Issuu on Google+


Olho de Tigre


Para Giu, companheira de Sketchtoys.


Quando a noite chegar E a terra estiver escura E a lua for a única luz que vemos Não, eu não estarei com medo. Não, eu não vou ter medo. Desde que você fique ao meu lado - Ben E. King


Capítulo Um Era quase meio-dia. O sol radiante penetrava seus raios sobre a janela da cozinha, onde eu estava sentado à mesa de jantar desde a madrugada terminando um trabalho sobre o comportamento de animais selvagens, proposto pelo Professor John como avaliação bimestral da minha faculdade de biologia. Decidi parar por um tempo... Deitei minha cabeça sobre a mesa e debrucei os braços. Eu estava quase ao ponto de dormir se um barulho no fim do corredor não tivesse me despertado. Ainda cansado, demorei um bom tempo pra distinguir o som. Então notei passos leves e cambaleantes atravessarem o corredor em direção à sala. Através do balcão da cozinha eu pude avistar seus longos cachos dourados dançando sobre a reluzente luz do sol. Seu pijama de ursos, sua pantufa – que eu nunca sei que bicho é exatamente, pois sempre confundo com um esquilo ou um rato -, seus olhos verdes herdados de sua mãe... Era tudo o que eu precisava para despertar. Abri um sorriso quando a vi, ainda cambaleando sentou-se no sofá da sala e ligou a TV. Ela havia acordado.


Olho de tigre