Issuu on Google+

25 grupo EDIÇÃO TrimestraL ABR / MAI / JUN 2013

FOTOGRAFIA DE JOSÉ TEIXEIRA

Food

IFS Food certifica Lusiaves

TRUST SUMMIT 2013

Portugueses mais confiantes com a Indústria da Alimentação e Bebidas 3

Agência de comunicação criativa FunnyHow? já está a trabalhar a conta Lusiaves 6

Recentemente a LUSIAVES cumpriu com muito sucesso, mais um objectivo: uma nova Certificação do Sistema de Segurança Alimentar (HACCP) nas instalações de abate, transformação, embalagem e distribuição de carne de aves, pelo referencial IFS Food Versão 6.0 - International Food Standard. 4


N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013 grupo

Índice

Editorial AVELINO GASPAR

2 EDITORIAL

Presidente do Conselho de Administração

3 TRUST SUMMIT 2013 4 LUSIAVES OBTÉM CERTIFICAÇÃO IFS FOOD 6 FUNNYHOW? 7 FORÚM "COMO O PLANEAMENTO PODE DINAMIZAR A ECONOMIA E CRIAR EMPREGO" 7 PRESIDENTE DO BPI NA LUSIAVES 7 LUSIAVES NO PROGRAMA "POR ONDE VAMOS" DA SIC NOTÍCIAS 8 ESCOLA PROFISSIONAL DA FIGUEIRA DA FOZ NA QUALIFICA 2013 8 GINÁSIO SOBRE RODAS 9 SEMANA GASTRONÓMICA DO FRANGO DO CAMPO 10 PROTOCOLOS 10 RECEITA YOUCOOK 11 ANIVERSÁRIOS

COORDENAÇÃO EDITORIAL

Eng. Rúben Claro da Fonseca CONTEÚDOS

Media Consulting PROJECTO GRÁFICO E CRIATIVO

Publiconsult, Lda. IMPRESSÃO

Imagem, A.G. TIRAGEM

1000 exemplares Distribuição gratuita SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

Zona Industrial da Zicofa Lote 4 Cova das Faias 2415-314 Marrazes - Leiria T 244 843 250 F 244 825 262 www.lusiaves.pt www.grupolusiaves.pt

É

COM ENORME SATISFAÇÃO QUE VI O NOSSO GRUPO SER NOVAMENTE DISTINGUIDO pela qualidade do trabalho desenvolvido, neste caso uma nova certificação do Sistema de Segurança Alimentar (HACCP), pelo referencial IFS FOOD. Esta norma internacional, foi criada em 2002 na Alemanha, pelos retalhistas de produtos alimentares para terem uma norma de auditoria comum. Mais tarde juntaram-se os retalhistas e grossistas franceses que contribuíram para o aperfeiçoamento da norma. A Lusiaves com mais esta certificação reafirma o seu forte compromisso e exigência máxima no que diz respeito a padrões de qualidade e segurança alimentar, reforçando a confiança dos seus clientes e consumidores nos produtos produzidos. Em tempos difíceis como os actuais é importante dar relevância às coisas positivas que vão sendo feitas e, nesse sentido, não posso deixar passar a oportunidade de felicitar todos os colaboradores que se empenharam pessoalmente neste projecto e o levaram a cabo, e também, os que diariamente contribuem activamente para que a LUSIAVES atinja feitos desta magnitude. Com esta atribuição, a Lusiaves passou a ser a primeira e única empresa do seu sector, a nível nacional, a obter a certificação IFS FOOD, continuando assim a inovar e a ser pioneira no reforço do seu Sistema de Segurança Alimentar. É certo que daqui em diante o desafio será enorme, mas conto com a colaboração de todos para manter os níveis de qualidade

"nova certificação do Sistema de Segurança Alimentar (HACCP), pelo referencial IFS Food"

apresentados até aqui e, quem sabe, estou confiante que muitas mais distinções deste género surgirão em breve. Aproveito a oportunidade para comunicar que a Lusiaves celebrou um contrato com a companhia Ocidental Vida – Millenium BCP, no passado dia 1 de Maio, para que todos os nossos colaboradores tenham um seguro de vida bastante abrangente. Continuamos atentos às necessidades dos nossos colaboradores e, este seguro, que foi oferecido a todos, vai no sentido de reforçar a nossa responsabilidade social e os laços de solidariedade dentro do Grupo. Obrigado a todos e continuem com o bom trabalho!


N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Portugueses mais confiantes com a Indústria da Alimentação e Bebidas

D

E ACORDO COM O ESTUDO ANUAL, 2013 Edelman Trust Barometer o relatório apresentado este ano em Portugal na "The Trust Summit", destaca que os portugueses estão cada vez mais confiantes com a Industria da Alimentação e Bebidas. O 2013 Edelman Trust Barometer é o 13º estudo anual sobre confiança e credibilidade . Procura analisar os níveis de confiança dos públicos informados em quatro instituições: Empresas, Governo, ONG´S e Media. Todos os anos é apresentado internacionalmente no Fórum Mundial de Davos. O Estudo foi conduzido pela agência de estudos de mercado Edalmen Berland. Em Portugal esta foi a 4ª edição do Edelmen Trust Barometer Portugal A LUSIAVES foi convidada para estar presente na The Trust Summit, iniciativa levada a cabo pela GCI em parceria com a The Lisbon MBA que teve como principal objectivo a apresentação e divulgação dos resultados do 2013 Edelman Trust Borometer, bem como a discussão e análise da Confiança nas respectivas categorias: nacional, Europeia e global. Para além da apresentação do estudo, também

2013

fez parte da The Trust Summit´13, a realização de quatro workshops e de quatro encontros sectoriais - as Trust Industry Reports (Tir) ambos centrados na temática da confiança. Ainda nesta iniciativa, nos workshops em formato roundtable, estiveram presentes os principais responsáveis pela gestão da confiança das empresas do sector alimentar: a LUSIAVES; a Central Cervejas; a Industria de Carnes Nobre; a Sonae MC; a Flima; a Nutre e a Consultora GCI. Foram analisados e debatidos os resultados, pretendendo-se determinar as implicações que os dados do relatório podem trazer para o sector alimentar e que estratégias tem sido usadas ou estão em linha para reforçar ou manter a confiança dos consumidores e de outros stakeholders. O valor geral da confiança no sector da alimentação e bebidas em Portugal tem vindo aumentar desde 2010 (2010 - 57%; 2011 - 66%; 2012 - 71%; 2013 - 72%). O Sector das tecnologias continua a ser o que mais gera confiança em portugal (esta aumentou de 81% em 2012 para 84% em 2013), tem sido considerado igualmente o sector que dá mais confiança em todos os mercados em estudo. No caso português, são ainda de destacar os grandes aumentos

Confiança no sector Alimentação e Bebidas em Portugal tem vindo a aumentar desde 2010 CONFIANÇA NO SECTOR ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS PT vs. U.E. vs. Global 75% 70% 65% 60% 55% 50% 45% 40% 2010 Alimentação e Bebidas (PT)

2011 Alimentação e Bebidas (U.E.)

2012

2013 Alimentação e Bebidas (Global)

de confiança no sector Automóvel (2012 - 60%; 2013 - 73%) e das Telecomunicações (2012 - 50%; 2013 - 64%) e a queda acentuada da confiança no sector dos Bens de Consumo não Duráveis (2012 - 64%; 2013 - 53%). Os sectores Bancário (36%) e o dos serviços financeiros (32%) continuam a ser os menos confiáveis no país. Finalmente, no que respeita à construção da confiança nas organizações, o Edelman Trust Barometer 2013 torna evidente uma perda de relevância dos atributos operacionais (como por exemplo a existência de uma liderança reconhecida ou a existência de bons retornos financeiros). O estudo demonstra que, actualmente, os cidadãos valorizam mais questões relacionadas com a integridade das organizações (ética nas práticas de negócio) e com o engagement com os stakeholders (como por exemplo a auscultação do cliente e o respeito pelos colaboradores).


4

/ certificação IFS Food

grupo

Lusiaves obtém certificação IFS Food Recentemente a LUSIAVES cumpriu com muito sucesso, mais um objectivo: uma nova Certificação do Sistema de Segurança Alimentar (HACCP) nas instalações de abate, transformação, embalagem e distribuição de carne de aves, pelo referencial IFS FOOD Versão 6.0 - International Food Standard.

A

Unidade Certificada - Lusiaves - Marinha das Ondas

Linha de acondicionamento de produto em covete

LUSIAVES AO LONGO DOS ANOS, tem tido como estratégia, a antecipação e pioneirismo na implementação de sistemas de Controlo de Qualidade e Segurança Alimentar. Em 2006, fomos a primeira empresa do sector a obter a certificação da norma EN ISO 22000:2005 - (Segurança Alimentar - HACCP), hoje, voltou a ser a primeira e única empresa do sector em Portugal a obter a certificação IFS Food Versão 6.0. Este posicionamento reafirma a liderança da LUSIAVES nos compromissos com a qualidade e segurança alimentar e reforça a confiança dos nossos clientes e consumidores pelos produtos que produzimos e comercializamos. Esta certificação reconhece o que de melhor se faz no sector avícola e premeia o dinamismo e competência técnica das equipas que trabalharam para este objectivo.

"primeira e única empresa do sector em Portugal a obter a certificação IFS Food"


N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

O

REFERENCIAL IFS FOOD, SURGE EM 2002, no sentido de criar uma norma para a segurança alimentar comum entre os retalhistas alemães de produtos alimentares do HDE (Hauptverband des Deutschen Einzelhandels). Estes, desenvolveram uma norma de auditoria comum, conhecida como International Food Standard (IFS). Em 2003, retalhistas (e grossistas) franceses de produtos alimentares do FCD (Fédération des Entreprises du Commerce et de la Distribution) juntaram-se com o grupo de trabalho do IFS e contribuíram para o desenvolvimento da actual IFS. Actualmente esta norma internacional, tornou-se uma exigência para os que melhor trabalham no sector alimentar e criou os maiores desafios e exigências nos padrões de segurança alimentar. Esta certificação foi atribuída à Lusiaves pela entidade de Certificação Holandesa, ISACert, da qual a APCER é parceira e representante em Portugal. A ISACert é um dos maiores organismos de verificação, auditoria e certificação da indústria alimentar e outras indústrias relacionadas. A ISACert presta serviços de auditoria e certificação reconhecidos mundialmente. A cerimónia de entrega do certificado IFS Food, decorreu no passado dia 4 de Julho e contou com a presença do CEO da APCER, Exmo. Sr. Dr. José Leitão que entregou os certificados ao Exmo. Sr. Presidente do Grupo LUSIAVES, Sr. Avelino Gaspar, à Exma. Sra. Vice Presidente do Grupo LUSIAVES, Sr.ª D. Susana Gaspar e aos elementos da equipa que coordenaram o projecto de implementação e certificação do referencial IFS Food - Versão 6, Eng.º Carlos Caldeira, Eng.º Nuno Teodósio e Eng.ª Dina Fernandes. Deixamos o nosso agradecimento pela cooperação existente entre todos, suportada na relação que criamos, responsável pelo grande sucesso na implementação deste projecto, dentro da política de melhoria contínua da nossa qualidade e segurança alimentar.

certificação IFS Food / 5


6

/ marketing

N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Agência de comunicação criativa FunnyHow? já está a trabalhar a conta Lusiaves

A

NTECIPAR OS NOVOS DESAFIOS DO NEGÓCIO e dar asas à ambição de tornar a marca e o produto Lusiaves referência no mercado, são as razões que levam à contratação da agência de comunicação criativa FunnyHow?. A agência é jovem, dinâmica, tudo menos convencional, e já conta com sucessos dignos de prémio no seu portfólio. Para a Guinness, criou um emprego: o Profissional da Cerveja. Esta iniciativa chegou a todos os cantos do globo, a mais de 5 milhões de pessoas e, mais recentemente, ao palco do concurso de criatividade da Meios&Publicidade (4 vezes, incluíndo o Grande Prémio) e aos Prémios Lusos. Já a acção da agência para a Desperados valeu-lhe o 1º lugar entre todas as activações do mundo feitas para a marca, bem como mais um Prémio Luso em tons de bronze. Neste momento a FunnyHow? está a estudar e a construir um conhecimento profundo sobre o mercado onde se insere a conta Lusiaves, para apontar a sua criatividade rumo aos resultados pretendidos pela marca e promete não só cumprir, como surpreender.

Os sócios. Ou melhor, os Don's. Os valores da FUNNYHOW? são inspirados na máfia italiana.

O

TRABALHO PROFISSIONAL DA CERVEJA, da FunnyHow? para a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, foi o grande vencedor da primeira edição dos Prémios Comunicação M&P. A entrega dos troféus decorreu esta terça-feira, no edifício Microsoft (Lisboa). Este case ganhou dois grandes prémios: o dos Prémios Comunicação e o da categoria Sectores de Actividade. O objectivo da acção foi, essencialmente, aumentar a notoriedade da marca Guinness. Em termos de resultados, multiplicaram-se as notícias na comunicação social e o número de fãs no Facebook da Guinness aumentou 871 por cento, tornando-se a quarta bebida alcoólica com mais seguidores. Nas pesquisas do Google a keyword Profissional da Cerveja soma agora 268 mil resultados. in Meios & Publicidade, 9 Julho de 2013

"Os grandes vencedores da primeira edição dos Prémios Comunicação M&P"


notícias / 7

N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Forúm “Como o planeamento pode dinamizar a economia e criar emprego”

R

EALIZOU-SE NO PASSADO DIA 4 DE JUNHO, no Teatro José Lúcio da Silva em Leiria, o forúm “Como o planeamento pode dinamizar a economia e criar emprego”, organizado pela Câmara Municipal de Leiria e por Telma Curado Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, contou com a presença de diversas personalidades, entre as quais a Ministra da Agricultura, Assunção Cristas, o Ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, Raul Castro, António Lucas, Álvaro Pereira e Narciso Mota, autarcas de Leiria, Batalha, Marinha Grande e Pombal, respetivamente e ainda o Sr. Avelino Gaspar, Presidente do Grupo Lusiaves.

Assunção Cristas que falou sobre “Novas medidas de simplificação do licenciamento das atividades económicas e articulação com o ordenamento do território” e “Novas áreas de desenvolvimento da agricultura portuguesa”, referiu que tem havido crescimento no sector alimentar nos últimos anos, adiantando mesmo que “neste momento estamos a diminuir o nosso deficit alimentar” e que “o objetivo talhado pelo Governo de eliminar o nosso deficit agroalimentar até 2020 é possível.” Álvaro Santos Pereira, ministro da Economia, abordou os temas “Medidas de simplificação do licenciamento industrial” e “Como pode o fomento da economia regional criar condições para mais crescimento económico e emprego”, defendendo que o Governo tem de “deixar de ser empecilho” e baixar os custos, para ajudar na competitividade das empresas portuguesas. Durante a intervenção, o ministro da Economia afirmou, por diversas vezes, que o Governo deve “retirar as barreiras”, “facilitar a vida” e dar incentivos para que as empresas “possam prosperar” e assim aumentar a sua competitividade.

Jorge Santos (Vipex), Avelino Gaspar (Lusiaves), Amândio Santos (Derovo), Luís Fonseca (Suinicomércio), Camilo Lourenço.

Lusiaves no programa "Por Onde Vamos" da SIC Notícias http://goo.gl/VI0NR4

Veja o programa na integra através deste link para a página da lusiaves

Visita do Presidente do BPI à Lusiaves

N

O PASSADO DIA 12 DE JUNHO, O PRESIDENTE DO BPI, Dr. Fernando Ulrich, esteve de visita à Lusiaves à frente de uma delegação do Banco a que preside, tendo sido acompanhado nessa visita, pelo Presidente e Vice Presidente da Lusiaves, respectivamente, o Sr. Avelino Gaspar e a Sra. D. Susana Gaspar. Nesta visita, o Dr. Fernando Ulrich teve a oportunidade de contactar de perto com as actividades desenvolvidas pela Lusiaves, visitando várias unidades industriais e de produção, recolhendo informação indispensável sobre este sector, mostrando-se interessado e atento a tudo o que via e ouvia.


8

/ notícias

N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Lusiaves apoiou a Escola Profissional da Figueira da Foz na Qualifica 2013

A

LUSIAVES APOIOU A ESCOLA PROFISSIONAL DA FIGUEIRA DA FOZ (EPFF), para estar presente na Qualifica 2013, realizada na Exponor, em Matosinhos. A iniciativa, que visou proporcionar opções de vida aos jovens que estão em fase de definir escolhas profissionais ou a pensar numa carreira, abriu portas no passado dia 26 de Abril. A inauguração do evento contou com a presença do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho. Esta edição da “Qualifica 2013 – Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego” contou

com a presença de 120 expositores. A “Qualifica” voltou, assim, a reunir a mais ampla oferta educativa nacional, pública e privada, complementada pelas respostas institucionais em matéria de qualificação escolar e profissional. A edição de 2013 da “Qualifica”, além dos espaços de exposição, integrou ainda conferências, seminários, workshops e concursos de guitarra, de design de produto, de escrita criativa e de ilustração. No stand da EPFF apresentou-se "Momentos LUSIAVES" em que foram preparados, confeccionados e saboreados os Canapés de frango LUSIAVES, onde a criatividade e o design de produto esteve presente e elogiado por todos os visitantes. Esta Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego é o espaço onde muitos jovens dão os primeiros passos nos trajectos educativos. A “Qualifica” adquiriu o estatuto de uma das mais importantes feiras nacionais – fortemente representativa da diversidade de soluções ao nível da educação, formação e emprego.

Figueira da Foz vestiu-se de vermelho Lusiaves

N

O PASSADO DIA 15 JUNHO, mais de 500 ciclistas envergaram as camisolas da Lusiaves para celebrar o 118.º aniversário do Ginásio Clube Figueirense, enchendo as ruas da Figueira da Foz de vermelho numa demonstração da dimensão do Clube e dos seus atletas e apoiantes. O PASSEIO CICLISTA LUSIAVES - GINÁSIO SOBRE RODAS registou nesta edição 589 ciclistas, ultrapassando mais uma vez o recorde de participantes. O passeio teve o seu final na Quinta do Viso, onde almoçaram em animado convívio mais de 700 pessoas e onde foram distinguidos os 44 Campeões de Portugal que na época de 2011/12 conquistaram, para o Clube e para a Figueira

da Foz, 25 Títulos Nacionais de cinco diferentes modalidades desportivas, e também os 9 atletas ginasistas que na mesma época fizeram parte das Selecções Nacionais de Basquetebol, Kickboxing, Orientação e Remo. Nas palavras da organização "O sucesso desta iniciativa teve por base os contributos, patrocínios e apoios de muitos, pelo que não podemos deixar de manifestar uma particular palavra de gratidão à Empresa Lusiaves pela colaboração e apoio prestado a este Passeio que pretende também enaltecer os valores comuns às duas instituições: ética, cidadania e responsabilidade social".


eventos / 9

N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Semana gastronómica do frango do campo Realizou-se pela primeira vez em Oliveira de Frades organizada pela CONFRARIA GASTRONÓMICA DO FRANGO DO CAMPO, a "Semana Gastronómica do Frango do Campo", que decorreu entre 7 e 13 de Julho nos principais restaurantes do Concelho de Oliveira de Frades.

A

S CONFRARIAS GASTRONÓMICAS SÃO INSTITUIÇÕES SÓCIOCULTURAIS que cada vez mais estão a tomar expressão visível a nível nacional. Não é uma questão de moda, é sim a afirmação do potencial valor que têm fundamentalmente na promoção, divulgação e defesa dum património local, regional e nacional da sociedade. É uma realidade incontornável o nobre papel que as Confrarias desempenham na promoção e defesa dos seus produtos endógenos, das tradições gastronómicas e a sua importância na produção, o reflexo no desenvolvimento económico e no sector turístico alicerçado na divulgação geográfica e na oferta de cada comunidade. Por vezes, é mal compreendido o desempenho destas Instituições, até por certas entidades oficiais. A Confraria Gastronómica do Frango do Campo, organizou pela primeira vez a SEMANA GASTRONÓMICA DO FRANGO DO CAMPO, que decorreu entre 7 e 13 de Julho nos principais restaurantes do Concelho de Oliveira de Frades que quiseram aderir a este evento. A Confraria, objectivamente no que concerne às suas actividades, com esta iniciativa propõe-se, qualificar e promover o frango do campo como produto endógeno de potencial valor gastronómico. Defender a sua autenticidade. Preservar a sua tradição gastronómica e estimular a inovação. Promover a oferta gastronómica e a restauração local. Gerar o desenvolvimento económico com esta dinâmica de promover fluxos turísticos. A restauração do nosso Concelho foi sensível a este movimento gastronómico, aderiu em força, com um significativo número de restaurantes que entenderam de uma forma positiva, a importância que estas sinergias têm na promoção da restauração e na valorização do desenvolvimento local. Esta é a razão do aparecimento deste pequeno Guia Gastronómico que pretende dar a conhecer a geografia gastronómica local vocacionada para as tradicionais receitas de frango do campo.

OLIVEIRA DE FRADES CAPITAL DO FRANGO DO CAMPO , marca que ostenta e que a Confraria se propõe defender, divulgar e promover. "Queremos dar-lhe mais visibilidade com os “outdoors” nas principais entradas da Vila. Também a Semana Gastronómica cumpre esse objectivo. Por outra via, a capacidade de acção em projectar a nossa marca para fora das nossas fronteiras como tem vindo a acontecer, semana após semana, nas deslocações que fazemos às Confrarias congéneres por todo o país e não só, no sentido de partilha e intercâmbio cultural. Quero concluir apelando a todos, tanto quanto possível, não deixem de visitar os nossos restaurantes para degustar as iguarias de frango do campo que seguramente irão deliciar os bons amantes da nossa gastronomia e ao mesmo tempo proporcionar momentos conviviais." Eng.º João Moitas Grão-Mestre da Confraria


/ notícias

10

Protocolos

Salada de Frango Manga e Maçã

O

Grupo Lusiaves celebrou com o BPI e Banco Popular protocolos de parceria com intuito de dar vantagens aos colaboradores que trabalhem ou pretendem vir a trabalhar com estas instituições bancárias nos seguintes produtos: • Conta ordenado • Cartões bancários • Crédito Pessoal e Crédito Habitação • Aplicações - Depósitos a Prazo, Fundos investimento, etc... • Seguros.

Uma exótica go salada de fran PREPARAÇÃO

N

o passado dia 23 de Abril o Grupo Lusiaves celebrou um protocolo de parceria com a Farmácia Baptista, com instalações em Leiria, em que pretende dar aos colaboradores vários beneficio como: • Descontos na aquisição de medicamentos com e sem receita médica • Serviço de entrega nas instalações da empresa • Preços acessíveis para consultas da especialidades: Nutrição, Homeopatia, Acupuntura, etc...

4 pessoas 40 min.

1

Começamos por temperar o peito de frango com sal, pimenta preta, sumo de ½ limão, esmagamos 1 dente de alho e regamos com um pouco de azeite.

2 3

Vai ao forno pré-aquecido a 180º entre 20 a 25 minutos. Quando estiver pronto fatiamos.

4

De seguida preparamos o molho, numa tigela pomos a maionese, juntamos a pasta de caril e mexemos muito bem, acrescentamos o iogurte, voltamos a mexer, pomos o cebolinho picado e envolvemos, regamos com sumo de ½ lima, voltamos a mexer e terminamos temperando com sal.

Fácil

– 400gr DE PEITO DE FRANGO LUSIAVES – 200gr DE PEITO DE FRANGO FUMADO – 2 MACAS VERDES – 1/2 LIMAO – 1/2 LIMA – 1 MANGA

Recolha de sangue na Lusivaves

– 1 DENTE DE ALHO – CEBOLINHO – 3 COLHERES DE CHA DE PASTA DE CARIL – 5 COLHERES DE SOPA DE MAIONESE – 5 COLHERES DE SOPA DE YOGURTE GREGO NATURAL – 400gr DE MASSA COZIDA

O

s colaborades da Lusiaves do centro de abate da Marinha das ondas, responderam em força à recolha de sangue efectuada no dia 23 de Maio. Agradecemos a todos os que colaboraram nesta nobre iniciativa.

5

– PIMENTA PRETA

www.lusiaves.pt/receitas

Descascamos a manga e cortamos em cubos pequenos. Cortamos também as maças em cubos sem lhes retirar a casca.

6

Numa travessa funda colocamos a massa cozida, juntamos a maçã, a manga, o peito de frango fumado e umas boas colheradas do molho, mexemos tudo muito bem para que toda a massa fique envolvida no molho.

7

Por cima da massa colocamos o peito de frango fatiado, acrescentamos mais um pouco de maçã e manga e finalizamos com mais umas colheradas de molho e salpicamos com o cebolinho.

– AZEITE – SAL

Cortamos também o peito de frango fumado, primeiro em tiras e depois em cubos e picamos o cebolinho.


aniversários / 11

N.º 25 ABR / MAI / JUN 2013

Lusiaves 01/08 Ana Cristina de Almeida Silva Isabel Sónia da Silva Pereira Sopas João Carlos Miguel Machado 02/08 Patricia Cácia Das Neves Duarte Pedro Marlene Rodrigues Marçalo Capote

04/09 Luís Pedro Gonçalves Paulino Rasulov Nabijon Cláudio Alexandre Tomáz Marques 05/09 Silvia Maria Marques Fernandes João Rodrigues Fontinha Telmo Filipe Rodrigues Duarte

04/08 Mário Jorge Alves Graça Patrícia Alexandra Dias Franco Hugo Miguel Pereira Tomaz Hugo Alexandre Cruz Marques Lemos Fábio Emanuel Pombeiro Franco

06/09 Vera Lúcia Neves Madeira Fernando Manuel Nunes Pires Maria Isabel Rodrigues Carvalho Batista

05/08 Galyna Kovalenko

08/09 Jorge Daniel da Conceição Caetano Mekhroj Makhmudov Maria de Lurdes Tavares Moutela

06/08 Adélia Pereira da Silva Diogo José Rodrigues Borges Maria Cândida Carreira da Costa 07/08 Maria De Fatima Lourenco Videira Branco Nidia Maria Carreira Gomes Francisco André Gonçalves Ramos Luís Miguel Ferreira Gaspar 08/08 Hugo Filipe Cravo Gaspar Maria Elisabete Rodrigues Gomes Steve Serge Houselle Rui Alexandre Cardoso de Sousa Dias 09/08 Carla de Jesus Jorge 10/08 Nelson Luis Fernandes Peguicha Fernanda do Rosário Norte Ramos Gracinda Soares 11/08 Patricia Alexandra Silva Mosquito Pedro Miguel Germano Serra 12/08 Mário Manuel Gonçalves Coutinho 13/08 Pedro Miguel Neto Da Costa 14/08 Igor José Domingues Mateus Svyatoslav Kovalchuk André Alexandre Palma Casadinho 15/08 Paulo da Moita Calado João Manuel Oliveira Calhau 16/08 Margarida Maria Sousa Gonçalves 17/08

Rúben Emanuel Silva Sousa Luís Jorge Nogueira Póvoa Maria da Conceição de Sousa Teodósio Maria Madalena da Silva Coelho

18/08 VitalIy Slobodyan Francisco Correia dos Santos Célia Maria Nogueira de Sousa Soares

07/09 José Manuel da Silva Ferreira Paulo Alexandre Lança Moreira

09/09 Tânia Marisa Ribeiro Pedrosa Maria Isabel Gomes da Silva 10/09 Oleksandr Bobyr 11/09 Domingos Leonel Pereira Gomes 12/09 Carlos Magno Pedrosa Esteves M. Ribeiro 13/09 Sofia Marlene Santos Pereira Alfredo José Abreu Romero André da Silva Ferreira André Pedrosa Mendes Rodrigo Neves Anastácio Débora Marisa da Silva Pedrosa José António Costa Oliveira 14/09 Francisco José Margalho Catela Paulo Jorge da Silva Costa Pedro Neves Antunes Susana Regina Miguel Fonseca Tânia Isabel Soares do Amaral Batista 15/09 Vanessa Margarida Azenha Domingues Rosa Maria Pagaimo Moço

25/08 Maria De Fatima O.Marques Cordeiro 26/08 Mariya Tunyk Maria Nélia Gonçalves Duarte Neves 28/08 Marina Sofia Geraldes Sousa Rosa Fernandes Moreira Fábio Jordão Costa 29/08 Maria Lucília da Silva Cordeiro Ivo Rafael Simões Ferreira 30/08 Hugo Renato Leal Neves Monica Alexandra Gomes Rodrigues Bruno Miguel Caiano Loureiro Guida Manuela Coutinho Ferreira André Dionisio Domingues Matias da Costa 31/08 Olena Komarovska Carlos Rodrigues Alberto Cláudia Adélia Silva Lima Licínia Maria Gonçalves Castanheira Manuel Fernando Carrasqueira Duarte 02/09 Carlos Manuel Ludovico Rato Ricardo José dos Santos Cristino Ana Catarina Monteiro Cabete Fábio Alexandre Pinto Figueiredo André Filipe Reis Jordão 02/09 Joaquim Manuel Pimentel Capote

09/10 Sara Alexandra Mendonça Antunes Mónica Alexandra Duarte Pedrosa Fábia Susana Alves Bernardes Luis Manuel Morais 10/10 Maria de Lurdes Ferreira Carvalho Campizes 11/10 Olga Maria Pereira Costeira Daniel dos Santos 12/10 Jose Pedro Marques Ribeiro Cláudio Rodrigo Amêndola

01/10 Vitor Manuel Brito Simões Hugo Manuel Ferreira Barbosa 06/10 Carlos Alberto da Silva Gonçalves 07/10 António Luís Ribeiro José Fernandes da Silva 09/10 Artur da Costa Almeida 10/10 Paulo Sérgio Marques Lavos 14/10 José Carlos Rodrigues Pereira 17/10 César Gaspar Mendes José Fernando Martins Pinto 18/10 Jorge Manuel da Silva Rodrigues 19/10 José Carlos dos Santos Vale Quaresma

13/10 Ermelinda Maria Pereira Borges dos Santos Luis Miguel Pereira Carreira

20/10 Edmundo Silvério Ribeiro dos Santos Pedroso Gil Humberto da Silva Pascoal

14/10

25/10 Paulo Jorge Carreira da Silva

Sabrina do Carmo Marques Miguel António Nunes Carriço João Filipe Duarte Sintra Jóni Ferreira das Neves

31/10 Marco Filipe Carreira Antunes

Racentro

15/10 Carla Sofia Dionísio Esteves

01/08 Carina Rosa Domingues Pedrosa

16/10

Hernani Manuel Feliciano Machado Ana Margarida de Oliveira Pereira Silvia Maria Carraco Jordão Paula Maria Bispo da Silva Joaquim Paulo de Carvalho Teixeira

18/08 Diogo Miguel Carreira Antunes

17/10

Lilia Margarida Gonçalves Tomás Sergio Manuel Mota Gaspar Aurélia Maria Branco Sousa Filipe André Neves Mineiro

19/08 Carlos José Nogueira Rodrigues Pato 26/08 Rogério Gabriel Coimbra Ribeiro 30/08 Sónia Teresa Mota Ferreira 17/09 Luís Miguel Domingues Jordão 03/10 António Manuel Martins Batista 05/10 Filipe José dos Santos Brás 11/10 Joana Teixeira Alberto

19/10 Jorge Manuel Antunes Silva Susana Cristina Jordao Santos

31/10 Manuel José Santos Godinho

18/09 Duarte Armando Olmo Terrinha Ana Cláudia Loureiro Marques

20/10 João Paulo Ramos Domingues Luis Manuel Dias Oliveira

19/09 Félix Lopes Célia Maria Rodrigues dos Santos Filipe de Matos Teixeira Ribeiro Fábio Romeu Baía Neves

21/10 Isabel Maria Ruivo Cordeiro Lino Márcio Filipe Perpétua Azenha Diana Margarida da Silva Azenha Santiago

20/09 Vitor Miguel Marques Nunes António Manuel da Cruz Ribeiro Tomás

20/08 Angélica do Carmos Monho Reguino Freitas Ricardo Manuel da Cruz Bernardes

24/08 Surayyo Rahmatova António José Marques dos Reis Manuel Carreira Cardoso Bruno Rodrigues Alves Fernando António Fraga Rebelo

08/10 Ricardo Mota Marques André Cordeiro Soares Andrea Sofia Bento Figueiredo

29/09 Manuel António Morgado Gomes

17/09 Vitor José Ferreira Lopes

22/09 Vitor Alberto Rodrigues da Costa Belina de Jesus Monteiro Carla Susana do Rosário Afonso Brás Ana Maria Santos Melo Telma Patrícia de Oliveira Santos Godinho

23/08 Natella Byerodze Carla Marina Gaspar Fernandes

07/10 Válter José Ferreira Pinto Lina Maria B. Fernandes Branco

26/09 Célio Fernandes Salema Eugénio dos Santos Ferreira

16/10 Eduíno Miguel da Silva Coelho Antunes

21/09 António Ferreira Simões Tânia Isabel de Oliveira Saltão Brígida Andreia Pereira da Silva

22/08 Igor Mafteuta Patricia Loureiro Freitas Gaspar Rafael Correia Ramos Ralha de Araújo Sonia maria matos breda Núria Carina Moreira Ferraz

06/10 José Eduardo Coeho Silvério

18/10 Micael Santo Cação Ana Rute Pedrosa da Silva

16/09 Luís Ricardo Ferreira Oliveira Dino Miguel da Silva Jordão

19/08 Leonor Augusta Mateus Reizinho Filomena Lucília Bernardo Canais Artur Jorge Vital Pombas

21/08 Maria Cecilia Santos Baptista Vítor Manuel Da Silva Rosado Irene Norte Gomes Rodrigues

05/10 Orlando Lourenço Fernandes

23/09 Pedro Miguel Costa Oliveira Maria Helena Gonçalves Nabeiro 24/09 Sandra Maria Borges Ferreira Lucilia Maria Da Silva Cardoso Costa Hugo Miguel Pedrosa Andrade Luís Miguel Sequeira Antunes 25/09 Rui Manuel da Silva Freire Olinda dos Santos Lopes Domingues Jorge Manuel da Silva Santos Francisco 26/09 Maria Da Conceicao Silva Rolo Alda Cristina Dias dos Rios 27/09 Helder José Ferreira dos Santos Ana Maria Faria da Silva Cecília da Mota Gaspar Pereira Bruno Manuel Pereira Ascenso André Manuel Marques Conde 28/09 José Luís de Paiva Sousa Ana Maria Azenha Loureiro Stepania Gola Eduardo Alexandre Paixão Cardoso 29/09 Sergio Paulo Ferreira Ribeiro Sara Catarina Silva Ascensão Vera Lúcia Ferreira Duarte Cláudio Miguel Leitão Silva 30/09 Bruno Alfredo de Carvalho Margarida Maria da Conceição Rodrigues Emanuel de Jesus Dias Lúcia Maria Esteves Nunes Gomes

22/10 Cristiano Filipe Pinto Oliveira Maria Etelvina Margarinho Borges B. Pinho 23/10 Bebiana Carvalho Pedrosa Albertina Maria Grilo Francisco Ricardo Miguel Garrote Fernandes Elisabete da Silva Neves Alexandre 24/10 Paulo Sérgio da Cunha José Gonçalves Castanheira 25/10 Cátia Sofia Mendes da Silva Manuel Porelo Faria Jorge Manuel Esteves

10/08 Fernando de Almeida Santos 11/08 Maria Clarinda Rodrigues F. Fernandes 26/08 Maria Lurdes Monteiro Marques 28/08 Alvaro Fernandes Santos 30/08 João Manuel Silva Figueiredo Pinto 02/09 Maria José Oliveira Cavaleiro 06/09 Lucília Augusta Ferreira Carlota Figueiras 08/09 Maria Clarinda Ferreira Mendes Veiga 13/09 Luis Carlos Chalaça Figueira 15/09 Gil Pedro Bebiano Monteiro 17/09 Sónia Gonçalves Ribeiro 21/09 Maria Fátima Silv. Pereira Conceição 27/09 Sara Maria Tavares de Sousa Rui Manuel de Carvalho Ferreira

27/10 Sandra Sofia Estevão Leal Vitor José Pereira Caldeira

06/10 Olga Marisa Gomes Marques

28/10 Carla Sofia dos Santos Gaspar Maria Cidália Rola Neves Mendes Guida Maria Ribeiro Rosário Donzilia Simões Gandarez Matias

17/10 Silvandira Santos Sebastião Júlio Manuel Gomes Dias

29/10 Sónia Cristina da Silva Veríssimo Maria Dilénia Beja Santos Oliveira Joaquim Fernandes Carvalheiro 30/10 Maria de Lurdes Costa Oliveira Joaquim Antonio Ribeiro Moura

11/10 Maria Ermelinda Ramos dos Santos

24/10 Pedro Ricardo Fernandes Pinhão 25/10 Fernanda Oliveira Silva Veloso 28/10 Helena Maria Monteiro da Silva

PAPÁS E MAMÃS Lusiaves C. Incubação

Luís Miguel Sequeira Antunes

Lusiaves Estremoz

Fábio Emanuel P. Franco

Lusiaves Estremoz

Rafael José Cardona Carola

Lusiaves Leiria

Sara Alexandra M. Antunes

03/08 Mário Manuel Graveto

Lusiaves M. das Ondas

Estelle Capatão da C. Magalhães

10/08 José António de Jesus Martins

Lusiaves M. das Ondas

Francisco André G. Ramos

11/08 José Carvalheiro Fernandes

Lusiaves M. das Ondas

Marta Cristina G. Ribeiro

12/08 José Custódio Matias Lourenço

Lusifrota Fáb Rações

Abel Maria de Sousa Carvalho

18/08 José Maria Antunes Manuela Ferreira Bregieiro

Lusifrota Fáb Rações

Radu Onciu

19/08 Rui Pedro Fernandes Gomes Franco

Racentro

31/10 Anabela Gomes Rodrigues Dias

Lusifrota

23/08 Carlos Manuel de Oliveira 31/08 José Manuel Marques Leal Pinto 03/09 José Carlos Ferreira 12/09 José Rainho João

02/10 Ana Paula Almeida Aguiar Ribeiro

21/09 Pedro Luis Carvalheiro Brandão Marques Gilberto Manuel Silva Rolo António José Granada da Costa Mendes

04/10 Ana Lúcia Gaspar Alexandre Marco Aurélio Lopes Adão José Victor Fernandes Batista Martins Libério Daniel de Sousa Pinto

Multilafões 01/08 Margarida Maria Almeida F. Rodrigues

26/10 Lidia Maria Almeida Gonçalves Cidália Silva Ferreira Relvas

01/10 Pedro José Galhardo Rato Iryna Trokhanovska Hélio Rodrigo Lourenço Ferreira 03/10 Fernando Pereira Caetano

22/10 Inês Raquel Pereira de Lavos

14/09 Nuno Filipe Ribeiro dos Santos Hugo Miguel Monteiro Alhadas

23/09 Lucilio Norte Gomes Antonio Rolo da Silva José António Pedro Grilo Brites

Lusifrota Oliveira Frades Marco Alexandre M. de Almeida David Azinheiro Francisco


V O N

E D A ID

Portugal é

o nosso Segredo

VIDA VEL Á D U A S

FRANGO

Sem pele

TEOR O D I Z REDU RDURA EM DE GO

* % 0

-5

A Lusiaves apresenta o Frango Light, um frango sem pele e com menos 50% de gordura, mas com todo o sabor. O Frango Light Lusiaves é naturalmente rico em proteínas contribuindo positivamente para uma vida mais saudável. * -50% de gordura que o frango com pele

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL MÉDIA PORÇÃO POR 100g 462 kj Energia 110 kcal Lípidos 3,0 g dos quais saturados 2g Hidratos de carbono 0g dos quais açúcares 0g Proteínas 21 g Sal 0,2 g

% DDR 5% 4% 10% 0% 0% 42% 3%

% DDR–Dose diária de referência (variável com a idade, sexo, atividade física e outros fatores) representa o nível de ingestão de 2000 kcal.

www.lusiaves.pt

Sugestão de apresentação

Naturalmente Rico em Proteínas


Lusinews n. 25