiros, assuntos confidenciais da empresa que sejam de seu conhecimento em virtude de sua função. 14 - Praticar atos ou fazer gestos obscenos, bem como usar palavras de baixo calão, nas dependências da empresa. 15 - Aceitar gorjetas de quem quer seja, no momento em que estiver trabalhando. 16 - Permitir que pessoas estranhas adentrem em veículos da empresa. 17 - Fazer parte de empresas ou iniciativas que concorram com quaisquer atividades da empresa. 18 - Promover ou participar de jogos nas dependências da empresa, ou quando uniformizado, em qualquer outro local. 19 - Valer-se do cargo para conseguir proveito pessoal bem como, em razão dele, receber vantagens de terceiros.

ATENÇÃO A inobservância de qualquer um dos itens do REGULAMENTO INTERNO ou das disposições da Consolidação das leis do Trabalho (CLT) poderá acarretar penas disciplinares, abaixo discriminadas: A) Advertência Verbal; B) Advertência Escrita; C) Suspensão; D) Demissão por Justa Causa.

26

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

QUALIDADE O que é a Política da Gestão Integrada? São os objetivos do Sistema de Gestão Integrado definidos e divulgados pela direção da empresa e que todos os colaboradores tem o dever de contribuir para o seu alcance. Você pode visualizar a política da empresa no início deste manual. Como você pode contribuir com a política da empresa? ● Cumprindo o que está definido em seu

procedimento de trabalho; ● Despendendo esforços para que o

trabalho em equipe seja o mais produtivo e agradável possível; ● Procurando assimilar novos conhecimentos de forma a conseguir

melhoria contínua nos serviços; ● Participando de treinamentos e conscientizações organizados

pela empresa; Utilizando seus equipamentos de proteção individual – EPI e cobrando de seus colegas de trabalho o uso dos mesmos; ●

www.sanchestripoloni.com.br

27


Manual de Integração

● Prevenindo a poluição am-

biental participando da coleta seletiva e monitorando para que não haja contaminação do solo e água com óleo, graxas e outros contaminantes;

● Economizando recursos naturais como

consumo de água e energia elétrica.

Sistema de Gestão Integrado - SGI O Sistema de Gestão Integrado é a combinação de processos, procedimentos e práticas adotadas por uma organização para implementar suas políticas e atingir seus objetivos de forma mais eficiente. É a gestão que permite integrar, nas operações do dia a dia das empresas, os aspectos e objetivos da qualidade, do desempenho ambiental, da segurança e saúde ocupacional e da responsabilidade social. 28

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Alguns Benefícios do Sistema de Gestão Integrado ● Melhoria na qualidade dos serviços; ● Realização de objetivos e metas da empresa; ● Economia de tempo e custos; ● Maior controle dos riscos com acidentes ambientais; ● Satisfação de clientes e funcionários ● Redução e controle de custos ambientais; ● Prevenção de falhas ao invés de suas correções.

O que é a ISO? ISO é a sigla da Organização Internacional de Normalização, com sede em Genebra, Suíça e que cuida da normalização (ou normatização) em nível mundial. A ISO cria normas nos mais diferentes segmentos (existem normas, por exemplo, para classificação de hotéis, café, usinas nucleares, etc.).

www.sanchestripoloni.com.br

29


Manual de Integração

O QUE É PBQP-H?

O PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat) é um instrumento do Governo Federal que tem como meta organizar o setor da construção civil em torno de duas questões principais: a melhoria da qualidade do habitat e a modernização produtiva. É a certificação específica para empresas do setor de serviços e obras atuantes na Construção Civil. 30

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

CERTIFICAÇÃO

A implantação do Sistema de Gestão Integrado resultou, em 2010, na certificação da empresa nas normas NBR-ISO 9001:2008 e PBQP-H nível “A”. Visando alcançar novas metas e buscando a excelência na prestação dos seus serviços, a diretoria identificou a necessidade de melhoria contínua dos seus processos, de renovação de equipamentos e de investimento em funcionários e tecnologia. Desse modo, suas metas, agora, são as certificações nas normas: NBR-ISO 14001 (Meio Ambiente), OHSAS 18001 (Segurança e Saúde no Trabalho) e SA 8000 (Responsabilidade Social). O processo de certificação e sua manutenção só acontecem quando todas as pessoas envolvidas, direta ou indiretamente, estão seriamente comprometidas num mesmo propósito. www.sanchestripoloni.com.br

31


Manual de Integração

Gerenciamento de documentos do SGI Para facilitar o controle de documentos de todos os departamentos da empresa, contamos com a ajuda de um sistema de Gerenciamento Integrado. É um sistema informatizado, onde é possível controlar as normas que a empresa está implantando. Através desse software é realizado o controle dos documentos de cada processo, tais como: DI – Documentos Internos (procedimentos, formulários, instruções de trabalho, documentos complementares), DE – Documentos Externos (Normas Regulamentadoras, Legislações), revisão de documentos, distribuição de cópias, documentos aprovados ou cancelados, registros de RNC’s e ROM’s e demais informações, podendo ser utilizados para consulta por todos os colaboradores. Procedimentos obrigatórios

32

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

São procedimentos exigidos para a obtenção da certificação da ISO: Manual de Gestão Integrada: Relata alguns tópicos como o histórico e o diagnóstico da situação da empresa, escopo, política da qualidade, responsabilidades e autoridades, gestão de recursos, monitoramento e medição de objetivos e metas. Controle de Documentos e Registros: Define sistemática para padronizar a elaboração, o controle, a distribuição e a revisão dos documentos do Sistema de Gestão da empresa Construtora Sanches Tripoloni. Auditoria Interna: Estabelecer a sistemática para planejar, executar e documentar as Auditorias Internas, objetivando verificar a adequação e conformidade do SGI e sua efetiva implementação. Tratamento das não-conformidades, ações corretivas e preventivas: Estabelecer diretrizes para o tratamento das não-conformidades, bem como as ações corretivas e preventivas. Fique Sabendo! Quando você não cumpre o que está determinado nos procedimentos ou no manual integrado, isso é considerado uma não conformidade. O que é um registro de não-conformidade (RNC)? Ele acontece quando deixamos de cumprir algo descrito nos procedimentos ou manual integrado. Isso quer dizer que uma não-conformidade é uma falha no Sistema de Gestão Integrado. E se é uma falha, é nossa obrigação corrigi-la. Mas, antes de tudo, devemos comunicar o RNC para que seja registrado. Essa comunicação pode ser feita com o seu superior imediato ou no setor da Qualidade por qualquer meio disponível. www.sanchestripoloni.com.br

33


Manual de Integração

O que é um registro de oportunidade de melhoria (ROM)? Podemos classificar o ROM em dois tipos:

● Observação (preventiva): acontece quando há uma situação que, se não for tratada corretamente, pode comprometer o sistema de gestão e futuramente gerar uma não conformidade, por isso chamamos também de preventiva. Prevenir a ocorrência de não conformidades potenciais ● Melhoria: acontece quando determinada situação está correta, porém pode ser melhorada ainda mais. Programa 5’S O programa 5’S é um método de trabalho que busca promover a disciplina na empresa através da consciência e responsabilidade de todos, de forma a tornar o ambiente de trabalho agradável, seguro e produtivo. O programa recebeu esse nome devido às iniciais de cinco palavras japonesas que sintetizam as cinco etapas do programa: 1 - SEIRI (Utilização): Separar as coisas necessárias e eliminar as desnecessárias. 34

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

2 - SEITON (Arrumação): Identificar e arrumar tudo, para que qualquer pessoa possa localizar facilmente o que precisa e a visualização seja facilitada. 3 - SEISO (Limpeza): Eliminar sujeira, poeira e manter um ambiente sempre limpo, aprendendo a não sujar. 4 - SEIKETSU (Saúde e Higiene): Manter um ambiente de trabalho sempre favorável à saúde e higiene. 5 - SHITSUKE (Auto Disciplina): Fazer dessas atitudes um hábito, transformando o 5`S num modo de vida.

www.sanchestripoloni.com.br

35


Manual de Integração

SEGURANÇA DO TRABALHO

Regras para preservação à saúde e segurança no trabalho A segurança do trabalho é um conjunto de regras que visam o bem estar do trabalhador, garantindo ao mesmo a execução do seu trabalho de forma segura, e evitando a ocorrência de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

REGRAS, NORMAS E PROCEDIMENTOS Existem para serem cumpridas

36

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Fica expressamente proibido: ● Portar armas de fogo, armas brancas ou qualquer material que possa colocar em risco a integridade dos demais trabalhadores, nas dependências da empresa ou seus canteiros de obras e alojamentos, bem como ingressar nas dependências da empresa com substâncias nocivas à saúde dos demais trabalhadores; ● Ingressar nos canteiros de obras, frentes de trabalho ou setores industriais da empresa de chinelos, tamancos, tênis, camisetas regatas, shorts ou bermudas; ● Caso você venha a conduzir veículos da empresa, os mesmos são exclusivamente para uso em trabalho, sendo terminantemente proibido dar carona a terceiros, que não tenham relação empregatícia com a empresa; ● Dar ou pegar carona nos equipamentos de terraplanagem e pavimentação; ● Fazer uso de celular durante o trabalho, em locais com movimentação de veículos, máquinas e equipamentos; ● Fazer uso de celular durante a condução de veículos e/ou operação de máquinas e equipamentos;

www.sanchestripoloni.com.br

37


Manual de Integração

● Utilizar objetos de adorno pessoal, como pulseiras, brincos, colares ou crachá com cordão de tecido, próximo a locais com movimentação de veículos, máquinas e equipamentos;

● Fumar em locais predefinidos como: oficina, depósitos, escritórios, áreas de abastecimento e lubrificação de máquinas, carpintarias entre outros;

● Ingerir bebidas alcoólicas ou outras substâncias ilícitas nas dependências da empresa bem como no interior de alojamentos ou repúblicas mantidas pela mesma, e ainda ingressar nas dependências da empresa alcoolizado ou sob a influência de substâncias ilícitas;

● Efetuar reparos em equipamentos elétricos ou mecânicos bem como alterar as características desses equipamentos, exceto profissionais qualificados devidamente autorizados pela empresa;

38

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

RESPEITE AS INSTRUÇÕES DE TRABALHO:

● Não improvise. O improviso pode causar acidentes; ● Não utilize os recursos da empresa em beneficio próprio; ● Não obstrua os extintores de incêndio; ● Não misture produtos químicos, a menos que você tenha conhecimento sobre o assunto; ● Não realize brincadeiras durante o expediente de trabalho, respeite seu companheiro de trabalho; ● Ofensas pessoais de qualquer natureza são expressamente proibidas. O respeito é fundamental para o bom relacionamento entre as pessoas; ● Nunca retire as proteções existentes nas máquinas, ferramentas e equipamentos; a proteção está ali para sua segurança; www.sanchestripoloni.com.br

39


Manual de Integração

Obrigações do Trabalhador: ● Respeitar as normas de segurança e saúde do trabalho; ● Manter sua área de trabalho organizada e limpa, evitando o acúmulo de materiais e prezando pela ordem; ● Respeitar a sinalização de advertência existente em seu local de trabalho; ● Manter a atenção no trabalho que estiver executando; ● Utilizar os EPI´s recomendados para serviço que você estará realizando; ● O uso do uniforme é obrigatório para jornada de trabalho e para todos trabalhadores; ● Ao conduzir máquinas e equipamentos, utilizar o cinto de segurança; ● Operar e manusear somente máquinas e equipamentos para os quais você tenha recebido treinamento; ● Na dúvida, não execute. Pare o trabalho e peça auxílio ao responsável pelo setor; ● Motoristas - Respeitar os limites de velocidade impostos para frentes de trabalho; I - Até 20 Km/h nos trechos da obra onde se encontram os colaboradores executando suas atividades. II - Até 40 Km/h nos trechos da obra onde não possui asfalto. Acender os faróis para que, caso haja poeira, possa facilitar a visibilidade dos demais. III - Até 60 Km/h nos trechos da obra que se encontram asfaltados. IV - Até 80 Km/h nas vias de trânsito rápido (fora do trecho da obra). Devem-se observar os limites estabelecidos para elas. A velocidade mínima nessas vias não poderá ser inferior à metade da velocidade máxima. V - Quando dirigir sob chuva, é preciso reduzir 20% da velocidade 40

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

permitida. VI - As luzes do veículo deverão ser mantidas sempre acesas para a orientação de outros motoristas, mesmo que o dia esteja claro.

● Motoristas e operadores de máquinas deverão inspecionar diariamente seus equipamentos, observando o bom funcionamento: ● Sinal sonoro de ré; ● Lanternas e sinaleiras; ● Buzina; ● Pneus; ● Sistema de freios; ● Radiador (nível d’ água); ● Fluidos do motor (nível de óleo); ● Vazamentos de óleo (contaminação ambiental); ● Comunicar toda irregularidade encontrada em seu local de trabalho

www.sanchestripoloni.com.br

41


Manual de Integração

que possa propiciar a ocorrência de um acidente; ● Comunicar imediatamente todo acidente que venha a ocorrer, inclusive os de trajeto, ao departamento de segurança do trabalho da empresa – SESMT; ● Realizar exames ocupacionais, conforme definição da empresa; ● Solicitar a substituição imediata de seu EPI quando necessário; ● Responsabilizar-se pela guarda e conservação, bem como higienização, dos EPI´s fornecidos pela empresa; ● Devolver o EPI usado para retirada de um novo; ● Jamais carregar peso excessivo. Peça ajuda a um colega; ● Ao manusear produtos químicos, solicitar a FISPQ ao setor de segurança. Manter a FISPQ sempre à mão; ● Observar atentamente a localização dos extintores, pois existem regras básicas a serem seguidas para realizar um combate eficaz a um principio de incêndio que podem evitar um possível agravamento; ● Sempre que existir um princípio de incêndio comunique Tipo de Extintor

Água Pressurizada (Ag)

Gás Carbônico (CO²)

Pó Químico Seco (PQS)

Material em Combustão

A

Sólidos Inflamáveis

Madeira, Papel, Trapos, Etc...

Sim

Não

Não

B

Líquidos Inflamáveis

Gasolina, Dieese, Gás de cozinha, Etc...

Não

Não

Sim

C

Equipamentos Elétrico

Painéis Elétricos, Transformadores, Etc...

Não

Sim

Sim

imediatamente o responsável, avalie a situação e, se necessário, saia imediatamente do local; 42

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

● Participe dos DSS – Diálogos Semanais de Segurança. Contribua com ideias, informe as condições de riscos encontradas e colabore para se ter um ambiente de trabalho mais seguro e saudável; ● Participe dos treinamentos de segurança quando convocado. Lembre-se: o conhecimento nunca será tirado de você.

A

B

C

Regras para Funcionários Alojados: ● Não fume nas áreas comuns dos alojamentos; ● É expressamente proibido o consumo de bebidas alcoólicas no interior dos alojamentos; ● Respeite os demais funcionários alojados: todo barulho deve ser encerrado às 22h. O descanso é fundamental para um bom dia de trabalho; ● Não altere e nem improvise reparos nas instalações elétricas dos alojamentos. Caso identifique algum problema, solicite correções ao pessoal responsável (SESMT); ● Não cozinhe nem aqueça alimentos dentro dos alojamentos, a menos que exista local adequado para essa tarefa. www.sanchestripoloni.com.br

43


Manual de Integração

CIPA

(COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO)

LEMBRE-SE!

Você é muito importante para nós, porém muito mais importante para sua família. Trabalhe com segurança. ● Em todas as unidades da empresa existe uma CIPA, composta por colaboradores eleitos e indicados pela empresa. Procure conhecer o cipeiro do seu setor e cobre dele atitudes que contribuam para a segurança de todos os trabalhadores da empresa; ● Os membros da CIPA são importantes multiplicadores dos ideais de prevenção e segurança no trabalho para todos os colaboradores da empresa. ● A comissão se reúne uma vez por mês para discutir assuntos pertinentes à segurança e saúde no trabalho, analisando os possíveis incidentes ocorridos, além de organizar mapas de riscos que deverão ser afixados nos murais dos setores, alertando o trabalhador para os riscos existentes no local. 44

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Simbologia das Cores No mapa de riscos, os riscos são representados e indicados por circulos coloridos de três tamanhos diferentes Risco Biológico Leve Risco Biológico Médio Risco Biológico Alto

Risco Químico Leve

Risco Mecânico Leve

Risco Químico Médio

Risco Mecânico Médio

Risco Químico Alto

Risco Mecânico Alto

Risco Ergonômico Leve Risco Ergonômico Médio Risco Ergonômico Alto

Risco Físico Leve Risco Físico Médio Risco Físico Alto

Levantamento dos riscos ambientais: GRUPO 1

GRUPO 2

GRUPO 3

GRUPO 4

GRUPO 5

Riscos Físicos

Riscos Químicos

Riscos Biológicos

Riscos Ergonômicos

Riscos Mecânicos

Ruídos Calor Frio Umidade Riscos Ionizantes Pressões Anormais Riscos Não Ionizantes

Poeiras

Esforço Físico Intenso

Máquinas e Equipamentos sem Proteção

Fumos

Vírus

Gases

Bactérias

Vapores

Fungos

Névoas

Parasitas

Produtos Químicos em Geral

Bacilos

Levantamento e Tranporte manual de peso Monotonia e Repetitividade Trabalho em Turno Noturno

Ferramentas Inadequadas Eletricidade Armazenamento Inadequado Arranjo Físico Inadequado

Ruído – Máquinas e Equipamentos ● Uso obrigatório de protetor auditivo. Umidade – Limpeza de máquinas e áreas de trabalho ● Uso obrigatório de conjuntos impermeáveis de PVC, luvas e botas de borracha. Radiação não Ionizante – Serviços de solda ● Uso de máscaras de solda, vestimentas de raspa, luvas, aventais e perneiras; Radiação não Ionizante – trabalho a céu aberto com exposição a raios solares; ● Uso de protetor solar. www.sanchestripoloni.com.br

45


Manual de Integração

Poeiras em Geral ● Quando estiver em locais com grande concentração e emissão de poeiras é obrigatório o uso de proteção respiratória, máscara e respiradores. Contato com produtos químicos industriais ● Quando utilizar produtos químicos, como tintas, óleos, solventes, produtos derivados de petróleo ou cimento, também é necessário o uso de proteção respiratória específica, além de luvas ou cremes protetores e óculos de proteção. Contato com produtos de limpeza de uso doméstico ● Devem ser utilizados pelo pessoal da limpeza: botas de borrachas e luvas de látex. Ergonomia ● Ajuste sua célula de trabalho para que você tenha maior conforto durante a jornada de trabalho. ● Trabalhe com iluminação adequada; ● Realize alongamentos antes do início do trabalho; ● Mantenha seu local de trabalho organizado; ● Tenha atitudes corretas para levantamento e transporte manual de cargas; ● Utilize óculos de proteção para trabalhos com esmeril, furadeiras ou qualquer objeto ou ferramenta que projete partículas; ● No manuseio de peças, chapas de ferro, madeira ou qualquer material abrasivo, utilize luvas de proteção; ● Em trabalhos em altura acima de 2 metros da linha de cintura é obrigatório uso de cinto de segurança com talabarte em duplo, com ponto de ancoragem específico e capacete de segurança; ● O uso do capacete é obrigatório para todo pessoal de obra especial e setores industriais da empresa; 46

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

SEGURANÇA NA MONTAGEM DE ANDAIMES

A montagem deve ser iniciada com a colocação das sapatas (fixas ou ajustáveis) em chão nivelado. Coloque 2 (dois) painéis do mesmo comprimento, com as pontas de encaixe viradas para cima, encaixando a primeira diagonal. Para montagem com rodas, encaixe junto à base duas diagonais em forma de X e após coloque as 4 (quatro) rodas. Depois, continue a montagem sempre utilizando 1 (uma) diagonal a cada 3 metros. (Fig. 1) Dois painéis com comprimentos correspondentes à largura do andaime devem ser encaixados em cima dos 2 (dois) painéis iniciais (Fig. 2). www.sanchestripoloni.com.br

47


Manual de Integração

Após a colocação do terceiro módulo, coloque a escada de acesso. Em seguida, coloque os pisos de trabalho em toda a extensão do andaime. Suspenda as peças (painéis metálicos) com o auxílio de corda. Utilize sempre cinto de segurança do tipo paraquedista com duplo talabarte e com ganchos de abertura mínima de 50m. Durante a movimentação do operário, sempre um dos ganchos deverá estar preso junto ao andaime. Os painéis devem continuar sendo encaixados perpendicularmente uns acima dos outros e dois a dois. Aperte bem os parafusos de fixação. Suba e desça pela escada. ● Não monte andaimes próximos a redes elétricas; ● Isole o local de montagem dos andaimes. Não permita a presença de pessoas alheias ao trabalho no local; ● É proibido montar andaimes em superfícies inclinadas sem que haja a utilização de sapatas ajustáveis; ● Não é permitida a montagem de andaimes sobre veículos; ● A montagem do andaime deve ser realizada sempre por mais de um colaborador bem como a desmontagem; ● Fica expressamente proibida a movimentação de andaimes com trabalhadores sobre o mesmo; ● Durante a montagem e desmontagem dos andaimes as peças deverão ser içadas por cordas; ● Fica proibido o uso de bases rodízio em superfícies inclinadas; ● A base rodízio deve permanecer travada durante todo o tempo, exceto durante a movimentação do andaime; ● As torres dos andaimes não podem exceder em altura quatro vezes a dimensão de sua base. Quando isso ocorrer, a torre deverá estar ancorada em pontos fixos; ● Os pisos de trabalho deverão ter forração completa. Caso as plataformas sejam de madeira, as mesmas deverão ser de boa 48

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

qualidade, ter espessura mínima de 2,5cm, não ter nós nem rachaduras, sendo proibido o uso de pintura que encubra suas imperfeições. ● O acesso aos andaimes deverá ser feito de forma segura, ou através da utilização de escadas incorporadas ou sobrepostas à torre do andaime; ● Fica proibido o uso de escadas sobre pisos de andaimes ou outros meios para atingir locais mais altos; ● Os andaimes deverão dispor de guarda-corpo e rodapé em todo seu perímetro de piso de trabalho e travessão superior;

1

2

3

4

● As estruturas dos andaimes deverão ser fixadas à construção por meio de amarração. ● Fica proibida a retirada de qualquer dispositivo de segurança dos andaimes; ● Somente será permitido depositar materiais de uso imediato sobre os andaimes desde que esse peso não comprometa a estrutura do andaime; ● Havendo suspeita de avarias nas peças, as mesmas deverão ser substituídas imediatamente; www.sanchestripoloni.com.br

49


Manual de Integração

Guarda Corpo Travessas: Superior (h=1,20 m) Médio (h=0,70 m)

Acesso ao Andar

Rodapé (20 cm) Piso Total Metálico

Identificação do Fabricante

Espessura das Paredes: e=2,65 mm

Acesso Seguro (Escada Incorporada ou Sobreposta)

Diâmetro do Montante 42,20 mm

Rodízio com Travamento ø mínimo = 13 cm

Sapata Fixa ou Ajustável

Apoiar sobre as Sapatas

Diagonal a cada 3 m

Use em local nivelado

Cinto de Segurança Paraquedista - Duplo Talabarte

Rodízios com Travamento de segurança Guarda-Corpo - Travessa Superior 1,20 m / Médio 0,70 m Rodapé - 0,20 m em toda a extensão Acesso Seguro - Escada: Largura 0,40 m / Degraus 25 a 30 cm

50

Diagonal a cada 3 m

Com amarração de 3 m em 3 m Não trabalhar sob chuva Altura máxima de montagem sem amarração Painel de 1 m - 4 m; Painel de 1,50 m - 6 m; Painel 2 m - 8 m Piso total anti-derrapante

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

CUIDADOS GERAIS COM FERRAMENTAS Painéis Metálicos para Andaimes Plataformas necessárias a execução de trabalhos em lugares elevados, onde não possam ser executados em condições de segurança a partir do piso.

Capacete

Botas

Luvas

Cinto de Segurança

Cuidados Especiais ● Não monte andaimes metálicos próximos da rede elétrica ou desligue a rede elétrica (NR-18.15.4) ● Isole a área de trabalho e não permita acesso de outras pessoas, especialmente de crianças. ● Não monte andaimes sobre veículos. ● É proibido o deslocamento de andaime com trabalhadores sobre os mesmos. ● É proibido, sobre o piso de trabalho de andaimes, a utilização de escadas e outros meios para se atingirem lugares mais altos. ● A estrutura dos andaimes deve ser fixada à construção por meio de amarração. Em casos onde isso não for possível, estaiar a cada três metros de altura do andaime, de modo a resistir aos esforços a que estará sujeito. www.sanchestripoloni.com.br

51


Manual de Integração

Bombas Submersas São utilizadas em diversas aplicações, como valas, piscinas, caixas d’água, fundações com prédios, águas pluviais, esgoto leve em edificações e outros.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Faça o aterramento do equipamento. ● Não permita entrada do trabalhador na água com a bomba em funcionamento e/ou com a rede energizada. Desligue a energia. ● A instalação no local de trabalho deverá ser feita por um eletricista. ● Em equipamentos com motor externo (gasolina), instale em local nivelado e bem ventilado. ● Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases de escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal. ● Utilize somente extensões do tipo PP, sem emendas ou fios descascados. Desenrole toda a extensão antes de usá-la.

52

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Betoneiras São misturadores de materiais. O mais usual é a betoneira de 400 litros, também conhecida como de uma (01) massada.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Não utilize a máquina sem o devido aterramento. ● A operação de máquinas e equipamentos que exponham o operador e terceiros a riscos, só pode ser feita por trabalhador qualificado e identificado por crachá. ● Observar as recomendações das normas. ● Utilize extensões somente com cabo de tipo PP, sem emendas ou fios descascados. ● Para distâncias até 10 m- fios 2,5 mm², até 20 m - fios 4 mm² e até 30 m- fios de 6mm². Acima de 30m, não recomendamos o uso de extensões (neste caso, sugerimos como alternativa o gerador). ● Não trabalhe sob chuva; não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases líquidos inflamáveis. www.sanchestripoloni.com.br

53


Manual de Integração

Cortador de Grama Roçadeira

Capacete

Luvas

Máscara

Botas

Caneleira

Cuidados Especiais ● Durante o manuseio do equipamento, utilize protetor facial, botas e roupas adequadas. ● Antes de iniciar o corte, retire pedras, galhos e objetos que possam ser arremessados. Não utilize próximo a pessoas ou animais. ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Utilize fios conforme indicado - Até 30 mts – fios 2,5 m², até 50 mts –fios 4,0 mm² Acima de 50 mts, utilize equipamentos à gasolina. ● Não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases e líquidos inflamáveis. ● Desligue a máquina para trocar a ferramenta de corte e para tirá-la do cinto. ● Para roçadeira à gasolina: Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases do escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal.

54

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Compactadores Destinados a compactar solos granulares e mistos com alto conteúdo de argila.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● A operação de máquinas e equipamentos, que exponham o operador e terceiros riscos, só pode ser feita por trabalhador qualificado e identificado por crachá. (NR- 18.22.1) ● Observar as recomendações das normas NR-18 E NR-12. ● Não trabalhe sob chuva. ● Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases do escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal. ● Nas imediações de uso desta máquina é proibido fazer fogo, fumar, bem como utilizá-la em locais sujeitos a gases e líquidos inflamáveis. ● Não compacte próximo de áreas sujeitas a desmoronamento (valas, barranco, inclinado, taludes etc). ● Não coloque as mãos e os pés próximos das partes móveis da máquina. www.sanchestripoloni.com.br

55


Manual de Integração

Policorte Desenvolvida para operações de corte, em condições úmidas e secas, de materiais refratários e de construção.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Faça o aterramento do equipamento. ● Utilize somente extensões do tipo PP, sem emendas ou fios descascados. Desenrole toda a extensão antes de usá-la. ● Em caso de emergência, deve-se interromper a máquina pressionando o botão vermelho. ● Não trabalhe sob chuva. ● O material a ser cortado deve ser mantido bem firme no local sobre a mesa, a fim de impedir qualquer movimento inesperado durante a operação de corte. ● Sempre corte com a capa de proteção do disco diamantado na posição correta.

56

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Cortadoras de Piso Uma excelente ferramenta para realizar cortes com precisão (juntas de dilatação) em pisos de concreto e asfalto.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● A operação de máquinas e equipamentos, que exponham o operador e terceiros a riscos, só pode ser feita por trabalhador qualificado e identificado por crachá. (NR- 18.22.1) ● Observar as recomendações das normas NR-18 E NR-12. ● Não trabalhe sob chuva. ● Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases do escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal. ● Nas imediações de uso desta máquina é proibido fazer fogo, fumar, bem como utilizá-la em locais sujeitos a gases e líquidos inflamáveis. ● Não coloque as mãos e os pés próximos das partes móveis da máquina. www.sanchestripoloni.com.br

57


Manual de Integração

Vibradores Indicados para transmitir vibrações no concreto ainda fresco, eliminando os espaços vazios nas peças.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases e líquidos inflamáveis. ● Os vibradores de imersão devem ter dupla isolação e os cabos de ligação protegidos contra choques mecânicos e cortes pela ferragem, devendo ser inspecionados antes e durante a utilização (NR 1818.9.1) Para manter a gasolina: ● Em equipamentos com motor externo (gasolina), instale em local nivelado e bem ventilado. ● Nas imediações de uso desta máquina é proibido fazer fogo, fumar, bem como utilizá-la em locais sujeitos a gases e líquidos inflamáveis. ● Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases do escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal.

58

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Ferramentas elétricas Excelentes equipamentos capazes de realizar tarefas com precisão, rapidez, economia e com muito pouco esforço físico para o operador.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● A operação de máquinas e equipamentos que exponham o operador e terceiros a riscos só pode ser feita por trabalhador qualificado e identificado por crachá. (NR- 18.22.1) ● Observar as recomendações das normas NR-18 E NR-12. ● Utilize somente extensões do tipo PP, sem emendas ou fios descascados. Desenrole toda a extensão antes de usá-la. ● Não trabalhe sob chuva. ● Não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases e líquidos inflamáveis. www.sanchestripoloni.com.br

59


Manual de Integração

Geradores O gerador é utilizado para a alimentação de equipamentos em locais onde a eletricidade não está disponível.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Esse equipamento requer atenção e cuidados especiais quanto ao seu uso e instalação, que somente um profissional qualificado poderá fazê-lo. ● Não utilizar em recinto fechado. Há risco de morte, pois os gases do escape contém monóxido de carbono, um gás venenoso, sem cheiro e mortal. ● Geradores portáteis geralmente não possuem AVR (Automatic Voltage Regulator), componente que controla e mantém a tensão de saída do gerador constante através de atuação sobre a carga. Desta forma, não recomendamos a utilização dos mesmos para alimentação de produtos eletrônicos sensíveis como: computadores, aparelhos de som, TV e similares.

60

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Marteletes e Martelos Martelo Rompedor (5 kg a 7 kg)

Destinados para retirada de reboco e revestimentos em paredes.

Marteletes Perfuradores (2 kg a 4 kg)

Para executar furos em concreto, pedras e refratários.

Martelo Demolidor leve (10 kg a 13 kg)

Destinados à demolição de alvenaria, pequenas vigas e pilares de concreto, revestimento de pisos e concreto magro.

Martelo Demolidor (16 kg)

Destinados demolir pequenas estruturas de concreto em geral (pisos, vigas, lajes, etc) e asfaltos.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Somente inicie o trabalho após ter verificado todas as condições de segurança do local e da máquina. ● Nunca use o equipamento em função para a qual você não foi protegido. ● Não faça adaptações com outros acessórios. ● Nunca ligue o equipamento sem estar com o ponteiro apoiado. Nunca utilize o equipamento com parafusos soltos, partes faltantes, peças quebradas ou acessórios inadequados. Ponteiro e talhadeiras afiadas melhoram as condições de trabalho e o rendimento do equipamento. ● Não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases e líquidos inflamáveis. ● Observar as recomendações das normas NR-18 E NR-12. www.sanchestripoloni.com.br

61


Manual de Integração

Martelo Demolidor 30 kg Destinado a demolição de pisos de concreto, vigas, lajes, sapatas, bases de máquinas, etc.

Capacete

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● A operação de máquinas e equipamentos, que exponham o operador e terceiros riscos, só pode ser feita por trabalhador qualificado e identificado por crachá. (NR- 18.22.1) ● Observar as recomendações das normas NR-18 E NR-12. ● Utilize somente extensões do tipo PP, sem emendas ou fios descascados. ● Para distâncias até 10 m- fios 2,5 mm², até 20 m - fios 4 mm² e até 30 m - fios de 6 mm². Acima de 30 m, não recomendamos o uso de extensões (neste caso, sugerimos como alternativa o gerador). ● Nunca utilize esse equipamento para escavar locais sujeitos a água, como poços ou valetas. Importante: Faça sempre uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), adequados a cada tipo de equipamento.

62

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Compressor de ar Destina-se à realização de pequenos serviços de pintura e reparo.

Capacete

Máscara

Luvas

Óculos

Botas

Cuidados Especiais ● Verifique se a tensão no local é compatível com o equipamento. ● Faça o aterramento do equipamento ● Não trabalhe sob chuva. ● Não utilize equipamentos elétricos em locais úmidos ou na presença de gases e líquidos inflamáveis. ● Não toque na máquina com as mãos úmidas. Não puxe a máquina pelo cabo elétrico e nem pela mangueira de ar. ● Nunca use ar comprimido para limpar o seu corpo ou de outras pessoas e nem aponte para animais. Não bata ar na roupa. ● Não utilize esse compressor em aplicações farmacêuticas, alimentares ou médicas. ● Nunca use pistola de ar direto em compressores com reservatório. ● Observe o devido funcionamento do manômetro. ● Caso observar sinais de corrosão, fissura ou danos no cilindro, paralise imediatamente a atividade e comunique o SESMT. www.sanchestripoloni.com.br

63


Manual de Integração

MEIO AMBIENTE O que é Meio Ambiente? É o local em que vivem os seres humanos e outras espécies de animais e vegetais, fornecendo suporte para a manutenção da vida.

O que é Gestão Ambiental? É a busca da melhoria contínua dos produtos, serviços e ambiente de trabalho em toda organização, levando-se em conta o fator ambiental. Em outras palavras, é a busca pela promoção de um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Objetivos e metas da Gestão Ambiental na empresa: ● Comprometimento com o atendimento à Legislação, Requisitos e Normas pertinentes às suas atividades e aspectos ambientais;

64

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

● Conscientizar e treinar os colaboradores, em todos os níveis, quanto à preservação do meio ambiente; ● Melhorar continuamente a qualidade dos serviços, tendo como foco principal a satisfação do cliente e a prevenção da poluição; ● Preservar o meio ambiente, através do tratamento adequado dos impactos ambientais causados pelos seus serviços e processos operacionais. Finalidade da gestão ambiental na empresa Criar o equilíbrio entre a rentabilidade e a redução do impacto ambiental, com o comprometimento de toda a organização, ou seja, desenvolvimento da empresa, crescimento e perpetuação, contribuindo de forma a não gerar impactos significativos no meio ambiente através das atividades desenvolvidas. Visa estimular a qualidade ambiental, possibilitando a redução de custos diretos, como água, energia e matérias-primas; e indiretos, como indenizações por danos ambientais. A Gestão Ambiental é um processo voltado a resolver, mitigar e/ ou prevenir os problemas de caráter ambiental, com o objetivo de promover um desenvolvimento sustentável. Para que isso ocorra, é necessário manter: ● Controle dos aspectos e impactos ambientais; ● Acondicionamento e destinação correta de resíduos gerados; ● Uso racional dos recursos naturais; ● Documentos/Registros (inclusive das ações).

www.sanchestripoloni.com.br

65


Manual de Integração

O que significa Desenvolvimento Sustentável? “Atender às necessidades da atual geração, sem comprometer a capacidade das futuras gerações em prover suas próprias demandas.” É o desenvolvimento que não esgota os recursos naturais, conciliando crescimento econômico e preservação da natureza. O que é Aspecto Ambiental? “… elementos das atividades, produtos e serviços de uma organização que podem interagir com o meio ambiente”. Como exemplo de aspectos ambientais podemos citar: ● Emissão de material particulado (como poeira); ● Equipamento com vazamento de óleo; ● Geração de resíduos; ● Consumo de recursos naturais. O que é Impacto Ambiental? Segundo a Resolução n.º 001/86 do CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente), Artigo 1º: “… qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente, afetam: I – A saúde, a segurança e o bem-estar da população; II – As atividades sociais e econômicas; III – A biota; IV – As condições estéticas e sanitárias do meio ambiente; V – A qualidade dos recursos ambientais.”

Segundo a Norma ISO 14001, impacto ambiental é: “qualquer modificação do meio ambiente, adversa ou benéfica, que 66

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

resulte, no todo ou em parte, das atividades, produtos ou serviços de uma organização”. Alguns exemplos de impactos ambientais: ● Poluição atmosférica (ar); ● Contaminação do solo; ● Contaminação do lençol freático; ● Poluição de cursos hídricos (rios, nascentes e outros). Gestão de resíduos no empreendimento: A empresa tem implantado, e vem praticando a coleta seletiva. Com isso, possibilita a destinação adequada dos resíduos gerados na atividade, através de empresas autorizadas.

www.sanchestripoloni.com.br

67


Manual de Integração

O empreendimento disponibiliza recipientes na cor padrão e identificados para a coleta seletiva. Cada colaborador tem a responsabilidade de realizar o descarte dos resíduos nos recipientes corretos. Como exemplo dos tipos de resíduos gerados na atividade, podese citar: papéis, plásticos, vidros, metais/sucatas de alumínio/ferro, orgânico, contaminado/perigoso, não reciclável, madeira, entulhos da construção civil etc. Com relação a efluentes líquidos, são feitos constante monitoramentos e análises em laboratórios credenciados, tomando as medidas mitigadoras a fim de prevenir a contaminação do meio ambiente. Controle da Poluição Atmosférica: Para poluentes atmosféricos como, por exemplo, o levante de material particulado (poeiras) gerado pelo tráfego de máquinas e caminhões nas obras, é realizado a umidificação nas vias através de caminhões pipa da própria empresa. As usinas de asfalto são dotadas de filtros manga, a fim de reter a emissão de material particulado, e, ainda são realizadas medições atmosféricas em atendimento às legislações ambientais específicas. Da mesma forma, nos silos das usinas de concreto são instalados filtros (geralmente modelo automático) com o objetivo de evitar emissão de material particulado para o ambiente. Principais documentos pertinentes a área ambiental: ● Licenças Ambientais para as atividades desenvolvidas; ● AA – Autorização Ambiental; ● DLAE – Dispensa de Licenciamento Ambiental Estadual; ● LP – Licença Prévia; 68

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

● LI – Licença de Instalação; ● LO – Licença de Operação; ● LOP – Licença de Operação Provisória; ● Outorgas de captação de águas superficiais e subterrâneas; ● Projetos Ambientais diversos: ● PCA – Plano de Controle Ambiental; ● PGIR – Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos; ● PL – Plano de Lavra (jazidas minerais diversas); ● PRAD – Plano de Recuperação de Áreas Degradadas; ● LAI – Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais; ● Monitoramento e Controle de Efluentes líquidos e Atmosféricos. Preservação da fauna e flora: Muitas espécies vegetais e animais já desapareceram da Terra e outras estão ameaçadas. As causas da extinção das espécies são as mais diversas: mudanças no ambiente, falta de alimento, dificuldades de reprodução e, sobretudo, a ação destruidora do homem. Os programas de preservação de fauna e flora estão previstos no Plano Básico Ambiental - PBA ou no Plano de Controle Ambiental – PCA das obras. A preservação da fauna e flora, portanto, está assegurada por meio dos trabalhos de manejo, monitoramento e resgate, realizados por equipes especializadas, que são contratadas excepcionalmente para execução de tais trabalhos. Durante a construção de uma rodovia, por exemplo, é realizado todo um trabalho de afugentamento dos animais e/ou resgate, sendo estes www.sanchestripoloni.com.br

69


Manual de Integração

levados para áreas seguras em seu habitat natural, a fim de garantir a máxima proteção. Para a preservação da flora é feito um trabalho de resgate de epífitas (bromélias, orquídeas, etc.) transplantado-as em ambientes adequados. Além disso, são coletadas mudas ou sementes de espécies nativas que são utilizadas para reflorestar as áreas necessárias. São elaborados relatórios referentes à execução de tais trabalhos e apresentados aos órgãos ambientais competentes. Uso sustentável de Recursos Naturais A Construção Civil não gera resíduos nocivos para a vida humana, no entanto é responsável pelo consumo de 75% dos recursos naturais do planeta. Grande parte dos recursos consumidos pela construção civil é, na verdade, desperdiçada, como por exemplo: água, madeira, areia, brita, solo, entre outras matérias primas utilizadas. Destaca-se, portanto, a importância dos colaboradores em terem a consciência de fazer uso sustentável destes recursos eliminando toda e qualquer fonte de desperdício. Uso Sustentável de Recursos Naturais: Conscientização e treinamento de colaboradores O mercado atual, com a acirrada concorrência e parcerias, tem exigido das empresas constante processo de renovação do capital intelectual de seu pessoal, um esforço de capacitar e atualizar o conhecimento profissional de seus funcionários. A qualificação dos colaboradores da empresa envolve não somente os profissionais que ocupam os cargos da diretoria, gerência e supervisão, mas também o pessoal da área operacional (produção). 70

www.sanchestripoloni.com.br


Manual de Integração

Os benefícios diretos da capacitação de funcionários são: ● Aumento de produtividade; ● Redução de custos (redução de desperdício de matéria prima, recursos naturais); ● Ambiente de trabalho organizado; ● Diminuição na rotatividade de pessoal; ● Maior entrosamento entre a equipe; ● Empresa mais competitiva. A Construtora Sanches Tripoloni Ltda realiza, continuamente, conscientizações e treinamentos para seus colaboradores sobre diversos temas voltados para as questões ambientais. O objetivo é promover a mudança de comportamento de todos os envolvidos com a empresa, a fim promover a redução do uso de matérias primas, reutilização, reciclagem e destinação final adequada, ou seja, a preservação ambiental de uma forma geral.

www.sanchestripoloni.com.br

71


Manual de Integração

PALAVRAS FINAIS Acreditamos em Você! Você foi admitido por reunir condições e características adequadas às nossas necessidades. Estamos certos de que você não terá dificuldade em se adaptar a sua nova vida profissional. O setor de Recursos Humanos está a sua disposição para ajudá-lo no que for preciso e prestar-lhe esclarecimentos sobre eventuais dúvidas. Sua missão como colaborador da Construtora Sanches Tripoloni começa agora. Seu esforço, somado ao de todos, contribuirá para tornar maior o sucesso do nosso empreendimento e o seu em particular. Seu sucesso profissional depende muito de você, ou seja, de seus conhecimentos, atitudes, eficiência, interesse, disposição e, por fim, de sua capacidade de assumir maiores responsabilidades. Seja bem-vindo e bom trabalho!

72

www.sanchestripoloni.com.br


DECLARAÇÃO DE CIÊNCIA E TERMO DE RESPONSABILIDADE Declaro que recebi o manual de integração Sanches Tripoloni, contendo a política interna da empresa, estando ciente de que deverei adotá-lo como conduta profissional zelando pela imagem da empresa junto à sociedade.

Nome: ________________________________________________ Local: __________________________________________ Data: _____/_____/__________

_________________________ Assinatura do Colaborador



Manual de Integração do Colaborador - Contrutora Sanches Tripoloni