Page 1

Distribuição Gratuita

Edição do Anunciante

VIDA

Quiropraxia, cirurgia plástica e dieta: tudo para começar bem o verão CASA

Especial salas: requinte e conforto no lugar mais aconchegante da casa ESTILO

Casual ou social: a moda que envolve os melhores encontros

Ano I - Edição IX

R$ 4,90

1


Falar de Jornal Design é falar de evolução. E falar de evolução é o maior prazer! É porque pressupõe sentimento, humildade e tantas outras coisas mais humanas. É preciso ter coragem, ousadia, enfim...Ser. Há nove meses, talento, inovação, paixão pelo belo e determinação da equipe compõem esta trajetória que, a cada edição revela lugares, espaços, matérias, viagens e sensações surpreendentes página após página. Optar pelo design é ter um propósito e viver para cumpri-lo. Abrir portas para tantos e como consequência, para si mesmo. Design é reconhecer o valor do outro e fazer evoluir. É indiscutível a contribuição desta publicação para o crescimento dos segmentos Vida | Casa | Estilo, sempre priorizando a valorização dos profissionais, empresas, produtos e serviços nestes mercados. Eu diria que o Jornal Design Serra é uma “vitrine de negócios”. Nesta recheada edição, que saúda a chegada do verão, podemos desfrutar dos grandes preparativos para deixar o corpo e a mente em perfeitas condições e assim, escolher, sem receio, o destino mais propício para exibir a silhueta e, claro curtir ao máximo suas férias. Porém, nada mais desconfortante do que retornar de uma bela programação de férias e não ter aquela super poltrona ou estofado para relaxar e ver seu programa favorito na televisão, afinal de contas aquele home também não está do jeito que você idealizou ou então, aquela mesa de jantar onde você brinda os mais deliciosos momentos com a família, não está mais tão bacana. Para tanto, preparamos um especial de salas de estar e jantar que você não vai resistir e, logo começará a transformação do espaço mais aconchegante da sua casa. Falando em férias, final de ano em breve, não podemos nos esquecer das grandes festas que permeiam estes próximos meses e, portanto, vamos nos voltar aos looks perfeitos para cada ocasião. Pois, estar atento as tendências da moda faz parte do seu estilo, é vida em movimento e evolução. É design. É tear tecendo design sem fim! Silvana Aibel Silvia A. Perusso

CAPA O sofisticado ambiente na loja Omega Viratto, projetado pela arquiteta Silvana Ferrari Copat e acadêmica Keli Zottis, foi eleito para protagonizar a belíssima cena de capa desta edição, onde os modelos Felipe Salvadori e Adriano Skibinski vestiram os sofisticados Identidade Homem e as modelos Andressa Anceski, Juliana Bordignon e Jessica Sganzerla desfilaram os glamorosos looks Porta Azul, complementando o charme com calçados Eccentric Shoes e Acessórios Mel de Assis. A requintada champanheira, da Per Casa Utilidades Domésticas, agregou estilo ao momento. A beleza dos modelos foi assinada por Marilia Cabelos, pelos produtores de moda Ricardo Rambo e Rodrigo Britzke e registrada por Anderson Pagani.

EXPEDIENTE Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia A.Perusso | Silvana Aibel Equipe: Dirce Heuser | Raquel Geórgia Konrad Diagramação: SimpleComm Jornalista Responsável : Marlove dos Santos REG. 6668/28/57 Assessor Jurídico: Ranulfo Cardoso Fernandes Junior OAB/GO 19915 Tiragem Mensal: 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Serafinense Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Farroupilha | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 2621.3134 contato@jornaldesign.com.br 2

Foto: Anderson Pagani

EDITORIAL


Foto: Digulgação

Dor aguda nas costas? Várias pessoas sofreram, em algum momento da vida, uma dorzinha após tentar levantar um peso sem pensar, ou após realizar um movimento rápido ao sair da cama ou até mesmo para se vestir. Quem nunca passou por algo parecido? É comprovado que 60 a 80% da população adulta deverá se queixar de dores nas costas algum dia e a maior incidência é dos 35 aos 55 anos. A coluna vertebral é um empilhamento organizado de vértebras, encaixadas perfeitamente umas nas outras. Unidas, elas formam um longo canal

que traz a medula em seu centro, que é o chamado canal medular. A medula é uma extensão do cérebro com diversas ramificações ao longo da coluna. E, sendo uma extensão do cérebro, carrega uma informação preciosa, a informação nervosa. Tudo no seu corpo funciona porque a medula traz a mensagem do cérebro até seus órgãos e tecidos de como e quando as coisas devem acontecer no seu organismo. Geralmente quando você trava é porque o movimento foi tão rápido, impensado ou com tanta carga, que a sua inteligência corporal não acompanhou e uma das vértebras não pôde retornar totalmente ao seu local de origem, causando a compressão de um desses ramos que saem da medula. Essa compressão implica em uma dor aguda e contínua, como uma facada - formigamento, perda de força ou perda da sensibilidade nas

pernas podem tratar-se de lesões mais sérias e um exame de imagem se fará necessário pra um melhor diagnóstico. Nesses casos, a quiropraxia entra como uma prevenção para a sua coluna vertebral, para que não ocorra uma carga tão grande com um movimento, por exemplo, pois no tratamento buscamos prevenir esses desalinhamento e pressões que ocorrem com os nossos hábitos diários. Alongamentos e atividades físicas também são importantes para o bom funcionamento da sua coluna. Faça uma avaliação e conheça os benefícios que a quiropraxia pode trazer para o seu corpo.

Carla Parisotto Quiropraxista ABQ: O254

3


Fotos: Digulgação

Seriedade e compromisso na realização de sonhos Alexander Hornos, CRM 29199, é cirurgião plástico especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Médico graduado pela Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre, atual Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Especialista em Cirurgia Geral pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição também em Porto Alegre, e Especialista em Cirurgia Plástica pelo Programa de Residência Médica em Cirurgia Plástica do Hospital Cristo Redentor de Porto Alegre, programa reconhecida pelo Conselho Nacional de Residência Médica, MEC e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Além destes, realizou aprimoramento técnico em Cirurgia Plástica Estética e Rinoplastia (cirurgia de nariz) em prestigiados Serviços de Cirurgia Plástica Americanos. Natural de Porto Alegre, atualmente o médico divide suas atividades profissionais entre a capital e a serra gaúcha, onde atende em Caxias do Sul e Garibaldi, na conceituada Equilíbrio Essencial. Nesta entrevista, o cirurgião plástico fala de sua carreira, bem como das principais cirurgias para quem busca a realização pessoal. Jornal Design: Qual sua filosofia de

trabalho e objetivo enquanto profissional que atende as pacientes mais exigentes do mercado? Dr. Alexander Hornos: Consideramos o procedimento cirúrgico como um verdadeiro evento na vida de cada paciente, assim a decisão de realizar uma cirurgia plástica ou mesmo um procedimento estético deve ser encarada com total seriedade. Cada paciente deve ser avaliado na sua individualidade, usando preceitos técnicos cientificamente comprovados e senso estético e artístico para a busca de um resultado satisfatório e harmonioso. A segurança do procedimento deve ainda ser priorizada, através de uma adequada avaliação clínica pré-operatória e da realização do procedimento cirúrgico em hospitais devidamente capacitados. Além disso, pensamos ser fundamental o acompanhamento do paciente, antes, durante e, sobretudo, na fase de recuperação pós-cirúrgica precoce e tardia. Todo o acompanhamento pré e pós-operatório é, por nós, realizado integralmente e pessoalmente. Acreditamos ainda que a abordagem multidisciplinar é fundamental para a obtenção de melhores resultados, assim contamos com o auxílio de profissionais especializados nas mais diversas

áreas vinculadas ao suporte do paciente em todas as etapas do tratamento proposto. Nossa equipe é composta de dermatologistas, nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas. Afinal, consideramos que o paciente de cirurgia plástica merece níveis completos de suporte antes e especialmente depois da cirurgia. Objetivamos assim proporcionar às nossas pacientes níveis de excelência em Cirurgia Plástica. JD: Como conquistar a confiança das clientes para uma decisão tão importante? AH: Visamos a prestação de um atendimento diferenciado, realizado com competência, seriedade e dedicação, atuando, sobretudo, de maneira atenciosa e cuidadosa. Priorizamos aspectos essenciais na relação com o paciente: o respeito à sua individualidade e privacidade, e a orientação clara e sincera sobre os procedimentos propostos e suas limitações. JD: Quais são os procedimentos mais procurados? AH: Seguramente, as cirurgias mais procuradas são a Mamoplastia de Aumento (prótese de silicone nas mamas) e a Lipoaspiração, o que reflete as pesquisas da SBCP em âmbito nacional. Temos

Dr. Alexander Hornos, especialista em cirurgia plástica

também uma procura muito grande para os procedimentos de Rinoplastia e Otoplastia (cirurgia para correção de orelha em abano), muitas vezes tão grande quanto à procura pela de colocação de próteses de mama, além de procedimentos para contorno corporal, como, lipoescultura, aumento glúteo e plástica abdominal. JD: Quais são as técnicas hoje realizadas na cirurgia plástica? AH: As técnicas hoje utilizadas são cada vez mais modernas, na busca de resultados mais naturais, duradouros, com menores cicatrizes e menor tempo de recuperação. Técnicas atuais e consagradas mundialmente, conhecidas como “state of the art” por evidenciar a arte e o perfeccionismo da cirurgia, caracteriza o trabalho que temos desenvolvido.

pele suave. sem pelos. sem dor. A LightShape é sua nova opção de centro estético em

Laymark.com.br

Bento Gonçalves. Venha conhecer nosso espaço, serviços e fazer sua avaliação gratuita!

50 a partir de

,00

por área e sessão

L’América Shopping - Térreo Bento Gonçalves | RS | (54) 3055.3435 4


JD: Já estamos chegando na estação mais aguardada por todos, o verão. Mas com ele vem a velha preocupação com o corpo, não é mesmo? Há alguma cirurgia que possa ser feita nesse período para que as mulheres possam se sentir mais belas e satisfeitas ainda nessa estação? AH: Na realidade existe uma falsa ideia que a cirurgia plástica só pode ser realizada no inverno. O melhor momento para a realização de um procedimento cirúrgico ou estético é aquele em que o paciente tenha disponibilidade para seguir as orientações médicas e os cuidados pré e pós-operatórios, seja no verão ou no inverno. Obviamente temos que ter cuidado com a exposição solar nessa época do ano, que é mais intensa e sabidamente prejudicial ao processo cicatricial. No entanto, temos uma série de procedimentos que são passíveis de realização no verão, desde que indicados de maneira correta. JD: Em cirurgia plástica, geralmente os profissionais são especializados em alguma área do corpo. Uns são bons em

mama e outras em barriga, por exemplo. Por você realizar diversos procedimentos, como procura se aperfeiçoar nas diferentes áreas? AH: A denominação de especialização em determinado tipo de procedimento cirúrgico não passa de estratégia de marketing de muitos colegas, pois na realidade não existe qualquer tipo de subespecialização em Cirurgia Plástica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. O que existe sim é um reconhecimento por parte dos nossos pacientes quando da realização de muitos procedimentos de um tipo com excelentes resultados, o conhecido “boca -a- boca”. Buscamos o aperfeiçoamento técnico em cada tipo de cirurgia por meio de atualização contínua através da participação em cursos nacionais e internacionais, além de contar diariamente com as mais recentes publicações e inovações da especialidade nos mais importantes meios científicos. A cirurgia plástica, seja ela reparadora ou estética, é uma especialidade médica

em contínua evolução e com a oportunidade única de unir a arte e a ciência para aprimorar a forma. Além disso, pensamos ser fundamental o contacto direto e troca de experiências com outros profissionais de destaque nacional e

internacional. Estivemos neste ano, por exemplo, em Dallas e Cleveland para aprimoramento em Rinoplastia, e em 2012 já estamos nos programando para um período em Vancouver e em Newport Beach, CA.

A Equilíbrio Essencial está localizada em Garibaldi, na Rua Dante Grossi, nº 283. Contato no 54 3462.3859

5


Sua dieta realmente funciona? “Já tentei de tudo e não consigo emagrecer.” Se esta é uma frase rotineira em seus pensamentos, talvez seja importante rever sua dieta e a linha de tratamento que está seguindo. É possível que não sejam os mais adequados a você. Primeiramente, é necessário compreender que a obesidade é um sinal de inflamação crônica gerada por um desequilíbrio e, para emagrecer, não basta apenas diminuir a ingestão de calorias ou fazer mais exercícios. Nossos órgãos trabalham de forma associada e harmônica, mantendo, de forma inteligente, sua integridade. Quando interferimos negativamente neste funcionamento, possibilitamos o agravamento desse excesso de peso, acompanhado por diversos sinais, sintomas e até mesmo doenças como cansaço, alterações do sono, excesso de gases, depressão, dores de cabeça, fome excessiva por doces, osteoporose, dores articulares, ansiedade, hipertensão, diabetes, etc. Pensando em consumir menos calorias, as pessoas iniciam um quadro de intoxicação orgânica, na medida em que ingerem mais corantes, conservantes, acidulantes, entre outros aditivos químicos, além de metais pesados, solventes e agrotóxicos. A gordura passa a se tornar o depósito para todas essas toxinas como um mecanismo de defesa que o próprio corpo encontra para minimizar e até mesmo impedir seus efeitos prejudiciais, preservando seu equilíbrio funcional, até que possa eliminá-las. Na medida em que são ingeridas mais

toxinas, observa-se um desequilíbrio da digestão e a alteração do funcionamento do intestino, sobrecarrega-se o fígado de toxinas, os líquidos corporais tornam-se mais ácidos e congestionam o sistema linfático. As células, neste momento, são nutridas e oxigenadas de forma deficiente, deixando o metabolismo mais lento e dificultando a queima de gordura. Para uma dieta estar bem adaptada é preciso que muitos fatores sejam levados em conta na estruturação do programa alimentar. Sendo assim, é importante realizar um tratamento baseado em um rastreamento completo do pacientes, de seus exames laboratoriais, estilo de vida, individualidade bioquímica e história genética, isto tudo com o objetivo de identificar os desequilíbrios funcionais do organismo como um todo e possíveis carências nutricionais. Somente depois disto será possível planejar e programar o tratamento do paciente, de forma individualizada. Portanto, não devemos pensar apenas no peso ideal. Para emagrecer definitivamente é fundamental desintoxicar e reequilibrar o organismo como um todo, proporcionando a ele condições fisiológicas e metabólicas favoráveis à eliminação de peso. Aí sim o emagrecimento acontece de forma natural, pois o preparamos para isto. A fome e a ansiedade diminuem, a gula vai desaparecendo, você percebe que tem mais auto-controle e que a dieta não é uma punição e sim um caminho para alcançar o seu objetivo. Giovanna Enriconi Nutricionista Clínica Pós Graduada em Nutrição Clínica

6

A Odontologia e as crianças A prevenção das doenças bucais começa com o bebê ainda na barriga da mãe. É muito importante que se faça o pré-natal odontológico, para que a saúde da mãe seja preservada e a saúde do bebê assegurada. A gestante possui uma maior predisposição à cárie e aos problemas de gengiva, em função da alteração nos hábitos alimentares. Sabemos também que o paladar do bebê começa a ser formado ainda no útero da mãe (por volta do quarto mês de gestação) por isso, devem-se consumir doces moderadamente para que o bebê não tenha uma predisposição a gostar de doces elevadamente. O bebê nasce e vem a pergunta: quando levá-lo pela primeira vez ao dentista? Respeitando as opiniões, é certo que por volta dos seis meses, o bebê deve fazer a sua primeira visita ao dentista. Assim os pais receberão todas as orientações para cuidar corretamente da saúde bucal do seu filho e, também, para que qualquer desvio possa ser tratado da forma mais simples possível. Mas no meu ponto de vista, a fase que devemos dar mais atenção à saúde bucal dos pequenos é entre os três e seis anos de idade. Esta é a fase do “eu faço”. A criança quer fazer tudo sozinha, considera-se independente. Tudo bem permitir algumas liberdades, contudo, no que diz respeito à escovação dos dentes, ainda é cedo. Os pequenos não atingiram a coordenação motora ideal para realizarem uma higiene bucal correta,

portanto, os adultos responsáveis devem ajudá-los. Saiba outros aspectos relevantes dessa fase: O primeiro dente definitivo: é nessa fase que inicia-se a troca de dentes, surgindo primeiramente os dentes da frente. Porém, fique atento para um dente que nasce atrás do último dente de leite. Ele é o primeiro dente permanente que aparece sem fazer cair nenhum outro. Por isso, muitas vezes passa desapercebido, ficando muito suscetível à cárie. Fique de olho. Bochecho de flúor: Não é recomendável, pois nessa idade a criança ainda pode vir a engolir o líquido. Raízes e canais: Dentes de leite também possuem raízes e canais que devem ser tratados, para que uma eventual infecção não atinja os dentes permanentes. Ao caírem, os dentes de leite não apresentam mais suas raízes, pois as mesmas são reabsorvidas conforme os permanentes vão crescendo. Aparelhos: nessa fase é possível perceber se há alguma necessidade do uso de aparelho para corrigir eventuais desvios de erupção dos dentes, de crescimento ósseo, de fala e respiração, incluindo já uma análise dos novos dentes que vem surgindo. Como vemos, um sorriso alegre, bonito e saudável pode ser conquistado com a sua ajuda e o auxílio da odontologia e assim seu filho poderá se expressar com maior autoconfiança, naturalidade e desenvoltura. A beleza e saúde dos dentes será mais um motivo para ele crescer feliz. Dra. Carla Rosana Merigo carlamerigo.dentista@hotmail.com Fone: 54 3452.7075


Digulgação

Engebento lança o maior empreendimento imobiliário residencial de Bento Gonçalves Com completa infraestrutura de lazer, Residencial Villagio di Toscana terá 15.600 m2 de área construída A Engebento Engenharia e Construções de Bento Gonçalves lançou no mês de outubro um empreendimento que pode ser considerado um marco de referência na cidade, o Residencial Villagio di Toscana. Com excelente localização, ampla infraestrutura de lazer para servir seus futuros proprietários, o Villagio di Toscana é uma nova opção de investimento com retorno garantido. O empreendimento foi projetado com foco principal nos momentos familiares, com espaços que remetem sempre ao conforto e aconchego. “A personalidade e o requinte que o

revestem estão presentes em cada detalhe. Além da localização privilegiada que faz do viver e do morar algo muito mais prático e gostoso. Esse é o mundo do Villaggio di Toscana. Esse é o seu mundo”, garante o engenheiro Carlos Antonio Toneser e o arquiteto Ricardo Milani. O empreendimento está localizado na Rua Olavo Bilac, n°830, a uma quadra do Shopping L’América. O projeto privilegia as áreas sociais, proporcionando ambientes destinados a horas de descontração com a família e amigos. Além dos ambientes internos espaçosos e luxuosos, o Villagio de Toscana

conta com salão de festas, espaço gourmet com forno de pizza, churrasqueira, espaço fitness, sala de jogos, além de piscina para adulto e infantil em uma grande área de lazer. Além disso, o residencial conta com o mais novo sistema de energia fotovoltaica, com equipamentos importados da Itália, que converte energia solar em energia elétrica, proporcionando uma grande economia de custo na taxa condominial e energia convencional, contribuindo para a diminuição do efeito estufa e preservação do meio ambiente. “Todos os itens do empreendimento

são voltados para o conforto do morador na intenção de tornar sua vida mais prática e saudável”, garante a equipe da Engebento. A equipe Engebento é formada por um corpo técnico experiente, que desenvolve empreendimentos com excelente padrão de qualidade. Criar projetos diferenciados, ecologicamente sustentáveis, com infraestrutura de lazer, requinte e conforto para sua família. Esta é a proposta desta jovem empresa que já é destaque na área da construção civil, com pioneirismo e inovação tecnológica.

7


Foto: Raquel Konrad

Especial Salas

Os puxadores fazem a diferença

Sala de estar e jantar integrados Um projeto sob medida é seu sonho de consumo? Salas de estar e jantar integradas podem atender diversas funcionalidades, dependendo do tamanho, home theater, mesa de jantar, aparador, lareira, sofá, poltronas. Cabe tudo dentro do seu sonho. Uma série de necessidades que define o uso e o mobiliário ajuda a preparação do layout! A sala com sua função mais tradicional é a de receber amigos e familiares, permitindo a socialização das pessoas. E quando ela também é a sala da TV do home theater e lareira? A opção é harmonizar tudo isso com um lindo projeto integrando os usos. Que cor você gosta? Qual o mobiliário prefere? Qual o material que mais aprecia em uma decoração? Lembre-se que saber seu estilo é essencial para sua satisfação com o resultado final da decoração de sua sala. Segue então algumas dicas que a Mobistore Ambientes deixa para você: É importante que haja circulação na sala. Assim, o mobiliário deve estar presente

8

de forma que não comprometa quem vai andar por ela. Mesa de centro, apenas se for possível sobrar um espaço de no mínimo 50cm ao redor dela para passagem. Cuidado na escolha de diferentes materiais, eles devem ficar em harmonia com as cores, acabamentos e estofados. Madeiras tipo demolição, laca alto brilho, vidros pintados, mármores e granitos são alguns materiais amplamente usados na integração do espaço. A sala de jantar é um ambiente social em que nos reunimos não só para as refeições do dia a dia, quando não se dispõe de uma mesa na cozinha, mas também, para a vivência de momentos especiais em que refeição e boa companhia se completam. Nos dias atuais, a sala de jantar vem recebendo uma decoração muito mais elaborada visto que se antigamente era na hora das refeições que reunia-se a família, hoje, o corre-corre do dia-a-dia impede que a família se encontre na hora do almoço, ficando o jantar agora responsável, pelo momento deste encontro.

Na decoração da sala de jantar, o conforto é fundamental, pois é neste ambiente onde acontece grande parte do convívio familiar. Por isso, antes de adquirir qualquer tipo de mobiliário ou de objetos decorativos, uma das primeiras coisas que deve considerar é o tipo de utilização que o espaço vai ter. A escolha dos móveis e do restante decoração vai depender do seu uso. A decoração da sala de jantar leva em conta todo este clima que se forma a noite e mais ainda, leva em consideração de forma muito considerável e o espaço físico do imóvel. É bom lembrar que adoção do mobiliário deve harmonizar com o estilo adotado na decoração. Também é necessário que ao adquiri-los, tenha-se plena clareza e precisão das medidas do ambiente para que não haja engano na hora da aquisição. Diego Gehlen Sócio-proprietário Mobi Store Ambientes

Olhe para o seu criado-mudo, a cômoda e o gaveteiro. Se eles já não arrancam mais suspiros como antigamente, experimente trocar seus puxadores. De cerâmica, madeira, metal, acrílico, vidro ou porcelana, os puxadores têm tudo para mudar o ambiente. Os puxadores hoje são considerados partes importantes do mobiliário, e normalmente destacam o conceito do móvel. Ou seja, o móvel pode ser bem clean e os puxadores definem o estilo e se destacam. Os de aço inoxidável é recomendado para regiões onde existe muita maresia, além de ser um material mais resistente que permite a fabricação de puxadores mais delicados. As prateleiras além de possuírem um design diferenciado possuem luz com led´s, que proporcionam cenários diferentes de iluminação. Os homes estão cada vez com menos “informação visual”, estão mais limpos. E as prateleiras se adaptam a vários usos: livros, equipamentos, objetos de decoração, caixas de som, etc. Inove e transforme seu ambiente. Puxadores de diferentes estilos podem ser encontrados na Brasil Componentes, em Bento Gonçalves.


composição com a poltrona Brenda, de design mais contemporâneo. “A neutralidade do estofado permitiu utilizarmos um tecido mais arrojado na poltrona, resultando num ambiente requintado”, explica Silvana. Para finalizar a ambientação, peças e complementos decorativos trouxeram ainda mais elegância ao espaço.

A decoração com contraposição

Foto: Divulgação

A nossa produção de capa foi composta com exclusividade pela arquiteta Silvana Ferrari Copat e pela acadêmica Kelli Zottis. Para mostrar toda beleza e o aconchego de uma sala, as profissionais tiveram como base um estofado confortável, versátil e muito bonito. Trata-se do modelo Belluno que, através de um tecido neutro, formou uma ótima

Foto: Anderson Pagani

Espaço Belluno e Brenda

O living com lareira fica no salão de festas de uma residência na cidade de Garibaldi. Com peças da Villa Augusta Arte e Decoração e projetada pelo Studio Nicolini, de Garibaldi, a decoração do home aposta na contraposição de peças claras sobre o escuro. Utilizando madeira de demolição para revestir a parede, o branco foi escolhido para os elementos mais à frente do painel. Assim, os objetos criam volume pelo destaque. Parte dos objetos da decoração se as-

socia pela rusticidade, como é o caso das esculturas e porta retratos. As poltronas em junco, a madeira de demolição e a mesa central são os móveis escolhidos para reforçar este conceito. A maleta ao lado da lareira aumenta de forma sutil o tom rústico da decoração. Para decorar a mesa de centro, novas peças brancas unidas a esculturas e livros complementam a ideia de contraposição. Ainda, para dar uma vida ao ambiente, plantas foram utilizadas no canto da sala e também ao lado da televisão.

9


Foto: Raquel Konrad

Pequenos detalhes, grande diferença

10

A sala de estar pode servir para diversas atividades, ver TV, ouvir música, conversar, receber amigos, convidados, além de ser um espaço social da casa, por isso deve ser aconchegante, elegante e, claro, muito confortável. De acordo com a empresária Patrícia Schimitz, da Per Casa Utilidades Domésticas, nas salas geralmente há pouca luminosidade, principalmente em casas que ficam fechadas na maior parte do dia e as flores naturais nem sempre resistem. “Utilizar flores permanentes é uma boa dica. Hoje você encontra flores permanentes tão bonitas que se parece muito com as naturais. As flores são ótimas para decorar, pois tem diversidade

de tamanho formato e cores”, orienta. Na sala, as cores neutras do sofá e tapete permitem cores e estampas que conversem entre si, pequenos objetos fazem a diferença na decoração, o que rege um bom resultado é o equilíbrio e a harmonia. Os vasos também têm um papel importantíssimo na decoração, distribuídos em pares ou agrupados adequadamente completam o cenário ajudando a harmonizar o ambiente além de serem uma boa opção para quem deseja renovar a decoração. Na foto aparece vasos da Carolina Haveroth, peças com toque de exclusividade e Cerâmica Burguina.


A arte de projetar salas de estar papéis de parede, iluminação, lareiras e mobiliário. É preciso estar atento ao tamanho do espaço para verificar possíveis divisões entre a sala de jantar e estar, ou até mesmo transformar uma pequena parte em um canto de leitura. Conforme Daiana Cettolin Rosin, arquiteta da loja de Bento Gonçalves, os coloridos estão em alta proporcionando uma decoração alegre e ousada, mas é preciso ter cautela para não exagerar. As tendências vão muito além do que o mercado dita, é preciso respeitar os estilos e necessidades de cada cliente, só assim suas expectativas serão superadas. Outro ponto importante que Daiana destaca é o desenho do móvel da

TV, que deve respeitar às circulações, se integrar ou não às lareiras, cada vez mais presentes nas salas da nossa região, e surpreender com seu design clean e inovador. “As mesinhas de centro, lateral ou pufes podem conter rodízios e se integrar ao móvel da televisão. A ideia é bastante utilizada nos espaços de sala de estar pequenos”, salienta a arquiteta. A percepção clara de todos os elementos integrantes do espaço indica um resultado acolhedor e sofisticado. Aliados da decoração e que combinam com tudo são os espelhos e vidros que valorizam e enobrecem o ambiente, assim como os papéis de parede em sua infinidade de modelos.

Daiana Cettolin Rosin Arquiteta

Fotos: Divulgação

A sala de estar é um espaço necessário e importante, onde podemos entreter os convidados ou hóspedes. Pode-se dizer que é o cartão de visitas de uma residência. Na maioria das casas, a sala de estar é decorada com extremo cuidado e talvez se transforme no ambiente mais bonito, revelando muito da personalidade de seus moradores. A sala de jantar também é um ponto de encontro e referência e na maioria das vezes está integrada com o ambiente estar e ao planejar ambas é preciso considerar o estilo que deseja transformá-las. Os elementos a serem organizados para o projeto ter sucesso vai além da combinação das cores. Passa também pela escolha dos tapetes, tecidos,

Andre L. Possamai Proprietário

Fone: 3454-5797 Avenida Planalto, 1227

UN

V

D ES I G N

ESTILO, CONFORTO E SOFISTICAÇÃO

A.G.O. Home Idea, conta com móveis que traduzem simplicidade, conforto e elegância para ambientes modernos. Elementos e estampas ligados à natureza são sinônimos de bem estar e conforto, traduzindo sensações relacionadas a vida e de proximidade à terra. Pensando desta forma, selecionamos uma variedade de tecidos das mais diversas padronagens e texturas, valorizando principalmente os florais e os tons de marrons.

www.agomoveis.com.br 11


Sempre pensando no bem estar e conforto, a Casa de Pedra apresenta uma coleção de estofados que equilibra design e funcionalidade, envolve formas, texturas e curvas, além de expressar requinte e aconchego. No especial de Salas, os sofás não poderiam ficar de fora. Poltrona Solacium (do latim, conforto): Com um ar retrô e rica em detalhes, a poltrona Solacium combina linhas delicadas e charmosas. Com cores fortes, como os cítricos e os tons de azul, fica super moderna, já com cores mais sóbrias, como os tons terrosos, fica clássica, uma peça atemporal! Possui também opções de dois e três lugares. Sofá Verser (do francês, mudar): O sofá Verser, como o seu próprio nome já indica, nos permite mudar a maneira de sentarmos no sofá. Versátil, ele possui diversas medidas, e pode ser usado de diversas maneiras: como sofá, como chaise e até mesmo cama. O que lhe proporciona essas mudanças é o seu braço reclinável, que além de proporcionar versatilidade a peça, confere a peça um visual único. Sofá Avalon: perfeito para todos os espaços, o sofá Avalon é modular e possui diversas medidas. Suas linhas retas proporcionam modernidade ao seu visual, e seus pés recuados (invisíveis a primeira vista) dão a sensação de que o sofá está flutuando.

www.casadepedraestofados.com.br | 54 3259 2200

12 12x16.indd 1

31/10/2011 11:23:12

Fotos: Divulgação

Beleza e aconchego

Automação: o estado da arte Imagine controlar sua residência ou seu escritório com um simples toque e de onde você estiver. Isso já é possível. A Home- Z-Wave™ possibilita o ‘estado da arte’ em Automação Residencial e Comercial. O primeiro sistema inteiramente sem fio de longo alcance, com tecnologia digital e ‘2-way’ do mundo. Até hoje, os produtos de automação foram desenvolvidos focando em novas construções, devido ao alto custo de instalação e limitações na sua aplicação. Z-Wave™ veio preencher esta lacuna, oferecendo produtos de altíssima qualidade e tecnologia, com ampla capacidade de automação, extremamente confiáveis e com um preço que acessível. De acordo com Joni Sonza, engenheiro-eletrecista da Sweet Home, o Z-Wave™ é muito simples: basta substituir os interruptores existentes por Dimmers Z-Wave™ sem necessidade de quebrar

paredes e passar fios. “O Z-Wave™ une modernidade, economia e segurança em seu imóvel, gerando entretenimento e conforto com uma solução personalizada, tudo através de um sistema flexível, modular e expansível”, explica Joni. Vantagens - 4,3 bilhões de códigos de segurança criptografados evitam clonagem - Protocolo de rede de “mão dupla” (‘2-way’) garante robustez e confiabilidade - Monitora o local remotamente (pela Internet ou celular) de qualquer lugar do mundo - Cria cenários de segurança como “Alarme Virtual” - Dissuasivo de ladrões: simula a presença de pessoas com acendimento aleatório das luzes


Foto: Raquel Konrad

Preço x Projeto Estamos acostumados nesta era de competitividade a nos preocuparmos mais com o preço do que com um produto diferenciado que nos traga beleza e bem estar. Estou falando do design propriamente dito, assim procuro sempre em treinamentos ministrados pelos meus caminhos de todos os lugares e pessoas de nosso convívio mostrar-lhes que “tudo não se resume em venda...números...”. Precisamos do encantamento, da diversidade, das opções e soluções múltiplas que temos a oferecer pelo nosso trabalho e dedicação para o público em geral. Especificamente falando da loja Dolce’Lar Italínea, da cidade de Bento Gonçalves, partimos de uma pesquisa de perfil de consumidor e o que tornou

fácil a elaboração deste projeto foi saber que o povo serrano possui suas raízes muito mais afloradas e marcantes com a Itália. A inspiração veio naturalmente e revelou-nos todo um universo de costumes e o gosto pelo o que é belo e agradável ao olhar, claro que sem esquecer também que trata-se de um povo Brasileiro e então se deu esta fusão “Ítalo-Brasileira” nascendo assim a ambientação da Dolce’Lar Italínea. Atento para o detalhe da sua sala de estar com home-theater, design italiano, cor forte e marcante com presença imponente. Assim é o Design, encantamento aos olhos – desejo de ter... Cristiano Machado Designer

A decoração de acordo com a estação Foi-se o tempo em que a casa era uma coisa estática, rígida, cheia de regras e sem a identidade dos moradores. A casa atual precisa ser dinâmica, ter movimento, modificando-se na medida em que seus habitantes se transformam. Sabe-se que as diferentes estações do ano influenciam nos hábitos do cotidiano das pessoas e a casa não pode deixar de acompanhar estes acontecimentos. Tempos de primavera anunciando um verão ensolarado são momentos que sugerem um pouco dessa transformação. É hora de abrir a casa e deixar o clima gostoso da nova estação entrar, adotando pequenas atitudes na decoração, que podem repaginar áreas sociais e de convívio, dando novos ares de frescor e alegria. Em áreas sociais de estar, tais como salas e varandas, as almofadas são itens curingas, basta trocar as capas para mudar o visual do espaço. Cores, formatos e diferentes padrões de tecidos podem ser combinados de inúmeras maneiras, formando interessantes conjuntos compositivos. Basta eleger uma cor ou uma estampa predominante e, a partir daí, complementar com cores harmônicas para obter um resultado positivo. Um truque que sempre dá certo é eleger um número ímpar de almofadas, compondo-as de forma simétrica. Na hora de adquirir estes produtos dê preferência aos confeccionados com tecidos naturais, como o algodão e o linho. Evite tecidos

sintéticos ou com brilho já que os mesmos não proporcionam o conforto de um toque gostoso na pele. Em áreas externas, como varandas junto a jardins, opte por almofadas de padrão geométrico, que fazem ótima composição junto às linhas orgânicas naturais da vegetação. A área de refeições também pode ganhar o frescor e o colorido da estação. A pedida do verão é fugir dos tradicionais “conjuntinhos” de louça, de taças e de toalhas. Mesclar numa mesa retangular jogos americanos e trilhos é uma ação que sugere movimento, cor e alegria. Assim como no caso das almofadas, para compor uma mesa com equilíbrio e harmonia basta escolher uma estampa predominante e fazer as combinações a partir dela. Por exemplo, em mesas postas com pratos contendo estampas florais, os têxteis listrados, xadrezes e poás podem ser utilizados para dar um ar descontraído. Novos usos aos utensílios também podem ser incorporados. Um prato fundo de sopa, por exemplo, pode ser ótimo para servir uma salada ou uma sobremesa. Uma dica para quem está começando a formar sua coleção, é iniciar pelos ítens básicos tais como louças brancas com relevos que são elegantes e indispensáveis. Luciana Piovesan Empresária

13


Fotos: Divulgação

Iluminação para sala de estar e jantar

Cozinha Gourmet A nova sala de estar

A “cozinha gourmet” é uma tendência que vem atraindo um público cada vez maior. Tanto homens quanto mulheres, casados ou solteiros rendem-se ao prazer da gastronomia, tornando a ato de cozinhar não só uma simples tarefa do cotidiano, mas uma oportunidade de convívio e interação entre as pessoas. Na região da Serra Gaúcha, em especial, trazemos da origem Italiana os hábitos da apreciação da comida e do vinho, por isso a cozinha gourmet tem conquistado inúmeras pessoas, que gostam de reunir os amigos, encarar as panelas e festejar à mesa. A cozinha gourmet é caracterizada pela “Ilha de trabalho”, que é o centro da atividade multifuncional. Deve contar com espaço suficiente para que, sentados em torno dela, amigos e familiares se reúnam, perpetuem antigas e novas receitas, discutam aromas de tradição familiar e no final, degustem juntos o sabor especial da refeição. A boa circulação do ambiente é essencial para o gourmet, por isso a disposição de seus utensílios é de fundamental importância para obter o total conforto do espaço. Os acessórios e temperos devem estar sempre próximos aos elementos principais da cozinha (pia e fogão), distribuídos de forma a permanecerem sempre à mão, favorecendo a praticidade. A geladeira deve estar próxima aos demais elementos, porém a abertura de sua porta não deve atrapalhar a circulação do gourmet. O forno deve estar separado dos cooktops, numa distância tal que o calor não prejudique o trabalho do gourmet nem influencie na degustação. A TV na cozinha gourmet também é uma opção

bem atual. A integração da cozinha com a sala ocorre através da utilização um balcão entre estes dois ambientes, e não mais de uma parede. Caso exista a necessidade de isolar a sala novamente, pode-se resolver esta essa situação com o uso de uma porta de correr, que permite a integração e o isolamento entre espaços de acordo com a necessidade. Os materiais mais tradicionais deram vez a grandes conteúdos tecnológicos, respondendo às exigências de total funcionalidade do ambiente, aliados aos detalhes que fazem o design. A integração entre sala e cozinha dá a sensação de amplitude dos espaços. A cozinha é o ambiente da casa que mais assimilou a inovação e a evolução, incorporando funcionalidade e design. Não é mais o local onde apenas se prepara a comida. Agora ela representa o espaço vital da casa, da socialização, onde se celebra o ritual de cozinhar e de estar junto, atraídos pelo paladar. Mais do que uma tendência, a cozinha gourmet é um estilo de vida. Um tipo de espaço cada vez mais procurado hoje no Brasil, graças ao atual encantamento das pessoas pela gastronomia. Ela representa, acima de tudo, a manifestação da valorização do convívio entre as pessoas, aliado ao bom gosto e à modernidade.

Marta Designer marta@martamanente.com.br

14

Tão importante quanto os móveis e os objetos de decoração, a iluminação do ambiente, seja ele, sala de jantar, estar, banheiro, cozinha ou dormitórios é preciso dedicar-se a uma ótima iluminação. Pensando em sala de jantar é fundamental para a iluminação desse tipo de ambiente fornecer luz suficiente para o plano da mesa e evitar ofuscamento aos olhos de quem esta sentado na mesa. O mais usual é a instalação de um pendente ou lustre sobre o centro da mesa, a uma altura de 70cm a 80cm do tampo da mesa. Se o teto for rebaixado com gesso, podemos utilizar embutidos com luz pontual para as paredes, com o objetivo de ampliar o espaço visual, e valorizar as texturas e ou acabamentos do ambiente. Dicas: • Deve-se posicionar o pendente utilizado sobre a mesa de jantar de forma a se minimizar o ofuscamento, ou seja, a lâmpada não deve ficar na altura dos olhos das pessoas sentadas ou de pé. • As melhores opções de lâmpada para utilização em pendentes são as incandescentes ou halógenas. Por possuírem ótima reprodução de cor, irão valorizar tudo o que estiver sobre a mesa: pratos, copos, talheres e a própria refeição. • Ao utilizar luminárias embutidas no forro, deve-se ter atenção quanto ao controle antiofuscamento das mesmas. As luminárias devem sempre ter a lâmpada recuada em relação à sua borda externa. • É importante dividir os circuitos de acendimento e ligá-los em dimmers ou automação, de forma a se poder balancear a luz de acordo com a circunstância ou criar cenários especificos de luz.

A sala de estar é talvez o espaço mais social de uma residência, deve ser muito bem explorado porque geralmente é um local que atende a diversas situações de uso como, por exemplo, reunir a família e os amigos, assistir televisão e ler, nesse caso você pode ter quatro tipos de iluminação: Luz geral: responsável por iluminar todo o ambiente. O indicado é iluminação uniforme direta através de lustre, pendente ou arandela. Cuide para que não haja ofuscamento para as pessoas que sentarão no sofá. Luz direta: indicada para destacar objetos de decoração, quadros, esculturas ou porta retratos. Dê preferência para os spots de embutir ou de sobrepor com luz pontual como dicróicas, AR e ou LED’s profissionais Luz indireta: ideal para criar um ambiente de relaxamento especialmente na hora de ouvir música ou assistir televisão. Utilize uma arandela, coluna ou um abajur. Luz complementar: ideal para cantos de leitura ou para decoração. Você pode utilizar abajures e colunas que podem estar posicionados ao lado de poltronas ou na lateral do sofá e iluminarão o plano de leitura. Ou ainda, utilizar abajur sobre um aparador. É uma peça muito decorativa e a iluminação difusa pode valorizar ainda mais o espaço.

Giovani Foresti Carlet Especialista em Iluminação giovani@centerluz.com.br


Foto: Divulgação

design+negócios artista X designer

Vivemos na era da contemporaneidade, onde o modo de ver moderno se divide em consumo e comunicação. Nessa esfera tanto o artista como o designer se articula em conceitos. O design trabalha na esfera do desejo e da idealização, permitindo aspirações. Por se encontrar em uma área híbrida, ou seja, onde muitas coisas de misturam, geralmente conceitos sobre si próprio e sua própria condição não são claros. Assim como a sua própria origem. Aliás, profissionais e estudantes atualmente carecem de conhecimento de suas próprias origens. O que os tornam preconceituosos e com necessidade de identificação e delimitação de seu próprio campo. É necessário entender que ambos os campos (design e arte) sempre andaram juntos. O artista cria, assim como o designer, o arquiteto, o publicitário, etc., o importante é compreender a esfera de atuação de ambas às partes e os seus propósitos. O propósito do artista é instigar, fazer as pessoas repensarem seus conceitos através de sua obra, é despreocupado quanto à funcionalidade e utilidade, alimenta experiências. Já o designer tem o seu propósito de criar bens de consumo industriais para as pessoas. Equacionado fatores projetuais como antropológicos, econômicos, ecológicos, ergonômicos, geométricos,

psicológicos, mercadológicos, tecnológicos e filosóficos, através de um objeto físico, impresso ou virtual. Por ser híbrido, o design permite possibilidades. O objeto da criação do designer é proposital e sempre feito para o outro, para o usuário. Observando a essência das pessoas e o contexto em que estão inseridas. Portanto, na cria pra si e sim para o outro. Ambos os profissionais são dotados de uma vasta experiência no campo visual, e de grande poder de tornar suas obras ou seus objetos instrumentos de discussão, observação, questionamento, apego, etc. Somente através destes questionamentos é que poderemos enriquecer nossa cultura material e nossa forma de ver. Aliás, a chave para toda essa discussão é o olhar.

Juliana Desconsi Designer julianadesconsi@gmail.com

Casa Brasil une design à moda no Minas Trend Preview Em mais uma união entre moda para casa e passarela, a Casa Brasil esteve presente no lounge dos patrocinadores do Minas Trend Preview, um dos maiores acontecimentos de moda e comportamento do país, que ocorreu em Minas Gerais, entre os dias 26 e 29 de outubro. A parceria do Sindmóveis, organizador da Casa Brasil e um dos apoiadores do Minas Trend Preview , com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil), trouxe as tendências de mobiliário cedidos pela América Móveis, empresa mineira de móveis, selecionados com curadoria das arquitetas gaúchas Tina de Azevedo Moura e Lui Lo Pumo. Entre os modelos mais impactantes, está o sofá com intenso uso de

capitonês. O descanso é palavra de ordem, com mais chaises e sofás para os passantes. Esta participação no MTP faz parte de uma série de parcerias do Sindmóveis com a indústria da moda, que teve início com o São Paulo Fashion Week, em junho, e prevê mais trabalhos focados nos eventos de moda, como no Capital Fashion Week, em Brasília, no dia 28 de novembro. “É inegável como as duas indústrias, a de móveis e a de vestuário, têm muito em comum, pois trabalhamos com propostas de usos que mexem com o desejo das pessoas, como a sua casa e a imagem que ela própria apresenta de si mesma. E esse mesmo público que consome estudo sobre estética ajuda na ampliação de negócios”, afirma o presidente do Sindmóveis, Glademir Ferrari.

15


Foto: André Cavalheiro

Criatividade, inovação e muito design. Assim que se resume a Mostra Casa&Cia, realizado na Avenida Coronel Marcos, entre a Travessa Pedra Redonda e a Avenida Arlindo Pasqualini, em Porto Alegre. O evento tem como temática o Cinema. Todos os ambientes foram projetados através de filmes, artistas e histórias. O Jornal Design mostra nesta edição o espaço Ridley Scott, com o filme Blade Runner, o Caçador de Andróides, projetada pelos arquitetos Cezar Etienne M. de Araújo, Jaqueline Zarpellon de Araújo e Douglas Jardim Plasse. “Lançado em 1982, mostra Los Angeles 2019. A cidade está tomada por orientais e o cenário é de decadência e abandono. É um filme futurista, existem andróides que foram criados idênticos aos seres humanos, porém descobertos mediante teste e análise do olho, pela íres. Os cinco últimos andróides agora são caçados, pois os outros foram retirados para colônias extras terrestres. Possuem tempo de vida entorno de quatro

16

Design inovador e surpreendente Mostra Casa&Cia apresenta 52 ambientes com o tema cinema

e estes últimos querem viver mais. Então resgatamos desta história (mix pela sobrevivência em um clima de romantismo) um cenário mais azulado, presente o tempo todo no filme; um sistema de automação com cenários de iluminação, buscando tecnologia. Acesso ao ambiente, com grades microperfuradas automatizadas, com a mesma intenção. E outros ítens se mesclam ao projeto propriamente dito. Tratando-se de um filme dinâmico, projetamos um grande ambiente, totalmente integrado, com funções bem definidas: espaço central multi uso, podendo abrigar um pequeno carro ou uma área de lazer como está representado. Nesta situação elegemos o jogo de xadrez com as cadeiras Graffa da empresa Punto Mobile, retratado no filme. O criador dos andróides exercita sua mente neste jogo, alta capacidade de raciocínio. Temos também a área do estar com sofás italianos extremamente confortáveis e mesa central projetada pelo nosso escritório,

em madeira de demolição e restos de placas de computadores, ícone do futuro. Neste momento é um alerta: no filme, já não existem árvores, chove o tempo todo, existem fumaças, ou seja, um total desequilíbrio do meio ambiente e com estes elementos ecologicamente corretos e com consciência, ainda temos tempo de não degradar o planeta. No jardim externo do loft, chapas metálicas ao fundo, mesa com pés tipo aranha em aço escovado, luminária em forma de gota, enfim, um ambiente cálido, sem plantas... No Jantar mesa em laca em tom acinzentado para oito pessoas. Destaca-se a cadeira de Fabio Novembre, formato de bum bum, aonde buscamos uma referência ao corpo humano e a sensualidade intrínseca no filme. No centro ao fundo, “Dormitório de casal”: cama generosa com gavetões, possui espaldar com linhas futuristas; o BANHEIRO, com bancada em laca azulada, é enobrecida por belas luminárias italianas com iluminação azul. O vaso,

também na mesma cor, é o único espaço do loft no qual se tem privacidade. Este espaço foi projetado de tal forma que ficasse integrado ao armário (MDF melamínico com portas espelhadas fumê) sem percepção imediata. A tv possui estrutura que permite girar, ou seja, contempla estar, jantar, office, cozinha, indo até o dormitório. O Office é composto por uma bancada única, trabalho e lanches rápidos. Está representado com duas banquetas em acrílico incolor com pés em aço, mas o tamanho desta bancada multiuso, pode-se sentar mais três pessoas tranquilamente. A cozinha: projetada quase como um armário devido ao seu enquadramento, foi executada em MDF branco melamínico e fundo em laca amarela, mesmo acabamento da bancada Office. Enfim, um loft com 67 m² projetado para jovens empresários, solteiros ou não. Projeto dinâmico e direcionado para quem gosta de design e tecnologia. Mas até às pessoas de idade avançada, curtem!”


CADERNO AEARV

Nossa Obra ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DA REGIÃO DOS VINHEDOS Ano 25 – Edição 19 Editor Responsavel: Eng. Gil Palazzo – e-mail: gil@palazzo.com.br

Visconde de São Gabriel, 392, Sala 43 Bairro Cidade Alta | CEP 95700-000 Bento Gonçalves / RS | Fone: (54) 3451.9533

Palavra do Presidente Estamos nos aproximando do fim do ano. Neste momento começamos a colher os frutos do trabalho realizado pela diretoria da AEARV em 2011. Em meados de novembro ocorrerá o lançamento da terceira edição do Book dos Arquitetos, com a participação de 42 arquitetos associados e a tiragem de 1.500 unidades. Neste ano, com as alterações do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) e no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), as entidades de classe associadas ao CREA,

que recebem os repasses de valores das taxas de ART`s (7% do valor nominal), tiveram seus valores bloqueados. Isto ocorreu em março, tornando-se um desafio a realização de qualquer projeto pelas associações. Cabe salientar que estes valores representavam 60% da receita anual da AEARV. Porém a diretoria não abriu mão de cumprir suas metas e viabilizou todos os eventos programados. Isto foi possível, através da busca de apoiadores e da dedicação de horas de trabalho dos profissionais para a ela-

boração de projetos e apresentações. A realização do stand da “Casa Brasil”, o lançamento do “Book dos Arquitetos” e a realização de palestras atingiram os objetivos traçados no início do ano. A realização do curso “Gestão de Escritórios de Arquitetura”, ministrado pela Academia de Engenharia e Arquitetura (AEA) nos dias 21 e 22 de outubro contou com a participação de 35 profissionais, sendo cinco arquitetos de outras regiões do estado. Os participantes avaliaram positivamente o curso, que

apresentou técnicas específicas para o gerenciamento dos escritórios de arquitetura. O próximo curso que pretendemos trazer é o de “Gerenciamento de Obras”, através da mesma Instituição de Ensino. Estes e os demais eventos realizados pela AEARV buscam a diferenciação e a interação dos associados.

Eng. Gabriel B. Schuvartz gabriel@adubare.com.br

Palavra da Diretoria - As siglas do C Há pouco tempo atrás, houveram por aí notícias que davam conta de uma nova lei estadual, que estava sendo criada com o objetivo de limitar o uso “abusivo” dos anglicanismos (coisas vindas do inglês), que se proliferaram em nossas bocas, e nos meios de comunicação. Com razão ou não, o deputado estava preocupado, por que muitas pessoas não entendem o que alguns termos querem dizer. Dentre estas todas, recebemos cartões de visita com siglas estranhas. É interessante como a simples apresentação de três letrinhas juntas, parece fazer com que uma pessoa tenha mais importância, mais seriedade, e poder do que outra. Depois desta sigla surgir, a onda de “executivo-chefe-de-não-sei-do-que” vem se espalhando numa velocidade espantosa nos cartões de visita, nos documentos em geral, nos organogramas das empresas.

O que se nota por aí é muita gente perdida, sem entender o que esses profissionais fazem. Abaixo uma lista das siglas mais usadas: CEO (Chief Executive Officer) - É o principal executivo da empresa (o presidente, o superintendente, ou diretor-geral). As pessoas costumam fazer confusão quando a empresa tem alguém que está denominado como CEO e presidente. Nesse caso a função do segundo é mais representativa. Já o CEO, é facilmente identificado, pois é o cara que manda em todo mundo, ou quase, a menos que ele seja poderosíssimo e acumule as duas funções. Esta é a sigla mais comumente usada. COO (Chief Operating Officer) É o executivo-chefe de operações, mas você pode chamá-lo de braço direito do CEO. Enquanto o CEO pensa a estratégia, o COO cuida mais de perto da rotina do negócio.

CFO (Chief Financial Officer) Principal executivo de finanças CHO ou CHRO (Chief Human Resources Officer) Principal executivo de recursos humanos CIO (Chief Information Officer) Principal executivo responsável pelo planejamento, pela estratégia e pela implementação da tecnologia da informação. CTO (Chief Technology Officer) Executivo que comanda a arquitetura e a infraestrutura dos sistemas de informação. Há empresas com os dois profissionais, o CIO e o CTO. CMO (Chief Marketing Officer) Executivo-chefe de marketing Eu me pergunto: e você, que cargo preferiria exibir no seu cartão de visitas: CEO ou Diretor-Geral? CMO ou Vice-Presidente de Marketing? Interessante, pensar nisto, pois para algumas pessoas CEO ou CMO, ou outra sigla, não terá importância alguma,

já que nem sonham o que isto significa, mas conseguem entender perfeitamente seu cargo, e valorizá-lo como tal se você usar o nome do cargo certo em português. Não se esqueça que algumas das pessoas que decidem, ou que tem poder de decisão, nem sabem os significados das siglas e não dão a mínima para elas, pois já estão acostumados a vê-las associadas a pessoas que só usam siglas para parecerem mais do que efetivamente são. Então, pensem bem nisto, antes de adotar.

Eng. Gil Palazzo gil@palazzo.com.br

17


Por amor às cidades O título deste artigo é nome do livro trando maior número de moradores e cal. O modo de pensar de seus habitan“Por amor às cidades”, do autor Jacque impactando todo o seu entorno. Este tes aparece traçando linhas do tempo, Le Goff (1999). Esta obra me acompanha crescimento não é acompanhado pelo que vêm à tona no imaginário urbano, como referência direta, na minha trajetónecessário alargamento das vias, prarelacionado a algum lugar em algum ria profissional e de pesquisa, agora no ças e demais espaços públicos que nos tempo de suas vidas. Estes sentimenMestrado Acadêmico em Planejamento cercam. Não podemos permitir que o tos de pertencimento fazem parte do Urbano e Regional (Propur/Ufrgs). embotamento do olhar absorva estas referencial dos habitantes da cidade, e Nele, o autor expressa os vários senmudanças como naturais, como necesisto tem reflexos na vida coletiva, nas timentos e pertencimentos que perpassárias à modernidade, como parâmetro sociabilidades e, posteriormente, nas sam uma cidade pelos políticas públicas, exigindo seus habitantes, goverdestas maiores contrapartinantes e visitantes. A cidas. Através das praças pode-se medir o grau de dade é vista como lugar Os lugares e construções afetividade da cidade com seus habitantes, suas de trocas, vivências, rede uma cidade devem ser sociabilidades, a cortesia, a cordialidade entre lações de poder e beleza. guardados como o são nas Traça um paralelo entre memórias pessoais de cada vizinhos da rua, do prédio, do trabalho. Mas para as cidades medievais e habitante. Estes lugares manterem-se vivas, é necessário que seus habias cidades contemporâcontam, por si, a história da tantes também se identifiquem com elas e delas neas, a cidade do bom e cidade, o que ali aconteceu, façam uso, como um prolongamento da sua do mau governo. As pricomo e quando - todas as casa, enquanto espaços públicos. meiras cidades e suas viinfluências trazidas e vividas vências são expressas em pelos que a construíram. Repinturas, que hoje podem fletem uma imagem coletiva, ser observadas na Pinacoteca da cidade para a de falta de espaço. Devemos formando uma referência básica da sua de Siena, na Toscana – Itália. Compara os refletir sobre a qualidade de vida que população; necessária para os laços afemuros das cidades medievais à situação teremos. tivos dos seus habitantes com os seus, atual, em que vêm sendo substituídos Construções fora do gabarito necese com aqueles que convivem nos entorpelos cinturões de periferia. sário, desrespeitando as relações idennos diariamente. As referências identiPermeando a realidade atual das titárias de uma cidade, denotam a falta tárias são primordiais para uma cidade, nossas cidades, os muros que nos cirde planejamento e a corrida desenfreaquando seu apelo é também turístico. cundam já não são mais altas muradas, da da especulação imobiliária. A cidade Mas isto também diz respeito à popuna maioria das vezes são invisíveis, fatalmente pagará o seu preço. Aparlação, à sua identidade e ao seu refemas, ainda assim, muito presentes em tamentos paradisíacos, não combinam rencial patrimonial, que foi lentamente nossas vidas: o barulho ensurdecedor com ruas engarrafadas, sem insolação. construído por diversas gerações. das máquinas que cavam, a inseguA proximidade do olhar alheio através Outro grande referencial urbano rança, as ruas abarrotadas de carros, o dos vidros resulta na perda de privacisão suas praças como lugares de estar. sol que se esconde com o crescimento dade. Suas edificações refletem as prioAtravés delas pode-se medir o grau de dos edifícios. Hoje ocorre a expansão ridades econômicas. afetividade da cidade com seus habidas construções e do número de haA cidade resultante apresenta metantes, suas sociabilidades, a cortesia, bitantes. Exemplificando esta situação, nos qualidade de vida, menos pertena cordialidade entre vizinhos da rua, em um lote onde antes viviam sete cimento, menos memória e a perda de do prédio, do trabalho. Mas para manpessoas, passam a viver 150, concensua identidade, presente na cultura loterem-se vivas, é necessário que seus

habitantes também se identifiquem com elas e delas façam uso, como um prolongamento da sua casa, enquanto espaços públicos. Como bem evidencia o arquiteto Carlos Nelson F. dos Santos, nas suas reflexões sobre a importância da história de uma cidade: “Não há maneira de pensar espaço significativo desacompanhado de história que o explique“ (SANTOS, 1984, p.59) Espaços sem história são espaços sem referências, que podem ser encontrados em qualquer lugar, em qualquer parte do mundo, porque são iguais. Neste sentido, a referência e singularidade perdem o seu valor. O mesmo autor assim referencia, quando as obras edificadas que fizeram parte por muitos anos do cotidiano de seus habitantes e, sendo demolidas, são trocadas por novas edificações, ocasionam a perda de pertencimento dos lugares significativos de uma cidade: ”A falta de afetividade pelos lugares e pelo que representam é um caminho reto para a pobreza cultural. As pessoas ficam desorientadas quando não conseguem mais entender a linguagem espacial em que vivem no cotidiano, e que lhes diz que, neste presente particular, há passados respeitáveis e futuros esperançosos.” (SANTOS, 1984, p.61) Uma cidade nunca está pronta, mas deve se moldar dentro da contemporaneidade em que vive, sem que para isto seja necessário fazer uma tabula rasa da sua história. Por isto a cidade deve ser criteriosamente pensada e implantada, continuamente, independente de governos e partidos políticos, objetivado o bem estar da população e o amor às cidades em que vivemos.

Arq.Urb. Marilei E. Piana Giordani emgiordani@terra.com.br

18


Nossa Obra

Impermeabilizar é necessário? Sempre nos deparamos com algumas perguntas ao contratar um sistema de impermeabilização: preciso mesmo fazer? É seguro? Precisa atender a norma? É caro? Preciso mesmo fazer? Posso afirmar que sim, é necessária a impermeabilização em áreas sujeitas à umidade. O próprio concreto é um material impermeável, um assentamento cerâmico com argamassa colante e um bom rejuntamento também pode tornar uma laje estanque, porém estamos falando de construção civil, onde todos sabem que devemos respeitar cura, hidratação, tempo de polimerização e até mesmo a mão-de-obra utilizada, onde ao respeitar estes fatores teremos uma laje estanque sem a utilização da impermeabilização, mas nesses casos teremos um sistema rígido, ou seja, os materiais que fazem a composição de uma laje podem se tornar estanques, porém são sujeitos a fissuração e a micro fissuras muitas vezes imperceptíveis a nosso olho, por isso permitem a percolação de água pelo conjunto. Ao afirmar que é necessária a impermeabilização teremos que respeitar alguns fatores que influenciam no sucesso do sistema. Existem hoje no mercado diversos sistemas impermeáveis, podendo ser desde rígido, semirrígido, plástico, elástico ou laminar, onde cada sistema possui suas características e sua forma de utilização. Exemplo: não adianta im-

permeabilizarmos uma laje externa com um sistema rígido ou semirrígido, pois o sistema não suporta os esforços de dilatação e contração da mesma. Ao mesmo tempo não adianta utilizarmos sistemas elásticos para contenção de umidade por pressão hidrostática negativa. Ou seja, é preciso saber qual é o sistema mais adequado para cada caso. É seguro? Sim, qualquer sistema de impermeabilização é seguro, porém deve-se respeitar além do exemplo acima outros fatores como: atender as normas técnicas de aplicação, de preparação da base, de utilização do sistema, de solicitação da estrutura, de vida útil estimada e de utilização da área. Exemplo: uma manta asfáltica tipo I-C pode ser utilizada para tratar lajes externas, porém ela tem limitações de comportamento à baixa temperatura, a variação térmica e de resistência a ruptura, onde uma manta tipo III-A tem entre suas vantagens um melhor comportamento por variação térmica, por ruptura e em baixas temperaturas. Precisa atender a norma? O respeito à norma técnica de impermeabilização é o mínimo que podemos esperar ao contratar uma empresa prestadora deste serviço, porém as normas técnicas destacam os requisitos mínimos para comportamento do sistema. Como citado no exemplo acima, as mantas asfálticas são classificadas em tipos, onde o tipo I, II, III e IV e estabelecem a resistência

a ruptura da manta, já os tipos A, B e C estabelecem o comportamento da manta a baixas temperaturas, onde a tipo C são mantas asfálticas que não alteram suas características a temperatura de até cinco graus célsius. Já o tipo A não alteram suas características a temperatura de até menos 10 graus célsius. Além destas classificações, temos a opção de espessuras que variam entre três, quatro e cinco milímetros e de modificação de asfalto e suas concentrações, onde podemos ter manta modificada com asfalto plastomérico (melhor memória a elevadas temperaturas) e com asfalto elastomérico (melhor memória a baixas temperaturas) onde suas concentrações são o segredo de cada fornecedor. Outro fator que estabelece um diferencial de vida útil da impermeabilização é a forma de aplicação, pois pode a manta ser aplicada a fogo de gás GLP sobre uma imprimação asfáltica ou até mesmo sob uma base de asfalto a quente, ao qual torna a manta totalmente aderida a base, aumentando sua espessura, suas características, seu comportamento e sua vida útil. É caro? Esta pergunta temos que responder com outra pergunta que é: o que é caro? Vale lembrar que além da impermeabilização garantir a estanqueidade da laje, ela protege nossa estrutura da degradação, da depreciação e da insalubridade do ambiente sob a área tratada. Hoje uma impermeabilização custa de

um a três por centro do custo total da obra e a sua não utilização é responsável por 80% das patologias em obras. Por estes motivos e outros que serão observados posso garantir que o sistema é barato, pois refazer uma impermeabilização ou a realização da mesma após a obra pronta pode custar dez vezes mais do que seu custo inicial. É uma observação simples, pois sabemos que geralmente o tratamento fica protegido por uma proteção mecânica e por um assentamento de pisos, onde ao remover estas proteções não temos o reaproveitamento dos entulhos, onde hoje em dia estamos constantemente em busca da sustentabilidade e infelizmente ainda não temos muito reaproveitamento dos entulhos gerados na construção civil. Por isso, além dos fatores acima comprovarem que o sistema tem um excelente custo x benefício, ainda nos deparamos com vida útil, ou seja, esta é a recomendação que o cliente não deve buscar somente impermeabilizar a estrutura, mas sim utilizar materiais que tenham vida útil superior, pois assim evitaremos o refazimento do sistema antes do desejado e estaremos contribuindo para bem estar do planeta.

Eng. Diego Santi diego@imperbras.com.br

Por Eng. Gil C. Palazzo da Rosa gil@palazzo.com.br

Agenda 01.11.2011 a 30.11.2011 CONSTRUIR Feira Internacional da Construção Data: 02 a 05 de novembro Local: RioCentro – Rio de Janeiro INOVATEC Feira de Negócios em Inovação Tecnológica Data: 07 a 09 de novembro. Local: Centro de eventos Frei Caneca – R. Frei Caneca, 569 – Bairro Consolação São Paulo-SP Feira voltada à realização de contatos e negócios entre empresas, centros de pesquisas, uiversidades e prestadores de serviços tecnológicos que desejam inovar. MODA BRASIL Feira de Calçados, Acessórios e Vestuário Data: 13 a 16 de novembro Local: Evento que se realizará nos Pavilhões da FENAC – Novo Hamburgo-RS

PARA DEZEMBRO: Eleição e posse da diretoria da AEARV 2011/2012 Com jantar em comemoração ao Dia do Engenheiro e Arquiteto Data: 09 de dezembro às 20h Local: Dall’Onder Vittoria Hotel Show: no evento será apresentado show da banda Folk&Roll Informações e inscrições diretamente com a secretaria da AEARV, pelo fone (54)3451.9533 ou pelo e-mail aearv. bg@gmail.com Casa Cor Trio Data: 8 de novembro a 4 de dezembro Special Sale: 01 a 04 de dezembro Horário: De segunda a sábado, das 12h às 21h. Aos domingos das 12h às 20h. Local: Jockey Club de São Paulo Endereço: Av. Lineu de Paula Machado, 1075, Cidade Jardim, São Paulo / SP Informações: (11) 3819-7955 ou pelo site www.casacor.com.br

O sucesso da Casa Cor não cabe em um único evento. Conforme afirma Angelo Derenze, presidente do evento, “para atender um mercado exigente e dinâmico com enorme potencial criativo, lançamos em 2009, a Casa Cor Trio, onde apresentaremos o melhor da gastronomia e as últimas tendências de projetos para escritórios e soluções para festas em um único evento”. A Casa Office apresentará em 22 ambientes projetos que oferecem conforto, funcionalidade e soluções inovadoras para ambientes de trabalho de todos os tamanhos. Renomados arquitetos assinarão ambientes inspirados em personalidades do cenário nacional, entre eles: Alexandre Accioly, Carlos Saldanha, Luciano Huck, Luiza Helena Trajano, Valdemar Iódice e Zeco Auriemo. O “Ano da Itália no Brasil” será o tema de Casa Boa Mesa. Sob a curadoria de Luiza Estima, a mostra apresentará 20 ambientes que celebram em cada detalhe o prazer de receber bem, que estimulam o convívio com as últimas tendências em

arquitetura, gastronomia, estilo de vida e bem-estar. Em Casa Festa, será traduzido um novo olhar ao crescente segmento de festas e eventos. Sob a curadoria de Olga Krell, a mostra apresentará tendências e soluções criativas em mesas decoradas para diferentes tipos de comemoração. Pré-venda exclusiva de ingressos, com 20% de desconto pelo site: http://premier.ticketsforfun.com.br/ shows/show.aspx?sh=CASACORT11 Ingresso: de R$ 33 por R$26,40 Passaporte: de R$50 por R$ 40 Construfair transferida A Construfair que seria realizada no mês de novembro nos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul, foi transferida para maio de 2012. De acordo com os organizadores, estarão firmando parcerias que deixarão a feira muito mais atrativa. A edição ocorre de 23 a 26 de maio de 2012, das 13h às 21h, de quarta-feira a sábado. 19


Nova loja da Romanzza em Bento Gonçalves. Um novo endereço para os seus clientes ficarem totalmente satisfeitos.

Rua Dr. Agnaldo da Silva Leal, 10 - Cidade Alta - Bento Gonçalves Fone: (54) 3451.2200 - E-mail: sophistiquee@romanzzabg.com.br COZINHAS • DORMITÓRIOS • CLOSETS • HOME THEATERS • HOME OFFICES • BANHEIROS • ÁREAS DE SERVIÇO • ESTOFADOS • ARQUITETURA COMERCIAL


www.romanzza.com.br

VocĂŞ totalmente satisfeito


Romanzza abre as portas em Bento Gonçalves Nova loja possui 350 metros quadrados de área de exposição e busca a satisfação total dos clientes

Fotos: Raquel Konrad

Uma das marcas mais respeitadas do país chegou com toda a credibilidade, elegância e compromisso em Bento Gonçalves. A Romanzza Planejados inaugurou sua sede da cidade com tradição no setor moveleiro com grandiosidade. A loja possui 350 metros quadrados de área de exposição de show room para atender com todo o conforto aos clientes da região e garantir, desde o primeiro contato, satisfação total para os consumidores. Isso porque esse é o seu princípio básico, conforme compromisso assinado em cartório. “Para a Romanzza, nada é mais importante do que a satisfação dos seus clientes”, garante o sócio-proprietário da loja, Otaner Caumo Scaravonatti, que ao lado de Marilan Argenta irão dar vida aos projetos dos

22

sonhos de qualquer pessoa. A Romanzza possui fábrica de móveis planejados na cidade de Flores da Cunha desde 1988, produzindo os mais diversos produtos, principalmente móveis para salas e dormitórios. Em 2001, começou a fabricar móveis planejados, especializando-se no segmento. Nos anos seguintes, realizou novos investimentos e remodelou seu parque fabril, aumentando significativamente sua capacidade produtiva, atendendo à crescente demanda dos seus produtos. Ao mesmo tempo, deu início ao projeto “soluções completas personalizadas”, o que possibilitou que a empresa apresentasse soluções para todos os ambientes da casa. A nova loja de Bento apresenta mó-

veis planejados e estofados que combinam conforto e praticidade com as últimas tendências em decoração e design de interiores. Os ambientes ainda podem ser totalmente personalizados de acordo com as necessidades de cada cliente. “Os produtos desenvolvidos são avaliados cuidadosamente em cada detalhe, desde a concepção até a fabricação, o que garante um resultado acima das expectativas”, afirma Marilan. Outro fator que se destaca na Romanzza é a sua equipe de profissionais altamente qualificada, que trabalha permanentemente na busca de soluções práticas e inovadoras. O atendimento é diferenciado em todas as etapas: do projeto à montagem, passando pelo pós-venda. “O padrão de qualidade é

um assunto levado muito a sério na Romanzza e, por essa razão, a empresa registrou em cartório o seu compromisso com a satisfação total de seus clientes. É a garantia de que quem adquirir um produto Romanzza vai se sentir totalmente satisfeito”, destacam os proprietários. Para atender a todas as demandas, a Romanzza Bento Gonçalves também trabalha com painéis editáveis. “A marca Romanzza se destaca por possuir móveis de excelente qualidade, que possuem certificados de normas internacionais pensando no bem estar de seus clientes. Estamos preparados para atender todas as necessidades e aspirações de todos os nossos clientes”. A loja está localizada na Rua Doutor Agnaldo da Silva Leal, 10, na Cidade Alta.


Foto: Anderson Pagani Jessica Sganzerla veste Porta Azul, acessórios Mel de Assis, Sandália Eccentric. Felipe Salvadori usa Identidade Homem by Rodrigo Britzke. Produção de Moda e beleza by Ricardo Rambo. Locação Omega Viratto - Estofado Fiorenze

Comer, beber, dançar, aplaudir, comemorar! O fim do ano está chegando e, junto, as festas. E vestir-se para essas ocasiões, é um ritual sofisticado que a civilidade merece e aprecia. Todos nós gostamos de nos mantermos informados sobre o que é e o que deixa de “ser moda”. Adoramos saber das tendências. E é em especial para as festas, que desejamos impressionar com um visual “para lá” de cobiçado, elegante e sofisticado. Para a temporada de confraternizações e noites de gala que se aproxima, adianto à vocês algumas das principais apostas, os quais podem servir de referência para arrasar na produção. É sempre bom ressaltar que cada festa poderá

exigir um traje, na dúvida, ligue para o anfitrião ou produtor da festa, e tire suas dúvidas do traje ideal para a ocasião. Para os homens, tudo fica mais fácil, dependendo do grau da festa, ele pode optar por uma calça de alfaiataria na cor cáqui com camisa de manga longa e mocassim nos pés. Se a festa for mais formal, terno completo escuro, com camisa de cor clara e gravata, e se for gala, o sempre correto smoking. Para as mulheres, a combinação entre um romantismo delicado e pegadas minimalistas modernas estão entre as características mais vistas nos looks mais glamorosos. Bordados, brilhos, trabalhos de volumes e texturizações,

O tom da festa aparecem em áreas localizadas nas saias e nos ombros, ou na superfície inteira da peça. Quanto a estética contemporânea, os vestidos longos, ou saias longas, voltam a ocupar o lugar de destaque nas grandes festas. Os vestidos retos em comprimento midi são as novas alternativas chiques para quem quer fugir dos longos ou curtos. Os vestidos curtos prometem seguir entre preferidos do público feminino, principalmente o mais jovem. Além do tradicional “tomara-que-caia”, o famoso “um ombro só” se mantém em alta. Roupa de festa pede tecidos nobres,

e entre eles, a seda chega com evidência da estação. Ela deve conferir um caimento leve e fluído aos modelos, deixando-os com ares etéreos, sobretudo, nos longos. Lisas ou estampadas, as sedas combinam suavidade e elegância, com um toque sexy bastante discreto. Assim, entre brilhos, plumas, bordados, babados e fendas, o glamour segue lado a lado com a elegância, por meio de formas mais singelas e minimalistas. Um belo penteado e uma maquiagem bem feita completam todo esse momento de glamour. Enfeite-se e divirta-se. Um bom perfume, uma roupa especial, uma jóia, um sapato bem escolhido fazem milagres por você. Boas festas!

Ricardo Rambo Estilista ricardobrambo@hotmail.com

23


Avenida Independência, 91, centro Fone: 54 3464-0007

Rua Manoel Peterlongo Filho, 216, centro Fone: 54 3462-1355

Qualidade, elegância e exclusividade marcam desfile harmonizado na Peterlongo Vinícola aproveita evento e lança nova linguagem de marketing

Fotos: Raquel Konrad e Gilmar Gomes

O cenário era perfeito. Paredes erguidas com pedras de basalto, construídas há 100 anos, contrastavam com a tecnologia das luzes, o burburinho das conversas e a música de fundo. Gente bonita, animada e curiosa. Foi neste clima de badalação que a Vinícola Peterlongo realizou um desfile pra lá de envolvente. Os champagnes e vinhos Peterlongo entraram na passarela harmonizando com a irreverência da moda primavera verão 2012, num verdadeiro assemblage com a boutique Faon, também de Garibaldi. O desfile marca uma nova fase na linguagem de marketing da vinícola. Inspirada no ícone de elegância e glamour, a figura feminina é uma peça

24

chave neste novo posicionamento da empresa. Com traços clássicos, a mulher representa o público e o estilo de um consumidor cada vez mais exigente e sensível. É justamente por esse motivo que a principal peça publicitária serviu de fundo para o desfile, que encerrou com a apresentação da modelo da campanha, Odelta Simonetti. Ela passeou pela passarela enaltecendo a qualidade, elegância e exclusividade dos produtos Peterlongo, elementos que se fundem na moda e no prazer de bem vestir e de degustar um excelente champagne. Para reforçar a ação, a modelo esteve no estande da Peterlongo durante

a Fenachamp. Lá, ela interagiu com os visitantes. O trabalho está sendo coordenado por Thiago Trivilin, responsável pelo marketing da vinícola. Com este novo posicionamento, a Peterlongo pretende ampliar em 30% as vendas que hoje são de 450 mil caixas por ano, ou seja, passar a operar com 585 mil caixas no período, desafio que vem sendo acompanhado de perto pelo gerente administrativo, José Emanuelle Júnior. A irreverência do desfile apresentou uma moda colorida, com peças que trazem cores vivas e vibrantes, além de uma variedade de estampas e do xadrez, que se tornou indispensável e fica per-

feito com jeans e camiseta. Já o look total branco deu ares de leveza, delicadeza e elegância que estarão em evidência no verão. O glamour foi representado pelo brilho, seda e sofisticação dos tecidos. Para cada estilo, os modelos exibiam champagnes e vinhos Peterlongo em perfeita harmonização com a moda. A proposta foi mostrar que existem diferentes tipos de champagne para cada ocasião. A produção do desfile esteve a cargo de Melisse Chiesa, da Faon, e do stilyst Rafael Moreira. Depois do desfile os convidados foram recepcionados com um coquetel no museu da vinícola, regado, é claro, a champagnes Peterlongo.


25


Tatiana Coiffeur tatianacoiffeur@hotmail.com

26

Fotos: Divulgação

Para todos os estilos

Os penteados para os mais diversos eventos devem ser bonitos e sofisticados, pois os momentos ficam marcados para sempre. A cada ano surgem novos modelos de penteados modernos que seguem as tendências mais quentes da moda. Além de seguir as tendências de moda é preciso saber escolher o penteado mais adequado a sua personalidade. Por isso confira abaixo os tipos de penteados que estarão na moda em 2012. Já é possível ver alguns dos modelos de penteados nas cabeças de muitas celebridades: o topete moicano que, além de deixar a produção mais chique e com estilo, também está super na moda. Os penteados clássicos como os presos, por exemplo, estarão com tudo na próxima estação e nunca saem de moda. Para deixar os penteados presos com mais estilo invista em acessórios de cabelos, como laços, tiaras, strass que também vem com tudo para a próxima temporada. Outro penteado que estará em evidência em 2012 é o coque de todos os estilos. É possível fazer penteados com coque de diferentes formas desde os mais certinhos até os mais desconectados. Se você gosta de inovar o visual invista em um rabo de cavalo elegante que também é tendência forte para o próximo ano. Já para as mulheres com cabelo longo, seja liso ou cacheado, podem apostar nos penteados soltos usando acessórios com uma bela tiara e com volume no topo da cabeça, que segue o estilo anos 60. Outra dica para quem tem cabelos longos e cacheados é usar o babyliss, antes de firmar o penteado. Assim, você estará com o penteado ideal para arrasar na festa!


Fotos: Divulgação

Natal Fitness conta com linha de alta tecnologia Novo X-Sensor®Base Layer possui o inovador “efeito sombra”, que reduz a temperatura superficial da pele em até 3ºC

Todo mundo sabe que a palavra de ordem, hoje em dia, é: “pratique exercícios”! O que raramente se fala, porém, é que para um rendimento eficaz dessa prática são necessários alguns cuidados, como, por exemplo, o uso da roupa adequada. Para haver um bom desempenho por parte do organismo em relação às atividades físicas, é preciso fazer com que a temperatura central do corpo seja mantida a mais próxima possível do normal. Assim, a escolha correta das peças que vão acompanhar esse momento é fundamental. Pensando nisso, há 12 anos, a SOLO® tem desenvolvido vestuários altamente diferenciados, voltados para diversas atividades físicas. Marca genuinamente brasileira, a empresa alia matéria-prima de qualidade, acabamento e design a cada um de seus produtos voltados para o público em geral e também aos adeptos da ‘geração saúde’. A ideia é oferecer proteção e bem-estar àqueles que se preocupam com a saúde do corpo e praticam qualquer atividade física, seja uma simples caminhada ou uma ultramaratona. X-Sensor®Base Layer: perfeito para todas as atividades Uma das novidades da marca é a linha X-Sensor®Base Layer, ideal para prática de diferentes atividades, sejam elas intensas ou não, em climas quentes. A linha é composta por camisetas, blusas e calças e são desenvolvidas para

ambos os sexos. Inovadores, os produtos diminuem até 3ºC da temperatura superficial da pele, por isso é ideal para os amantes da corrida, de montanhismo e de trekking. A linha X-Sensor®Base Layer possui o inovador efeito sombra, que funciona através de duas tecnologias inéditas: Nano Aqua Chem – reflete e espalha os raios infravermelhos, fazendo com que a sensação térmica reduza em até 2ºC durante a exposição direta ao sol. Xilitol – converte a transpiração em sensação de frescor e diminui até 1ºC da temperatura superficial da pele. Além disso, a linha também possui proteção UV-FPS 20 proporcionada por nanopartículas de dióxido de titânio que bloqueiam entre 93,3% e 95,9% dos raios ultravioletas. Outro benefício do produto é a ação bacteriostática. O tecido tem aplicação de nanopartículas de prata, que evitam proliferação de bactérias responsáveis pelo odor do suor. Entre os grandes diferenciais dos produtos desenvolvidos pela marca SOLO® estão a facilidade na hora de lavar e secagem rápida, sem precisar passar. São ideais para a prática de atividades ao ar livre, como também para aqueles que costumam fazer viagens longas e precisam de roupas leves, práticas e compactas na bagagem. As peças contam com design arrojado, costuras planas e chamam atenção pelo acabamento ultramoderno.

Coleção 2012 especialista em visão Rua Marechal Deodoro, 139 - Sala 11 - 54 3452.5933 Rua Saldanha Marinho, 10- Sala 104 - 54 3452.2149 Rua José Mário Mônaco, 393 - Loja 02 - 54 3452.5796 27


Fotos: André Pelizzari, Real Color

28

jóias é uma paixão antiga, estava sempre em busca de peças diferentes para comprar, ate que uma amiga me convidou para revender. Então comecei a trabalhar nisso e, consequentemente amar aquilo que eu fazia, pois me sentia realizada ao comercializar algo feito especialmente para mulheres de bom gosto, que gostam de sentir-se bem consigo mesma, que acreditam que um acessório pode dar aquele charme especial no look. Até que surgiu a necessidade de eu criar peças diferentes, de acordo com a minha clientela. Portanto, hoje, todos os acessórios tem um toque especial, as pedrarias em diferentes cores, o brilho composto unindo sempre o perfil do meu público com o design Ana Morello. E, em março, fui convidada a ter o meu espaço na Cotelê Boutique, onde posso expor minhas jóias e recepcionar em grande estilo as clientes que vem até a loja a procura de um look e acabam com-

pletando o mesmo com uma jóia.” Assim procede também com a marca Lima Rosa Alfaiataria que, segundo Sabrina, surgiu para suprir uma necessidade bastante comum na sociedade, que é de encontrar a peça ideal de acordo com cada tipo físico. “Minha mãe tem ateliê há muito tempo, por isso cresci em meio aos tecidos e costuras e, por gostar do que faço, me dedico aos estudos de moda e estilo e há três anos lançamos a marca, onde trabalhamos com uma modelagem específica, utilizando malhas com bom caimento, leves e sofisticados. A parceria com a Cotelê Boutique agrega valor ao nosso trabalho e ao bem estar de todas as clientes, pois as mesmas podem agendar horário para escolha do tecido, cor, modelo e medidas para looks mais casuais até os formais. E a Lima Rosa vem com tudo para mostrar que santo de casa faz milagre sim!”.

Fotos: Revelare

Inaugurada em maio de 2011, a Cotelê Boutique oferece uma estrutura aconchegante e bonita, na casa que foi de uma antiga costureira e modista, sogra das empresárias Isete e Raquel Copat que, fizeram questão de manter as origens e preservar os objetos antigos como parte da bela decoração do ambiente. Além do espaço acolhedor, a loja oferece diversificados estilos e marcas, como Equus, Maria Valentina, Controvento, Ton Âge, Lu Stein, Lima Rosa Alfaiataria, entre outras. E, para recepcionar a coleção primavera-verão, nada melhor que um belo desfile, onde as modelos e clientes desfilaram tendências em cores, modelos, tecidos, calçados, bolsas e acessórios. Destaque também para as parceiras da loja, Ana Morello que possui seu espaço na própria loja para atender os mais diferentes estilos e afirma: “Trabalhar com

Cotelê Boutique


*Imagens meramente ilustrativas. Promoção não cumulativa. Promoção válida até 13/11/2011.

seu

ouro

vale mais

30

%

Na compra de uma nova joia Gehlen Joias, parte do pagamento poderá ser efetuado com o ouro de suas joias, cotado em 30% a mais que o valor do mercado. Durante toda a promoção ofereceremos serviço de avaliação e polimento gratuitos de suas joias.

EXCLUSIVIDADE E SOFISTICAÇÃO L’América Shopping . Loja 203 . (54) 3052.0399 Shopping Bento . Loja 02 . (54) 3452.2693

Moda

Foto: Anderson Pagani

Encontros casuais A casa de amigos é sempre um cenário perfeito para aquela reunião descontraída. E para esses encontros, o estilo casual prevalece, na hora de escolher o que vestir. O lema aqui, é estar confortável e ao mesmo tempo elegante. Para os homens, um bom jeans, uma calça de sarja, sapatos mais casuais, camisetas e ou camisas, arrematados por um paletó de sarja de algodão, são uma boa pedida. Para as mulheres, um jeans, uma calça de alfaiataria ou uma saia. Usados com blusas de tecidos como paetê, seda, renda ou estampado, são ótimas opções. Tudo isso arrematados com sapatos de salto e acessórios com brilhos. Para esses momentos, deve-se ficar atento também para as bolsas, que devem ser menores. Vale caprichar, pois, após um programa na casa de amigos, pode-se dar um esticada pela noite! Capriche no visual, e curta esses encontros ao lado de pessoas queridas.

Fotos: Anderson Pagani | Locação: Omega Viratto - Estofado Versatto | Eles vestem: Identidade Homem | Elas vestem: Porta Azul | Acessórios: Mel de Assis Calçados: Eccentric Shoes | Cabelos: Marília Cabelos | Produção de moda masculina – Rodrigo Britzke | Produção de moda feminina – Ricardo Rambo

29


Crouch, Touch, Pause and Engage! Tema de casa para o domingo: escrever a coluna que a Sílvia solicitou por email, aconselhando seguir o tema do mês: salas de estar. O problema é que madruguei na data limite por ela proposta para ver a final da Copa Mundial de Rugby. Desculpe minha caríssima editora, mas terei de desviar do seu pedido, embora saiba que, assim como eu, aprecias este esporte tanto quanto o design. Desde que meu irmão apresentou o rugby com o rigor de um neófito esperançoso por conseguir enfrentar este esporte que traz no campo uma verdadeira batalha entre infantarias, comecei a gostar. Mas vou já dizendo que não foi fácil. Primeiro, pela distância em relação aos modelos de jogos populares no Brasil, e, segundo, pelo aspecto beligerante que, em um primeiro momento, pode passar. E passa. A descoberta da beleza do rugby demanda de algum esforço cognitivo e afetivo. Entender as principais regras, a racionalidade particular do jogo, aceitar as vicissitudes de um jogo de força, de impacto, de contato, e acima de tudo, a supremacia da coletividade sobre a individualidade, exige um desprendimento de alguns valores que moldam nossa concepção tradicional – brasileira - de jogos coletivos. Como pensar um esporte onde todos brilhem, do técnico ao árbitro, passando por cada posição ocupada pelos jogado-

30

res nas formações constelares ou lineares por onde passa a bola oval? Claro que o try é o clímax, e por isso merece quase sempre um mergulho no gramado, principalmente se for precedido pela longa corrida de um rugbier velocista, o que é raro para um jogo pautado por choques. Pois alinho-me aos que dizem que o rugby é o modelo de esporte coletivo. O futebol tentou fazer algo parecido com a laranja mecânica holandesa, mas não conseguiu devido à vitória da especialização. Não que o rugby não tenha especialidades, pelo contrário, é só ver o biótipo dos jogadores – são armas de guerra: táticas, tecnologias aplicadas de acordo com a área do campo, com o posicionamento do adversário, com as regras do jogo – suas habilidades são desenvolvidas de acordo com potencialidades de cada indivíduo, que sozinhos, não fazem nada. Por isso que o próprio try nunca é solitário, mas obra de um coletivo que luta pela abertura da defesa adversária, bloqueando seus ataques e formando uma cunha que rasga a linha de fundo: falange guerreira. Em tempos de stars e Phillipes Starcks, Pelés, Ronaldinhos e Steves Jobs, torna-se difícil apreciar a beleza da multidão e do anonimato. As redes sociais compõem-se de nomes e rostos identitários, as empresas acham que CEOs divinos irão salvar seus negócios, e o

design vive de assinaturas. Vivemos de tecnologias mentais que privilegiam autores, gênios, indivíduos excepcionais. Eu mesmo, um individualista ferrenho, tenho grandes dificuldades de aceitar a ideia de um design colaborativo, e faço do rugby um aprendizado. Não cairemos na facilidade de afirmar que todos são iguais. Ninguém faria um jogo com um só elemento. A rigor, precisamos, no mínimo, de dois – dois oponentes – afinal, um jogo, antes de tudo, é um conflito entre concorrentes. Cada equipe integra forças articuladas de acordo com táticas de dispersão, aglutinação, bloqueio e avanço – ataque e defesa – em uma miríade de modos de atualização. Os jogadores são módulos de ação compostos por forças que podem ou não entrar em jogo. No calor da hora, um limite muito tênue separa o aceitável do inaceitável – a explosão de forças instintivas entre o controle das transmitidas. Quem conserva a manutenção desse limiar é o árbitro. As forças extravasam, são abundantes, mas força aproveitada não. Ações cegas são desperdício de forças. Portanto, ao vislumbrar um objetivo, é preciso dosá-las, moldá-las, programá-las – um problema de técnica das máquinas, de técnicos, projetistas e estrategistas, que, de longe, observam as ações em campo, abstraem tendências e projetam cenários de acordo com o conhe-

cimento de suas fraquezas e potências. Tudo é muito estudado. É neste ponto onde o vetor das forças é torcido, dobrado sobre si mesmo. Ou seja, é necessário conhecer a si mesmo para derrotar um adversário. Como no rugby, também no design precisamos tanto de instinto quanto de estudo. Não se joga sem pulsão, sem energia. A força é nossa matéria-prima. Do produto ao processo, do desenhista ao manager, eis o esporte servindo como modelo epistemológico ao design estratégico, tático e operacional. Espero que tenham entendido. A propósito, os All Blacks fizeram uma bela campanha coroada com uma vitória apertada sobre a França, meu irmão deixou de treinar no Farrapos porque machucou o ombro e tornei-me um torcedor do time de Bento Gonçalves.

Prof. Douglas Pastori Coord. Design Gráfico UCS douglaspastori@gmail.com


Freemont: moderno e sofisticado as expectativas em relação ao carro. O Freemont também se destaca por sua imponência. A sua aparência externa chama atenção para a elegância e a robustez, acentuada pelas linhas retas. O carro também oferece entrar e partir sem chave. Além do travamento e destravamento pelo telecomando, as portas podem ser destravadas e travadas por um simples toque, sem o uso da chave ou manusear o telecomando. Este pode estar no bolso do motorista, por exemplo. Tratando-se de um carro moderno, o Freemont possui rodas de liga leve 16”, na Emotion e 17” para a versão Precision, visibilidade parte traseira, com

limpador e lavador de vidro traseiro e sistema de desembaçamento temporizador. A versão Precision traz de séries sensores traseiros de estacionamento, que emitem sinais sonoros a medida que os obstáculos estão próximos. Já o design interno possui painel em peça única, cheio de detalhes e extremamente funcional, comandos organizados em pequenas ilhas, fáceis de alcançar, faixa na cor alumínio que percorre todo o painel, molduras cromadas nos botões de controle de climatização e do rádio, nos dutos de ventilação, na tela “touch screen” e nos controles do volante, além de iluminação azulada para o porta-copos dianteiro.

Fotos: Divulgação

Um carro espaçoso, versátil e com um design marcante. Este é o Freemont, modelo que chegou ao Brasil recentemente e figura na Fiat. O modelo chegou no país em duas versões: a Emotion, para até cinco ocupantes, e a Precision, para até sete ocupantes. Ambas são ocupadas com motor 24.1 de 16 válvulas, com duplo variador de fase (VVT) e alimentado a gasolina, com potência de 172 cv e torque de 22,4 kgfm. O câmbio é automático, de quatro velocidades, que permite condução nos modos automático e manual sequencial. O conforto oferecido para todos os ocupantes, aliado aos altos padrões de tecnologia e segurança superam todas

31


A arte de receber bem seus convidados Os detalhes para sua festa ou evento ser um sucesso do início ao fim Normalmente, quando recebemos uma visita em nossa casa, estamos fazendo uma recepção íntima, para poucas pessoas. Preparamos a sala de estar, arrumamos e adequando para o número de pessoas esperadas. Todos os detalhes da decoração são repensados de forma a ajustar o local para a ocasião. Ao fazer jantar, enfeitamos a mesa e preparamos um cardápio todo especial; ou então, um lindo arranjo de flores já é o suficiente para a sala de jantar ficar pronta para festa e encantar os convidados. É nesta hora que o anfitrião coloca a sua identidade nos detalhes da organização. Porém não basta a estética da festa. Precisamos é organizar o bem estar dos convidados, para tornar a festa memorável a todos. Para que isso ocorra, alguns passos devem ser seguidos: - faça uma lista de convidados e deixe claro o motivo da comemoração - não convide mais do que o ambiente comporta - o tipo de festa a ser oferecida deve estar diretamente relacionado ao público que você convidou. - lembre-se da quantidade de lugares para as pessoas idosas, grávidas: é fundamental que elas saibam que você estava esperando por elas com lugares especiais. - uma recepção bem adequada na entrada, direcionado o seu convidado é fundamental para o impacto da chegada. Algumas pessoas são mais reservadas e necessitam deste auxílio. - converse um pouquinho com cada convidado, pergunte algo que os torne especial para você. - organize uma atração que envolva a todos, isso ajuda a unir as pessoas. - não esqueça que nem todos os seus convidados se conhecem. Você precisa

32

estar atento para mediar e não deixar ninguém sem atenção. - em relação ao buffet é importante que você decida os sabores que agradem a você, mas principalmente aos seus convidados. Caso tenha vegetarianos, diabéticos, enfim, alguma restrição alimentar, deve ser levado em conta nas suas decisões. Pois muitas vezes, quando isso não é avisado ao buffet, falta algo especial e quem fica mais constrangido é o seu convidado, pois denota a sua falta de atenção. - tenha outra pessoa que gerencie a festa para você, que esteja atento aos detalhes, para não faltar nada. - em relação à seleção musical: esta deve estar de acordo com seus convidados. Músicas neutras que agradem a todos é mais elegante do que você impor um gênero musical. O volume também deve estar adequado, todos devem se comunicar de forma normal. Nestas horas é mais fácil fazer uma pequena recepção em um lugar com uma equipe que possa organizar tudo, deixando que você somente chegue na hora da festa e aproveite. Alguém que pense com você e o auxilie a organizar a festa. Não importa qual o tipo da confraternização, o importante é saber receber bem. Nenhum detalhe pode ser esquecido para tornar a sua festa um sucesso. Lembre-se: quando se oferece uma recepção, pequena ou grande, você está dividindo um momento especial com várias pessoas, que você mesmo convidou. Então tenha carinho, atenção e não esqueça das regras de etiqueta. Você é o anfitrião. Allegria Festas sac@allegriafestas.com.br


Foto: Divulgação

Street View – Muito mais que um mapa

Qual é a escola ideal para seu filho? Dentre as inúmeras preocupações que os pais têm com os filhos, escolher a escola é uma das mais importantes. Mais do que apenas uma instituição educacional onde ele passará grande parte do dia, é a escola que ajuda a lapidar o caráter e a personalidade da criança. Com muitas opções de qualidade, pais e familiares buscam referenciais e critérios para acertar no momento de escolher entre as alternativas disponíveis. Com uma tradição consolidada há mais de 71 anos, o Colégio Marista Aparecida, de Bento Gonçalves, é uma das opções de qualidade, segurança e confiabilidade, um espaço de educação, evangelização, produção de cultura e saberes. De acordo com a orientadora educacional da instituição, Vanessa Catuci, estudantes e famílias são enriquecidos por valores, conhecimentos e vivências diferenciadas na formação individual e coletiva, reinventando a si mesmo e ao mundo por meio de novas aprendizagens. O Colégio Marista Aparecida oferece os seguintes níveis de ensino: Educação Infantil (a partir de 2 anos de idade), Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Para apoiar os pais nessa importante escolha, apresentamos alguns subsidios e importantes dicas para a tomada da decisão. “É certo que não existe uma única escola ideal. Existe, sim, a escola que com maior harmonia apresenta os valores pessoais e o modo de educar de cada família”, explica Vanessa. Independente do nível de ensino da criança ou adolescente, algumas dicas são válidas para todos. Pequenas atitudes que podem dirimir grandes dúvidas e auxiliar na tomada de decisão. Fique atento! • Verifique a segurança oferecida pela escola • Converse com pais de alunos que já frequentam a instituição • Conheça a proposta pedagógica e a forma de avaliação da escola • Compreenda a metodologia utilizada • Informe-se sobre as normas de convivência ou código de ética da escola e a forma como é tratada a disciplina • Avalie as opções de serviços extraclasse disponíveis • Analise a relação curso/benefício • Conheça projetos especiais relacionados à cultura da solidariedade e da paz • Verifique a localização da escola e não esqueça: é um fator importante, mas não pode ser definitivo na escolha

Quando você vai viajar ou quer chegar a algum endereço, você rapidamente consegue se localizar através do Google Maps. Se, além disso, você que ter informações sobre o local que visitará, como história, turismo, o clima, você usa o Google Earth. Mas, e se você quiser ir ainda mais longe, por exemplo, dar uma vista panorâmica do local? Pois bem: conheça o Google Street View, um aplicativo para pessoas e empresas. Na verdade, o Street View é um recurso do Maps e do Earth que possibilita ao usuário ter vistas panorâmicas ao nível do chão. Com 360º de rotação horizontal e 290º de vertical, o programa está sendo espalhado pelo mundo e já consegue alcançar áreas em diversos países. Seu lançamento foi em agosto de 2007, onde era possível acessar imagens em cinco cidades norte-americanas. Atualmente, já tem milhares de localizações incluídas, tendo saído dos Estados Unidos e alcançado a França, a Austrália, o Japão, Portugal e o Brasil A navegação pelas imagens pode ser feita através do teclado ou utilizado o mouse. As fotografias publicadas são todas modificadas antes de serem veiculadas na Internet, sendo aplicada distorção na face e na matrícula, para atender aos países onde o serviço estiver disponível e que tenham políticas de privacidade internas. As fotografias em alta definição são tiradas a partir de nove câmeras montadas sobre uma fro-

ta de automóveis. Sobre as imagens de fundo, são mostradas tomadas de satélite. As câmeras ainda possuem o sistema Lidar (Laser Imaging Detection and Ranging), que obtém dados da medição de distância a 50 metros e 180º de frente, para conhecimento do entorno. De acordo com o site do recurso, são possíveis inúmeras aplicações. As privadas são a capacidade de explorar o mundo, conhecendo locais famosos; mostrar locais aos amigos; conhecer o local para onde se vai viajar; entre outros serviços. Para as empresas, é possível promover o negócio através das imagens, realizar visitas de campos virtuais, procurar locais de eventos, etc. O programa ainda causa algumas controvérsias, por conta da questão da privacidade. Alguns defensores levantam objeções ao recurso, que mostrou homens saindo de clubes de striper, pessoas em roupas de banho e outras situações vexaminosas. Atualmente, o Google permite ao usuário marcar fotos inapropriadas ou sensíveis para que seja feita revisão ou, caso necessário, a sua eliminação.

Ricardo Pereira Consultor em TI

33


Foto: Raquel Konrad

Meu roteiro de viagem

Canadá

Foto: Arquivo Pessoal

Por Luisa Valduga

Por seis meses, a jovem bento-gonçalvense Luisa Valduga, 21 anos, viveu o clima sub-ártico, com ventos fortes e gelados durante todo o ano, do Canadá. Filha de Carmen e João Valduga, Luisa terminou o terceiro ano do Ensino Médio em 2006 e buscou o seu “quarto ano” no Canadá em 2007. Por seis meses ela estudou, conheceu, saboreou e curtiu tudo que o país tem a oferecer. No “Meu roteiro de viagem” ela dá dicas das cidades e lugares que frequentou, bem como, orientações necessárias e válidas para se dar bem em qualquer ambiente. Calgary é a terceira cidade mais populosa do Canadá, possui um grande centro financeiro devido as plantações de trigo e as atividades petrolíferas encontradas na região. A cultura de rodeios e cowboys é também muito difundida na cidade, o principal festival é o Calgary Stampede onde é realizado o maior rodeio do mundo, shows e comidas típicas. Um passeio delicioso pode ser ao centro da cidade onde é possível conhecer a Calgary Tower que possui 191 metros e uma vista panorâmica de toda a cidade e o chão é feito de vidro, a sensação é que podemos cair a qualquer minuto, outro passeio muito legal são os parques na cidade o Bow Park no bairro de Bownes é muito arborizado, tem pedalinhos, botes para se divertir ao longo do Bow River que é o rio que atravessa a cidade, mesas para piqueniques e trilhas ecológicas, já o Eau Claire Market é

34

um parque com um pequeno e gostoso centro de compras, também é ao longo do rio, porém no centro da cidade, passa embaixo da ponte que divide o bairro de Bowness e Downtown. Banff é a pequena cidade que dá início às montanhas rochosas, é localizada dentro do Parque Nacional de Banff, uma cidade turística que remete exatamente o que pensamos quando falamos de montanhas. No centro da cidade encontramos lojas com iguarias como maple syrup, um xarope feito da seiva das árvores Acer. Fica a 58km do Lake Louise, um dos cartões postais mais lindos do Canadá. Para conhecer as montanhas fazemos um passeio de bondinho que nos leva próximo ao topo, lá podemos desfrutar de piscinas quentes ao ar livre mesmo no inverno. Na época de verão uma boa alternativa é fazer trekking, neste é possível encontrar alguns alces, lobos e até ursos. Edmonton é a capital da província de Alberta e possui o maior shopping center do Canadá, era considerado o maior do mundo até 2005. Dentro deste, é possível conhecer pinguins, focas, morsas e outros animais marinhos dentro de um barco pirata em tamanho real onde acontecem apresentações, se divertir no parque aquático com ondas artificiais e tobogãs, crianças e adolescente podem ficar no parque de diversões com montanha russa e demais atrações enquanto os pais conhecem as mais de 600 lojas no resto do shopping.

Appoiosul

#ficaadica - Nas ruas canadeneses não encontramos cachorros e gatos como no Brasil, mas coyotes e coelhos, portanto não se assuste se encontrar algum no jardim, assim como esquilos! - A rede de cafés estilo fast food Tim Hortons é conhecida pelos seus deliciosos donuts e cafés cremosos, não vá embora sem experimentar um. Tim Hortons era um jogador de hokey. - Cookies by George são cookies crocantes por fora e com chocolate cremoso por dentro, facilmente encontrado em shoppings e centros comerciais. Não preciso falar mais né?! - Nos ginásios de esportes é possível alugar patins e aprender a patinar no gelo, mas não é tão fácil quanto parece. #você tem que saber - Quando visitar a casa de alguém não se esqueça de retirar os sapatos na porta, eles consideram os sapatos para andar na rua sujos e inadequados para dentro de casa. - Se for com algum namorado(a) cuidado com as demonstrações de carinhos, as pessoas mais velhas consideram muito ofensivo ver duas pessoas se beijando na rua por muito tempo e você pode receber a famosa frase: “Get a room!”, que significa, achem um quarto! - Palavrões também não são tão bem aceitos como no Brasil, apesar de ouvirmos muitos em filmes, a realidade não é bem assim, é comum entre adolescentes, adultos não usam esse tipo de linguajar. - O jantar normalmente é servido entre 17h30min e 19h30min. - Bebidas alcoólicas e cigarros são expressamente proibidos aos menores de idade, a carteira de identidade é requisitada a todo instante, tanto por vendedores em lojas e restaurantes como por policiais na rua.

comemora dez anos Com o compromisso de prestar um serviço personalizado através de uma qualificação profissional, a Appoiosul comemora no dia 26 de novembro seus dez anos de fundação. Sob a direção de Ivanir de Césaro, Jaqueline de Fatima Bonatto e Itacir Jose Frumi, a empresa trabalha na prestação de serviços como passagens aéreas, pacotes, vistos, seguro viagem e toda assessoria necessária para uma viagem perfeita. Nesses dez anos, Ivanir de Césaro avalia positivamente o crescimento da empresa e a conquista de espaço no mercado. “O crescimento foi uma consequência do trabalho e seriedade oferecidos aos nossos clientes”, garante. A empresa, naturalmente, é responsável diretamente na realização dos sonhos das pessoas. Afinal, conhecer lugares incríveis, viajar com conforto e segurança são a realização de muitas pessoas. “Nos sentimos com um compromisso que deve ser levado muito a sério e ser tratado com profissionalismo”, afirma Ivanir. Para os próximos dez anos, a empresa pretende continuar com o trabalho sério e dedicado para obter a satisfação dos clientes e amigos conquistados.


Translúcido Foto: Divulgação

O laminado de alta resistência com efeito de translucidez.

A Madepar produz com exclusividade o laminado Translúcido, considerado uma inovação pelo mercado moveleiro. O Translúcido substitui com sofisticação e design diferenciado o acrílico e o vidro jateado nos mais diferenciados tipos de projetos: como portas de correr, frentes de gavetas, stands. Para a indústria moveleira, é especialmente indicado para confecção de portas de armários com até três metros de altura, pois sua estabilidade dimensional proporciona a aplicação em portas inteiriças, fixadas com perfis de alumínio ou madeira. Fácil de limpar, o efeito translucido do laminado permite a passagem da luz difusa natural ou artificial. Disponível em chapas de 3,08 m x 1,25 m x 1,6 mm nos padrões branco, palha, coffee grecco com os acabamentos brilhante ou texturizado.

A Madepar sai na frente e antecipa as mais recentes tendências para revestimentos decorativos. Conheça os nossos novos padrões de laminados de alta resistência Madepar: são 16 novos padrões ideais para diversos tipos de ambientes, dos clássicos aos contemporâneos.

SAC 0800 1747616 | www.madepar.com.br P 756 Carvalho Prata

1010 Metalic Wave

anuncio_lancamentos_MADEPAR_TH270911.indd 1

Solicite nosso catalogo e conheça a linha completa de produtos MADEPAR.

35

27/10/11 18:26


Fotos: Maikon Mattiello

Chopp Bar Um bar aconchegante e diferenciado, no endereço mais elegante da cidade, oferecendo cinco diferentes tipos de chopp artesanal e excelente comida! Entre os pratos mais pedidos estão a salsicha bock, bauru ao prato especial e o picadinho de filé. Venha nos conhecer!

36

Rua Herny Hugo Dreher, 204 - em frente ao Dall’Onder Grande Hotel Tele-chopp 9142 0465 oficinabier@redesul.com.br


Maminha Tradicional Ingredientes

Modo de preparo

Variações

Ingredientes

1 peça de maminha 2 colheres (sopa) de manteiga 200g de sal grosso

Abra a maminha ao meio na horizontal, sem cortá-la por inteiro (deixe 1cm de espessura de cada lado), recheie com pedaços de bacon, passe sal grosso em toda peça. Leve à churrasqueira, que deve estar com temperatura branda, a uma distância de 30 cm da brasa, por 20 a 30 minutos, sempre virando de lado. Depois de assada, coloque a maminha em uma chapa bem quente, jogue a manteiga e o cogumelo sobre ela, corte em fatias de 1,5 cm de espessura e sirva.

Diferencie o sabor da maminha fazendo um tempero. Para isso, utilize algumas folhas de louro, algumas gotas de pimenta vermelha, dois dentes de alho, folhas de alecrim, sálvia, sal e cebolinha verde. Bata tudo no liquidificador e empregue na carne. Acrescente um pouco de vinho de um dia para o outro. Uma maneira mais simples e bem gostosa é passar manteiga depois de assá-la.

1,5 kg de maminha Sal a gosto Azeite de oliva Cheiro verde Cebola Alho moído 3 linguiças calabresas Azeitonas sem caroço Champignon Alho frito no azeite Bacon picado

37


Fotos: Raquel Konrad e divulgação Foto: Silvia Tonon

Entre amigas, Marines Rampon, Valéria Cini, Janete Gregio, Janete Zatt e Ana Bittencourt

Sempre deslumbrantes, Aidana Czarnecki, Isete Copat e Tula Czarnecki comemorando o sucesso da Horos Acessórios no desfile Colorchic

Honorino e Alice Maria Salvati Tecchio, Lourdes Dytz, Maria da Graça Dytz Piccoli, Carlos Domingos Piccoli e Assunta Piccoli com os noivos Mirian Tecchio e Marcos Piccoli

Erny e Eloana Antinolfi juntamente com Inês e Valdir Ludwig em evento na Arvy

Foto: Silvia Tonon

Enzo Manente Tecchio e Giulia Perusso Bettim no casamento de Mirian Tecchio e Marcos Piccoli

38


Ivo Cansan, presidente da Movergs, André Sain que passou a presidência da Expobento 2012 para Roberto Carraro

Dayan Bordin, Sofia Cagliari, Marta P. Vasconcelos, Gustavo Roxo, Melisse Chiesa, Dirceu Bordin Junior e Alexandre Giovanaz em evento na Peterlongo

Bruna de Bacco Pasquale e Otávio Manfroi Chies, na Rugby Party do Farrapos

Rafael De Toni, Henrique Tecchio e Marta Manente na posse da diretoria Expobento 2012

Isadora Festa comemorou seus cinco anos na Allegria Festas, com amiguinhos, e os papais Fernando e Cristina Festa

Para reviver as férias na Disney, Isadora da Campo, festejou seus cinco anos, com Mickey, Minnie, Branca de Neve, familiares e amiguinhos na Allegria Festas

39


40

Jornal Design | Serra - Ed. IX  

Um jornal diferente

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you