Page 1

28°

/Diário da Cidade/

Cidade/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

IMÓVEIS ABANDONADOS EM PETRÓPOLIS VIRARAM CASO DE POLÍCIA, AFIRMA SEMURB /Página3/

Política/////////////////////////

Economia//////////////////////

Cultura/////////////////////////

CÂMARA DEBATE PLANO DE MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA PÚBLICAS

ALTAS CONSECUTIVAS NOS PREÇOS DA GASOLINA INQUIETAM CONSUMIDORES NATALENSES

ARTISTA EXPÕE NAS RUAS SÉRIE SOBRE VIOLÊNCIA DE GÊNERO

/Página4/

/Página6/

/Página7/

Emuitomais...


/Diário da Cidade/

2

///////////////////////////////////////////////////////////////

/Cidade/

REUNIÃO ENTRE RODOVIÁRIOS E EMPRESAS DEFINE RUMOS DO TRANSPORTE PÚBLICO EM NATAL Sindicatos se reúnem nesta quarta, 16, para discutir propostas dos rodoviários, que pedem reajustes salariais; de acordo com diretores, acordo é possível e otimismo está mantido

Reportagem da Redação do Agora RN Imagem por José Aldenir/Agora Imagens Uma reunião entre o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn) e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro) está marcada às 9h da manhã desta quarta-feira, 16, e pode definir os rumos das negociações entre os empresários e os motoristas de ônibus. Os trabalhadores requerem um reajuste salarial de cerca de 5%, incluindo o vale alimentação e algumas alterações que estão na pauta da reunião de amanhã. O diretor de comunicação do Sintro, Harley Davidson, afirmou que os rodoviários estiveram em assembleia na semana passada para discutir as reivindicações feitas às empresas. Harley afirma que até o momento não há nenhuma proposta da Seturn. “Depois dessa reunião é que saberemos se as propostas avançaram ou não. De antemão, não há nenhum protesto marcado, nenhum tipo de paralisação, nem manifestação com relação a esse assunto. Tudo vai depender da reunião”, concluiu. O diretor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, afirma que as empresas estão prontas para ouvir o que os trabalhadores pedem e afirma que “não está muito difícil de um entendimento”. Para Nilson, o setor sofre com os aumentos e os

Serviço de transporte público rodoviários sabem reconhecer que o momento é difícil. “Eles tem consciência da situação, então estamos, de certo modo, otimistas de que o entendimento aconteça”, concluiu. Segundo o diretor da Seturn, um ônibus recebe em torno 150 L de diesel quando são abastecidos nas empresas. Sabendo que o valor em média desse combustível custa R$ 3,20 em Natal, apenas com este valor, há um gasto de R$ 480,00 por veículo. Tendo em vista que Natal possui uma frota efetiva de cerca de

/Diário da Cidade/

620 ônibus, apenas com o valor dos combustíveis, as empresas desembolsam mais de R$ 297 mil quando abastecem os transportes. A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) recebeu um ofício das empresas que apresenta um reajuste de R$ 0,65 nas passagens, que passariam a custar no total R$ 4,00. O Agora RN tentou entrar em contato com a Secretaria para saber o andamento da decisão do aumento, mas não obteve sucesso até o fechamento desta matéria.

Expediente Edição e Diagramação: Madson Bruno


/Cidade/

///////////////////////////////////////////////////////////////

3

IMÓVEIS ABANDONADOS EM PETRÓPOLIS VIRARAM CASO DE POLÍCIA, AFIRMA SEMURB Pedreiros responsáveis por selar as casas foram expulsos por viciados que invadiram os locais Reportagem por Geraldo Miranda Imagem por Portal No Ar

Os proprietários de casas abandonadas no Bairro de Petrópolis, na zona Leste de Natal, foram notificados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) a verificar a situação dos imóveis. O órgão recebeu denúncias de depredação e sujeira nos imóveis que se tornaram pontos de comércio de drogas e foco de problemas de saúde pública, como a dengue. Ao Portalnoar.com.br, a Semurb informou, nesta quinta-feira (17), que a responsabilidade dos proprietários é de “manter seus imóveis limpos e em perfeito estado de conservação segundo a lei. No caso de imóveis abandonados, eles têm de mantê-los fechados para que não sejam invadidos”. Outro ponto abordado pela secretaria é que o trecho percorrido pela reportagem é conhecido desde 2014. A Semurb informou ao que há quatro anos os donos não conseguem “alugar ou vender as casas”. Neste meio tempo, nove imóveis foram saqueados. Os prédios tiveram portas, portões e outras estruturas internas roubadas e passaram a servir de morada para moradores de ruas e usuários de drogas. A secretaria contabiliza apenas quatro. “Sempre que eles iam fazer a manutenção ou fechamento para evitar o acesso de terceiros, os pedreiros eram expulsos do local. Sendo assim, hoje a localidade se transformou em caso de polícia. O que não tira a responsabilidade dos proprietários dos imóveis. Eles alegam que não conseguem cuidar de seus imóveis nem vender ou

Casas abandonadas no Bairro de Petrópolis, na zona Leste de Natal, alugar”, informou a Semurb. A lei Nº 0325/2011, que rege os casos apresentados, “obriga os proprietários de terrenos privados e particulares, edificados ou não, situados e registrados no Município de Natal a cercar ou murar a totalidade do seu bem, ou imóvel independente do tamanho. Além de mantê-los cercados em perfeito estado de limpeza (Artigo 2º)”. “Alguns proprietários já foram intimados a comparecer na Semurb, onde foi lavrado o termo de Comparecimento e Audiência com dois deles, que denunciaram que, apesar de varias tentativas de limpar e murar seus imóveis, os pedreiros foram expulsos por moradores de ruas e usuários de entorpecentes, não

permitindo o fechamento dos imóveis. Um deles inclusive fechou a entrada aumentando o muro em três metros, mas parte dele foi derrubado e invadido”, informou a secretaria. O próximo passo da Semurb, em caso de reincidência, é advertir o morador e aplicar uma multa, que varia pelo tamanho. Se o imóvel/terreno tiver de 50m² a 100m², a multa é de R$1 mil. A partir de 650m², multa será de R$ 10 mil. Hoje o canal de denúncia para problemas com imóveis abandonados é o telefone da Ouvidoria da Semurb (84) 3616-9829 ou a Ouvidoria da Prefeitura do Natal no (84) 3232-6748 / 6389.


/Diário da Cidade/

4

///////////////////////////////////////////////////////////////

/Política/

CÂMARA DEBATE PLANO DE MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA PÚBLICAS DE NATAL Vereador Felipe Alves (MDB), propositor da audiência, explicou que o propósito da audiência é diagnosticar o que precisa ser feito para que o plano seja elaborado e executado

Reportagem da Redação do Agora RN Imagem por Elpídio Júnior

A Câmara Municipal de Natal realizou, na tarde desta quarta-feira (16), uma audiência pública para discutir a criação de um plano de manutenção preventiva permanente das obras públicas de infraestrutura da capital potiguar. O vereador Felipe Alves (MDB), propositor da audiência, explicou que o propósito da audiência é diagnosticar o que precisa ser feito para que o plano seja elaborado e executado. “Nós temos hoje uma necessidade de dar uma prioridade à manutenção. Nós temos exemplos como a Ponta de Igapó que carece de obras de manutenção. Precisamos manter essas estruturas e conserválas sem que elas estejam em situações críticas para reparos emergenciais. Porque a manutenção tem um custo bem inferior aos custos de obras emergenciais”, contou. A audiência foi marcada há cerca de quatro meses, mas o tema se tornou atual essa semana, por conta de um relatório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) que detectou problemas estruturais na Ponte do Potengi Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte de Igapó, e que diagnosticou a falta de um plano de manutenção da infraestrutura pública

Câmara Municipal de Natal “A gente vem reforçar, porque hoje vemos estruturas urbanas degradadas e precisando de recuperação. Diante disso a gente solicita do Poder Público esse plano para que, não só seja feita a reparação, mas também garantir os cuidados necessários às estruturas que estão boas. Já solicitamos esse plano, mas até agora não tivemos resposta”, explicou Ana Adalgisa, presidente do Crea,

"Nosso maior problema na cidade é o lixo jogado na rua nos dias que não são os de coleta. Esse lixo obstrui todas as galerias, quando chove."

O secretário de Obras Públicas (Semov), Tomáz Neto, disse que a Prefeitura possui um diagnóstico para solucionar todos os problemas da infraestrutura da cidade, mas disse que faltam recursos. De acordo com ele, seruam necessários investimentos na ordem de R$ 1,5 bilhão em 10 anos para resolvê-los. E sobre as lagoas de captação, e ele culpou a falta de educação da população pelos problemas de alagamento na cidade. “Nós temos uma programação de manutenção para o sistema de drenagem, mas antes de pensarmos em fazer a manutenção, temos que partir para educar a população. Nosso maior problema na cidade é o lixo jogado na rua nos dias que não são os de coleta. Esse lixo obstrui todas as galerias, quando chove. Além disso temos o problema de esgotamento das residências. Quando a fossa enche, a pessoa não disponibiliza poucos recursos para a limpeza, faz uma ligação clandestina, o que termina poluindo as lagoas de captação”, explicou; Entre os encaminhamentos, o vereador Felipe Alves espera que todos os envolvidos possam encontrar uma forma para elaborar o plano e executá-lo. O vereador Sueldo Medeiros (PHS) também participou da audiência.


/Política/

///////////////////////////////////////////////////////////////

TCE E UFRN APRESENTAM NESTA SEXTA RELATÓRIO SOBRE DADOS ABERTOS EM NATAL

5

São avaliadas dimensões como finanças públicas, dados socioeconômicos, legislativos e eleitorais, serviços públicos, informações geolocalizadas e indicadores ambientais Reportagem da Redação do Agora RN Imagem por José Aldenir/Agora Imagens

Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) O Tribunal de Contas do Estado

São Paulo e Uberlândia foram as

(TCE/RN) sediará nesta sexta-feira, dia

cidades analisadas nesta fase do

18

levantamento.

de

maio,

apresentar,

um

em

evento

parceria

para

com

o

dados

da

O

lançamento

capital

potiguar

São avaliadas dimensões como

dos

finanças

será

socioeconômicos,

Laboratório de Governança Pública

realizado no auditório do TCE, a partir

eleitorais,

da

públicas,

dados

legislativos

serviços

e

públicos,

das 8h30, do dia 18 de maio. As

informações

Grande do Norte (UFRN), o resultado

inscrições

indicadores ambientais. Além disso, é

do levantamento do índice de dados

disponíveis

Universidade

Federal

do

Rio

abertos da cidade de Natal.

estão

abertas

e

pelo

estão link

Diretoria

Análise

de

http://www.tce.rn.gov.br/EscolaConta s/Inscricoes.

governos de fornecer dados abertos, compreensíveis e fáceis de serem

O índice leva em consideração o

usados.

tipo de dado que é divulgado, os

Públicas da Fundação Getúlio Vargas

formatos, a facilidade de acesso e a

(DAPP/FGV) com o objetivo de avaliar

transformação

em

líderes locais que, ao longo do ano de

o estado da política de dados abertos

informação, entre outros. O estudo

2017, contaram com capacitação e

nos municípios.

revela que apenas 1 em cada 4 bases

suporte

de dados avaliadas pelo Índice de

Knowledge e da Diretoria de Análise

Dados Abertos de 2018 está 100%

de Políticas Públicas da Fundação

aberta.

Getúlio Vargas (FGV/DAPP).

Horizonte,

de

parâmetro

Políticas

Belo

de

um

e

referência sobre a capacidade dos

Trata-se de um estudo realizado pela Open Knowledge Brasil e pela

oferecido

geolocalizadas

Brasília,

Natal,

Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador,

dos

dados

As avaliações ficaram a cargo de

das

equipes

da

Open


/Diário da Cidade/

6

///////////////////////////////////////////////////////////////

/Economia/

ALTAS CONSECUTIVAS NOS PREÇOS DA GASOLINA INQUIETAM CONSUMIDORES NATALENSES É o velho fantasma do combustível caro que assombra consumidores ao longo da história. Mas a impressão agora é de que os preços podem ficar insustentáveis no orçamento

Reportagem da Redação do Agora RN Imagem por José Aldenir /Agora Imagens

A Câmara Municipal de Natal realizou, na tarde desta quarta-feira (16), uma audiência pública para discutir a criação de um plano de manutenção preventiva permanente das obras públicas de infraestrutura da capital potiguar.

O secretário de Obras Públicas (Semov), Tomáz Neto, disse que a Prefeitura possui um diagnóstico para solucionar todos os problemas da infraestrutura da cidade, mas disse que faltam recursos. De acordo com ele, seruam necessários investimentos na ordem de R$ 1,5 bilhão em 10 anos para resolvê-los. E sobre as lagoas de captação, e ele culpou a falta de educação da população pelos problemas de alagamento na cidade.

O vereador Felipe Alves (MDB), propositor da audiência, explicou que o propósito da audiência é diagnosticar o que precisa ser feito para que o plano seja elaborado e executado. “Nós temos hoje uma necessidade de dar uma prioridade à manutenção. Nós temos exemplos como a Ponta de Igapó que carece de obras de manutenção. Precisamos manter essas estruturas e conserválas sem que elas estejam em situações críticas para reparos emergenciais. Porque a manutenção tem um custo bem inferior aos custos de obras emergenciais”, contou. A audiência foi marcada há cerca de quatro meses, mas o tema se tornou atual essa semana, por conta de um relatório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) que detectou problemas estruturais na Ponte do Potengi Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte de Igapó, e que diagnosticou a falta de um plano de manutenção da infraestrutura pública “A gente vem reforçar, porque hoje vemos estruturas urbanas degradadas e precisando de

Gasolina a peso de ouro em Natal. recuperação. Diante disso a gente solicita do Poder Público esse plano para que, não só seja feita a reparação, mas também garantir os cuidados necessários às estruturas que estão boas. Já solicitamos esse plano, mas até agora não tivemos resposta”, explicou Ana Adalgisa, presidente do Crea,

“Nós temos uma programação de manutenção para o sistema de drenagem, mas antes de pensarmos em fazer a manutenção, temos que partir para educar a população. Nosso maior problema na cidade é o lixo jogado na rua nos dias que não são os de coleta. Esse lixo obstrui todas as galerias, quando chove. Além disso temos o problema de esgotamento das residências. Quando a fossa enche, a pessoa não disponibiliza poucos recursos para a limpeza, faz uma ligação clandestina, o que termina poluindo as lagoas de captação”, explicou; Entre os encaminhamentos, o vereador Felipe Alves espera que todos os envolvidos possam encontrar uma forma para elaborar o plano e executá-lo. O vereador Sueldo Medeiros (PHS) também participou da audiência.


/Cultura/

///////////////////////////////////////////////////////////////

EU PUTA, ELE SANTO: ARTISTA EXPÕE NAS RUAS SÉRIE SOBRE VIOLÊNCIA DE GÊNERO Reportagem por Rafael Duarte Imagem por Catarina Santos

A intervenção EU PUTA, ELE SANTO estreou essa semana na rua Chile, bairro da Ribeira, Natal (RN), com a temática de violência de gênero sofrida pela artista e ativista Catarina Santos. A pedido da Agência Saiba Mais, ela explica o processo de construção da série e conta que vai ampliar a intervenção para outras regiões da cidade.

7


/Diário da Cidade/

8

///////////////////////////////////////////////////////////////

/Esporte/

SEM POTIGUAR, TITE CONVOCA SELEÇÃO BRASILEIRA PARA COPA DO MUNDO

Expectativa da presença do potiguar Rodriguinho, meia do Corinthians, não foi confirmada

Reportagem da Redação Portal No Ar Imagem por Agora Imagens O técnico da seleção brasileira, Tite, revelou nesta segunda-feira (14) a lista dos convocados para a Copa do Mundo da Rússia. A expectativa da presença do potiguar Rodriguinho, meia do Corinthians, não foi confirmada. O comandante do time verde e amarelo não surpreendeu e chamou os atletas mais cogitados.

Tite não convocou o potiguar Rodriginho.

Em entrevista coletiva, Tite confirmou que a lista só foi fechada poucos minutos antes do anúncio, por volta das 13h15. O Brasil estreia em 17 de junho, enfrentando a Suíça, em Rostov On Don. Depois, pega a Costa Rica, no dia 22, em São Petersburgo, e encerra a participação no Grupo E contra a Sérvia, no dia 27, em Moscou. A seleção brasileira se apresenta no dia 21, próxima segunda-feira, para um período inicial de treinos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Nessa primeira fase, serão realizadas avaliações físicas e os primeiros treinos com bola. Mas o grupo não estará completo. Casemiro e Marcelo, do Real Madrid, e Roberto Firmino, do Liverpool, só se apresentam na Europa, pois em 26 de maio participam da final da Liga dos Campeões da Europa, em Kiev. A delegação viaja para Londres no dia 27. Na Inglaterra, fará a fase final de preparação até 8 de junho, incluindo um amistoso contra a Croácia, no dia

3, em Liverpool. No dia 9, o grupo viaja para Viena, onde enfrenta a Áustria em 10 de junho. O embarque para Sochi, quartel-general da seleção na primeira fase da Copa, será depois da partida

Confira a lista completa Goleiros: Alisson (Roma-ITA),

Cássio (Corinthians-BRA) e Ederson (Manchester City-ING); Zagueiro: Danilo (Manchester City-ING), Pedro Geromel (Grêmio-BRA), Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP), Marcelo (Real Madrid-ESP), Marquinhos (PSGFRA), Miranda (Internazionale-ITA), Fagner (Corinthians-BRA), Thiago Silva (PSG-FRA); Meias: Casemiro (Real MadridESP), Fernandinho (Manchester City-ING), Fred (Shakhtar DonetskUCR), Paulinho (Barcelona-ESP), PhillipeCoutinho (BarcelonaESP), Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN), Willian (Chelsea); Atacantes: Douglas Costa (Juventus-ITA), Firmino (LiverpoolING), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Neymar (PSG-FRA), Taison (Shakhtar Donetsk-UCR).

Diário da Cidade  

Trabalho acadêmico realizado como um exercício para a disciplina de Planejamento Gráfico. Diagramado no Scribus. As imagens e reportagens s...

Diário da Cidade  

Trabalho acadêmico realizado como um exercício para a disciplina de Planejamento Gráfico. Diagramado no Scribus. As imagens e reportagens s...

Advertisement