Issuu on Google+

Universidade de Trรกs-os-Montes e Alto Douro

UTAD

Newsletter

2010


Notícias. Actos Académicos.

I

Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

II III IV

Prémios & distinções

Projectos. Investigação. Cooperação

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

UTAD

Newsletter 2010


2


N

um tempo de viragem e de profunda reflexão na Universidade Portuguesa, importa que haja uma preocupação em dar visibilidade ao trabalho realizado.

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), que vem atingindo evidentes patamares de qualidade a esse nível, com uma bem testemunhada mediatização de muitos dos seus sucessos, pretende não deixar esmorecer essa preocupação – daí a razão de ser desta publicação. Aqui se faz, pois, uma síntese de um ano bem preenchido de eventos e impulsos inovadores, internacionalização, mobilidade, empreendedorismo, ligação ao mundo empresarial, inclusão social, aprendizagem ao longo da vida, consagração com significativas distinções a alunos, docentes e investigadores. São por isso nestas páginas relembrados alguns dos principais registos da vida universitária, no ano de 2010, seja ao nível dos actos académicos, congressos, conferências, seminários, seja dos projectos de investigação, cooperação, prémios e distinções; registos que avalizam a UTAD como um centro de excelência nos seus múltiplos campos de actuação.

3


4


Mais de mil jovens oriundos de várias dezenas de Escolas Secundárias dos distritos de Vila Real, Bragança, Porto e Aveiro, participaram nas IX Jornadas de Divulgação do Ensino Superior Público do Distrito de Vila Real, que decorreram no dia 24 de Março no Campus da UTAD e na Escola de Superior de Enfermagem de Vila Real, numa organização conjunta da Universidade e da União das Associações de Pais e Encarregados de Educação das Escolas do Concelho de Vila Real.

O objectivo principal foi dar a conhecer as ofertas de estudos disponíveis no ensino superior nesta Região, permitindo aos alunos do 11º e 12º anos uma melhor escolha para o seu futuro. Os motivos de interesse não faltaram: desde exposições, filmes, visitas guiadas, palestras, experiências, até à própria participação em ensaios laboratoriais, convivendo com cientistas e conhecendo resultados de projectos de investigação. Como estudar o cancro através do rato? Como se desenvolvem os monstros e monstruosidades animais? Como e do que falam os cadáveres nas autópsias? Como se inventa e constrói um robô? Como se podem provocar alterações climáticas em laboratório? Como se seleccionam e multiplicam rapidamente “in

I

vitro” plantas com novas características? Muitas foram as dúvidas e curiosidades que os jovens puderam satisfazer neste encontro.

Celebrações do XXIV Aniversário da UTAD presididas pelo Primeiro-Ministro As celebrações do XXIV Aniversário da UTAD, que decorreram no dia 30 de Março, contaram com as presenças do Primeiro-Ministro. Eng.º José Sócrates, do Ministro da Presidência, Dr. Pedro Silva Pereira, e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof. Mariano Gago, entre muitas outras destacadas autoridades oficiais. Na sua alocução, José Sócrates deixou palavras de estímulo ao trabalho da Instituição, referindo que “aqui celebra-se o aniversário com os olhos postos no futuro”. Realçou o facto de as prioridades portuguesas estarem alinhadas com a “prioridade europeia” em matéria de investigação na ciência, chegando a ultrapassar a média neste domínio. Segundo o Primeiro-Ministro, Portugal conta, actualmente, com “mais de sete investigadores por cada mil activos, enquanto que a média europeia é de cinco”, lembrando também que em 2008 se formaram no País 1500 doutores, um número que é equivalente aos que se formaram em toda a década de 1980. As celebrações do Aniversário da Instituição tiveram, este ano, para além dos actos académicos habit-

uais, alguns momentos singulares, como foi o lançamento da primeira pedra do edifício de Ciências Veterinárias - Bloco de Laboratórios e o descerramento de uma lápide de homenagem ao Ex-Reitor da UTAD Prof. José Manuel Gaspar Torres Pereira no edifício da Biblioteca Central, a alocução do Magnífico Reitor Prof. Armando Mascarenhas Ferreira e a oração de sapiência sobre “Os futuros desafios da ética” proferida pelo Prof. Alexandre Quintanilha.

Gabinete de Pré-Incubação da UTAD: como empreender? Como fruto da criação do Gabinete de Inovação da UTAD, foi lançada, no segundo trimestre de 2010, a primeira empresa de um aluno da Instituição. Coube esse mérito ao jovem André Barbosa, ao lançar a Wine Only, uma empresa que se dedica à fileira do vinho, tendo como principais objectivos a consultoria vitivinícola, a comercialização deste produto e a organização de eventos que combinam o Golfe com provas de vinhos. Este foi o resultado de 6 meses de trabalho que contou com o apoio do Gabinete de Pré-incubação da UTAD, integrado no Gabinete de Inovação, em colaboração com o CITMAD (Centro de Inovação de Trás-os-Montes e Alto Douro) e do próprio Empreendedor. Recorde-se que o Gabinete de Pré-Incubação foi instalado, em Novembro de 2009 no Campus da UTAD através de uma parceria entre a Universidade e o CITMAD, nascendo como consequência da preocupação destas duas instituições com as temáticas do Empreendedorismo e Inovação que consideram ser o caminho para o desenvolvimento de Trás-osMontes e Alto Douro.

Notícias. Actos Académicos.

Dia Aberto da Universidade: mais de mil jovens seduzidos pela UTAD

5


Notícias. Actos Académicos.

6

Manuel de Oliveira “recrutou” 35 alunos da UTAD para novo filme No seu novo filme, intitulado O Estranho Caso de Angélica”, rodado em 2010 no Douro, Manuel de Oliveira teve a participação de 35 alunos do Curso de Teatro e Artes Performativas da UTAD nas mais variadas formas: figurações, segundas personagens e outras interpretações. Esta interessante experiência para os alunos do curso, que começou com os castings realizados na própria Universidade, foi ao encontro da vontade de Manuel de Oliveira que fez questão de ter pessoas do Douro entre as personagens que protagonizam as cenas essenciais do filme. Entre os alunos “recrutados”, destacou-se Afonso Augusto Felícia Bonito, de 61 anos, que decidiu tirar um curso superior quando era feitor de uma quinta no Alto Douro, aproveitando a oportunidade das inscrições de cidadãos maiores de 23 anos. Inscreveu-se na UTAD na licenciatura de Teatro e Artes Performativas, concluindo-a com 16 valores. Com sucesso, portanto. De tal forma que, mal teve o diploma na mão, já estava de malas aviadas para o filme de Manuel de Oliveira, confirmando, ao mesmo tempo, uma vocação antiga que trazia consigo para o mundo da representação.

UTAD em grande destaque na “National Geographic” A investigação que se faz na UTAD mereceu grande destaque

I

na edição de Junho da Revista National Geographic, que dedicou oito páginas a alguns dos seus projectos científicos mais inovadores. “A geografia da produção científica em Portugal está a mudar, com fluxos de investigação produzidos fora dos óbvios centros universitários de Lisboa e do Porto. A UTAD faz o possível por quebrar os preconceitos geográficos” – refere a revista, ao mesmo tempo que realça os dados do “Science Citation Index” que, ao analisar a origem dos artigos em todas as revistas científicas, confirma que a UTAD, entre 2006 e 2008, duplicou os trabalhos científicos publicados e quintuplicou o número de citações em relação a 2004. Sobre o ambiente altamente favorável que de que os investigadores desfrutam no Campus da UTAD, a revista testemunha que “em certos dias do ano, parece que estamos no Norte da Europa, principalmente quando o Outono veste de dourado a invulgar diversidade de folhosas ou quando a neve começa a cobrir os cumes do Marão e do Alvão, que dão profundidade majestosa ao cenário”

Docente da UTAD descobriu fósseis com mais de 300 milhões de anos O Prof. Artur Abreu Sá, paleontólogo e docente do Departamento de Geologia da UTAD, acompanhado por um grupo de oito alunos do Ensino Secundário, no âmbito do Programa Ocupação Científica de Jovens nas Férias, fez a descoberta no concelho de Arouca de um con-

junto de fósseis vegetais com mais de 300 milhões de anos. Segundo Artur Sá, que é também coordenador científico do Geoparque Arouca, trata-se de quinze espécies diferentes de plantas, todas do Período Carbónico. Esta nova descoberta, situada no vale do Rio Paiva, foi entretanto fotografada e estudada a fundo a fim de servir de tema a artigos científicos a divulgar a nível internacional. Refira-se que os oito alunos que participaram na descoberta provêm de escolas de Albufeira, Amarante, Barreiro, Guimarães, Lisboa e Vizela. Para o coordenador da equipa, o envolvimento dos jovens é também interessante, porque vão entrar na universidade, e, estando ainda indecisos quanto ao seu futuro, a paleontologia pode agora ser uma opção.

Novo Reitor da UTAD tomou posse em ambiente de grande solenidade Eleito no dia 19 de Junho de 2010, o Magnífico Reitor da UTAD, Professor Catedrático Carlos Alberto Sequeiro foi solenemente empossado no dia 23 de Julho, em cerimónia que reuniu na Aula Magna, para além de grande representação da Academia, inúmeros convidados, destacando-se as presenças do Governador Civil de Vila Real, em representação do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Prof. Júlio Pedrosa em representação do Presidente do Conselho Geral, o Bispo Coadjutor de Vila Real, deputados na nação, autarcas, entre muitas outras entidades. Após a tomada de posse do novo Reitor, teve lugar a investidura da restante equipa reitoral, constituída pelos Vice-Reitores Prof.s Isolina Poeta (Assuntos Administrativos e Financeiros), Jorge Azevedo (Ensino e Formação), Carlos da Costa Assunção (Investigação e Cooperação), e pelos Pró-Reitores Prof.s


António Fontaínhas Fernandes (Estruturas Especializadas e Projectos Estruturantes), António José da Silva (Desenvolvimento e Internacionalização), Fernando Franco Martins (Património Edificado, Ambiente e Segurança), Alexandra Fidalgo Esteves (Avaliação e Qualidade), João Manuel Barroso (Inovação e Gestão da Informação) e Isabel Vaz Nicolau (Comunidade Universitária e Ligação à Sociedade). No seu discurso de posse, o Magnífico Reitor deu natural destaque às grandes linhas que irão orientar o desenvolvimento sustentado da Universidade nos próximos quatro anos, realçando o seu papel na construção e internacionalização do Espaço Europeu de Ensino Superior, o reforço da missão da universidade, a aprendizagem mais centrada no estudante, programas inovadores, empregabilidade, mobilidade, ECTS como base estruturante dos curricula e da aprendizagem, legibilidade e comparabilidade, atractividade e inclusão social, aprendizagem ao longo da vida, ensino e investigação indissociáveis, capacidade de inovação e ligação a empresas, associação institucional e cooperação, sustentabilidade financeira com diversificação de fontes de financiamento e escrutínio do custo efectivo das actividades de

I

investigação, responsabilização, qualidade e avaliação externa.

UTAD devolve aves selvagens à Natureza A UTAD, instituição pioneira em Portugal no tratamento e recuperação de fauna selvagem, tem vindo a dar excelentes demonstrações da qualidade do seu trabalho ao devolver, com sucesso, à natureza espécies em extinção oriundas de todo o país. Para tal contribuiu o facto de ser a única unidade hospitalar para a recuperação de fauna selvagem no País, aberta 24 horas por dia, sendo o seu ponto forte o Túnel de Voo Octogonal onde as aves selvagens reeducam a sua sobrevivência.

Notícias. Actos Académicos.

Trazidas por forças militares, parques naturais, autarquias, caçadores e gente anónima, estas espécies, geralmente feridas e por vezes às portas da morte, têm no Centro Hospitalar de Recuperação de Fauna Selvagem – Hospital Veterinário da UTAD a última esperança de voltaram à natureza aptas a sobreviver. Nos meses de Julho, Agosto e Setembro, os responsáveis por este serviço, após a recuperação de várias aves selvagens (corujas do mato, uma águia de asa redonda, vários grifos, um britango e um Abutre-preto), procederam à sua libertação nos ambientes adequados, convidando a assistir crianças e jovens, com objectivos de claro alcance pedagógico. Tal aconteceu no espaço Campus universitário, mas também em Sanfins do Douro, Armamar, Sabrosa, Boticas, Cerva, Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva e no território do Parque natural do Douro Internacional.

Rui Santos assumiu as funções de Administrador da UTAD Assumiu em Setembro as funções de Administrador da UTAD, o Eng. Rui Jorge Cordeiro Gonçalves dos Santos, funcionário dos quadros da Instituição, nas que há vários anos vinha desempenhando, com grande notoriedade, o cargo de Director do Centro Distrital de Segurança Social de Vila Real. A ligação de Rui Santos à Universidade, onde desempenhou igualmente as funções de Administrador dos Serviços de Acção Social entre 1999 e 2005, vem já dos seus tempos de estudante, pois foi Presidente da Associação Académica nos anos de 1993 e 1994, e, concluído o seu curso, foi assessor da Reitoria para os estudantes, onde se revelou um elo notável no estabelecimento de uma relação profícua entre a população estu-

7


Notícias. Actos Académicos.

dantil e toda a comunidade. Muito cedo, foi chamado para funções políticas, tornando-se uma figura reconhecida e prestigiada na região e no país. Do seu riquíssimo currículo, é de destacar: Pós Graduado em Gestão, titular do Seminário de Alta Direcção e do Curso Avançado de Gestão Pública do Instituto Nacional de Administração, Presidente da Direcção da Associação Académica da UTAD entre 1993 e 1994, Membro da

8

I

Assembleia e Senado da UTAD entre 1993/1994 e 1999/2005, Membro da Comissão Instaladora da Fundação Rei D. Dinis, Presidente do Conselho Fiscal da Rádio Universidade Marão Cooperativa da Radiodifusão - CRL desde 2001, Assessor da Reitoria da UTAD entre 1995 e 1999, Administrador para a Acção Social da UTAD entre 1999 e 2005, Director do Centro Distrital de Segurança Social de Vila Real entre 2005 e 2010.


Subordinado ao tema “Landscape Urbanism”, a UTAD realizou de 8 a 13 de Fevereiro de 2010 o 5º Workshop sobre Arquitectura Paisagista, uma iniciativa que permitiu trazer à UTAD especialistas nacionais e internacionais, com a sua experiência profissional e científica, constituindo uma maisvalia para a formação dos alunos deste curso. Ao longo dos vários dias, especialistas da UTAD, de Universidades do Porto, do Algarve, mas também da Alemanha e de Inglaterra, bem como de organismos portugueses e espanhóis, reflectiram sobre os graves problemas que as paisagens de hoje apresentam e sobre como deve o Arquitecto Paisagista agir perante os novos desafios. O ensino da Arquitectura Paisagista no modelo de Bolonha, as paisagens metropolitanas, os desafios da competitividade e da qualidade, e em especial da qualidade de vida, foram as temáticas mais em destaque, procurando trazer aos alunos, futuros arquitectos, as metodologias adequadas, as análises e técnicas de execução de projectos que os aproximem de abordagens críticas da prática profissional, tendo em consideração as exigências do mercado de trabalho e os

temas mais actuais na área de planeamento e projecto em Portugal.

Atracão “química” na UTAD para muitos jovens Realizou-se na UTAD, no dia 15 de Abril, a 6ª edição das Olimpíadas de Química Júnior, uma iniciativa organizada pelos Departamentos de Química de várias Universidades do país, sob a égide da Sociedade Portuguesa de Química, e inserida no programa “atracção química” que visa divulgar, junto dos alunos do 8º e 9º anos do ensino básico, a Química como ciência experimental e dinamizar o estudo e ensino desta ciência, Em Vila Real as provas decorreram nos laboratórios do edifício do complexo pedagógico da UTAD e consistiram na resolução de questões baseadas em observações e manipulações de experiências adequadas aos curricula dos 8º e 9º anos de escolaridade. O evento reuniu 51 equipas de 21 escolas de vários concelhos num total de 153 alunos e contou com o apoio da UTAD, da Câmara Municipal de Vila Real, do Centro de Química – Vila Real e da Escola das Ciências da Vida e do Ambiente. Nesta edição os três primeiros lugares foram conquistados pelas seguintes equipas: 1º - João Miguel Freitas da Silva, Raquel Diana Lima Cunha e Marcelo Filipe Teles Oliveira da Escola EB 2-3 D. Manuel de Faria e Sousa (Felgueiras); 2º -

II

Luís Pereira, Rui Quintelas e Patric Ribeiro do Colégio “Nossa Senhora da Boavista” (Vila Real); 3º - Carlos Guimarães, Gonçalo Seabra e José Silva da Escola EB 2-3 D. Manuel de Faria e Sousa (Felgueiras).

Congresso Internacional debateu Literatura Infantil O Centro Cultural de Chaves foi pequeno para acolher as várias centenas de participantes que acorreram ao III Congresso Internacional de Literatura Infantil, realizado de 14 a 16 de Maio, numa organização do Pólo de Chaves da UTAD, juntamente com o Observatório da Literatura InfantoJuvenil (OBLIJ), do Governo Civil de Vila Real, da Câmara Municipal de Chaves e patrocinado pela rede europeia de “Universidades Lectoras”. Presidiu à sessão de abertura, em nome da Ministra da Educação, o

Prof. Fernando Pinto do Amaral, Comissário do Plano Nacional de Leitura (PNL), que, na sua intervenção, realçou o papel da UTAD na dinamização do estudo e do saber em torno da Literatura Infantil. Louvou também o papel das escolas, das bibliotecas escolares e das bibliotecas municipais como parceiros fundamentais que tão bons resultados têm ajudado a conseguir para a concretização do PNL. O tema desta edição foi

Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

Workshop de Arquitectura Paisagista: As novas paisagens, os novos desafios

9


Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

10

“Releituras do fenómeno mítico-lendário no espaço ibero-americano” e sobre ele foram apresentadas 36 comunicações de especialistas de vários países (Portugal, Espanha, Brasil e Panamá), parte delas em simultâneo em dois auditórios. Foi assim possível saber-se como no Brasil, há lendas e contos tradicionais de Trás-os-Montes a serem trabalhados em escolas e universidades (testemunho deixado por uma conferencista da rede de escolas da Universidade Luterana do Brasil-ULBRA e por uma outra da Universidade de Joinville, do mesmo país) e também houve quem lembrasse como muitas lendas medievais portuguesas e espanholas ajudaram a construir, durante séculos, o imaginário mítico-lendário dos países da América Latina. Muitas lendas que se extinguiram em Portugal continuam hoje a ser narradas na tradição oral brasileira. O objectivo central do Congresso, que foi o de promover uma reflexão pluridisciplinar para encontrar e fortalecer rumos conceptuais em relação aos mitos e lendas e à sua reinterpretação junto das crianças, de forma a estimular nelas não só o gosto pela leitura, mas também pelo seu património cultural imaterial, foi em absoluto reconhecido pelos congressistas como plenamente alcançado.

MatUTAD’2010: A Matemática como jogo Tem vindo a crescer de entusiasmo, de ano para ano, o Concurso MatUTAD, um jogo de computador pela internet da responsabilidade do Departamento de Matemática da UTAD, iniciado em 2003 e desenvolvido em conjunto com os vários Núcleos de Estágio de Matemática da UTAD, bem como os formandos da Oficina de Formação:

Maratonas da Matemática. Desenvolvido para o 7º, 8º e 9º anos de escolaridade, no ano de 2010 foi alargado, a título experimental, também ao 10º e 12º anos. No dia 15 de Maio teve lugar o Concurso Inter-Escolas MatUTAD (7º, 8º e 9º anos) e no dia 26 de Maio decorreu a edição experimental para o Ensino Secundário. Para além do seu carácter lúdico, este projecto constitui um valioso estímulo para a aprendizagem da Matemática. Daí que, já na sua 7ª edição, seja da ordem das oito dezenas o número das escolas aderentes, um pouco por todo o país. O concurso é formado por duas partes: a primeira, de Matemática, realizada usando os computadores da instituição, testa os conhecimentos dos alunos nesta área. A segunda, desportiva, fomenta o convívio entre os cerca de 1000 participantes no concurso.

UTAD ofereceu férias com muita ciência No âmbito das acções do Programa Ciência Viva no Verão 2010, a UTAD realizou nos meses de Julho a Setembro um conjunto de actividades denominado “Geologia no Verão” que concentrou as atenções de muitos participantes em alguns territórios de maior interesse para esta ciência. Foi o caso do Geoparque de Arouca, que proporcionou uma viagem ao passado da Terra, com histórias

II

de antigos continentes e oceanos, ilustradas por fósseis de seres extintos há milhões de anos e encadernadas por uma paisagem deslumbrante marcada por montanhas, vales, rios e...gentes. E foi também o caso da Serra do Marão, para descobrir as praias do passado nas montanhas de hoje, onde os aspectos geológicos indicam ambientes que existiram num passado longínquo de há mais de 500 milhões de anos. Os participantes puderam conhecer, ainda entre outros locais, o Douro Internacional, com as suas barragens e paisagens emblemáticas, mas também o passado e presente mineiro na região de Rebordelo, Ervedosa e Murçós, os granitos das Terras de Aguiar, os caminhos da água de Vila Real e o termalismo no Alto Tâmega.

Comunidade nacional de Físicos reuniu em Congresso na UTAD Nos três primeiros dias de Setembro, a UTAD foi palco do mais importante congresso de Física (FÍSICA.2010) que se realiza em Portugal, envolvendo todas as especialidades e toda a comunidade de físicos. A organização foi desta Universidade em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Física (SPF). Divulgar a Física através da apre-


Cientistas de 23 países debateram a floresta e as alterações climáticas Para reflectir sobre a problemática da Floresta e as Alterações Climáticas, a UTAD reuniu num Congresso Internacional, nos dias 6, 7 e 8 de Outubro, alguns dos mais conceituados cientistas à escala mundial, oriundos de duas dezenas de países. Este Congresso foi apoiado pela IUFRO e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e teve lugar num contexto em que o mundo sofre alterações drásticas, entre as quais se destacam as do clima, reconhecendo-se à floresta um papel importante como

suporte de estabilidade, promotor da biodiversidade, fixador de carbono, entre outras funções extremamente importantes. A este debate deram o seu contributo especialistas dos Estados Unidos da América, Canadá, México, Chile, Brasil, Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Suécia, Finlândia, Austrália, Nigéria, Irão, China, República Checa, Tunísia, Eslovénia, Azerbaijão Rússia, Inglaterra, Itália e Portugal. Os congressistas tiveram também oportunidade de participar numa série de visitas guiadas a parcelas de amostragem em povoamentos florestais dispersos pelo distrito de Vila Real, contemplando igualmente a componente turista das belezas da região.

Dia do Médico Veterinário assinalado na UTAD A Ordem dos Médicos Veterinários celebrou na Aula Magna da UTAD, no dia 4 de Outubro, o Dia do Médico Veterinário, numa cerimónia presidida pelo Magnifico Reitor, Prof. Carlos Sequeira, e pela Bastonária da Ordem dos Médicos Veterinários Prof.ª Laurentina Pedroso. Na sessão, o Dr. João Paula Alves Costa falou sobre o passado, o presente e o futuro da profissão veterinária, cabendo à docente da UTAD Prof.ª Patrícia Poeta abordar o tema “Comunidade selvagem livre de resistência antimicrobiana?

II

O caso do Lince Ibérico”. Integrada nestas comemorações foi realizada a Cerimónia Solene de entrega de títulos de Membro Honorário a ilustres colegas Médicos Veterinários que se distinguiram por reconhecimento dos serviços prestados à profissão, entre os quais a Prof.ª Conceição Martins, docente e investigadora da UTAD.

Especialistas debateram impactes das alterações climáticas em Trás-os-Montes No passado dia 29 de Outubro, teve lugar na UTAD o 4º Encontro Meteoiberia sobre “Impactes Regionais do Clima e das Alterações Climáticas”, que reuniu especialistas de várias universidades portuguesas e espanholas. Com esta iniciativa, pretendeu-se estimular a divulgação, reflexão e validação de conceitos e metodologias inovadoras a vários níveis e nos diferentes sectores de actividade, directa ou indirectamente relacionados com a Meteorologia e o Clima, dando particular atenção à região de Trásos-Montes e Alto Douro. Este encontro de especialistas permitiu, assim, potenciar o conhecimento científico e o desenvolvimento de competências intrínsecas entre produtividade e recursos da região transmontana no contexto das alterações climáticas, numa altura em que os cenários climáticos futuros colocam novos desafios aos diversos sectores socioeconómicos regionais, sendo necessário desenvolver medidas de adaptação/ mitigação adequadas à realidade existente. Neste encontro houve ainda lugar à divulgação de exemplos de boas práticas que podem servir a instituições

Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

sentação e discussão dos últimos desenvolvimentos científicos e tecnológicos nas diferentes áreas desta ciência foi o grande objectivo do Congresso. Por isso, as reflexões andaram em torno de temáticas ligadas à gravitação e cosmologia, física médica e educação, física nuclear, física dos plasmas, física das partículas, meteorologia, geofísica e ambiente. Refira-se ainda que este Congresso, que incluiu a 17ª Conferência Nacional de Física e o 20º Encontro Ibérico para o Ensino da Física, com a colaboração da Real Sociedad Española de Física, abrangeu igualmente diversos mini-cursos dirigidos em especial a professores em áreas como teoria da relatividade, radiação ionizante, trabalho de projecto e novos métodos de avaliação, oscilações e ondas, movimento acelerado e jogos de computador, brinquedos e improvisação de material didáctico, gráficos no ensino da Física, teoria da aprendizagem significativa e laboratórios remotamente controlados.

11


Congressos. Conferências. Seminários. Etc.

12

ou organismos da sociedade civil, reforçando assim a rede nacional informal de Aficionados em meteorologia, bem como a promoção da qualidade da cooperação num âmbito de responsabilidade social.

Conferência Internacional de Turismo do Douro na UTAD Com a presença de peritos internacionais, operadores turísticos, autarcas e muitas personalidades ligadas ao sector do turismo, decorreu na Aula Magna da UTAD, nos dias 11 e 12 de Novembro, a Conferência Internacional de Turismo do Douro. Esta iniciativa, que se traduziu numa ampla reflexão prospectiva do turismo e estratégias para o sector na região do Douro, foi organizada pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT) e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDR-N).

Na sua sessão de abertura, contou com a presença do Ministro da Presidência, Dr. Pedro Silva Pereira, e do Reitor da UTAD, Prof. Carlos Sequeira, entre outras individualidades, que realçaram, nas suas intervenções, a importância do sector do turismo para o desenvolvimento da Região e do País. Ao longo das várias intervenções dos especialistas, mereceram realce temas como a excelência em destinos turísticos, transportes e circui-

tos turísticos ou saúde e bem-estar, destacando-se, nos respectivos painéis, a participação de especialistas internacionais, entre os quais se encontraram nomes como James Dion, da National Geographic, ou Manolis Psarros, do Centro Mundial de Excelência de Destinos, para além de representantes da Bolsa de Turismo de Lisboa, da Agência de Promoção Externa Porto e Norte e Organização Mundial de Turismo.

UTAD celebrou cinquentenário do LASER A UTAD assinalou o Cinquentenário do Primeiro Laser Operacional, com a realização do Fórum Física e Sociedade, no dia 17 de Novembro, na Biblioteca Central, organizado pelo Departamento de Física da UTAD. Neste evento houve lugar para um conjunto de apresentações de físicos de várias universidades nacionais que deram a conhecer donde veio, o que é e para onde é o caminho do LASER como área de pesquisa, onde anda, como participa e como acompanhará o mundo. Refira-se que o LASER (Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, ou seja, Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação, é um dispositivo que produz radiação electromagnética e que foi sendo desenvolvido ao longo do século XX, em especial desde Einstein em 1917, quando realizou estudos fundamentais sobre a natureza da luz revelando os princípios de emissão espontânea e estimulada, até que, em 1960 surge o primeiro laser operacional.

Dia Mundial das Pessoas com Deficiência Numa estreita cooperação entre a UTAD, o Governo Civil do Distrito de Vila Real, o Instituto de Segurança Social, IP - Centro Distrital de Vila Real e as IPSS do Distrito com

II

intervenção na área da Deficiência (ACAPO; APPACDM-Vila Real/ Sabrosa; APC; ARDAD, APPACDM – Valpaços, CADAT, AFTAD-Flôr do Tâmega, NUCLISOL - Jean Piaget, A2000 e Pais em Rede), foi celebrado, condignamente, no dia 3 de Dezembro, na Aula Magna, o Dia Mundial das Pessoas com Deficiência. Nesta celebração incluiu-se o seminário “D-eficiência - Do conceito à prática”, que teve a presença do Reitor da UTAD, Prof. Carlos Sequeira, do Presidente do Instituto da Segurança Social, Dr. Edmundo Martinho, e Governador Civil de Vila Real, Dr. Alexandre Chaves, para além de especialistas, técnicos, responsáveis institucionais e pais prestaram os seus testemunhos. A importância da força dos pais no contexto da deficiência, a necessidade de uma inclusão que mobilize toda a sociedade, as inovações das TIC’s no apoio às necessidades educativas especiais, a investigação e o ensino na UTAD nestes domínios, foram as temáticas mais em destaque neste seminário.


Em 21 de Janeiro de 2010, a UTAD fez a apresentação do primeiro estudo realizado em Portugal sobre a prevalência da dislexia em crianças, um trabalho que teve grande percussão nacional. Coordenado pela Prof.ª Ana Paula Vale, do Departamento de Educação e Psicologia, e financiado pela FCT, este trabalho incidiu sobre 1460 crianças dos concelhos de Vila Real e Braga, tendo concluído haver uma taxa de 5,4 % de crianças com dislexia. Este estudo foi realizado com crianças de todos os estatutos sociais, sendo que a maioria era oriunda de meios com estatuto sócio-cultural intermédio. Não foram, no entanto, recolhidas informações específicas suficientes para estabelecer as percentagens relativas de cada tipo de ambiente sóciocultural. No entanto, se atendermos à distribuição da população activa por profissões e qualificações escolares em Portugal continental (Census de 2001), que mostra que os grupos sociais mais desfavorecidos representam 49% da população, a expectativa é a de que numa amostra socialmente representativa as taxas de prevalência das dificuldades severas de aprendizagem da leitura aumentassem. Isto porque os estratos sócio-culturais mais desfavorecidos, provavelmente por mediação de um desenvolvimento deficitário do vocabulário, estão associados a prevalências mais elevadas de défices na aprendizagem da leitura. A notoriedade e o pioneirismo

deste estudo valeram, entretanto, à Prof.ª Ana Paula Vale o “Prémio Seeds of Schience”, atribuído pelo Jornal “Ciência Hoje” e que irá receber em 21 de Maio de 2011, na IV Gala da Ciência.

Aníbal Cavaco Silva, entre outras personalidades, o qual teve oportunidade de observar as diferentes espécies de peixes e obteve todos os esclarecimentos por parte do Prof. João Carrola.

Criado um novo módulo de aquários para defesa da biodiversidade

UTAD participa em Projecto para combater riscos de mudanças climáticas

No arranque do ano 2010, Ano Internacional da Biodiversidade, a UTAD, em conjunto com a Escola Superior Agrária de Castelo Branco (ESACB) e o Centro de Ciência Viva da Floresta de Proença-a-Nova (CCVF), concebeu e implementou um módulo de 3 aquários designado por “Peixes na Nossa Floresta”, instalado neste Centro de Ciência Viva.

Sob a liderança da Associação Ibérica de Municípios Riberinhos do Douro (AIMRD) e contando com a colaboração científica da UTAD, a proposta “VITIRISK: Viticultura, Cambio Climático & Riesgos Naturales” vai ser apresentada ao Programa de Iniciativa Comunitaria Interreg IVB SUDOE. Colaboram, para além da UTAD, diversas entidades do sudoeste europeu (Dordoña, Aquitania, Burdeos, La Rioja y el Norte de Portugal). Através do impulso de uma estratégia de cooperação conjunta a favor da prevenção de riscos naturais que afectem um dos sectores económicos mais importantes do chamado “Espacio SUDOE” (Sudoeste Europeu), a viticultura, o projecto pretende promover abordagens inovadoras em cooperação com o tratamento de riscos, a elaboração e acordo de planos de acção, medidas e protocolos conjuntos em matéria de incêndios, seca, processos de erosão/ desertificação, inundações, etc.

Este projecto, que teve como um dos mentores o Prof. João Carrola, docente e investigador do CITANB da UTAD, visa divulgar as espécies piscícolas de água doce, alertar para os problemas da introdução de espécies exóticas invasivas, e sensibilizar as crianças e adultos para os problemas de poluição da água e ainda preservação da biodiversidade, entre outros. Quando expostos no Centro de Ciência Viva de Proençaa-Nova, em Fevereiro passado, os novos aquários foram visitados pelo Presidente da República, Prof.

UTAD e Força Aérea Portuguesa “viajam” em mundos virtuais A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e a Força Aérea Portuguesa assinaram um protocolo de cooperação com vista a suportar esforços conjuntos de

III

Projectos. Investigação. Cooperação

UTAD realizou o primeiro estudo em Portugal sobre dislexia em crianças

13


Projectos. Investigação. Cooperação

14

investigação tecnológica e desenvolvimento sobre o uso de mundos virtuais para formação profissional. Um primeiro foco de investigação e desenvolvimento é a formação em controlo de tráfego aéreo em aeródromos, para utilização pelo Centro de Formação Técnica e Militar da Força Aérea, na Base Aérea da Ota, mas com objectivos de emprego em ensino à distância. Outro é a simulação multi-utilizador de intervenções técnicas com motores de aviões F-16, para apoio à formação contínua na Base Aérea N.º 5 de Monte Real. A UTAD realiza investigação em mundos virtuais desde 2006, sendo uma linha de investigação em que actuam 8 investigadores, na qual já foram formados 4 mestres (estando mais 2 mestrados e 3 trabalhos de doutoramento em conclusão), além de proporcionar estágios a finalistas de licenciatura em empresas nacionais e internacionais. Estão em curso nesta universidade projectos de investigação em mundos virtuais em colaboração com a Portugal Telecom Inovação, com a Força Aérea Portuguesa e com 14 instituições académicas nacionais e internacionais. A Força Aérea Portuguesa, aposta na utilização do e-learning, quer na formação on-line, quer no apoio aos cursos e acções de formação profissionais, vindo a actividade de investigação desenvolvida pela UTAD, contribuir para o enriquecimento dos conteúdos disponibilizados a todos os formandos.

UTAD acordou com o SEF mais facilidades para alunos estrangeiros Teve lugar na UTAD, no dia 21 de Outubro, a cerimónia de entrada em funcionamento nesta Instituição do “ISU – Interface SEF – Universidades”, um sistema que simplifica o processo de validação, junto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), da situação dos

cidadãos estrangeiros (oriundo de países terceiros à UE) que pretendam frequentar os cursos da Universidade. No acto esteve presente a Secretária de Estado da Administração Interna, Drª Dalila Araújo, entre outras autoridades (políticas, eclesiásticas, militares e académicas), que tiveram ocasião de assistir a uma demonstração prática do novo sistema pelos Engs. Arsénio Reis e Jorge Borges, dos Serviços de Informática e Comunicações (SIC) da UTAD, tal como passou a funcionar nesta Universidade. Uma demonstração muito clara, que mereceu os maiores elogios por parte da Secretária de Estado. Basicamente, este sistema consiste no acesso à Base de Dados do SEF, via WebService, pelos serviços competentes da UTAD, evitando, assim, que o aluno tenha de se deslocar às instalações do SEF para recolher a documentação que o habilita a permanecer em território nacional. A concretização desta iniciativa permite aos serviços da Universidade obter a validação online perante o SEF dos candidatos estrangeiros (terceiros à UE) pela simples apresentação do respectivo passaporte no acto da matrícula. Na sua intervenção, o Magnífico Reitor Prof. Carlos Alberto Sequeira, deu nota do apreço da Instituição por poder colocar o saber e o conhecimento dos seus técnicos ao serviço da Administração Pública, possibilitando, ao mesmo tempo, um mais fácil acesso de muitas centenas de estudantes estrangeiros aos seus cursos.

UTAD lançou Concurso inovador no Facebook Inspirado no mundo dos negócios, o Departamento de Engenharias da UTAD desenvolveu o Projecto PLAYER (Play and Learn as a Young European entRepreneur), financia-

do pela Direcção Geral da Empresa e da Indústria da União Europeia, projecto que consiste num sistema colaborativo e jogo Web desenvolvido em Facebook. Ganhou tal dimensão este projecto, que está a servir de base a um concurso à escala europeia, o qual visa fomentar a vocação para o negócio dos jovens. Como ponto de partida para o concurso, o PLAYER no Facebook permite aos utilizadores ensaiar as suas ideias de negócio, trocar impressões com uma comunidade vibrante de outros utilizadores, colaborar e fazer uso de uma série de ferramentas do conhecimento: tudo tendo em vista apurar o seu sentido de negócio e desenvolver capacidades reais de planificar empresas e preparar a sua entrada no mundo dos negócios. Soluções inovadoras e oportunidades de negócio inéditas são o que o PLAYER promete. Jovens empreendedores de toda a Europa irão aprender os desafios de montar um negócio com o conselho experiente de especialistas oriundos de instituições como o sejam Incubadoras de Negócio e Faculdades de Gestão e Marketing de 7 países diferentes, e que se juntaram no projecto PLAYER. Estimula-se assim a aprendizagem, as valências de jogo, e potencia-se a divulgação das ideias de negócio dos utilizadores que virão a triunfar no concurso. O lançamento oficial do Concurso Europeu de Empreendedorismo PLAYER teve lugar em Bruxelas no dia 25 de Outubro, no seguimento do Festival de Empreendedorismo da EBN (European Business Network).

Estudo sobre riscos de aves migratórias destacado internacionalmente Um grupo de cientistas coordenado pelo Prof. Gilberto Igrejas, do Departamento de Genética e

III


agências internacionais de informação e colaboradores de revistas como a Nature, Science, BBC, Time, The Globe and Mail, LiveScience. com, entre outras.

UTAD lança projecto de fruta cristalizada sem açúcar Liderado por Fernando Milheiro Nunes, docente e investigador do Departamento de Química da UTAD e desenvolvido no Laboratório de Química e Qualidade Alimentar da instituição, foi tornado público, por ocasião do Natal, um projecto inovador para produção de fruta cristalizada sem açúcar. Foi já pedido pela UTAD o registo da respectiva patente. Refira-se que tal projecto nasceu

de uma proposta da empresa Douromel, situada no concelho de Tabuaço, cuja actividade principal é a produção de fruta confitada como ingrediente para outras empresas do ramo alimentar. O principal objectivo do projecto é o desenvolvimento de fruta confitada com características nutricionais adequadas a esta nova tendência, “sem prejuízo do tempo de prateleira e segurança destes, e, mais importante, mantendo as características sensoriais apreciadas e únicas nesta gama de produtos. Esta alteração será efectuada por adaptação do processo tradicional de confitagem já utilizado pela empresa, por alteração do agente osmótico empregue e/ou dos parâmetros do processo, em especial por utilização de revestimentos hidrofílicos à base de agentes gelificantes.”

Projectos. Investigação. Cooperação

Biotecnologia da UTAD, mereceu destaque na prestigiada revista internacional Proteome Science face às conclusões do seu estudo sobre as proteínas relacionadas com a resistência a antibióticos identificadas ao nível das bactérias de aves migratórias. Segundo este estudo, concentrado na Reserva Natural das Berlengas, e desenvolvido para avaliar a Importância da Proteómica relacionada com a Problemática da Resistência aos Antibióticos ao Nível da Fauna Selvagem, as aves migratórias transportam bactérias resistentes aos antibióticos, como foi demonstrado pelos perfis proteicos analisados. A equipa de investigação analisou bactérias isoladas de gaivotas Larus cachinnans, uma espécie de aves migratórias que pode ser encontrada em toda a Europa e, frequentemente, reunidas em bandos em lixeiras pois têm os restos alimentares humanos com uma das suas fontes de alimentação. Desta forma, receia-se que, por seu intermédio, os genes de resistência a antibióticos possam ser transmitidos entre ecossistemas. Estes animais, para além de constituirem reservatórios de bactérias resistentes, pelo facto de percorrerem longas distâncias, podem agir como transportadores tendo um importante papel epidemiológico na disseminação destas resistências. A importância deste estudo, tendo em atenção a sua divulgação internacional, foi reconhecida pelo Departamento Britânico para o Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais, e sobre ele se pronunciaram

15

III


Prémios & distinções

16

Aluno da UTAD recebeu prémio Internacional de Arquitectura Paisagista Aluno do Mestrado em Arquitectura Paisagista da UTAD, o jovem Nélson Soares, foi declarado vencedor em 2010 do Prémio Ibero-Americano Jovem Arquitecto Paisagista, com o Projecto do Parque Equestre de Abambres (Vila Real). Este prémio, promovido pelo 7º ano consecutivo, pelo jornal Arquitecturas, do Grupo About Media, pela Vibeiras e Urbaverde, é uma iniciativa de muito prestígio, mas sobretudo uma oportunidade para revelar os melhores talentos, quer nacionais, quer no espaço ibero-americano. Assinale-se que o projecto apresentado por Nelson Soares foi orientado pelos docentes da UTAD Arqºs Frederico Meireles Rodrigues e Laura Costa. Tal distinção, por sua vez, contitui uma excelente confirmação da qualidade dos cursos (1º e 2º Ciclos) de Arquitectura Paisagista desta Universidade, sobretudo porque já no não anterior havia sido também um recém-licenciado aluno da UTAD (Sérgio Pinto) quem o ganhou na categoria de Jovem profissional e uma ex-aluna (Rita Salgado) na categoria sénior.

Ex-aluna da UTAD ganhou bolsa para investigar o cancro da mama no Reino Unido A jovem investigador Eliana Henriques de Barros, ex-aluna da UTAD, ganhou uma bolsa de Doutora-

“Role of estrogen dependent DNA damage in BRCA1 mediated breast cancer development”, da responsabilidade do Professor Paul Harkin. Neste projecto vai agora Eliana Margarida de Barros trabalhar nos próximos quatro anos.

INOV@UTAD: Prémio para a melhor ideia de negócio

mento no Reino Unido para estudo do cancro da mama com um dos maiores cientistas do mundo (Paul Harkin) no domínio da oncologia, Natural de Vila Real, licenciada em Genética e Biotecnologia e Mestre em Genética Molecular, Comparativa e Tecnológica pela UTAD, Eliana Barros já durante o seu percurso académico havia ganho o prémio de melhor aluna de licenciatura e o prémio de melhor aluna de Mestrado. Realizou o trabalho de investigação, “Detecção de EpsteinBarr vírus e variantes genéticas nos receptores das Imunoglobulinas G em linfomas não-Hodgkin”, sob a orientação do Prof. Doutor Rui Medeiros, Director do Grupo de Oncologia Molecular, no Instituto Português de Oncologia, IPO – Porto, e concluiu a sua dissertação de Mestrado com 19 valores. Conseguida a bolsa de doutoramento do Centro de Belfast do Cancer Research UK, uma das maiores instituições do mundo, encontra-se agora no Centro de Investigação do Cancro e Biologia Celular da Universidade de Queen’s em Belfast – Irlanda do Norte, Reino Unido. O projecto é sobre cancro da mama

A UTAD organizou o Concurso “INOV@UTAD”, destinado a premiar as melhores ideias de negócio geradas em contexto universitário. Tratou-se de uma iniciativa inédita, aberta à comunidade da UTAD, nomeadamente docentes, investigadores alunos e ex-alunos de qualquer nível de ensino, tendo como grande objectivo reunir ideias para o desenvolvimento de um novo produto e/ou serviço que seja inovador e distinto e com elevado potencial para desenvolvimento. O Projecto vencedor tem o nome de “AnesthEASY” (Systems for easy monitoring of animal anaesthetic depth) e foi apresentado por Aura Silva e Luís Antunes. Recebeu um montante de 11 mil euros e foi enquadrado na área de produção e venda de equipamento para medicina veterinária e para ciências de animais de laboratório. O produto consiste num índice de profundidade anestésica, derivado do electroencefalograma para utilização no bloco operatório de clínicas e hospitais veterinárias, mas também

IV


Professor Emérito da UTAD condecorado pelo Presidente da República O Professor Emérito da UTAD Nuno Magalhães foi condecorado em Maio passado pelo Presidente da República com o grau de Comendador da Ordem de Mérito Agrícola, Comercial e Industrial, Classe do Mérito Agrícola. Esta distinção foi entregue, ao Prof. Nuno Magalhães, juntamente com a Prof.ª Olga Laureano, do Instituto Superior da Agronomia, no decorrer no recente Encontro Nacional de Jovens Enólogos, que teve lugar na Herdade da Malhadinha, em Beja.

O Presidente da República, na sua intervenção, considerou estes dois académicos como tendo tido uma grande importância “na formação de centenas de jovens que são hoje enólogos ou técnicos de viticultura” e que por isso são “unanimemente reconhecidos

como duas importantes e distintas personalidades da vitivinicultura nacional” Ambos contribuíram, e ainda contribuem, sublinhou o Prof. Cavaco Silva, “com o seu trabalho na área de formação e do ensino e na área de investigação, para a modernização e para a melhoria da qualidade da vinha e do vinho em Portugal”.

Aluno da UTAD destacase como Seleccionador Nacional de Hóquei Subaquático Um aluno de Ciências do Desporto da UTAD, João José, obteve excelente resultado como Seleccionador Nacional de Hóquei Subaquático, ficando em 5º lugar Europeu e 7º mundial (prova envolveu todos os Países do Mundo que jogam esta modalidade). Refira-se que este jovem havia sido aluno de Biologia na Faculdade de Ciências em Lisboa (curso por concluir), deslocando-se para a UTAD para trabalhar no Centro Universitário de Alto Rendimento de Pentatlo Moderno (FPPMUTAD) como treinador adjunto (esgrima e tiro). Nesta modalidade foi também atleta de Alta Competição e várias vezes campeão nacional. Actualmente é ainda o director da secção de Natação da AAAUTAD (equipa que ficou no 4º lugar nos últimos universitários). Paralelamente ao Pentatlo e Secção de Natação da AAUTAD, é o Seleccionador Nacional de Hóquei Subaquático, orientando a equipa nacional durante o Campeonato da Europa que decorreu nas instalações do Fluvial Portuense em finais de Abril. Como jogador desta modalidade é considerado o melhor central europeu.

Alunos da UTAD brilham a nível nacional e mundial no Pentatlo Moderno Os atletas integrados no Centro de Alto Rendimento da UTAD-FPPM, Ricardo Rego (Engenharias) e Ivan Simões (Veterinária) sagraramse, no mês de Maio, Campeões Nacionais de Juniores e Seniores de Pentatlo Moderno. No Campeonato Nacional destas categorias, que decorreu nos dias 8 e 9 de Maio, na Golegã, destacouse ainda o aluno de Engenharias da UTAD, Christophe Fernandes, com um brilhante 4º lugar na categoria na Juniores. De referir também que o jovem Ricardo Rego, com 5326 pontos, obteve igualmente o 3º lugar no Torneio Internacional, prova

que envolveu atletas da Finlândia, Austrália, Suécia, França e Espanha. Com este resultado, obteve mínimos internacionais para provas da Taça do Mundo e Campeonato Europeu. Assinale-se que, no mês seguinte, Ricardo Rego voltou a distinguir-se no Complexo Olímpico de Berlim, no Open da Alemanha que contou com 28 atletas de elite do País organizador, Inglaterra, Irlanda, Austrália, Estónia, Guatemala, África do Sul e Portugal. Tratou-se de uma prova cotada de coeficiente A Internacional, face ao número de

IV

Prémios & distinções

em centros de investigação com animais de laboratório sujeitos a anestesia geral. Refira-se que, conforme o respectivo regulamento, o projecto classificado em 1º lugar participou em representação da UTAD no concurso I2P - IDEA TO PRODUCT PORTUGAL, onde estiveram as restantes Universidades portuguesas, tendo ficado em 3º lugar do concurso nacional.

17


Prémios & distinções

18

atletas integrados no Ranking dos 50 melhores do Mundo e aquele jovem obteve o 12º lugar final.

Nuno Magalhães autor de um dos melhores livros do mundo sobre Viticultura O Professor Emérito da UTAD Nuno Magalhães foi premiado pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), com sede em Paris, pelo seu livro “Tratado de Viticultura: a videira, a vinha e o terroir”, considerado uma das melhores obras publicadas sobre viticultura. A OIV, que atribuiu, nesta categoria (Viticultura), o primeiro prémio a Nuno Magalhães e igualmente ao investigador italiano Renzo Angelini, coordenador da obra “L’Uva da Tavola”, pretendeu distinguir contribuições científicas originais e relevantes de importância internacional, tendo as referidas obras sido submetidas à apreciação de um painel de especialistas, integrado por professores universitários, cientistas e jornalistas. Refira-se que a OIV, que substituiu o Instituto Internacional da Vinha e do Vinho, é hoje uma organização intergovernamental de natureza científica e técnica com competência reconhecida pelos seus trabalhos sobre vinha, vinho, bebidas à base de vinho, uvas de mesa, passas e outros produtos da vinha.

Ex-aluno de Engenharia Civil da UTAD premiado em Inglaterra Paulo Osório, ex-aluno de Engenharia Civil da UTAD e actualmente

investigador na Universidade do Luxemburgo, recebeu o 1º Prémio na categoria de “Outstanding Paper & Presentation”, no decorrer da 32º Conferência Internacional de Navegação, em Liverpool (Inglaterra). O jovem investigador, de 29 anos de idade, foi distinguido pelo seu projecto de investigação “Concepção Integrada de Estruturas de Aço em Ambiente Marítimo”, de que apresentou agora os primeiros resultados e que vem desenvolvendo no âmbito do seu doutoramento na universidade luxemburguesa. Este projecto é coordenado pelo Professor Odenbreit da Universidade do Luxemburgo e conta com a cooperação da ArcelorMittal e da Universidade Técnica de Delft.

Alunos da UTAD vencedores no VI Certame de Tradición Oral Os alunos do 1º ano da Licenciatura em Animação Sociocultural do Pólo de Chaves da UTAD obtiveram o 1º Prémio, na categoria de “Ensino Universitário”, no VI Certame de Tradicion Oral Galego-Portuguesa, realizado em Vigo (Espanha), pelo seu projecto “Textos, usos, contextos e significados dos provérbios portugueses: um estudo de caso em Chaves”, desenvolvido no âmbito da unidade curricular Métodos de Estudo e de Investigação em Animação Sociocultural e coordenado pelos docentes Xerardo Pereiro e Isabel Costa. Este certame luso-galego, promov-

ido pela Asociación Cultural e Pedagóxica Ponte... nas Ondas! e pela Cátedra da Eurorrexión da Universidade de Vigo, com a colaboração da Secretaría Xeral de Política Lingüística e a Consellería de Cultura e Deporte da Xunta de Galicia em conjunto com a Direcção Regional de Educação do Norte (Portugal), teve como tema “O Tesouro dos Avós” e como objectivo principal sensibilizar os jovens sobre a importância da transmisssão intergeracional de saberes, técnicas e conhecimentos.

Aluno de Enologia da UTAD premiado no mundo dos vinhos Jorge Emanuel Pereira Coutinho, engenheiro agrícola formado em 2002 na UTAD e, actualmente, aluno do 2º Ciclo em Enologia, foi premiado, com a medalha de prata, no Concurso Mundial de Vinhos “Wine Masters Challenge” realizado no Estoril, em 2010, na sua 12ª edição. Enquanto jovem empresário vitivinicultor, Jorge Coutinho, de 32 anos, empregou toda a sua energia no património da família e reconverteu as suas vinhas em Celeiros do Douro, concelho de Sabrosa, dando corpo ao Projecto “Alta

IV


Docente da UTAD distinguida com o Prémio Seeds of Science 2011 Ana Paula Vale, docente e investigadora do Departamento de Educação e Psicologia da UTAD, onde é coordenadora da Unidade de Dislexia, foi distinguida com o Prémio Seeds of Science 2011, na categoria da Ciências Sociais e Humanas, atribuído pelo Jornal “Ciência Hoje”, em reconhecimento pelo trabalho que tem vindo a desenvolver na área da Dislexia, nomeadamente pelo primeiro estudo sobre a prevalência desta síndrome em crianças portuguesas e as perturbações que gera no seu desenvolvimento. A entrega dos “Seeds of Science 2011”, que visam distinguir os cientistas que mais se destacam junto da comunidade científica nas suas áreas de intervenção, vai decorrer dia 21 de Maio de 2011, durante a IV Gala da Ciência, que terá como palco o Casino da Figueira da Foz. Recorde-se que os resultados do

estudo pioneiro que Ana Paula Vale coordenou foram apresentados no início de 2010 e revelaram que 5,4 por cento das crianças portuguesas entre o segundo e o quarto anos de escolaridade apresentam este distúrbio de aprendizagem nas áreas da leitura, escrita ou soletração.

UTAD distinguida com o Galardão da Inclusão A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai ser distinguida com o Galardão da Inclusão nas comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que terá lugar na próxima Sexta-Feira (dia 3 de Dezembro), na cidade de Leiria. No dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado no dia 3 de Dezembro, com a I Gala da Inclusão, em Leiria, a UTAD foi distinguida com o Galardão da Inclusão em reconhecimento do seu inovador na área da Investigação Aplicada bem como o seu pioneirismo em Portugal e na Europa com a criação da Licenciatura em Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade Humanas. A receber tal galardão esteve, por isso, o Prof. Francisco Godinho, coordenador do Centro de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade (CERTIC) da UTAD. Assinale-se que esta Universidade formou os primeiros licenciados da Europa em Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade Humanas em Julho do ano findo, sendo que, actualmente, só existem duas Licenciaturas desta natureza na Europa. A segunda foi criada em 2009 na Universidade de Coventry (Reino Unido).

Magnífico Reitor entregou prémios Douromedia’2010 Organizado pela UTAD, no âmbito

do projecto QREN/ON.2 Portal Douro, decorreu de 15 de Julho a 15 de Outubro o Concurso Douromedia’2010, que distinguiu diversos trabalhos nas categorias Multimédia (Prémio me@douro) e Fotografia (Prémio mir@douro). O Júri do concurso foi presidido pelo Reitor da UTAD, Prof. Carlos Sequeira, e composto por especialistas e personalidades de vários quadrantes da sociedade: Prof. Carlos Sequeira (Reitor da UTAD, Presidente do Júri); Dr. António Barreto (Presidente da Fundação Francisco Manuel dos Santos); Prof. Artur Pimenta Alves (Co-Director UT Austin | Portugal -Digital Media); Eng. Delfim Fernandes (Estrutura de Missão do Douro / CCDR-N); Eng. Edgar Secca (CITMAD); Prof. Eurico Carrapatoso (Director do

Mestrado em Multimédia da FEUP); Dr. George Sandeman (Chanceler da Confraria do Vinho do Porto); Prof. João Barroso (Pró-Reitor da UTAD); Prof. José Oliveira (Faculdade de Economia do Porto); Eng. Manuel Saraiva (Câmara Municipal de Peso da Régua); Dr. Mário Augusto (Jornalista da RTP); Eng. Renato Roque (Fotógrafo). A cerimónia de entrega de prémios decorreu no dia 18 de Dezembro, em Alijó, na Quinta da Avessada, presidida pelo Magnífico Reitor. O Prémio me@douro, patrocinado pela associação de

IV

Prémios & distinções

Pontuação”, que produz o vinho do mesmo nome. E foi justamente a marca “Alta Pontuação 2008 tinto” que mereceu a distinção do júri internacional, entre as 4.497 amostras de vinhos apresentadas a concurso. Situada a uma altitude média de 375 metros, a exploração vitivinícola de Jorge Coutinho apresenta castas tintas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca e as brancas Malvasia Fina e Gouveio.

19


Prémios & distinções

produtores Douro4U, foi atribuído à curta-metragem “Douro – Litoral ao Interior”, realizada por Victor Carvalho e produzida por Filipe Carvalho. Na categoria Multimédia foram ainda atribuídas duas Menções Honrosas, patroci-

nadas pelo Restaurante Douro In. Uma das Menções Honrosas foi atribuída a um concorrente italiano, Davide Vanni, que submeteu a curta-metragem “Flumen, Fluminis”. O filme “Baco” de Afonso de Albuquerque foi distinguido

com outra Menção Honrosa. Por sua vez, o Prémio mir@douro, patrocinado pela Câmara Municipal de São João da Pesqueira, foi atribuído à fotografia intitulada “Dias de Névoa”, da autoria de Pedro Jeremias.

20

IV



Newsletter da UTAD - especial 2010