Page 1

EDIÇÃO

PREMIUM

2018

Nº 09 R$ 22,00

REVISTA MAIS JR (323765501)

A bola da vez

REVISTA MAIS SANTOS (32376550

REVISTA MAIS INFLUENTE HOME

REVISTA MAIS INFLUENTE MULHE

AUSTRÁLIA: Destino ideal para quem quer estudar e trabalhar no exterior | ÁSIA: Tailândia é um paraíso para todos os tipos de bolsos | ÁFRICA: Cabo Verde para os desbravadores da natureza | AMÉRICA DO SUL: Encantos das cidades peruanas Machu Picchu, Lima e Cusco | NA ESTRADA: Desbravando o Brasil sobre duas rodas | AMÉRICA CENTRAL: Havana e Trinidad para mergulhar no universo retrô de Cuba.

REVISTA ENJOY TRIP (323765505)

enjoytrip.com.br

1


2


3


É VIAJAR COM CONFORTO, SEGURANÇA E BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS QUE VOCÊ QUER?

A CVC TEM. A CVC tem mais do que viagens, tem também tudo o que você precisa para curtir dias de descanso sem se preocupar com nada.

• Tem mais de mil opções de roteiro; • Tem guias falando português nos destinos; • Tem equipe dedicada em diversas cidades do Brasil e do mundo; • Tem Central de Atendimento ao Viajante, 24 horas por dia, 7 dias por semana; • Tem cursos no exterior e roteiros personalizados aéreos, rodoviários e marítimos; • Tem SAC com apoio integral ao passageiro antes e depois da viagem; • Tem Vale-Viagem CVC, um cartão pré-pago para você planejar suas férias com calma; • Tem seguro-viagem, aluguel de carro, ingressos, diárias de hotel, passeios e passagens.

AGORA SEUS PONTOS LIVELO VALEM FÉRIAS NA CVC.

4


CVC Augusta 11 3896-2300 11 99951-6061 loja.9688@cvc.com.br

Rua Augusta, 2.690 - Loja 2 Galeria Ouro Fino Jardins - SP

5


Nesta edição América Central As cidades cubanas Havana e Trinidad

6

América do Sul Encantos do Peru: Machu Picchu, Lima e Cusco

Europa

Campeã: França chama atenção não só nos gramados


Ásia

Tailândia é o paraíso para todos os tipos de bolsos

África

Cabo Verde para os desbravadores da natureza

Oceania

Uma viagem histórica e cultural pela Austrália

7


DIRETOR GERAL Sérgio Liberado DIRETOR DE REDAÇÃO Liberado Junior DIRETORA Michele Soloviofe EDITORA DE REDAÇÃO Liliane Souza REPORTAGEM Isabela Ribeiro Jhessica Paixão Lucas Leite Marina Marques Thamiris Andria DIAGRAMAÇÃO Kelvin Souza FOTOGRAFIA Sérgio Ricardo ASSESSORIA DE IMPRENSA Line Skin (Santos) COMERCIAL E MARKETING Sérgio Ricardo comercial@liberadojunior.com.br ENTRAL DE ATENDIMENTO AOS LEITORES TELEFONE Segunda a sexta-feira, das 9 às 17h (13) 3237-6550 / ramal 16 E-MAIL jornalismo@enjoytrip.com.br

MATRIZ: SANTOS Av. Bernardino de Campos, 64 Vila Belmiro CEP 11075 - 000 Wahtsapp (13) 99700 8661

SUCURSAL: RIO DE JANEIRO Rua Miguel Pereira, 38 Humaitá CEP 22261-090 A revista ENJOY TRIP é uma publicação bimestral da LINE SKIN ASSESSORIA & CONSULTORIA LTDA. 2018 © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. PROIBIDA A REPRODUÇÃO SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E ESCRITA. TODAS AS INFORMAÇÕES SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS RESPECTIVOS AUTORES.

8


carta do editor

A

Enjoy Trip desta edição traz matérias de países de norte a sul do mapa-múndi. A capa vem direto da Europa, com destaque para a França. Após vencer a Copa do Mundo, ela “tomou” o lugar da Rússia e agora é a bola da vez. Confira a matéria e saiba mais sobre esse destino incrível. E por falar em França, a entrevistada dessa edição é a diretora da Atout France para a América Latina, Caroline Putnoki. Em um bate-papo exclusivo, ela fala sobre os principais desafios do cargo e conta quais as principais metas da agência francesa. Da França seguimos direto para a Noruega. Saiba quais são os três melhores destinos que você não pode deixar de conhecer quando for visitar o país. Da Ásia, o destaque da vez vai para a Tailândia, país que oferece atrações para todo tipo de turista – desde os que estão com o orçamento apertado até aqueles que querem mesmo é ostentar. Quais países da África você já visitou? Para os amantes natureza, Cabo Verde é o lugar ideal. Na Oceania, a Austrália é parada obri-

De norte a sul gatória principalmente para quem quer ficar por lá para estudar e trabalhar. Já na América Central, Cuba se destaca quando o assunto é história. As coloridas Havana e Trinidad proporcionam uma viagem por um universo todo retrô. Para quem planeja uma viagem rumo ao sul, vale conferir as maravilhas peruanas. O país é repleto de cidades incríveis e, nesta edição, destacamos três: Machu Picchu, Lima e Cusco. Para os noivos de plantão, que tal passar a lua de mel ou até mesmo se casar nas Bahamas? A experiência certamente será mais que inesquecível. E como em toda edição, é claro que não podemos deixar de falar do Brasil. Esqueça as viagens de carro, ônibus, avião ou navio. Por que não desbravar o país de bicicleta? Essa é uma opção para quem quer conhecer lugares quase inacessíveis. E tem muito mais! Fique por dentro do conteúdo publicado diariamente pela Enjoy Trip no site (www.enjoytrip.com.br), Facebook (fb.com/revistaenjoytrip) e Instagram (revistaenjoytrip). Até a próxima edição!

Diretor de redação

liberadojunior@liberadojunior.com.br

9


SU MÁ RIO Notícias-16

Gastronomia-20

Destaques das principais novidades do turismo

Curiosidades da deliciosa e exótica culinária asiática

Sommelier-22 Destinos que oferecem o s melhores rótulos de vinhos

Oceania - 28 Uma viagem histórica e cultural pelo país dos cangurus

10

Entrevista-30

América Central - 32

Mulher de negócios, Caroline Putnoki fala sobre os desafios do cargo na Atout France

Colorida e retrô, Cuba encanta por sua riquíssima história


Cruzeiros -60 Rumo a aventuras paradisíacas pelo Caribe

#Enjoy - 62 Na estrada - 54

As dez melhores fotos marcadas no Instagram com a #revistaenjoytrip

De bike: desbravando o Brasil sobre duas rodas EDIÇÃO

PREMIUM

2018

Nº 09 R$ 22,00

Viajantes-48 Duas amigas e uma missão: viver a vida pelo mundo

África - 50 Cabo Verde para os amantes da natureza

Ilhas - 51

Hotéis - 56

França - 40

Bahamas como destino para casar e desfrutar a lua de mel

Opções de lugares para se desconectar

O país da Cidade Luz vai muito além da Torre Eiffel

11


NOTÍCIAS DO MERCADO

PREFERÊNCIA PELA NATUREZA Portugal é um país repleto de belezas naturais, não é à toa que está entre os mais visitados da Europa. Cerca de 9% do PIB (Produto Interno Bruto) do país se deve ao turismo, fazendo com que a economia dependa muito desse setor. Além disso, apenas 40% dos portugueses costumam viajar para o exterior nas férias, o que contribui muito para um saldo positivo na economia do país.

BRASIL E SEUS ENCANTOS No ano de 2017, a quantidade de turistas estrangeiros vindo para o Brasil bateu seu recorde chegando a 6,5 milhões. A maioria vem para o país pelos meios aéreos e desembarcam principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro. O turismo brasileiro é responsável por 2% dos empregos gerados no país e arrecada cerca de 5,8 bilhões de dólares.

12

FOTOS: DIVULGAÇÃO

DESTINOS PARA TODOS OS GOSTOS Entre os destinos mais escolhidos pelos brasileiros para o mês de julho estão Santiago, no Chile, Lisboa, em Portugal, Orlando, nos Estados Unidos, Cancun, no México, e Paris, na França. Cada local tem os seus encantos e suas maravilhas que atendem a todos os gostos, desde os mais simples até os mais exigentes. O turismo vem crescendo muito em todas as partes do mundo e, no ano de 2017, apresentou aumento de 4,7%.


DEU RÚSSIA Apesar de tantos monumentos e lugares incríveis, a Rússia não está entre os preferidos quando o assunto é viagem. Apenas 2% do PIB russo se deve ao turismo. Em compensação, durante a Copa do Mundo, a quantidade de visitantes aumentou 1,4% comparado a qualquer outra época. Estima-se que até 2020 o turismo russo cresça para 2,6%.

45% DAS MULHERES OPTAM POR VIAJAR SOZINHAS A quantidade de pessoas que estão optando por viajar sozinhas aumentou em 42% nos últimos anos. As mulheres, principalmente, estão procurando se aventurar pelo mundo. Elas somam 45% dos viajantes desacompanhados. E qual é o destino preferido? O destino preferido é Cuba, que contou com um aumento de 406% de 2016 para 2017, e tudo indica que esse número continua a subir. Logo atrás de Cuba está a Macedônia e a Guatemala como os destinos mais escolhidos.

13


VISTOS

COMO TRABALHAR E super receptivos a estrangeiros, e estão sempre prontos para receber brasileiros. No Canadá, só no primeiro trimestre de 2018, o número de vagas de emprego teve uma alta de 19,3%, de acordo com o Statistics Canada. Na Irlanda, o censo de 2016

No Canadá - Se você pensa em ir para o Canadá, a primeira coisa a fazer é preparar toda a documentação exigida pelo país e se programar com antecedência. “Todo o processo de visto é feito no Brasil, e poderá ser feito de forma online ou diretamente no Centro de Aplicação de Vistos Canadenses. Em determinado momento do processo será necessário apresentar o passaporte no consulado para que seja afixada a etiqueta com o visto adequado, mesmo para os casos de aplicação online”, explica. É fundamental ter em mãos a carta de aceitação, que comprova que o estudante foi aceito em uma instituição de ensino Canadense. “Se a intenção é conciliar com trabalho, precisará ainda de uma carta que comprove que o trabalho é permitido para o curso escolhido. Somente cursos de graduação e pós graduação permitem trabalho. Importante verificar se o curso em questão dá essa possibilidade” afirma a diretora .

14

apresentou um crescimento de 60% de brasileiros nos últimos cinco anos. Esse é um cenário bem positivo para os interessados em partir nesta experiência internacional. Antes de deixar tudo de lado, arrumar a mala e comprar as

Na Irlanda - O pedido de visto é feito no próprio país. O primeiro contato do estudante com a imigração será no aeroporto de Dublin, e é neste momento que ele vai apresentar toda a documentação necessária para solicitar o visto. “É importante que o aluno saia do Brasil com toda a documentação necessária, para não enfrentar problemas no momento de aplicar o visto no destino”. Para conseguir a permissão de trabalho na Irlanda, o estudante precisa estar matriculado em um curso de inglês acima de 25 semanas e terá que se registrar no escritório geral de imigração, que pode conceder um visto para 8 meses. “Uma dica importante é agendar o quanto antes a entrevista no escritório da imigração. Se o intercambista tiver com toda a documentação certa, pode marcar até aqui pelo Brasil, agilizando o processo na Irlanda”, informa a diretora.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

E

studar e trabalhar no exterior é o objetivo de muitos brasileiros. É só olhar ao redor que você encontrará pessoas prontas para arregaçarem as mangas e por a mão na massa fora do Brasil. Países como Canadá e Irlanda são


ESTUDAR NO EXTERIOR passagens para esses destinos, é importante pensar em um visto que permita além do estudo o trabalho em outro país. A emissão desse documento pode trazer muitas dúvidas e para desmistificar o processo e ajudar o intercambista a se preparar, a

diretora da divisão de vistos da CI Intercâmbio e Viagem, Fátima Kaiser, explica de forma prática como funciona o processo em alguns países. “Não são todos os países que permitem conciliar trabalho e estudo, por esse motivo

Na Austrália - Na terra dos cangurus, o primeiro passo, assim como no Canadense, é reunir toda a documentação. O visto é feito de forma online, ainda no Brasil, em uma plataforma disponibilizada pela imigração australiana. “Não é necessário apresentar o passaporte original para afixar a etiqueta, a autorização de visto é recebida por e-mail e basta imprimir e levar junto com o passaporte, porque as autoridades australianas já saberão que o aluno tem o visto aprovado em seus sistemas”, explica.

é essencial pesquisar bem os destinos, se este é o seu intuito. Além disso, cada país tem as suas regras para tirar o visto de estudante, por isso a importância do direcionamento especializado”, comenta Fatima Kaiser.

Na Nova Zelândia - Na Oceania há outro país receptivo à mão de obra estrangeira: a Nova Zelândia, onde as pessoas também são muito amistosas. Para solicitar o visto de estudante é preciso estar matriculado em um curso de mais de três meses. Também é necessário, ainda no Brasil, fazer a aplicação do visto de forma online. “Alguns cuidados extras são exigidos para conseguir o visto de estudante neozelandês, como ter o passaporte com data de validade de, no mínimo, de três meses depois do retorno”, comenta.

DICAS FINAIS “Em todos os casos o documento principal é a carta de aceitação da escola, pois é o que dará base para o visto de estudante. É importante demonstrar que possui investimentos financeiros para se manter no destino e que tem interesse em retornar ao país de origem ao término do curso, ao comprovar vínculos com o país de origem. Essas atitudes vão facilitar bastante a aprovação da aplicação do visto”, conclui Fátima Kaiser. Voltada para o público que busca aliar trabalho e estudo no exterior, melhorando, assim, o seu currículo, a CI realizará a Feira Trabalhar e Estudar no dia 18 de agosto, em São Paulo. Com palestras e parceiros para atender o público. Esse será um bom momento para tirar dúvidas e descobrir qual o melhor destino para o seu perfil.

15


GASTRONOMIA

A DIVERSIDADE ASIÁTICA

16

PRATOS TÍPICOS

FRIED RICE

É um arroz frito misturado com pedaços de carne, geralmente frango e porco. Junto a isso, acrescenta-se cenoura, cebola e pimentão. Um pouco de molho de peixe, açúcar e pimenta completam a iguaria. Há algumas variações do prato, que chega a contar com uma versão no estilo americano, como molho barbecue e um ovo frito por cima.

NOODLES

É como uma sopinha de macarrão com muitos temperos, carne e legumes. Ele também pode ser feito de arroz.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/PINTEREST

A

culinária asiática é mais conhecida pelos sushis, sashimis, temakis e yakissobas, mas vai muito além. Uma das principais características dos pratos são os temperos fortes e exóticos. Ao longo dos anos vieram se expandindo e se aperfeiçoando devido às imigrações. Mesmo sendo um continente só, a Ásia tem uma grande diferença entre cada um de seus extremos. Há países como a Tailândia, que é conhecida pelos seus pratos muito picantes; a China, que tem como característica principal o uso do vinagre que é produzido lá e a Índia, que procura usar muitos grãos, temperos e legumes em seus pratos. Temos também Liones, que é um país que faz fronteira com muitos outros, então acaba tendo uma culinária bem diversa, utilizando o picante, as especiarias locais, carne vermelha e peixe. A principal pergunta que fica é: por que a culinária asiática é tão diferente da nossa em todos os aspectos? A resposta é simples. Ela é diferente porque mesmo com todos os anos decorridos, não mudou os hábitos e procura usar seus ingredientes locais e manter equilíbrio entre os cinco sabores: salgado, doce, picante ácido e amargo.


YAKISSOBA

Um dos pratos mais conhecidos e mais consumidos, o yakissoba consiste em um macarrão cozido com legumes e carnes refogados. A carne pode ser qualquer uma de sua preferência.

REFOGADO COM ARROZ

Nele vai alguma carne da sua escolha refogada com um molho acompanha o arroz típico da Ásia aquele meio pegajoso, além da carne pode se colocar frutos do mar ou cogumelos.

SUSHI

Como todos conhecem o sushi é um bolinho de arroz envolto para alga e contem fatias de peixe cru mas para se fazer em casa é necessário ter uma esteira própria para enrolá-lo.

17


SOMMELIER

D

egustar um bom vinho é um dos programas mais gostosos para fazer no friozinho, não é mesmo? Por isso eu aproveito para selecionar na coluna desta edição os melhores lugares do Brasil e da Argentina para conhecer vinícolas famosas. Confira! Gramado é um dos mais belos locais da Serra Gaúcha e o principal destino no inverno, época em que a cidade fica ainda mais charmosa. Anualmente sede do Festival de Cinema, o município é muito influenciado pela cultura alemã e abriga regiões que parecem a Suíça e a Itália. A produção de vinho, a mesa farta, o moinho colonial e a natureza encantadora transformam o passeio em um

18

momento inesquecível. Não é por acaso que São Roque, a pouco mais de 40 minutos de São Paulo, é conhecida como a Terra do Vinho. Como herança, os imigrantes portugueses e italianos que chegaram por lá, no final do século 19, deixaram a tradição das vinícolas espalhadas pela Estrada do Vinho. Atualmente, elas são umas das principais atrações turísticas do local. Já a cidade de Mendonza, na Argentina, reúne vinho e neve. O lugar é perfeito para quem quer curtir o clima da estação mais fria do ano. Cheia de charme e paisagens incríveis, a região tem vinícolas, uma deliciosa culinária e muita história. Vale a pena dar uma esticada até lá.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Os melhores rótulos


19


Os melhores parques do Brasil Por Marina Marques

20

FOTOS: DIVULGAÇÃO

DIVERSÃO


BETO CARRERO SANTA CATARINA Com o sonho de um dia poder trabalhar em um parque de diversões, João Batista Sérgio Murad foi o responsável pela criação do Beto Carrero World, um dos maiores parques multitemáticos do mundo, localizada no municipio de Penha, em Santa Catarina. O parque conta com uma diversidade enorme de atrações, com diferentes áreas, desde aquelas voltadas para as crianças, até as mais radicais e outras que integram toda a família, como zoológico e shows.

SNOWLAND RIO GRANDE DO SUL Quem diria que poderíamos ver neve no Brasil... Na Snowland você pode ver em qualquer época do ano. O parque localiza-se em Gramado, no Rio Grande do Sul, oferecendo diversão para família toda. Ele possui três áreas diferentes, com atrações diversas, desde cinema 7D até aulas para esportes na neve. Montanha de neve, MontanhaRussa, castelo, sala de games, Caverna do Yeti, patinação no gelo e lojas para alimentação e compras de lembranças. Você pode ainda fazer a compra de passaportes para o parque no site próprio.

21


HOPI HARI SÃO PAULO Um dos parques mais conhecidos do Brasil, por sua localização, atrações e também pelo tempo de existência, que proporciona diversão para todos, independentemente de idade ou gosto. Após um tempo fechado para reformas, o Hopi Hari voltou com tudo e bem diferente para os que já o conhecia antes: com temas espalhados por seus vários quilômetros e com limite de pessoas para não haver mais filas. Agora ele conta com o tema dos Looney Tunes para os pequenos, desde carrossel até shows. Além da nova temática da Liga da Justiça e o antigo Velho-oeste. Tem ainda a famosa Hora do Horror do Hopi Hari, que a cada versão fica ainda mais assustadora.

22

FOTOS: DIVULGAÇÃO

T-Rex Park São Paulo Um parque temático infantil para entrar no mundo dos dinossauros, localizado no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas/SP. Com um total de 19 atrações, o parque é direcionado mais às crianças menores, mas podendo trazer diversão para qualquer um, com roda gigante e Torre Panorâmic. Tem ainda o Skyloop, que é uma atração de arvorismo, e outros brinquedos, como montanhas russas e brinquedos que giram. Uma das atrações que pode agradar tanto adultos quanto crianças é o tour pelo parque, onde pode-se fazer o passeio em um carrinho no formato de um dinossauro. Conta também com shows e personagens próprios.


PARQUE TERRA MÁGICA FLORYBAL RIO GRANDE DO SUL Não muito conhecido e nem tão antigo, mas com originalidade e diversão diferente de qualquer outro parque. O Terra Mágica Florybal possui todas as atrações idealizadas e construídas por artistas da região, contando com um total de 31 atrações permanentes. Desde as mais radicais, para quem gosta de adrenalina, até as históricas e outras para as crianças. Tirolesas, tobogãs, Voo do Pterodáctilo e cinema 7D são exemplos de algumas atrações mais aventureiras. Território dos Fósseis, Mitologia Grega e a Aldeia dos Indios então entre as atrações mais históricas. Já a Floresta Mágica, a Mini Fazenda de Cacau e o Parquinho Up podem ser as melhores opções para as crianças.

MIRABILANDIA PERNAMBUCO Localizado na capital de Pernambuco, Recife, o parque foi construído há 16 anos e vem trazendo muita alegria para as famílias e principalmente as crianças e adolescentes da região. Iniciou com apenas 16 equipamentos e atrações e hoje conta já com mais de trinta, sendo já o terceiro maior parque do Brasil. Com brinquedos radicais como o Trampolim, Super Tornado e Matterhorn, os infantis e familiares como Mini Dumbo, carrossel, Splash, Dragão e a Roda Gigante. E até os mais aterrorizantes como o Trem Fantasma e a Mansão do Terror. Além de ter uma área de preservação à natureza, tendo uma nova atração temática, o Rio das Pedras, que se junta a todos os jardins espalhados pelo parque, cujo objetivo é conscientizar as crianças e pais sobre a ecologia e o respeito pela natureza.

23


Curiosidades da Austrália 24

FOTOS: DIVULGAÇÃO

OCEANIA


A

Austrália é um dos principais países para quem começa os intercâmbios, por ser um país extremamente acolhedor, já que seus habitantes são em sua maioria estrangeiros ou australianos com pais nascidos em outros países, tendo uma diversidade de culturas e influência de vários povos. Além de receber os jovens de braços abertos para que melhorem o inglês e estudem, há várias oportunidades de trabalho no país, que possui o maior salário mínimo do mundo. Além de uma rica diversidade cultural, a Austrália possui uma diversidade natural incrível, com uma das praias mais bonitas do mundo, e com áreas de preservação ambiental com muitos cuidados e vasta vida selvagem. Sydney é uma das principais e maiores cidades da Austrália. Ela é muito conhecida pela Ópera de Sydney, localizada na orla e com um design inspirado nas velas de barcos. E além da arquitetura diferenciada, reserva muitas atrações para as crianças, como o Aquário de Sydney e os zoológicos, que abrigam animais típicos da Oceania, cangurus, coalas e tubarões, por exemplo. Outra importantíssima cidade da Austrália é Melbourne, que possui atrativos mais históricos, para aqueles que gostam de museus e saber um pouco sobre a história da cidade e do país, como o Melbourne Museum e o Royal Exhibition Building, que exploram a cultura e história da cidade, além de museus que

apresentam um pouco sobre a colonização local e até mesmo a vida na prisão do século 19. A cidade é uma capital da história, mas também é riquíssima no requisito esportes, já que os moradores da cidade são apaixonados por esportes. Se você estiver por lá, aproveite para torcer por alguns times em alguns de seus campeonatos ou até mesmo pequenos jogos, Melbourne Cricket Ground da Australian Football League no inverno ou o críquete internacional no verão. Tem ainda o Festival internacional Spring Racing Carnival e o evento Melbourne Cup, além do Grande Prêmio de Fórmula 1® da Austrália. Pode também aproveitar para abraçar coalas no Santuário Healesville, a cidade não deixa de trazer muito da natureza, com parques como o Royal Botanic Gardens e Kings Domain, e o Zoológico de Melbourne. A capital do país, Camberra (sim, está é a capital, e não Sydney, como muitas pessoas pensam) não é a cidade mais populosa nem a mais visitada da Austrália. A cidade foi escolhida para ser a capital justamente por não ser uma cidade costeira e pelo fato de que no século XX muitas doenças se espalhavam mais fácil ao nível do mar. Mas apesar de não ser a cidade mais populosa, ainda pode oferecer muito, principalmente para os amantes da arte, com diversas galerias pela cidade como a National Gallery of Australia, uma galeria pública que traz a arte australiana, indígena e asiática. Ou a National Portrait Gallery, que foge dos padrões artísticos. Uma das curiosidades é que Camberra foi totalmente planejada, e possui diversas áreas verdes e um dos marcos mais interessantes da cidade é o Burley Griffin, um lago artificial que é rodeado pelo centro da capital com restaurantes, bares, lojas e museus.

25


FOTO: DIVULGAÇÃO

ENTREVISTA

26


Caroline Putnoki Por Liberado Junior

Diretora da Atout France para a América Latina, Caroline Putnoki fala sobre os desafios do cargo e conta quais as principais estratégias da empresa Fale sobre seu atual momento profissional. Após sete anos como empreendedora no Brasil, decidi voltar a um órgão de representação oficial do governo francês. A experiência desafiadora que tive durante a criação de uma empresa no Brasil, que passou por momentos espetaculares e que depois, como muitas empresas, enfrentou a crise, foi um aprendizado incrível. Hoje, retorno para a Atout France (já tendo tido a experiência de Diretora no Canadá) com um olhar renovado sobre o universo da empresa, dos Recursos Humanos e da maneira de gerenciar negócios. Política no Brasil tem jeito? Prefiro não responder. Como é ser a primeira diretora do turismo francês no Brasil? Eu estou muito orgulhosa de representar o empoderamento feminino através deste cargo de diretora da Atout France, para a América Latina. É mais que uma sorte, é um modelo que eu pretendo defender em nome de todas as mulheres do setor e de todas as que lutam no dia a dia para serem respeitadas.

Como vislumbra a política nacional francesa? Prefiro não responder. Brasil ou França? Eu sou apaixonada pelos dois países. O Brasil é um país com um povo excepcionalmente acolhedor para os estrangeiros de maneira geral e os franceses em particular. É muito difícil comparar um país como a Franca, que tem uma cultura e uma história milenares, com um país novo, que tem um imenso potencial e está repleto de oportunidades! Quais são as suas metas estratégicas já alcançadas e quais as futuras na Atout France? O modelo econômico da Atout France, cujo objetivo é o de desenvolver o turismo na França, está baseado na captação de recursos públicos e privados. Desta maneira, cada projeto é financiado por parceiros franceses e, às vezes, parceiros locais aqui no Brasil. É um tipo de fundraising constante. Como os parceiros franceses abandonaram bastante o mercado brasileiro, minha primeira tarefa foi a de convencê-los a reinvestir no mercado e salientar que o fluxo de brasileiros para a França tinha retomado desde o ano passado. Eu já estou vendo sinais positivos para os projetos do segundo semestre. 

Um hobby? Cozinhar Maior desafio na carreira? O momento atual Prato preferido? A Goulash, prato nacional húngaro, que meu pai preparava para mim O que não assiste na TV: Agora que eu sou mãe, não tenho o tempo de assistir TV! O que faz nas horas livres: Eu tento passar o máximo de meu tempo livre com minha filha Cinema: Os filmes americanos dos anos 50 – 60, como “Charada” com Cary Grant e Audrey Hepburn filmado na França! Música: La Bohême de Verdi Livro: Rouge Brésil de JeanChristophe Rufin O melhor do guardaroupa: Um carré Hermès Perfume: L’Ombre dans l’eau de Dyptique Homem bonito: Meu marido Mulher bonita: Gisele Bündchen Cantor: Chico Buarque Cantora: Marisa Monte Ator: Omar Sy (Os intocáveis) Atriz: Cate Blanchett Animal de Estimação: Achille, meu Dachshund de pelo comprido Escritor: Gustave Flaubert Arma de sedução: A inteligência Melhor viagem: Taha’a na Polinésia francesa Sinônimo de elegância: Saber agradecer

27


FOTOS: DIVULGAÇÃO

AMÉRICA CENTRAL

O universo retrô de Cuba C Por Marina Marques

uba tem se tornado um destino cada vez mais visitado. Alguns dos principais motivos, sem sombra de dúvidas, são as incríveis praias paradisíacas do local. Além disso, o país parece ter parado no tempo: as cores, formas e arquitetura dão harmonia para a ilha caribenha. Até os táxis cubanos são retrô e coloridos! O clima, mais quente e ensolarado, combina perfeitamente com as praias de águas cristalinas e a vida noturna agitada é característica do país. Um destino repleto de história, cultura e belezas únicas não seria nada sem seu povo amistoso e

28

receptivo, não é? Esse é mais um dos motivos pelos quais Cuba está atraindo tantos turistas. Havana, sua capital, ganhou um hype nos últimos tempos por conta da cantora Camila Cabello, dona do hit que leva o nome de sua terra natal: Havana. Na letra com refrão chiclete, a cantora de origem cubana pede para que a levem de volta à sua cidade, e quando vemos as belezas de Havana, entendemos o que Camila quer dizer. A cidade é cheia de história: prédios enormes, alguns revitalizados e ultracoloridos, outros aguardam uma restauração e trazem o cinza


para contrastar com as cores fortes. Um dos principais pontos turísticos da capital é a Plaza de la Revolución, palco dos discursos de Fidel Castro. Próximo dali, estão o Teatro Nacional e o Ministério del Interior, que possui uma escultura

imensa do rosto de Che Guevara. As praias próximas de Havana são verdadeiros cartões-postais! Com areia branquinha e águas azuis, a cerca de 100 km da capital, Santa María del Mar e Varadero são as melhores opções para quem quer curtir um dia à beira mar. Outro destino muito popular em Cuba é Trinidad. A cidadezinha é mais um pedaço da história da ilha caribenha; considerada Patrimônio Mundial da Unesco, o charme do local fica por conta das casas antigas e coloniais, as ruas de pedras, e as charretes puxadas por cavalos, trazendo mais uma vez o clima antigo do país. Mas nem só de passado se vive Trinidad. Lá, a vida noturna é mega agitada, cheia de casas noturnas, discotecas e bares com música ao vivo, o que atrai muitos jovens visitantes para o destino. Durante o dia, dá para aproveitar a praia de Ancón, localizada a 12 km do centro da cidade. Se você está interessado em

conhecer mais sobre a culinária cubana, aí vai uma revelação: muitos pratos são semelhantes à culinária brasileira! Este é um ponto que pode facilitar muito a sua visita ao país, caso tenha dificuldades em experimentar pratos muito diferentes. Por outro lado, para quem deseja saborear uma gastronomia mais exótica, talvez não alcance esta meta em Cuba. O prato mais comum da ilha nada mais é que arroz e feijão! Chamado moros y cristianos, é um mexido de arroz e feijão com um tempero característico. Além disso, a carne de porco também é muito consumida e a riqueza de peixes e frutos do mar impressiona, vale a pena experimentar a paella cubana. E claro, não vá embora sem provar a bebida tradicional de Cuba: o gin. Em todos os cantos da ilha é possível encontrar a bebida nos mais diversos drinks. Especialmente no mais conhecido: o mojito!

29


Maravilhas peruanas

P

Por Marina Marques

aís cheio de mistérios e histórias para contar, o Peru é um daqueles lugares que todos deveriam conhecer, principalmente aqueles que apreciam uma gastronomia de primeira, afinal, ele foi consagrado por seis anos consecutivos como o Melhor Destino Culinário do Mundo pelo World Travel Awards.

30

MACHU PICCHU Esse império histórico e rico dos povos Incas é o principal destino do país, que recebe a cada ano mais e mais turistas do mundo todo. Construído no século XV e descoberto apenas no século XIX, o Império Inca hoje possui apenas 30% de sua originalidade. O restante foi reconstruído, mas ainda mostra muito da história. Para saber como é a experiência, só mesmo visitando o local, que permite sentir toda a energia que há no alto da montanha, localizada a 2400 metros de altitude. Machu Picchu é dividido em duas grandes zonas, a agrícola, onde há os terraços de cultivos ao sul, e a urbana, onde viveram os incas e onde se desenvolviam as atividades civis e religiosas. Não é à toa que o local é uma das sete maravilhas do mundo e também foi declarado pela Unesco como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

AMÉRICA DO SUL


LIMA E por falar na Unesco e em suas declarações de Patrimônios Culturais, o centro histórico da capital do Peru, Lima, também é um Patrimônio Cultural da Humanidade, e uma cidade que certamente vale a visita. A maior cidade do Peru, Lima tem uma culinária incrível, que leva sabores e ingredientes que talvez nunca se encontre no Brasil, além de um povo acolhedor e um admirável pôr do sol. O local tem como apreciação turística as construções, que foram bem preservadas mesmo com o passar do tempo e com a modernidade. É o caso da Catedral de Lima, em estilo barroco, e a Igreja e monastério de San Francisco, que guardam os ossos de pelo menos 75 mil pessoas enterradas ali nos séculos 17 e 18. Além das construções, há muitos pontos turísticos históricos, como museus, já que é a cidade com a maior concentração de museus do país. Entre eles estão o Museu Nacional de Arqueologia, Antropologia e História do Peru, Museu de Arte, Museu Pedro de Osma, Museu de História Natural, entre muitos outros que falam sobre arte, culturas pré-colombianas, história natural, ciência e religião.

CUSCO Mas uma das principais cidades do Peru é Cusco, localizada no sudeste do Vale Sagrado dos Incas, na região dos Andes. O centro da cidade possui muitos edifícios, praças e ruas conservadas de outras épocas e de construções coloniais, o que faz com que seja mais um Patrimônio Mundial pela Unesco, por sua antiguidade e importância histórica. Cusco é um dos grandes destinos de viajantes aventureiros e curiosos pelas histórias e mistérios Incas, com alguns museus que se concentram pela cidade e igrejas que encantam pela arquitetura original dos povos e com mistura dos colonizadores. Um ótimo passeio é pela Praça das Armas, um dos pontos iniciais pelo tour na cidade, rodeado de restaurantes, bares e outras atrações como a Catedral de Cusco e o Museu Inca. O Mercado Central de San Pedro atrai os turistas pelos aromas e sabores, onde você pode fazer compras das especiarias únicas do Peru, e também o bairro San Blas, que possui ruas de paralelepípedos e muitos restaurantes e lojas de artesanatos, além de um mirante para apreciar toda a cidade em uma das melhores vistas.

31


BRASIL

O

primeiro semestre de 2018 chegou ao fim e, com a chegada do inverno, as pessoas já estão pensando no seu próximo destino para curtir um bom descanso. E, mesmo com as baixas temperaturas, há diversos destinos por todo o Brasil que são incríveis durante essa estação. A Agência Abreu listou os melhores

32

lugares para visitar neste período e ainda deu algumas dicas para escolher entre eles. Confira: SERRAS GAÚCHAS (RS) Os destinos mais famosos da região sul ficam ainda melhores durante o inverno, e é impossível não se apaixonar por eles. Enquanto Gramado encanta pelo visual

romântico de suas casinhas em enxaimel, Bento Gonçalves tem como principais atrações as suas vinícolas. Na primeira, também há o primeiro parque de neve indoor das Américas e, na segunda, pode-se percorrer os charmosos Caminhos de Pedra e ainda fazer o encantador passeio de Maria Fumaça. As Serras Gaúchas são a escolha

FOTOS: DIVULGAÇÃO

PARA APROVEITAR O FRIO


ideal para casais, principalmente aqueles que curtem o frio e querem comer muito bem. Salames, queijos, vinhos e chocolates farão parte de todos os dias da viagem, e vale também reservar uma noite para curtir em frente à lareira! FOZ DO IGUAÇU (PR) Foz do Iguaçu seduz principalmente quem gosta do contato com a natureza. Sua atração mais famosa, o Parque Nacional do Iguaçu, tem 275 quedas d’água com até 90 metros, e deixa visitantes do

mundo todo boquiabertos com tamanha imponência. A dica da Agência Abreu é conhecer toda essa beleza em um passeio de barco ou helicóptero. Outras atrações da cidade são o Marco das Três Fronteiras, a Usina Hidrelétrica de Itaipu e o Parque das Aves. RIO QUENTE E CALDAS NOVAS (GO) Estes também são destinos ideais para famílias com crianças e para quem quer fugir das baixas

temperaturas. A maior estância hidrotermal do mundo tem piscinas com temperaturas que variam entre 30 e 57 graus, o suficiente para qualquer um esquecer que é inverno. Para aproveitar cada segundo ao máximo, o melhor é ficar em um dos resorts, curtindo piscinas, bares e restaurantes. Mas também há muito para aproveitar fora dos hotéis, como o maior complexo de lazer da região, o Hot Park, e o Parque Estadual da Serra de Caldas, onde é possível fazer caminhadas.

33


EUROPA

O que é que a Noruega tem de mais especial? Noruega é um país nórdico da porção norte da Europa. Ela ocupa a parte ocidental da Península Escandinava, a ilha de Jan Mayen e o arquipélago ártico de Svalbard, através do Tratado de Svalbard. Já a parte continental divide fronteira com a Suécia e ao norte com a Finlândia e a Rússia. O país também reivindica uma parte da Antártida conhecida como Terra da Rainha Maud, que foi reconhecida pela Austrália, França, Nova Zelândia e Reino Unido. A linha costeira da Noruega, de frente para o oceano Atlântico Norte e para o mar de Barents, é a casa de seus famosos fiordes, um dos pontos turísticos naturais. Apesar do frio, a Noruega pode ser um país extremamente acolhedor para os turistas. As atrações turísticas vão desde museus até operas internacionalmente reconhecidas. Há coisas para fazer o ano todo e para todos os tipos de público. As atrações urbanas do país vão desde a agitação urbana de Oslo até a diversidade ártica de Svalbard.

34

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A

Por Isabela Ribeiro


TOP 3 DESTINOS Bergen – Uma das cidades mais chuvosas do planeta, Bergen é o local certo para conhecer os mais belos fiordes da Noruega. Também conhecida como capital dos fiordes, a cidade está repleta de casas de madeira e, ao fundo, sete montanhas. É como um conto de fadas. Frutos do mar frescos e outras iguarias locais são comparáveis às obras de arte dos museus e galerias da cidade. Para completar, você ainda pode conhecer o porto hanseático medieval de Bryggen, com construções históricas e fundações que datam do século 12. O porto é considerado um patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Os fiordes do entorno são imperdíveis, principalmente os extensos Hardangerfjorden e Sognefjorden, que apresentam paisagens idílicas com propriedades rurais, campos floridos e penhascos verticais mergulhando nas águas geladas. Tromsø – Localizada no norte da Noruega, é o lugar adequado para observação das Auroras Boreais, pois ela está acima do Círculo Polar Ártico. Mesmo

quando a intensidade das auroras é reduzida, é possível enxergá-las. Conhecer Tromsø é explorar a cidade e compreender melhor como se vive no Ártico, assim como as atividades do inverno. A cidade oferece um city tour que sai duas vezes por semana do Posto de Turismo. Turistas que já visitaram o local afirmam que são contadas diversas histórias e explicações pelos guias turísticos. Três locais para conhecer são: Museu Polar, Marcas da Segunda Guerra e o Mirador. As Ilhas Lofoten – Lá você pode provar de tudo, desde pratos locais com frutos do mar e carneiro, até praias de areia branca e o Museu Viking Lofotr. Além disso, é muito fácil viajar das ilhas para o continente, para Helgeland e para as Ilhas Vega, também declaradas patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. As Ilhas Lofoten têm a forma de um enorme braço que invade o mar. Seus picos se estendem até o céu ártico como torres de catedrais e, entre eles, dominam a paisagem os vilarejos tradicionais, em que vivem pescadores e artistas.

35


FOTO: DIVULGAÇÃO

CAPA

36


PAÍS QUE

ENCANTA

C

onhecido principalmente pela belíssima Torre Eiffel, o país da Cidade Luz está ainda mais em evidência após vencer a Copa do Mundo 2018. A capital Paris reserva muitas surpresas para seus visitantes, como o Arco do Triunfo, seguida pela famosa avenida Champs Elysees, além do Museu do Louvre e o tradicional cabaré Moulin Rouge. Muitas atrações turísticas importantes de Paris - o Museu do Louvre e o Museu d’Orsay, por exemplo - são gratuitas para todas as pessoas no primeiro domingo de cada mês. No caso do Louvre, no entanto, a gratuitade só é válida entre os meses de outubro a março. Para quem tem visto moradia da europa, a entrada é gratuita. É bem fácil andar por Paris, e é possível ir de um ponto a outro andando (se estiver disposto a caminhar), aproveitando e admirando a cidade. As estações de metrô são próximas umas as outras então, não ocorre o risco de ficar muito longe se perder a estação desejada.

37


38


Hospedagem 5 estrelas em Saint-Germain-des-Prés - O hotel Bel Ami pertence ao grupo B Hotels& Resorts, com 5 outros hotéis que compartilham um alto nível de conforto, atendimento ao cliente e qualidade que lhes permite atrair uma clientela fiel da França e do exterior. O Bel Ami Hotel faz parte destes lugares imperdíveis de Saint-Germain-desPrés, porque com suas 5 estrelas, ele oferece um bom serviço, o único nos arredores da Praça SaintGermain-des-Prés e sua igreja. Com os seus 108 quartos de design único, o seu restaurante, bar e o seu Carita Spa, o Bel Ami Hotel é o endereço discreto e acolhedor. Duplamente, ele merece o nome de “Bel Ami”, porque este charmoso hotel, idealmente localizado no coração de Paris, ocupa um edifício que data do século XIX, o Guy de Maupassant, Bel Ami. A não perder também, todo fim de semana, o brunch orgânico no Bel Ami, em uma decoração fresca, é

uma referência em St. Germaindes-Près. O hotel também oferece espaços para conferências, muito

diferentes e acolhedores. Para saber mais ou fazer sua reserva, visite www.hotelbelami-paris.com.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Visitas no castelo de Azay-le-Rideau - Até 31 de agosto, o Centre des Monuments Nationaux lhe-convida para “Nocturnes du Château d’Azayle-Rideau”. O castelo vai abrir todos os dias e, durante o verão e também à noite! A ideia é propor aos visitantes uma descoberta do local e do jardim, mas desta vez, no crepúsculo, até as 23 horas, sem custo adicional em relação à tarifa normal. Outros eventos neste verão no Château d’Azayle-Rideau? Um guia que oferece visitas diferentes, na forma de um encontro burlesco e que oferece uma visão incomum do castelo no dia 26 de julho. Mas também, o “18-22h”, até 16 de agosto, e que convidam você a se reunir com os viticultores da AOC Touraine para uma degustação de vinhos brancos e rosés da denominação, acompanhados de pratos típicos da região Touraine. Para descobrir mais detalhes sobre essas visitas noturnas, acesse: www.azay-lerideau.fr/en.

39


40

começa em 1771 em Calais, e continua em Paris, desde 1830, sempre se desenvolvendo para oferecer um serviço único (com a chegada do restaurante de duas estrelas do chef, Alain Ducasse desde 2003 e a confeitaria de Cédric Grolet), aliando conforto

e vanguardismo ao atendimento dos pedidos dos clientes. Andy Warrol, Nelson Mandela ou Woody Allen são algumas das celebridades que já se hospedaram no estabelecimento, para o qual a localização é ideal, entre a Place de la Concorde e o

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Os incríveis Palaces Le Meurice e Le Plaza Athénée - O Hôtel Meurice e o La Plaza Athénée são dois estabelecimentos da Coleção Dorchester, que reúne uma dúzia de endereços de hotéis excepcionais em todo o mundo. A história do hotel Le Meurice


Museu do Louvre. O Plaza Athénée, por sua vez, é também um estabelecimento de 5 estrelas, localizado na prestigiada Avenida Montaigne em Paris, ponto de encontro de moda, gastronomia e cultura. O Plaza Athénée lhe convida

para uma experiência única, entre apartamentos de luxo com toques da emblemática arte de viver francesa (como acontece com as casas Guerlain ou Dior), os restaurantes (Maison Ducasse e seus salões com decoração exuberante, restaurantes La

Terrasse Montaigne ou Relais Plaza) ou o Instituto Spa Dior. Dois prestigiosos estabelecimentos carregados de história, portanto, que oferecem serviços de prestígio, em paraísos arquitetônicos que trazem as marcas de seu passado, mas olham para o futuro!

41


Reservas para os cruzeiros Ducasse no rio Sena - O grande chef Alain Ducasse, com estrela Michelin, decidiu diversificar sua oferta gastronômica, não apenas no prato, mas na maneira de arrumar a mesa! Ou melhor, onde ele quer arrumar a mesa! A partir de setembro, e já com reservas desde junho, os cruzeiros Ducasse en Seine serão lançados! O conceito? Um restaurante flutuante que se deslocará entre os Jardins Trocadero e a Torre Eiffel, e no qual serão realizados show cooking. Reunindo cerca de 200 pessoas a bordo destes barcos elétricos, serão oferecidos dois serviços de 1:30h cada, mas também chá e/ou aperitivos no cais durante o dia. Depois de abrir os últimos dois locais em Paris, assinados Alain Ducasse, assim como o restaurante Ore em Versalhes e o Spoon2, na Boursede Paris, o grande chef francês quer lançar uma nova aposta. A ideia é apresentar uma oferta gastronômica à la carte, que pode honrar os pratos da cozinha francesa

42

contemporânea, com belos produtos sazonais preparados no local, no navio de cruzeiro, enquanto navega entre os monumentos mais famosos da capital francesa.


CURIOSIDADES Clima A França tem um clima temperado e agradável. A França continental é dividida em quatro áreas climáticas distintas: Clima oceânico (oeste da França): a precipitação média está espalhada por muitos dias e modestas variações de temperatura anuais.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Clima continental (centro e leste da França): invernos frios e verões quentes. Clima mediterrâneo (sul e leste da França): verões quentes e secos, chuvas de outubro a abril (clima úmido, mas leve), sol amplo durante todo o ano. Clima de montanha (altitudes

acima de 600-800 m): alta pluviosidade, neve de três a seis meses por ano. Geografia A França se estende 1.000 km de norte a sul e o mesmo de leste a oeste, cobrindo uma área de 551.500 km² e chegando a 675.417 km² com territórios ultramarinos. É o terceiro maior país da Europa, depois da Rússia e da Ucrânia (segundo, se você incluir os territórios ultramarinos). A França metropolitana tem quatro linhas costeiras: o Mar do Norte, Canal Inglês, o Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo. O comprimento total do seu litoral é de 3427 km. Com a exceção da sua fronteira nordeste, o país é limitado principalmente por mares e oceanos e fronteiras naturais: o rio Reno e as montanhas Jura, Alpes, Pirineus.

43


VIAJANTES

Vivendo a vida pelo mundo

Q

Por Lucas Leite

uando o assunto é viagem, é sempre bom ter um amigo por perto. Em muitos casos, temos aquele amigo fiel que nos acompanha em todas as viagens que fazemos, que traçamos planos para o próximo destino e planejamos todo o tipo de viagem. A gerente financeira Avelina Falco, de 42 anos, e a empresária Vivian Bomfim, de 43 anos, se conheceram há 22 anos e, aos poucos, se tornaram grandes amigas. O amor por viajar aproximou ainda mais as duas e,

44

hoje, além de terem um blog (vivendoavidapelomundo. com) e mais de 11 mil seguidores no Instagram (@ vivendoavidapelomundo), elas já conheceram 14 países diferentes e rodaram por todo o Brasil. Em um breve bate-papo com a equipe da Revista Enjoy Trip, elas revelaram tudo sobre suas viagens. Desde a emoção de conhecer Berlim e Veneza, até a inusitada situação de estar em um apartamento na França e a proprietária só falar francês, dificultando a comunicação. Confira a entrevista:


Quais destinos vocês já visitaram? Na Europa: Alemanha (Berlim), Itália (Veneza, Roma, Florença, Capri, Cinque Terre, Pisa, Gênova), França (Paris, Vale Du Loire, Marselha), Espanha (Madri, Monteserrat), Inglaterra (Londres), Holanda (Amsterdam), Portugal (Lisboa, Sintra, Óbidos, Porto) e Malta (Ilha de gozo). Na América do Norte: Nova York (Washington), Flórida (Miami, Orlando, Key West), Nevada (Las Vegas), Arizona (Grand Canyon), Califórnia (San Francisco, San Diego, Los Angeles incluindo Venice, Santa Monica, Carmel, Monterrey), México (Cozumel) e Caribe (Ilhas Cayman, Bahamas). Na América Central: Jamaica (Ocho Rios). Na América do sul: Chile (Santiago, Nevados de Chillán), Argentina (Buenos Aires) e Uruguai. No Brasil: Paraná, Santa Catarina (Florianópolis, Blumenau, Camboriú), São Paulo (todo litoral paulista, Campos de Jordão, algumas cidades do interior), Bahia (Itacaré, Arraial d’Ajuda, Porto Seguro, Trancoso, Caraíva, Salvador e Praia do Forte), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Região do Lagos com Búzios e Arraial do Cabo, Paraty, Angra com Ilha Grande, Penedo, Visconde de Mauá, Maromba e Maringá), Minas Gerais (Monte Verde, Belo Horizonte, Inhotim, Ouro Preto), Mato Grosso do Sul (Bonito, Mato Grosso, Cuiabá e Chapada dos Guimarães), Rio Grande do Norte (Natal e Pipa), Ceará (Fortaleza e Jericoacoara) e Pernambuco (Recife, Olinda e Porto de Galinhas). Destes, qual mais gostaram de conhecer? Por quê? Gostamos muito de conhecer Berlim, por toda a história triste, ver que foi lindamente reconstruída e Veneza, por ser a realização de um sonho e pela maravilha de ser uma cidade sem carros, onde as pessoas se locomovem pela água ou a pé. Já tiveram alguma experiência negativa? Como foi? Extremamente negativa não. A mais complicada foi três dias antes de irmos para o Chile recebermos o cancelamento do hotel por falta de neve. O destino inicial seria o Valle Nevado, mas como não tínhamos como reprogramar as férias, descemos mais 600 km atrás de neve e fomos parar em Nevados de Chillán. Acabou sendo uma maravilhosa troca.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Quais idiomas vocês falam? Inglês e espanhol. Como vocês lidam com as dificuldades em relação à língua de cada país? Como na maioria dos lugares as pessoas falam inglês ou espanhol, a gente sempre consegue se virar bem. Em Marselha foi engraçado, pois ficamos em um apartamento onde a dona não falava nada além do

francês, então nós nos comunicamos por mímica ou usávamos o Google Tradutor. No final, a gente acaba se comunicando. Em que momento decidiram criar uma conta no Insta para compartilhar suas experiências? Somos amigas há mais de vinte anos e somos apaixonadas por planejar e viver as viagens intensamente. Temos algumas ideias criativas que se completam, então num momento de comemoração em família falamos no assunto e três meses depois estávamos com o Instagram no ar. Iniciamos em novembro de 2017. Em janeiro, veio o blog e estamos aos poucos deixando ele com bastante conteúdo. Estamos muito felizes com o crescimento e muito otimistas. Vocês vivem disso ou o canal de viagens é um hobby? Por enquanto ainda é hobby, mas temos sim a intenção de monetizar fazendo uma coisa que amamos. As viagens costumam ser patrocinadas ou vocês mesmas arcam com os custos? Nós mesmas arcamos com os gastos. Essa é uma outra coisa que gostaríamos de fazer que seria customizar nossas viagens com parcerias ou patrocínios em troca de divulgação, como blogueiras mesmo. Mas isso ainda está sendo construído. Que dicas vocês dão para quem pretende viajar pelo mundo? Planejamento, pois tudo é possível, basta se planejar de acordo com as possibilidades que dá para fazer tudo. Hoje em dia, a internet ajuda muito com dicas de lugares mais baratos e toda hora tem promoção de passagem aérea. Outra coisa é colocar metas e prioridades, caso a grana seja curta. Ou seja, abra mão de pequenos excessos do dia a dia e guarde para viajar. Foco na meta! Quais as principais experiências nas viagens que vocês levaram para sua vida? Com certeza conhecimento de novas culturas, pois viajar é viver, abre nossos horizontes. Já houve destinos que não corresponderam às expectativas de vocês? Por enquanto não, pois a gente tenta não colocar muita expectativa, e controlar a ansiedade para não nos frustrarmos. Houve outros que superaram totalmente as expectativas? Berlim, como já falamos, e Pompeia, a cidade destruída pelo Vesúvio na Itália, foi mais do que incrível.

45


ÁFRICA

CABO VERDE Destino certo para os amantes da natureza abo Verde, localizado na África, é composto por dez ilhas vulcânicas distintas, onde apenas nove são habitadas. O país conta com destinos ideais para os amantes da natureza, com opções desde praias até montanhas. Lá, cada ilha tem o seu diferencial. A Ilha do Sal, por exemplo, tem diversos pontos turísticos, já a ilha de Boa Vista conta com um deserto em sua rota turística. Na Ilha do Fogo, como o nome sugere, é possível ver e até chegar perto do vulcão e da fortaleza que dá vista para a ilha de Santiago, local onde fica a capital de Cabo Verde, chamada Praia. A Ilha de Santa Luzia é a única que não conta com rotas de turismo. Ela abriga uma reserva

46

natural onde os animais conseguem viver sem a interferência do homem – ela é reservada apenas para fins científicos e de estudo. A cultura do país é caracterizada pela miscigenação de elementos africanos e europeus, um povo que tem musicalidade e que se expressa muito por suas manifestações populares. Sua culinária é baseada principalmente em peixe, arroz e milho. Com um clima tropical, Cabo Verde é um ótimo destino para conhecer em qualquer época do ano. Com opções de pousadas e restaurantes para todos os bolsos, as únicas formas de transitar de uma ilha para outra é de avião ou barco.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

C

Por Stephanie Karoline Lia


ILHAS

BAHAMAS Um paraíso para o casamento e a lua de mel dos sonhos

A

paisagem deslumbrante, o pôr do sol cinematográfico e o clima romântico fazem das Bahamas um dos lugares mais desejados por noivos em todo o mundo. Não só por sua beleza natural exuberante, mas também por oferecer 700 opções de ilhas diferentes que agradam a todos os tipos de gostos. Como “destination wedding”, os destinos oferecem experiências únicas, como as praias de águas cristalinas, ilhas privadas, esportes náuticos, gastronomia internacional, compras, nadar com golfinhos silvestres ou, para os mais corajosos, mergulhar sendo observado por tubarões. Não é à toa que As Bahamas foram escolhidas, por publicações especializadas, em 2015 como o melhor destino para casamentos. As ilhas das Bahamas – Grand Bahama, Exumas, Bimini, Eleuthera, Andros, entre centenas de outras – são tradicionalmente palco de casamentos em grande estilo ou mesmo cerimônias mais discretas, como a que reuniu os atores Penélope Cruz e Javier Bardem, em 2010. Johnny Deep e Mariah Carey são outros nomes famosos que escolheram o arquipélago para celebrar uniões. Mundialmente famosos, alguns dos resorts das Bahamas contam com serviço especializado em lua de mel e bodas. Redes como Atlantis Paradise Island, Breezes, Four Seasons Ocean Club, Hyatt, Sandals,

Hilton, Meliá e Riu, possuem empreendimentos no país e oferecem opções incríveis de lazer e diversão não apenas para os noivos, mas também para as famílias e os convidados da festa. As Bahamas oferecem um serviço próprio especializado em casamentos, que pode ser encontrado no site do destino www.bahamas.com na aba Weddings. Entre os preparativos importantes, é necessário providenciar o certificado internacional de vacinação de febre amarela, uma exigência do país. Para ingressar nas Ilhas Bahamas, não é exigido visto dos brasileiros, mas o visto americano é obrigatório para as conexões na Flórida ou outras cidades dos Estados Unidos. Bahamas - As Ilhas das Bahamas oferecem um lugar ao sol para todos. Cada ilha tem sua própria personalidade e atrações para uma variedade de estilos de férias, com alguns dos melhores mergulhos do mundo, pesca, vela, passeios de barco, bem como compras e restaurantes. O destino oferece um refúgio tropical de fácil acesso e oferece a conveniência para os visitantes da América Latina que precisam apenas de passaporte válido, certificado internacional da vacina contra a febre amarela e passagens de ida e volta para entrar nas Bahamas para fins turísticos. Faça de tudo ou nada, lembre-se de que é tudo melhor nas Bahamas.

47


ÁSIA

TAILÂNDIA Para todo tipo de turista Por Thamiris Andria

U

m país do sudeste da Ásia, com cerca de 69,1 milhões de habitantes distribuídos em 76 províncias: apresento-lhes a Tailândia! A melhor época para visitar o país é entre novembro e março – inverno que tem a temperatura na casa dos 30 graus (sim, 30 graus Celsius!), e sempre é possível apreciar o belo mar azul e os templos budistas extremamente luxuosos. A capital Bangkok tem trânsito caótico, então não se esqueça de colocar a paciência na bagagem. Em compensação ao longo de uma viagem para a Tailândia, bom humor é o que não falta! Os

48

tailandeses são muitos solícitos e simpáticos, além disso, há muitos brasileiros por lá; tanto que alguns avisos, acredite, já estão até escritos em português. Não é muito comum encontrar alguém que fale inglês, mas se você também não fala tailandês, a boa e velha mímica pode te salvar. Tirando o preço alto das passagens aéreas, viajar pela Ásia é bem acessível, o que é interessante caso você esteja com o orçamento apertado. Mas se você é daqueles que não dispensa os hotéis luxuosos e as experiências mais exclusivas, também não irá se arrepender. Ou seja: tem Tailândia para todo


FOTOS: DIVULGAÇÃO

tipo de turista. Mas não é tão simples entrar no país asiático. Existem várias normas que devem ser seguidas, entre elas, você deve providenciar a Carteira Internacional de Vacinação (emitida pela Anvisa) com o registro da vacina de Febre Amarela, que deve ser tomada com até 10 dias de antecedência da sua viagem. Por outro lado, os brasileiros não precisam de visto, e podem ficar até 90 dias por lá, com o passaporte de turismo. O território tailandês oferece inúmeras paisagens paradisíacas para exploração: praias, cavernas, ilhas, florestas... Mas é preciso não se arriscar sem orientação de um guia e respeitar as condições meteorológicas para não passar sufoco com a repentina mudança de clima. Se você pensa em ficar apenas dois ou três dias, está enganado! A capital Bangkok oferece uma quantidade enorme de atrações históricas, como o Grande Palácio – a antiga residência real, cercada por um rio para proteger a família real – é deslumbrante. Dica: para entrar nos templos o uso de calça é obrigatório para homens e os ombros das mulheres devem estar cobertos. Claro que você não pode deixar de visitar as belas praias de mar azul. As mais famosas são Koh Phi Phi, Maya Bay, Phuket e Koh Samui. Vale a pena experimentar a culinária tailandesa, conhecida por ser exótica com seus temperos e pimentas fortes. É muito comum encontrar barracas de rua por lá – pode confiar, se aquela estiver cheia, sinal de que a comida é boa. Então, se você procura cultura, religião, gastronomia e ecoturismo em harmonia, e de quebra ter a chance de conviver com um povo simpático e receptivo, seu próximo destino é a Tailândia.

49


NA ESTRADA

Desbravando o Brasil sobre duas rodas 50


FOTO: DIVULGAÇÃO

S

ão muitas as opções de destinos brasileiros para quem quer viajar de bicicleta. Pedalando por caminhos e trilhas diversos, o turista sobre duas rodas alcança lugares quase inacessíveis. Um passeio de bike ajuda a desbravar, desde lugares pacatos, como a paradisíaca Trancoso (BA), na Costa do Descobrimento, a uma expedição pela Chapada Diamantina, no interior da Bahia. São cachoeiras, cavernas e rios ao longo de quase 300 quilômetros de trilhas, partindo de Lençóis e percorrendo paisagens deslumbrantes. Aventura semelhante pode ser feita pelos atrativos da Capada dos Veadeiros (GO). O Caminho da Luz, pelas montanhas de Minas Gerais, reúne peregrinos que praticam o turismo religioso e de natureza e aventura. Os quase 200 km de trilhas entre a cidade de Tombos e a base do Pico da Bandeira, em Alto Caparaó, na divisa com o Espírito Santo, são percorridos a pé, cavalgando ou pelos praticantes de mountain bike. De bicicleta são quatro dias de pedaladas, mais um para subir e descer o Pico da Bandeira a pé. É o terceiro ponto mais alto do Brasil com 2.982 metros de altitude. Ainda em Minas Gerais, a serra da Canastra está entre os roteiros de cicloturismo que levam a cachoeiras gigantes e nascentes, como a do Rio São Francisco. Outro destino mineiro que pode ser percorrido de bicicleta é a Estrada Real. O caminho colonial para o escoamento do ouro, passando por São Paulo até o litoral do Rio de Janeiro, é rico em história, cultura, gastronomia e belezas naturais. O roteiro completo tem 1.600 km. Se o ciclista preferir explorar a Estrada Real por partes, pode escolher um dos três caminhos: o velho, o novo e o dos diamantes. Todos convergem para a antiga capital, Ouro Preto. Também entre os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, a Serra da Mantiqueira oferece várias opções de caminhos para os cicloturistas. O percurso de 300 km entre Campos

do Jordão (SP) e Paraty (RJ) é um dos preferidos. Santa Catarina tem vários circuitos para exploração dos destinos turísticos de bicicleta. O Vale Europeu é o mais estruturado: oferece 300 km de estradas rurais para um pedal desafiador, em um percurso onde o turista pode contemplar os encantos de nove municípios de cultura italiana e alemã. Timbó, a 30 km de Blumenau, é o ponto de partida e chegada das expedições e de pedaleiros solitários. A rota conta com atrativos naturais, religiosos e de turismo rural. A Costa Verde e Mar catarinense, ao norte de Florianópolis, também pode ser explorada de bicicleta. O percurso de 270 km passa por 11 cidades, sendo oito delas praianas, como Balneário Camboriú. Já o Circuito das Araucárias é repleto de atrativos naturais, históricos, gastronômicos e culturais ao longo de 250 km. Em um trecho de apenas 3 km, o ciclista encontra uma sequência de 14 cachoeiras. Vários trechos do Caminho da Fé, em São Paulo, levam à basílica de Aparecida. O mais longo, com percurso de 500 km, partindo de Águas de Prata, também é feito de bike e dura até 10 dias de pedaladas. Também é possível ir de São Paulo ao Paraná, pelo litoral, percorrendo ilhas e praias de bike. O roteiro ecológico dura uma semana. Já a travessia Salesópolis-Caraguatatuba, pela Serra do Mar, é considerada pelos cicloturistas uma das descidas mais bonitas para o litoral paulista. PEDAL E VINHO – No Rio Grande do Sul, o Vale dos Vinhedos une enoturismo e cicloturismo na mesma viagem. A região da Serra Gaúcha concentra as principais vinícolas brasileiras. Entre uma pedalada e outra pelos parreirais, o turista pode degustar um bom vinho ou espumante e conhecer o processo de cultivos das uvas e de produção da bebida.

Por Agência de Notícias do Turismo/Geraldo Gurgel

51


HOTÉIS

DESTINOS PARA SE DESCONECTAR

52

fechada (50%) e nas florestas (30%) - revelando que esses destinos estão se tornando rapidamente os mais populares para os viajantes. Dos desertos do Oriente Médio e montanhas da Tailândia às praias de Santa Lúcia e geladas tundras da Suécia, os viajantes procuram destinos onde possam se desconectar do mundo e de suas rotinas. “Graças às nossas 25 milhões de avaliações de hóspedes, vimos um crescimento no desejo de escapar da cidade e fugir para às colinas - em alguns casos, literalmente! Ficar desconectado parece ser uma tendência que muitos hóspedes estão destacando em suas resenhas”, diz Marwan Badran, gerente geral da Hoteis. com para a América Latina.

10 MELHORES HOTÉIS PARA SE DESCONECTAR DO MUNDO Noites no Deserto, EAU Anantara Qasr al Sarab Desert Avaliação na Hoteis.com: 9,6 de 10 Situado entre espetaculares dunas de areia, o Anantara Qasr al Sarab Desert Resort é referência como ‘hotel no meio do nada’. Sem sapato e com os pés na areia, este luxuoso hotel oferece spa, safári e muito espaço para relaxar. Reservas a partir de R$ 1.028 por noite

FOTOS: DIVULGAÇÃO

D

adosdaHoteis.com™revelam um aumento nas reservas de “estabelecimentos para se desconectar” nos últimos dois anos*, com 60% dos hóspedes deixando avaliações ótimas para propriedades em destinos que fogem dos padrões. Estas opções em destinos incomuns sobem para o topo das listas de pesquisas conforme a nova geração de viajantes procura e valoriza, cada vez mais, experiências únicas e inesquecíveis. Ciente desta tendência, a Hoteis. com lançou a categoria Melhores hotéis para se desconectar do mundo em sua premiação anual Loved by Guests. A busca por hotéis em locais “fora da rota” aumentaram* ilhas particulares (50%), em mata


Tundra Gelada, Suécia Icehotel Avaliação na Hoteis.com: 8,6 de 10 Este hotel épico é o local ideal para se agasalhar bem e congelar o tempo por alguns instantes. Há infinitas oportunidades para relaxar e aproveitar as deslumbrantes luzes do Norte, e ofertas de quartos frios e quentes, incluindo as Art Suites, cada uma esculpida individualmente e mantida entre -5ºC e -8ºC. Reservas a partir de R$ 640 por noite Vida Selvagem, Bali Four Seasons Resort Sayan Avaliação na Hoteis.com: 9,4 de 10 Este é o local ideal para quem procura um destino romântico e fora do comum. Com vista para os campos de arroz acima do rio Ayung, o resort é realmente um tesouro escondido. O retiro de 60 quartos é cercado pelos exuberantes jardins perfumados de Sayan. Pés para cima - é hora de apreciar o luxo e as paisagens incríveis. Reservas a partir de R$ 1.738 por noite Morando nas Cavernas, Turquia – Gamirasu Cave Avaliação na Hoteis.com: 9,8 de 10 Este hotel poderia estar em outro planeta, mas está apenas escondido na região da Capadócia, Turquia. Com design rústico e beleza impressionante, os “quartos-caverna” garantem aos hóspedes estadias sem pedras no caminho para suas férias. Este hotel peculiar oferece o máximo de luxo até embaixo da terra. Reservas a partir de R$ 581 por noite

53


Casa na Árvore, Tailândia Keemala Avaliação na Hoteis.com: 9,2 de 10 Este hotel é um paraíso espetacularmente situado acima da floresta tropical da ilha. Aninhado a 40 minutos de Phuket, o resort de 38 quartos oferece aulas de ioga e um bar junto à piscina. Além disso, as villas Birds Nest oferecem até piscinas privadas de borda infinita! Reservas a partir de R$ 3.033 por noite Ilha Particular, Flórida - Little Palm Island resort and spa Avaliação na Hoteis.com: 9,8 de 10 O Little Palm Island Resort e Spa prova que as melhores fragrâncias estão nos menores frascos. Um resort exclusivo com apenas 30 quartos, oferece vistas espetaculares de frente a uma praia privada, spa de luxo e restaurante 5 estrelas. Seus feriados não serão mais os mesmos depois destas. férias verdadeiramente desconectadas no sol da Flórida. Reservas a partir de R$ 3.395 por noite Resort nas Montanhas, Santa Lúcia – Jade Mountain Resort

Fuja da civilização neste espetacular canto do mundo. Com vista para 600 acres de litoral, este resort caribenho é um dos hotéis mais fascinantes do mundo. O resort dispõe de spa, academia, quadras de tênis e uma piscina infinita. Algumas suítes até vêm com sua própria piscina com vista para as montanhas. Sua localização oferece aos hóspedes um santuário exclusivo. Reservas a partir de R$ 5.645 por noite

54

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Avaliação na Hoteis.com: 10 de 10


Vida no rancho, Califórnia Calistoga Ranch Avaliação na Hoteis.com: 9,6 de 10 Já Imaginou dar um mergulho em um canyon privado no Napa Valley? Os sonhos se tornam realidade no Calistoga Ranch. O resort oferece um verdadeiro luxo isolado, com lagos privados, colinas e florestas exuberantes. Puxe uma espreguiçadeira e tome um pouco de vinho para celebrar o feriado na Califórnia. Reservas a partir de R$ 3.414 por noite Retiro Rural, Chile Remota Hotel Avaliação na Hoteis.com: 9,0 de 10 Escondidos na Patagônia chilena, um oásis de beleza natural, os hóspedes podem desfrutar de paisagens remotas de tirar o fôlego. O hotel oferece spa, piscina, jardim e biblioteca. Os hóspedes podem utilizar o hotel como base para explorar as florestas nativas vizinhas, ilhotas, campos de gelo e geleiras. Reservas a partir de R$ 684 por noite Silos, Nova Zelândia Silostay Little River Avaliação na Hoteis.com: 9,6 de 10 Nessas férias, é hora de separar o joio do trigo na peculiar cidade de Little River, na Nova Zelândia. Localizados na terra conhecida como ‘a longa nuvem branca’, os silos de grãos reformados trazem uma experiência única, extraordinária e curiosa. Esta acomodação inovadora e ecológica é a única do seu tipo no mundo. Reservas a partir de R$ 464 por noite

55


FOTO: DIVULGAÇÃO

CRUZEIROS

56


Rumo ao Caribe Por Lucas Leite

E

stá para nascer uma pessoa que ame viajar e jamais tenha tido vontade de ir para o Caribe. Os cruzeiros são uma boa opção para quem tem vontade de conhecer um dos maiores paraísos do mundo. O que pesa contra, porém, é o pouco tempo para conhecer um lugar tão maravilhoso. Portanto, você tem de saber se algumas horas bastam para satisfazer o desejo de conhecer o Caribe, ou basta ir preparado e saber como aproveitar o tempo entre cinco e nove horas que os navios disponibilizam para os seus passageiros curtirem o lugar. Os grandes navios só podem parar em ilhas que possuem uma infraestrutura especializada para recebê-los, que são, normalmente, as mais urbanizadas. Portanto, barcos menores são melhor opção se a ideia for conhecer as ilhas mais afastadas. Comprar excursões a bordo ou em terra, alugar carro ou usar transporte público são opções interessantes para explorar o lugar. Os portos e arredores contam com lojas duty-free e restaurantes que são essenciais durante o passeio. Outro fator importante na hora de rumar para o Caribe é escolher a época certa do ano para ir. Cada pessoa tem seu estilo e seu jeito de curtir o cruzeiro. Isso faz com que conhecimentos sobre a agitação, lotação e o clima do destino sejam essenciais ao viajante. 

Em janeiro e fevereiro, por exemplo, a alta temporada está a todo vapor e os cruzeiros têm diversos estrangeiros, os portos enchem e as tarifas aumentam.  Em março, o Spring Break americano pode agitar excessivamente as embarcações das americanas Carnival e Royal Caribbean. O agito, porém, acaba em abril, junto da alta temporada. De maio a novembro, apesar do clima continuar muito quente, as chuvas comparecem em grande parte do tempo. Enquanto de junho a novembro a “temporada de furacões” está aberta no norte do Caribe. É bem verdade que eles não chegam a se formar sempre, mas é um risco enorme e, às vezes, os cruzeiros mudam seus itinerários para evitar maiores problemas. Em dezembro, com os furacões se despedindo e o fim das chuvas mais fortes, a alta temporada recomeça.  O visto para viajar só é necessário para pessoas que embarcarão nos Estados Unidos ou que passem por Porto Rico ou pelas Ilhas Virgens Americanas.  Algumas ilhas caribenhas exigem certificado de vacinação contra a febre amarela, que deve ser tomada, no mínimo, 10 dias antes da viagem. São elas: Bahamas, Barbados, Belize, Bonaire, Curaçao, Granada, Guadalupe, Jamaica, S. Lúcia, St. Martin/ Maarten.

57


#REVISTAENJOYTRIP

TOP 10 @viagemdeaaz, Toronto - Canadá

A

Enjoy Trip recebe diariamente diversas fotos de viagens. Em nosso Instagram (@revistaenjoytrip) você encontra imagens dos mais variados destinos e ângulos fotográficos. Adoramos conhecer o mundo através dos olhos de nossos leitores, por isso, selecionamos para essa edição dez fotos que repostamos em nossa rede social. Quer ver sua foto no feed da Enjoy? Basta publicar seu clique e marcar #revistaenjoytrip.

@astrolabio.trip - Cusco

58 @proxima_conexao Torre Eiffel, Paris

@corratetecorra, Cidade Pipa - Rio Grande do Norte


@vamosviajarpraondeagora - Rio de Janeiro

@vamosviajarpraondeagora, Punta Cana

@travejante, Malta

@viagemeintercambioemfamilia_ Valle Nevado, Chile

@hebersoares, Grand Canyon, Arizona, Estados Unidos

@localstobe, Croรกcia

59


QUANDO O MUNDO INTEIRO VIAJA A GRAMADO, A GENTE NÃO CHAMA DE FÉRIAS: CHAMA DE TRABALHO.

Em 2018 acontecerá a 30ª edição do FESTURIS: o maior evento para efet ivação de negócios no setor t uríst ico. Venha fazer part e dest e marco hist órico.

ANOS YEARS AÑOS

Rua Garibaldi, 308 - Sala 201 Gram ado - RS - Brasil Caixa Postal 394, CEP 95670-000

+55 (54) 3286 3313 | +55 (54) 3295 8500 www.festurisgram ado.com comercial@rossiezorzanello.com .br

Revista Enjoy Trip ED.09 | 2018  
Revista Enjoy Trip ED.09 | 2018  
Advertisement