Page 4

04 POLÍTICA

www.jornalmaisnoticias.com.br

ALÉM DO MAIS Professor Silvino Na sessão de ontem, as discussões ficaram acaloradas por conta do assunto Rodoanel, como você pode ver na página ao lado, a ponto de serem iniciadas diversas discussões paralelas que de tão intensas, acabaram atrapalhando a fala do vereador Silvino Castro (PRB). Ao cobrar (com razão) atenção à sua fala, ele fez uso do melhor estilo professor de escola, parando de falar. Ao ver que as atenções voltaram para ele, disparou: “nesta Casa, há um regimento a seguir. Está sendo discutido um assunto importante e quero a atenção de todos”.

merecido tanto pelo trabalho sério que vem sendo realizado quanto pela amizade que tem com o titular da pasta.

Parem as máquinas Mas, quando finalmente ele conseguiu a atenção da plateia, teve sua fala novamente interrompida, desta vez por um motivo de força maior: uma invasão ao plenário promovida pelo Sindicato dos Ambulantes do ABC que foram reivindicar um local para trabalhar. De imediato, Banha suspendeu a sessão para ouvir os pleitos da categoria que foram feitos por um porta-voz. Ao final, ficou acertado que eles poderão se manifestar em outro momento.

Ligados em rede Rumores de bastidores apontam para uma mudança nos quadros da vereança ribeirãopirense. O protagonista seria o vereador Paixão (PPS), que migraria para a REDE, partido de Marina Silva que está em fase final de aprovação. Segundo um interlocutor, o edil refutou a informação, mas poderia até mesmo estudar a questão. Mas, como onde há fumaça, há fogo, não falta quem garanta que isso irá acontecer. E que junto com ele, haveria mais mudanças que fariam da nova legenda a segunda maior bancada da casa. É esperar para ver...

E o Zé? Na volta da sessão, o “momento-descontração” coube ao vereador Zé Nelson. Tão logo foi lida uma moção de congratulações e júbilo ao secretário de Saúde e de Governo Koiti Takaki de sua autoria, de maneira inexplicável houve um riso espontâneo por parte de alguns pares. Meio sem jeito, Zé explicou que o documento era

Assinando embaixo O vereador Jorge da Autoescola (DEM), que não havia achado graça da situação, endossou as palavras do colega de plenário, ressaltando que, além do bom trabalho, Koiti também escuta as demandas feitas pela Casa de Leis, ressaltando que ele é uma pessoa “fácil de se conversar”, uma mostra de que a relação está fluindo perfeitamente e que o entrosamento funciona por música.

Barca afundando Falando no PPS e em saída, o ex-vereador Gil Hamada deixou a legenda recentemente e ainda está com futuro indefinido, já que estuda convites. Será que a barca pepessita está afundando? Será que sobrará alguém para apagar a luz?

22 | agosto | 2013

Revoltados com obras do Rodoanel, vereadores disparam contra SPMar Por Danilo Meira

Obras são motivo de diversas queixas na cidade

Na sessão ordinária da Câmara Municipal realizada na manhã de ontem, a discussão girou em torno dos grandes prejuízos causados pelas obras do Rodoanel na cidade. Em requerimento assinado pelos vereadores Banha e Gabriel Eid Roncon, foram solicitadas providências em relação aos danos causados na região. No último final de se-

mana, houve uma manifestação de moradores da Vila Suely que, revoltados com a situação, fizeram uma espécie de cordão para impedir o trânsito de caminhões. Esta é apenas uma das muitas queixas que a população apresentou nos últimos dois anos, desde quando tiveram início as obras. Em sua fala, o vereador Renato Foresto lembrou que “em março ou abril

eles vão ‘picar a mula’ e deixarão a cidade a ver navios”. Jorginho da Autoescola endossou as palavras do companheiro e foi além: “devemos procurar o MP para ver o que pode ser feito antes que a SPMar vá embora e não cumpra o que foi prometido. A empresa não está respeitando a população”. O presidente Banha também cobrou a abertura do contrato existente entre a Prefeitura e a empresa: “é importante termos acesso ao contrato para sabermos exatamente o que será feito pela empresa. A Rua São José, por exemplo, segundo o engenheiro, não está no contrato e será reparada pela prefeitura, que terá que arcar com o prejuízo”. Ele ainda disse que “há má fé” e que a Casa deve “interceder para agir junto com os moradores” e até mesmo “parar a obra”. Silvino Castro, por sua vez, ponderou a “falta de respeito dessa empresa com nosso povo. Temos que dar um basta”.

O líder de governo Hercules Giarola ressaltou que a cidade ainda teve mais prejuízos: “a demanda é maior que isso. A SPMar nos deve mais de 18 milhões de ISS e nem fala em pagar. Eles ganharam a concorrência em Belo Monte (usina hidroelétrica localizada no Pará) e já falam em terminar a obra rapidamente para se concentrar lá. Temos que mobilizar a cidade de Ribeirão Pires para parar a obra e receber esse dinheiro”. Os vereadores ainda lembraram outras demandas não cumpridas pela empresa, antes de definirem que farão uma mobilização na próxima semana a fim de cobrar mais responsabilidade da SPMar. “Essa camara irá reconstruir a história de Ribeirão Pires. Estou indignada com a postura da SPMar. Chegou a hora de darmos um basta e não deixar mais essas empresas virem aqui e fazerem o que quiserem”, concluiu a vereadora Cleo Meira.

Cléo Meira fará parte do Fórum Regional de Mulheres Na última terça, em seu gabinete, a vereadora Cléo Meira (PTN) recebeu a visita da parlamentar de Santo André Bete Siraque (PT), que convidou a ribeirãopirense para integrar o Fórum de Vereadoras que discutirá políticas públicas para mulheres no ABC. Cléo aceitou o convite e falou

sobre a importância do movimento: “em Ribeirão Pires, por exemplo, não temos políticas voltadas as mulheres. Na Saúde precisamos de um Centro de Referência da Saúde da Mulher, um AME e um aparelho de exame para a prevenção do Câncer de Mama, uma das minhas bandeiras”. (D.R.)

Bete Siraque e Cléo Meira

Mais Notícias - Edição 590  

Destaque: Ribeirão Pires receberá R$ 41 milhões do PAC 2

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you