Page 1

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

2012 1


RELATÓRIO E CONTAS

2

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

2012 1


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

ÍNDICE INDEX

2

Mensagem Conjunta dos Presidentes do Conselho de Administração e da Comissão Executiva Joint message from the Presidents of the Board of Directors and of the Executive Commission

p. 07

Principais Referências Main References a. Síntese dos Principais Indicadores A. Summary of Main Indicators b. Órgãos Sociais B. Governing Bodies c. Destaques do Ano 2012 C. Highlights of the Year 2012

p. 13

Enquadramento Macroeconómico Macroeconomic Framework a. Contexto Internacional a. International Context b. Contexto Angolano b. Angolan Context

p. 19

desenvolvimento do negócio Business Development a. Serviços de Banca de Retalho a. Retail Banking Services b. Serviços de Empréstimos b. Loan Services c. Outros Serviços Bancários c. Other Banking Services

p. 25

p. 15 p. 16 p. 17

p. 21 p. 22

p. 27 p. 28 p. 29


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS human Resources management

p.33

proposta de aplicação de resultados Net Profit Appropriation Proposal

p.39

relatório do conselho de administração Report of the Board of Directors

p. 43

Relatório de Auditoria Audit Report

p. 48 P. 50

Relatório e Parecer do Conselho Fiscal Report and Opinion of the Supervisory Committee

p. 54 P. 56

demostrações financeiras Financial Statements a. Balanço a. Balance Sheet b. Demonstração de Resultados b. Income Statements c. Mapa de Mutações de Fundos Próprios c. Table of Changes in Own Capital d. Mapa dE Fluxos de Caixa d. Cash Flow Statement e. Notas Explicativas e. Explanatory Notes f. Anexos às Demonstrações Financeiras f. Financial Statements Exhibits

p. 59 p. 60 p. 61 p. 62 P. 63 p. 64 P. 65 p. 66 p. 90

3


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

NOTA | note no interesse da facilidade de leitura, os dados numéricos estarão todos inscritos segundo o sistema português. In the interest of easier readability, all numerical data is entered in accordance with the Portuguese numerical system for whole and decimal figures. FONTE | Source http://www.bna.ao (A Nova Família do Kwanza) The language of Panos: dress and fashion in Angola, Xénia Flores Ribeiro, National Museum of Costume – Lisbon http://www.anniecicatelli.com/tecidos.htm http://www.opais.net

4


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Os Panos THE PANELS Utilizados como roupa, os Panos serviram também de moeda, tendo sido utilizados como mensageiros e objectos estéticos. Desde sempre foram uma mercadoria-moeda de larga circulação entre os povos locais, sucedendo praticamente ao “Zimbo”. Actualmente continuam a fazer parte do dia-a-dia de todos os angolanos, colorindo praças e mercados. Worn as apparel, the Panels once were used also as currency, as messengers, and even as aesthetic objects. Since they became a trade-currency which achieved large circulation among local peoples, practically replacing the “Zimbo”. Today, they are still part of every Angolan’s daily life, bringing colour to city squares and market places.

5


RELATÓRIO E CONTAS

6

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


01 Mensagem Conjunta dos Presidentes do Conselho de Administração e da Comissão Executiva

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Joint message from the PresidentS of the Board of Directors and of the Executive Commission

Na acepção da época, os Panos consistiam em pequenos pedaços de tecido, feitos à base das fibras da palmeira-bordão e tinham, geralmente, a dimensão duma mabela. In their initial conception, the Panels were small squares of fabric made from fibres of the raffia palm (Raphia textilis Welwitschia) and were originally about the size of a mabela.

7


RELATÓRIO E CONTAS

8

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Mensagem Conjunta dos Presidentes do Conselho de Administração e da Comissão Executiva

Joint message from the PresidentS of the Board of Directors and OF the Executive Commission

Exmos Senhores, o ano de 2012 foi um ano de consolidação das parcerias no quadro de programas de fomento a Micro Finanças e ao empreendedorismo, com destaque aos programas do Fincafé, Angola Investe, Crédito Amigo (Mapess) e Crédito de Campanha Agrícola e de Investimento (BDA).

Ladies and Gentlemen, the Year 2012 was a year of consolidation of the partnerships within the framework of our programs for the promotion of Microfinance and entrepreneurship, with particular focus on the programs Fincafé, Angola Investe, Crédito Amigo (Mapess) and Crédito de Campanha Agrícola e de Investimento (BDA) (Agriculture and Investment Credit Campaign).

O Balanço patrimonial do Banco cresceu 11%, em 2012, situando-se o Activo líquido em 100,8 milhões de USD. Para esse desempenho contribuíram o crescimento da carteira de depósitos e a captação para liquidez. O Banco fez um esforço para adequar o Crédito concedido a Clientes nos anos transactos aos objectivos de qualidade da carteira e de cumprimento do Instrutivo Nº 09/07 de 12 de Setembro, sobre o risco de crédito por maturidades. Em termos de Exploração, o Produto Bancário cresceu 5% comparativamente ao ano anterior, no qual se destaca o desempenho da Margem financeira, que apresentou um crescimento de 85%. Os custos de estrutura, com ênfase para a rubrica de Custos com pessoal e Fornecimentos de terceiros apresentaram um desenvolvimento de 14% e 17% respectivamente. O resultado de exploração foi positivo em USD 97 milhares, impulsionado pelo nível de provisões constituído e pelo desempenho da margem complementar. O rácio de eficiência e de produtividade, Cost-to-income, fixou-se nos 86% contra 73% do ano anterior, e o valor dos Custos de estrutura em face ao Activo registou um rácio de 16% comparado com 12% do ano anterior. Ao nível de adequação de capital, o rácio de solvabilidade foi de 5%, a posição cambial foi curta, sendo que a exposição foi de – 88%.

The Bank’s Patrimonial Balance Sheet grew by 11% in 2012, with net Assets of USD 100,8 million. The boost in deposits portfolio and liquidity funding contributed greatly to this performance results. The Bank made an effort to adjust credit granted to Clients in previous years to the quality objectives for the portfolio, and compliance with Instruction Nr. 09/07 of September 12th on credit risk by maturities. In Operational terms, Bank Product grew 5% when compared to the previous year, with special reference to the financial Margin which registered an increase of 85%. Structure costs, with particular reference to the headings for Staff Costs and Supplies from Third Parties, showed an evolution of 14% and 17% respectively. The positive Operational result of USD 97 thousand was driven by the level of provisions that was instituted and the performance of the complementary margin. Efficiency and productivity ratio, Cost-to-income, stood at 86%, against last year’s 73% and the value of Structure Costs in relation to Assets showed a ratio of 16%, in comparison with the previous year’s 12%. On the level of capital adequacy, the solvability ratio was 5%, with a short currency position with an exposure of – 88%.

9


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

O Conselho de Administração manifestou também o apreço e agradecimento aos Clientes, pela confiança em nós depositada, às Entidades com quem nos relacionamos, pelo seu apoio e aos nossos Colaboradores, pelo seu profissionalismo e dedicação.

The Board of Directors also expressed their appreciation and thanks to Clients, for the trust placed in us, to all Entities with whom we maintain relations for their support, and to all our Staff for their professionalism and dedication.

Mário Alberto dos Santos Bárber Presidente do Conselho de Administração

Mário Alberto dos Santos Bárber President of the Board of Directors

Ari César Figueiredo de Carvalho Presidente da Comissão Executiva

Ari César Figueiredo de Carvalho President of the Executive Committee

10


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

11


RELATÓRIO E CONTAS

12

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


02

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Principais referências

Main References

A. Síntese Dos Principais Indicadores B. Órgãos Sociais C. Destaques Do Ano 2012

A. Summary of Main Indicators B. Governing Bodies C. Highlights of the Year 2012

Os Panos tiveram duas origens distintas: o Congo e o Luango, onde os contratadores iam adquiri-los, trazendo-os para Luanda, e onde por sua vez circulavam como mercadoria-moeda. Os do Luango chamavam-se “libongos” e dividiam-se em “bongos”, “sangos” e “infulas”, enquanto os do Congo, denominados “panos limpos”, se repartiam, consoante o tamanho, em “cundis” e “meios cundis”. The Panels had two distinct places of origin: Congo and Luango, where contractors bought them and brought them to Luanda where they were used as commodity-money. Those from Luango were called “libongos” and were divided into “bongos”, “sangos” and “infulas”, whereas those from Congo, called “clean cloths”, were split, according to size, into “cundis” and “half cundis”.

13


RELATÓRIO E CONTAS

14

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

a. Síntese dos Principais Indicadores SÍNTESE DOS PRINCIPAIS INDICADORES SUMMARY OF THE PRINCIPAL INDICATORS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

a. Summary of Main Indicators

UNIDADE UNIT

31 DEZ 2012 31 DEC 2012

31 DEZ 2011 31 DEC 2011

VARIAÇÃO • VARIATION ABSOLUTA ABSOLUTE

RELATIVA RELATIVE

BALANÇO PATRIMONIAL PATRIMONIAL BALANCE SHEET Activo Líquido • Net Assets

Milhares USD • Thousands USD

100.815

91.023

9.792

11%

Crédito a Clientes Líquido • Net Credit Granted to Client

Milhares USD • Thousands USD

63.896

57.158

6.738

12%

Aplicações de Liquidez • Liquidity Applications

Milhares USD • Thousands USD

-

-

-

-

Obrigações e Outros Títulos • Bonds and Other Financial Instruments

Milhares USD • Thousands USD

-

1.180

(1.180)

-100%

Imobilizações • Fixed Assets

Milhares USD • Thousands USD

10.882

10.080

802

8%

Depósitos • Deposits

Milhares USD • Thousands USD

36.455

34.439

2.016

6%

Passivo • Liabilities

Milhares USD • Thousands USD

93.792

84.060

9.732

12%

Fundos Próprios • Own Funds

Milhares USD • Thousands USD

7.023

6.963

60

1%

ACTIVIDADE ACTIVITY Margem Financeira • Financial Margin

Milhares USD • Thousands USD

8.682

4.668

4.014

86%

Margem Complementar • Complementary Margin

Milhares USD • Thousands USD

3.290

6.711

(3.421)

-51%

Produto Bancário • Bank Product

Milhares USD • Thousands USD

11.972

11.379

593

5%

Custos Totais • Total Costs

Milhares USD • Thousands USD

(16.016)

(11.209)

(4.807)

43%

Custos com Pessoal • Personnel Costs

Milhares USD • Thousands USD

(5.469)

(4.779)

(690)

14%

Custos com FST • FST Costs

Milhares USD • Thousands USD

(4.054)

(3.473)

(581)

17%

Custos Operacionais • Operating Costs

Milhares USD • Thousands USD

(10.297)

(8.252)

(2.045)

25%

Turnover • Turnover

Milhares USD • Thousands USD

20.238

14.460

5.778

40%

Cash-Flow • Cash-Flow

Milhares USD • Thousands USD

1.675

3.127

(1.452)

-46%

Resultado Ilíquido • Net income

Milhares USD • Thousands USD

97

493

(396)

-80%

Número de Acções • Number of Shares

Unidade • Unit

1.990.000

1.990.000

-

0%

Número de Funcionários • Number of Employees

unidade • Unit

249

234

15

6%

Número de Balcões • Number of Branches

unidade • Unit

21

17

4

24%

Número de Contas • Number of Accounts

unidade • Unit

81.150

70.595

10.555

15%

Taxa de Transformação • Rendering Levy Rate

p.p.

175%

166%

-

6%

Número de Contas / Número de Funcionários • Number of accounts/ Number of Staff

Unidade • Unit

326

302

24

8% 4%

FUNCIONAMENTO OPERATIONS

PRODUTIVIDADE & EFICIÊNCIA PRODUCTIVITY & EFFICIENCY

Activo / Número de Funcionários • Assets / Number of Staff

Unidade • Unit

405

389

16

Custos de Estrutura / Activo • Structure Costs / Assets

p.p.

16%

12%

-

29%

Rácio de Eficiência -

p.p.

86%

73%

-

19%

Crédito Vencido / Crédito a clientes bruto • Credit Overdue / Gross credit granted to clients

p.p.

15%

7%

-

107%

Provisões específicas Crédito / Crédito Vencido • Specific credit provision / Credit Overdue

p.p.

56%

37%

-

52%

Resultado do Exercício / Fundos Próprios Médios (ROE) • Net Income for the Period / Average Net equity (ROE)

p.p.

1%

7%

-

-80%

Resultado do Exercício /Activo Líquido Médio (ROA) • Net Income for the Period/ Average Net Assets (ROA)

p.p.

0%

1%

-

-82%

Resultado Líquido por Acção • Net Income per share

USD

0,05

0,25

(0)

-80%

• Cost to income

QUALIDADE DO CRÉDITO CREDIT QUALITY

RENDIBILIDADE RENDIBILITY

ADEQUAÇÃO DO CAPITAL CAPITAL ADEQUACY RATIO Exposição cambial • Foreign currency exposure

p.p

-85%

7%

-

-1284%

Endividamento / Fundos Próprios Qualificados • Debt Ratio / Qualified Own Funds

Unidade • Unit

2,8

4,2

(1)

-34%

Solvabilidade BNA • BNA Solvability

p.p.

5%

7%

-

-29%

Imobilizado / Fundos Próprios Regulamentares • Fixed Assets / Regulation Net Equity

p.p.

155%

51%

-

204%

15


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

b. Órgãos Sociais

b. Governing Bodies Assembleia Geral General Assembly

ACCIONISTAS Shareholders BAI – Banco Angolano de InvestimentoS BAI – Banco Angolano de InvestimentoS CTSDC – Chevron Texaco Suitable Development Company CTSDC - Chevron Texaco Suitable Development Company Outros Other

Presidência da Mesa da Assembleia-Geral Presidency of the Table of the General Assembly Presidente da Mesa President of the Table

Sr. Abílio Ferreira Gomes (BAI)

Secretária da Mesa Table Secretary

Sra. Eunice Carvalho (CTSDC)

Conselho de Administração Board of Directors Presidente do Conselho President of the Board

Sr. Mário Alberto Santos Barber (BAI)

Administrador Executivo Executive director

Sr. Ari César Figueiredo de Carvalho (BAI)

Administrador Executivo Executive director

Sr. Ludgero Mateus Fernandes (BAI)

Administrador Executivo Executive director

Sr. Simão Francisco Fonseca (BAI)

Administrador Não Executivo Non-Executive director

Sr. Hamilton Tomás (CTSDC)

Conselho Fiscal Supervisory Committee Presidente do Conselho President of the Committee

Sr. Luís Neves

1º Vogal 1ST Member

Sr. Fernando Hermes

2º Vogal 2ND Member

Sra. Raquel Vunge

Administração e Gestão corrente – 2012 Administration and General Management - 2012 comissão executiva executive commission Presidente da Comissão President of the Commission

Sr. Ari César Figueiredo de Carvalho

Administrador Executivo Executive director

Sr. Ludgero Mateus Fernandes

Administrador Executivo Executive director

Sr. Simão Francisco Fonseca

16


RELATÓRIO E CONTAS

c. Destaques do Ano 2012

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

c. Highlights of the Year 2012 Destaques do Ano 2012 Highlights of the Year 2012

FEVEREIRO FEBRUARY

INAUGURAÇÃO DA AGÊNCIA SIAC CAZENGA Opening of the SIAC Agency Cazenga

MARÇO MARCH

INAUGURAÇÃO DA AGÊNCIA SIAC HUAMBO Opening of the SIAC Agency Huambo

MAIO MAY

INAUGURAÇÃO DA AGÊNCIA NOSSO CENTRO Opening of Nosso Centro Agency

JUNHO JUNE

1ª EDIÇÃO DA REVISTA MACUTA First edition of the Magazine Macuta

JULHO JULY

ADESÃO AO PROGRAMA ANGOLA INVESTE Entered the Program Angola Investe FEIRA DA MULHER Ladies Fair INAUGURAÇÃO DA AGÊNCIA MERCADO CHISSINDO (BIÉ) Opening of the Agency at Chissindo Market (Bié) FEIRA DO CAFÉ NO KWANZA SUL Coffee Market, South Kwanza PARTICIPAÇÃO DO BMF NA FILDA BMF Participation in Filda

AGOSTO AUGUST

8º ANIVERSÁRIO DO BANCO (20 DE AGOSTO) 8th Anniversary of the Bank (August 20th)

NOVEMBRO NOVEMBER

FEIRA DO EMPREENDEDORISMO Entrepreneurship Fair

17


RELATÓRIO E CONTAS

18

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


03 Enquadramento Macroeconómico a. Contexto Internacional b. Contexto Angolano

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Macroeconomic Framework

a. International Context b. Angolan Context

Tanto os Panos do Congo – “panos limpos”, como os do Luango – “libongos”, corriam ambos em Luanda. No entanto, só passavam a ter curso monetário após terem sido marcados pelo Senado da Câmara, com a marca real “R”. Com os Panos comprava-se tudo, cobrava-se os impostos e remunerava-se a tropa. Both Congo Panels – “clean cloths”, and those from Luango – “libongos”, were used as currency in Luanda. However, they could only have monetary value after being marked by the Municipal Senate with the royal “R”. The Panels were used to pay everything, from merchandise to taxes and they also paid the troops.

19


RELATÓRIO E CONTAS

20

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Enquadramento Macro económico

Macroeconomic Framework

a. Contexto Internacional

A. International Context

Com relação à economia internacional assistimos a uma desaceleração do crescimento da economia mundial, evidenciada pela baixa das taxas de juros reais de crescimento das economias mais evoluídas e dos países emergentes e pela diminuição dos níveis do comércio internacional.

In what concerns international economy, we have witnessed a deceleration of world economy growth, as shown by the drop in real interest growth rate in the more developed economies and in emerging nations, and the downturn in the levels of international trade.

Apesar das autoridades monetárias terem mostrado um caminho mais suave a seguir para a política monetária, reduzindo as taxas de juros directoras e injectando liquidez na economia, não se alteram os sinais de recuperação lenta dos níveis de crescimento da economia mundial. A consolidação das finanças públicas continua a ser o principal desafio das economias mais avançadas e o objectivo subjacente dos programas de ajustamento em curso em algumas economias da zona Euro.

Although monetary authorities have shown a smoother path to monetary policy by lowering key interest rates and injecting liquidity into the economy, there has been no change to the sluggish signs of recovery of growth levels in world economy. The consolidation of public finances is still the main challenge facing the more advanced economies and the underlying goal for adjustment programs that are being implemented in some of the Euro zone economies.

A nossa região ou zona económica, no caso a SADC, 2012 foi de um modo geral um ano de crescimento acima da média mundial. A implementação de programas politicamente bem concebidos no âmbito da política fiscal e monetária contribuíram para que as economias da região tivessem um desempenho estável na maior parte dos indicadores macroeconómicos.

In our region or economic zone, specifically the SADC, 2012 was, generally speaking, a year of growth above world average. The implementation of politically well-designed fiscal and monetary policies contributes to a stable performance of the region’s economy, in most of the macroeconomic indicators.

21


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

b. Contexto Angolano

b. Angolan Context

Em 2012 foi concluído com sucesso o Acordo Standby entre o Executivo angolano e o Fundo Monetário Internacional, resultando na disponibilização da última tranche do financiamento. De realçar também que, em 2012 estiveram em Angola três agências de rating que, após análise dos principais indicadores macroeconómicos, concluíram que o país terá uma estabilidade macroeconómica ao longo prazo.

The Standby Agreement between the Angolan Government and the International Monetary Fund was successfully concluded, enabling the last tranche of the funding. It should also be noted that three rating agencies visited Angola in 2012 and, after analysing the main economic indicators, concluded that the country will attain macroeonomic stability in the long run.

Pela primeira vez a taxa de inflação atingiu no mês de Agosto o nível de um dígito. No final de Novembro de 2012 a inflação acumulada era de 7,96% enquanto a inflação dos últimos 12 meses era de 9,83%, culminando assim o ano de 2012 com uma inflação acumulada de 9,02%. Desta forma o governo cumpriu com a sua meta de inflação para 2012 consubstanciada pela articulação de medidas de política fiscal e política monetária que contribuíram para a estabilidade da taxa de câmbio e por esta via a estabilidade de preços. Deste modo é espectável um forte crescimento económico para Angola, em especial devido ao incremento do sector petrolífero, com a descoberta de novos poços. Espera-se também que os restantes sectores da economia beneficiem das externalidades geradas pelo aquecimento do sector petrolífero. Inflação A inflação acumulada baixou para um dígito pela primeira vez em 2012 fixando-se em 9,02%, abaixo dos 10% meta definida pelo governo, a estabilidade macroeconómica associada ao rigor orçamental, a estabilidade dos preços assim como a estabilidade da taxa de câmbio são alguns dos elementos que contribuíram para este desiderato. 14% 12% 10%

11,5%

11,3%

11,1%

10,9%

10,5%

10,1%

For the first time, inflation rate dropped to a one digit level. At the end of November 2012, accumulated inflation was 7,96%, while inflation for the previous 12 months registered 9,83%, which represents an accumulated inflation rate of 9,02% for the year 2012. The government complied therefore with its target inflation for 2012, supported by the joint effect of fiscal and monetary policies which contributed to a stability of the exchange rate and consequently to price stability. A strong economic growth for Angola can therefore be anticipated, particularly due to the oil sector and the discovery of new wells. It is also expected that other sectors of the economy will benefit from the externalities generated by the petroleum business. Inflation An accumulated inflation rate that dropped to one digit for the first time in 2012, settling at 9,02%, below the 10% target established by the government, macroeconomic stability associated to budgetary rigour, price stability as well as exchange rate stability, are some of the elements that contributed to this outcome.

Taxa de inflação 2012 INFLATION RATE 2012 10,0%

9,9%

9,7%

9,8%

9,8%

9,0%

8% 6% 4% 2% 0% Jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Jan feb mar apr may jun jul aug sep oct nov dec

22


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Flutuação Cambial

Exchange Fluctuation

Para o ano de 2012, a moeda nacional apresentou uma depreciação acumulada aproximadamente de 0,56% no mercado cambial interbancário. A procura acentuada de divisas num contexto de oferta limitada, contribuiu para a depreciação da moeda nacional. A depreciação da moeda nacional teve essencialmente o seu pico em Dezembro. A cotação do Kwanza em relação ao Dólar norteamericano passou de 95.520 para 96.065 de Dezembro de 2011 a Dezembro de 2012 respectivamente.

For the year 2012 the national currency registered an accumulated depreciation of approximately 0,56% in the interbank exchange market. A marked demand for foreign currency in a context of limited supply, contributed towards a depreciation of the national currency. This depreciation of the national currency had its main peak in December. The quotation of the Kwanza in relation to North American dollar varied from 95.520 to 96.065 in December 2011 and December 2012 respectively.

96 95 95

95,7

95 95 95

96,0

Taxa câmbio usd/akz 2012 EXCHANGE RATE USD/AKZ 2012 95,6 95,5

95,6

95,6

95,6

95,6

96,1

95,7

95,6

95,5

95 95 95 95 95 Jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Jan feb mar apr may jun jul aug seP oct nov dec

A depreciação do Kwanza frente ao Euro ao longo de 2012 foi de 1,06%, no entanto comparado com o mesmo período homólogo de 2011 a depreciação foi de 2,6%.

128 126

Taxa câmbio EURO/akz 2012 EXCHANGE RATE euro/AKZ 2012

128,4

130 125,6

The depreciation of the Kwanza in relation to the Euro, throughout 2012 was 1,06% but if compared to the same homologous period of 2011, the depreciation was 2,6%.

127,3

126,7

126,2 123,1

124 122 120 118

119,0

124,0

124,6

120,0 118,8

117,0

116 114 112 110 Jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Jan feb mar apr may jun jul aug seP oct nov dec

23


RELATÓRIO E CONTAS

24

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


04

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Desenvolvimento do Negócio

Business Development

A. Serviços de Banca de Retalho B. Serviços de Empréstimos C. Outros Serviços Bancários

a. Retail Banking Services b. Loan Services c. Other Banking Services

Foram integrados como moeda para troca, graças aos quais era possível estimar o preço de uma mercadoria e comprá-la. Desde a sua chegada nas costas do continente, no século XV, os traficantes europeus exploraram as possibilidades comerciais que ofereciam esta nova “moeda” e encorajaram indirectamente a produção textil local devido à sua utilização. They were accepted as trading currency, and through them one could estimate the price of any merchandise and buy it. Since their arrival on the coasts of the continent in the 15th century, European traffickers started to exploit the trading opportunities of this new “currency” and indirectly encouraged local textile production because of the way it was used.

25


RELATÓRIO E CONTAS

26

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

DESENVOLVIMENTO DO NEGÓCIO

Business Development

O desenvolvimento do negócio foi influenciado por vários factores entre os quais se destaca o aumento da rede de balcões, a consolidação das parcerias estratégicas, dinamização dos produtos de crédito e serviços, o aumento da captação de clientes com foco as MPME´s, e instituições vocacionadas na produção de bens agrícolas e distribuidores de produtos e serviços.

Business development was influenced by various factors, among which an increase in the number of agencies, a consolidation of strategic partnerships, the enhancement of credit and service products, an increase in customer capture with focus on MPME and institutions focused on the production of agricultural products and providers of goods and services.

a. SERVIÇOS DE BANCA DE RETALHO

a. Retail Banking Services

Recursos de Clientes

Client Resources

No final de Dezembro 2012, o BMF captou recursos num valor total de 36 Milhões de USD, reflectindo um aumento absoluto de 2 milhões de USD, distribuído por um total de 82.257 contas, contra 65.164 contas existentes em 2011. Comparando com o mesmo período do ano anterior, o número de contas aumentou em cerca de 26% conforme o gráfico.

At the end of December 2012, BMF had captured resources amounting to USD 36 million, reflecting an absolute increase of USD 2 million, distributed over 82.257 accounts, compared to the 65.164 accounts which existed in 2011. Compared to the same period of the previous year, the total of accounts rose approximately 36%, as shown in the graph.

total contas total accounts 70.000 60.000

64.506 52.531 ano 2012 year 2012

50.000

ano 2011 year 2011

40.000 30.000 15.381

20.000

12.081

10.000

2.370

552

0 contas correntes current accounts

contas poupanças saving accounts

depósitos a prazo fixo fixed-term deposits

27


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

b. serviços de empréstimos

b. Loan Services

Em 2012 foram feitos desembolsos sobre 425 empréstimos com um volume total de USD 20.108.742. Os desembolsos de empréstimos têm a seguinte distribuição:

In 2012 several disbursements were made, related to 425 loans for a total amount of USD 20.108.742. These loans disbursements have the following distribution:

desembolso de crédito em USD Disbursed Credits IN USD NÚMERO NUMBER

VOLUME VOLUME

Ano • YEAR

2012

2011

Micro Express • MICRO EXPRESS

(0-3000)

96

83

Micro • MICRO

(3,000-10,000)

131

556

Pequeno • SMALL

(10.000-25.000)

78

256 89

Médio • MEDIUM

(25.000-40.000)

42

Grande • LARGE

(> 40.000)

104

141

NÚMERO DE CRÉDITOS DESEMBOLSADOS NUMBER OF CREDIT Disbursements

451

1.125

Micro Express • MICRO EXPRESS

(0-3000)

162.457,48

48.390

Micro • MICRO

(3.000-10,000)

784.979,58

3.303.973

Pequeno • SMALL

(10.000-25.000)

1.173.117,92

4.312.298

Médio • MEDIUM

(25.000-40.000)

1.323.209,27

3.246.527

Grande • LARGE

(> 40.000)

17.553.915,26

55.912.136

20.997.680

66.823.325

VOLUME DE CRÉDITOS DESEMBOLSADOS Volume of Credits Disbursed

O período em análise registou uma redução nos desembolsos de crédito na ordem de 218% em relação ao período homólogo, passando de USD 66.823.325 para USD 20.997.680 justificado em parte pela manutenção da carteira e redução do volume do comércio de bens e prestação de serviços.

The period under review registered a reduction in credit disbursements in the area of 218% in relation to the homologous period of the previous year, dropping from USD 66.823.325 to USD 20.997.680, which is explained by the maintenance of the portfolio and a decrease in the volume of trade in goods and services.

Evolução do Risco da Carteira

Evolution of Risk Portfolio

Com o intuito de melhorar a qualidade da carteira, o Banco fortaleceu a área de Crédito integrando mais coordenadores de crédito nas agências e mais quadros na área de risco de crédito, para assegurar a qualidade de novos desembolsos, a avaliação dos créditos em mora por analista e agência e a recuperação do crédito em mora.

With the objective to improve the quality of the porfolio, the Bank reinforced the Credit sector, integrating new credit coordinators in the agencies and more staff in the credit risk area, so as to ensure the quality of new disbursements, the assessment of overdue credit per analyst and per agency, and the recovery of overdue credit.

28


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

c. Outros Serviços Bancários

c. Other Bank Services

Transferências

Transfers

Estando a economia mundial num período conturbado de crise financeira os reflexos na economia real por um lado são a falta de liquidez para as pessoas colectivas ou singulares desenvolverem os seus negócios. Desta forma podemos dizer que as Operações internacionais tiveram uma ligeira redução ao longo de 2012. Entretanto as Remessas de valores via Western Union tiveram uma grande diminuição com relação ao ano transacto. As Operações em moeda nacional (SPTR) aumentaram significativamente em parte pela estabilidade cambial da moeda nacional o que fez com que pessoas e operadores económicos acreditassem mais na nossa moeda.

With world economy facing a difficult period of financial crisis, the effects on the real economy are, among others, a lack of liquidity for legal or natural persons to develop their businesses. We can say that international Operations registered a slight decrease throughout 2012. Meanwhile, cash remittances via Wester Union suffered a considerable reduction in relation to the previous year. Operations in national currency (SPTR) increased significantly, partly due to the stability of exchange rates which led people and economic operators to have more faith in our currency.

Transferências Internacionais

International Transfers

As Operações enviadas tiveram um aumento em 2012 face a 2011 tanto em volume como em ordens, passando de 654 ordens de pagamento emitidas (OPE), numa média de 54 operações mensais com um volume total de USD 48.057 milhões, para 567 Ordens de pagamento enviadas com um volume de USD 48.8 milhões.

Outgoing transactions registered in 2012 an increase in comparison with 2011, both in money volume and in numbers, rising from 654 Payment Orders issued (OPE), with an average of 54 operations per month, for a total volume of USD 48.057 million, to 567 Payment Orders forwarded, with a volume of USD 48.8 million.

Em relação às Operações recebidas, regista-se uma diminuição visto que passaram de 104 ordens de pagamentos recebidas (OPR) em 2011 com um valor em USD 9.3 milhões para 73 (OPR) com um volume de negócio de USD 2.553 milhões.

In relation to received Operations, there was a decrease, since they were down from 104 Payment Orders (OPR) received in 2011, for a total of USD 9.3 million, to 73 (OPR), for a business volume of USD 2.553 million.

TRANSFERÊNCIAS interNACIONAIS 2012 International Transfers 2012

Milhares de usd Thousand USD 14.000

12.822

12.000

vol ope

10.317

vol opr

9.538

10.000 8.000 6.000 4.000 2.000 0

1.204 224

2.007 1.422 37

57

2.267

2.229

1.451 76

149

101

1.104 188

268 125

3.567

1.284 98

63

13

Jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Jan feb mar apr may jun jul aug sep oct nov dec

29


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Remessas Internacionais

International Remittances

Verificou-se uma redução considerável pelos serviços de remessas internacionais via Western Union durante o ano de 2012. Em 2011 o total de transacções emitidas para o exterior foi de 52.517 contra 19.836 de 2012 e os volumes associados foram 170 milhões de USD contra 76.3 milhões de USD respectivamente. As Operações recebidas em 2011 foram de 2.070 com um volume de 2,3 milhões de USD contra 515 operações e um volume no total de 360 mil USD para o ano de 2012.

There was a significante reduction in international remittances service via Western Union during the year 2012. In 2011 the total number of transactions issued to foreign markets totalled 52,517 against 19,836 in 2012, and the associated amounts represented 170 million USD, against 76.3 million USD, respectively. Incoming Operations in 2011 totalled 2,070 amounting to 2.3 million USD, in comparison to 515 operations and a total amount of 360 thousand USD for the year 2012.

Transferências Nacionais

National Transfers

Ao longo do ano de 2012 foram executadas 1.386 (OPE´s) que correspondem a um volume de negócio de USD 8.322.097 milhões e 737 Operações Recebidas (OPR) com um volume de negócios de USD 1.002.936 milhões. Com relação ao período de 2011 foram executadas 1.386 (OPE´s) que corresponderam a um volume de negócios de USD 57.5 milhões e 348 Operações Recebidas (OPR) com um volume de negócios de USD 7.2 milhões.

Throughout the year 2012 1.386 OPE were carried out, representing a volume of business of USD 8.322.097 million and 737 Received Operations (OPR), for a volume of business of USD 1.002.936 million. As for the 2011 period, 1.386 (OPE´s) were carried out, representing a business volume of USD 57.5 million and 348 Received Operations (OPR) for a business volume of USD 7.2 million.

TRANSFERÊNCIAS NACIONAIS national Transfers

Milhares de usd Thousand USD 16.000

14.873

14.445

14.673

14.000 12.000

vol ope

10.843

10.000

vol oPr

8.799

6.659

8.000 6.000 4.000 2.000

2.281 1.674

1.077

684

329

620

657

2.930

3.782 2.137 955

31

40

2.807 861

1.912

1.851 579

0 Jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Jan feb mar apr may jun jul aug sep oct nov dec

30


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

31


RELATÓRIO E CONTAS

32

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


05 Gestão dos Recursos Humanos

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Human Resources Management

Este fabrico levou à distinção de tribos e grupos etários por meio da cor e estampas. Os Panos eram produzidos nas suas aldeias e o trabalho era executado por mulheres e crianças transformando-se num meio usado para o sustento das tribos, com a sua venda, e na obtenção de outros produtos não cultiváveis. This manufacture eventually led to an identification of tribes and age groups by the use of colours and patterns. The Panels were manufactured in the villages and work was carried out by women and children, becoming the recognized means of providing for the livelihood of the tribes and obtaining non-agricultural products.

33


RELATÓRIO E CONTAS

34

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

gestão dos recursos humanos

Human Resources Management

O ano de 2012 foi caracterizado pelo acréscimo do total do efectivo, passando de 235 para 249, esta subida está associada à vinculação de 38 colaboradores. Em termos absolutos os números deviam ser menores, entretanto o aumento da rede de balcões fez com que se fizesse o enquadramento de novos colaboradores.

2012 was a year characterized by an increase in the total number of staff, from 235 to 249, and this increase includes contractual ties with 38 staff members. In absolute terms, the figure should be lower, but the expansion of the branch network endorsed the admission of new employees.

226

243

249

235

140

ano 2008 YEAR 2008

ano 2009 YEAR 2009

ano 2010 YEAR 2010

A composição dos recursos humanos do Banco apresentou a evolução e distribuição por género indicada no gráfico:

ano 2011 YEAR 2011

ano 2012 YEAR 2012

The composition of the Bank’s human resources showed the evolution and distribution by gender, indicated in the graph below: MASCULINO MALE FEMININO FEMALE

131

124 102

120 112

115

118

131

79 61

ano 2008 YEAR 2008

ano 2009 YEAR 2009

ano 2010 YEAR 2010

ano 2011 YEAR 2011

ano 2012 YEAR 2012

35


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A evolução da estrutura de qualificações dos colaboradores do Banco foi ajustada registando-se desigual proporção de quadros com nível básico, tendo o mesmo passado de 25 para 27, ao passo que o nível médio decresceu de 159 para 61, por conta de uma actualização de dados e de colaboradores que concluíram a sua formação.

The evolution of the structure of academic qualifications of the Bank’s staff was adjusted, revealing an imbalance in the proportion of staff with basic level education, having increased from 25 to 27, whereas the medium level decreased from 159 to 61, by virtue of data updating and employees who in the meantime completed their studies.

No domínio da formação o Banco manteve a sua aposta na qualificação dos seus quadros, tendo sido realizadas formações internas e externas.

In the area of staff training, the Bank has continued to invest in the qualification of its employees with several training programs being carried out internally and externally.

qualificações académicas 2012 Academic Qualifications 2012 140

40

36 27

4

MESTRADO master´s

36

2 PÓS-GRADUAÇÃO postgraduation

LICENCIATURA university degree

BACHAREL BACHelor degree

MÉDIO + FREQUÊNCIA UNIVERSITÁRIA intermediary + university attendance

OUTROS other


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

37


RELATÓRIO E CONTAS

38

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


06 Proposta de Aplicação de Resultados

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Net Profit Appropriation Proposal

Hoje, a sua produção não é exclusivamente interna, porém encontramos um caso muito especial em África, como é o caso do povo Muíla – oriundo de Angola (província da Huíla), que produz manufacturadamente o pano Samakaka, com motivos florais, usado entre tribos Muíla e comercializado no Canicia. Este pano é de uma beleza tal, que os chineses introduziram-no no seu leque têxtil e é produzido em grande escala e sem a beleza artesanal unicamente introduzida pelos Muíla. At present, production is not exclusively domestic, but there is one very special case in Africa, which is the case of the Muíla people – native of Angola (province of Huíla), who manufacture the Samakaka cloth, with floral motifs, used by the Muíla tribes and marketed by Canicia. This cloth is of such beauty that the Chinese have included it in their textile range and produce it large scale but without the handcrafted beauty that the Muíla achieve.

39


RELATÓRIO E CONTAS

40

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

PROPOSTA DE APLICAÇÃO DE RESULTADOS

Net Profit Appropriation Proposal

O Conselho de Administração propõe, tendo em conta as disposições legais e estatutárias, que o Resultado líquido do exercício de AKZ 94.471 milhares, equivalente a USD 97 milhares referente ao exercício de 2012 seja aplicado para cobertura de resultados transitados negativos.

The Board of Directors proposes, after taking into consideration the legal and statutory dispositions, that the net profit of AKZ 94.471 thousand, equivalent to USD 97 thousand, for the fiscal period of 2012, be appropriated to offset negative results carried forward.

41


RELATÓRIO E CONTAS

42

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


07 relatório do conselho de administração

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Report of the Board of Directors

Dar tecidos como presente, ainda hoje, possibilita a solução de inúmeros conflitos e libera as tensões. Esses presentes continuam a ser feitos em momentos importantes da vida de cada um (maioridade, casamento, nascimento dos filhos). A ascensão social ou religiosa ou o pagamento de serviços não pode acontecer sem a distribuição de tecidos. Para manter boas relações com a família, os amigos, os vizinhos, para ser admitido numa seita, cada pessoa é incitada a dar tecidos e a recebê-los. A posse de uma grande quantidade de tecidos aumenta o prestígio do seu proprietário, o que lhe possibilita uma maior participação na vida comunitária, onde o princípio da dívida é a base de toda relação social e económica. Using fabrics as gifts, even today, is a good solution to many conflicts and releases tensions. These gifts are still presented at important moments in the lives of people (attaining majority, weddings, birth of children). Social or religious ascension, or the payment of services, cannot do without a distribution of fabrics. To keep happy relations with family, friends or neighbours, or to be admitted into a set, everyone is encouraged to give and receive fabrics. Having a large stock of materials increases the owner’s prestige and that opens the way to greater participation in community life, where the debt principle underlies all social and economic relations.

43


RELATÓRIO E CONTAS

44

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

relatório do conselho de administração

Report of the Board of Directors

A preparação das demonstrações financeiras do BMF, SA é da responsabilidade da administração do Banco.

The Bank’s Board of Directors is responsible for preparing the financial statements of BMF, SA.

O Conselho de Administração desempenha essa responsabilidade ao estabelecer e manter os sistemas e as práticas contabilísticas adequadas devidamente suportadas pelos sistemas de controlo interno e aplicações tecnológicas. Esses controlos garantem a conformidade de que os activos do Banco estejam adequadamente salvaguardados, que as transacções sejam executadas em conformidade com as decisões da administração, e que os registos contabilísticos e financeiros sejam credíveis.

The Board of Directors carries out that responsibility by establishing and maintaining adequate accounting systems and practices, suitably supported by internal control systems and information technologies. These controls ensure that the Bank’s assets are adequately protected, that transactions are executed in conformity with management’s decisions and that accounting and financial records are reliable.

As demonstrações financeiras foram preparadas pela administração em conformidade com o plano de contas das instituições financeiras em vigor e as regras de convergência para o novo plano de contas, CONTIF. As demonstrações financeiras para o exercício findo a 31 de Dezembro de 2012 auditadas e constantes das páginas deste Relatório e Contas foram aprovadas pelo Conselho de Administração na sua sessão realizada em 12 de Abril de 2013, e vão ser assinadas em seu nome por:

The financial statements have been prepared by the Board of Directors in conformity with the prevailing accounting plan for financial institutions and the rules for convergence with the new accounting plan, CONTIF. The financial statements for the period ending December 31st 2012, audited and included in this Report and Accounts were approved by the Board of Directors at a meeting held April 12th 2013 and will be signed on its behalf by:

Mário Alberto dos Santos Barber Presidente do Conselho de Administração

Mário Alberto dos Santos Barber President of the Board of Directors

Ari César Figueiredo de Carvalho Presidente da Comissão Executiva

Ari César Figueiredo de Carvalho President of the Executive Commission

Simão Francisco Fonseca Administrador Executivo

Simão Francisco Fonseca Executive Director

Ludgero Mateus Fernandes Administrador Executivo

Ludgero Mateus Fernandes Executive Director

Hamilton D. D. Tomás Administrador Não Executivo

Hamilton D. D. Tomás Non-Executive Director

45


RELATÓRIO E CONTAS

46

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


08 relatório de auditoria

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

audit report

Normalmente de cores vivas, com motivos africanos, formas antropomórficas, zoomórficas ou abstractas e padrões geométricos variáveis, usam-se para vestir, para limpar e embrulhar as crianças, para as levar às costas, usam-se como toalha e como cortina,na mudança de casa e em viagem, como embrulho da trouxa. Usually bright coloured, with African print motives of anthropomorphic, zoomorphic or abstract shapes, and varied geometric patterns, they are used to dress, clean and wrap children, carry infants on the back, as table towels or curtains, they are used when moving house or travelling as bundle wraps.

47


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A. PAREDES E ASSOCIADOS ANGOLA Auditores e Consultores, Limitada

Rua Fernão Lopes, nº. 38 Bairro do Sambizanga LUANDA – REPÚBLICA DE ANGOLA Tel: + 244 222 447 486 Fax: +244 222 449 824

PARECER DOS AUDITORES EXTERNOS AOS ACCIONISTAS DO BMF – BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S.A INTRODUÇÃO 1. Auditámos as demostrações financeiras anexas do BMF – BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S.A. (Banco), as quais compreendem o Balanço de 31 de Dezembro de 2012 (que evidencia um total de 9.684.807 milhares de Kwanzas e um total de fundos próprios de 674.566 milhares de Kwanzas, incluindo um resultado líquido de 9.471 milhares de Kwanzas), a Demostração dos resultados e a Demostração de origens e aplicações de fundos do ano findo naquela data e o correspondente Anexo. Estas demonstrações financeiras são da responsabilidade da Administração do Banco. A nossa responsabilidade consiste em expressarmos uma opinião sobre estas demostrações financeiras com base na auditoria que realizámos. ÂMBITO 2. A nossa auditoria foi realizada de acordo com as normas internacionais de auditoria. Estas normas exigem que o nosso exame seja planeado e realizado de forma a obtermos uma segurança razoável de que as demostrações financeiras não contêm distorções de materialidade relevante. Uma auditoria inclui a verificação, por amostragem, de evidência comprovativa dos valores e informações constantes das demonstrações financeiras. Inclui, também, a apreciação dos princípios contabilísticos adoptados e a avaliação das estimativas significativas feitas pela Comissão Executiva, bem como da apresentação global da informação constante das demostrações financeiras. É nossa convicção que a auditoria que realizámos proporciona uma base razoável para a nossa opinião. RESERVA 3. Tal como descrito nas Notas às contas (Outros Valores), a rubrica de Devedores Diversos inclui um saldo de AKZ 88.277, que se refere a erros e inconsistências provocadas pela importação incorrecta de dados do sistema. Esta situação está identificada pelo BMF, que pretende que a sua regularização seja efectuada em 2013 no sistema operativo da Banca, por forma a verificar o seu impacto em termos de contas.

48


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A. PAREDES E ASSOCIADOS ANGOLA Auditores e Consultores, Limitada

OPINIÃO 4. Em nossa opinião, exceto quando aos efeitos da situação descrita no parágrafo 3 anterior, as referidas demostrações financeiras apresentam de forma verdadeira e apropriada, em todos os aspectos materialmente relevantes, a posição financeira do BMF – BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S.A., em 31 de Dezembro de 2012, bem como os resultados das suas operações e origens e aplicações de fundos para o ano findo nessa data, em conformidade com os princípios contabilísticos geralmente aceites para o sector bancário em Angola. ÊNFASES 5. Sem afectar a nossa opinião expressa no parágrafo precedente, chamamos a atenção para as seguintes situações: 5.1. Foi deliberado posteriormente a 31 de Dezembro de 2012, pelo principal Acionista, um aumento de Capital Social do BMF no montante de 10.000.000 USD e um subsídio de cerca de 4.000.000 USD a fundo perdido, por forma a reforçar os Fundos próprios do Banco, dado o débito direto a Resultados transitados no ano de 2011 (1.093.282 milhares de Kwanzas). 5.2. A Administração fiscal tem a possibilidade de rever as declarações fiscais dos últimos 5 anos (10 anos para a Segurança Social). A Comissão Executiva considera, no entanto, que eventuais correções não serão significativas para as demostrações financeiras anexas. Luanda, 11 de Abril de 2013 UHY – A. PAREDES E ASSOCIADOS – ANGOLA AUDITORES E CONSULTORES LIMITADA

49


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A. PAREDES E ASSOCIADOS ANGOLA Auditores e Consultores, Limitada

Rua Fernão Lopes, nº. 38 Bairro do Sambizanga LUANDA – REPÚBLICA DE ANGOLA Tel: + 244 222 447 486 Fax: +244 222 449 824

OPINION OF THE EXTERNAL AUDITORS TO THE SHAREHOLDERS OF BMF - BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S. A. INTRODUCTION 1. We have audited the accompanying financial statements of BMF – BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S. A. (Bank), which comprise the Balance Sheet as at 31st December 2012 (showing a total of 9.684.807 thousands of Kwanzas and a total net equity of 674.566 thousands of Kwanzas, including a net result of 9.471 thousands of Kwanzas), the Income Statement and Demonstration of Origin and application of funds for the year ended on that date and the Annex thereto. These financial statements are the responsibility of the Bank’s Administration. Our responsibility is to express our opinion concerning these financial statements, based on our audit. SCOPE 2. Our audit was carried out in conformity with international auditing standards. Those standards require that our inspection be planned and carried out so as to obtain reasonable assurance that the financial statements are free of any materially relevant distortion. An audit comprises a random sample checking of amounts and disclosures recorded in the financial statements. It also includes assessing the accounting principles adopted and an evaluation of significant estimates made by the Executive Commission, as well as the overall presentation of the information contained in the financial statements. We believe that the audit we have carried out provides a reasonable base for our opinion. RESERVATION 3. As described in Notes to Accounts (Other values), the item Sundry Debtors includes a balance of AKZ 88.277, which refers to errors and inconsistencies originated in an incorrect import of data from the system. This situation has been identified by BMF, who request that this correction be effected in 2013 in the Banks operative system, in order to ascertain its impact as regards the accounts.

50


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A. PAREDES E ASSOCIADOS ANGOLA Auditores e Consultores, Limitada

OPINION 4. In our opinion, except for the circumstances described in paragraph 3 above, the financial statements present, in true and appropriate form, in all materially relevant aspects, the financial position of BMF - BANCO BAI MICRO FINANÇAS, S. A., at 31st December 2012, as well as the results of its operations and origins and application of funds for the year ended on that date, in conformity with generally accepted accounting principles for the banking sector in Angola. EMPHASES 5. Without prejudice to the opinion we expressed in the previous paragraph, we draw your attention to the following situations: 5.1. After 31st December, the major Shareholder decided on an increase of the share capital of BMF in the amount of USD 10.000.000 and a non-recoverable subsidy of approximately USD 4.000.000 to strengthen the Banks Own Funds, in view of the debit to Retained Earnings in the year 2011 (1.093.282 thousands of Kwanzas). 5.2. Fiscal Authorities have the possibility of revising financial tax returns for the previous 5 years (10 years in the case of Social Security). However, the Executive Committee considers that possible corrections will not be significant to the attached financial statements. Luanda, 11th April 2013

UHY – A. PAREDES E ASSOCIADOS – ANGOLA AUDITORES E CONSULTORES LIMITADA

51


RELATÓRIO E CONTAS

52

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


09 relatório e parecer do conselho fiscal

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

REPORT AND OPINION OF THE SUPERVISORY COMMITTEE

As mulheres urbanas, que em geral se vestem à maneira ocidental, continuam a usar os Panos invariavelmente como traje de trazer por casa ou em certas cerimónias familiares. Urban women, who generally dress in western clothes, still invariably prefer the Panels as casual homewear or for certain family ceremonies.

53


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

PARECER DO CONSELHO FISCAL 1. Dando cumprimento ao mandato que V. Exas. nos conferiram e em conformidade com as disposições legais em vigor no País, bem como os Estatutos do BMF – Banco Bai Micro Finanças, vimos submeter à apreciação de V. Exas., o nosso parecer sobre o Relatório do Conselho de Administração e as Demonstrações Financeiras referentes ao exercício económico findo em 31 de Dezembro de 2012. 2. O Conselho Fiscal acompanhou a actividade desenvolvida pelo Banco durante o exercício económico findo, procedeu ao exame das Demonstrações Financeiras, obteve todas as informações e esclarecimentos que se julgaram pertinentes, tendo em função disso, concluído que as mesmas foram preparadas em obediência aos princípios contabilísticos geralmente aceites e normas estabelecidas para o sector. 3. A actividade do Banco, no decorrer do exercício económico em análise, continuou a caracterizar-se por uma estratégia de ajustamento e regularização dos seus fluxos de informação com destaque para a parametrização dos sistemas informáticos e na melhoria da sua actividade Funcional e Comercial, baseada na revisão dos sistemas de controlo interno, visando a correcção das limitações apresentadas em exercícios anteriores e a melhoria da informação financeira. 4. Em nossa opinião as contas reportadas e as políticas contabilísticas, bem como os critérios valorimétricos adoptados para os diversos elementos patrimoniais, em conformidade com os requisitos legais estabelecidos no Plano de Contas das Instituições Financeiras (CONTIF) e outras disposições emitidas pelo Banco Nacional de Angola, à excepção da reserva expressa no ponto 3 do Parecer, merecem a concordância do Conselho Fiscal, pelo que as Contas que são presentes aos Exmos. Senhores Accionistas, reflectem os registos contabilísticos expressos nos respectivos balancetes e elementos que compõem as Demonstrações Financeiras. 5. O Conselho Fiscal destaca a importante deliberação assumida pelo principal accionista, referido na ênfase 5.1 do Parecer do auditor externo, tendo concordado, reconhecendo a necessidade de reforçar os Fundos Próprios, melhorar a liquidez financeira e ajustar os indicadores prudenciais determinados pelo Banco Nacional de Angola.

54


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

6. Face ao referido no ponto anterior, a situação económica e financeira pode ser resumida do seguinte modo: a. A Demonstração de Resultados apresenta um Lucro Líquido em milhares de AKZ no valor de 9.471, decorrente de Proveitos Operacionais e não Operacionais no valor de milhares de AKZ 603.586 e de Custos Operacionais e Não operacionais no valor de milhares de AKZ 594.115, respectivamente; b. O balanço apresenta um total do Activo em milhares de AKZ 9.684.807, um total do Passivo de milhares de AKZ 9.010.241, e o Capital de Fundos Próprios no valor de milhares de AKZ 674.566 que inclui os resultados líquidos transitados e do exercício. 7. Assim, com base no exposto, é nossa opinião que as Demonstrações Financeiras relativas ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2012, traduzem, em todos os aspectos materialmente relevantes, a posição Financeira e Patrimonial do BMF – Banco Bai Micro Finanças, naquela data, estando em condições de serem submetidos à Assembleia Geral, visando a sua aprovação.

Luanda, 12 de Abril de 2013

Rua Ndunduma nº 257 – Sambizanga – Luanda, Angola Número de Contribuinte: 5410003772 Tel: +244 222 430040/ 430105 Fax:+ 244 222 430074

55


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

REPORT AND OPINION OF THE SUPERVISORY COMMITTEE 1. In compliance with the mandate you have conferred upon us and in accordance with the legal provisions in force in the Country, as well as with the Statutes of Banco Bai Micro Finanças, we herewith submit for your appraisal our opinion on the Report of the Board of Administrators and the Financial Statements relating to the financial period ended on December 31st 2012. 2. The Supervisory Committee monitored the Bank’s activity over the period of the previous financial year, examined the Financial Statements, gathered all information and clarifications considered relevant, and concluded that same were drawn in accordance with generally accepted accounting principles and norms established for the sector. 3. The Bank’s activity in the economic period under review continued to be characterized by a strategy of adjustment and regularization of its information flows with particular relevance to the parameterisation of IT systems and the improvement of its Functional and Commercial activity, based on the revision of internal control systems in order to correct the limitations of previous periods and the improvement of its financial information. 4. In our opinion the accounts reported and the accounting policies, as well as the value metrics criteria adopted for the various patrimonial elements in conformity with legal requisites established in the Accounting Plan for Financial Institutions (CONTIF – Portuguese Acronym) and other dispositions issued by National Bank of Angola, except for the reservation expressed in point 3 of the Opinion, justify the agreement of the Supervisory Committee, and consequently the Accounts presented to the Shareholders reflect the accounting records stated in the respective balance sheet and the elements that comprise the Financial Statements. 5. The Supervisory Committee emphasises the important decision taken by the major shareholder, referred to in 5.1 of the External Auditor’s Opinion, and agreed, in recognition of the need to strengthen capital requirements, to improve financial liquidity and adjust prudential indicators determined by National Bank of Angola.

56


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

6. As referred in the previous paragraph, the economic and financial situation can be summarized as follows: a. The Income Statement shows a Net Profit of AKZ 9.471 thousand, resulting from Operating and Non-Operating Revenue amounting to AKZ 603.586 thousand and Operating and Non-Operating Costs of AKZ 594.115 thousand, respectively; b. The Balance Sheet shows total Assets of AKZ 9.684.807 thousand, total Liabilities of AKZ 9.010.241 thousand, and Capital and Own Funds in the amount of AKZ 674.566 thousand that include net earnings retained and for the period. 7. Accordingly, and based on the information presented, it is our opinion that the Financial Statements reporting to the year ended 31st December 2012 represent, in all aspects materially relevant, the Financial and Patrimonial position of BMF – Banco Bai Micro Finanças, as of that date, and are therefore in appropriate condition to be submitted to the General Assembly for approval.

Luanda, 12th April 2013. Rua Ndunduma nº 257 – Sambizanga – Luanda, Angola Número de Contribuinte: 5410003772 Tel: +244 222 430040/ 430105 Fax:+ 244 222 430074

57


RELATÓRIO E CONTAS

58

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


10 demostrações financeiras A. Balanço B. Demonstração de Resultados C. Mapa de Mutações de Fundos Próprios D. Mapa de Fluxos de Caixa E. Notas Explicativas F. anecos às demostrações Financeiras

RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Financial Statements a. Balance Sheet b. Income Statements c. Table of Changes in Own Capital d. Cash Flow Statements e. Explanatory Notes f. Financial Statements Exhibits

O Pano africano, nos últimos tempos, tem ganho terreno e é hoje em dia uma tendência, usado na confecção de vestuário, calçado, acessórios em Angola e no mundo, muito apreciado pela riqueza das cores e motivos . The African Panel has recently gained ground and is today a trend, used for making dresses, footwear and accessories in Angola and throughout the world, highly appreciated for its rich colours and design.

59


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

A. BALANÇO

A. Balance Sheet BALANÇO BALANCE SHEET

activo assets

Notas notes

Disponibilidades Cash and Deposits Aplicações de Liquidez Liquidity Investments Títulos e Valores Mobiliários Bonds and Securities Créditos no Sistema de Pagamentos Credits in the Payments System Créditos Credits Outros Valores Other Assets Imobilizações Fixed Assets

31.DEZ.12 | 31.dec.12 Milhares de AKZ Milhares de usd Thousands AKZ Thousands usd

31.Dez.11 | 31.dec.11 Milhares de AKZ Milhares de usd Thousands AKZ Thousands usd

5

1.922.196

20.009

1.986.977

20.802

6

-

-

-

-

7

-

-

112.683

1.180

8

1.058

11

4.164

44

9

6.138.186

63.896

5.459.640

57.158

10

578.004

6.017

168.039

1.759

11

1.045.363

10.882

962.885

10.080

9.684.807

100.815

8.694.388

91.023

12

3.502.167

36.455

3.289.508

34.439

13

5.199.295

54.123

3.793.184

39.711

14

12.231

127

643.555

6.737

14

230.125

2.396

230.125

2.409

14

66.423

691

72.921

764

14

-

-

9.010.241

93.792

8.029.293

84.060

15

1.596.870

19.900

1.596.870

19.900

15

-

-

-

-

15

127.320

1.448

127.320

1.448

15

-

(3.423)

-

(3.386)

15

9.471

97

34.187

417

15

(1.059.095)

(10.999)

(1.093.282)

(11.416)

TOTAL FUNDOS PRÓPRIOS Total OWN FUNDS

674.566

7.023

665.095

6.963

TOTAL DO PASSIVO E CAPITAIS (FUNDOS) PRÓPRIOS TOTAL LIABILITIES AND SHAREHOLDERS` EQUITY

9.684.807

100.815

8.694.388

91.023

TOTAL DO ACTIVO TOTAL ASSETS

passivo Liabilities Depósitos Deposits Captação para Liquidez Liquidity Funding Obrigações no Sistema de Pagamentos Bonds in the Payments System Outras Captações Other Funding Outras Obrigações Other Bonds Provisões para Responsabilidades Prováveis Provisions for Probable Liabilities TOTAL DO PASSIVO TOTAL LIABILITIES

Fundos Próprios OWN FUNDS Capital Social Share Capital Reserva de Actualização Monetária do Capital Social Reserve for Share Capital Currency Revaluation Reservas e Fundos Reserves and Funds Reserva de Reexpressão Translation Reserve Resultado Exercício Net Profit for the Year Resultados Transitados Results Carried Forward

60


RELATÓRIO E CONTAS

B. DEMOSTRAÇÃO DE RESULTADOS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

B. Income Statement

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Income Statement DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Income Statement

Notas notes

31.DEZ.12 | 31.dec.12 Milhares de AKZ Milhares de usd Thousands AKZ Thousands usd

31.Dez.11 | 31.dec.11 Milhares de AKZ Milhares de usd Thousands AKZ Thousands usd

Proveitos de Instrumentos Financeiros Activos Income from Financial Instrument Assets

16

1.216.279

12.714

729.347

7.749

Custos e Instrumentos Financeiros Passivos Costs and Financial Instrument Liabilities

17

(385.690)

(4.032)

(290.084)

(3.081)

830.589

8.682

439.263

4.668

MARGEM FINANCEIRA FINANCIAL MARGIN

Resultados de Operações Cambiais Exchange Operations Results

18

154.381

1.614

328.036

3.485

Resultados de Prestação de Serviços Financeiros Results from Financial Services Rendered

19

160.335

1.676

303.667

3.226

20

(541.719)

(5.663)

(177.350)

(1.845)

RESULTADO DE INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA RESULTS FROM FINANCIAL INTERMEDIATION

603.586

6.309

893.616

9.534

21

(990.335)

(10.353)

(881.483)

(9.364)

21

0

0

(1.160)

21

405.107

4.234

30.373

323

OUTROS PROVEITOS E CUSTOS OPERACIONAIS - RESULTADO DA ACTUALIZAÇÃO MONETÁRIA PATRIMONIAL OTHER INCOME AND OPERATING COSTS RESULT OF PATRIMONIAL MONETARY REVALUATION

-

-

-

RESULTADO OPERACIONAL OPERATING RESULTS

18.358

190

41.346

493

RESULTADO NÃO OPERACIONAL NON OPERATING RESULTS

22

(8.887)

(93)

Resultado Antes de Impostos e Outros Encargos Results Before Taxes and Other Charges

9.471

97

41.346

493

Encargos sobre o Resultado Corrente Charges on Operating Results

14

0

0

(7.159)

(76)

Resultado Corrente Líquido Net Operating Results

9.471

97

34.187

417

RESULTADO DO EXERCÍCIO RESULTS FOR THE PERIOD

9.471

97

34.187

417

Provisões para Crédito de Liquidação Duvidosa e Prestação de Garantias(-) Provision for Doubtful Accounts and Provision of Guarantees (-)

RESULTADOS COM MERCADORIAS PRODUTOS E OUTROS SERVIÇOS RESULTS FROM MERCHANDISE, PRODUCTS AND OTHER SERVICES Custos Administrativos e de Comercialização Administrative and Marketing Costs Provisões sobre Outros Valores e Responsabilidades Prováveis Provisions for Other Values and Probable Responsibilities Outros Proveitos e Custos Operacionais Other Income and Operational Costs

61


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

C. MAPA DE MUTAÇÕES DE FUNDOS PRÓPRIOS

0

34.187

0

TOTAIS

(1.059.095)

(-) ACÇÕES OU COTAS EM TESOURARIA

RESULTADO DO EXERCÍCIO

0

RESULTADO DA ALTERAÇÃO DE CRITÉRIOS CONTABILÍSTICOS

(-) DIVIDENDOS ANTECIPADOS

1.596.870 127.319

RESULTADOS TRANSITADOS

SALDOS INICIAIS 01.01.2012

RESULTADOS POTENCIAIS

CÓDIGO CONTIF

RESERVAS

CAPITAL SOCIAL

Valores Expressos em AKZ

0

699.281

7.10.10

Recebimentos por Aumentos de Capital

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.10.20

Pagamentos por Reduções de capital

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.10.40

Incorporações de Reservas ao Capital

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.10.50

Incorporações de Resultados transitados ao Capital

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.30.50 +

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.10.60.10 +

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.10.10 + 7.40.20.10 + 7.40.30.10 + 7.40.10.20 + 7.40.20.20 + 7.40.30.20 + 7.40.10.30 + 7.40.20.30 + 7.40.30.30 +

Efeitos de Ajustes ao Valor de Mercado em Activos Financeiros Disponíveis para Venda

Efeitos de Ajustes ao Valor Justo em Instrumentos Financeiros Derivados para cobertura (Hedge) de Risco de Fluxo de Caixa

Efeitos de Ajustes ao Valor justo para cobertura (Hedge) de Risco em Invest. no Exterior

7.40.10.40 + 7.40.20.40 +

Efeitos da Variação Cambial em Imobilizações Financeiras no Exterior

7.40.30.40 + 7.40.10.50 + 7.40.20.50 +

7.40.30.60.10 +

Efeitos de Perdas líquidas em Fundos de Pensão patrocinados

Efeitos de Reservas de Reavaliação próprias

7.40.70.60.10 + 7.40.10.60.20 + 7.40.30.60.20 +

Efeitos de Reservas de Reavaliação de Coligadas e Equiparadas

7.40.70.60.20 + 7.40.40 + 7.40.50 +

Efeitos de Encargos Fiscais Incidentes sobre os Resultados potenciais

7.20.90 7.30.90 7.40.90 7.50.90

Reconhecimento de Actualização Monetária

7.60.90 7.80.90 7.50.10

Apropriação de Resultado do Exercício

-

-

-

-

-

9.471

-

-

9.471

7.30.30

Constituições de Reservas e Fundos

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.30.80

Anulações de Reservas e Fundos

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.60.10

(-) Pagamentos de Dividendos antecipados

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.50.20

(-) Dividendos propostos no período

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

(34.187)

-

-

(34.187)

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.10.60 7.30.60 7.60.60

Compensações de Prejuízos

7.70.10

Resultado da alteração de Critérios Contabilísticos

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.10

Aquisição de Acções ou Quotas em Tesouraria

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.20

Alienação de Acções ou Quotas em Tesouraria

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.30.70

Resultado na Alienação de Acções ou Quotas de Própria Emissão

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.30 7.50.30 7.90.10

Extinção de Acções ou Quotas em Tesouraria

-

-

-

(-) Constituições de Reservas e Fundos

-

-

-

-

-

-

(-) Variação nos Fundos próprios

-

-

-

-

-

-

0

(1.059.095)

0

9.471

SALDOS FINAIS 31.12.2012

62

-

1.596.870 127.319

0

0

674.565


RELATĂ“RIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

c. Table of Changes in Own Capital RESULTS CARRIED FWD

(-) ADVANCE DIVIDENDS

RESULTS FOR THE PERIOD

RESULT OF CHANGES IN ACCTG. CRITERIA

SHARES OR STOCK IN TREASURY

TOTALS

(1.059.095)

0

34.187

0

0

699.281

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.10.40 +

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.20.40 +

Effects of Foreign Exchange Variations on Financial Fixed

-

-

-

-

-

-

-

-

7.40.30.40 +

Assets Abroad

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

CONTIF CODE

OPENING BALANCES 01.01.2012

7.10.10

Received from Capital Increase

-

7.10.20

Payments for Capital Reductions

-

7.10.40

Incorporation of Capital Stock Reserves

7.10.50

Incorporation of Retained Earnings in the Capital

7.40.10.10 + 7.40.20.10 + 7.40.30.10 + 7.40.10.20 + 7.40.20.20 + 7.40.30.20 + 7.40.10.30 + 7.40.20.30 + 7.40.30.30 +

Effect of Adjustments of Market Value of Financial Assets Available for Sale

Effect of Adjustments to Fair Value for Financial Instruments Hedge Derivatives for Cash Flow Risk

Effect of Adjustment to Fair Value for risk-hedging derivatives for investments abroad

7.40.10.50 + 7.40.20.50 +

Effects of Net Losses on Sponsored Pension Funds

7.40.30.50 + 7.40.10.60.10 + 7.40.30.60.10 +

Effects of Own Revaluation Reserves

7.40.70.60.10 + 7.40.10.60.20 + 7.40.30.60.20 + 7.40.70.60.20 + 7.40.40 + 7.40.50 +

Effects of Revaluation Reserves on Affiliated and Equivalent Undertakings

Effects of Tax Burden on Potential Results

7.20.90 7.30.90 7.40.90 7.50.90

Recognition of Monetary Updating

7.60.90 7.80.90

RESERVES

0

SHARE CAPITAL

POTENTIAL RESULTS

Thousands AKZ

1.596.870 127.319

-

-

-

-

-

-

-

-

9.471

7.50.10

Appropriation of Net Income for the Period

-

-

-

-

-

9.471

-

-

7.30.30

Constitution of Reserves and Funds

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.30.80

Annulment of Reserves and Funds

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.60.10

(-) Payment of Anticipated Dividends

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.50.20

(-) Proposed Dividends for the Period

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

(34.187)

-

-

(34.187)

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.10.60 7.30.60 7.60.60

Compensation for Losses

7.70.10

Result of Changes in Accounting Criteria

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.10

Acquisition of Treasury Stock or Shares

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.20

Disposal of Treasury Stock or Shares

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.30.70

Result of Disposal of Own Issuance Stock or Shares

-

-

-

-

-

-

-

-

-

7.80.30

Cancellation of Treasury Stock or Shares

-

-

-

-

-

-

-

-

7.50.30

(-) Constitution of Reserves and Funds

-

-

-

-

-

-

-

-

7.90.10

(-) Variation of Own Funds

-

-

-

-

-

-

-

-

0

(1.059.095)

0

CLOSING BALANCES 31.12.2012

1.596.870 127.319

-

9.471

0

0

674.565

63


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

d. Mapa dE Fluxos de Caixa Valores expressos em milhares de akz

Fluxos de Caixa Ano de 2012 Ano de 2011 I

Fluxo de Caixa da Margem Financeira (II+III) 830.589 439.263

II Recebimentos de Proveitos de Instrumentos Financeiros Activos (1+2+3+4) 1.216.279 729.347 1 Recebimentos de Proveitos de Aplicações de Liquidez 0 32.450 2 Recebimentos de Proveitos de Títulos e Valores Mobiliários 2.117 26.506 3 Recebimentos de Proveitos de Instrumentos Financeiros Derivados 4 Recebimentos de Proveitos de Créditos 1.214.162 670.391 III (-) Pagamentos de Custos de Instrumentos Financeiros Passivos (5+6+7+8+9) (385.690) (290.084) 5 Pagamentos de Custos de Depósitos (86.086) (73.087) 6 Pagamentos de Custos de Captações para Liquidez (299.604) (216.997) 7 Pagamentos de Custos de Captações com Títulos e Valores Mobiliários 8 Pagamentos de Custos de Instrumentos Financeiros Derivados 9 Pagamentos de Custos de Outras Captações IV

Fluxo de Caixa dos Resultados de Negociações e Ajustes ao Valor Justo

V

Fluxo de Caixa dos Resultados de Operações Cambiais 154.381

328.036

VI

Fluxo de Caixa dos Resultados de Prestação de Serviços Financeiros

160.336

303.667

VII

Fluxo de Caixa dos Resultados de Planos de Seguros, Capitalização e Saúde Complementar Fluxo de Caixa dos Créditos Enviados para Prejuizo

(134.049)

(145.916)

VIII FLUXO DE CAIXA OPERACIONAL DA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA (I+IV+V+VI+VII) 1.011.257 925.049 IX FLUXO DE CAIXA DOS RESULTADOS COM MERCADORIAS, PRODUTOS E OUTROS SERVIÇOS 10 (-) Pagamentos de Custos Administrativos e de Comercialização (916.320) 11 (-) Pagamentos de Outros Encargos sobre o Resultado 0 12 Fluxo de Caixa da Liquidação de Operações no Sistema de Pagamentos (628.219) 13 Fluxo de Caixa dos Outros Valores e Outras Obrigações (416.462) 14 Recebimentos de Proveitos de Imobilizações Financeiras 15 Fluxo de Caixa de Outros Custos e Proveitos Operacionais 405.107 Fluxo de Caixa de Responsabilidades ProvÁveis 0 X

(781.597) (7.158) 636.074 282.608 30.372 (1.160)

RECEBIMENTOS E PAGAMENTOS DE OUTROS PROVEITOS E CUSTOS OPERACIONAIS (10+11+12+13+14+15) (1.555.894) 159.140

XI FLUXO DE CAIXA DAS OPERAÇÕES (VIII+IX+X) (544.637) 1.084.189 16 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Aplicações de Liquidez 0 929.932 17 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Títulos e Valores Mobiliários Activos 112.684 27.361 18 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Instrumentos Financeiros Derivados 19 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Operações Cambiais 20 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Créditos (1.086.216) (4.375.635) XII FLUXO DE CAIXA DOS INVESTIMENTOS DE INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA (16+17+18+19+20)

(973.532) (3.418.342)

XIII FLUXO DE CAIXA DOS INVESTIMENTOS EM OUTROS VALORES 21 Fluxo de Caixa dos Investimentos em Imobilizações 22 Fluxo de Caixa dos Resultados na Alienação de Imobilizações 23 Fluxo de Caixa dos Outros Ganhos e Perdas Não-Operacionais

(156.496)

(341.963)

(8.887)

-

XIV FLUXO DE CAIXA DAS IMOBILIZAÇÕES (21+22+23) (165.383) (341.963) XV FLUXO DE CAIXA DOS INVESTIMENTOS (XII+XIII+XIV) (1.138.915) (3.760.305) 24 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Depósitos 212.659 1.980.538 25 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Captações para Liquidez 1.406.113 1.701.439 26 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Captações com Títulos e Valores Mobiliários 27 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Instrumentos Financeiros Derivados 28 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Operações Cambiais 29 Fluxo de Caixa dos Financiamentos com Outras Captações 230.125 XVI

FLUXO DE CAIXA DOS FINANCIAMENTOS DE INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA (24+25+26+27+28+29) 1.618.772 3.912.102

XVII FLUXO DE CAIXA DOS FINANCIAMENTOS COM MINORITÁRIOS 30 Recebimentos por Aumentos de Capital 31 (-) Pagamentos por Reduções de Capital (1.093.282) 32 (-) Pagamentos de Dividendos 33 Recebimentos por Alienação de Acções ou Quotas Próprias em Tesouraria 34 (-) Pagamentos por Aquisição de Acções oU Quotas Próprias em Tesouraria Fluxo do Efeito de Conversão XVIII FLUXO DE CAIXA DOS FINANCIAMENTOS COM FUNDOS (30+31+32+33+34) 0 (1.093.282) XIX FLUXO DE CAIXA DOS FINANCIAMENTOS COM OUTRAS OBRIGAÇÕES XX FLUXO DE CAIXA DOS FINANCIAMENTOS (XVI+XVII+XVIII+XIX) 1.618.772 2.818.820 SALDO EM DISPONIBILIDADES NO INÍCIO DO PERÍODO 1.986.976 1.844.272 SALDO EM DISPONIBILIDADES AO FINAL DO PERÍODO 1.922.196 1.986.976

64

VARIAÇÕES EM DISPONIBILIDADES (XI+XV+XX) (64.780) 142.704


RELATĂ“RIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

d. Cash Flow Statement Thousands AKZ

Cash Flow Statement year 2012 year 2011 I

Financial Margin Cash Flow (II+III) 830.589 439.263

II Income from Financial Asset Instruments (1+2+3+4) 1.216.279 729.347 1 Income from Liquidity Investments 0 32.450 2 Income from Bonds and Securities 2.117 26.506 3 Income Financial Derivative Instruments 4 Income from Credit Revenues 1.214.162 670.391 III (-) Payment for Cost of Financial Instrument Liabilities (5+6+7+8+9) (385.690) (290.084) 5 Payment of Costs of Deposits (86.086) (73.087) 6 Payment of Costs for Funding Liquidity (299.604) (216.997) 7 Payment of Costs of Bonds and Securities 8 Payment of Costs of Financial Derivative Instruments 9 Payment of Costs for Other Funding IV

Cash Flow Results from Negotiations and Adjustments of Fair Value

V

Cash Flow Results from Exchange Operations 154.381

328.036

VI

Cash Flow Results from the Provision of Financial Services

160.336

303.667

VII

Cash Flow Results from Insurance, Capitalization and Complementary Health Plans Cash Flow of Credits Written-off as Losses

(134.049)

(145.916)

VIII OPERATIONAL CASH FLOW OF FINANCIAL INTERMEDIATION (I+IV+V+VI+VII) 1.011.257 925.049 IX CASH FLOW FROM GOODS, PRODUCTS AND OTHER SERVICES 10 (-) Payment of Administrative and Marketing Costs 11 (-) Payment of Other Charges on Results 12 Cash Flow from Settlement of Operations in the Payments System 13 Cash Flow from Other Securities and Bonds 14 Income Received from Financial Assets 15 Cash Flow for Other Costs and Operating Revenue Cash Flow for Probable Responsibilities X

(916.320) 0 (628.219) (416.462)

(781.597) (7.158) 636.074 282.608

405.107 0

30.372 (1.160)

RECEIPT AND PAYMENT OF OTHER INCOME AND OPERATING COSTS (10+11+12+13+14+15) (1.555.894) 159.140

XI OPERATIONAL CASH FLOW (VIII+IX+X) (544.637) 1.084.189 16 Cash Flow from Investments 0 929.932 17 Cash Flow from Investments in Tansferable Bonds and Securities 112.684 27.361 18 Cash Flow from Investments in Derivative Financial Instruments 19 Cash Flow from Investments in Foreign Exchange Transactions 20 Cash Flow from Credit Investments (1.086.216) (4.375.635) XII

CASH FLOW FROM INVESTMENTS IN FINANCIAL INTERMEDIATION (16+17+18+19+20)

(973.532) (3.418.342)

XIII CASH FLOW FROM INVESTMENT IN OTHER SECURITIES 21 Cash Flow from Investment in Fixed Assets 22 Cash Flow from Disposal of Fixed Assets 23 Cash Flow from Other Non-operational Costs and Losses XIV

(156.496)

(341.963)

(8.887)

-

CASH FLOW FROM FIXED ASSETS (21+22+23) (165.383) (341.963)

XV CASH FLOW FROM INVESTMENTS (XII+XIII+XIV) (1.138.915) (3.760.305) 24 Cash Flow from Financing from Deposits 212.659 1.980.538 25 Cash Flow from Funding for Liquidity 1.406.113 1.701.439 26 Cash Flow from Funding from Securities and Bonds 27 Cash Flow from Derivative Financial Instruments 28 Cash Flow from Foreign Exchange Operations 29 Cash Flow from Financing from Other Funding 230.125 XVI

CASH FLOW FROM FINANCIAL INTERMEDIATION FINANCING (24+25+26+27+28+29) 1.618.772 3.912.102

XVII CASH FLOW FROM MINORITY SHAREHOLDERS 30 Income from Capital Increase 31 (-) Payments for Capital Reductions (1.093.282) 32 (-) Payment of Dividends 33 Income from disposal of Own Stock or Shares in Treasury 34 (-) Payment for the Acquisition of Own Shares from Treasury Flux from the Effects of Conversion XVIII CASH FLOW FROM OWN FUNDS FINANCING (30+31+32+33+34) 0 (1.093.282) XIX CASH FLOW FROM FINANCING FROM OTHER SECURITIES XX CASH FLOWS FROM FINANCING (XVI+XVII+XVIII+XIX) 1.618.772 2.818.820 CLOSING BALANCE AT BEGINNING OF PERIOD 1.986.976 1.844.272 CLOSING BALANCE AT END OF PERIOD 1.922.196 1.986.976

VARIATION IN FUNDS AVAILABILITY (XI+XV+XX)

(64.780)

142.704

65


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

E. Notas Explicativas

E. Explanatory Notes

1. Constituição e actividade

1. Incorporation and Activity

O Banco BAI Micro Finanças, S.A., com sede em Luanda, é um Banco de capitais privados residentes e não residentes. O Banco foi constituído em 19 de Fevereiro de 2004, tendo iniciado a sua actividade bancária no dia 20 de Agosto de 2004.

BAI Micro Financas, S.A., with head office in Luanda, is a Bank with private capital held by residents and non-residents. The Bank, incorporated on 19th February 2004, initiated its banking activity on August 20th 2004.

O Banco tem por objecto social o exercício da actividade bancária no país e no estrangeiro, nos termos e dentro dos limites definidos pelo Banco Nacional de Angola. O Banco dedica-se essencialmente à obtenção de recursos de terceiros sob a forma de depósitos, os quais aplica, juntamente com os seus recursos próprios, na concessão de produtos de microfinanças, na aplicação junto a instituições de crédito, aquisição de títulos ou outros activos, para os quais se encontra devidamente autorizado. Realiza diversos tipos de operações em moeda estrangeira, dispondo para o efeito de uma rede nacional de Doze Balcões, dos quais cinco estão localizados na cidade de Luanda.

The Bank’s corporate purpose consists in the execution of banking activities in the country and abroad, under the terms and within the limits defined by the National Bank of Angola. The Bank is essentially dedicated to obtaining resources from third parties in the form of deposits which it applies, along with its own resources, in the concession of microfinancing products, in applications in other financial institutions, in the acquisition of financial assets and other securities, for which it is duly authorised. It also undertakes various types of operations in foreign currency, for which purpose it operates a national network of Twelve Agencies, of which five are located in the city of Luanda.

2. Bases de apresentação

2. Bases of Presentation

As demonstrações financeiras foram elaboradas em Kwanzas (AKZ), no pressuposto da continuidade das operações, com base nos livros e registos mantidos pelo Banco, de acordo com os princípios contabilísticos e normas do Plano de Contas das Instituições Financeiras estabelecido pelo Banco Nacional de Angola, através do Instrutivo n.º 13/99, de 1 de Setembro, e do artigo nº 9 do Aviso n.º 15/07, de 12 de Setembro sendo que foram divulgadas todas as situações aplicáveis ao Banco ou que sejam relevantes para a leitura das demonstrações financeiras.

The financial statements have been prepared in Kwanzas (AKZ) under the assumption of continuity of operations, based on the books and records kept by the Bank, and in accordance with the accounting principles and regulations set out in the Plan of Accounts for Financial Institutions established by the National Bank of Angola, through Instruction no. 13/99 of 1st September and article no. 9 of Notification nr. 15/07 of 12th September, having been disclosed all situations applicable to the Bank that were considered relevant for the understanding of the financial statements.

O Banco foi consistente na aplicação dos critérios e políticas de contabilização adoptados no exercício anterior, excepto quanto ao referido na nota 4b), por força da entrada em vigor a 1 de Abril de 2008 do Aviso Nº9/07.

The Bank has been consistent in the application of the criteria and accounting policies used in the preceding year, except with respect to the situation referred in note 4b), due to the application, as of April 1st 2008, of Notification no. 9/07.

66


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

3. Moeda de apresentação

3. Reporting currency

Desde o início da sua actividade, o Banco aplica os princípios contabilísticos geralmente aceites na elaboração das demonstrações financeiras e apresenta-as segundo a regulamentação em vigor em Angola para as instituições financeiras, a qual exige a preparação das contas na moeda local (AKZ), dentro dos princípios do sistema multimoeda.

Since the beginning of its activity, the Bank has applied generally accepted accounting principles in the preparation of its financial statements and presents them in conformity with the existing regulations for financial institutions in Angola, that require the preparation of the accounts in local currency (AKZ) and in accordance with multicurrency systems principles.

Para efeitos de relato, o Conselho de Administração assume o Dólar dos Estados Unidos de América (USD) como a moeda de referência para a gestão do Banco, sendo a moeda mais representativa das suas operações em moeda estrangeira. Como consequência, a informação financeira é apresentada em ambas as moedas.

For reporting purposes, the Board of Directors assume the United States of America Dollar (USD), as the reference currency for bank management, since it is the most representative currency for its operations carried out in foreign currency. Consequently, financial information is provided in both currencies.

Os activos e passivos monetários denominados em outras moedas são convertidos para USD com base na taxa de encerramento. Os proveitos e custos são convertidos com base na taxa média verificada durante o ano. As taxas de câmbio utilizadas na conversão entre as duas moedas, (USD/AKZ) na preparação das demonstrações financeiras foram as seguintes:

Monetary assets and liabilities denominated in other currencies are converted to USD based on the exchange rate at the closing of accounts. Revenue and costs are converted using the average rate for the year. The exchange rates used in the conversion between these two currencies (USD/AKZ) for the preparation of the financial statements were as follows:

Exercício Findo em Period Ended

31.12.2012

31.12.2011

Taxa Média Average Rate

95,67

94,13

Taxa Ecerramento Closing Rate

96,07

95,52

4. Políticas Contabilísticas

4. Accounting Policies

A seguir são descritas as principais políticas contabilísticas utilizadas na elaboração das demonstrações financeiras:

The main accounting policies used in the preparation of the financial statements are described below:

a) Reconhecimento de custos e proveitos

a) Recognition of costs and revenues

Os custos e proveitos são registados no exercício a que respeitam, independentemente do momento do seu pagamento ou recebimento, de acordo com o princípio da especialização do exercício;

Costs and revenues are recorded in the period to which they relate, regardless of when they were paid or received, based on the application of accrual accounting principles;

67


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

b) Crédito

b) Credit

Os créditos são activos financeiros não derivados com pagamentos fixados ou determináveis que não estão cotados no mercado activo e são registados pelos valores contratados, quando originados pelo Banco, ou pelos valores pagos, quando adquiridos a outras entidades.

Credits are non-derivative financial assets with fixed or determinable payments that are not listed in the active market and are reported for the contracted value, if originated by the Bank, or for the amount paid if purchased from other entities.

Os juros, comissões e outros custos e proveitos associados a operações de crédito são periodificados ao longo da vida das operações por contrapartida de rubricas de resultados, independentemente do momento em que são cobrados ou pagos. As operações de crédito concedido a clientes, incluindo as garantias e avales prestados, são submetidas à constituição de provisões de acordo com o Aviso nº 4/2011, de 08 de Junho, que veio revogar o Aviso nº 4/2009, de 20 de Maio, do Banco Nacional de Angola (BNA) sobre a metodologia de classificação do crédito concedido a clientes e a determinação das respectivas provisões. Em 2011 e desde a entrada em vigor do Aviso nº4/2011, de 08 de Junho, as operações de crédito, por desembolso, são concedidos em moeda nacional para todas as entidades, com excepção do Estado e empresas com comprovadas receitas e recebimentos em moeda estrangeira, para as seguintes finalidades: a) Assistência financeira de liquidez, incluindo, dentre outras, as contas correntes caucionadas;

Interest, commissions and other costs and revenues associated with credit operations are accrued over the life period of the transactions against the results, regardless of the moment in which they are received or paid. Operations involving credit granted to clients, including guarantees and commitments are subject to the constitution of provisions in accordance with Notification Nr. 4/2011 of June 8th, which revoked Notification Nr. 4/2009 of May 20th issued by National Bank of Angola (BNA), concerning methodology for classification of credit granted to clients and the constitution of respective provisions. In 2011, and since the coming into effect of Notification Nr. 4/2011 of June 8th, credit operations by disbursement are granted to all entities in national currency except for the State and companies with proven revenues and receivals in foreign currencies, for the following purposes: a) Financial liquidity assistance, incluiding, among others, secured current accounts; b) Automobile financing;

b) Financiamento automóvel; c) Consumer loans; c) Empréstimo ao consumo; d) Micro-credit; d) Micro crédito; e) Advances to depositors or overdrafts; e) Adiantamento a depositantes ou descobertos; f) Outras modalidades de crédito financeiro com natureza de curto prazo (inferior a um ano); g) Provisão para créditos de liquidação duvidosa e prestação de garantia.

68

f) Other modalities of financial credit of short term nature (less than a year); g) Provision for doubtful debts and provision of guarantee.


RELATÓRIO E CONTAS

O Banco classifica os créditos concedidos e as garantias prestadas, em ordem crescente de risco, de acordo com os seguintes níveis, conforme definido no Aviso 4/2011 de 8 de Junho:

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

The Bank classifies credits granted and guarantees provided in accordance with the following levels, as defined in Notice 4/2011 of June 8th:

risco risk

nível level

Nulo A Null Muito Reduzido B Very Low Reduzido C Low Moderado D Moderate Elevado E High Muito Elevado F Very High Perda G Loss

Esta classificação deverá ser posteriormente revista em função do atraso verificado no pagamento de parcela do crédito ou dos encargos, observando-se que:

Nível de risco level risk

This classification must subsequently be reviewed as consequence of delay in payment of the loan tranche, or associated charges, with the following scale:

dias de atraso delay days

provisão provision

A De 0 a 15 dias 0% 0 to 15 days B De 16 a 30 dias 16 to 30 days

1%

C De 31 a 60 dias 3% De 31 a 60 days D De 61 a 90 dias 10% 61 to 90 days E De 91 a 150 dias 20% 91 to 150 days F De 151 a 180 dias 50% 151 to 180 days G Superior a 180 dias 100% More than 180 days

69


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Os créditos vencidos há mais de 30 dias são classificados nos níveis de risco B, C, D, E, F e G em função do tempo decorrido desde a data de entrada em incumprimento das operações. Para os créditos concedidos com prazo superior a vinte e quatro meses (dois anos), deverão ser considerados em dobro os prazos definidos para efeito da atribuição da classe de risco. Seis meses após a classificação de uma operação na Classe G, o Banco abate esse crédito ao activo pela utilização da respectiva provisão. Adicionalmente, estes créditos permanecem registados numa rubrica extrapatrimonial por um prazo mínimo de dez anos. Nas situações em que são efectuadas recuperações de créditos anteriormente abatidos ao activo por utilização de provisões, os montantes recebidos são registados na rubrica “Resultado não operacional” (Nota 21). O Banco procede à anulação de juros vencidos com atraso superior a 60 dias e não reconhece juros a partir dessa data até ao momento em que o cliente regularize a sua situação. Adicionalmente, o Banco procede à análise económica dos principais riscos da sua carteira de crédito de forma regular. c) Transacções em Moeda Estrangeira Os resultados expressos em moeda estrangeira são registados de acordo com os princípios do sistema multimoeda, segundo o qual, cada operação é registada exclusivamente em função das moedas intervenientes. De acordo com este método, os saldos contabilísticos expressos em moeda estrangeira são convertidos para Kwanzas, no fecho de cada mês contabilístico, através da aplicação da média dos câmbios de compra e venda publicados pelo Banco Nacional de Angola. d) Créditos Indexados a USD Os resultados decorrentes da reavaliação dos créditos concedidos em Kwanzas indexados ao USD, ou seja, o diferencial entre o custo histórico na data da concessão do crédito em Kwanzas e o seu contravalor em USD, no momento de referência, são registados directamente nas contas de Ganhos e Perdas em operações financeiras.

70

Credits overdue for more than 30 days are classified in risk levels B, C, D, E, F and G depending on time lapsed from the time the operations went into default. For credits granted for terms above 24 months (two years) the time lapses shall be doubled in terms of attributing a risk category. Six months after the classification of an operation in Class G, the Bank writes off that loan by using the corresponding provision. Additionally, these credits remain registered in an off-balance sheet for a minimum period of ten years. In situations of recovery of loans previously written off in assets due to recourse to provisions, the amounts received are registed under “Non-operating results” (Note 21). The Bank annuls interest overdue with delay of more than 60 days and does not recognize interest from that date until such time as the client shall rectify its situation. In addition, other Bank implements regular economic analysis of its credit portfolio. c) Transactions in Foreign Currency The results in foreign currency are recorded in accordance with the multicurrency system principles which required that each operation be recorded exclusively in the currencies concerned. In accordance with this method, the accounting balances expressed in foreign currency, are converted to Kwanzas at the closing of each accounting month, through the application of the average purchase and sales rates published by National Bank of Angola. d) Credits Indexed to USD The results deriving from the revaluation of credits granted in Kwanzas, indexed to the USD, that is, the difference between the historical cost in Kwanzas on the date the credit was granted and its equivalent in USD, at the time reference point, are recorded directly in the Profit and Loss accounts in financial operations.


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

O cálculo e especialização de juros destes créditos são efectuados sobre o crédito denominado na moeda de indexação, sendo a sua reavaliação registada directamente nas contas de Juros e Proveitos Equiparados, numa base mensal.

The calculation and specialization of interest accrued on these loans is determined based on the credit denominated in the indexed currency, and its revaluation is directly recorded, on amonthly basis, under Interest and Equivalent Revenue accounts.

e) Operações de Títulos

e) Securities Operations

O Conselho de Administração do Banco determina a classificação dos seus investimentos no reconhecimento inicial. Atendendo às características dos títulos e à intenção aquando da sua aquisição, todos os títulos e valores mobiliários do Banco em 31 de Dezembro de 2011 e 2010 estão classificados na categoria de títulos mantidos até ao vencimento.

The Bank’s Board of Directors determines the classification of its investments at initial recognition. Given the characteristics of the bonds and the intent at the time of their acquisition, all the Bank’s securities and bonds as of December 31st 2011 and 2010 are classified under the category of securities held to maturity.

Esta classificação compreende os títulos para os quais o Banco tem a intenção e capacidade financeira para a sua manutenção em carteira até à data de vencimento. Os títulos classificados nesta rubrica são registados ao custo de aquisição, acrescido dos rendimentos auferidos (incluindo periodificação do juro e do prémio/ desconto por contrapartida de resultados). Os Títulos do Banco Central e os Bilhetes do Tesouro são emitidos a valor descontado e registados pelo custo de aquisição. A diferença entre este e o valor nominal, que constitui a remuneração do Banco, é reconhecida contabilisticamente como proveito ao longo do período compreendido entre a data de compra e a data de vencimento dos títulos, na própria conta com a especificação “Proveitos a receber” (Nota 7). As Obrigações do Tesouro adquiridas a valor descontado são registadas pelo custo de aquisição. A diferença entre o custo de aquisição e o valor nominal destes títulos, que corresponde ao desconto verificado no momento da compra, é reconhecida durante o período de vida do título com a especificação “Proveitos a receber”. Os juros decorridos relativos a estes títulos são igualmente contabilizados com a especificação proveitos a receber (Nota 7). As Obrigações do Tesouro emitidas em moeda nacional indexadas à taxa de câmbio do Dólar dos Estados Unidos estão sujeitas a actualização cambial. Deste modo, o resultado da actualização cambial do valor nominal do título, do desconto e do juro corrido, é reflectido na demonstração dos resultados do exercício em que ocorre, na rubrica “Proveitos de títulos e valores mobiliários”.

This classification comprises securities for which the Bank has intention and financial capacity to keep them as part of its portfolio to until maturity. Securities classified under this caption are recorded at cost of acquisition, plus income received (including accrual of interest and premium/discount against results). Central Bank Securities and Treasury Bonds are issued at a discounted value and registered at cost of aquisition. The difference between this and the nominal value, which constitutes the Bank’s remuneration is recognized in accounting as earnings over the period lapsed between date of purchase and maturity of the securities, on own account with the specification “Accrued Revenue” (Note 7).

Treasury Bonds purchased at discounted value are recorded at cost of acquisition. The difference between cost of acquisition and the nominal value of these bonds, which corresponds to the discount at the time of purchase, is recorded during the life span of the bond under the caption “Accrued Revenue”. Interest accrued on these securities is also recorded under the specification of accrued revenue (Note 7). Treasury Bonds issued in national currency indexed to U.S. dollar exchange rate are subject to exchange rate adjustment. Therefore, the result of the exchange rate fluctuation, discount and accrued interest is entered in the income statement of the year in which it occurs, under the caption “Revenue from securities and bonds”.

71


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

As Obrigações do Tesouro emitidas em moeda nacional indexadas ao Índice de Preços do Consumidor estão sujeitas a actualização do valor nominal do título de acordo com a variação do referido índice. Deste modo, o resultado da referida actualização do valor nominal do título e do juro corrido é reflectido na demonstração dos resultados do exercício em que ocorre, na rubrica “Proveitos de títulos e valores mobiliários”.

Treasury Bonds issued in national currency that are indexed to the Consumer Price Index are subject to updating of the securities’ nominal value in accordance with the variation of that index. Consequently the result of that updating of the securities’ nominal value and the accrued interest is reflected in the financial statements of the period in which it takes place, under the caption “Revenue from Bonds and Securities”.

Tal como definido pela alínea c) do nº 1 do artigo nº 23, do Código do Imposto Industrial, todos os rendimentos dos títulos emitidos pela República de Angola detidos pelo Banco, ou seja, Bilhetes do Tesouro e Obrigações do Tesouro estão isentos de qualquer imposto.

As defined in paragraph c) of Nr. 1 of Article Nr. 23 of the Industrial Tax Code, all income derived from securities issued by the Republic of Angola that are held by the Bank, i.e. Treasury Bills and Treasury Bonds are exempt from any tax.

f) Imobilizações Incorpóreas e Corpóreas

f) Intangible and Tangible Fixed Assets

As imobilizações incorpóreas correspondem essencialmente a despesas de constituição e software. Estas despesas são registadas ao custo de aquisição e amortizadas linearmente ao longo de um período de três anos.

Intangible assets correspond mainly to incorporating expenses and software. These expenditures are entered at cost price and written off by the straight line method over a period of three years.

As amortizações são calculadas pelo método das quotas constantes, base duodecimal, aplicando-se as taxas anuais máximas permitidas para efeitos fiscais, de acordo com os seguintes períodos, que não diferem substancialmente da vida útil estimada:

Amortizations are calculated by the straight line method on a duodecimal basis, to which maximum annual rates are applicable for tax purposes, in accordance with the following periods that do not differ significantly from the estimated useful life:

NÚMERO DE ANOS NUMBER OF YEARS Edifícios & Obras Buildings and Maintenance Work

50

Obras em Edifícios Arrendados Improvements in Rented Buildings

10

Equipamento Informático IT Equipment

4

Viaturas de Transporte Terrestre Vehicles for Land Transportation

3

Outras Imobilizações Other Assets

10

72


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

g) Reserva para manutenção dos fundos próprios

g) Reserve to maintain Own Funds

Nos termos do Aviso nº 2/2009, de 8 de Maio, do Banco Nacional de Angola sobre actualização monetária, o qual revogou o Aviso nº 10/2007, de 26 de Setembro, as instituições financeiras devem, em caso de existência de inflação, considerar mensalmente os efeitos da modificação no poder de compra da moeda nacional, com base no Índice de Preços ao Consumidor nos saldos de capital, reservas e resultados transitados.

Under the terms of Notice Nr. 2/2009, of May 8th issued by National Bank of Angola on monetary revaluation, which revoked Notice Nr. 10/2007 of September 26th, financial institutions shall, in the event of inflation, consider each month the effects of the change on the national currency’s purchasing power, based on Consumer Price Index, on capital balances, reserves and retained earnings.

As demonstrações financeiras de uma entidade cuja moeda funcional seja a moeda de uma economia hiperinflacionária devem ser expressas em termos da unidade de mensuração corrente à data do balanço. A hiperinflação é indicada pelas características do ambiente económico de um país que inclui, mas sem limitar, as seguintes situações:

Financial statements of an entity whose functional currency is that of a hyperinflationary economy shall be expressed in terms of the measuring unit current at balance sheet date. Hyperinflation is indicated by the characteristics of a countries economic environment, including, but not limited to, the following situations:

a) A população em geral prefere guardar a sua riqueza em activos não monetários ou em moeda estrangeira relativamente estável. As quantias da moeda local detidas são imediatamente investidas para manter o poder de compra;

a) Generally, the population prefers to keep its wealth in non-monetary assets or in foreign currency that is reasonably stable. Amounts held in localy currency are immediately invested so as to keep the purchasing power;

b) A população em geral vê as quantias monetárias em termos de moeda estrangeira estável. Os preços podem ser cotados nessa moeda;

b) The general population regards monetary amounts in terms of stable foreign currency. Prices may be quoted in that currency;

c) As vendas e compras a crédito têm lugar a preços que compensem a perda esperada do poder de compra durante o período do crédito, mesmo que o período seja curto;

c) Sales and purchases on credit take place at prices that compensate for the expected loss of purchasing power during the credit period, even if the period is short.

d) As taxas de juro, salários e preços estão ligados a um índice de preços;

d) Interest rates, salaries and prices are linked to a price index;

e) A taxa acumulada de inflação durante 3 anos aproxima-se de, ou excede, 100%.

e) The accumulated inflation rate registered over 3 years is close to, or exceeds, 100%.

O valor resultante da actualização monetária deve ser reflectido mensalmente, a débito na conta de “Resultado da Actualização Monetária” da demonstração de resultados, por contrapartida do aumento dos saldos de fundos próprios, com excepção da rubrica “Capital Social”, que deve ser classificada numa rubrica específica (“Reserva de actualização monetária do Capital Social”) que só pode ser utilizada para posterior aumento de capital.

The resulting value after monetary updating must be shown each month by debit to the caption “Outcome of Monetary Adjustment” on the financial statements, offsetting the balance of own funds, with the exception of the caption “Share Capital” which should be classified in a specific caption (“Reserve for monetary adjustment of the Share Capital”) and which can only be used for subsequent capital increase.

73


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Nos exercícios de 2012 e 2011, o Banco não procedeu à actualização dos seus fundos próprios, em virtude da inflação verificada, bem como a evolução cambial que ocorreu ao longo do período, não perspectivarem que Angola pudesse ser considerada uma economia hiperinflacionária, nos termos do normativo em vigor.

In the financial statements of 2012 and 2011, the Bank did not carry out the updating of own funds, since the registered inflation, as well as the evolution of the exchange rate for the period did not seem to indicate that Angola might be considered as a hyperflationary economy, under the terms of the applicable regulatory framework.

h) Imposto sobre o rendimento h) Income Tax O imposto sobre o rendimento do exercício é determinado com base na taxa de 35% sobre o valor total dos resultados antes de impostos, apurados no referido exercício e expressos na demonstração de resultados, acrescido dos custos fiscalmente não aceites e deduzidos de benefícios fiscais obtidos, conforme legislação aplicável em Angola. As declarações fiscais estão sujeitas a revisão e correcção por parte das autoridades fiscais durante um período de 5 anos podendo resultar, devido a diferentes interpretações da legislação fiscal, eventuais correcções ao lucro tributável dos exercícios de 2006 a 2011. No entanto, não é previsível que qualquer correcção relativa aos exercícios acima referidos venha a ocorrer e, caso tal ocorra, não são esperados impactos significativos nas demonstrações financeiras anexas.

Income tax for the period is based on a 35% tax on the total income before taxes, obtained during that same period and expressed in the income statement, plus any expenses not deductible for tax purposes, minus any tax benefits obtained, as established in the applicable legislation in Angola. Tax declarations are open to inspection and adjustment by the tax authorities during a period of five years and this could result, due to different interpretations of the tax legislation, in possible corrections to taxable profits for the years 2006 to 2011. However, it is not foreseeable that any corrections in relation to the above mentioned years might be required and, if so, no significant impact in the attached financial statements is expected. i) Deferred Tax

i) Imposto diferido Os impostos diferidos correspondem ao impacto no imposto a recuperar / pagar em períodos futuros, resultante de diferenças temporárias dedutíveis ou tributáveis entre o valor de balanço dos activos e passivos e a base fiscal, utilizada na determinação do lucro tributável. Os impostos diferidos activos são reconhecidos até ao montante em que seja provável a existência de lucro tributável futuro que permita, a utilização das correspondentes diferenças tributárias dedutíveis ou de reporte de prejuízos fiscais, enquanto que, os passivos por impostos diferidos são normalmente registados para todas diferenças temporárias tributáveis. Os prejuízos fiscais apurados num exercício são dedutíveis aos lucros fiscais dos anos seguintes.

74

Deferred taxes correspond to the effect on tax that is recoverable / payable in future periods, resulting from temporary deductible or taxable differences between the balance sheet value of assets and liabilities and their tax base, used to determine the taxable profit. Deferred tax assets are recognised up to an amount on which future taxable profits are likely, which will alow the use of the corresponding deductible tax differences, or carry forward of tax losses, whereas deferred tax liabilities are usually recorded for all the temporary taxable differences. Tax losses generated in a year are deductible from tax profits in subsequent years.


RELATÓRIO E CONTAS

Não são registados activos ou passivos fiscais diferidos relativos a diferenças temporárias originadas no reconhecimento inicial de activos e passivos em transacções que não afectem o resultado contabilístico ou o lucro tributável. Adicionalmente, não são registados activos fiscais diferidos nos casos em que a sua recuperabilidade possa ser questionável devido a outras situações, incluindo questões de interpretação da legislação fiscal em vigor.

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Deferred tax assets or liabilities, relating to temporary differences originated at initial recognition of assets and financial liabilities that do not affect accounting results or taxable profits. Additionaly, deferred tax assets are not recorded when their recoverability is questionable due to other circumstances, including matters of interpretation of tax legislation in force. Deferred taxes are calculated on an annual base, using tax rates in force on the Balance Sheet date.

Os impostos diferidos são calculados numa base anual, utilizando as taxas de imposto em vigor à data de balanço.

5. Disponibilidades

5. Cash and Deposits

Esta rubrica tem a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

disponibilidades CASH AND DEPOSITS Caixa Cash Disponibilidades no Banco Central Available at the Central Bank Disponibilidades em Instituições Financeiras Available in Financial Institutions

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

752.929

7.838

1.093.224

11.445

1.121.097

11.670

710.865

7.442

48.170

501

182.888

1.915

1.922.196

20.009

1.986.977

20.802

O saldo de “Disponibilidades no Banco Central”, a 31 de Dezembro de 2012, no montante de AKZ 1.121.097 milhares, equivalente a USD 11.670 milhares, inclui o montante de AKZ 600.326 milhares, equivalente a USD 6.249 milhares, que visam o cumprimento com as reservas obrigatórias exigidas pelo Banco Nacional de Angola, e não são remuneradas.

The balance of “Cash and Deposits at Central Bank”, as at December 31st 2012, in the amount of AKZ 1.121.097 thousands, equivalent to USD 11.670 thousands, includes the amount of AKZ 600.326 thousands, equivalent to USD 6.249 thousands, to ensure compliance with mandatory reserves required by National Bank of Angola and which are not remunerated.

As reservas obrigatórias são apuradas actualmente nos termos do disposto do Instrutivo nº 03/2010, de 4 de Junho, e são constituídas em moeda nacional e em moeda estrangeira, em função da respectiva denominação dos passivos que constituem a sua base de incidência. Em 31 de Dezembro de 2011, a exigibilidade de manutenção de reservas obrigatórias é apurada através da aplicação de um coeficiente de 20% sobre os pas-

Mandatory reserves are at present determined as provided in Instruction Nr. 03/2010 of June 4th and are constituted in national and foreign currency, in accordance with the respective denomination of the liabilities which constitute its reserve base. As of December 31st 2011 the demandability of maintaining mandatory reserves is established by means of the application of a coefficient of 20% on applicable liabilities, in national currency, as determined by Ins-

75


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

sivos elegíveis em moeda nacional, nos termos do disposto no Instrutivo nº 02/2011 de 28 de Abril que revoga o ponto 6.1 do Instrutivo nº 03/2010, de 4 de Junho, e de um quociente de 15% sobre os passivos elegíveis em moeda estrangeira, nos termos do disposto no Instrutivo nº 03/2010, de 4 de Junho. A rubrica de “Disponibilidades junto de Instituições financeiras” é composta por depósitos à ordem e englobam os saldos das contas junto dos bancos correspondentes.

truction Nr. 02/2011 of April 28th, which revoked point 6.1 of Instruction Nr. 03/2010 of June 4th, and a quotient of 15% on applicable liabilities, in foreign currency, as per the terms of Instruction Nr. 03/2010, of June 4th. Caption “Resources available in Financial Institutions” is composed of demand deposits and includes the balance of accounts with correspondent banks.

6. Aplicações de Liquidez

6. Liquidity Applications

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

APLICAÇÕES DE LIQUIDEZ LIQUIDITY APPLICATIONS Mercado Monetário Interfinanceiro Interbank Monetary Market

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

Milhares de USD Thousands USD

-

-

0

0

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2011 Milhares de USD Thousands USD

-

0

-

0

7.Títulos e valores Mobiliários

7. Bonds and Securities

Esta rubrica tem a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

títulos e valores mobiliários BONDS AND SECURITIES

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Bilhetes do Tesouro Treasury Bills

-

-

112.683

1.180

Títulos do Banco Central Central Bank Bonds

-

-

-

-

-

-

112.683

1.180

76


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

8. Créditos no sistema de pagamentos

8. Credits in the payment system

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

créditos no sistema de pagamentos CREDITS IN THE PAYMENTS SYSTEM

2012

Relações entre Agências Inter Agency Relations Relações entre Instituições Inter Institution Relations

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

-

-

0

0

1.058

11

4.164

44

1.058

11

4.164

44

9. Créditos

9. Credits

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

créditos CREDITS

2012

Crédito Interno Domestic Credit

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

5.709.493

59.434

5.209.113

54.535

Crédito e Juros Vencidos Overdue Loans and Interest

983.449

10.237

397.613

4.163

Provisão para Crédito de Liquidação Duvidosa Provision for Doubtful Credit

(554.756)

(5.775)

(147.086)

(1.540)

6.138.186

63.896

5.459.640

57.158

Na rubrica Créditos, de acordo com a regulamentação do Banco Nacional de Angola (BNA), encontram-se incluídos os montantes de crédito e juros vincendos, e crédito e juros vencidos.

Under the caption Credits, in accordance with the regulations of the National Bank of Angola (BNA) is included the amount of outstanding credit and interest, and overdue credit and interest.

Crédito Nível de Risco Credit RISK LEVEL

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Dias de atraso DELAY IN DAYS

Milhares de USD Thousands USD

5.709.493 59.434 A 65.955 687 B 151.283 1.575 C 87.010 906 D 96.338 1.003 E 122.548

1.276

F

460.315

4.792

G

Provisão ProvisON

. 0 to 15 days 0% De 16 a 30 dias . 16 to 30 days 1% De 31 a 60 dias . 31 to 60 days 3% De 61 a 90 dias . 61 to 90 days 10% De 91 a 150 dias . 91 to 150 days 20% De 151 a 180 dias . 151 to 180 days 50% Superior a 180 dias . More than 180 days 100% De 0 a 15 dias

77


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

10. Outros Valores

10. other funds

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

OUTROS VALORES OTHER FUNDS

2012

Devedores Diversos Sundry Debtors Despesas Antecipadas Prepaid Expenses

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

529.297

5.510

125.605

1.315

48.707

507

42.434

444

578.004

6.017

168.039

1.759

A rubrica Devedores diversos, inclui um saldo de AKZ 403.958 milhares, referente ao fundo de apoio à actividade de microcrédito, por receber do Banco BAI. A rubrica também inclui um saldo de AKZ 88.277 milhares, que se refere a erros e inconsistências provocadas pela importação incorrecta de dados do sistema. Esta situação está identificada pelo Banco, sendo que a sua regularização verificar-se-á em 2013 no sistema operativo da Banca.

The entry Sundry Debtors includes a balance of AKZ 403.958 thousand, which refers to the fund for support to microcredit activities, to be received from Bank BAI. This entry also includes a balance of AKZ 88.277 thousands, which covers errors and inconsistencies which are due to incorrect data imports in the system. This situation has been identified by the Bank and its correction will take place in the banking operative system in 2013.

11. Imobilizações

11. Fixed Assets

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

IMOBILIZADO fixed assets

2012

Imobilizações Financeiras Financial Fixed Assets

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

7.788

81

7.742

81

Imobilizações Corpóreas Tangible Assets

980.236

10.204

1.095.077

11.464

Imobilizações Incorpóreas Intangible Assets

403.458

4.200

132.166

1.384

Amortizações Acumuladas Accumulated Amortization

(346.119)

(3.603)

(272.100)

(2.849)

1.045.363

10.882

962.885

10.080

Na rubrica outras imobilizações financeiras encontra-se registada uma caução a favor da Western Union constituída a 30 de Junho de 2006, no valor de USD 75 milhares.

78

The caption Other Financial Assets includes a guarantee of USD 75 thousand, issued on June 30th 2006 in favour of Western Union.


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

O aumento do Imobilizado resulta essencialmente pela mudança da Sede Social do Banco (anexos A e B).

The increase in fixed tangible assets is essentially due to the move to new company headquarters (exhibits A and B).

12. Depósitos

12. Deposits

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following presentation:

2012

DEPÓSITOS DEPOSITS Depósitos à Ordem

. SIGHT DEPOSITS

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Em moeda nacional In national currency

1.327.854

13.822

1.516.336

15.875

Em moeda estrangeira In foreign currency

334.127

3.478

314.149

3.289

1.661.981

17.300

1.830.485

19.164

Em moeda nacional In national currency

1.503.458

15.650

1.173.907

12.290

Em moeda estrangeira In foreign currency

85.312

888

94.586

990

1.588.770

16.538

1.268.493

13.280

Em moeda nacional In national currency

173.978

1.811

140.558

1.472

Em moeda estrangeira In foreign currency

77.438

806

49.972

523

251.416

2.617

190.530

1.995

3.502.167

36.455

3.289.508

34.439

Depósitos a prazo

. term deposits

Depósitos Poupança

. saving deposits

13. CaptaçÕES para Liquidez

13. Liquidity Funding

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

captaçÕES PARA liquidez LIQUIDITY FUNDING

2012

Mercado Monetário Interfinanceiro Interbank Monetary Market

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

5.199.295

54.123

3.793.184

39.711

5.199.295

54.123

3.793.184

39.711

79


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Em 31 de Dezembro de 2011, a rubrica “Captações para Liquidez” apresentava um saldo de AKZ 5.199.295 milhares, equivalente a USD 54.123 milhares, referente a linhas negociadas com os Bancos BAI e com o BDA, este último no âmbito do Crédito de Campanha Agrícola e de Investimento.

As of 31st December 2011, the caption “Liquidity Funding” showed a balance of AKZ 5.199.295 thousand, equivalent to USD 54.123 thousand, referring to lines negotiated with BAI and BDA Banks, the latter for Crédito de Campanha Agrícola e de Investimento (Agriculture and Investment Credit Campaign). 14. Bonds in the Payments System

14. Obrigações no Sistema de Pagamentos This caption shows the following composition: Esta rubrica apresenta a seguinte composição: obrigações no sistema de pagamentos BONDS IN THE PAYMENTS SYSTEM

2012

Relações entre Agências Inter Agency Relations Relações entre Instituições Inter Institution Relations

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Dívidas Subordinadas Subordinated Debts

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

0

0

642.491

6.726

12.231

127

1.064

11

12.231

127

643.555

6.737

Nesta rubrica encontra-se contabilizado as ordens de pagamento de terceiros em trânsito no final do ano. outras captações OTHER FUNDING

2012

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

This caption includes third party payment orders in transit at the end of the year.

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

230.125

2.396

230.125

2.409

230.125

2.396

230.125

2.409

Milhares de USD Thousands USD

O saldo desta rubrica espelha o contrato de suprimento entre o BMF e o accionista BAI, o qual não vencerá juros e deverá ser incorporada no futuro aumento de capital, por via da conversão em capital social.

The balance under this caption reflects the provision agreement between BMF and the shareholder BAI which is not subject to interest and will be incorporated in future capital increase, by virtue of conversion.

Outras Obrigações

Other OBLIGATIONS

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

80


RELATÓRIO E CONTAS

outras obrigações OTHER OBLIGATIONS

2012

Obrigações de Natureza Fiscal Obligations of Fiscal Nature

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

. ANNUAL REPORT | BMF 2012 2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

5.417

56

10.318

108

Obrigações de Natureza Cível Obligations of Civil Nature

57.456

598

61.684

646

Obrigações de Natureza Administrativa e de Comercialização Obligations of Administrative and Commercial Nature

3.550

37

919

10

66.423

691

72.921

764

Nesta rubrica estão incluídos o Imposto industrial, o imposto sobre operações bancárias, que compreende a retenção do imposto de selo sobre juros e comissões, o imposto sobre rendimento de capital, os impostos sobre rendimento dos trabalhadores, contribuições para segurança social devidas pela atribuição de remunerações e retenção de imposto na fonte pela prestação de serviços por conta de empresas.

Under this caption are included Industrial Tax, tax on bank operations which includes whitholding stamp tax on interest and commissions, tax on capital gains, taxes on remunerations paid to employees, social security contributions resulting from the attribution of remuneration, and taxes withheld at source on services provided on behalf of business undertakings.

15. Capital Próprio

15. Own Capital

A 31 de Dezembro de 2012, o capital social do Banco está representado por 1.990.000 acções nominativas, correspondentes a 10 Dólares dos Estados Unidos cada, com a seguinte estrutura accionista:

As of December 31st 2011, the Bank’s share capital is represented by 1.990.000 registered shares, corresponding each to 10 US dollars, with the following shareholder structure:

ACCIONISTAS SHAREHOLDERS

%

31.12.2011 Nº acções Valor no Capital Nr. of shares Value in Share Capital

1.444.886.168

90,48%

1.800.600

1.444.886.168

70.000

56.171.294

3,52%

70.000

56.171.294

119.400

95.812.178

6,00%

119.400

95.812.178

1.596.869.640

100,00%

1.990.000

1.596.869.640

%

Nº acções Nr. of shares

BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTOS BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTOS

90,48%

1.800.600

Chevron Texaco Sustainable Development Ltd Chevron Texaco Sustainable Development Ltd

3,52%

Outros Other

6,00%

100,00% 1.990.000

31.12.2012 Valor no Capital Value in Share Capital

20.08.2004

31.12.2010

Capital Social Share Capital

391.058.220

1.596.869.640

Nº de acções Nr. of Shares

490.000

1.990.000

Valor por acção (AKZ) Value per Share (AKZ)

798

802,4470553

81


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Em Milhares de AKZ In ThousandS AKZ Capital Social Share Capital

Saldo em Balance

Aumentos Diminuição Increase Decrease

01.01.2012

Regularização Transferência Adjustment Transfer

1.596.870

Saldo em Balance 31.12.2012 1.596.870

Reserva de Actualização Monetária do Capital Social Reserve for Monetary Correction of Capital Stock

0

Reservas e Fundos Reserves and Funds

0

0

Reserva Legal Legal Reserve

25.461

25.461

Reserva Livre Free Reserve

101.859

101.859

Reserva de Reexpressão Translation Reserve

0

Resultados Potenciais Potencial Results

0

Resultados Transitados Results carried forward

(1.093.282)

34.187

(1.059.095)

Resultado do Exercício 2011 Results for the Period 2011

34.187

(34.187)

0

Resultado do Exercício 2012 Results for the Period 2012

Em Milhares de USD In ThousandS USD Capital Social Share Capital

9.471

9.471

665.095

9.471

0

674.566

Saldo Em Balance

Aumentos Diminuição Increase Decrease

Regularização Transferência Adjustment Transfer

Saldo Em Balance

0

01.01.2012 19.900

31.12.2012 19.900

Reserva de Actualização Monetária do Capital Social Reserve for Monetary Correction of Share Capital

0

Reservas e Fundos Reserves and Funds

0

Reserva Legal Legal Reserve

289

289

Reserva Livre Free Reserve

1.159

1.159

Reserva de Reexpressão Translation Reserve

(3.386)

(3.423)

(37)

Resultados Potenciais Potencial Results

0

Resultados Transitados Results carried forward

(11.416)

417

(10.999)

Resultado do Exercício 2011 Results for the Period 2011

417

(417)

Resultado do Exercício 2012 Results for the Period 2012 6.963

82

97 97

0

0 97

(37)

7.023


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Nos termos da legislação vigente, o Banco deverá constituir um fundo de reserva legal até à concorrência do seu capital. Para tal, o Banco tem transferido anualmente para esta reserva 20% do resultado líquido do exercício anterior. Esta reserva só pode ser utilizada para a cobertura de prejuízos acumulados, quando esgotadas as demais reservas constituídas.

Under the terms of legislation in force, the Bank shall establish a legal reserve fund up to the limit of its share capital. For this purpose, the Bank has transferred annually to that reserve, 20% of the net income for the preceding year. This reserve may be used only to cover accumulated losses when other established reserves are exhausted.

Resultados potenciais correspondem a reservas de reavaliação de imobilizado pendente de liquidação, mas de realização provável ao abrigo do disposto no Decreto-Lei nº6/96, de 26 de Janeiro, de modo a reflectir o efeito da desvalorização da moeda nacional.

Potencial results refers to fixed assets revaluation awaiting settlement but which will probably be made, under the provisions of Decree-Law Nr. 6/96 of January 26th, reflecting the effect of devaluation of the national currency.

16. Proveitos de instrumentos financeiros activos

16. Income from active financial instruments

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

PROVEITOS DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS ACTIVOS INCOME FROM ACTIVE FINANCIAL INSTRUMENTS

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Aplicações de Liquidez Liquidity Applications

0

0

32.450

345

Títulos e Valores Mobiliários Bonds and Securities

2.117

22

26.506

282

Instrumentos Financeiros Derivados Derivative Financial Instruments

-

-

-

-

Crédito Credit

1.214.162

12.692

670.391

7.122

1.216.279

12.714

729.347

7.749

Os juros das Aplicações de liquidez, são relativas às operações de cedência de liquidez realizadas com bancos sedeados em Angola.

Interest from liquidity applications refers to liquidity providing operations carried out with banks domiciled in Angola.

Os proveitos de Títulos e valores mobiliários registam o valor de AKZ 2.117 milhares, equivalente a USD 22 milhares, relativo a juros obtidos de Bilhetes do tesouro.

Earnings from Securities and fixed assets show a value of AKZ 2.117 thousand, equivalent to USD 22 thousand, related to interest received from Treasury Bonds.

83


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

17. Custos e instrumentos financeiros passivos

17. Costs and financial instrument liabilities

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

custos e instrumentos financeiros passivos COSTS AND FINANCIAL INSTRUMENT LIABILITIES

2012

Depósitos Deposits

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

86.086

900

73.087

776

Captações para Liquidez Liquidity funding

299.604

3.132

216.997

2.305

Captações com Títulos e Valores Mobiliários Funding from Bonds and Securities

-

-

-

-

Instrumentos Financeiros Financial Instruments

-

-

-

-

Outras Aplicações Other Applications

-

-

-

-

385.690

4.032

290.084

3.081

As captações para liquidez no país tiveram um custo no final do ano de AKZ 299.604 milhares, equivalente a USD 3.132 milhares, sendo o incremento devido ao aumento dos recursos captados em 2012 (nota 13).

Raising funds for liquidity, in the country, had a cost at the end of the year of AKZ 299.604 thousand, equivalent to USD 3.132 thousand, the increase being due to the increase in resources obtained in 2012 (note 13).

Os juros de depósitos são provenientes dos juros a pagar pelos depósitos a prazo e contas poupança de clientes, detidas tanto em AKZ como em USD.

Interest on deposits is derived from interest to be paid by client term deposits and savings accounts, held both in AKZ and in USD.

18. Resultados de Operações cambiais

18. Results from Foreign Exchange Operations

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

RESULTADOS DE OPERAÇÕES CAMBIAIS INCOME FROM EXCHANGE OPERATIONS

2012

Operações cambiais Exchange operations

84

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

154.381

1.614

328.036

3.485

154.381

1.614

328.036

3.485


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

O Banco obteve resultados da posição cambial positivos em AKZ 154.381 milhares, equivalente a USD 1.614 milhares. A variação ocorrida deveu-se ao facto do Banco ter iniciado o seu processo de desdolarização e de uma gestão mais prudente sobre os indicadores de posição e exposição cambial, o que originou um resultado positivo face às flutuações cambiais observadas no País no período.

The Bank obtained positive results of AKZ 154.381 thousand, equivalent to USD 1.614 thousand, from its exchange position. The variation registered was a result of the Bank having initiated a dedollarization process and a more prudent management regarding exchange position and exposure indicators, which contributed to a positive result against exchange fluctuations that occurred in the country in that period.

19. Resultados de prestação de serviços financeiros

19. Results from the provision of financial services

Os resultados apresentam-se como se segue:

Results were as follows:

RESULTADOS de prestação de serviços financeiros Results from the provision of financial services

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012 Milhares de USD Thousands USD

2011

2011

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Comissões sobre Operações Cambiais Commission on Exchange Operation

13.922

146

Comissões por Abertura de Créditos Commission for Opening Credits

51.025

533

73.069

776

Comissões de Manutenção de Contas Commission for Account Maintenance

82.734

865

40.184

427

Comissões por Transferências Commission for Transfers

10.021

105

13.697

146

Outras Comissões por Serviços Bancários Prestados 3.663 Other Commissions for Bank Services Provided

38

176.717

1.877

Custos de Comissões, Corretagens e Custódias (1.030) Cost of Commissions, Fees and Custody Services

(11)

0

0

160.335

1.676

303.667

3.226

Os proveitos com comissões aumentaram em resultado da procura dos serviços de remessas internacionais, crédito, ordens de pagamentos emitidas e recebidas, importação de mercadorias, entre outras.

Revenue resulting from commissions increased as a result of the demand for services related to international remittances, credit, payment orders received and issued, import of goods among others.

Os proveitos de “Outras comissões por Serviços Bancários Prestados”, resultam da prestação de serviços Western Union.

Revenue from “Other Comissions for Banking Services Provided” is derived from Western Union services provided.

85


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

20. Provisões do Exercício

20. Provisions for the Period

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

provisões do exercício Em Milhares de AKZ Provision for the Period in THOUSAND AKZ

Saldo Em Balance

Reforço Redução Increase Decrease

Saldo em Balance

01.01.2012

31.12.2011

Crédito de Liquidação Duvidosa e Prestação de Garantias Doubtful Credits and Provision of Guarantees

(147.086)

(629.266)

221.596

(554.756)

Operações de Créditos enviadas para Prejuizo Credit Operations ascribed to Losses

(333.718)

(134.049)

-

(467.767)

Sobre Outros Valores e Responsabilidades Prováveis On other Values and Probable Responsibilities

-

-

0

(480.804)

(763.315)

221.596

(1.022.523)

Saldo em Balance

Reforço Redução Increase Decrease

provisões do exercício Em Milhares de USD Provision for the Period IN THOUSAND USD

Saldo em Balance

01.01.2011

31.12.2011

Crédito de Liquidação Duvidosa e Prestação de Garantias Doubtful Credits and Provision of Guarantees

(1.245)

(6.578)

2.316

(5.507)

Operações de Créditos enviadas para Prejuizo Credit Operations ascribed to Losses

-

(1.401)

-

(1.401)

Sobre Outros Valores e Responsabilidades Prováveis On other Values and Probable Responsibilities

-

0

-

0

(1.245)

(7.979)

2.316

(6.908)

PROVISÕES SOBRE OUTROS VALORES E RESPONSABILIDADES PROVÁVEIS PROVISION ON OTHER ASSETS AND PROBABLE RESPONSIBILITIES

Provisões Específicas para Perdas em Outros Valores Specific Provisions for Losses in Other Assets

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

0

0

1.160

0

0

0

1.160

0

As provisões do exercício são resultado das operações com as contas de provisão para outros créditos internos vencidos e as provisões para riscos gerais de créditos. As Provisões para risco gerais de crédito foram constituídas de acordo com o referido na nota 4, alínea b).

86

2012

Provisions for the period derive from operations with provision accounts for other overdue internal credits and provisions for general credit risks. Provisions for general credit risks were determined as established in note 4, paragraph b).


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

21. Custos Administrativos e de Comercialização

21. Administrative and Marketing Costs

Esta rubrica apresenta a seguinte composição:

This caption shows the following composition

CUSTOS ADMINISTRATIVOS E DE COMERCIALIZAÇÃO Administrative and Marketing Costs

2012

Pessoal Staff

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

523.201

5.469

449.851

4.779

Fornecimento de Terceiros Third Party Supplies

387.834

4.054

326.888

3.473

Imposto e Taxas não Incidentes sobre o Resultado Duties and Taxes not related to Income for the period

1.974

21

2.869

30

Penalidades Aplicadas por Autoridades Reguladoras Penalties Levied by Regulating Authorities

3.310

35

1.989

21

Custos com Pesquisa e Desenvolvimento Cost of Research and Development

0

0

0

0

Provisões Específicas para Perdas com Clientes Comerciais e Industriais Specific Provisions for Losses through Commercial and Industrial Clients

0

0

0

0

Outros Administrativos e de Comercialização Provisões Específicas para Perdas com Inventários Comerciais e Industriais Other, Administrative and Marketing Specific Provisions for Losses from Commercial and Industrial Inventories

0

0

0

0

Depreciações e Amortizações Depreciation and Amortization

74.016

774

99.886

1.061

Outros Custos e Proveitos Operacionais Other Operational Costs and Revenues 990.335

Custos com Pessoal

10.353

881.483

0

9.364

Personnel Costs

CUSTOS COM PESSOAL PERSONNEL COSTS

2012

Remuneração Mensal Monthly Salaries

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

370.650

3.874

318.168

3.380

Encargos Sociais Obrigatórios Mandatory Social Contributions

32.312

339

21.669

231

Encargos Sociais Facultativos Optional Social Contributions

120.239

1.257

110.013

1.169

523.201

5.470

449.850

4.780

87


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

O total de colaboradores do Banco em 31 de Dezembro de 2012 foi de 249, (235 em 31 de Dezembro de 2011). O aumento da rubrica de “Custos com Pessoal” deveu-se essencialmente à revisão da política salarial do Banco, visando a retenção e atracção de técnicos com experiência. A 31 de Dezembro de 2012 e 2011, a rubrica de “Encargos sociais obrigatórios” inclui encargos relativos a remunerações e outros encargos sociais obrigatórios.

Fornecimentos de Terceiros FORNECIMENTO DE TERCEIROS THIRD PARTY SERVICES/SUPPLIES

The total number of Bank staff as of 31st December 2012 was 249, (235 on December 31st 2011). The increase shown under “Personnel Costs” was due mainly to a revision of the Bank’s salary policy and the attraction of experienced technicians. As of December 31st 2012 and 2011, the caption “Compulsory social costs” includes charges pertaining to remuneration and other compulsory social charges.

THIRD PARTY SERVICES/SUPPLIES 2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Comunicações Communications

80.770

844

57.962

616

Água, Energia, Combustíveis e Lubrificantes Water, Energy, Fuel and Lubricants

1.210

13

4.414

47

Transportes, Deslocações e Alojamentos Transportation, Travel and Accommodation

37.023

387

28.348

301

Publicações, Publicidade e Propaganda Publications, Advertising and Promotion

68.568

717

44.490

473

Segurança, Conservação e Reparação Safety, Upkeep and Repairs

31.949

334

41.430

440

Auditorias, Consultorias e Outros Serviços Técnicos Especializados Audits, Consulting and Other Specialized Technical Services

21.559

225

19.460

207

Seguros e Alugueres Insurance and Rentals

122.393

1.279

86.792

922

Outros Other

24.363

255

43.991

467

387.835

4.054

326.887

3.473

A rubrica de “Comunicações” inclui a 31 de Dezembro de 2012 e 2011 encargos com serviços telefónicos, de voz, dados e encargos associados a despesas de comunicação e expedição.

The caption “Communications” includes, as of 31st December 2012 and 2011 telephone service charges, voice, data and charges associated with communication and distribution.

A rubrica de “Transportes, deslocações e alojamentos” agrega custos associados com a participação de funcionários em seminários e formações no exterior do País.

“Transportation, travel and accommodation” covers costs associated with staff participation in seminars and professional training abroad.

88


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Os Custos com trabalho independente correspondem a avenças e honorários, fundamentalmente relacionados com os serviços de consultoria e auditoria utilizados pelo Banco. A diminuição verificada nesta rubrica entre 31 Dezembro de 2012 e 2011, prende-se essencialmente com a redução dos serviços de consultoria no âmbito de gestão do Banco.

Costs of independent entities represent retainer fees and other fees mainly related to consulting and audit services engaged by the Bank. The decrease in this item between December 31st 2012 and 2011 is due to a reduction in consultancy services for Bank management.

Na rubrica “Outros” encontram-se custos com serviços de transporte de valores ao Banco Nacional de Angola (BNA), entre outros.

Under “Other Services” are entered, among others, costs related to the transportation of valuables to National Bank of Angola (BNA).

22. Outros Proveitos e Custos Operacionais

22. Other Revenues and Operating Costs

Esta rubrica tem a seguinte composição:

This caption shows the following composition:

outros proveitos e custos operacionais OTHER REVENUE AND OPERATING COSTS

2012

Milhares de AKZ Thousands AKZ

2012

2011

2011

Milhares de USD Thousands USD

Milhares de AKZ Thousands AKZ

Milhares de USD Thousands USD

Anulação de Provisões Cancellation of Provisions

0

0

0

0

Outros Ganhos Other Gains

597.926

6.250

30.959

329

Outras Perdas Other Losses

(192.819)

(2.016)

(586)

(6)

405.107

4.234

30.373

323

A rubrica outros ganhos, inclui um saldo de AKZ 403.958 milhares, referente ao fundo de apoio a actividade de microcrédito.

The caption Other Earnings includes a balance of AKZ 403.958 thousand, which corresponds to a support fund for microcredit activities.

89


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

f. Anexos às Demonstrações Financeiras

f. Financial Statement Exhibits

ANEXO A - Mapa do movimento Anual do Imobilizado em AKZ Exhibit a - Table of Annual Fixed Asset Transactions in akz

Imobilizado Bruto - saldos Gross Fixed Assets - balances descrição Description

Amortizações Acumuladas - Saldos Accumulated Depreciation - Balances

dez 2011 dec 2011

Reavaliações, ajustamentos Revaluations, Adjustments

aquisições Acquisitions

dez 2012 DEC 2012

dez 2011 dec 2011

Gastos de Organização e Expansão Organization and Expansion Expenses

5.478.459

-

-

5.478.459

5.478.459

5.478.459

0

Sistema de Tratamento Automático de Dados (Software) Automated Data Processing System (Software)

85.196.549

534.031

85.730.580

51.102.608

26.113.553

77.216.161

8.514.419

Benfeitorias em Imóveis de Terceiros Improvements to Third Party Property

41.492.488

312.248.616

13.874.382

3.274.845

17.149.227

295.099.389

dotações Appropriations

abates/ dez 2012 regularizações DEC 2012 wRITE OFFS/ SETTLEMENTS

Imobilizado Liquido Net Fixed Assets

dez 2012 DEC 2012

IMOBILIZADO INCORPÓREO INTANGIBLE FIXED ASSETS

Outras Imobilizações Incorpóreas Other Intangible Assets

270.756.128

0

0

132.167.496

534.031

403.457.655

Imóveis de Uso Properties for Own Use

350.895.323

(119.270.151)

Móveis, Utensílios, Instalações e Equipamentos Furniture, Utensils, Installations and Equipment

435.247.869

-

11.318.910

423.928.959

Imobilizações em Curso Fixed Assets in Progress

308.934.250

-

15.507.525

324.441.775

240.000

240.000

TOTAL IMOBILIZADO INCORPÓREO TOTAL INTANGIBLE FIXED ASSETS

270.756.128

70.455.449

29.388.398

0

-

-

201.644.700

44.630.337

-

-

-

-

0

99.843.847

303.613.808

-

231.625.172

246.275.037

177.653.922

-

324.441.775

IMOBILIZADO CORPÓREO TANGIBLE FIXED ASSETS

Outras Imobilizações Corpóreas Other Fixed Assets TOTAL IMOBILIZADO CORPÓREO TOTAL TANGIBLE FIXED ASSETS

231.625.172

-

240.000

1.095.077.442

(119.270.151)

4.428.615

980.235.906

201.644.700

44.630.337

0

246.275.037

733.960.869

Participações em Outras Sociedades Holdings in Other Companies

622.806

-

-

622.806

-

-

-

-

622.806

Outros Investimentos Other Investments

7.119.975

44.850

7.164.825

0

0

0

0

7.164.825

TOTAL IMOBILIZAÇÕES FINANCEIRAS TOTAL FINANCIAL FIXED ASSETS

7.742.781

44.850

0

7.787.631

0

0

0

0

7.787.631

TOTAL IMOBILIZAÇÕES TOTAL FIXED ASSETS

1.234.987.719

(118.691.270)

275.184.743

1.391.481.192

272.100.149

74.018.735

0

IMOBILIZAÇÕES FINANCEIRAS FINANCIAL FIXED ASSETS

90

346.118.884

1.045.362.308


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

ANEXO B - Mapa do movimento Anual do Imobilizado em USD Exhibit B - Table of Annual Fixed Asset Transactions in USD

Imobilizado Bruto - saldos Gross Fixed Assets - balances descrição Description

dez 2011 dec 2011

Reavaliações, ajustamentos Revaluations, Adjustments

Gastos de Organização e Expansão Organization and Expansion Expenses

57.355

(326)

Sistema de Tratamento Automático de Dados (Software) Automated Data Processing System (Software)

891.933

Benfeitorias em Imóveis de Terceiros Improvements to Third Party Property

434.390

aquisições Acquisitions

Amortizações Acumuladas - Saldos Accumulated Depreciation - Balances

dez 2012 DEC 2012

dez 2011 dec 2011

57.029

57.355

892.423

534.794

3.250.389

145.253

dotações Appropriations

Imobilizado Liquido Net Fixed Assets

abates/ dez 2012 regularizações DEC 2012 wRITE OFFS/ SETTLEMENTS

dez 2012 DEC 2012

(326)

57.029

0

803.791

88.632

178.517

3.071.872

IMOBILIZADO INCORPÓREO INTANGIBLE FIXED ASSETS

2.815.999

Outras Imobilizações Incorpóreas Other Intangible Assets TOTAL IMOBILIZADO INCORPÓREO TOTAL INTANGIBLE FIXED ASSETS

1.383.678

(326)

2.815.999

268.997

33.264

-

-

4.199.841

737.402

268.997

32.938

1.039.336

3.160.505

-

-

2.411.130

2.563.629

1.849.310

-

3.377.315

IMOBILIZADO CORPÓREO TANGIBLE FIXED ASSETS

Imóveis de Uso Properties for Own Use

3.673.566

2.411.130

-

-

Móveis, Utensílios, Instalações e Equipamentos Furniture, Utensils, Installations and Equipment

4.556.663

4.412.939

2.111.771

451.858

Imobilizações em Curso Fixed Assets in Progress

3.234.270

3.377.315

-

-

Outras Imobilizações Corpóreas Other Fixed Assets TOTAL IMOBILIZADO CORPÓREO TOTAL TANGIBLE FIXED ASSETS

2.498

11.464.499

0

0

10.203.882

2.111.771

451.858

-

6.460

-

74.583

-

-

0

81.043

-

-

2.815.999

14.484.766

2.849.173

720.855

0

2.498

2.563.629

7.640.253

-

6.460

-

74.583 Other

-

-

81.043

32.938

3.602.966

10.881.800

IMOBILIZAÇÕES FINANCEIRAS FINANCIAL FIXED ASSETS

Participações em Outras Sociedades Holdings in Other Companies

6.460

Outros Investimentos Investments

74.540

TOTAL IMOBILIZAÇÕES FINANCEIRAS TOTAL FINANCIAL FIXED ASSETS

81.000

0

TOTAL IMOBILIZAÇÕES TOTAL FIXED ASSETS

12.929.177

(326)

91


RELATÓRIO E CONTAS

92

. ANNUAL REPORT | BMF 2012


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

93


RELATÓRIO E CONTAS

. ANNUAL REPORT | BMF 2012

Academia do BAI, Edifício C, 3º andar Av. Pedro de Castro Van-Dúnem”Loy” Morro Bento | Luanda | Angola Tel: 222 430 184 / 222 430 144 / 222 430 040 comercial@bancobmf.ao www.bancobmf.ao

94

Relatório e Contas BMF 2012  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you