Page 1

SAÚDE Edição 1 | clinicapedrocavalcanti.com.br

Revista da Clínica Pedro Cavalcanti

Corrida de Rua A nova onda em Natal

A melhor idade

Você já chegou na sua melhor idade?

Zumbido

Entre 15% a 25% da população do mundo sofre desse mal

O bebê nasceu! Mães de primeira viagem entre dúvidas, conselhos e instintos Saúde - Revista da CPC | 1


ANÚNCIO 1 INVESTIMENTO Segunda capa + primeira Tamanho: 42 x 29,7cm Sangria: 5mm

2 | Saúde - Revista da CPC


Saúde - Revista da CPC | 3

ro

aP ed

ic

lín

ca nt

Ca va l

i

E

D

aC

ad

ist

Re v

SA Ú


6 A melhor idade da vida A melhor idade é a que você tem agora

10 Corrida de rua

A nova onda em Natal

14 Ciclismo

Bom mesmo é pedalar à noite

6

18 Vinho

Ele faz bem ao Coração

24 Câncer

Avanços no diagnóstico do câncer de pulmão

28 Mães de primeira viagem

28

Elas vivem entre dúvidas, conselhos e instinto

32 Durma bem Como ter uma boa noite de sono

36 Mossoró

A cidade irá ganha uma nova unidade da Clínica Pedro Cavalcanti

4 | Saúde - Revista da CPC

32


40 Vacinas

Para todo mundo e todas as idades

44 Zumbido

O tormento causado pelo Zumbido no ouvido

40

46 Ano novo

Comece o novo ano pensando na sua saúde

48 Conectado

Clínica Pedro Cavalcanti conectado direto com você

49 Consultas

Você já marcou sua consulta online

49

49 Mídias Sociais Fique por dentro de tudo que acontece

Expediente

Atenção!

Os textos desta edição não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.

Saúde - Revista da CPC | 5


A Melhor Idade da Vida A melhor idade da vida é a que você tem agora. O hoje é o seu maior presente, literalmente.

Q

uando chegamos na

É nesta fase da vida que podemos verda-

fase madura, ou da

deiramente experimentar a liberdade. E não

delicadeza como já

é porque a missão já está cumprida, é porque

dizia o poeta, ganha-

agora você tem muito mais chance de fazer e

mos novas percep-

realizar tudo aquilo que você sempre sonhou,

ções, novos sentidos,

e que o corre corre da vida, os compromissos

parece que o simples toma conta e que tudo

com os filhos, com as contas, com o mundo,

aquilo que era tão importante, coisas, valores,

não te permitiam.

ideais, acabam seguindo outro rumo. E quer

Sabemos que não somos eternos, pelo

saber, ainda bem. Isso abre espaço para o que

menos na matéria, e realmente não é confor-

realmente vale a pena.

tante pensar que não estaremos mais aqui al-

6 | Saúde - Revista da CPC


gum dia. Mas isso também faz parte da vida, os ciclos da natureza são perfeitos, temos que respeitar, e acima de tudo aproveitar cada instante. Por isso, o tempo de hoje é de alegria, de celebração, lamentação não cabe mais nessa morada. Vamos aproveitar o tempo com coisas boas e que tragam felicidade, conhecimento, experiências positivas, e que tudo isso possa ser compartilhado com o mundo. Quando chegamos na fase da aposentadoria as escolhas devem ser feitas sobretudo com prazer e leveza, não mais com o peso das responsabilidades

Quando chegamos na fase madura, ou da delicadeza como já dizia o poeta, ganhamos novas percepções, novos sentidos...

e dos compromissos, o que torna tudo mais sutil e gostoso. Então vamos para algumas dicas que podem fazer toda a diferença daqui pra frente:

1) Viva com amor - Escolha o amor como seu norte. Deixe que esse sentimento maior tome conta de você. Então, antes de tomar qualquer atitude, de falar alguma coisa ou de optar por uma decisão, reflita se o que você escolheu está sendo feito com amor.

2) Seja você, coragem - Não temos mais tempo de usar máscaras, ou fingir ser quem não somos. Não se perca de você por nada nem ninguém, principalmente nesta altura do campeonato. 3) Expresse seus sentimentos - O que é bom tem que ser dividido e o que não é tem que ser colocado para fora, não guarde sentimentos, eles foram feitos para serem distribuídos. 4) Não pare - Atividade física é fundamental para nossa saúde física e mental. Além de trazer bem estar imediato. Então reserve pelo menos uma hora por dia para você fazer algum coisa que goste. Vale tudo: caminhar, dançar, pedalar, nadar... não faltam opções, o importante é você se sentir feliz com a escolha e realmente fazer aquilo que goste de verdade.

Saúde - Revista da CPC | 7


5) Estude sempre - Não há atitude melhor para manter a mente ativa. Hoje em dia as faculdades estão com cursos e ingressos específicos para pessoas da melhor idade. São condições especiais em todos os sentidos. 6) Aprenda uma nova língua - Esse é um outro jeito de movimentar a área do conhecimento de uma maneira divertida e útil. 7) Aprenda a tocar um instrumento - Nossa alma fala por meio de um instrumento, escolha aquele que você sempre quis tocar e nunca teve tempo de aprender, vá para uma escola ou junte alguns amigos para aulas em casa. 8) Defenda uma causa - Agora você tem muito mais tempo para se envolver naquela causa em que acredita. Pode ser ambiental, social, política, o interessante é que você possa doar um pouco do seu tempo e conhecimento para esse movimento. Ser voluntário é uma excelente maneira de se sentir útil e participativo. A gente sabe que não dá para mudar o mundo, mas é bom sentir que estamos fazendo a nossa parte. Existem centenas de ONGs sérias que atuam em prol de causas justas e humanitárias, pesquise e vá em frente. 9) Preencha sua alma - Reserve um tempo do dia para você estar com você mesmo. Ore, medite, fique em silêncio. Essa pausa estratégica pode funcionar para você se conectar com as energias mais sutis e suaves, com seus mestres espirituais, santos, anjos, deuses...ou com tudo mais que você acreditar. 10) leia sempre - Ter sempre um livro a tira colo é carregar o mundo interio em você. Não perca essa chance, por onde que que vá, leve um livro. Você vai ver que nunca mais vai lembrar que existe fila, horas de vôo, tempo de espera. 11) Programe uma viagem - Se organize para fazer pelo menos uma viagem por ano. E viva essa oportunidade a partir do momento da escolha do destino, e depois em todos os seus detalhes. Isso irá preencher sua vida de alegria e conhecimento. 12) Seja feliz - Sorria, celebre, faça o bem, você sabe como. 8 | Saúde - Revista da CPC

Celebre Sorria


ANÚNCIO 2 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

Re v

ist

ad

aC

lín

ic

SA Ú D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 9


Corrida de Rua a Nova Onda em Natal

P

ode ser de manhã cedinho

Mas parece que o potiguar não quer le-

ou em algum final de tarde

var isso adiante. E se depender do incentivo

ensolarado. Hoje em dia é

do atleta Cecílio Barbosa, os grupos de cor-

fácil encontrar grupos de

redores amadores só irão aumentar. Ele acha

pessoas correndo em vários

que já nasceu correndo, não se lembra quando

pontos da cidade. Avenida

começou, mas sabe que desde garoto o maior

Engenheiro Roberto Freire, Rota do Sol, Via

impulso para ir à escola era o treino esportivo.

Costeira, Alexandrino de Alexancar, Avenida

“Sou um apaixonado pela corrida. Se você es-

Itapetinga, Parque das Dunas, entre tantos

tiver com preparo físico para correr, certamen-

outros locais.

te se sairá bem em qualquer outro esporte. Quando observo na rua uma turma de gente

Esse é um movimento relativamente

correndo, vejo que estou na moda”, brinca o

novo em Natal, talvez pelo despertar diante de

atleta que tem formação em economia e atua

estatísticas negativas que apontam a capital

também como consultor de segurança.

do RN como a campeã nordestina em obesidade, e consequentemente, a que possue os piores hábitos alimentares com população sedentária. Os dados são do Ministério da Saúde, retirados de uma pesquisa realizada nos últimos seis anos, com mais de 300 brasileiros, maiores de 18 anos, nas 26 capitais e Distrito Federal. 10 | Saúde - Revista da CPC

Sou um apaixonado pela corrida. Atleta Cecílio Barbosa


SaĂşde - Revista da CPC | 11


Ele acredita que a quantidade de pessoas correndo não aumenta ainda mais por falta de segurança. “Eu já me adaptei com o horário das 4h30, gosto de acordar cedo, me sinto mais seguro e aproveito melhor meu treino que gira em torno de 17 km por dia”, relata o corredor que de tanta dedicação acabou conquistando o feito de participar da prova mais famosa de triathlon do planeta, o campeonato mundial de Ironman. Foram várias seletivas pelo mundo, e ele foi o primeiro potiguar a ser selecionado para a grande final, realizada em outubro, no Hawai. “Fiz a prova toda em menos de 12 horas. Me sinto vitorioso em ter participado”, comemora. 12 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 3 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

Re v

ist

ad

aC

lín

ic

SA Ú D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 13


14 | SaĂşde - Revista da CPC


Pedal à Noite “Sinto liberdade e prazer pedalando. Me sinto viva fazendo parte de um cenário. O cenário é o nosso planeta, a vida, o universo. Pedalar é sinônimo de saúde e qualidade de vida, sem cometer excessos, é claro.”

O

Professora de bike indoor e personal trainer, Adianete Ramos

ponto de encontro

A Rota do Sol é apenas um dos pontos

fica na Rota do Sol,

de partida para os night bikers de Natal, ou-

mais

precisamente

tros tantos existem espalhados pela cidade. E

no segundo posto de

as trajetórias também mudam dependendo do

combustíveis. Cada

ritmo e preparo de cada grupo. O importante é

dia da semana, no

você começar se juntando a uma turma, mes-

começo da noite, uma turma diferente se re-

mo porque proporciona muito mais seguran-

úne para pedalar à noite. São turmas grandes,

ça, em todos os sentidos.

15, 20 ou até mais pessoas apaixonadas por bi-

O movimento da pedalada é tão apaixo-

cicletas e que escolhem a noite como cenário.

nante que tem gente que não consegue passar

E realmente o tempo da lua tem seus encantos.

um dia sequer sem pedalar. É o caso da profes-

A temperatura é mais agradável, não há aque-

sora de bike indoor e personal trainer, Adiane-

le sol escaldante e a pedalada acaba rendendo

te Ramos. Depois que ganhou sua primeira bi-

mais, se tornando assim mais agradável; tam-

cicleta com 10 anos, nunca mais se separou de

bém o fato do dia corrido com trabalho e com-

uma “magrela”. A cada aniversário ou Natal, o

promissos já ter passado, torna a pedalada um

pedido de presente era o mesmo: uma bicicle-

momento de alívio terapêutico, saindo dali

ta nova. Desta fase da vida, onde a bicicleta era

nada mais de agenda, só relaxamento e des-

só diversão, para a de hoje, onde a bike virou

canso para recuperar as forças para um novo

parceira também de trabalho, foi só questão

amanhecer.

de tempo mesmo, porque a paixão já era amor. Saúde - Revista da CPC | 15


“Sinto liberdade e prazer pedalando. Me sinto viva, fazendo parte de um cenário. O cenário é o nosso planeta, a vida, o universo. Pedalar é sinônimo de saúde e qualidade de vida, sem cometer excessos, é claro”, diz a atleta que acredita que as próprias aulas de bike indoor contribuíram para a divulgação da prática de pedalar à noite. “Professores passaram a levar seus alunos de dentro da academia para fora dela, para as ruas. Muita gente adquiriu bicicleta para pedalar com o professor ou com amigos, formaram-se turmas, grupos de pedaladas, principalmente à noite”, complementa.

16 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 4 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

Re v

ist

ad

aC

lín

ic

SA Ú D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 17


18 | SaĂşde - Revista da CPC


Vinho faz Bem ao Coração

Saúde - Revista da CPC | 19


O

vinho

poderia

mesmo ter sido um presente dos Deuses. Dionísius, o Deus das festas e da alegria, foi quem ofe-

receu o vinho como sendo uma bebida apropriada para comemorar. E o Deus da mitologia grega acertou, e talvez nem pudesse imaginar que o vinho se tornaria uma bebida tão difundida e apreciada no mundo inteiro. Os efeitos inebriante e euforizante do álcool associado ao prazer, são grandes fatores de popularização da bebida tanto nos tempos antigos como no mundo moderno.

20 | Saúde - Revista da CPC


Vinho e nutrição Mas o vinho não é só prazer, é também saúde. Os benefícios que o vinho proporciona à saúde começaram e ser descobertos na década de 70, quando estudos epidemiológicos evidenciaram que, apesar de terem hábitos de vida pouco saudáveis, como fumar, beber e comer muita gordura de origem animal, os franceses (em especial os do sul da França) tinham uma baixa incidência de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral em relação à média mundial. A essa contradição aparente, os pesquisadores chamaram de “Paradoxo Francês”. Novos estudos revelaram que esse mesmo perfil podia ser encontrado em outras populações do mediterrâneo, como italianos e gregos, e que o principal fator que determinava a longevidade era associado à alimentação, em especial o vinho e o azeite de oliva. Esses alimentos, mais peixe, tomate e berinjela ficaram conhecidos como a “dieta do mediterrâneo” que traz saúde e longevidade.

Por que o vinho previne doenças do coração? Químicos e farmacologistas se debruçaram sobre o vinho para descobrir o que havia ali dentro que determinava a proteção dos vasos e do coração. Uma primeira conclusão foi fácil de ser alcançada. Os estudos epidemiológicos mostravam que quando indivíduos que bebiam rotineiramente vinho branco eram separados daqueles que bebiam vinho tinto, o segundo grupo apresentava resultados ainda mais eficientes em termos de proteção cardiovascular. Então deduziu-se que as substâncias que dão cor ao vinho chamadas de procianidinas deviam ser as grandes responsáveis.

Saúde - Revista da CPC | 21


As substâncias que protegem o coração, assim como outras que encontramos no vinho - flavonóides e taninos derivados do ácido elágico - todas têm uma atividade protetora do DNA e atuam evitando o surgimento de células cancerosas. Esse é um dos motivos que cientistas usam para explicar as também baixas taxas de casos de câncer nas populações mediterrâneas. Mas há ressalvas. Para colher seus benefícios, é necessário beber apenas de um a dois cálices por refeição. Quando se abusa do vinho o efeito nocivo do álcool neutraliza o dos polifenóis. Também devemos evitar vinhos de má qualidade. Eles são ácidos o que favorece a oxidação das substâncias benéficas. Alem disso pode conter nitratos - colocados como conservantes, que são tóxicos e causam dores de cabeça. Os nitratos também neutralizam o efeitos benéficos das procianidinas.

Conheça um pouco da história do vinho A história do vinho é quase tão antiga quanto à civilização humana. Mostram os achados arqueológicos mais recentes que o vinho parece ter surgido durante o final do período neolítico, nos Bálcãs, mais especificamente entre o norte do Irã e o sul da Geórgia, nas montanhas de Zagros. Dessa região costumava ser transportado, via pluvial, para a Mesopotâmia, sendo apreciado por sumérios e babilônios. Sua fabricação foi sendo aprendida por diferentes povos, chegando a Judéia e a Creta, trazido por comerciantes fenícios.

22 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 5 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

aC

ad ist

Re v

SA Ú

lín

ic

D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 23


Avanços no Diagnóstico do Câncer de Pulmão

O

Instituto

Nacional

de Câncer revela que,

grande sucesso. Porém, uma esperança surge neste sentido.

somente no Brasil,

Um estudo americano com mais de cem

22 mil novos casos

mil pessoas concluiu que a tomografia compu-

de câncer de pulmão

tadorizada em baixa dose (metade da voltagem

devem surgir no pró-

normal, para expor menos o paciente à radia-

ximo ano. Mesmo sendo só uma estimativa, os

ção) é eficaz para detectar o câncer de pulmão

números assustam, e por isso as pesquisas pelo

e reduz em 20% as mortes pela doença. Os

mundo inteiro, em torno do tema não param.

resultados desse trabalho foram apresentados na 5ª Conferência Latino-Americana de Cân-

Nunca foi fácil diagnosticar o câncer

cer de Pulmão, no Rio de Janeiro. O evento or-

de pulmão, isso porque o órgão não apresen-

ganizado pela Associação Internacional para o

ta dor. Para se perceber que algo está errado,

Estudo de Câncer de Pulmão (IASLC, da sigla

geralmente a doença deve estar em fase mais

em inglês) destacou as últimas pesquisas em

avançada, já afetando os brônquios e o pacien-

prevenção, detecção precoce e cuidados palia-

te escarrando sangue. Os rastreamentos reali-

tivos, entre outros temas.

zados desde os anos 60, não vinham obtendo 24 | Saúde - Revista da CPC


O estudo foi concluído em 2011 e comparou os resultados de tomografia computadorizada com radiografia de tórax para determinar a melhor forma de rastreamento da doença em fase inicial, ou seja: um tumor que pode ser operado, com até 4 cm e localizado. Participaram do trabalho fumantes ou ex-fumantes, de 50 a 74 anos, que conviveram com o cigarro por mais de 15 anos.

Saúde - Revista da CPC | 25


ANÚNCIO 6 INVESTIMENTO Página Dupla Tamanho: 42 x 29,7cm Sangria: 5mm

26 | Saúde - Revista da CPC


Saúde - Revista da CPC | 27

ro

aP ed

ic

lín

aC

ad

ist

Re v

Ca va l

ca nt

i

E

SA Ú D


28 | SaĂşde - Revista da CPC


Mãe de Primeira Viagem

Saúde - Revista da CPC | 29


A

nsiedade, medo de não estar

fazendo

certo,

querer dar o melhor, esquecer que você existe... Quem

está

passando

pelo momento de ser

mãe pela primeira vez sabe bem o que significam essas sensações.

Ser mãe, para muitas mulheres, é o acontecimento maior de suas vidas. E a vontade de acertar em tudo acaba gerando um mundo de situações delicadas. E realmente, cuidar de um bebê não é tarefa fácil. Por isso, para te dar uma mãozinha, organizamos uma listinha que irá ajudar você a aproveitar melhor essa fase tão gostosa. 30 | Saúde - Revista da CPC


1) Escutar e praticar - A tendência é a mãe de primeira viagem grudar que nem uma leoa na sua cria. Mas isso não é bom nem para você muito menos para seu bebê. Deixe sua mãe, parentes e amigas queridos darem conselhos e ajudarem, todas as mães que já passaram por isso têm dicas valiosas e só querem ajudar. Ouça-as com carinho e gratidão. 2) Todo mundo erra - Faça com amor o seu melhor, e naturalmente as coisas irão acontecer com equilíbrio. Não se cobre perfeição a todo tempo, isso traz ansiedade e estresse. Seja generosa consigo mesma e reconheça que todo erro traz um novo aprendizado. E não esqueça, se você está segura e se sentindo bem, seu bebê vai sentir, e o contrário também. 3) Cerque-se de pessoas de confiança - Isso traz tranquilidade para seu coração. Procure ter sempre alguém com quem você possa contar quando precisar sair de perto do bebê, pode ser sua mãe, o pai do bebê, uma amiga, enfermeira, o pai, o importante é você não se sentir sozinha. 4) Confie e aproveite. Confie em seu instinto materno – que, apesar de novinho em folha, provavelmente já está bem afiado. E aproveite os momentos junto com seu bebê para criar laços cada vez mais intensos e vínculos mais fortes: amamentação e banho são fundamentais e especiais. Cerque esses momentos de encantos, pode ser com música e iluminação suaves. 5) Cuide de você. Preste atenção à sua alimentação e ao seu sono. Na medida do possível, deixe a ansiedade de lado e se alimente direito. Não se preocupe em voltar ao seu peso normal agora, você precisa ter saúde de ferro para amamentar seu bebê. Tente dormir o máximo possível e relaxar sempre que puder. Essas atitudes ajudam a manter sua saúde em dia – fundamental para cuidar do seu filhote. Não se esqueça de que cuidar de você é, indiretamente, cuidar dele também. Não deixe o cansaço e o desânimo te abaterem – este é o começo de uma linda jornada para vocês, aproveite! Saúde - Revista da CPC | 31


32 | SaĂşde - Revista da CPC


Boa Noite Durma Bem SaĂşde - Revista da CPC | 33


Nada como uma boa noite de sono. É revigorante, reparadora, a disposição aparece, a pele fica linda, e você acorda mesmo feliz da vida.

E

isso não é só uma sensação.

e períodos de fraqueza, devidas à sensação de

Quando

bem

excesso de sono, que atingem as crianças, ado-

permitimos que seja resta-

lescentes e adultos. Há, ainda, o sonambulis-

belecida a energia que gas-

mo, muito frequente na infância, que deriva

tamos durante o dia, nossas

do fator genético. Na lista das perturbações do

células se renovam, e nosso

sono, constam ainda o bruxismo (ranger dos

sistema imunitário e nossas defesas são refor-

dentes durante o sono), o jet lag, a sonolência

çados. E ainda ajuda a manter o peso, já que

e os terrores noturnos.

dormimos

dormindo nosso foco nunca estará voltado

Identificar as causas de qualquer um

para a comida. Dormir bem, mantém nossa

desses problemas que esteja lhe tirando o sono

saúde em dia.

é o primeiro passo para combater verdadeiramente o problema.

Já quando falamos em noites mal dormidas a situação se agrava, principalmente quando a insônia se torna algo constante, o que pode acabar comprometendo a saúde e o bem estar. Algumas doenças já estão associadas ao fato de dormir mal à noite, como obesidade, hipertensão e diabetes. Nas crianças, pode comprometer o desenvolvimento psicomotor e o crescimento. E para todo mundo que não consegui dormir, o mal humor se instala facilmente. Por isso, cuidar-se é sempre a melhor saída, para uma noite mal dormida não se transformar em doenças e perturbações do sono. E as patologias são muitas como a apnéia do sono, que pode surgir logo na infância, embora seja muito mais comum na idade adulta, e pode originar doenças cardíacas. No mesmo quadro encontramos a narcolepsia, que se caracteriza por dificuldade em acordar de manhã, sonolência ao longo do dia 34 | Saúde - Revista da CPC


Além de “contar carneirinhos”, algumas dicas podem fazer a diferença para um sono bom: . Evite fazer atividade física pelo menos 4 ho-

. Sexo antes de dormir também relaxa, então

ras antes de ir para cama;

pratique;

. No jantar, tente se alimentar de maneira mais

. Promova uma rotina de horários, acordar

leve para facilitar a digestão;

sempre na mesma hora, independente de ter

. Nada de estimulantes à noite como chá preto,

deitado tarde, é uma boa maneira para isso;

fumo, café ou refrigerantes;

. Faça uma caminhada depois de jantar, pois

. Use o momento do banho como um ritual.

ajuda a acelerar a digestão e, ao mesmo tempo,

Deixe para tomar antes de deitar, a água mor-

promove o relaxamento do corpo e da mente

na ajuda a relaxar.

. Um bom livro antes de dormir abrem cami-

. Estabeleça no quarto um ambiente de paz

nhos para as viagens que seguirão durante o

e tranqüilidade, e use-o com esse fim. Deixe

sono.

a TV, o telefone e o trabalho para outros am-

- Se nada resolver, procure um médico.

bientes;

Saúde - Revista da CPC | 35


Foto: Patrick

36 | SaĂşde - Revista da CPC


Mossoró irá ganhar Unidade da Clínica Pedro Cavalcanti Saúde - Revista da CPC | 37


A

segunda maior cidade do

A partir de 2013 serão os mossoroenses

Estado, Mossoró, rece-

que terão a oportunidade de contar com a

be em 2013 a mais nova

qualidade e a eficiência dos mais avançados

unidade da Clínica Pe-

serviços em otorrinolaringologia. “Será nossa

dro Cavalcanti. A Clínica

quinta unidade, e estamos satisfeitos em po-

já oferece aos natalenses

der levar mais qualidade de vida e moderni-

três unidades de atendimento, sendo duas na

dade em prevenção, diagnósticos e tratamen-

zona sul, nos bairros do Tirol e Lagoa Nova; e

tos aos pacientes da região que compõe nosso

outra, na zona norte, no bairro de Igapó. Além

oeste potiguar”, destaca Dr. Pedro Cavalcanti,

da unidade localizada na cidade de Caicó, no

médico e presidente-fundador da Clínica.

bairro de Penêdo.

Confira alguns dos serviços que serão oferecidos, contando com alta tecnologia,check-up em ouvidos, nariz e garganta. Tudo isso, em salas equipadas com moderna aparelhagem. •

Eficiência e Modernidade

Check-up em ouvido, nariz e garganta

Espectografia vocal e computadorizada

Teste da Orelhinha

Exames Auditivos ocupacionais

Laboratório Especializado em distúrbio do sono (polissonografia)

Dermatologia Clínica

Pellings

Laser

Toxina Botulínica

Preenchimentos

Prevenção e tratamento do câncer da cabeça e pescoço

Diagnóstico e tratamento em alergologia

Segurança e Alta Tecnologia

Hospital-Dia especializado

Realizações de cirurgias para implante Coclear

Realização de Macro e Microcirugias;

Realização de cirurgia minimamente invasivas

Tecnologia de navegação guiada por sistema (neuro navegador ent)

Tecnologia de monitorização intra-operatória dos nervos faciais e recorrentes

Cirurgias dermatológicas

Cirurgia plástica e estética

38 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 7 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

aC

ad ist

Re v

SA Ú

lín

ic

D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 39


40 | SaĂşde - Revista da CPC


Vacinação é para Todo Mundo e de Todas as Idades

L

eva só um minuto! Pode ser

ganha imunidade suficiente para se prevenir

com gotinhas ou uma picadi-

contra males. Ela é a injeção de toxinas, vírus

nha, e assim a vacina é capaz

ou bactérias (mortos ou atenuados) no orga-

de prevenir muitas doenças

nismo para que ele desenvolva resistência a

para todo mundo. Isso mes-

uma doença. A substância nos leva a produ-

mo, não são apenas as crian-

zir anticorpos que combatem os efeitos des-

ças que entram no rol dos que devem ser vaci-

ses micro-organismos. “As vacinas têm de ser

nados, há vacinas específicas para cada fase da

bastante fortes para desenvolver a resistência

vida, desde o momento em que nascemos até

do corpo, mas suficientemente fracas para não

a idade adulta.

causarem uma enfermidade grave”, explica Renato Kfouri, diretor da Associação Brasileira

Segundo a Organização Mundial da Saú-

de Imunizações (SBIm).

de (OMS), as vacinas impedem anualmente

Por isso, carteirinha em dia é funda-

entre 2 e 3 milhões de mortes no mundo in-

mental para garantir mais saúde e qualidade

teiro. Isso por que com a vacina nosso corpo

de vida. Fique atento, o calendário básico de Saúde - Revista da CPC | 41


vacinação é dividido por faixa etária: crianças, adolescentes, adultos e idosos. Consulte o seu médico e o pediatra do seu filho para fazer o acompanhamento certo. Veja a indicação de vacinas por idade (elas são oferecidas pelo Sistema Único de Saúde) e confira se a carteirinha da família está em ordem: O Ministério da Saúde adota três calendários obrigatórios de vacinação, gratuitamente. Segundo o Ministério, essa é a maneira mais eficaz de se prevenir doenças como poliomielite, paralisia infantil, tuberculose, rubéola, febre amarela, rotavírus, difteria e tétano. Para crianças até 10 anos de idade Logo ao nascer, a criança toma uma dose de vacina contra hepatite B que deve ser administrada na maternidade e nas primeiras 12 horas de vida. O esquema básico se constitui de três doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda e 180 dias da primeira para a terceira. Depois, outras doses serão administradas para vários tipos de doença, até os 10 anos de idade.

Vacinas importantes a partir dos 20 anos É necessário tomar, a cada 10 anos, e por toda a vida, as vacinas: Dupla tipo adulto - que combate difteria e tétano - e contra a febre

Entre 11 e 19 anos de idade

amarela. A partir dos 60 anos ou mais, tomar

O adolescente que não tiver comprova-

anualmente vacina contra influenza (gripe) e

ção de vacina anterior deve apresentar docu-

contra a pneumonia pneumocócica, que pode

mentação e completar o esquema já iniciado.

até levar à morte.

Para os que já receberam anteriormente três

Adultos e idosos que residam ou forem

doses ou mais das vacinas tríplice bacteriana

viajar para áreas endêmicas têm que receber a

ou Dupla tipo adulto, aplicar uma dose de re-

vacina especificada pelo Ministério da Saúde.

forço. É necessário reforçar a vacina a cada 10

A tríplice viral – contra sarampo, caxumba e

anos. Em caso de ferimentos graves, antecipar

rubéola - deve ser administrada em mulheres

a dose de reforço para 5 anos após a última

de 12 a 49 anos que não tiverem comprovação

aplicação. O intervalo mínimo entre as doses

de vacina anterior e em homens até 39 anos.

é de 30 dias. 42 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 8 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

aC

ad ist

Re v

SA Ú

lín

ic

D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 43


O Tormento do Zumbido

J

á pensou em ouvir constantemente um barulho atormentador que só você escuta? Pode parecer um pesadelo, mas é pura realidade. Estudos recentes em diversos países mostram que entre 15% e 25% das pes-

soas no mundo inteiro sofrem com algum tipo de zumbido no ouvido. Para se ter uma dimensão do problema, somente no Brasil 28 milhões de pessoas já tiveram pelo menos um episódio de zumbido. E os sons mais comuns percebidos pelos pacientes são: apito, chiado, cigarra, grilo, cachoeira, panela de pressão, motor e escape de ar. Defi-

minados períodos, geralmente relacionado a

nitivamente, nada fácil, principalmente por-

doenças do metabolismo e estresse; e “pulsá-

que o zumbido pode influenciar diretamente

til” que pode ter causas como tumores e pro-

na qualidade de vida, causando insônia, de-

blemas vasculares.

pressão, dificuldade de concentração para estudo e trabalho

“Podemos ainda dizer que há aquele tipo de zumbido que só é ouvido quando a pessoa

O otorrinolaringologista Pedro Guilher-

presta atenção, ou na hora de dormir, do zum-

me Cavalcanti explica que o zumbido pode

bido que interfere na concentração, humor e

ser classificado em diferentes tipos, de acordo

pensamentos do paciente, podendo ser até in-

com suas características e pelo modo como in-

capacitante. E o quanto antes o paciente pro-

terferem na vida do paciente. Assim sendo, o

curar ajuda médica, mais claro será o diagnós-

“persistente” é aquele em que o paciente escu-

tico e maiores serão as chances de fazer com

ta barulhos continuamente, sem melhora do

que o zumbido desapareça”, pontua o médico

caso; “intermitente” quando ocorre em deter-

especialista.

44 | Saúde - Revista da CPC


Podem ser muitas as causas para o surgimento do tinnitus, nome científico do zumbido. Entre as causa possíves estão os problemas de inflamação ou tumores no ouvido, taxa de glicemia alta, problemas cardiovasculares, estresse, problemas dentários; além de distúrbios no metabolismo, como diabetes, hipertireoidismo. E em cerca de 90% dos casos, o zumbido está relacionado a perdas auditivas, em seus diferentes níveis. “O zumbido pode ser causado por perdas auditivas, muitas vezes mínimas, e que ocorrem devido à exposição prolongada a ruídos intensos, principalmente no trabalho; por perda de audição natural com a idade; por medicamentos; excesso de cera e por outras doenças no ouvido, como inflamações”, destaca o otorrinolaringologista Pedro Guilherme Cavalcanti.

COMO TRATAR As possibilidades de tratamentos são tantas quanto os tipos de zumbido, e na verdade, irá depender da causa relacionada a origem do problema. Se o zumbido for causado por excesso de cera, por exemplo, a simples remoção na própria consulta já elimina o transtorno. Já no caso de zumbidos ligados a causas metabólicas, a atenção vai ser específica ao acompanhamento destas questões. Nos zumbidos relacionados a perdas na audição, existem medicamentos, que aliados ao uso de aparelhos auditivos, são capazes de diminuir ou acabar com a presença do sintoma. Saúde - Revista da CPC | 45


Ano novo, Saúde Nova

P

ode ser pulando ondinhas, comendo romã, ou fazendo qualquer outro tipo de simpatia, a verdade é que ano novo traz sempre ares de re-

novação. A imagem daquele calendário novinho em folha pronto para ser vivido é renovadora. É a condição de fazermos diferente, de traçar novos planos, novas metas. Impossível não se pegar renovando as antigas promessas como começar aquela velha dieta, parar de fumar, começar a praticar atividade física, melhorar a alimentação, trabalhar menos, ter mais tempo para a família, enfim, a lista é grande. Mas na realidade, o que conta mesmo não são essas renovações, são as tomadas de atitude, as estipulações de metas traçadas com consciência e muita vontade de realização, e quem tem vontade já tem a metade. Falta de tempo não é mais desculpa, afinal o dia tem 24 horas para você e também para o Barack Obama, ou seja, é igual para todo mundo. Pense em uma coisa democrática e justa é esse tal “tempo”!!! 46 | Saúde - Revista da CPC


ANÚNCIO 9 INVESTIMENTO

i nt

Ca va l

ro aP ed

aC

ad ist

Re v

SA Ú

lín

ic

D

ca

E

Página Inteira Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

Saúde - Revista da CPC | 47


Conectado em Você

A

ideia da Clínica Pedro Cavalcanti é estar cada vez mais conectada com você. E a dedicação é constante para isso. A prova é o novo espaço virtual da Clínica

na internet.

A proposta é oferecer mais do que um simples site, a Clínica apresenta para seus pacientes um verdadeiro Portal da saúde, com informações, matérias, dicas sobre prevenção e tratamentos, além de facilidades para atendimento. O layout é contemporâneo, arrojado e com ferramentas extremamente funcionais. “Apostamos na interatividade, com intenção de compartilharmos conteúdo e conhecimento com nossos pacientes. No Portal, o internauta encontra um espaço aberto para discussão e difusão de informações”, argumenta Dr. Pedro Cavalcanti, fundador presidente da Clínica. A partir do Portal, o internauta pode até realizar agendamento de consulta, tudo de maneira on line, de um jeito, fácil, prático e moderno. Basta o paciente acessar o chat e solicitar a marcação de seu horário, com poucos cliques seu agendamento está concluído. E se você gosta de estar bem atualizado sobre 48 | Saúde - Revista da CPC

as notícias mais importantes de saúde que envolvem as atuações da Clínica, então não pode deixar de conferir o espaço “Acontece”. “Nosso Blog da Saúde, que pode ser acessado dentro do próprio Portal, também merece destaque. É um recurso importante e ágil de comunicação, uma ferramenta que reúne artigos sobre temas relacionados às especialidades da unidade, dicas para melhorar o bemestar dos pacientes e espaço reservado aos comentários dos leitores”, ressalta Dr. Pedro Cavalcanti. Acesse o Portal da Clínica e conheça mais sobre os diferentes atendimentos, especialidades, e tratamentos oferecidos, a unidade mais próxima de você, nossa equipe médica, planos de saúde conveniados, e muito mais.

www.clinicapedrocavalcanti.com.br


MARCAÇÃO DE CONSULTAS ON LINE Hoje em dia, temos o mundo na palma

Para ter acesse a mais essa facilidade da

da mão. Seja nos smartphones, tablets, ou em

Clínica é fácil. Basta entrar no site www.cli-

mini computadores, basta um clique e esta-

nicapedrocavalcanti.com.br e clicar no botão

mos em qualquer parte do globo. Usar dessa

“Atendimento on line”, localizado na parte su-

tecnologia a nosso favor é fundamental para

perior da página inicial.

ganharmos o “objeto do desejo” mais cobiço do momento: tempo.

O procedimento é bem simples. Informe seu nome e contato, e logo depois falar dire-

Quem não gostaria de ter pelo menos

tamente com uma das atendentes da Central

mais umas cinco horas no seu dia? Mais tem-

de Consultas da Clínica. Caso haja necessida-

po para se cuidar, fazer o que gosta, concluir

de, após a conversa, o paciente pode solicitar o

aquele trabalho pendente...enfim, seria um

histórico do atendimento, que pode ser envia-

sonho.

do automaticamente para o email informado.

Colocar horas a mais no relógio, infeliz-

Central de marcação de consulta on line

mente, não é possível, mas otimizá-las é. Por

da Clínica Pedro Cavalcanti, use e aproveite o

isso a Cliníca Pedro Cavalcanti oferece uma

tempo a seu favor.

super comodidade para seus mais de 100 mil clientes cadastrados. Agendamento de consultas via internet.

A REDE É UMA SÓ Estamos todos conectados. De uma maneira ou de outra, os laços estão mais estreitos entre as pessoas. É comum ouvirmos que a distância está meio fora de moda e mesmo não estando em um mesmo ambiente físico, as ligações continuam e se fortalecem, principalmente com a ajuda das redes sociais. Bem difícil encontrar alguém que esteja desconectado do mundo virtual. Por isso, há mais de dois anos, a Clínica Pedro Cavalcanti vem investindo em novos canais de comunicação com seus clientes, e para isso intensificou sua atuação nas redes sociais. Atualmente, você já pode contar com informações diárias atualizadas no Twitter, pela Fanpage do Facebook, e Flickr.

Para receber dicas de saúde, tirar dúvidas sobre atendimento, acessar o canal de vídeos no youtube, e ainda conferir a galeria de fotos da Clínica, entre na rede e acesse: @clinPCavalcanti Facebook.com/clinicapedrocavalcanti Flickr.com/clinicapedrocavalcanti Saúde - Revista da CPC | 49


ANÚNCIO 10 INVESTIMENTO Página Dupla Tamanho: 42 x 29,7cm Sangria: 5mm

50 | Saúde - Revista da CPC


Saúde - Revista da CPC | 51

ro

aP ed

ic

lín

Ca va lc an t

i

E

D

aC

ad

ist

Re v

SA Ú


ANÚNCIO 11 INVESTIMENTO

aC

ad ist

Re v

SA Ú

i nt

Ca va l

ro aP ed

lín

ic

D

ca

E

Quarta Página Tamanho: 21 x 29,7cm Sangria: 5mm

SAÚDE - CPC  

Revista da Clinica Pedro Cavalcanti