Page 1

Ano 11, Edição 120 - fevereiro de 2013

INFORMATIVO

GRUPO ESPÍRITA BENEFICENTE MARIA DOLORES 1.999 - 2013

Rua 19 nº 768, Bairro São Judas Tadeu, Jales-SP

O Espiritismo é apresentado por Kardec, sob a orientação do Espírito da Verdade, como uma sequência natural do Cristianismo. É o cumprimento da promessa evangélica de Jesus, de enviar à Terra o Consolador, que completaria o seu ensino, esclarecendo os homens a respeito daquilo que ele só pudera ensinar através de alegorias, no seu tempo. Os homens de então não estavam em condições de compreender o fenômeno natural da comunicação espírita, que misturavam com sistemas de magia e interpretações supersticiosas. Em A Gênese, Kardec esclarece, no primeiro capítulo, que era necessária a evolução das ciências, o progresso dos conhecimentos, o desenvolvimento intelectual, para que o Espiritismo fizesse seu aparecimento, como doutrina, em nosso mundo. Assim sendo, o Espiritismo tem como base as Escrituras, tem seus fundamentos na Bíblia. Mas é claro que o conceito espírita da Bíblia não pode ser igual ao das religiões que ficaram no passado, apegadas às formas sacramentais de magia, aos ritos materiais e aos cultos exteriores do

Os fenômenos mediúnicos e a Bíblia próprio paganismo. A Bíblia não pode ser, para o espírita esclarecido, a "palavra de Deus", pois é um livro escrito pelos homens, como todos os outros livros, e é, principalmente, um conjunto de livros em que encontramos de tudo, desde as regras simplórias de higiene dos judeus primitivos até as lendas e tradições do povo hebreu, misturadas às heranças dos egípcios e babilônios. O Espiritismo ensina a encarar a Bíblia como um marco da evolução religiosa na Terra, mas não faz dela um novo bezerro de ouro. É difícil falarmos da Bíblia a pessoas apegadas ao processo de fanatismo religioso de algumas seitas obscurantistas, que chegam, em pleno século vinte, ao cúmulo de renegarem a cultura, para só aceitarem os escritos judeus da época das civilizações agrárias. São pessoas simples e crentes, que merecem o nosso respeito, mas inteiramente

incapazes de compreender o problema bíblico. Isso, entretanto, não deve impedir-nos de esclarecer esse problema à luz dos princípios espíritas. A Bíblia não condena o Espiritismo. Pelo contrário, a Bíblia confirma o Espiritismo, como demonstraremos. Basta lembrar o caso de Samuel, atormentado pelo espírito mau, aliviado pela mediunidade de Davi, que usava a música para afastá-lo. Caso típico de mediunidade curadora, constante de Samuel 16: 14-23. E o colégio de médiuns que acompanhava Moisés no deserto? E assim por diante, da primeira à última página da Bíblia. Mas o pior cego é aquele que não quer enxergar. J. Herculano Pires


Página 02

Jesus

delo, e a doutrina que ensinou é a mais pura expressão de sua lei, porque, sendo Jesus o ser mais puro que já apareceu na Terra, o Espírito Divino o animava”.

coragem, paciência, tolerância e perdão, especialmente no episódio da crucificação.

Dando prova, finalmente, da imortalidade, com a Na questão 625 de O Lisua ressurreição, abriu vro dos Espíritos, Allan para a Humanidade uma Kardec pergunta: Qual o Essa questão, inúmeras vezes lembrada, merece nova visão de vida que tipo mais perfeito que uma análise. Apesar das ultrapassa os limites da Deus tem oferecido ao morte física. Com seus homem para lhe servir de deturpações realizadas pelos homens por meio ensinos e exemplos espaguia e modelo? E recebe das instituições por eles lhou a verdade, que agora uma resposta simples e 1 criadas, uma observação se destaca ainda mais direta: “Jesus”. com o advento do ConsoComentando o assunto, o feita, com total isenção, sobre a presença de Jesus lador Prometido. Codificador observa: na Terra, mostra que Ele “Para o homem, Jesus representa o tipo da per- deixou uma Doutrina que Aqueles que estão confeição moral a que a Hu- ampliou e aprofundou, no victos dessa realidade manidade pode aspirar na sentido da valorização do assumem, naturalmente, o Terra. Deus no-lo oferece amor e do conhecimento, dever, consigo mesmos, como o mais perfeito mo- os mandamentos recebi- de trabalhar, nesta e nas próximas reencarnações, dos por Moisés. no propósito de substituir Observa-se isso os seus velhos e viciados nos ensinos do Sermão da Monta- hábitos por novos, decornha, nas parábolas, rentes da vivência do para a compreen- Evangelho e formados à luz da Doutrina de Jesus, são do Reino de Deus, e nas inúme- que é a expressão das ras oportunidades Leis de Deus. “Se sabeis estas coisas, bemde conversação aventurados sois se as fizerque teve, não só des.”2 – Jesus com os seus discí- Nestor João Masotti – Presidente licenciado da FEB pulos, mas também com as demais pessoas com quem conviveu.

adotado quando encarnado, que foi médico no século XVIII. A “entidade” assim se comunicou com o médium mentalmente: - Papel e lápis, meu filho. Vou lhe ditar a fórmula de uma pomada que deverá curar e aliviar a muitos. Surpreso, mas acostumado ao intercâmbio espiritual, João Nunes Maia apanha um pedaço de papel que embrulhava volumes do livro “Além do Ódio” e um lápis e anota a fórmula do abençoado unguento. - Que nome darei para a pomada? – pensa o médium. - Pomada Vovô Pedro – esclarece o Espírito, que não deixa de notar a surpresa de Nunes Maia pela simplicidade do nome da pomada, e completa: - É preferível que as coisas simples tenham nomes simples. E faz uma importante observação sobre a gratuidade do unguento: - O preço desse medicamento deverá ser, apenas, um Deus Além disso, deiLhe Pague. xou os exemplos Qual a sua fórmula? de profundo amor – De acordo com a para com tudo que Sociedade Espírita Maria – No ano de 1973, durante o Nunes (SEMAN), a fórmula a Natureza apresenta, em especial lançamento do livro “Além é um produto medicinal considerando as para com os seres do Ódio”, de autoria do Espírito Sinhozinho propriedades terapêuticas de humanos: curou Cardoso, psicografado pelo plantas e produtos naturais, os enfermos, deu médium João Nunes Maia, de comer aos fa- na Colônia Santa Isabel, em como própolis, erva-debicho, ipê-roxo e o mintos, acolheu e Betim, próximo de Belo condurango, não orientou os aflitos Horizonte, o médium João apresentando efeitos e perturbados de Nunes Maia, percebeu a colaterais. toda ordem, e deu presença do Espírito de Jornal Espírita de Uberaba – Ano Franz Anton Mesmer, nome 5 – Nº 72 – Setembro/2012 testemunho de

A origem da Pomada Vovô Pedro.


Página 03

Como devem agir os que se dizem cristãos.

Segundo Joanna de Ângelis, ao descer das Regiões Felizes ao vale das aflições para nos ajudar, Jesus mostrou-nos como devem agir os que se dizem cristãos. Ele não convocou a si os privilegiados, mas os infelizes, os rebeldes, os rejeitados, suportando suas mazelas e amando-os. Recordando o exemplo do Mestre, a mentora espiritual de Divaldo P. Franco nos recomenda (Leis Morais da Vida, cap. 31): “Atesta a tua confiança no Senhor e a excelência da tua fé mediante

a convivência com os irmãos mais inditosos que tu mesmo. Sê-lhes a lâmpada acesa a clarificar-lhes a marcha. Nada esperes dos outros. Sê tu quem ajuda, desculpa, compreende. Se eles te enganam ou te traem, se te censuram ou te exigem o que te não dão, ama-os mais, sofre-os mais, porquanto são mais carecentes de socorro e amor do que supões. Se conseguires conviver pacificamente com os amigos difíceis e fazê-los companheiros, terás logrado êxito, porquanto Jesus em teu coração estará sempre refletido no trato, no intercâmbio social com os que te buscam e com os quais ascendes na direção de Deus.” O Consolador - http:// www.oconsolador.com.br

MOCIDADE EM FOCO! JOVEM EM AÇÃO.

Neste ano de 2013 a Mocidade Espírita Ivan de Albuquerque completa 18 anos de Retiro Espiritual por ocasião do Carnaval. Somente na Casa de Madô são 13 anos de retiro ininterruptos. Os quatro dias de convivência é preparação para melhor

entendimento das responsabilidades existenciais e para que os corações juvenis possam se preparar para dar continuidade à vida da casa e do movimento espírita do futuro. São momentos agradáveis de reflexão, meditação, teatro, lazer e boa conversa, além de momentos de descontração em torno de um bom filme e pipoca. Jovem! Seja participante da mocidade. Informe-se com os dirigentes desta abençoada casa, a casa de Madô.

DOUTRINA EM FOCO !

O Evangelho Segundo o Espiritismo Dom de curar Restituí a saúde aos doentes, ressuscitai os mortos, curai os leprosos, expulsai os demônios. Dai gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido. (S. MATEUS, cap. X, v. 8.) “Dai gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido”, diz Jesus a seus discípulos. Com essa recomendação, prescreve que ninguém se faça pagar daquilo

por que nada pagou. Ora, o que eles haviam recebido gratuitamente era a faculdade de curar os doentes e de expulsar os demônios, isto é, os maus Espíritos. Esse dom Deus lhes dera gratuitamente, para alívio dos que sofrem e como meio de propagação da fé; Jesus, pois, recomendavalhes que não fizessem dele objeto de comércio, nem de especulação, nem meio de vida. O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XXVI, itens 1 e 2


Página 04

Censo Religioso 2010. Estudos divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) e realizado pelo mestre em ciências das religiões Jeferson Betarello, mostram o crescimento de espíritas em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. No país a população cresceu 12% e os espíritas tiveram um crescimento de 70% ao todo. No Estado de São Paulo a população ficou em 11% e os espíritas cresceram para 74%. A capital paulista obteve um aumento de 85,6% em apenas uma década, saindo de 286.600 para 531.822.

ticos. Os espiritualizados Uma questão de não religiosos tiveram um risco 77% maior de abusar de drogas. Eles também foram muito mais propensos a sofrer de transtornos alimentares, fobias e neuroses. TER FÉ, MAS SEM Os autores do artigo, lipelo professor RELIGIÃO, ELEVA derados Michael King, reconheO RISCO DE cem que são necessários TRANSTORNOS. outros estudos para realmente destrinchar e exPessoas espiritualizadas, mas que não seguem uma plicar essa relação entre religião formal, são mais os espiritualizados e os transtornos mentais. propensas a sofrerem de Eles, no entanto, sugetranstornos mentais do rem uma explicação, que ateus e religiosos mesmo que parcial, para "tradicionais". o fenômeno: a falta da O trabalho, feito pelo estrutura de uma religião University College Lonformal na busca espiritudon e publicado no al pode deixar os crentes "British Journal of mais vulneráveis aos Psychiatry", entrevistou 7.400 pessoas na Inglater- problemas mentais. ra, das quais 35% seFonte: guiam uma religião, 19% "Folha de S.Paulo": www1.folha.uol.com.b eram espiritualizadas e r/ciencia/1213171-ter-fe-mas46% não eram uma coisa sem-religiao-eleva-risco-denem outra, ateus e agnós- transtornos.shtml

Fé!

DOUTRINA EM FOCO ! ções que eles

O ENSINAMENTO façam esponDOS ESPÍRITOS, taneamente, SEGUNDO KARDEC servindo-se de grande número de médiuns séria existe para estranhos uns o ensino dos Es- aos outros e píritos: a concor- em vários dância que haja lugares." entre as revelaAllan Kardec. "Uma só garantia

AGENDE-SE Fevereiro de 2013 Palestras domingo 19h30min 3–ANTONIO CARLOS NAVARRO (S.J.Rio Preto) 10–IVAN CASSIO (Jales) 17–MELINA (Jales) 24– RICHARD SIMONETTI (Bauru)

CURSOS: Quinta-Feira: O livro dos Espíritos-20 h Sexta-Feira: Obras de André Luiz - 20h Sábado: O Ser Consciente-9h PLANTÃO DE PASSE -2ª, 3ª, das 18h30min as 19h15min . -5ª as 17h30min -6º das 19h as 19h30min Veja no mural as atividades da casa e participe conosco!

"Aquele que sabe limitar seus desejos e vê sem inveja o que está acima de si, poupa-se a muitas decepções desta vida." Allan Kardec

Se você deseja realizar o “Evangelho no Lar”, procure-nos, teremos imenso prazer em ir a sua casa para apresentarmos as diretrizes para este momento tão especial.

Fale conosco! Visite: www.madoespirita.org.br www.addavid.blogspot.com http://www.facebook.com/ GEBMariaDolores

Informativo nº 120 do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores  

Informativo nº 120 do Grupo Espírita Beneficente Maria Dolores

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you