Page 18

Obra&Arte – Percebemos em muitos projetos seus de interiores que a iluminação é muito bem trabalhada. Fale um pouco desse trabalho de iluminação.

Sueli Adorni - Um bom projeto de iluminação valoriza o ambiente como um todo. Sempre procuro desenvolver o projeto luminotécnico de maneira funcional, a fim de priorizar a qualidade de vida do cliente, mas focando também no quanto ele agrega esteticamente ao projeto.

Obra&Arte - Hoje, qual a tendência na iluminação dos ambientes?

Sueli Adorni - O mais recente lançamento é uma única peça que utiliza a luz fria e luz quente separadas por circuitos diferentes. Você pode ter iluminação indireta e direta conforme a opção.

Obra&Arte - E por falar em tendência, na decoração, como você costuma trabalhar as tendências e novidades em seus projetos?

Sueli Adorni - As tendências são efêmeras. Eu uso aquilo que se identifica com o projeto e de acordo com o gosto do cliente.

Casa Boa Mesa 2008

Obra&Arte - Com anos de carreira, você vê grande diferença entre o mercado de arquitetura quando iniciou e hoje? Há uma valorização maior pelo profissional da área? Como analisa o mercado hoje?

Sueli Adorni - Hoje as pessoas sabem da necessidade de um profissional para a realização do seu projeto. Existe o estudo de circulação, função, praticidade, ergonomia, luminotécnica... O mercado hoje é muito consciente.

Obra&Arte - Você é um forte nome nas grandes mostras, como a Casa Cor SP. Como é sua rotina em época de mostra? Como concilia o trabalho no escritório e a preparação para a mostra?

Sueli Adorni - Nessa época meu foco está voltado para as mostras, mas meus clientes são prioridade. O prazo exigido faz com que a rotina mude completamente: tudo deve ser feito com a maior agilidade possível. O fundamental para participar das mostras é organização e profissionalismo. Deve-se ter controle do que acontece e conciliar as mostras com os demais clientes.

Obra&Arte - Fale um pouco de sua rotina de trabalho. Como costuma ser seu dia-a-dia?

Sueli Adorni - Meu dia-a-dia, podemos dizer que é uma loucura deliciosa. São obras, atendimento aos clientes, visitas as fornecedores, inaugurações e eventos. Adoro fazer projetos à noite e de madrugada, sem interrupção. A criatividade flui e é fascinante.

Obra&Arte - O que, para você, está sempre em alta no design de interiores e o que é proibido sempre?

Sueli Adorni - O bom senso está sempre em alta junto com os materiais e complementos de bom gosto e boa qualidade. Proibido é usar modismos passageiros e não respeitar a qualidade e necessidades de vida do cliente.

Obra&Arte - Qual é a sua relação com obras de arte na vida pessoal e em seus projetos?

Sueli Adorni - Creio que a arte é uma forma de expressão, um meio de comunicação. Ao conciliar no projeto obras de arte, reforço o conceito adotado.

Obra&Arte – Falar em sustentabilidade está na moda. Quais são as suas reais ações neste aspecto e como vê o futuro da arquitetura em um mundo que busca ser cada vez mais sustentável?

Sueli Adorni - Buscar materiais de boa qualidade e duráveis é ser sustentável. Há uma tendência em confundir sustentabilidade com o uso de materiais naturais, e isso é uma visão equivocada do assunto. É incrível o quanto tem sido desenvolvido em termos de técnicas de construção, materiais e tecnologias voltadas a tornar a arquitetura sustentável. Sustentabilidade não é moda e sim, necessidade.

Obra&Arte - Já projetou alguma casa ou ambiente no interior de São Paulo? Como vê o mercado da arquitetura e decoração no interior de São Paulo?

Sueli Adorni – Já projetei na praia. Quanto à segunda pergunta, o potencial no interior de São Paulo é muito interessante. Temos muitos condomínios e eles utilizam os profissionais de decoração e de arquitetura. ■

Obra & Arte ed.03  

Revista de arquitetura e urbanismo

Obra & Arte ed.03  

Revista de arquitetura e urbanismo

Advertisement