Issuu on Google+

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO- MEC CURSO: EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS DO TABLET EDUCACIONAL MÓDULO: EaD e TABLET - INTERAÇÃO E A USABILIDADE 10ª GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO: NTE - CAÇADOR ENTIDADE: SEDUC - SC

RELATÓRIO VISITA A ECO DO AVENCAL- URUBICI- SANTA CATARINA: UMA AULA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

Michiko Okuyama Caçador, outubro de 2013

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE CAÇADOR 10ª GERÊNCIA DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DOM ORLADO DOTTI RUA IRMÃO TOMÁS, 293 – BAIRRO BOM JESUS TELEFONE/FAX: (49) 3563-0911 e-mail: eebdod@yahoo.com.br


RELATÓRIO VISITA A ECO DO AVENCAL- URUBICI- SANTA CATARINA: UMA AULA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE

Relatório de projeto apresentado como conclusão do curso “Explorando as possibilidades pedagógicas do tablete” do Programa Nacional de Formação Continuada Proinfo Integrado, oferecido no segundo semestre de 2013, pela equipe do NTI da 10ª Gerência de Educação.

Michiko Okuyama Caçador, outubro de 2013


INTRODUÇÃO No contexto atual, a discussão sobre a importância da educação ambiental e do desenvolvimento sustentável é incontestável. Para enriquecer essa discussão há vários maneiras de aprender: ler livros didáticos e/ou revistas; assistir a filmes e programas de televisão; pesquisar com internet e navegar em mundo virtual; vivenciar em meio a animais, plantas e Natureza. E em Urubici, a menos de 300 km de Caçador, encontra-se lugar ideal para fazer aulas ao ar livre: é Eco do Avencal. Esse local, projetado especialmente para receber pessoas que se preocupam com a política da sustentabilidade, proporciona aulas de educação ambiental através de convívio direto com a Natureza. A nossa visita ocorreu no dia 05 de outubro de 2013, sábado, das 07 h 30 minutos até 17 h 30 min com a participação de 27 pessoas, sendo 22 alunos do Ensino Médio da Escola de Educação Básica Dom Orlando Dotti e 5 responsáveis. A escolha de alunos do Ensino Médio foi intencional para poder atingir os seguintes objetivos específicos: refletir sobre a importância da educação ambiental através de aulas experimentais, adquirir conhecimentos básicos sobre atitudes ecologicamente corretas e construir uma visão crítica construtiva sobre a política da sustentabilidade.


MÉTODOS

Em fevereiro, por via e-mail pedagogico@ecodoavencal.com.br, foi feito o primeiro contato com o Eco de Avencal. Nesse contato foi solicitado o agendamento para 05 de outubro e o custo da visitação. O valor informado foi R$100,00 (cem reais) por alunos com direito ao café da manhã, almoço e café da tarde. Ainda em fevereiro, também por e-mail transvan@transvan.tur.br, foi feito o primeiro contato com empresa de transporte TRANSVAN de Videira para solicitar o custo do ônibus fretado. A empresa apresentou 5 ( cinco ) opções de ônibus. O escolhido foi a de R$ 2.480,00 (Dois mil quatrocentos e oitenta reais). (Anexo I). Em março, o projeto foi apresentado aos alunos enfatizando seus principais objetivos. Após essa conscientização, foi entregue um comunicado aos alunos interessados para a autorização dos pais. Esse comunicado informava sobre o projeto, o valor total da viagem, forma de pagamento e a responsabilidade em assumir o compromisso. (Anexo II). Em abril, os comunicados foram recolhidos para iniciar o recolhimento das mensalidades. O recolhimento de mensalidades deveria terminar em agosto, mas alguns alunos ficaram de pagar até o final de setembro. Na primeira quinzena de setembro, foram elaborados 2 (dois) documentos e entregues aos alunos participantes. Esses documentos foram: a) termo de compromisso com as normas disciplinares do colégio; b) programação e roteiro com autorização juntamente com o termo de autorização dos alunos a Eco do Avencal . (Anexo III e IV).


Na segunda quinzena de setembro foi elaborada a lista de participantes com seus RG e enviada à Empresa de Transporte Tranvan de Videira. (Anexo V). Antes da visita, foi feita uma conversa com os participantes sobre o tema RESPEITO. REGISTROS DAS ATIVIDADES REALIZADAS NO ECO DO AVENCAL Partida a Eco do Avencal Fotos tiradas com a máquina fotográfica Saída em frente à EEB. Dom Orlando Dotti- Caçador - às 02 h do dia 05 de outubro de 2013

Depois de 5 horas de viagem. O que pode ser visto é a linda paisagem catarinense


O café da manhã

Dinossauros: Classificação e suas características.

Química: Mistérios da transformação

1ª aula: leite fresquinho para experimentar.

Utensílios: uma de suas primeiras tecnologias

Meio ambiente: preservar é necessário.


Evolução do Homem

Física: Conhecimento e criatividade

Importâncias dos bichos

Respeito a animais

Nós fazermos parte dessa Natureza Aprender a conviver.


E após o almoço: arroz, feijão, macarrão, carne, saladas, sucos sobremesa... Trilha ecológica para conhecer a catarata! E agora com tablete na mão para o registro das atividades.

e

A caminhada é longa.

Parada: importância da nascente e da água potável.

O pique dos alunos

A beleza da mata

Rocha vulcânica Catarata: sem palavras para descrever


AVALIAÇÃO A avalição dessa viagem de estudo foi realizada em três categorias: por alunos e professores participantes; por coordenadores e funcionários do Eco e por motorista do ônibus. Os depoimentos dessas três categorias indicaram: a) Alunos participantes=> alto nível de satisfação por superar a expectativa. Obs.: Seus depoimentos que foram gravados por tablet estão no link do youtube http://www.youtube.com/watch?v=j0wPiHNHmyA&feature=youtu.be b) Professora participante=> Depoimento escrito concedido por Daniela Thibes Collins Foi feita uma viagem para a cidade de Urubici localizada em Santa Catarina onde fomos participar de um projeto pedagógico “Eco do Avencal”. A principio pensei que seriam brincadeiras e entretenimento apenas, porém foi muito além das minhas expectativas. O lugar onde fomos era uma fazenda linda, respiramos ar puro em meio a natureza, fomos muito bem recebidos pelas pessoas do local. Tomamos café da manha e começamos aprender a ordenhar vaca, também aprendemos a origem do leite que chega até nossa mesa. Depois fomos aprender química e física na prática através de experiências feitas por profissionais da área onde nos mostraram coisas incríveis em que não era magia apesar de ser tudo encantador/ mágico; eles explicaram através das experiências que fenômeno acontecia, ao mesmo tempo em que nós professores da escola e alunos aprendíamos nos divertíamos também, pois não era uma explicação formal, os profissionais faziam brincadeiras e eram muito engraçados, então foi muito interessante participar daquelas aulas que não eram aulas comuns, pois era tão gostoso estar ali em meio à natureza aprendendo na prática de uma maneira divertida e descontraída.


Muitas coisas aprendemos, coisas que nem se quer imaginávamos que aconteciam de tal jeito, aprendemos muito além de física e química aprendemos geografia, ciências etc. Particularmente amei tudo foi muito bom, adorei ter contato com os animais com a ajuda dos profissionais como vaca, cavalo, aranha, cobra, sapo etc... Os profissionais estavam muito bem preparados, notava se que dominavam o conteúdo no qual explicavam também falavam de forma concisa e com firmeza. Todos os alunos e nós professores ficamos encantados com o lugar que era maravilhoso, era difícil não se encantar com a beleza da natureza em nossa volta, tudo era lindo, havia muitas rochas/ montanhas e muitas histórias por trás daqueles morros, os alunos saíram conscientizados de que devem preservar e respeitar a natureza assim como nossos antepassados. As palavras deste passeio seria “incrível/maravilhoso” muita diversão e aprendizagem.

Saímos

de

com

uma

bagagem

imensa

de

aprendizagem/conhecimentos e nos divertimos o tempo todo. Foi um momento único e incrível aprender muitas coisas na pratica, coisas interessantes, estar ali em meio e natureza, nos divertimos com as brincadeiras interativas dirigidas, foi ótimo à explicação de forma engraçada dos professores que coordenavam o local. Também foi muito interessante interagir com animais que por muitos considerados peçonhentos como a cobra, escorpião, aranha, sapo etc, praticamente todos quiseram interagir com os animais, aprendemos muitas coisas sobre os bichos um exemplo é que a aranha caranguejeira não é venenosa e a mais venenosa é a arranha marrom aquela fica dentro da nossa casa. Vimos sair da de uma aranha fios de telha, não tenho palavras o suficiente para descrever este momento. Fizemos um passeio de ônibus com muita alegria, fomos até uma cachoeira muito alta, aquela cachoeira era linda. Tivemos todas as refeições fomos muito bem servidos, e o fim da tarde chegou e tivemos que retornar para Caçador. Só tenho que elogiar esta viagem porque além dos alunos se divertirem, aprenderam muito; foi uma viagem maravilhosa. c) Outra professora e mãe de uma das participantes => Marisete Lopes, Caçador, 06-10-2013.


A escola DOM ORLANDO DOTTI, junto com a professora Michiko que organizou uma viagem de estudo pedagógica para os alunos do ensino médio e professores de diversas áreas. Lá tivemos as aulas a céu aberto e meio da natureza.

Fomos

apresentados

e

encaminhados

às

atividades

diversas.

Conhecemos uma grande tabela periódica a qual os professores explicaram e fizeram algumas perguntas relacionadas a química onde os alunos responderam a todas as perguntas demostrando seus conhecimento já adquiridos, os professores esclarecendo algumas dúvidas e que a química está presente em seu dia-a-dia ficando mais fácil a assimilação com exemplos simples: de transformação da matéria entre outros. A participação do grupo nas atividades de estudos foi de grande entusiasmo questionando e respondendo as perguntas feitas pelos professores relacionadas à Física

como,

por

exemplo,

a

mini

usina

hidrelétrica

ampliou

os

nossos

conhecimentos para incentivar a pesquisa científica e desenvolver a tecnologia em favor da humanidade e do meio ambiente, as explicações enriqueceram nossos conhecimentos que envolvem várias áreas como Química, Física, Geografia, Historia e Biologia. A viagem de estudo foi fantástica e a criatividade tornando possível a aprendizagem sobre esses assuntos abordados, foi incrível. Ao meu entendimento as atividades desenvolvidas contribuíram para formar um cidadão mais crítico e participativo na vida em sociedade! Em

minha

reflexão,

considero

que

os

alunos

não

devem

ficar

excessivamente ansiosos em obter respostas definitivas para as questões que surgem. Minha opinião eles têm que pesquisar, estudar, buscar soluções junto a colegas e professores que têm conhecimento e auxiliem nos problemas. Os professores do Eco do Avencal planejaram a construção de propostas e de práticas, que sejam mais reflexivas, interativas, e conscientes, efetivamente capazes de contribuir para a melhoria da sua aprendizagem e formação escolar, foi um dia especial para todos, participando das atividades, com momentos de brincadeiras, recreação e diversão. Agradeço a Deus pelo momento proporcionado, as colegas de trabalho, aos alunos que demostram toda sua educação, respeito com colegas, professores e comprometimento com aprendizagem, os profissionais e funcionários do Eco do


Avencal meu muito obrigado, um grande abraço a todas da professora Marisete A. Lopes. “O ato de conhecer e tão vital quando o ato de comer e dormir, eu

não posso comer nem dormir

por alguém. Assim

a

busca

do

conhecimento

não

preparação para nada. E sim vida, aqui e agora” ( Madalena Freire)

d) Coordenadores e funcionário do Eco => “Turma light.” “Soube participar ativamente em todas as atividades; seus comportamentos foram exemplares. Vocês são seres verdadeiramente humanos”. e) Motorista => “apesar de adolescentes, esse grupo se comportou muito bem; não me incomodei em nada”. “Estão de parabéns”. Um episódio interessante: As atividades da manhã terminaram passadas de meio dia. Todos estavam com muita fome. Chegando ao refeitório, espontaneamente os alunos organizaram a fila e convidaram dirigindo as seguintes palavras: “primeiramente as damas”. Foi um momento mágico! O aprendizado de todas as atividades desenvolvidas estava sendo manifestado através da mudança de comportamento: Respeito é a essência da educação ambiental e da política de desenvolvimento sustentável.

Essa mudança de comportamento foi um dos

indicativos de que os objetivos dessa viagem estavam sendo alcançados. Os registros tanto do desenvolvimento das atividades de educação ambiental quanto os da avaliação foram feitas por meio de filmagens e fotos.


AVALIAÇÃO SOBRE O USO DE TABLET

No período de manhã, o tablet foi utilizado mais para a filmagem das explicações dos coordenadores. Algumas dessas tiveram um tempo superior a 13 minutos. À tarde foi utilizado para fotos. Algumas fotografias ficaram boas, mas outras ficaram “apagadas” por excesso de claridade do sol. Em outras fotos apareceu a imagem do dedo indicador demonstrando a falta de habilidade... Mesmo com esse atrapalho, gostei de utilizar essa nova tecnologia (tablet). Há um ditado popular japonês “uma única visita supera cem descrições”. É verdade. As letras têm força e auxiliam no processo ensino-aprendizagem. A associação de imagens (fotos, figuras, tabelas e desenhos) a essas letras, facilita ainda mais a aprendizagem. E se registrar os momentos significativos por meio de movimentos, falas e emoções, o processo de apropriação de conhecimentos vai se enriquecer ainda mais. Foi o que aconteceu com essa visita. Posso afirmar que os registros efetuados por meio de tablet enriqueceram ainda mais essa viagem de estudo. Os jovens têm afinidade com a tecnologia digital. Os celulares de alguns desses jovens estão ligados 24 horas à internet. O que se observa é que o celular, para esses jovens, passou de mero instrumento de comunicação oral ou escrita para câmera fotográfica, filmadora e acesso à internet. Essas funções também são encontradas no tablet. Porém, uma das diferenças entre celular e tablet é poder usar ou não em salas de aula. A Lei Estadual Nº 14.363, de 25 de janeiro de 2008 proíbe o uso de telefone celular nas escolas estaduais do Estado de Santa Catarina, o que não acontece com tablet. Um exemplo de uso de tablet que eu vivenciei, foi com uma menina de 9 anos. Essa menina manuseava o tablet, da última geração no mesmo dia que foi comprado, com maior naturalidade. Admirei-a e perguntei: “Com quem você aprendeu?”. E a menina simplesmente faz uma cara de “Como assim?” e respondeu “Com ninguém” e continuou com os dedinhos na tela. Para essa menina, utilizar tablet já faz parte do seu cotidiano. Outro fato é o aumento do número de usuários de tablet nas viagens. Num aeroporto, um senhor que levava notebook, ao observar ao redor, comentou: “Daqui a pouco ninguém mais vai levar notebook; o tablet vai substituir. Porque não é tão pesado, nem tão grande como notebook; acho que estou ficando obsoleto”.


A realidade atual é essa: os aparelhos eletrônicos leves e menores são amplamente aceitos por pessoas que aderiram à era digital. Sendo assim, tablet abre novas opções para facilitar não só a vida das pessoas, como também enriquecer atividades docentes. Por exemplo, uma obra de arte produzida por alunos, uma declamação de poesia, apresentação oral de trabalhos e outros diversos momentos de construção de conhecimentos podem ser capturados em forma de vídeo e editados para eternizar as emoções de aprendizagem. Eu não utilizava tablet nas minhas atividades docentes até porque não o tinha.

Pensei até em

comprar, mas mudei de ideia após ver a propaganda “Todo professor do ensino médio receberá tablet” do MEC. Recebi o tablet, e só fui aproveitá-lo após participar do curso de capacitação EXPLORANDO AS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS DO TABLET. Agora mais confiante, utilizei também para pesquisar nas páginas do google e visualizar conteúdos multimídias como vídeos e imagens. Inclusive ver as filmagens que foram feitas nessa viagem. Até baixei (é claro com a ajuda de técnico em informática da escola) aplicativos como office. Também pude vivenciar outras aplicações de tablet durante a viagem desde que funcione internet (wi fi): pesquisar a distância entre uma cidade e outra; pesquisar a duração de viagem de uma cidade para outra; pesquisar a meteorologia da cidade onde pretende visitar. Embora esse tablet seja inferior aos modelos mais avançados disponíveis no mercado, é um grande primeiro passo para a inclusão da tecnologia no processo de ensino-aprendizagem. Portanto, o uso de tablet pode representar um dos recursos pedagógicos indispensáveis no auxílio da melhoria de aprendizagem.


ANEXO I e-mail.

Contato para a cotação de viagem VIDEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2013.

A/C: PROFESSORA MICHIKO EEB. DOM ORLANDO DOTTI, CAÇADOR – SC E-mail: miokuyama@brturbo.com.br COTAÇÃO DE VIAGEM ORIGEM:

CAÇADOR – SC

DESTINO:

URUBICI – SC

PERÍODO:

01 (UM) DIA A COMBINAR EM 2013.

TRANSPORTE: 

Realizado em Micro Ônibus Executivo com capacidade para 22 passageiros, equipado com poltronas soft reclináveis, ar condicionado, calefação, mesa de jogos, frigobar, monitor de Vídeo, som ambiente e CD e DVD player. Acompanham o transporte pipoca doce, água mineral em copos, chimarrão. R$ 1.580,00 (Um mil quinhentos e oitenta reais)

 Realizado em Ônibus Leito Turismo com capacidade para 36 passageiros, 3º eixos, equipado com poltronas soft leito turismo, encosto para pernas, ar condicionado, calefação, WC, 02 frigobares, térmica elétrica para água, 02 monitores de vídeo, mesa de jogos, som ambiente CD e DVD Player. Acompanham o transporte pipoca doce, água mineral em copos, chimarrão. R$ 2.150,00 (Dois mil cento e cinquenta reais)

Realizado em Ônibus Turismo com capacidade para 44 passageiros, 3º eixos, equipado com poltronas soft leito turismo, mesa de jogos, frigobar, ar condicionado, calefação, WC, 02 monitores de vídeo, som ambiente, CD e DVD player. Acompanham o transporte pipoca doce, água mineral em copos, chimarrão. R$ 2.150,00 (Dois mil cento e cinquenta reais)

Realizado em Ônibus Panorâmico Leito Turismo com capacidade para 43 passageiros, 3º eixos, equipado com poltronas super soft leito turismo, encosto para pernas, ar condicionado, calefação, WC, frigobar, térmica para água e café, 04 monitores de vídeo, 02 mesas de jogos, som ambiente CD e DVD Player. Acompanham o transporte pipoca doce, água mineral em copos, chimarrão.


R$ 2.480,00 (Dois mil quatrocentos e oitenta reais)

 Realizado em Ônibus Double Decker Leito Turismo, 4º eixos, com capacidade para 44 passageiros, sendo 40 poltronas super soft leito turismo com encosto para pernas no piso superior, sala de estar no piso superior com sofás e 04 poltronas super soft leito total no piso inferior, espaço para jogos com mesa e sofás no primeiro piso, ar condicionado, calefação, WC no primeiro piso, frigobar, térmica para água e café, 04 monitores de vídeo, som ambiente CD e DVD Player. Acompanham o transporte pipoca doce, água mineral em copos, chimarrão. R$ 2.840,00 (Dois mil oitocentos e quarenta reais)

INCLUSÕES:  Transporte realizado pela TRANSVAN LTDA;  Seguro dos passageiros conforme exigido pela ANTT. 1. Obrigatório portar em viagem: carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento (aceita para menores de 12 anos) ORIGINAL, em bom estado de conservação, não sendo aceitas cópias autenticadas. Para menores de 12 anos viajando sem a companhia dos pais ou responsáveis legais será exigida uma autorização de viagem (Favor solicitar modelo). 3. Sugestões do que levar em viagem: manta e travesseiro para viagem, medicamentos de uso particular. 4. Disponibilidade do veículo e atrações condicionada ao momento da reserva. 5. VALIDADE COTAÇÃO: 15 DIAS *** Nos veículos estarão disponíveis aparelho de CD/DVD, porém não serão disponibilizados CDs ou DVDs, favor levar caso desejarem utilizar os aparelhos. Grata, Valquiria Sgarbi Villabruna TRANSVAN TURISMO ABAV SC 0264 Rua das Palmeiras,360. São Cristóvão, Videira/SC. Fone: 49 3533 2207 ou 3566 1728 E-mail: transvan@transvan.tur.br Site: www.transvanturismo.com.br Facebook: Transvan Turismo


ANEXO II Comunicado aos pais dos alunos interessados e autorização COMUNICADO A EEB Dom Orlando Dotti pretende realizar uma viagem de estudo a Eco de Avencal – Urubici - SC, em outubro, com os alunos do 2º ano do Ensino Médio. Acompanharão nessa viagem professores e direção da Escola. O valor da mensalidade = R$ 40,00 e será de abril a agosto. O valor total dessas mensalidades será destinado à despesa de ônibus, refeições e entradas. Explicação: Eco do Avencal => R$100,00 por aluno, estando inclusas as alimentações (café da manhã, almoço, e café da tarde), as atividades pedagógicas e as atividades de lazer (cavalgada, arvorismo, tirolesa, entre outros). Ônibus => R$ 80,00 por aluno. Mais R$ 20,00 de janta durante a viagem de volta a Caçador. ________________________________( cortar aqui)________________________

AUTORIZAÇÃO E TERMO DE COMPROMISSO Declaro para os devidos fins que Eu, nome do responsável___________________________________, portador(a) da carteira de identidade nº ____________________, responsável por _____________________________________Turma___________, portador(a) da carteira de identidade nº ________________________, autorizo a participação do estudante pelo qual sou responsável na viagem a Eco de Avencal – Urubici - SC que será realizada na 1ª quinzena de outubro, em companhia da professora Michiko Okuyama, Direção e outros professores do EEB. Dom Orlando Dotti, assumindo a total responsabilidade de pagar as mensalidades no valor de R$ 40,00 (quarenta reais) de abril de 2013 a agosto de 2013, mesmo desistindo da viagem. Caçador, ............. de ............................ 2013 ________________________________________ Assinatura do responsável


ANEXO III Termo de compromisso: normas disciplinares da Escola

TERMO DE COMPROMISSO As normas disciplinares para a Viagem de Estudo a Eco do Avencal - Urubici- SC no dia 05 de outubro de 2013 são: - Agir com responsabilidade seguindo as orientações dos professores acompanhantes bem como as instruções do motorista da Empresa de Transporte Transvan de Videira; - Respeitar a programação estabelecida pelos responsáveis; - Cuidar dos pertences pessoais e zelar pelo bem estar de todos; - É expressamente proibido o consumo de bebidas alcoólicas! Obs.: A Escola e os professores acompanhantes não serão responsabilizados por quaisquer incidentes e/ou danos materiais decorrentes do não cumprimento dessas normas por parte dos participantes. Declaro

para

os

devidos

fins

que

Eu

nome

do

responsável-

________________________________________________________, portador(a) da carteira de identidade

_____________________

_______________________________________,

portador(a)

responsável da

carteira

de

por

identidade

________________________ (Data de expedição:___________________) que estou de acordo com as normas disciplinares da EEB. Dom Orlando Dotti e que quaisquer incidentes e/ou danos materiais decorrentes do não cumprimento dessas normas serão de total responsabilidade do próprio participante (aluno).

Caçador,

15 de setembro de 2013. ________________________________________ Assinatura do responsável


ANEXO IV Programação e autorização dos alunos e pais a Eco do Avencal para a utilização de suas imagens

(Previsão) Programação e Roteiro- Viagem de Estudo a Eco do Avencal- Urubici- dia 05/10/13 Chegada Eco do Avencal; café da manhã; reconhecimento do espaço; atividades pedagógicas; almoço; atividades lazer; café da tarde; atividades de integração. INCLUSOS NO PACOTE: • Alimentações (café da manhã, almoço, café da tarde ); • As atividades pedagógicas e as de lazer; • Sucos e café nas refeições de café da manhã e café da tarde. NÃO • • •

INCLUSOS NO PACOTE: Bebidas nas refeições almoço e jantar; Bebidas para consumo pessoal fora (refrigerantes e água); Lanches para consumo pessoal;

O QUE LEVAR: Protetor solar; Boné; Repelente; Calçado extra; Tênis para realização das atividades de lazer; remédio de uso contínuo. ___________________________ (cortar aqui para trazer assinado) ____________________________ FICHA DE IDENTIFICAÇÃO E AUTORIZAÇÃO PARA VIAGEM NOME (ALUNO): ___________________________________________________________________ DATA NASCIMENTO: ______________________________________________________________ RG: ___________________________________________________________________ TELEFONE (CELULAR): ___________________________________________________________ E-MAIL: _________________________________________________________________________ NOME DO RESPONSÁVEL: ________________________________________________________ ENDEREÇO: _____________________________________________________________________ BAIRRO e CIDADE: _______________________________________________________________ CPF= ___________________________________ e RG = ___________________________________ TELEFONE (CELULAR): ____________________________________________________________ E-MAIL: __________________________________________________________________________


Eu, ___________________________________________responsável pelo aluno(a)________________________ autorizo-o(a) a participar da viagem programada pela EEB. Dom Orlando Dotti no dia 05/10 /2013, com destino ao Projeto Eco do Avencal Educacional. RECOMENDAÇÕES: o aluno possui alguma restrição alimentar, alergia ou toma alguma medicação específica? ( ) SIM ( ) NÃO Se sua resposta for sim, quais? _____________________________________________________________________ OBS.: É imprescindível que durante a viagem o aluno porte a Carteira de Identidade. Ao assinar este documento o responsável autoriza o uso da imagem (do aluno) durante este evento, para fins de publicidade em veículo (folders, jornais, e site do Projeto), sem acarretar custos para o mesmo. ASSINATURA DO RESPONSÁVEL:__________________________________________________ Caçador, 15 de setembro de 2013.


ANEXO V Lista de participantes (RG e telefone foram deletados por precaução)

Turma e Nome 1

Adrion Bastistela Isotton

2

Alberto José Marli

3

Bruno Vinícius Burger

4

Fernanda Putti

5

Larissa Prado Xavier

6

Taylor de Lima Maciel

7

Julia Kormann

8

Claudia Emília Ferreira

9

Letícia Pereira da Silva

10

Alice Salete Piroli

11

Hérica Kaline Marques

12

Nayrane dos Santos Batista

13

Sandriane Padilha dos Santos

14

Heloísa lorenzoni

15

JaquelineDalla Santa

16

Thaize Tartari

17

Maria Polyanna Angeli

18

Wellington Sutil de Oliveira

19

João Vitor Fauth de Lima

20

Luighi KevinBianchini Barreto

21

Mylena Yumi Wakizono

22

Hindyara Domingues dos Santos Professores e/ou responsáveis

23

Daniela Thibes dos Santos

24

Margarete Tizuka Wakizono

25

Michiko Okuyama

26

Marisete Aparecida Lopes

27

Leandro Pereira

Nº da Identidade

Telefone do responsável


Relatório do projeto uso de tablet visita a eco do avencal