Page 1

Distribuição Gratuita

Edição do Anunciante

VIDA

Saiba de que forma as crianças podem ter uma infância feliz e saudável CASA

Especial banheiros: requinte privativo ao alcance de todos ESTILO

Confira dicas de moda e brinquedos para o Dia das Crianças

Ano I - Edição VIII

R$ 4,90

1


Vamos todos cirandar?! É no ritmo das cirandas que lançamos a edição especial para nossos anjos que, mesmo antes de nascer, transformam nossas vidas de forma mágica, que fazem dos momentos simples os mais preciosos do mundo, que nos encantam a cada sorriso, a cada passo, a cada palavra, a cada gesto de carinho, entre tantos outros motivos que, sem dúvida, não tem preço! Bem, ao folhear essa divertida edição, iremos desfrutar de muitas curiosidades no que tange a qualidade de vida de nossos baixinhos através dos profissionais da infância, formadores de opinião, que estão em constante pesquisa visando sempre o bem-estar dos pequeninos. Se tratando deste tema tão colorido, dispomos de milhares de possibilidades para se trabalhar, por isso agregamos ao segmento Casa algumas dicas para decoração, assim você adaptar ao tema preferido de seu campeão e/ou de sua princesa. Estilo? De sobra...a molecada esta cada vez mais fashionista! Além de escolherem seus próprios looks, eles também definem suas alimentações, direcionam viagens de férias, lugares ideais para lazer e, sinceramente, com muito bom gosto! Muitos outros assuntos, de gente grande, também constam nessa edição, porém a dica do momento é pintar o sete com a galerinha! Silvana Aibel Silvia A. Perusso CAPA A magia desta encantadora capa e composta pelos pequenos fashionistas Alexandre Dagostin Filho e Giulia Perusso Bettim que desfilam os despojados modelitos Lilica & Tigor, juntamente com Ernani Caldato e Mila Rosa Dagostin que vestem os charmosos looks For Kids. Cabelo e make ficaram por conta da Iva Espaço da Beleza. O divertido cenário foi organizado no Clube Caça e Pesca em Bento Goncalves, a Lábaro Variedades se encarregou de colorir o gramado com balões e o click especial foi captado pelas lentes de Anderson Pagani.

EXPEDIENTE Realização: S&S Editora Ltda Coordenação: Silvia A.Perusso | Silvana Aibel Equipe: Dirce Heuser | Raquel Geórgia Konrad Diagramação: SimpleComm Jornalista Responsável : Marlove dos Santos REG. 6668/28/57 Assessor Jurídico: Ranulfo Cardoso Fernandes Junior OAB/GO 19915 Tiragem Mensal: 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Serafinense Abrangência: Bento Gonçalves | Carlos Barbosa | Farroupilha | Garibaldi Circulação Dirigida: Vida | Casa | Estilo Contato: 54 2621.3134 contato@jornaldesign.com.br 2

Foto: Anderson Pagani

EDITORIAL


Fotos: BD Jornal Design

Righesso Odontologia promove qualificação de profissionais Mais do que pensar na saúde e bem estar de seus pacientes, a Righesso Odontologia trabalha na qualificação de profissionais de toda a região. Isso porque, a clínica bento-gonçalvense trouxe recentemente ao município um dos protéticos brasileiros mais conhecidos no país e no mundo, José Carlos Romanini, para falar a profissionais oriundos de diversas cidades no Centro de Ensino da Righesso Odontologia. O renomado técnico em prótese dental destacou a evolução dos materiais, bem como da maneira de executar os procedimentos. “Até pouco tempo as próteses eram feitas de metal e cerâmica. Hoje a maioria é feita sem metal nenhum.

Mudamos o sorriso das pessoas”, explica. O Centro de Ensino da Righesso Odontologia trabalha para trazer os melhores profissionais da área e tudo o que há de atual. Pensando nisso, a clínica irá promover o curso teórico e prático de restaurações diretas com uma nova resina lançada no mercado, a IPS Empress Direct. A qualificação será realizada pelas professoras Renata Gondo e Jussara Bernardon, da Universidade Federal de Santa Catarina, que compõe a equipe equipe do professor Luis Narciso Baratieri. O primeiro módulo será realizado nos dias 25 e 26 de novembro, com curso teórico e prático, de restauração de resina composta em dentes posteriores. Já o segundo módulo

ocorre nos dias 2 e 3 de dezembro, com curso de restauração de resina composta em dentes anteriores. Os participantes farão práticas de restaurações em manequins, acompanhando passo a passo a demonstração laboratorial. Informações podem ser obtidas pelo telefone 34521101 ou pelo e-mail clinicarighvesso@ hotmail.com. A credibilidade e profissionalismo da Riguesso Odontologia também foram mostrados no estado de Goiás. Isso porque os dentistas da clínica foram os únicos profissionais gaúchos a palestrar no Congresso Internacional de Goiás nos dias 21 a 24 de setembro, levando toda a experiência sobre implantes.

Rubem Angelo Righesso Neto, Ricardo Righesso e Leonardo Augusto Righesso,

3


Prepare seu corpo para o verão O verão está chegando e com ele a inevitável preocupação em aparecer na praia ou piscina, afinal, os olhares começam a ficar mais atentos para a celulite, flacidez e gordurinhas que estão incomodando. Até a pouco tempo, a busca pelo corpo perfeito era muito limitada a dietas, cremes com promessas duvidosas e aparelhos com eficácia limitada. Atualmente, pode- se encontrar clínicas equipadas com instrumentos de última geração e bons profissionais para atender as necessidades dos clientes mais exigentes. De acordo com a médica Andressa Pauletto, da Clínica Visualittè, o programa de tratamento começa com uma avaliação, onde é analisada a expectativa e as necessidades de cada um.

“Após um exame físico e clínico, é estabelecido o grau de celulite, gordura localizada, flacidez e estrias, e só então orienta- se o paciente para o programa ideal”, explica a médica, destacando que é importante o acompanhamento médico na realização de tratamentos estéticos. Os procedimentos realizados devem ser sempre associados para um melhor resultado. Entre os mais conhecidos estão: o Manthus, ultrassom com corrente estereodinâmica e que é utilizado tanto para gordura localizada, celulite, assim como em tratamentos pré e pós- operatórios. “Esse procedimento atua na quebra das moléculas, transformando a adiposidade em partículas finas que serão drenadas pelos vasos linfáticos

e eliminadas pela urina e suor, promovendo a diminuição de medidas e eliminação de toxinas”, detalha. Outro método muito utilizado é o Accent. Trata-se de um aparelho e radiofrequência que produz grande quantidade de calor na área tratada, ocasiando à aceleração da produção de colágeno, que dá firmeza e sustentação a pele e também reduz a gordura localizada. Outra alternativa é o Cellutec , aparelho de endermoterapia vibratória que promove a massagem á vácuo e melhora a circulação sanguínea e linfática(drenagem). “Esse método é indicado para quem tem problemas circulatórios, celulite, flacidez e como modelador corporal”, explica Andressa. Por último, mas não menos importan-

te, a Carboxiterapia Aquecida, técnica que utiliza CO2 medicinal, que aplicado na epiderme melhora a circulação e oxigenação cutânea, e consequentemente, o quadro da celulite, gordura localizada, flacidez e estrias. “É importante lembrar que além desses tratamentos, existem outros que podem ser indicados, e cuja eficácia está diretamente ligada à orientação do médico e habilitação de quem executará as técnicas selecionadas”, finaliza a profissional. Todos esses tratamentos estão a disposição na Clínica Visualittè, que conta com profissionais altamente qualificados e aparelhos de última geração. Mais informações pelo telefone (54)3055-4405 ou pelo e-mail visualitte@visualitte.com.br.

Andressa Pauletto Médica

pele suave. sem pelos. sem dor. A LightShape é sua nova opção de centro estético em

Laymark.com.br

Bento Gonçalves. Venha conhecer nosso espaço, serviços e fazer sua avaliação gratuita!

50 a partir de

,00

por área e sessão

L’América Shopping - Térreo Bento Gonçalves | RS | (54) 3055.3435 4


Os pais e o sentimento de culpa De uma forma geral, é possível perceber que pais e mães, por mais cuidadosas que sejam, tendem a sentirem-se culpados em relação a seus filhos. O sentimento de culpa (às vezes mais evidente nas mães) é gerado pelo fato de, tendo uma noção preconcebida de como deveria ser a relação com seu filho, ou seu comportamento para com ele, sentem-se de certa forma frustrados e impossibilitados de atender a estas expectativas, por circunstâncias das mais diversas que a vida pode impor. O sentimento de culpa é ruim de sentir, mas é inevitável, na medida em supõe pais que se sentem plenamente responsáveis por aquele ser. Mães e pais que não sentem nem um pouquinho de sentimento de culpa, podem não duvidar de si mesmas em nenhum momento, o que poderia resultar, por exemplo, em que nem percebam quando seus filhos não estão bem. Ou ainda, atribuir a fatores externos tudo que aconteça com os filhos, não assumindo responsabilidade por coisa alguma. Por vezes, a culpa também decorre de que os pais, além de serem uma referência de afeto, também devem educar e “educar também é dizer não”, ou seja, é não atender a toda a demanda de um filho, é ensiná-lo a lidar com frustrações e impossibilidades. Agora, deve-se estar atento e observar se este sentimento não está levando a outros tipos de atitude. Quando a mãe/pai passam a atuar movidos por um sentimento de culpa muito grande, pode levar a uma espécie de super proteção que, ao invés de “convencer” o filho de que ele é muito amado, pode levá-lo a crer que é incapaz de realizar muitas coi-

sas, principalmente aquelas que a mãe não lhe deixa fazer, e que não representam perigo real. Este comportamento dos pais pode gerar muito mais insegurança do que segurança. Outro exemplo muito comum é comprar tudo que mídia oferta aos pequenos como forma de compensar os atrapalhados sentimentos parentais. Um exagero de cuidados ou de consumo, em todos os sentidos, normalmente leva a crer que existam sentimentos de culpa bastante intensos neste pai/ mãe com relação ao seu filho. Acontece muito de as pessoas sentirem-se culpadas em relação ao seu filho e não saber disso, quer dizer, não terem consciência que tomam essa ou aquela atitude para com ele por sentimento de culpa. Tudo que a pessoa pode sentir, por exemplo, é um grande mal estar se não estiver protegendo seu filho ao extremo, da sujeira, das pessoas, das possibilidades de machucar-se de uma forma geral. Ter uma maior clareza sobre as possibilidades de que isto esteja ocorrendo pode ser um primeiro passo para amenizar o sentimento e procurar ajuda. Sentir culpa não é necessariamente ruim, nem um problema, o que cada um faz com seus sentimentos é que pode transformar-se em prejuízo, para o sujeito, a criança e o casal. É fundamental, quando pensamos nesta possibilidade, de que não se trata de “erros ou acertos” para com os filhos no sentido de buscar sempre culpados e vítimas, mas entender porque as coisas chegaram até ali e encontrar novos caminhos que possam levar a uma melhor relação com a vida, nas suas alegrias e nos seus dissabores. Ciane Pompermayer Psicóloga/Psicanalista Mestre em Psicologia do Desenvolvimento

O papel da nutrição funcional no tratamento do déficit de atenção e hipertividade em crianças O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma doença caracterizada pelo padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade/impulsividade. É considerada a mais frequente desordem comportamental da infância e atinge cerca de 5% das crianças no Brasil. A criança com déficit de atenção distrai-se facilmente por estímulos do ambiente externo e também do próprio pensamento. Ela também tende à impulsividade: não espera a sua vez, não lê a pergunta até o final e já responde, age sem pensar; apresenta dificuldades em se organizar e planejar aquilo que precisa fazer. Novas pesquisas demonstram a correlação entre casos de distúrbio de aprendizado, autismo, atraso de desenvolvimento e transtorno por déficit de atenção e hiperatividade em pacientes hipersensíveis a alimentos específicos. Alguns pesquisadores acreditam que a exposição prolongada a estes alimentos alergênicos, nas pessoas sensíveis, seria o gatilho para o desenvolvimento dessas doenças neurológicas, especialmente em casos onde existe uma permeabilidade intestinal alterada.

Ao atingir a corrente sanguínea, as macromoléculas destes alimentos alergênicos são identificadas pelo sistema de células de defesa como “invasoras”, havendo formação de um complexo antígeno-anticorpo. Este complexo viaja pela corrente sanguínea e pode se depositar, por exemplo, no sistema nervoso e causar sintomas psiquiátricos, cognitivos e de comportamento. Nestes casos, a retirada do alimento alergênico da dieta alivia os sintomas em um número significativo de pessoas. Dessa forma, além do tratamento com medicamentos, é preciso avaliar se a criança com TDAH possui uma hipersensibilidade alimentar, bem como outras deficiências nutricionais importantes. Além disso, em um intestino saudável, a mucosa intestinal está íntegra, não permitindo a passagem dessas macromoléculas. Portanto, é de extrema importância uma alimentação com o objetivo de promover o reparo da mucosa do intestino e a manutenção de um intestino íntegro. A complementação do tratamento com a nutrição é, com certeza, garantia de sucesso na melhora dos sintomas e da qualidade de vida do paciente. Giovanna Enriconi Nutricionista Clínica Pós Graduada em Nutrição Clínica

5


Fotos: Anderson Pagani

1

Daquilo que precisamos para a infância... e pra toda a vida! Se perguntássemos às crianças, o que seria necessário para viver uma infância feliz, provavelmente a resposta seria curiosa, diversa e um tanto quanto surpreendente. Conheço dois projetos de dimensões diferentes que buscaram algo semelhante. Um deles, é uma pesquisa feita no Reino Unido, durante três anos, onde reuniu mais de 35 mil pais, especialistas, educadores e as próprias crianças questionando o que elas precisariam para ter uma boa infância. O resultado do estudo foi divulgado e transformado em livro no início de 2009 e traz aspectos relacionados ao papel de cada instituição social, como familiar, escolar, o estado e até mesmo os meios de comunicação. A outra pesquisa, foi uma pequena amostragem feita com um grupo de gestoras de Escolas Infantis no interior do Rio Grande do Sul, onde questionaram as crianças quais seriam as “coisas” necessárias para a escola ser legal, algo no sentido de entender suas necessidades. O resultado de ambas as pesquisas trazem aspectos de muita relevância para pensarmos como as cidades, as escolas e as famílias acolhem as crianças que chegam ao mundo. O que mais me chama atenção diz respeito ao encontro. Nas duas pesquisas, quando questionadas, as crianças mencionaram de diversas formas que uma das razões que potencializam a “boa infância” é a possibilidade de existirem lugares para estarem juntas: entre elas (criança x criança) e com os adultos (crianças x adultos). Na contramão deste aspecto, existe uma crescente vertente estimulada pela mídia e pela falsa sensação de “grandes estimulações” que

afirmam a necessidade da criança, muito precocemente, participar de diversas aulas e atividades para garantir seu sucesso quando adulta. O “estar juntos” precisa de tempo, um tempo muitas vezes até difícil de ser mensurado nos ponteiros do relógio. As grades de horários lotadas das crianças desde muito cedo implica que elas passem por muitas pessoas, mas não garante que “estejam juntas”. Os pais trabalham cada vez mais, ficam menos juntos, ninguém tem mais tempo pra ninguém. Não só nas pesquisas, existe uma história infantil escrita e ilustrada pela Eva Furnari que conta a história de um homem primata em busca da felicidade o Lolo Barnabé. “Eram muito felizes, mas nem tanto” é a frase condutora da história. Em busca desta tal felicidade, Lolo que morava numa caverna úmida sozinho, casa-se com Brisa e nasce o Finfo. “Eram muito felizes, mas nem tanto” então, vão em busca de algo melhor: constroem uma casa, mobíliam a casa, criam um trabalho, trabalham, compram mais móveis, trabalham, contratam a babá para cuidar do Finfo, trabalham..., e no meio disso tudo, percebem que algo deu errado. Percebem que o que de fato deixava-os felizes, era aquele velho hábito de sentar em volta do fogueira e cantar, juntos: o pai, a mãe e o filho. Então, a receita é fácil e barata: o que precisamos para a vida e para a boa infância não acontece sozinha, ela está nas relações e nos encontros que a vida nos proporciona: a praça, o sofá da sala, o cantinho da escola, a biblioteca, o cinema...qualquer lugar é perfeito, só não pode faltar com quem!

Paulo Sergio Fochi Pedagogo especialista em Educação da Infância, Mestrando em Educação pela UFRGS na linha de pesquisa Estudos sobre a Infância, Pesquisador colaborador do GEIN – Grupo de Estudos da Infância, Professor convidado da Unisinos, paulo.fochi@yahoo.com.br

6


É hora de cuidar dos dentinhos! Dia da criança, uma data especial não só para festejar e presentear nossos filhos, sobrinhos, afilhados e amigos, mas também para pensarmos em seu futuro e no que estamos fazendo para melhorar o mundo que deixaremos para eles. O dentista Claudionir Costa, da Clínica Ortho Primer alerta para a importância da saúde oral no desenvolvimento geral da criança. “A criança necessita, para seu desenvolvimento, de uma alimentação sadia, saúde oral boa, com dentes livres de cáries, gengivas sadias e um posicionamento dentário que permita uma mastigação efetiva, onde os alimentos sejam preparados devidamente para a

absorção dos nutrientes destes alimentos”, explica. Para que tenhamos certeza que esta normalidade seja uma realidade, a criança necessita visitar seu dentista no mínimo três vezes ao ano. Hoje, um dos males que mais afeta nossas crianças é a síndrome do respirador bucal, onde se observa vários sinais e sintomas característicos desta síndrome, que somente um profissional especializado e consciente pode diagnosticar e tratar. “Esta doença que afeta uma boa percentagem de nossas crianças, leva a problemas graves no desenvolvimento físico e também mental do indivíduo, e deve ser tra-

tada precocemente para evitar sequelas graves e de difícil correção. Normalmente necessitando da intervenção de otorrinolaringologista, fonoaudiólogas e do cirurgião dentista, para que o problema seja atacado e sanado de maneira eficaz”, explica o profissional. Portanto, para a saúde bucal da criança estar sempre 100%, é necessário buscar a orientação de um profissional especializado para diagnosticar e tratar qualquer mal que afete a cavidade oral, da cárie a correção com aparelhos ortodônticos. Mais informações pelo telefone 54 3055.3005.

7


Alimentos complementares para crianças A partir dos seis meses, o uso exclusivo de leite materno não supre todas as necessidades nutricionais da criança, sendo necessária a introdução de alimentos complementares. Também é a partir dessa idade que a maioria das crianças atinge estágio de desenvolvimento com maturidade fisiológica e neurológica, com atenuação do reflexo de protrusão de língua, o que facilita a ingestão de alimentos semi-sólidos. Além disso, já produzem enzimas digestivas em quantidades suficientes, que as habilitam a receber outros alimentos fora o leite materno. Os alimentos complementares podem ser chamados de transicionais, quando são especialmente preparados para a criança pequena até que ela possa receber os alimentos na mesma con-

sistência dos consumidos pela família. Alimentos utilizados pela família são aqueles do hábito familiar, devem ser oferecidos inicialmente em forma de papas, passando para pequenos pedaços e, após os 12 meses, na mesma consistência dos alimentos consumidos pela família. O período de introdução da alimentação complementar é de elevado risco para a criança, tanto pela oferta de alimentos desaconselháveis quanto pelo risco de sua contaminação devido à manipulação e ao preparo inadequado, favorecendo a ocorrência de doença diarréica e desnutrição. A partir do sexto mês de vida para atendimento das necessidades nutricionais do lactente, cerca de 50-70% e 70-80% de ferro e zinco devem vir dos

alimentos complementares, respectivamente. O leite de vaca integral, por ser pobre em ferro e zinco, não deveria ser introduzido antes dos 12 meses de vida. Para cada mês de uso do leite de vaca a partir do quarto mês de vida ocorre queda de 0,2g/dL nos níveis de hemoglobina da criança. A composição da dieta deve ser equilibrada, variada e fornecer todos os tipos de nutrientes. A oferta excessiva de carboidratos (especialmente os simples) e lipídeos predispõe ao desenvolvimento de doenças crônicas futuras como obesidade e diabetes. Mais recentemente verificou-se que o consumo excessivo de proteínas, em fases precoces da vida, está relacionado com o desenvolvimento de obesidade futura.

A excessiva ingestão de sal em lactentes está associada ao desenvolvimento de hipertensão arterial. Vale ressaltar que a predisposição para maior aceitação de determinados sabores (muito doce ou salgado) pode ser modificada pela exposição precoce a esse tipo de alimento. O risco de desenvolvimento de doença celíaca eleva-se com introdução de glúten antes dos três meses de idade ou após os sete meses em indivíduos geneticamente predispostos. Tal introdução (precoce e tardia) pode também estar associada ao risco elevado para diabetes tipo I. A introdução de certos alimentos potencialmente alergênicos como ovo e peixe, pode ser realizado a partir do sexto mês de vida, mesmo em crianças com histórico familiar de atopia. Cattia Zaccaron Nutricionista CRN6526P

8


Especial Banheiros

Fotos: Raquel Konrad

Requinte privativo

Banheiros arquitetos por Eliana Romagna, tem a qualidade de luminárias da Cristo Rei e a durabilidade do Silestone e de mármore da Marmoraria Vinhedos.

Os banheiros deixaram de ser ambientes convencionais, para transformarem-se em espaço de luxo, criado por misturas ousadas de louças e revestimentos. Por ser o local mais íntimo dos ambientes, a variação de hábitos e desejos em relação ao projeto do banheiro é enorme. Pequenos ou grandes, os banheiros tornaram-se ambientes importantes na arquitetura de interiores, tomando até símbolo de poder econômico. Para alguns devem ser práticos, onde permanecem somente o tempo necessário para higiene pessoal. Para outros, são locais para relaxar, devendo ser confortáveis e aconchegantes. Para atingir o desejo estético do cliente, deve-se buscar a harmonia em todos os detalhes, usando o critério do bom gosto. Deve-se ressaltar que o banheiro é uma área que não se reforma com facilidade. A maior preocupação que se deve ter no projeto e execução deste ambiente são as instalações hidráulicas e a parte elétrica, pois exigem um cuidado especial, pois depois de concluídas, sua modificação é complexa. Também a impermeabilização desse ambiente é ponto fundamental do projeto, pois ela evitará transtornos e gastos desnecessários no futuro. Os banheiros não são aquele tipo de ambiente que pode ser planejado e executado por impulso. A escolha de peças e acessórios deve ser de boa qualidade, visando sempre à facilidade na hora da limpeza e manutenção. Hoje no mercado temos muitas opções de revestimentos para pisos e paredes, entre os quais: pastilhas, cerâmicas, mármores, granitos, pintura e tantos outros, podendo-se obter boas e variadas combinações. No tocante as louças e acessórios, também são inúmeras as Rua: Cândido Costa, 65, sala 1110 Fone: (54) 3454 7169 (54) 99712827

opções para esse ambiente. Ao escolher e definir os materiais se deve levar em conta a segurança, a praticidade, a durabilidade, a relação custo-benefício e a beleza de cada banheiro. Para obter um resultado final sem surpresas, é ideal que seja feita a paginação do piso e das paredes, para que seja indicado ao azulejista, por onde começar a colocação das peças. Uma boa iluminação também é essencial, dependendo das dimensões dos banheiros, pode-se optar por diferentes sistemas de iluminação. Caso tenha teto de gesso uma boa opção são os spots embutidos onde necessários. A bancada também merece um cuidado especial para que não seja projetada sombra sobre ela, a iluminação pode ser feita com duas arandelas laterais ou duas na parede frontal à bancada. Outra opção é posicionar pontos de luz no teto direcionados a pia. Essas luminárias podem utilizar lâmpadas fluorescentes de tom amarelo ou lâmpadas incandescentes tradicionais, as quais no entanto, irão aquecer um pouco o ambiente. No teto uma boa opção são as lâmpadas halógenas com refletor dicróico, a associação dessas duas fontes de luz têm um efeito muito bonito perto de espelhos e evitarão possíveis sombras e distorções. A escolha dos móveis para esse ambiente também merecem cuidado. O recomendado é que seja de MDF, sendo de preferência suspenso, pois é um ambiente em que incide maior índice de umidade. Sendo assim, a execução desse ambiente íntimo, depende da variedade de materiais, acabamentos e acessórios que o mercado disponibiliza e da criatividade do profissional, para criar um ambiente com efeito interessante e inusitado. Eliana Romagna Arquiteta e Urbanista CREA 117282

9


Fotos: Raquel Konrad

Iluminação de bom gosto Banheiros sob medida Os móveis sob medida estão exercendo influência na decoração de ambientes modernos, levando estilo, conforto e elegância para as casas. Até mesmo os banheiros contam com essa nova tendência e adotam uma mobília sob medida para expor um visual que vai muito além de um simples projeto clássico. O banheiro planejado tem representado uma excelente opção para casas ou apartamento com pouco espaço, isso porque a mobília consegue aproveitar bem as dimensões da área. A escolha dos móveis para esse ambiente precisa levar em consideração os outros itens que compõem a o visual, como é o caso do revestimento e acessórios decorativos. Existem vários modelos de móveis sob medida para banheiro, sendo que as fabricantes costumam avaliar as medidas de cada ambiente para desenvolver um projeto. Mesmo se o banheiro for pequeno, ele pode adotar elementos que o tornem aconchegante e façam bom aproveitamento do espaço disponível. Um fator que costuma contribuir na hora de decorar é a organização, por isso avalie por partes as opções de cores, mate-

riais e formas. Os projetos de banheiro para casa que incluem mobília planejada são autênticos e conseguem promover um efeito de amplitude nos ambientes. O design moderno transparece no formato dos gabinetes de banheiros, fabricados com madeira ou alumínio. As prateleiras e cubos decorativos também costumam aparecer no projeto de decoração. A decoração de banheiros com móveis planejados seguem tendências que prevalecem na área de design de interiores. Hoje, há uma forte valorização dos espelhos grandes, dos móveis em linhas retas e cores claras. O excesso de rebuscamento precisa ser contido nos banheiros e os móveis sob medida devem fazer combinação perfeita com os metais sanitários. Os gabinetes de madeira com gavetas e compartimentos fazem um grande sucesso na área de móveis planejados para banheiros, combinando com as prateleiras, espelho e Boxe embutidos. Quanto à cor da mobília, o branco ainda continua sendo a melhor opção para os ambientes. Diego Gehlen Sócio-proprietário da Mobi Store Ambientes

10

Iluminar um banheiro pode parecer uma tarefa fácil, mas quando você levar em consideração o bem-estar e a funcionalidade precisará prestar mais atenção. Como por exemplo as luzes principais: central, no espelho e no chuveiro. A luz central deve ser difusa, iluminando de uma maneira geral todo o ambiente. A luz no espelho pode ser explorada de várias maneiras. Muitos projetos sugerem luminárias em cima do espelho, mas esta iluminação acaba tendo pontos negativos pelo fato de projetar sombras no rosto de quem se espelha. O ideal é o uso de luminárias nas laterais do espelho(pois iluminam o rosto dos dois lados não deixando sombras) como arandelas e pendentes ou ao redor do espelho com o uso de lâmpadas fluorescentes, fitas de LED ou até mesmo mangueiras luminosas. Muitas pessoas comentam sobre o uso de luz branca no espelho, porém é um grande engano, a luz branca distorce as cores e deixa a pessoas com tons pálidos sendo muito difícil acertar na maquiagem por exemplo. A iluminação deve preferencialmente ser amarela, onde não distorce cores e tem seu índice de reprodução de 80 a 100%. A luz do chuveiro é uma luz mais direta utilizada para depilação, barba e retoques que somente com uma luz direta

você tem a possibilidade de fazer. Usamos geralmente lâmpadas vedadas ou com acabamentos em alumínio, porque com a umidade vinda do chuveiro essas lâmpadas ou luminárias desprotegidas pode acabar sendo trocadas mais frequentemente. Nos banheiros que possuem banheiras podemos abrir um leque de possibilidades como embutidos retos e discretos, onde somente a iluminação chamará a atenção, plafons com lâmpadas de LED RBG (multicores), que utilizam controle remoto para controlar os cenários ou até mesmo lustres com cristais que dão um ar de aconchego e requinte ao ambiente. Pode ser utilizado também o Dimer, que consiste em uma maneira fácil de dimerizar a lâmpada deixando-a de acordo com o necessário. Como podemos ver o banheiro também é uma peça muito importante e que temos que ter cuidado ao iluminá-lo. Hoje em dia tudo depende da criatividade e o gosto de cada um, visando o conforto e a certeza de um ambiente bem iluminado que possa oferecer boas condições para os nossos cuidados diários. Nas lojas especializadas em iluminação você poderá encontrar variadas opções para utilizar, podendo também desenvolver projetos para visualizar o resultado final. Em fim a melhor dica de todas é OUSAR! Boa sorte Mariângela Nodari Bertinatto Gerente da Cristo Rei Iluminação


Fotos: Patricia Schimitz

Os acessórios ideais para banheiros

Barras de apoio: segurança no banheiro

A decoração dos banheiros deixa de seguir modismos e gêneros, como o clássico e o minimalista, para se preocupar com os gostos, modo de vida e desejos de quem o utiliza. O grande objetivo é a busca do bem-estar. Mesmo o cômodo não possuindo grandes dimensões, é possível valorizar a aparência com elementos decorativos. De acordo com Patrícia Schmitz, da Per Casa Utilidades Domésticas, os acessórios de banheiro ganham cada vez mais modelos para escolher o que mais combina com sua casa. Desde peças avulsas até conjuntos completos. Peças de vidro são ideais para quem quer decorar seu banheiro de um modo mais clean, mas sofisticado. “Há conjuntos com porta sabonete líquido, porta escova, saboneteira e potinho, além de materiais em porcelana e madeira”, explica Patrícia. Para uma decoração completa do banheiro também se pode utilizar cestas para colocar toalhas, vasos de flores pequenos e lixeira, de fácil abertura. “Além disso, aromatizadores de ambientes com vareta é sempre interessante ter em seu banheiro”, conclui.

Piso sem antiderrapante, água, banheira, pequenos tapetes e outros fatores encontrados no banheiro são propícios para a ocorrência de acidentes. Segundo dados do Sistema Único de Saúde (SUS), a maioria dos casos que envolve lesões e traumas acontece dentro de casa. E 77% desses acidentes domésticos ocorrem no banheiro. No entanto, existem equipamentos e cuidados que podem evitar estes imprevistos tão comuns. De acordo com Sidinei Gonçalves, da Brasil Componentes, hoje na arquitetura as barras de segurança, além de serem obrigatórias, em alguns ambientes como os comerciais, elas também são indispensáveis para a acessibilidade de pessoas com deficiências físicas, visuais e para idosos. Mas engana-se quem pensa que as barras somente são úteis ao prover apoio para pessoas de mais idade ou com deficiência. Embora muito úteis e indispensáveis nesses casos, as barras de apoio podem auxiliar as pessoas em várias fases de sua vida, como no período de convalescência após uma cirurgia. Na área do box, as barras evitariam, por exemplo, que a pessoa apoiada em um pé só para lavar o outro, escorregasse e caísse. São úteis também ao lado do vaso sanitário, auxiliando no sentar/levantar. As barras de segurança da Brasil Componentes seguem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas, respeitando a resistência e as dimensões estabelecidas, possui material resistente a corrosão, são feitas em alumínio, com acabamento que estabelece uma relação com os outros metais de banheiro.

Barra Reta: Para uso principalmente em sanitários e banho. Barra Lavatório: Para uso em pias, principalmente por idosos e pessoas com dificuldade de locomoção. Barra Lateral fixa: Para uso em sanitários por pessoas com deficiência

física e por idosos. Barra Lateral: Para uso em sanitários ou banho, por pessoas com deficiência física e por idosos. Barra Mictório: Pode ser usado em mictórios ou sanitários, por idosos, deficientes físicos e visuais.

11


Silestone: cor e qualidade

A porta Nebel, presente neste banheiro, é fabricada com o mesmo padrão ultra-branco de toda a coleção Finger. Agregada a ela, o puxador gola que a acompanha elimina a saliência dos tradicionais puxadores e permite que o ambiente se integre com grande facilidade ao espaço disponível. Já os painéis que revestem parte da parede estão projetados com o padrão Alter, um tipo de demolição com desenho marcante e com fortes contrastes. Esta é a proposta deste revestimento para composição de ambientes com caráter rústico. Sua aplicação pode ser em detalhes ou em maior escala devido a sua gama de cores estar alinhada com os tons rosados e acinzentados, presentes no restante da coleção, o que remete a total integração entre os produtos. O desenho possui as modernas marcações transversais que atualmente estão presentes nos melhores móveis do mundo. Estes riscos lembram as marcas das serras das antigas máquinas de corte de madeira e reproduzem a rusticidade desejada.

Natureza e tecnologia são as palavras-chave do Silestone, uma pedra industrializada composta de quartzo e cristais coloridos que resulta em uma superfície de alta durabilidade com aparência sofisticada e de qualidade. Considerado por alguns profissionais o granito do futuro, o Silestone ainda é pouco utilizado, porém seu uso vem aumentando significativamente nos últimos anos. Nos Estados Unidos e na Europa ele já é utilizado em larga escala há vários anos. De acordo com o Heldio Zottis, da Marmoraria Vinhedos, uma das maiores qualidades do silestone é a extensa paleta de cores que inclui o branco e o preto absoluto, cores essas impossíveis de serem encontradas em pedras naturais como o granito. Isso sem falar de cores chamativas como vermelho, amarelo, azul etc. Vale lembrar que apesar de possuir essa grande varidade de cores, o Silestone possui peso e tato muito próximos de uma pedra natural. Essa variedade de cores possibilita ao projetista pensar no revestimento de

Fotos: Raquel Konrad

O branco em destaque

Já pensou em MDF e MDP com revestimentos tão brancos que transmitam a sensação de limpeza por todo o mobiliário? O padrão Íris da Finger possui esta característica, presente nas caixas e portas deste ambiente, através de revestimento que vai deixar a sua casa com a sensação de limpeza que você sempre quis. Imagine um revestimento branco que esteja alinhado com as melhores tendências do mobiliário mundial, integrando perfeitamente o seu móvel com as louças do seu ambiente. É branco mesmo! André Menin Arquiteto e Designer Finger

UN

D E S I G N

E X C E L L E N C E

V

pias e bancadas como um elemento de grande peso na composição como um todo e não somente como um mero acabamento. Silestone é um compacto fabricado com alta tecnologia, mediante um processo chamado Sistema de Vibrocompressão a Vácuo. A sua composição é de 95% de quartzo (o material natural mais abundante do planeta), ao qual se junta 5% de resina de poliéster como elemento aglutinante e pigmentos especiais. A sua utilização é variada, desde pias de cozinha, bancadas para instalações sanitárias, revestimentos de paredes e pavimentos, etc. Sendo um material de grande resistência e com textura semelhante à pedra natural permite obter uma grande durabilidade e amplas possibilidades decorativas. O Silestone apresenta um material branco absoluto, resistente como o granito, denominado de Branco Zeus, que se revela como uma excelente opção de revestimento, tanto pela sua qualidade, como pelo seu preço competitivo.

D ES I G N

B R A Z I L

Selecionados para o iF Product Design Award 2012

UN

AS CORES DA PRIMAVERA EM SUA DECORAÇÃO

O programa Design Excellence Brazil (DEBrazil), que promove a excelência da indústria brasileira no exterior através de prêmios internacionais de design, divulgou os finalistas de sua edição 2012. Dentre mais de trezentos inscritos, o Comitê Seletivo Nacional definiu os 100 produtos brasileiros que concorrem ao iF Product Design Award 2012 com apoio técnico, logístico, financeiro e de mídia do programa. Entre os selecionados, está o cabideiro Flamingo, desenvolvido pela UNA Design e fabricado pela Mogano. O produto está a caminho da Alemanha para disputar a premiação e ainda o troféu

www.agomoveis.com.br

iF Gold, considerado o Oscar do design mundial.

Sofisticação | versatilidade | beleza | inovação - aguarde os produtos da Mogano 12

www.agomoveis.com.br

V

D ES I G N


13


Fotos: Divulgação

design+negócios Os mitos da inovação

A luz perfeita para seu banheiro Uma iluminação adequada é fundamental para tornar o banheiro um espaço revitalizante. A luz natural que através de janelas ou outro tipo de abertura que possibilite a entrada de claridade, deve ser levada em consideração. Afinal, a luminosidade do sol traz energia positiva para o ambiente, além de economizar energia durante o dia. Pensando em iluminação indireta, muitas vezes realizada por arandelas fixada nas paredes e ou nos móveis proporciona claridade e efeitos maravilhosos, que se for bem projetada, deixa o ambiente belíssimo e aconchegante. Luz direta também é muito bom para utilizarmos nos elementos a serem destacados como adornos, marcação do piso e relevos nas paredes, podemos utilizar luminárias de embutir no gesso, spots e plafons de sobrepor se o ambiente não tiver rebaixe de gesso. No entanto, apesar da iluminação

ser responsável por deixar os banheiros mais belos e aconchegantes, a luz errada sobre o espelho pode não agradar mulheres que gostam de se maquiar. A saída é investir em luz difusa de teto e também dentro de espelhos e ou contornando o mesmo, um bom planejamento antes de desenhar os móveis ajuda a solucionar este problema e cria a iluminação perfeita para esta função. Duchas e banheiras: muito importante com a iluminação destes locais por causa do vapor. As luminárias devem ser fechadas para evitar a entrada de umidade. Outra ideia muito interessante sobre banheiras é investir no céu estrelado de fibra ótica, (conforme foto abaixo) além de transmitir uma sensação de relaxamento, cria uma atmosfera diferenciada para curtir um banho a dois. Seguindo estas tendências você terá um banheiro aconchegante, funcional e muito elogiado por todos.

Céu estrelado com fibra ótica sobre a banheira, proporcionando sensação de relaxamento e aconchego

Céu estrelado com fibra ótica e kit cristais, belíssima composição de efeitos, valorizando o ambiente.

Giovani Foresti Carlet Especialista em Iluminação giovani@centerluz.com.br

14

A pergunta a respeito de onde as idéias vêm está na mente de qualquer um que visite um laboratório de pesquisa, uma oficina de um artista ou um escritório de design. A resposta, se espera, é um segredo, de fórmula mágica. Neste entendimento do processo criativo, se instalam grandes mitos. Um exemplo é a história de Isaac Newton e a descoberta da gravidade. Como é freqüentemente contado, Newton estava sentado debaixo de uma árvore, quando uma maçã caiu na cabeça e a idéia da gravidade nasceu. É mais divertido que verídico, transformando o mistério das idéias em algo inocente, óbvio e confortável. Em vez de trabalho árduo, risco pessoal e sacrifício, o mito sugere que grandes idéias surgem para as pessoas que têm sorte suficiente para estarem no lugar certo na hora certa. Toda a grande inovação ou inspiração é a peça final de um enigma complexo que vai para seu lugar. Mas, ao contrário de um enigma, o universo das idéias pode ser combinado em um número infinito de maneiras, assim, parte do desafio da inovação acontece com um problema a se resolver, não apenas com a sua solução. As peças usadas para a inovação um dia podem ser reusadas e replicadas para inovar outra vez, para resolver um enigma diferente. A melhor lição do mito de Newton é que se deve trabalhar apaixonadamente, mas fazendo pequenas pausas. Freeman Dyson, físico e escritor, concorda, “penso que é importante ser preguiçoso”...pessoas que se mantém ocupadas a todo tempo, geralmente não são criativas. Existem pesquisas que relatam que pessoas criativas fazem mais facilmente conexões entre idéias não relacionadas. É o ócio criativo, processo de incubação, entre outras formas de entender o tempo necessário para as conexões até se desenvolver uma nova ideia. Muitas publicações atualmente defendem a ideia de que há um método para a inovação. O mito da metodologia, em resumo, é a crença em que um manual de estratégias existe para a inovação. E como outros mitos, a fantasia vende mais rápido do que a verdade, motivando os filmes, os romances e comerciais informativos que surgem, além das pilhas de livros nas livrarias sobre fórmulas mais diversas, desde como mudar sua vida com 10 passos, 20 dicas para vender mais, e assim por diante. Não há uma forma de se evitar totalmente os riscos ao se fazer coisas novas.

São usados recursos para se começar uma empresa, desenvolver uma ideia ou mesmo mudar a mente de uma pessoa, e esses investimentos não tem retorno garantido. Todos os métodos criados por gurus ou executivos famosos se tornaram proféticos; os maiores inovadores da história tiveram mais fracassos em seus registros do que sucessos. Boas ideias não são fáceis de serem encontradas. Nossa vantagem exclusiva neste planeta é a capacidade inventiva de nossas mentes. A diferença entre os criativos e os outros é mais atitude e experiência do que natureza. Por isso, somente podemos avaliar o quanto um talento é bom de acordo com o ambiente em que ele está. No contexto atual empresarial, a inovação é necessária e urgente, mas os ambientes favoráveis à inovação não são frequentemente encontrados. Se voltarmos nossa observação, um pouco na história, encontraremos respostas para essas dificuldades. A história da administração – espreitando sob as ultimas tendências da Harvard Business Review e da revista Fast Company – tem sua raiz em fábricas, bancos, e ferrovias, não em invenções, pensamento criativo ou revolução. E, enquanto é confortável a impossibilidade de gerenciar equipes criativas com técnicas de linhas de montagem, muitas empresas não estão preparadas para novas ideias, pelo fato de que o novo sempre trás em sua essência o incerto e o desconhecido. Drucker escreve: “ a administração tende a crer que qualquer coisa que durou um razoável período de tempo deve ser normal e durar para sempre. Qualquer coisa que contradiga o que viemos a considerar como uma lei da natureza é então rejeitada como infundada”. A inovação é requisito primordial nos tempos industriais que vivemos hoje, mas é importante não acreditar nos mitos de fórmulas prontas e na mágica das grandes ideias. É importante sim criar uma cultura favorável para a experimentação incessante na busca por novas respostas inovativas. Juliana Desconsi Designer julianadesconsi@gmail.com


Fotos: Divulgação

Novidades em laminados decorativos A Madepar Laminados, fabricante de laminados decorativos de alta resistência, antecipa as tendências para revestimentos de móveis para o ano de 2012 e lança 16 novos padrões de laminados de alta resistência. Desenvolvidos de acordo com o que há de mais moderno e diferenciado para o setor, os lançamentos são com-

postos por: - 12 padrões madeirados, que simulam com naturalidade os tons e veios de madeiras naturais. São padrões, com tonalidades diferenciadas que proporcionam a sensação de aconchego aos ambientes. - três padrões pedras que simbolizam a beleza dos minerais, aliada às

resistências e vantagens do laminado de alta pressão, como por exemplo, a resistência à água, impactos e em especial, o fato do laminado não ter poros abertos, como as pedras naturais, o que facilita a higienização, pois sua superfície não retém sujeira e inibe a proliferação de fungos e bactérias. - um padrão metal, produzido nacio-

nalmente pela Madepar Laminados, a novidade possui design arrojado, pois sua aparência de aço escovado, com ondas simétricas é surpreendentemente high-tech. Fique de olho, a Madepar disponibilizará estes lançamentos em sua nova cartela de laminados a partir de novembro deste ano.

SAC 0800 174616 www.madepar.com.br

an_madepar_th290911.indd 1

15

29/09/11 18:30


Foto: Divulgação

O garfo e o nojo

Investimentos bem pensados para o dormitório dos pequenos Quartinhos projetados para acompanhar o crescimento da criança são mais eficientes quando o assunto é custo X benefício. Na maioria das vezes são espaços pequenos que devem ser bem pensados para otimizar as necessidades e torná-lo o mais confortável possível. Tudo isso aliado ao investimento dos pais, que se não for pensado antes, poderá ser repetido em pouco tempo. Na hora do projeto e escolha dos móveis, ao optar por cores e modelos “adaptáveis” garanta que o quarto acompanhe o desenvolvimento da criança, fazendo com que o investimento no quartinho do bebê perdure por muito mais tempo. É importante optar por cores neutras. As cores fortes podem ser utilizadas em locais pontuais, que podem facilmente ser substituídos. No mobiliário pensado dentro da proposta de crescimento controlado, opte também por itens que possam ser evoluídos ou substituídos. Exemplo, a bancada do trocador pode virar bancada de estudos ao ser complementada com espécie de estrado que posteriormente pode ser removido. No local onde futuramente será colocada a cadeira, antes pode receber nichos e cestos para acondicionar brinquedos. É importante fugir de modismos e detalhes temáticos na

marcenaria. Optar por design “atemporal”. Temas infantis podem acompanhar as preferências das crianças se utilizados em objetos decorativos, como tapetes, cortinas, luminárias e roupas de cama. Ao projetar forros com iluminações especiais, prever futuras estações de estudo e televisão, mantendo as características necessárias para o conforto do bebê. Sugere-se sistemas de dimerização, garantindo versatilidade e funcionalidade à iluminação do quartinho. Em alguns casos, a escolha de uma poltrona de amamentação versátil, que pode se transformar em cama de solteiro, pode ser uma opção interessante. E é claro, escolha tudo pensando na segurança e higiene. Opte por móveis sem cantos vivos e de fácil limpeza. Tecidos e tapetes devem ser antialérgicos. Espaços especiais devem ter minuciosos cuidados. Por isso, programe-se com antecedência. O quartinho dos pequenos poderá ser bem pensado para agradar os olhos e também o bolso dos papais.

Marta Manente Designer marta@martamanente.com.br

16

Por que usamos pratos, garfos, facas e guardanapos para comer? Pois, evidentemente, ficaríamos com as mãos e a boca suja. Mas por que nos incomodamos com a sujeira? Pois, evidentemente, a sujeira é um agente transmissor de doenças, e correr o risco de ficar doente é colocar a nossa vida e a de nossos próximos em risco. Uma racional, bela e politicamente correta resposta que todos aceitam e gostam de ouvir, e, por isso mesmo, absolutamente duvidável. Primeiro, porque nem sempre preocupamo-nos com a saúde (quem nunca andou acima do limite de velocidade ou nunca bebeu demais?). Segundo, porque não somos bondosos, caridosos, solidários com quem reconhecemos como o semelhante, simplesmente porque há sociedades que não valorizam atos de bondade, caridade ou solidariedade, e elas têm seus valores tão ou mais razoáveis quanto os nossos. Logo, não há nada de natural em ajudar ou preocupar-se com ou outros. E terceiro, quem nunca comeu um biscoito ou chocolate articulando seus dedos e levando o alimento diretamente à boca, muitas vezes sem lavá-los anteriormente, ou nem posteriormente, mas lambendo-os com prazer e orgulho? Pois então, por que precisamos de um tão simples e corriqueiro garfo para comer? Porque é um ato repugnável comer sem ele, principalmente diante de outras pessoas, e mais ainda de pessoas importantes da alta sociedade. Mais que repúdio, sentimos nojo ao tocar em um bife acebolado mal passado com as mãos, e mais nojo ainda ao ver alguém fazendo isso. Desagradável, incivilizado, mal educado, bárbaro, tosco, grosseiro são os adjetivos que usamos para qualificar quem assim o faz. “O garfo nada mais é que a corporificação de um padrão específico de emoções e um nível específico de nojo.” Encontramos essa frase tão brilhante no livro “O Processo Civilizador – Volume 1 – Uma História dos Costumes”, do sociólogo alemão Norbert Elias, na

página 133, na edição da Jorge Zahar. Livro exemplar sobre emotional design, embora não estudado por emotional designers. Pois ouso dizer que, tanto ou mais que a felicidade, a alegria, a auto-estima, e tantos outros afetos politicamente corretos de estudar e argumentar em um projeto de produto, o NOJO é um dos principais motores civilizatórios, só não é visto nem reconhecido porque “o repugnante [tende a ser]removido para o fundo da vida social” (ELIAS, 1996: 128). Há muito tempo que ser polido, delicado, educado, ter bons modos é uma das divisas de nossa civilização, regulando e controlando os fluxos emocionais do corpo social, proibindo as perigosas e indesejáveis, e modulando a intensidade das mais aceitáveis, ou então, hoje em dia, das mais lucrativas. Quantos objetos já foram criados com o objetivo de evitar o nojo e quantos ainda serão criados! Quase toda a ordem dos onipresentes descartáveis, parece-me, cumprem essa tarefa, respeitando diferentes gradações de aceite ou recusa do nojo, é claro. Quantas coisas repelimos dizendo: que nojo! Claro, o que é nojo para um gaudério não é necessariamente para uma socialite carioca, muito pelo contrário, mas todos têm alguma responsabilidade pelo crescimento do volume de resíduos nos aterros sanitários. Quanto mais civilizada, mais nojenta se torna a sociedade? O fato é que, embora eu não seja um professor de etiqueta, sinto prazer em comer com talheres, pratos, guardanapos e taças dispostos em uma mesa espaçosa. Façam uma análise sobre quantos objetos que nos cercam cujo objetivo é evitar o nojo, tornando-se, assim, pequenas e artificiais fontes de prazer. Podemos nos surpreender com o resultado.

Prof. Douglas Pastori Coord. Design Gráfico UCS douglaspastori@gmail.com


O receio em utilizar cores fortes para a decoração de interiores de residências, espaços de convivência, empreendimentos empresariais e comerciais é um mito com previsão de queda nas próximas estações. Pensando desta forma, a Criare Móveis Planejados incluiu na sua linha de produtos novas nuances. O mobiliário aparece em cores fortes como: amarelo, azul, violeta, vermelho, que foram apresentados na Casa Brasil, no mês de agosto. “A mescla entre cores clássicas e diferenciadas no ambiente pode ser conquistada com a utilização de cores intensas em acabamentos como portas e frentes que surgem como uma sólida tendência” observa André Luis Possamai, proprietário da loja Criare Bento Gonçalves. O objetivo da marca é apresentar o que há de mais moderno no mercado, trazendo como diferencial o design arrojado e versatilidade em móveis de qualidade. “Utilizar estes acabamentos para criar um ambiente descontraído e alegre ao ‘brincar’ com a mistura de tonalidades e formatos, tem agrada-

Fone: 3454-5797 Avenida Planalto, 1227

Fotos: Divulgação

Criare móveis planejados aposta em cores vibrantes do o consumidor e complementado as neutras como o preto, branco, cinza e amadeirado”, salienta Possamai. O uso de cores proporciona um efeito glamouroso, divertido e arrojado aos projetos de interiores. Os móveis coloridos e vibrantes são ideais para deixar o espaço mais moderno, preencher a simplicidade e o vazio do ambiente sem perder a sofisticação. Na loja Criare Bento é possível compor ambientes nos mais variados estilos, materiais, cores e acabamentos. A loja conta com 450 metros quadrados de área e é referência por seu showroom amplo e pela sua equipe de profissionais composta por arquitetos e decoradores, além do setor comercial. A Criare em Bento Gonçalves, situada na Avenida Planalto, 1227, trabalha com funcionalidade e soluções de espaço, através da qualidade de acabamento e, sobretudo, criatividade. A loja oferece serviços diferenciados que vão desde a elaboração do produto até a assistência completa, que inclui montagem e o pós venda.

Andre L. Possamai Proprietário

17


A espera de um bebê é uma fase única, cheia de novidades e alegrias. Hábitos, rotinas e cotidianos são transformados para que a chegada do pequeno seja cheia de saúde, bem estar e conforto. A decoração do quarto do bebê também está incluída nessa fase gostosa. Escolher móveis, papel de parede, cores, tecidos, temas reúne amigos e familiares nessa transformação e, assim, o quartinho do bebê vai, aos poucos, simbolizando toda a emoção que envolve esse momento único da chegada de um novo membro na família. A empresária Luciane Piovesan, proprietária da Lu Piovesan, acredita que todos os detalhes devem ser pensados com carinho e com muito cuidado na hora de decorar o quarto do bebê. “O importante é que o resultado seja um ambiente calmo e acolhedor, cheio de amor para receber o pequeno”, explica. Luciane explica que na escolha das cores, as claras são as mais indicadas, já que tranquilizam e relaxam. “Cores de tonalidades mais fortes podem estar presentes em pequenos detalhes da decora-

18

ção, como um quadrinho ou uma almofada, por exemplo”, explica. Já se a opção for incluir um tema, utilização de um personagem ou de um bichinho, como ursos ou corujas, muito em alta nas decorações atualmente, é preciso ter cuidado para aplicá-lo apenas em algumas peças do enxoval e da decoração, para que o resultado não se torne cansativo. A escolha dos têxteis, como colchas, protetores de berço e almofadas deve ser feita com bastante atenção, pois além de compor boa parte da decoração, esses produtos devem priorizar o conforto e o bem estar. Os tecidos 100% algodão sempre são os mais indicados, uma vez que, além do toque gostoso, possuem propriedades antialérgicas. “Ao lado dos têxteis, bichinhos de pano, quadros, cabideiros, baús, cestos e caixas são os principais elementos decorativos que compõem o quartinho do bebê e precisam constituir um conjunto único e harmonioso. Acessórios como cestos e caixas além de decorativos ainda ajudam a organizar brinquedos, remédios e outras miudezas”, orienta Luciane.

Foto: Raquel Konrad

A magia que envolve o ambiente infantil

Ursos, almofadas, quadros são pequenos detalhes que transformam o quarto infantil

Para as crianças a partir de dois ou três anos, o quarto deve ser um ambiente de estímulo ao seu aprendizado e desenvolvimento. Cores fortes são permitidas, respeitando a combinação

entre paredes e têxteis. Os gostos e preferências pessoais do pequeno habitante deste espaço da casa devem ser respeitados, fazendo do quarto um mini universo agradável e acolhedor.


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Foto: Divulgação

Quartos que encantam

Decorar o quarto do filho e filha é uma das maneiras mais emocionantes de se preparar para a chegada do mais novo membro da família ou até mesmo renovar o espaço que seu filho passa grande parte do tempo. Escolher as cores, pinturas das paredes, móveis, acabamento, iluminação, tapetes, berços e muito mais. Pensando em ambientes para quem tem muito bom gosto, a Multibaby lançou suas novas coleções recentemente e encantaram até os “grandinhos”. A linha top da marca é “Casadinho e Favo de Mel”, que possui móveis 100% em MDF com acabamento acetinado e berços que se diferenciam pelo sistema antirrefluxo e por se transformarem em minicama, o que proporciona maior vida útil ao produto. Já na Linha Star, os dormitórios Sundae, Tutti-Frutti, Brigadeiro e Pirulito oferecem a opção de acabamento brilho ou aceti-

nado. A Cajuzinho, que possui acabamento em BP (Baixa Pressão) padrão Linho e confere um ar mais sofisticado e também oferece uma vida útil maior ao produto devido ao seu design e acabamento, além de acompanhar o berço com sistema antirrefluxo. De uma maneira geral, a Multibaby apresenta em sua nova coleção acabamentos diferenciados, roupeiros maiores e com mais gavetas, disponibilizando mais espaço para organização das roupas e pertences do bebê, os berços com sistema antirrefluxo e 3 em 1, que prolongam a vida útil do produto, além de ser uma alternativa com ótimo custo-benefício para as mamães. Outra novidade é o trocador portátil, em tamanho universal para ser encaixado em qualquer berço. A peça, desenvolvida em 100% MDF com acabamento acetinado, conta com trava de segurança.

19


Perlare em arte Os traços firmes e marcantes do artista plástico Victor Hugo agora dão o tom da linha Perlare em Arte. A fabricante de portas de alumínio inova ao transformar alumínio e vidro em uma verdadeira exposição de arte capaz de emocionar com seus aspectos humanos. Única como a arte, a linha agrega valores estéticos e inovadores que sintetizam emoções e histórias. A coleção Marias disponibiliza seis obras de arte aplicadas sobre diversos formatos e texturas em vidros: Maria Valentina, Maria João, Maria Paula, Maria Clara, Maria Teresa e Maria Helena. A coleção, literalmente, transforma portas

20

de alumínio em uma exposição de arte. As obras têm como plano de fundo o estilo vigoroso de Victor Hugo, que alia formas oriundas de movimentos artísticos como cubismo, expressionismo, chegando as estéticas típicas da pop art. Tudo isso representando personagens cheios de vida e com um nome com o qual quase todo mundo tem alguma ligação (as Marias). “Quando nos propusemos a criar a coleção, queríamos que as pessoas se identificassem com elas. Por isso optamos por uma figura humana. Quem não possui ligação com alguma Maria? Seja tia, avó, mãe”, explica o artista que pintou as peças, originalmente

em acrílico e óleo sobre tela. Cassiano De Paris, diretor da empresa, comenta que as matérias primas se unem perfeitamente em um encontro com graça e requinte deixando crescer a imaginação com design elegante perpetuando ao longo do tempo. “Nossa proposta é não criar limites na imaginação e no desenvolvimento. Devemos explorar a evolução inesgotável dos produtos, a constância na busca pelo inovador, no perfeccionismo, na criatividade, e nessa proposta acreditamos no fator humano como diferencial. Por isso convidamos o artista Victor Hugo para participar da nossa coleção Marias”, salienta. .


CADERNO AEARV

Nossa Obra ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DA REGIÃO DOS VINHEDOS Ano 25 – Edição 18 Editor Responsavel: Eng. Gil Palazzo – e-mail: gil@palazzo.com.br

Visconde de São Gabriel, 392, Sala 43 Bairro Cidade Alta | CEP 95700-000 Bento Gonçalves / RS | Fone: (54) 3451.9533

Eng. Gabriel B. Schuvartz gabriel@adubare.com.br

Palavra do Presidente Uma das finalidades da Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região dos Vinhedos (Aearv), é trabalhar na organização de cursos, palestras, seminários, enfim. No entanto, a palestra “Bento Gonçalves - o desenvolvimento da cidade e os cinco anos do plano diretor”, programada para o mês de setembro, não pode ser realizada em função da densa agenda dos palestrantes. Em nome da diretoria da entidade, peço minhas sinceras desculpas pelas diversas suspensões e reagendamento deste evento tão aguardado. Por outro lado, realizamos com incrível sucesso e aceitação o seminário “Destinação de Resíduos”. A engenheira química Marinete de Carli, da Ambiental Assessoria Técnica em Resíduos Industriais falou sobre o tema, enquanto a arquiteta Lisandra F. Krebs e o arquiteto Calor Krebs, da Krebs Sustentabilidade abordaram o tema Resíduos da Construção e Demolição. As palestras alertaram sobre a importância da sustentabilidade e soluções práticas e passivas para os resíduos. Ficou evidente que devemos solucionar o problema diminuindo a geração dos resíduos, com o planejamento das obras e a melhor seleção dos materiais. O evento contou com a participação de associados da Associação das Empresas da Construção Civil (Ascon Vinhedos). Relativo à eleição para conselhei-

ros do novo Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), reitero a importância desta eleição para o CAU do Brasil e para Conselheiros de Arquitetura e Urbanismo dos estados e do Distrito Federal. A votação ocorrerá no dia 26 de outubro através do site www.cau.org.br, onde obtém-se maiores informações. Em nossa agenda, saliento que o Curso de Gestão de Escritórios de Arquitetura, que será proferido pela Academia de Engenharia e Arquitetura (AEA Cursos), está confirmado para os dias 21 e 22 de outubro e possui vagas limitadas. Devido a grande procura o ideal é que os interessados inscrevam-se com antecedência, pois estão terminando as vagas.

Palestra abordou destino de resíduos industriais, construção civil e demolição

Arq. Andrea Jaconi andreajaconi@yahoo.com.br

Palavra da Diretoria

Destinação dos resíduos da construção civil Os resíduos da construção civil, atualmente ainda são pouco tratados. Para abordar o assunto tivemos no último dia 15 de setembro o Seminário “Destinação de Resíduos” que foi dividido em duas partes: a primeiras tratou dos resíduos Industriais, e a segunda dos resíduos oriundos das construções e das demolições. Aos participantes foram distribuídos materiais técnicos em CD, e foram apresentados casos e situações referentes ao tema. Resumimos, aqui, o tema principal deste evento. Geralmente não sabemos o destino que é dado a esse tipo de lixo. Você sabe para onde vão? Os resíduos oriundos das atividades de construção são responsáveis pelos maiores impactos ambientais enfrentados pelas autoridades públicas, tais como: poluição em rios e córregos; degradação de áreas de mananciais; proliferação de agentes transmissores de doenças; obstrução dos sistemas de drenagem; poluição e contaminação do solo. Existem leis e normas que regram, fiscalizam e orientam a destinação correta destes resíduos: política pública de resíduos sólidos (lei 12.305 de 2010); resolução conama nº 3072002; PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat do Ministério das Cidades; lei federal

nº 9605:2008 dos crimes ambientais; legislação estadual; e leis municipais. Os principais responsáveis pelo correto destino dos resíduos são: os municípios que devem elaborar um plano integrado de gerenciamento; os geradores dos detritos nos canteiros de obra que devem ter um plano de gerenciamento indicando o procedimento para triagem o acondicionamento, transporte e destino final. O gerador do resíduo é o responsável direto por sua separação, limpeza e armazenamento, seja ele temporário ou para disposição final. Todo resíduo deve ser identificado e quantificado (por peso ou volume) e separado conforme o tipo de material, após deverá ser armazenado temporariamente no canteiro de obras aguardando a coleta por empresa credenciada que o levará a seu destino final: áreas destinadas ao setor público, áreas de processamento, áreas de transbordo ou para aterros. Com o crescimento do volume de construções é muito importante a conscientização do poder público e empresas, para o correto destino dado ao resíduo gerado. É fundamental para a preservação do meio ambiente, reduzindo o impacto ambiental e os males daí advindos. Em breve estaremos retornando a este assunto, mantendo nossos associados, e a comunidade, a par e consciente. Até breve.

O SITE DE COMPRAS COLETIVAS ONDE VOCÊ ENCONTRA PROMOÇÕES COM ATÉ 90% DE DESCONTO! RECEBA DIARIAMENTE POR E-MAIL!

www.localizeofertas.com.br

JÁ E ACESSE E-SE!!! R CADAST 21


Nossa Obra

Eng. Gil Palazzo gil@palazzo.com.br

Dicas de marketing

Para o sucesso de engenheiros e arquitetos Este artigo falará de dicas para evitar erros, que acabamos cometendo diariamente, porque não nos damos conta de que os estamos cometendo. Assim, escrevemos aqui essas dicas, que servirão de base para reduzí-los, e aumentar os acertos pessoais. Então, vejamos: Evitar ser como o PATO. Ora, o PATO é um animal que faz um monte de coisas: Nada, Voa, Corre, Anda, Canta (será ?), e outras coisas. Todas ela mal ! É um “faz tudo” (faz tudo mais ou menos). Quem é assim, nunca consegue fixar uma imagem clara no mercado e, portanto, reduz as chances de sucesso profissional. Um detalhe é ser um generalista no conhecimento, mas não um “faz tudo” na atividade. Realizar serviços de qualidade. Sempre que formos contratados, deveremos apresentar um serviço, no mínimo, com qualidade compatível com o nível de necessidades, exigências, desejos e disponibilidades dos clientes. Mas a sugestão é sempre entregar mais e melhor do que o cliente espera. Portanto achará que está pagando pouco pelo que está recebendo. Estaremos vendendo uma imagem de que somos baratos. Lembre-se que o que fazemos não deve ser apenas bom, mas deve parecer ser bom, ou seja, não adianta fazermos um bom trabalho, se o seu resultado não parece ser bom. Sem um produto de boa qualidade não existe marketing de bons resultados. Fazer um trabalho “mais ou menos” ou incompleto, e achar que ninguém vai notar é muita ingenuidade. Os nossos serviços devem ser bem feitos e completos. Como completos entende-se que devem ter começo, meio e fim. Precisamos nos apresentar ao mercado como uma opção de solução completa, e não apenas como uma parte de alguma solução ao seu problema, onde é importante mostrar que a qualidade do serviço não é uma coisa sem limite, mas está determinado, entre outras coisas, pela disposição que o cliente tem para pagar pelo que está comprando.

22

Manter-se competitivo. Por certo, ao ler isto, você se lembrará de diversos atletas que conhece, e sabe que um bom atleta que não invista seu tempo em treinamento constante, estará fadado ao fracasso. Para arquitetos e engenheiros é a mesma coisa: treinamento significa atualizar-se permanentemente, isto é, participar de cursos, palestras, seminários, congressos, feiras, convenções, ler livros técnicos e gerenciais, assinar revistas técnicas da sua área de atuação, fazer pesquisas de mercado, etc.... Além disto, deve fazer experiências e desenvolver técnicas, buscando o aperfeiçoamento de suas ideias, mesmo que pense que não possua talento e disposição. Ao tentar fazer isto, poderá se descobrir como inovador, ou no mínimo melhorar seu índice de conhecimentos, reduzindo sua margem de erro. Nisto poderá desenvolver teses profissionais, tornando-se um diferencial. Também precisa ousar, criar. Sugere-se sempre fazer registro de resultados de pesquisas que realizar. Essas práticas de “treinamento” é que vão deixar o profissional de Engenharia ou de Arquitetura em “boa forma”, e sempre mais competitivo. Dividir, para sobrar – ou: Escolher parcerias proveitosas. Dividir as tarefas com outra pessoa (ou outras pessoas), vai nos dar mais abrangência, mais tempo e possibilitar ampliar nosso horizonte criativo. Mas uma boa parceria, só o será, se for bem escolhida profissionalmente. De nada adianta escolher uma parceria pela amizade, pois os resultados fatalmente serão ruins. Uma boa parceria é como um casamento bem sucedido: um completa o outro. Devemos ter em mente que precisamos fugir das parcerias inúteis e improdutivas, pois apenas nos farão perder tempo, e “tempo é dinheiro”. Com um bom parceiro, mais do que construir uma boa imagem no mercado, está a possibilidade reduzir custos, somar forças, superar deficiências, e poder expandir os limites de atuação. Vantagens bastante proveitosas.

Além disto, você pode usar seus funcionários, ou auxiliares, se você os tiver, como parceiros reais, disponíveis e ao seu alcance a qualquer momento. Mas para que isto funcione bem, você precisa ter escolhido estas pessoas com critérios muito profissionais, e também dar treinamento correto para que esta parceria funcione. Você precisa confiar e mostrar confiança neles, e dar a liberdade necessária para que estes parceiros funcionem como tal, pois em nossa área as pessoas como parceiros reais, são elementos vitais, onde prestar um serviço, vem com relacionamentos pessoais. O nosso cliente irá nos avaliar de forma subjetiva, então se ele não é bem atendido pelo nosso parceiro ou pelo nosso auxiliar, ele transferirá esse DEMÉRITO diretamente para nós. É necessário ter em mente que não se construirá uma parceria vencedora se os parceiros não forem bem escolhidos. Divulgar o seu produto, isto é, você o profissional. A venda de serviços, no caso dos serviços que você presta, também precisa ser desenvolvido e aprimorado continuadamente, pois normalmente nossos serviços costumam ser “produtos” terrivelmente mal-vendidos. Não podemos nos esquecer que os nossos serviços, quer de arquitetura ou engenharia, podem ser considerados como de extrema utilidade, que se analisado do ponto de vista de obtenção de um produto final (que pode ser tanto um imóvel quanto um outro produto ou componente), agregará valor a este produto final e poderá produzir lucros maiores, para quem os utilizar. Nossos serviços, quer de arquitetura ou de engenharia, não são produtos de consumo de massa, na realidade sendo produtos de consumo restrito. Na prática, isto significa que os recursos de publicidade e propaganda, válidos para a maioria dos produtos, podem não ter eficiência quando aplicados ao nosso ramo de negócios, e escolher uma política de promoção de nossas atividades, obrigatoriamente passará por uma análi-

se muito criteriosa da relação custo/benefício que supostamente se terá. Então nem sempre a escolha por uma mídia de massa, não dirigida, (jornal, rádio, TV, Revistas não segmentadas) poderá ser a opção mais interessante. Às vezes, as mídias segmentadas, ou dirigidas a um público alvo específico, são boas alternativas que podem ser exploradas, tais como: a participação em eventos (feiras, seminários, congressos, etc...), a atuação em Entidades de Classe, a mala direta, os jornais corporativos, as revistas especializadas, e outros recursos. Valorizar e ser valorizado Entregar, aparentemente, mais serviço do que foi comprado pelo cliente. O seu cliente sempre deve pensar que está recebendo um serviço de qualidade acima do valor que está desembolsando (que está pagando), absolutamente sem desvalorizar o profissional, mas que (comprando mais do que está pagando) estará valorizando o seu serviço. Por isto é preciso ajustar o preço cobrado pelos seus serviços, onde implica fazer ajustes no modo de obtenção do objeto, em si, que se transformará no produto do seu serviço, adaptado ao tipo de mercado que se quer conquistar. Valorizar os seus serviços, são problemas que precisam ser enfrentados com profissionalismo. As dificuldades naturais impostas pelas características de se colocar preços nos nossos serviços, tornam essa tarefa ainda mais complicada, mas isto vai ficando minimizado, na medida em que se vai realizando mais serviços de mesma natureza, proporcionando uma otimização de resultados. Isto aumenta a precisão, e dará segurança no seu preço. É necessário e fundamental ter uma política de negociação de preços, definindo claramente a flexibilidade possível para descontos, isenções, formas de pagamento e outras coisas. Estabelecer uma tabela para os seus serviços é uma forma prudente de obter precisão, quando fizer um orçamento, pois isto dará coerência.


Nossa Obra

Arq. e Urb. Iomara Troian iomara@plannaimoveis.com.br

As eleições do CAU*

*CAU - Conselho de Arquitetura e Urbanismo As eleições do CAU serão realizadas no dia 26 de outubro de 2011, por voto obrigatório pela internet. A seguir tentaremos esclarecer alguns pontos em dúvida ou desconhecidos de alguns profissionais da área, e que serão necessário conhecerem.

Para Votar Para poder votar, o arquiteto receberá uma senha que lhe dará acesso a votação. As senhas de acesso, serão entregues por correio, via AR (Aviso de Recebimento dos Correios), nos endereços em que os profissionais recebem suas revistas do CREA - RS. As senhas deverão ter sido postadas até dia 27 de setembro de 2011, portanto o profissional que não receber a senha até o dia 25 de outubro, não poderá votar. Caso queira verificar melhor o envio da senha, o profissional deve entrar em contato com o a agência de correio da sua região (ou de agência próxima do seu endereço) e verificar se a correspondência se encontra no aguardo de retorno. As correspondências em AR costumam ficar sete dias nas agências antes de serem encaminhadas de volta para o remetente (no caso o CAU).

Quem são os candidatos? O CREA - RS encaminhará via correio eletrônico quatro e-mails com as chapas que estão concorrendo nessa eleição.

Como se dará a eleição: Os arquitetos deverão votar somente numa chapa, dentre as quatro que estão se candidatando. As chapas são formada por 21 Conselheiros Estaduais titulares e seus respectivos suplentes e também por um Conselheiro Federal e seu respectivo suplente. As chapas serão eleitas por proporcionalidade. Exemplo: se uma chapa tiver recebido 40% dos votos do estado, serão eleitos 40% dos conselheiros desta chapa. Isto vale para todas as chapas, e então teremos representantes proporcionalmente divididos entre elas, pela proporção dos votos recebidos. Os conselheiros estaduais eleitos definirão o Presidente do CAU - RS e os conselheiros federais eleitos definirão o presidente do CAU - BR

A Transferência do CREA para o CAU Os arquitetos só serão tranferidos do CREA para o CAU quando o CAU - BR for instaurado. A transferência ocorrerá automaticamente e é obrigatória.

Agenda 01.10.2011 a 31.10.2011

Por Eng. Gil C. Palazzo da Rosa gil@palazzo.com.br

CURSO: GESTÃO DE ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA E DESIGN DE INTERIORES PROMOVIDO PELA AEARV E APRESENTADO POR AEA CURSOS Data: 21 e 22 de outubro (sexta-feira e sábado) Horario: das 8h30min às 18h Local: Hotel Viverone – Bento Gonçalves Carga horária: 16 horas aula (8h/dia) Informações e inscrições diretamente com a secretaria da AEARV, pelo fone (54) 3451.9533 ou pelo e-mail aearv.bg@gmail.com MERCOPAR Feira de Subcontratação e Inovação Industrial Data: 18 a 21 de outubro Horário: das 14h às 21h Local: Pavilhões da Festa da Uva – Caxias do Sul Informações: www.mercopar.com.br Promoção: Sebrae EXPOACABAMENTO Feira de Materiais para Acabamento. Destina-se à todas empresas do acabamento e revestimento que tem como conceito apresentar tendências e soluções para projetos em arquitetura. O evento conta com um público visitante altamente qualificado, formado por arquitetos, designers, revendedores e boutiques de materiais de acabamento, construtores, decoradores, administradores de condomínios, formadores de opinião, em um único local. Eventos paralelos: Climasul – Salão do Conforto Térmico MovelDesign – Salão de Arquitetura de Interiores CasaShow – Exposição de Arquitetura e Design em Ambientes Salão de Paisagismo CAD-Congresso de Arquitetura e Design Com palestras de: - Guto Índio da Costa, dia 27 de outubro, às 16h - Hans Donner, dia 27 de outubro, às 18h - Ruy Othake, dia 28 de outubro, às 18h Data: 27 a 30 de outubro Horário: das 14h as 21h Local: Centro de Evento da FIERGS – Porto Alegre Informações: www.expoacabamento.com.br e www.suleventos.com.br

Para o futuro: CONSTRUFAIR 24 a 27 de novembro Evento que se realizará nos Pavilhões da Festa da Uva – Caxias do Sul Eleição e Posse da Diretoria da AEARV-2011/2012 com Jantar em Comemoração ao Dia do Engenheiro e Arquiteto Data: 09 de dezembro (sexta-feira) – 20h Local: Dall’Onder Vittoria Hotel Show com banda Folk&Roll

Maiores informações nos sites: www.cau.org.br | www.crea-rs.org.br

FONE 3055-3035

&

tecbento@tecbento.com.br VENDA E ASSISTÊNCIA TÉCNICA DE INFORMÁTICA E VÍDEO GAMES

L´AMERICA SHOPPING - TÉRREO 23


Moda Infantil

Ricardo Rambo Estilista ricardobrambo@hotmail.com

A vez das crianรงas

24


Foto: Anderson Pagani

Nesta coluna, vou falar mais do que moda infantil, mas principalmente, sobre comportamento. As novas gerações passam a interferir cada vez mais cedo nas decisões do lar, como em compras no supermercado, shoppings, atividades de lazer, e até na compra do automóvel da família, afinal é uma característica da sociedade contemporânea. Criticar e pensar que pode ficar fora disso é errado. O importante (e muito importante) é saber como lidar com as diversas situações. Como não dar liberdade de escolha ao filho? Já se foi o tempo em que as crianças passavam a se expressar

depois de adultos. Tudo tem ficado mais rápido e dinâmico. O que nos obriga a modificar o modo de educar. É necessário incentivar a vaidade, incentivar a criança a se expressar, mas sempre esclarecendo as outras vertentes. É extremamente importante mostrar o quanto vale uma peça de roupa, um brinquedo, um acessório. Explicar que não é toda criança que pode ter acesso àquilo e que a realidade de muitas (a maioria) pode ser muito diferente. A criança precisa desde cedo entender o valor social que os bens podem

representar. Jamais deixe de educar e informar. E é nesse contexto, que a cada dia o mercado infantil e juvenil vem crescendo. Foi-se o tempo em que as crianças vestiam qualquer coisa. Com a chegada da primavera, vem aquele clima quente e agradável! Nada melhor do que falar nas tendências em moda para os baixinhos. Para as meninas, muitos vestidos com estampas de flores, bichos e frutas, além de detalhes com maxilaços. Prints de borboletas e ziguezagues. As cores suaves, fazem contra ponto com as cores vivas, como o coral, o pink.

Outras cores fortes que aparecem na moda para os baixinhos são o branco, cinza e o preto, tanto para as meninas, como para os meninos. Já para eles, o xadrez continua forte, e aparece em camisas e bermudas. Camisetas pólos com tons mais açucarados prevalecem. Nas peças em jeans, lavagens com puídos. Crianças tem muita energia, e pra todo esse pique, elas precisam de roupas confortáveis, que não incomodem com o calor, e que acima de tudo, sejam bem estilosas. Aliás, criança que é criança, adora se vestir bem!

25


Fotos: Divulgação

O que é ser

?

criança É ser feliz sem limites, subir em árvores, correr, comer pirulito, pipoca, derramar comida na roupa e nem ligar. Usar fantasia, jogar bola, andar de bicicleta, é não compreender que a brincadeira tem hora para terminar, é assistir o mesmo filme várias vezes no mesmo dia, é chorar quando chega na escola e depois chorar para não sair. É amar intensamen-

te as mínimas coisas, por mais simples que elas sejam, é rasgar um papel de presente sem ligar para mais nada a não ser a descoberta da surpresa que ele guardava, é sentar na areia sem receito, é não sentir frio nem calor... é simplesmente viver. A criança que existe em cada um de nós não pode ter limite de idade, não

podemos deixar que a alegria de criança fique perdida na infância; temos que resgatar esta magia e curtir, em todos momentos da vida, a alegria de brincar, de descontrair, pulando, correndo, jogando bola, escorregando, comendo pipoca. Enfim: temos que ser felizes incondicionalmente, ver o lado bom da vida e amar a criança que existe dentro de nós.

No dia 11 de outubro, véspera do Dia das Crianças, a Allegria Festas estará promovendo um momento para que pais e filhos aproveitem juntos, a alegria de ser criança. A partir das 20h, um jantar abrilhantado pela Chef Idana Spassini e sua equipe, com surpresas e brincadeiras, estará esperando por vocês. Ana Luisa Daguer Pergher Borges Informações e reservas: (54) 7811-1010 / 7811-3030 sac@allegriafestas.com.br

26


A evolução do vestuário infantil Até o século XVIII se estabelecia com controle e disciplina as roupas usadas pelas crianças. A sociedade submetia os pequenos a usarem roupas carregadas de símbolos, com a mesma aparência de seus pais, forçando-a a permanecer comportada. As primeiras reações para que as roupas se tornassem mais leves e com um toque infantil partiu dos filósofos que, com perspectivas à construção de uma nova sociedade, buscavam o amor maternal e a integração da criança na família como essenciais. No entanto, até o século XIX as crianças recém-nascidas eram envoltas, da cabeça aos pés, em faixas que mantinham o corpo aquecido, porém imobilizado, para dar sustentação à coluna vertebral, sendo-lhes permitido algum movimento, apenas nos momentos de trocas de roupa. Estas faixas, presas por tecidos geralmente de linho, envolviam todo o corpo, dando aos bebês a aparência de pequenas múmias. Tais práticas eram motivadas pelo medo de que um choque térmico ou movimento desordenado destruísse o esqueleto do recém nascido. Somente no século XX, as roupas infantis apresentaram mudanças favoráveis aos seus usuários. No decorrer dos anos, alguns tipos de roupas infantis se tornaram símbolos de moda, onde a

tendência à redução e à simplificação esteve presente. O traje de marinheiro, que era regra para os garotos e que seguia com pontualidade as modificações dos uniformes da Marinha Real, foi desaparecendo. Já, os trajes militares e de escotismo, com calças curtas, camisa e pulôver, passaram a influenciar a moda infantil. Em resumo, pode-se dizer que no decorrer do século XX, as roupas infantis sofreram alterações: os trajes complicados que obrigavam as crianças a brincarem comportadamente foram simplificados. As crianças passaram a serem mais livres para desenvolver suas atividades e adquiriram o direito de intervir na composição do seu guarda roupa. O acesso às informações ficou cada vez mais fácil, permitindo que a criança tenha liberdade de fazer suas próprias escolhas, mas, ainda são os pais que influenciam suas decisões de compra, embora o consumidor infantil esteja mais exigente. No passado, não existia conceito de moda no vestuário infantil e as coleções se repetiam quase que invariavelmente. Hoje, o segmento de moda infantil tem apresentado um crescimento acelerado e as empresas por reconhecerem a necessidade de ter um produto inovador que surpreenda o seu público alvo, buscam agregar informações ao vestuário infantil. Bruna Zorzi Designer

27


Fotos: Retratu’s Ateliê Fotográfico Foto: Divulgação

Aprendendo inglês desde pequeno

Atividade prática no Projeto Little Kids

28

O aprendizado de uma segunda língua nos primeiros sete anos de vida gera uma significativa elasticidade mental para a criança. Curiosa e aberta às novidades, ela se torna fluente em pouco tempo, adquire destreza com idiomas em geral, constrói um repertório linguístico diferenciado e ainda adquire a possibilidade de vivenciar a diversidade cultural. Desde março deste ano, o CNA Bento Gonçalves oferece o projeto “Little Kids”, que consiste em oferecer o ensino do inglês dentro da própria escola infantil. Esse projeto é um facilitador para aquele pai que tem pouco tempo, mas a consciência da importância do estudo de um segundo idioma desde a primeira infância. A escola infantil pode contar com a experiência e o conhecimento de quem se especializou no ensino de inglês para crianças e concentrar esforços em outros processos pedagógicos. Caso você tenha interesse em saber mais sobre esse projeto para sua escola ou filho pode entrar em contato com o CNA pelo telefone 3452-1123.

Brincando com luz e imagem Crianças são naturalmente espontâneas e isso garante, a quem se dedica a clicar os pequenos, a possibilidade de sessões divertidas e fotografias marcantes. Brincadeiras são uma expressão da imaginação e os “pequenos” não respondem aos mesmos estímulos que os adultos. Por isso, ajoelhar, deitar no chão, criar uma relação de confiança e penetrar nesse mundo que é próprio da criança é necessário para revelar através dessa janela mágica que é a fotografia toda a poesia que existe nos gestos e sorrisos dessa turminha, toda a força de um simples olhar que, diga-se de passagem, pode até ser mais alegre que vem sorriso. É com essa filosofia que o Retratu’s Ateliê Fotográfico visa buscar em seus clik´s as imagens ideais, dedicando-se a fotografia de crianças, gestantes e famílias, além de books e eventos.

Fotógrafas e proprietárias da Retratu’s Ateliê Fotográfico Ângela Sulzbacher e Leandra da Silva


Um show de moda e solidariedade O Dall´Onder Grande Hotel foi passarela para um belíssimo evento promovido pelo Rotary Club Mulheres da Serra. No dia 18 de setembro, a entidade realizou o seu tradicional Chá Beneficente e reuniu centenas de pessoas para assistir um desfile-show. Toda a renda arrecadada foi revertida a entidade Associação Vida Livre Comunidade Terapêutica. O desfile foi produzido pelo consultor e produtor de moda Ricardo Ram-

bo, pelo consultor de moda masculina Rodrigo Britzke, além da presidente do Rotary, Neivete Rossi Possamai e demais companheiras do Rotary Club Mulheres da Serra. Confira em detalhes o que as lojas bento-gonçalvenses apresentaram para o público presente com a grande produção dos melhores profissionais de beleza da cidade.

Fotos: Eduarda Webber - Vanassi Team

A diretoria do Rotary Club Mulheres da Serra: Iraci Dalla Valle, Monica Soliman, Neivete Possamai, Patrícia Dal Mass, Ivete Dalla Valle, Marli Miranda, Marijane Gheno e Greice Lazzarotto

La Maison A La Maison calçados e acessórios, mostrou no seu desfile mulheres que buscam sofisticação e conforto na hora do calçar, com muito glamour. Num perfeito clima de frescor, leveza e equilíbrio a nova estação. Carmem Centro Estético, foi a responsável pela beleza das modelos.

29


Jardim Brasil

Fotos: Eduarda Webber - Vanassi Team

Especializada em moda feminina, a Jardim Brasil, mostrou na passarela, as muitas faces de mulheres, que apreciam bom gosto e boa moda. Com um refinamento delicado e sofisticado. Propondo conforto, despojamento e muito charme. Mulheres que tiveram sua beleza realçada pela equipe Jane Beauty Centro Estético.

Identidade Homem A coleção de moda masculina, foi mostrada pela Identidade Homem. Que trouxe à passarela uma refinada seleção do melhor em vestir-se bem e sentir-se bem. Com homens elegantes, seguindo o slogan: Não Improvise. Impressione.Beleza assinada por Jane Beauty Centro Estético.

30


A Horos Acessórios, mostrou na passarela uma explosão de cores contrastantes, o color blocking. Cores alegres e super vivas, fizeram a mistura de diferentes tons em um só visual. O make ficou por conta de Marília Cabelos.

Save the Date Colorchic

18/10 - 20h Palazzo Del Lavoro Você é nossa convidada!

Sensualidade, charme e elegância, pontuaram o desfile da Intimitá Moda Íntima. Rendas, transparências e tecidos nobres, foram mostrados na passarela com peças desejadas por todos. A beleza foi em parceria com Iva Espaço da Beleza.

Fotos: Eduarda Webber - Vanassi Team

Horos Acessórios

31


Brinquedos para todos os tamanhos É brincando que a criança descobre e interpreta o mundo e se desenvolve física e mentalmente. A brincadeira faz parte de seu desenvolvimento, amadurecimento, socialização e interação com o mundo que o rodeia. Pensando nisso, a Edy Brinquedos oferece uma gama de brinquedos, jogos e animações para crianças de todas as idades. A empresa preza pela qualidade dos produtos vendidos, bem como, pela segurança. O mais importante é deixar a criança sempre com o sorriso lindo. Abaixo uma série de dicas de presentes para o Dia das Crianças. Os produtos são encontrados na Edy Presentes, localizado no Shopping Bento. Fotos: Divulgação

Calesitá: com brinquedos educativos e musicais, a marca possui brinquedos divertidos como um jacaré com rodinhas para ser puxado, além de dinossauros, gatinhos e sapinhos.

Dedoches: Os dedoches estimulam a imaginação e a linguagem. Desenvolvem a concretização das fantasias, expressão dos sentimentos, superação da timidez, a tomada de decisões e atenção. Proporcionam o prazer de dar vida e voz a animais, plantas e tudo que existe e encantam não só crianças, mas a todos que se dispõem a entrar no maravilhoso mundo das histórias.

Chicco: a marca oferece uma linha completa de produtos seguros para crianças ainda no período de amamentação, como mamadeiras personalidades, pegadores de mamadeira, chupetas e seus acessórios, mordedor e massageador de gengiva, talheres de silicone, babador descartável, entre outros.

Hasbro: a marca é responsável pela febre da criançada na atualidade: Transformers Powercore Combiners, brinquedo transformável com mais quatro figuras que se combinam a essa primeira figura, transformando-se em seus braços e/ou pernas. Total são cinco figuras para você se divertir. Produto e cores podem variar daquelas representadas na embalagem. Demais produtos apresentados na embalagem são vendidos separadamente. Recomendado para maiores de quatro anos.

32

Barbie: a boneca mais famosa do mundo reflete o comportamento e os desejos das garotas de todo lugar. Ela pode ser o que quiser, sempre com estilo e claro, na última moda.

Moranguinho: essa turma divertida oferece jogos, acessórios, papéis, cadernos, mochilas, e muitos brinquedos para a garotada.

Estrela: uma das marcas mais famosas de brinquedos, oferece os produtos mais tradicionais para todas as idades, como o Banco Imobiliário, Jogo da Vida, Toy Sory, Detetive e tudo que há de mais moderno no mundo infantil.

Playskool: a marca oferece diversos brinquedos educativos para crianças a partir de dois meses. Possui livro de historinhas, chocalhos com diferentes texturas e sons, fantoches, carinhos para empurrar, casinhas de montar, brinquedos com engrenagens musicais, andadores, entre outros.


As saias nunca saem de moda. Entra coleção, sai coleção, e lá está ela. Mas o verão 2012 promete a invasão de todos os tipos de modelos, cores e tamanhos. O clima quente pede uma roupa mais leve e confortável e a saia é um item que não pode faltar no guarda-roupa por ser extremamente versátil. Os modelos de saia para o verão 2012 serão ricos em variedade, tanto em modelos, tecidos, cores e formas. Vamos poder encontrar saias em modelos longos e mini, estampadas ou lisas com cores quentes e vivas, como laranja, amarelo e azul, agregadas a tecidos leves e esvoaçantes, plissadas, modelos de jeans e outros tecidos estruturados.

Além disso, as saias podem ter diversos volumes, como evasê, com um toque de godê ou mais justas, também os tecidos das saias terão uma grande variedade, aparecendo tecidos com brilho e transparentes, além dos tradicionais. O verão 2012 promete saias para todos os tipos de mulheres e estilos, por exemplo, se você prefere as saias mais curtas poderá encontrar saias na altura nos joelhos até as minis. Os tecidos leves e esvoaçantes e tecidos de peso médio também são bem cotados para esse verão. Para as mulheres que gostam de detalhes, poderão contar com modelos de saias estampadas, com flores, bichos,

xadrez ou listras. Modelos com recortes mais ousados, e os detalhes darão um charme todo especial para as saias. Também poderão ser vistas saias mais românticas, despojadas e até mesmo com um toque de informalidade, com um visual mais rock in roll, ou até mesmo mais sensuais, com fendas profundas, saias com cintura alta e saias com modelagem bem ampla. Dentre as cores e estampas, a proposta deste verão é oferecer peças alegres e coloridas, mas deixando espaço para tonalidades sóbrias e mais sérias como o nude, com um ar mais fresco. Deu pra perceber que as saias desse verão estão vindo com tudo, não é? Então não perca tempo e já garanta a sua.

Foto: Raquel Konrad

Curtas ou longas, verão promete muitas saias

Equipe da Donatella

33


Fotos: Dilvulgação

Virando a cabeça dos homens Não são somente as mulheres que se preocupam com a beleza, ultimamente cresceu o número de homens que cuidam da aparência. Isso ocorre porque os homens estão cada vez mais modernos e preocupados com a boa aparência, e

ainda porque o mundo da moda vem investindo cada vez mais na beleza e moda masculina. Este artigo foi feito especialmente para os homens modernos que gostam de ficar por dentro das últimas novidades de cortes de cabelos. Moderno Em 2012 a tendência de cortes de cabelos masculinos vem com modelos inovadores em um design mais moderno. Os cortes masculinos que irão fazer sucesso no próximo ano são estilosos e deixam o visual mais despojado e alternativo, com o objetivo de valorizar os homens e as suas necessidades. Retrô O corte de cabelo que promete agradar muitos homens em 2012 é os de estilo retrô. A tendência de cortes são os mais curtos, estilo militar, que ganham modernidade. A tendência é deixar as laterais e nuca quase raspada e a parte superior mais longa, deixando o homem muito mais despojado. Mudar o visual é uma ótima opção para levantar o astral!

Tatiana Coiffeur tatianacoiffeur@hotmail.com

34


Fotos: Dilvulgação

O máximo de carro no mínimo espaço O Fiat Cinquecento é um carro único, de design singular, repleto de soluções inteligentes, tecnologicamente avançado, seguro e divertido. Independente da escolha, cada versão encara bem de perto o conceito: o máximo de carro no mínimo espaço. São diversos equipamentos que facilitam a vida do motorista ou que ampliam a segurança dos ocupantes. Criar linhas modernas que remetam ao passado não é uma tarefa simples. O fruto desse esforço deve ser, ao mesmo tempo, atual – um claro produto de sua era –, e imediatamente evocar sua fonte de inspiração. No caso do Fiat 500, o resultado não poderia ser mais feliz: ele une, com harmonia, traços extremamente atuais com formas que revivem um dos grandes ícones do design italiano do Pós-Guerra. O Novo Fiat Cinquecento é um hatchback de duas portas de dimensões compactas. Surpreende pelo seu generoso espaço preenchido com muita autoridade e que imediatamente chama a atenção por suas linhas suaves e arredondadas, fazendo muito sucesso por onde passa. A dianteira concilia o atual family feeling dos modelos Fiat com elementos que decididamente nasceram no primeiro Fiat 500. Por exemplo: a referência mais forte ao carro anterior é a combinação de faróis redondos superiores com luzes de facho inferiores e o logotipo inserido entre frisos, ou “bigodes”. Da lateral pode-se ver os conjuntos de luzes dianteiro e traseiro devido ao modo como os contornos arredondados ligam as diversas partes do carro. E a coluna do teto forma um arco que simplifica o design dos vidros, que é contínuo e esconde a beirada superior das portas com um friso preto. A traseira destaca uma grande maçaneta cromada que imediatamente relembra o apoio da placa do primeiro Fiat 500. 35


Meu roteiro de viagem

Turquia Por Lilian Caron

Fotos: Arquivo pessoal

A corretora bento-gonçalvense Lilian Caron, juntamente com suas amigas, descobriu porque a Turquia está no topo mais cool do planeta. Lilian conta suas aventuras e dá dicas na segunda edição do “Meu Roteiro de Viagem”, iniciativa proposta pelo Jornal Design | Serra para que gente como a gente dê dicas e sugestões que não estão incluídas nos roteiros tradicionais de viagens através de suas próprias experiências. A corretora afirma que a Turquia reserva surpresas espetaculares. “É um dos povos mais singelos e cativantes

36

do mundo e além de ser um dos países mais seguros também. Comprovado! Em Istambul, a maior cidade da Turquia, perdemos uma carteira contendo uma razoável quantia de dólares, a mesma foi encontrada e devolvida com direito a aplausos”, conta Lilian. “Foi uma viagem histórica, mitológica, nostálgica, o maior museu a céu aberto do mundo sob uma atmosfera irreal. Cenário quase alienígena”, descreve, sugerindo que seja dedicado no mínimo 15 dias para desvendar a “misteriosa e mágica” Turquia e ainda sugere o guia local. “Ele é fantástico e ainda fala português: chame o Akin”.


Roteiro Istambul é a única cidade com território em dois continentes, Ásia e Europa, considerada uma das mais belas cidades do mundo. A visita obrigatória é na Mesquita Azul, a mais requintada e bela. Em frente encontra-se a Basília de Santa Sofia, considerada a oitava maravilha do mundo. Desfrute do ritual do “Banho Turco”. Hotel The Madson in Taskin - serviços, acomodações e localização excelentes. Capadócia uma cidade indescritível, indefinível, coesão de formas e cores. Lá encontram-se as cidades subterrâneas de Kaymakli compostas por oito andares, consegui ir até o quarto. Mas o irreal mesmo é contemplar a Capadócia a mil metros de altura num voo de balão

simplesmente inesquecível sobre vales que mais se parecem com a superfície da lua. Do alto de um balão a Capadócia é definitivamente de outro planeta, é o mais próximo que se pode imaginar de uma viagem intergaláctica a experiência mais emocionante da viagem. Hotel Peri Tower - um sonho de Hotel. Pamukkale (Cidade de Algodão) onde se pode contemplar um fantástico pôr-do-sol e impressionantes formações calcárias petrificadas, paisagem surreal, única no gênero construída pelos rios durante milhões de anos, rochas tão brancas como a neve, vários pequenos canais onde corre águas termais mornas não pude evitar acreditar num milagre sobrenatural. Hotel Pam - tem piscina de

água termal, estiloso e moderno. Ephesus cidade onde fica a casa da Virgem Maria no monte Coressos, a energia do local é sobrenatural, inexplicável, sensação boa para um ateu sentir. O templo de Artemisa uma das sete maravilhas do mundo encontra-se aqui. Pergamon – nesta cidade, ainda restam belíssimas e majestosas ruínas, um tesouro a céu aberto. Tróia – vale a pena ver de perto a réplica do cavalo de Troia desta célebre lenda, cidade antiga que ficou famosa por conta de Homero. Entre essas três últimas cidades recomendo o Hotel Akol na cidade de Canakkale, um dos melhores cafés da manhã de todos os hotéis que nos hospedamos.

Compras - Grande Bazar na cidade de Istambul, aproximadamente quatro mil lojas. É possível comprar de um incrível suvenirs até uma jóia raríssima. - Avenida Ístiklal Caddesi, uma das mais famosas de Istambul, elegante, vedada ao trânsito de automóveis, se estende ao longo de quase três quilômetros de lazer e comércio, onde se encontram lojas requintadas de todo o tipo, boutiques nacionais e internacionais, muitos artigos de pele, livraria, galerias de arte, teatros, cinemas, bibliotecas, restaurantes, café, bares, casas noturnas, pastelarias históricas, mesquitas, igrejas católicas e ortodoxas, sinagogas, nas suas mediações encontram-se os mais magníficos edifícios que hoje passaram a ser embaixadas de vários países.

#ficaadica - Anatolian Balloons (passeios de balão) info@anatolianballoons.com - Guia turístico em espanhol, português e inglês: akin0276@hotmail.com - Não deixe de provar o chá Turco, Raki, bebida alcoólica feita a partir de uvas e de anis com 40-50° servida com água e Efes (cerveja). Outra bebida tradicional e muito consumida no verão é o “Ayran”, feito a partir de iogurte batido com água. Prove os sucos naturais de laranja e romã. - Não deixe de provar o “baklava” sobremesa de massa fina, intercalada com massa fina com pistache ou nozes moídas servida com uma calda de açúcar. É bom com sorvete também. - Os melhores tapetes do mundo são manufaturados na Turquia, signi-

ficam calor e riqueza. Visitamos uma fábrica de tapetes seguida de explicações referente ao processo de fabricação. Aladin iria se fartar com tanta obra prima, os mais reputados são feitos na aldeia de Hereke. - As jóias de ouro são surpreendentes, com todos tamanhos, tonalidades e milhares de modelos. Encontra-se ouro e pedras preciosas a preços bem favoráveis. #você tem que saber - Em visitas a mesquitas e templos religiosos, alguns pedem para que se cubra cabelos com um lenço e tire os sapatos, tradição islão. - Lembre-se você está no país da pechincha e eles adoram esse processo de negociação.

Sofisticação em cada detalhe. EXCLUSIVIDADE E SOFISTICAÇÃO

Shopping Bento Gonçalves . Loja 03 . 54 3452.2693 L’América Shopping Center . Loja 203 . 54 3052.0399 37


Filmes e histórias para encantar a criançada

Tablet: que bicho é esse?

Computadores em forma de prancheta são uma das novas tendências da tecnologia pessoal. Os tablets foram apresentados ao mundo no início de 2010 e, com o lançamento do iPad, ganharam força e prometem ser uma das principais tendências da tecnologia pessoal para os próximos anos.

Mas afinal, o que é um tablet e o que você pode fazer com ele? Um tablet é um computador em forma de prancheta eletrônica, sem teclado e com tela sensível ao toque. O principal foco dos tablets está no acesso à internet. Navegação na web, e-mail, leitura e edição de documentos simples são algumas das principais atividades que podem ser feitas com eles. Além disso, é possível assistir a vídeos, ver fotos e ouvir músicas. Outro grande apelo dos tablets são os aplicativos. Esses programas permitem acessar notícias e redes sociais em uma interface mais confortável, entre outras tarefas. Há aplicativos para as mais diversas funções, desde simuladores de guitarra e bateria até programas para ensino de química e biologia. O iPad, da Apple, é o tablet que tem o maior núme-

ro de aplicativos.

Quanto custa? Os tablets já se encontram em algumas faixas distintas de preço podendo variar de modelos mais simples e baratos á modelos mais caros e modernos. Depende de qual recurso você está habituado a usar. Modelos mais simples como o Coby Kyros pode ser encontrado em valores de até R$350 enquanto um modelo mais moderno como o Motorola Xoom pode ser encontrado por R$1899,00. Os Tablets podem substituir meu netbook/notebook, computador de mesa? Ainda não. Infelizmente até mesmo com recursos multitarefa, a perda de performance ainda é grande. Vale a pena? Com certeza! A facilidade, a usabilidade e portabilidade dos tablets fazem com que seja bem interessante você ter um desses em casa ou no trabalho. Tarefas pequenas podem ser realizadas com folga nos tablets. O ganho de tempo é extraordinário! E claro! Já estão muito próximos de substituir o uso de notebooks.

Ricardo Pereira Consultor em TI

38

Histórias inesquecíveis, personagens que viram ídolos, imagens que impressionam. Os filmes ganham cada vez mais espaço no mundo infantil e destaque nas prateleiras das videolocadoras. A Mania de Cinema, na galeria do Supermercado Nacional, dispõe de uma série de longas-metragens para criança nenhuma desgrudar da telinha. As novidades podem ser encontradas no site www.maniadecinema.com. Confira dicas de filmes para esse Dia das Crianças.

Hop Júnior está prestes a suceder seu pai e se tornar o Coelho da Páscoa. Mas o que ele quer, de verdade, é se tornar um baterista de sucesso. Para isso, Júnior foge da Ilha de Páscoa, vai para o mundo dos humanos e acaba atropelado pelo atrapalhado Fred. Enquanto tenta perseguir seu sonho, outros eventos acontecem na ilha e a Páscoa precisará ser salva.

Barbie – Princess Charm School Barbie é uma garota de bom coração que foi escolhida para participar da Escola de Princesas. É um lugar incrível, onde as princesas em treinamento aprendem danças formais, etiquetas da festa do Chá e maneiras adequadas. Ela ama as suas aulas, os seus duendes mágicos e suas novas amigas, Hadley e Delancy. Quando a professora Dame Devin acredita que Barbie tem semelhanças com uma prinçesa desapareçida do reino, faz de tudo para impedir que ela tenha qualquer chance de assumir o trono.

O Grande Urso Jonathan e sua irmã mais nova Sofia estão de férias em uma cabana do seu avô no meio da floresta. O garoto tenta se livrar da menina, mas quando ele finalmente consegue, é de uma forma que ele não imaginava. Sophie foi raptada por um urso enorme, e agora ele tem que encontrá-la e levá-la de volta para casa sã e salva.


Experiência Design

Cadeira Bê-a-bá

Nas mãos de Caroline, de 10 anos, tecidos e sobras de madeira viraram um sofá. Para Darlise, de 11, rolhas, tecido e pedacinhos de MDF tornaram-se uma bela mesa. Papelão e ladrilhos de vidro se transformaram em uma bandeja. Foi assim, com muita criatividade e aprendizado, que indústrias, escolas e um designer se uniram para tornar realidade o projeto Experiência Design. As oficinas foram ministradas pelo designer Carlos Alcantarino.

Cadeira infantil nas versões fixa, mais funcional, e balanço, para ser também um brinquedo. O apoio dos braços é feito com aproveitamento de EVA da linha Anelídeos.

Ovo high chair O estúdio Culdesac, de Valencia, responsável pela marca espanhola de móveis infantis Micuna, desenvolveu o “Ovo cadeira alta” - Ovo high chair. Com o seu design, Culdesac quis certificar-se que a cadeira era um objeto que traduz

bem os espaços de vida contemporâneo de hoje. Feita a partir de polipropileno com pernas de madeira e detalhes, além de sua compatibilidade estética, a cadeira alta também atinge as exigências funcionais e inclui tecido lavável, rédeas do bebê, uma bandeja ajustável e apoio para os pés.

Fotos: Divulgação

Fixa: estrutura tubular e concha em multilaminado revestido com fórmica. Recomendada para crianças até 11 anos.

Balanço: estrutura tubular com acessórios em EVA. Concha multilaminado revestida com fórmica. Recomendada para crianças até três anos

39


Fotos: Dilvulgação

Os detalhes da elaboração de espumantes

40

Grandes comemorações ou momentos especiais merecem um bom espumante. Pensando nisso, o enólogo Felipe C. Cesca e o gerente Comercial da Vinícola Don Giovanni, Daniel Panizzi, explicam como é elaborada essa bebida tão consumida aqui na Serra Gaúcha e também no mundo todo. O enólogo explica que o princípio da elaboração dos espumantes é o mesmo para o Método Champenoise e Charmat. Na vindima (colheita das uvas), dá-se preferência por colher às uvas antes do ápice da maturação, o que garantirá o frescor do futuro produto. Após a colheita das uvas, procede-se a elaboração de um vinho tranquilo, uso de leveduras selecionadas, fermentação com controle de temperatura, limpeza e filtração. Depois se procede uma etapa simples para ambos os métodos: junta-se ao vinho uma pequena quantidade de leveduras e uma pequena dose de açúcar, as quais passarão pelo processo fermentativo e darão origem ao gás carbônico (perlage do espumante). A partir desse ponto começa a diferença entre os dois métodos. Método Champenoise: “a mistura acima citada é colocada dentro das garrafas nas quais o espumante passará pela segunda fermentação. Neste processo, após a segunda fermentação, temos um período de maturação, onde as leveduras estarão em processo de autólise (morte celular) e passarão mais complexidade aos espumantes, quando comparados aos elaborados pelo método charmat. No término da fermentação as garrafas são colocadas numa espécie de cavalete (pupitre) com a boca para baixo, no qual durante 50-60 dias são giradas ¼ de volta todos dias (remuagem), na intenção de levar o fermento para o gargálo. Nesse ponto, congela-se o gargalo, abre-se a garrafa e por fim retira-se as leveduras, no chamado degorgement. Finalmente, adiciona-se o licor de expedição (licor a base de vinho e açúcar, no qual se define o estilo do produto: brut, demi-sec,...) e coloca-se a rolha definitiva. Existe a apresentação Nature onde o produto não recebe o licor de expedi-

ção, caracterizando em espumante 0g/L de açúcar”. Método Charmat: “a mistura do vinho já comentada é colocada em um tanque de pressão (autoclave) para realizar a segunda fermentação (tomada de espuma). Após o término da fermentação, o espumante é filtrado para eliminar o fermento. Estando o espumante limpo, procede-se o engarrafamento em maquinário hermeticamente vedado, para evitar perda de gás. Pelo processo ser muito mais rápido, o espumante nesse método é mais jovem e aromático, em contrario do champenoise que se mostra mais cremoso e persistente”. Método Asti: Espumante Moscatel: “Diferente dos outros espumantes, que do mosto da uva elabora-se o vinho, para o Moscatel, parte-se diretamente do mosto da uva Moscato para o espumante. Ao mosto da uva adiciona-se a levedura e envia-se diretamente para o tanque de pressão, aonde acontecerá apenas uma fermentação parcial dos açúcares da uva. Quando o produto atingir um teor em volta de 7-8% de álcool, refrigerasse bruscamente o produto a -3ºC, o que leva a uma paralização total da fermentação, nesse momento filtra-se o produto, eliminando o fermento, possibilitando o seu engarrafamento para consecutivo consumo. Nesse método obtém-se sempre espumantes menos alcoólicos, suaves (parte ou totalmente doces naturais) e mais aromáticos”. A Don Giovanni, vinícola localizada em Bento Gonçalves, distrito de Pinto Bandeira, possui espumantes elaborados pelos três métodos.


Bisteca de porco na brasa Ingredientes Modo de preparo

1 kg de bisteca de porco Alho Sal LimĂŁo a gosto Mostarda

Tempere bem a carne e deixe descansar por uma hora. Para dar um toque especial, na hora de colocar na grelha, passe um pouco de mostarda. Assar bem dos dois lados e estĂĄ pronto para servir.

Obs: lembre-se de que a carne de porco ĂŠ extremamente saborosa e rica em vitaminas e sais minerais, mas deve ser consumida sempre bem assada.

41


Fernanda Tecchio Wronski, com os dindos Miriam Tecchio e Carlos Henrique Piccoli, que no dia 8 de outubro sobem ao altar da Igreja São Bento para o felizes para sempre

Diogo Beal e Diego Gehlen, proprietários da Mobi Store Ambientes

A designer Juliana Desconsi e Roberto Carraro, presidente da Expobento 2012

Diretor do São Paulo Fashion Week, Paulo Borges ao lado de Renata Zietolie

Créditos: Raquel Konrad, Eduarda Webber e Divulgação

Elise Di Bernardo e Elisângela Anhaia, comemorando o sucesso da La Maison

42


No lançamento do Yang Emana, Istela Amaral, gerente regional, Sirley Fronza, franqueada Bento Gonçalves e Patrícia Dias, modelo exclusiva Yang Modeladores

Equipe Multimóveis acompanhada do presidente da Movergs Ivo Cansan

Maria Carolina Dias Reginato, Mel de Assis, Giulia Perusso Bettim e Vicente Toniolo Braga na Omega Viratto com os looks da LP Modinha

July Nossal, Sandra Telli, Aline Martini Siviero, Vero Falcade, Morgana Megiolaro, Fernanda Scarton, Raquel de Marco, Beta Schmitz e Ricardo Rambo

Paula Oliveira, Anderson Pereto, Samantha Paz, Rodrigo Britzke, no Chá do Rotary

43


44

Jornal Design | Serra - Ed. VIII  

Um jornal diferente.