Page 20

Figura 4 – Fluxograma do mercado de trabalho

Os dados sobre os agregados e os fluxos populacionais representados na Figura 4, recolhidos trimestralmente do Inquérito ao Emprego do INE, são organizados numa matriz cuja estrutura e conteúdos se apresentam na Figura 5. Esta matriz é utilizada como repositório organizado dos dados para o algoritmo de cálculo que permite desde logo evidenciar indicadores importantes sobre a situação e evolução do mercado de trabalho.1 Figura 5 – Matriz de fluxos populacionais segundo a situação perante o trabalho (Inactividade, Emprego e Desemprego) POPULAÇÃO TOTAL SEGUNDO A CONDIÇÃO PERANTE O TRABALHO UM ANO ANTES POR CONDIÇÃO PERANTE O TRABALHO PORTUGAL 200(n-1)_200(n)

Milhares pessoas Desemp rego

Fluxos

Emprego

Situação de partida 200(n-1)

Total

1º Emprego

População

Inactividade (c/ 15 e + anos) Novo Emprego

Estudante D omés tico Reformado (FIVA) (IPA) (IPA )

Total

Outros (IPA)

A ctiva

Outros Inactivos

Res. c/15 Disponíveis e + anos

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Emprego

Total

0,0

0,0

0,0

0,0

0 ,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Desemprego

Total

0,0

0,0

0,0

0,0

0 ,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

1º Emprego

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Novo Emprego

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Total

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Estudante

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Doméstico

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Reformado

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Outros inactivos

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

Situação de chegada 200(n)

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

--

--

--

--

--

--

--

--

--

--

Inactividade

10 3 pessoas %

? variação

Desencorajados

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

0,0

--

--

--

Fonte: INE, Inquérito ao Emprego (OEFP)

Fluxos Emprego / Inactividade

Fluxos Inactividade/ Emprego

Fluxos Emprego / Desemprego

0,0

0,0

0,0

0,0

Fluxos Desemprego / Emprego

Fluxos Desemprego/ Inactividade

Fluxos Inactividade/ Desemprego

0,0

0,0

0

0,0

0,0

Criação Líquida de Emprego "CLE" 0,0

0,0%

1

Matrizes com uma configuração semelhante foram até recentemente elaboradas e apresentadas regularmente na Unidade Central de Coordenação (UCC) do Observatório de Emprego e Formação Profissional, no âmbito de uma folha informativa de suporte técnico à reflexão realizada regularmente por este organismo sobre a evolução do mercado de trabalho.

11

Necessidades de mão-de-obra imigrante em Portugal  

Relatório Final

Necessidades de mão-de-obra imigrante em Portugal  

Relatório Final

Advertisement