Issuu on Google+


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

2

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

Informacao Pessoal Nome Luís Filipe Rodrigues Ferreira Data de Nascimento 12 de Junho de 1984 Nacionalidade Portuguesa Cartão do Cidadão 12543431-6 Lisboa Endereço Diogo Cão nº4 4ºEsquerdo, 2635-356 Rio de Mouro - Sintra Contacto (+351) 91 105 10 29 E-mail luis.rodferreira@gmail.com Qualificacoes e habilitacoes Habilitaçoes Académicas Licenciatura em Design de Equipamento (5 anos) Faculdade de Belas-Artes de Lisboa Mestrado em ensino das artes-visuais - Instituto da educação, Universidade de Lisboa Formação Profissional Nivel 1: Design Gráfico e Multimédia (270 h) Restart- Escola de Criatividade e Novas Tecnologias Autodesk 3d Studio Max 2010 – Essencials Plus (70 h) na Arqui300 Academy - Lisboa Masterclass em produção de filme multimédia/ 3d (270h) na Arqui300 Academy - Lisboa Experiencia Profissional - design Quoeficiente - Marketing e comunicação (1ano) designer freelancer @ quoeficiente designer freelancer @ organii - cosmética biológica designer freelancer @ colegio dos plátanos designer freelancer para: Helped, airjetsul, ugo, LIsboncg, susana bettencourt, ricardo teixeira, cascaisdivecenter, goodies-boutique, vale do marisco, colégio dos plátanos Experiencia Profissional - outras professor 2º e 3º Ciclo de educação visual (5 anos) explicador de Geometria descritiva (preparação para exames nacionais) CompetEncias TEcnicas Software - Sistema Operativo Microsoft Windows & Machintosh Workspace Software Edição Gráfica Adobe Photoshop; Adobe Illustrator; Adobe Indesign; Adobe Flash; Adobe Dreamweaver; QuarkXpress; sony vegas; conhecimentos de adobe after effects e Adobe Premiere Software Modelação 3d / Cad Autodesk 3d Studio Max; Chaos Group Vray; Conhecimentos de Autodesk Autocad Lnguas Português e Inglês - escrito e falado InformaCAo Adicional Mençoes Honrosas Finalista no concurso internacional Táxi Stand vencedor concurso nacional Samsung D880 Dual Sim Participaçoes Concurso internacional Interieur06 Concurso internacional BraunPrize2007 Concurso nacional Longa Vida- 50 anos Concurso nacional futura design 2008 Concurso internacional Nespresso

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

3


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

FBAUL banco madeira

4

ano:

2010

local:

Faculdade DE belas artes de lisboa

projecto:

Modelacao / conceito / desenho / producao e modelo escala

software

solidworks / 3d Studio Max 2009 / v-Ray / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

Neste exercício de elaboração de um banco em madeira, teve-se como objectivo principal a elaboração de um projecto que respondesse a um problema relacionado com o meu e com o dia-a-dia dos meus colegas. O banco que me propus apresentar foi assim um banco de estirador, portanto virado para utilizadores no campo das artes. A metodologia por mim desenvolvida ao longo do projecto, baseou-se então desde logo neste mesmo conceito, no facto de o meu trabalho se desenvolver em torno de uma funcionalidade distinta, respondendo assim com características/ problemas próprios deste tipo de utilizadores. Os materiais que decidi utilizar para a concretização deste trabalho foram as placas de contraplacado de mogno e marítimo. A madeira de contraplacado apresenta-se como um das mais flexíveis podendo adoptar uma grande quantidade de formas, as quais se

poderão adaptar cada vez melhor às nessecidades humanas, nas zonas especificas do nosso corpo. Sendo que a utilização destes objectos é feita durante bastante tempo, e habitualmente de uma forma inadequada contribuindo a longo ou até mesmo curto prazo para graves problemas a nível corporal, nomeadamente na coluna. A minha outra preocupação foi então a produção de um banco que pudesse estimular uma posição ergonómica correcta, que reduza esses danos corporais e que ao mesmo tempo não prejudicasse o conforto no utilizador. Em termos formais, decidi que devia salientar a simplicidade e fluidez de formas, bem como trabalhar a sua capacidade de arrumação, criando um banco completamente desmontável.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2005 faculdade de belas artes de lisboa

:ano :local

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / v-Ray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ A forma que decidi levar para o projecto final é a de uma esfera. Esta minha opção prende-se com o facto de achar que esta é aquela que melhor se adequa ao veículo que quero desenvolver, sendo este sólido aquele que nos permite uma maior mobilidade em todas as direcções e sem qualquer dificuldade. Em termos estruturais o sistema de veículo para o transporte de animais e material marinho assenta num princípio de equilíbrio que é dado através de um sistema de balança provocado pela água, sendo que funciona através de duas esferas, ambas ocas, sendo que uma delas se encontra dentro da outra intervalada com uma pequena quantidade de água. Este conceito do equilíbrio é bastante importante no sentido em que uma das funções principiais deste aquário portátil será garantir que o peixe ou o material marinho seja transportado com o maior conforto possível, visto que como citamos anteriormente uma

:link

FISH PACK

das maiores causas de morte destes pequenos bichos é o facto de durante uma viagem serem submetidos constantemente a pancadas/safanões que elevados graus de stress. A forma que decidi dar para este objecto foi a de um pequeno rectângulo sob o comprido com buracos circulares onde se encaixaram os aquários em situação de transporte. O conceito deste seria então complementar a ideia anterior, desenvolvendo um pequeno veículo, que permitisse a paletização dos aquários de transporte. A solução passou por um sistema semelhante ao funcionamento do packaging das embalagens de ovos. Também em acrílico como o próprio aquário, este objecto seria dotado de quatro pequenas rodas que garantem maior mobilidade

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

5


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

LIGHT IN ONE

CLICK 6

ano:

2006

local:

Faculdade DE belas artes de lisboa

projecto:

Modelacao / conceito / desenho / producao e maquete

software

solidsolidworks / 3d Studio Max 2009 / v-Ray

link:

www.lf10ign.com/

Dadas as condicionantes para a construção da lanterna apresentadas no briefing, cheguei a conclusão que o meu projecto se iria direccionar para uma lanterna, relativamente pequena (pouco maior que o comprimento de duas pilhas de 1,5 v) de uso doméstico, ou seja dentro de casa. Como tal defino o seu uso em situações como eventuais faltas de luz, na reparação de algum tipo de sistema em casa com fraca iluminação, para em algum caso poder verificar alguma situação de difícil acesso (como por exemplo, debaixo de algum móvel, etc.) ou até mesmo para ser utilizada a horas impróprias quando já não podemos ou devemos ligar as luzes artificiais pertencentes à nossa casa. As necessidades que achei mais pertinentes para a concepção deste objecto foram praticamente todas elas a nível estético (exterior), onde as preocupações se centraram na pega, nos seus possíveis modos de utilização portanto; também no factor arrumação,

ou seja na maneira como esta poderá vir a ser colocada na nossa casa, e consequentemente na sua visualização. Além de tudo isto, a ideia tem então por base o factor de ser “bonito”, onde a minha preocupação se prendeu também em criar este objecto com um material que inspirasse qualidade e boa impressão ao seu comprador. A estrutura será toda em alumínio, para que a sua resistência seja maior, ou seja, para poder ter uma maior durabilidade, e A sua pega será feita num material de borracha fluorescente com o intuito de podermos localizar melhor a lanterna durante os períodos em que realmente necessitamos dela. Outra carateristica será também a sua extremidade magnética para poder colocar a lanterna junto de equipamentos de uso frequente.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2007 faculdade de belas artes de lisboa

:ano :local

Modelacao / conceito / desenho / producao e maquete

:projecto

3d Studio Max 2009 / v-Ray / illustrator / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ O grande inimigo do óptimo é o suficiente. Os desportos nauticos nomeadamente o surf, bodyboard, skimming, kitesurf, kayaks, etc são cada vez mais, actividades desportivas praticadas de todo o ano, o que tem levado a uma crescente adesão de pessoas à pratica destes desportos e que inevitavelmente nos leva a aumentar a nossa atenção a estes grupos de utilizadores com necessidades tao particulares. Quando falamos sobre desportos radicais facilmente nos esquecemos dos riscos que iremos correr mas sim da quantidade de adrenalina que iremos obter dessa actividade.Este novo conceito de capacete para desportos aquáticos revela-se-nos como um novo objecto para a protecção da cabeça que nos possibilita uma renovação na associação que fazemos à imagem criada deste grupo de utilizadores que continuam a praticar estes desportos radicais muitas das vezes sem equipamentos apropriados ou seguros. Este

:link

BRAUN Cushion

Head

novo sistema permite ainda uma maior liberdade e mobilidade aos movimentos feitos pela cabeça, sem qualquer prejuízo na performance do desportista. O propósito principal deste capacete, sem ter em conta a sua função principal, é o seu baixo custo de produção como um modo incentivar mais e mais pessoas à utilização de protecções para que se possam divertir e obter mais prazer da sua prática desportiva, no sentido de poderem ir mais além e com segurança nos seus exercícios desportivos ou actividades de lazer. Adjacente a tudo isto, este objecto possui uma estrutura interna capaz de se transformar em tampões para os ouvidos para que algumas pessoas possam evitar as tão frequentes otites.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

7


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

energy

DRINK PACK 8

ano:

2010

local:

Restart - istituto de criatividade e novas tecnologias

projecto:

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

software

3d Studio Max 2009 / vRay / Photoshop / illustrator

link:

www.lf10ign.com/

“Energy” é a bebida indicada para a prática desportiva, porque mantém a performance e resistência durante a actividade física e auxilia na recuperação após o exercício. O principal objectivo do cliente passa pela criação de um projecto de design embalagem/ comunicação, ergonómico e que fosse fácil de transportar, utilizar e armazenar nos pontos de venda. De visual arrojado, esta estratégia visa atingir um público-alvo jovem com idades compreendidas entre os 12 aos 35 anos, preocupado com a vida activa e praticante de desporto a nível profissional ou amador. A solução deveria ter em conta os projectos das principais empresas concorrentes, havendo assim, a necessidade de criar um distanciamento a nível criativo e funcional, relativamente à concepção estrutural e gráfica da embalagem final. Os materiais, foram deste modo restringidos ao Poliestireno para a estrutura do recipiente, e Polipropileno para as capsu-

las de rosca, visto apresentar a melhor relação qualidade/ preço e consequentemente permitir um produto final no valor 0,99 cêntimos como era pretendido. O conceito passou assim pelas 5 palavras-chave [Energia; Força; Vitalidade; Equilibrio; Intensidade] Símbolizadas numa pilha, designada por um aparelho que transforma em corrente eléctrica a energia produzida por uma reacção química. Partindo desta designação decidiu-se o conceito base que se queria adoptar para este projecto. O produto final teve como intuito marcar uma diferença em relação a concorrência directa, não só através do formato da embalagem no qual se procurou representar toda a simbologia energética da pilha, como também na escolha das cores quentes do fogo.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2007 faculdade de belas artes de lisboa

:ano :local

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / Mental Ray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Este terá sido um ultimo projecto desenvolvido enquanto aluno de BelasArtes vocacionado a entrada no Concurso Nespresso Design Contest 2008. O projecto teve que ver com o conceito atribuído pela organização para esta edição, tendo sido ele o Luxo. Infelizmente o tempo para a resolução do mesmo não terá sido muito e os resultados ficaram também eles um pouco aquém do esperado, contudo a ideia inicial seria assim criar uma espécie de objecto retro, que remetesse o utilizador para uma peça de colecção, que de alguma forma pudesse estar associada à história do café e do seu consumo. Reflexo do conceito “coffee luxury” apresentado, terá sido o painel de apresentação desenvolvido, no qual mostra a máquina de café inserida em cima de um pedestal, fechado numa caixa de vidro, como se de uma joia ou de uma peça de arte se tratasse. Dai surgiu a ideia para a sua forma, que seria assim assemelhada aos moin-

nespressO

DESIGN Contest

:link

hos de café antigos, com uma componente muito manual, sendo necessário acionar o seu manípulo superior para accionar a capsula do café e consequentemente colocar a máquina a trabalhar. Este sistema permitiria assim a preparação de quatro chávenas de café seguidas. Relativamente aos botões de operação das máquinas, procurei também fazer um rewind na história, apresentando assim uma máquina que nos interfaces de utilização máquinautilizador fosse valorizadas as tecnologias manuais e mostradores visuais de ponteiros, pondo completamente de parte a tecnologia digital. As suas cores originais seriam o dourado, procurando a linguagem requintada de outrora.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

9


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

ORGANII

QUIOSQUE SHOPPING

ano:

2010

local:

Designer freelancer

projecto:

desenho / producao / design grafico e maquete

software

Illustrator / Photoshop

link:

10

www.lf10ign.com/

Projecto desenvolvido enquanto freelancer, para a empresa Organii marcar presença no Shopping de Cascais no período natalício de 2010. O desenvolvimento desta maquete para um quiosque presente no interior da área comercial em cascais, veio no sentido de entender a melhor forma de dar continuidade à imagem corporativa desenvolvida anteriormente, num período de crescimento desta empresa em termos de notoriedade da marca. O quiosque, seguiu assim as linhas já disponibilizadas pela empresa que concedeu o seu aluguer tendo sido apenas prevista a sua decoração e forma de montagem das suas prateleiras de exposição dos produtos, onde se procurou enquadrar a imagem da “composição das frutas” aproveitando a estrutura tridimencional o quiosque.

A par com este trabalho foram ainda desenvolvidas mais duas peças sinaléticas para o exterior para todas as lojas da marca Organii. Foi produzida uma sinalética exterior luminosa com o formato do label adoptado pela marca na identificação dos seus produtos, e terá sido igualmente produzido um resguardo para o sol de protecção das montras das respectivas lojas. A principal preocupação na concepção das peças para esta empresa de cosméticos tem vindo a ser essencialmente a criação de uma uniformização da sua imagem corporativa e dos seus valores. Veja no meu site outros trabalhos de design editorial e design web | multimédia desenvolvidos

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2009 Quoeficiente - Marleting e publicidade

:ano :local

Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / vray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Este projecto para a construção de um stand representativo numa conferência acerca da saúde no concelho de cascais realizada no centro de conferências do Estoril, terá sido requisitado pela Câmara Municipal de Cascais, tendo sido este projecto desenvolvido na agência Quoeficiente Marketing e Publicidade. A produção do mesmo esteve desde início condicionado ao material modular/ estrutural já pertencente ao cliente, bem como ao espaço a eles atribuído na feira em questão. O objectivo terá sido assim a criação de um percurso de visualização dos conteúdos, linear sem interrupções, tendo igualmente a capacidade de exteriorizar o trabalho gráfico de uma forma sempre coerente e atractiva. O espaço disponível seria de aproximadamente 12 metros quadrados, com um formato rectangular. O design gráfico deste projecto terá ficado ao cuidado de outro designer

projecto

Stand Cascais

:link

(bruno brites), pelo que ainda assim e com o propósito de manter uma linha coêrente com a imagem corporativa da câmara de cascais, tentou-se fazer predominar a cor vermelha e cinzenta. Relativamente às principais características do stand, prendem-se essencialmente com um sistema modular de montagem fácil, com iluminação individualizada para os painéis de comunicação colocados. Juntamente com tudo isto foi desenhado um pequeno balção de informação. Caso pretenda posteriormente entender um pouco melhor este projecto, está disponível no meu site pessoal uma série de outros renders elucidativos das características e valências do projecto.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

11


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

zerO Electric vehicule

12

ano::

2011

local:

arqui300 academy / Masterclass producao de filme multimedia

projecto:

Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

software

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / vray / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

EO automóvel assumiu uma importância que não lhe foi consignada, e os seus donos, perderem a capacidade de se movimentar normalmente, deixando ao abandono a cidade. Com um ambiente caótico, a confusão de cores desgastadas e dos materiais sujos dos carros, tomam as evidências do presente de cada rua, de cada lugar, mostrando o desespero de estradas completamente cheias, de ruas desarrumadas e cobertas de lixo, de prédios sujos e devolutos, de espaços lúdicos transformados em sucatas ao ar livre, onde a vida parece ter deixado já à muito de fazer sentido. Perderam-se valores sociais, perdeu-se a necessidade de convivência - perdeu-se o espaço social e a necessidade do colectivo, tornando o impensável num pesadelo real, que insiste em assombrar o futuro, de uma cidade que completamente cheia do individual, e que a torna de-

serta, com estradas entupidas, com comboios avariados e metros fantasma que já não servem ninguém. O hoje, é um dia sozinho, de costas voltadas para todos os outros, onde a preocupação sobre os poucos recursos energéticos disponíveis, sobre a poluição e o bem comunitário apenas passa num velho outdoor, perdido da cidade que ninguém vê, e num canal que ninguém parece conhecer. Assim surge um novo conceito de mobilidade urbana, através de um serviço dotado de veículos de apenas um lugar, eléctricos de estacionamento reduzido, cujo conceito base assenta na redução até 75% da mancha visual de carros na cidade, ampliando o seu espaço social e capacidade de tráfego.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2011

:ano:

arqui300 academy / Masterclass producao de filme multimedia

:local

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

3DS Max 2010 / v Ray / AFTER EFFECTS / SONY VEGAS / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Na sequência do projecto realizado para fins académicos no decorrer da licenciatura de um banco para estirador, achei interessante a ideia de redesenhar o seu conceito e criar um novo design para o mesmo. Embora inacabado, este trabalho, publicado na rede social behance, terá sido reconhecido como um projecto de interesse, pelo que terá sido publicado na magazine “Industrial Design Served” a dia 18 de Junho de 2011. O conceito do mesmo, não abandonou a necessidade de resposta às más posturas de trabalho, mas recaiu agora muito mais na capacidade de arrumação, na minimização do espaço que ocupa, e na facilidade da montagem que proporciona aos seus utilizadores. Por outro lado, a ideia foi igualmente permitir que uma estrutura geradora

:link

ModulaR

ERGO BENCH

de um assento de trabalho para o estirador, proporcionar a possibilidade de através dos seus módulos criar igualmente uma arrumação tubular para desenhos ou trabalhos em curso. O facto destes módulos cilindricos funcionarem com pequenas roscas, a ideia seria igualmente poder criar objectos complementares que poderiam ainda potenciar a arrumação de materiais riscadores ou outros. Poderá visualizar mais imagens esclarecedoras da sua forma | funcionalidades, e alguns estudos relativos a este projecto no meu website pessoal, no Behance ou na publicação da Industrial Design Served.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

13


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

pilaretes

monte da Lua

ano:

2011

local:

Projecto freelancer

projecto:

conceito / desenho / Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

software

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / vray / Photoshop

link:

14

www.lf10ign.com/

Este equipamento foi apresentada como proposta a uma necessidade imposta pela empresa parques de sintra - Monte da lua, de desenhar um objecto capaz de estabelecer uma sinalética incicadora do percurso e da história das peças presentes no Palácio da Pena em sintra, mas que em simultâneo tivesse igualmente a capacidade de impedir o contacto dos visitantes às peças. Esta peça tem como conceito e objectivo principal assumir-se como um objecto discreto e uniformizador do espaço onde está inserido. Contribuindo através do seu sistema modular de encaixe de peças diversas, a capacidade de prover situações de sinalética informativa, proibitivas ou de sensibilização dos visitantes do Palácio relativamente às normas/ regras para o seu bom funcionamento e preservação histórica dos seus elementos. Os seus múltiplos módulos permitem ser inseridos ou removidos com facili-

dades garantindo uma total flexibilidade no seu posicionamento ao longo de toda a exposição, pelo que podem à medida das necessidades sofrerem reajustes ao nível da gestão dos trajectos sem prejudicar a linguagem global trabalhada. Por outro lado, as sinaléticas que assumem uma grande importância na leitura das peças e divisões que compõe o Palácio ficarão assim mais discretas sem interferir com o espaço, ficando tudo minimizado a um só objecto, que pode inclusivamente tornar-se como igual suporte para os acrílicos de protecção das peças de colecção com um carácter mais portátil. No que diz respeito aos materiais previstos para a sua construção foram o Acrilico Lacado ou brilhante (estrutura) e Aço (base)

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2012

:ano:

PROJECTO FREELANCER

:local

criatividade / conceito/ Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

3d Studio Max 2009 / vray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Desenvolvimento de projecto criativo de concepção do aspecto formal para um Quiosque SOS DAE, com um carácter modular e respectivo trabalho de visualização 3d. Este equipamento teria assim como finalidade a sua instalação e m interfaces da área dos transportes públicos, granes estações ou áreas comerciais, com a finalidade de assumir nestes espaços um local de pronto socorro SOS com desfiibrilador. Assim foi Desenvolvimento o Design Exterior de um Quiosque Modular, proposta exactamente com os mesmos equipamentos mas agora dispostos de forma diferente permitindo um resultado formal mais estreito. A possibilidade agora é de albergar apenas um extintor ou uma botija de Oxigénio, e o módulo central está agora mais simplificado e integra todas as funcionalidades naquela espécie de painel central. Por outro lado, e dado que

:link

HeLped

PONTO

SOS

este último se tornou mais estreito, o mesmo terá sido alongado, e obrigando a um reposicionamento do LCD na horizontal e de dimensão mais reduzida. Nesta proposta, havendo uma maior preocupação em tornar a peça mais estreita, o botão de emergência, o telefone, o desfibrilhador e o kit de primeiros socorros aparecem-nos de forma integrada no mesmo módulo. No seguimento deste projecto foram realizados ainda, estudos que viabilizam a implementação deste equipamento num ambiente exterior e igualmente a sua produção seguindo uma linha de produto que eventualmente poderia inclusivamente incluir a implementação destes equipamentos num veículo de emergência médica.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

15


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

FESTIVAL

TAXIS

LISBOA 16

ano:

2007

local:

faculdade de belas artes de lisboa

projecto:

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

software

solidworks / 3d Studio Max 2009 / v - Ray / illustrator / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

A par com o imenso património histórico e turístico, as cidades têm evidenciado algumas alterações e acrescentos na sua identidade, que dizem respeito à evolução tecnológica, à modernidade e a novos sistemas económicos que dão resposta às mais exigentes necessidades das populações, pelo que, origina com o decorrer dos tempos um exagerado número de estruturas, paragens, sinaléticas, carris, electrificações, etc., que vêm passo a passo a modelar a vida urbana e a paisagem urbana. Algo curioso e difícil será decerto vivermos o diaa-dia citadino sem que em qualquer rua não nos deparemos com um café/ pastelaria, estes fazem parte da antiguidade e do modernismo das mesmas, assumindo um estilo de vida. este projecto irá debruçar-se não só na criação de uma máquina de venda de títulos de transporte e nos esquemas de informação prestadas aos utentes, bem como a preocupação no sentido de criar uma imagem

própria e universal, um sistema franchisado 24 horas para que o utente automaticamente identifique sem hesitação, um determinado estabelecimento como integrante deste projecto. Todo este processo, prevê então uma nova sistematização e imagem do serviço táxi que segundo a tecnologia GPS e um modo de pré-pagamento, na sequência de uma trajectória previamente estipulada, permite um serviço realmente mais eficaz e rentável. A proposta passaria igualmente por uma máquina referente à compra e venda de títulos de transporte (serviço pré-pago portanto) de maneira a que através deste sistema pudesse chamar directamente o taxi, sendo o próprio utente a estabelecer de uma maneira autónoma o local de destino.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2011

:ano

arqui300 academy / Masterclass producao de filme multimedia

:local

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

3DS Max 2010 / v Ray / AFTER EFFECTS / SONY VEGAS / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Este terá sido o projecto de final de curso 3D Studio Max Essencials Plus desenvolvido na escola Arqui300 academy. Este projecto terá tido em conta a modulação de um projecto arquitectónico de Javier Artaji, do qual nos foi facultado os seus desenhos técnicos e alçados para posterior modelação rigorosa low poly em 3d max. Finalmente e a título de personalizar o projecto de cada um, foi assim requerido que fosse modelado / trabalhado o seu interior, no sentido de ser entendida melhor esta questão da modelação e ocupação espacial, para no fim ser percebido todo o esquema lumínico, cameras, materiais e respectivos maps. O producto final deveria assim dar origem a um render de elevada qualidade, com alguma noção de fotorrealismo produzido no motor de render Mental Ray do próprio programa, pelo que fiquei extremamente entusiasmado e com vontade de produzir mais um ou dois para que

:link

zero charGe service

pudesse não só explorar outros materiais e implementar vegetação ao projecto, como também trabalhar outras perspectivas, nomeadamente ao nível das câmaras e iluminação especifica para os exteriores que são por vezes tão complicados de resolver. Durante o curso houve igualmente espaço para outro tipo de projectos de modelação abordado as noções de low poly e high poly, algumas um pouco mais livres, ou menos precisa se assim o quisermos entender, e que irei tentar introduzir em breve no site. Caso pretenda posteriormente entender um pouco melhor este projecto, está disponível no meu site pessoal uma série de outros renders elucidativos das características e valências do projecto.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

17


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

LEGO PARK shopping

18

ano::

2011

local:

projecto freelancer

projecto:

conceito / desenho / Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

software

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / vray / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

Aquilo que se procurou responder neste projecto, terá sido o desenvolvimento de uma área lúdica para uma área comercial interior.Sendo assim o desafio o proposto, recaiu num desenho de um parque infantil temático livre, no qual se optou por desenvolver de acordo com os Legos. Esta escolha basou-se assim na lógica de construção extremamente didática associada aos seus “bricks”. O resuldado apresentado terá sido assim uma construção criativa, quase como que se uma criança me tratasse, pensando na lógica da diversão, do imaginário e da criatividade das crianças. As peças da lego, a sua estrutura e capacidade modular, permite igualmente o desenvolvimento de múltiplas soluções estruturais de parques de diversão de igual temática, mostrando um óptimo poder de adaptação a novos espaços O parque no geral está dividido por diversas

áreas que permitem receber crianças de idades desde os 24 meses até aos 11 anos de idade, bem como espaço de espera para os pais ou encarregados de educação. Em termos estruturais foram integradas as seguintes áreas: LEGO LAB KIDS: Zona criativa de construção de novos modelos Lego (24 meses até aos 11 anos); um Banco para Encarregados de Educação e vigilantes; Ponte / Tubos / Escorrega (para crianças de Idades dos 6 aos 11 anos); Um trampolim (Idades: 8 aos 11 anos); LEGO ZEN: uma zona de TV / Musica e Jogos interactivos (24 meses até aos 11 anos); LEGO GP Interação de projecção com movimentação de motas (Idades: dos 6 aos 11 anos); Piscina de Bolas (Idades: 24 meses aos 4 anos); Zonas de arrumações de calçado ou brinquedos e finalmente

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2010

:ano:

arqui300 academy / 3d Studio Max Essencials +

:local

Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

Audocad 2008 / 3d Studio Max 2009 / Mental Ray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Este terá sido o projecto de final de curso 3D Studio Max Essencials Plus desenvolvido na escola Arqui300 academy. Este projecto terá tido em conta a modulação de um projecto arquitectónico de Javier Artaji, do qual nos foi facultado os seus desenhos técnicos e alçados para posterior modelação rigorosa low poly em 3d max. Finalmente e a título de personalizar o projecto de cada um, foi assim requerido que fosse modelado / trabalhado o seu interior, no sentido de ser entendida melhor esta questão da modelação e ocupação espacial, para no fim ser percebido todo o esquema lumínico, cameras, materiais e respectivos maps. O producto final deveria assim dar origem a um render de elevada qualidade, com alguma noção de fotorrealismo produzido no motor de render Mental Ray do próprio programa, pelo que fiquei extremamente entusiasmado e com vontade de produzir mais um ou dois para que

:link

Javier artaji house

pudesse não só explorar outros materiais e implementar vegetação ao projecto, como também trabalhar outras perspectivas, nomeadamente ao nível das câmaras e iluminação especifica para os exteriores que são por vezes tão complicados de resolver. Durante o curso houve igualmente espaço para outro tipo de projectos de modelação abordado as noções de low poly e high poly, algumas um pouco mais livres, ou menos precisa se assim o quisermos entender, e que irei tentar introduzir em breve no site. Caso pretenda posteriormente entender um pouco melhor este projecto, está disponível no meu site pessoal uma série de outros renders elucidativos das características e valências do projecto.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

19


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

AIRJETSUL

FOOD ContainER

20

ano:

2011

local:

projecto freelancer

projecto:

conceito / desenho/ Modelacao / Lighting / Shaders / Rendering

software

solidworks / 3d Studio Max 2010/ vray / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

Projecto de desenvolvimento de um equipamento de transporte de catering para a aviação privada em jactos particulares da empresa Airjetsul Private Jets. A caixa contempla assim uma forma comoda no transporte catering e uma apresentação cuidada neste serviço prestado em viagem para os seus clientes, aos quais se pretende conceder a distiguir com a máxima qualidade. Composta por uma estrutura em acrílico semi fechada, esta envolve outras duas peças que possibilitam gerar uma arrumação e que em simultâneo permite assumir o papel de dois tabuleiros onde se poderão levar até ao cliente as loiças ceramicas referentes aos diversos caterings disponíveis. Desta forma, permite assim que seja distribuido o catering por passageiros, ou caso seja necessário apresentar de outro modo, dispondo o catering por tipo de refeição e por diferentes peças e ou tabuleiros.

O equipamento é composto por 3 peças distintas que se complementam e funcionam como módulos, uma peça que assume o caracter de embalagem exterior e os dois tabuleiros interiores, que funcionam como suporte aos diversos cerâmicos onde poderão ser colocado o diferente catering para a viagem. o desenho deste objecto teve ainda em conta a possibilidade de ser um objecto de fácil manuseio dentro de um aviões jacto privados, onde o espaço de passagem e de trabalho para a assistente de bordo é muito pequeno. Por outro lado foi tida em consideração a possibilidade deste objecto conseguir garantir uma boa apresentação independentemente da empresa de catering contratada nos diferentes países por onde o avião viaja.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2010 arqui300 academy / 3d Studio Max Essencials + Modelacao / Mapping / Textures / Lighting / Shaders / Rendering

:ano :local :projecto

3d Studio Max 2009 / Mental Ray / illustrator / Photoshop :software

www.lf10ign.com/ Projecto pessoal desenvolvido após a aprendizagem feita no curso de 3ds max essencials, no sentido de por em prática os conhecimentos adquiridos no curso e por à prova as minhas dificuldades/capacidades nas valências da modelação e renderização. Consistiu assim na reprodução criativa de um espaço através da modelação rigorosa low poly em 3d max. Finalmente e a título de personalizar o projecto de cada um, foi assim requerido que fosse modelado / trabalhado o seu interior, no sentido de ser entendida melhor esta questão da modelação e ocupação espacial, para no fim ser percebido todo o esquema lumínico, cameras, materiais e respectivos maps. O producto final deveria assim dar origem a um render de elevada qualidade, com alguma noção de fotorrealismo produzido no motor de render Mental Ray do próprio programa, pelo que foram iguamlmente explorados

:link

QUARTO

HOTEL Luxury

novos materiais, como também trabalhar outras perspectivas, nomeadamente ao nível das câmaras e iluminação especifica para os interiores que são por vezes complicados de resolver devido ao misto de iluminação natural e artificial. Durante o curso houve igualmente espaço para outro tipo de projectos de modelação abordado as noções de low poly e high poly, algumas um pouco mais livres, ou menos precisa se assim o quisermos entender, e que irei tentar introduzir em breve no site. Caso pretenda posteriormente entender um pouco melhor este projecto, está disponível no meu site pessoal uma série de outros renders elucidativos das características e valências do projecto.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

21


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

tadao 22

ando apartment

ano:

2011

local:

arqui300 academy / Masterclass producao de filme multimedia

projecto:

Modelacao / humanizacao / Lighting / Shaders / Rendering

software

3d Studio Max 2010/ vray / Photoshop

link:

www.lf10ign.com/

Projecto de modelação e humanização de um espaço arquitectónico de Tadao Ando com o fim de trabalhar diferentes valências do software 3d studio max, apreendidas nos módulos essencials e vray

da masterclass da arqui300. à posteriori foi realizado um trabalho de tratamento de imagem e pós produção permitindo ter atribuido o aspecto de fotografia envelhecida tal como sugere a imagem.

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

2011 arqui300 academy / Masterclass producao de filme multimedia

:ano :local

Modelacao / humanizacao / Lighting / Shaders / Rendering

:projecto

3d Studio Max 2010/ vray / Photoshop

:software

www.lf10ign.com/ Projecto de modelação e humanização de um espaço arquitectónico norte americano com o fim de trabalhar diferentes valências do software 3d studio max, apreendidas nos módulos essencials e vray

:link

usa country house

da masterclass da arqui300. à posteriori foi realizado um trabalho de tratamento de imagem e pós produção permitindo ter atribuido o aspecto de fotografia envelhecida tal como sugere a imagem.

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

23


luis filipe portfolio

.. . . design de equipamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

24

.. . . lf10ign.com . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


.. . .

luis filipe portfolio

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . design de equipamento . . .

resumo pessoal apresentação pessoal Com este Portfólio pretendo apresentar uma selecção dos melhores e mais recentes projectos de design por mim desenvolvidos. Venho assim mostrar de forma diversificada todas as minhas capacidades e vertentes, dando um maior destaque à minha àrea de formação académica que é portanto o design de equipamento. Os projectos apresentados são assim o resultado de trabalhos desenvolvidos individualmente, ora enquanto concorrente para concursos Nacionais e Internacionais, ora sob projectos realizados no âmbito das cadeiras de Design de Equipamento da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa ou da escola Restart, e também dentro do contexto laboral onde estive inserido na agência Quoeficiente. Ao longo da minha formação tenho tido a opurtunidade de experênciar e desenvolver variados interesses relativamente às mais variadas áreas de intervenção do design, pelo que tenho vindo a reforçar um gosto enorme não só pelos projectos de design de produto, como também por toda a sua envolvente gráfica ou comunicação. ValorES PESSOAIS competencias de organização Boa capacidade de comunicação; espirito de equipa; bom poder interpretativo; simpatia; eficiência competencias de organização sensibilidade Interpessoal; flexibilidade; forte motivação pessoal; entusiasmo e ambição; liderança, planeamento e organização. APtidoes artisticas aptidoães artisticas Desenho, Modelação 3D, Ilustração, Fotografia, Música, Vídeo, Serigrafia e Street Art Trabalhos desenvolvidos desenvolvimento de producto; packaging; projectos de Design Editorial; Criação de Identidades Criativas / Estacionários Base; Projecção de Stands; Trabalhos de Ilustração Gráfica; Produção de Catálogos; desenho e Manutenção de projectos Web; Newsletters Web; projectos de visualização e animação 3d; edição e pósprodução vídeo; ConceitoS DeFendidos o design o Design acima de tudo, é um elemento cultural de extrema importância, de união e consciência nacional, com um vínculo gigante com a área da economia – em relação à subsistência das nossas apostas na indústria e inevitavelmente à subsistência global, visto que a meu ver, promove não só qualidades estéticas e funcionais ao nosso dia-a-dia, como inova todo o mercado, ultrapassando cada vez mais necessidades e aperfeicoando a nossa forma de cohabidar o nosso espaço. o homem, o designer “A nossa oportunidade, enquanto designers, é aprender a lidar com a complexidade, ao invés de fugir dela, e perceber que a arte de um grande projeto é tornar as coisas complicadas, simples.”

Tim Parsey

.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . lf10ign.com . . .

25


luis filipe portfolio

Que este caminho que faco todos os dias seja a porta de entrada no mundo que ambiciono,


Luis Ferreira - Designer de Equipamento