Page 1


MEDICAMENTO VETERINÁRIO PETSONALIZADO

Siga: @drogavet

A forma farmacêutica ideal aliada aos sabores favoritos dos animais, conheça o Manipulado DrogaVET®:

AUTORIDADE EM SAÚDE ANIMAL

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SP 17 3121.6960 17 9 8204.1257 R. Coronel Spinola de Castro, 4251, Vila Imperial. drogavetriopreto@drogavet.com

A DrogaVET, maior rede de farmácias de Manipulação Veterinária do Brasil, investe no cuidado da saúde e do bemestar animal com produtos e serviços desenvolvidos com carinho e inovação, para proporcionar a dose certa de saúde para cada pet. O compromisso e o rigor no preparo, presentes em cada Manipulado DrogaVET® geram maior aceitação pelos animais e maior eficácia dos tratamentos.

drogavet.com.br


Editorial

Chegamos a SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto! É com muita honra que anunciamos o lançamento da plataforma Pet&Vet SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto e RegiĂŁo! O segmento Pet&Vet representa um valioso nicho de mercado para negĂłcios, estĂĄ em plena ascensĂŁo e possui diversas fontes de receitas: • Alimentação; • Medicamentos VeterinĂĄrios; • Serviços de SaĂşde e Bem-estar dos Animais; • Cuidados em Geral (Equipamentos, acessĂłrios e produtos para higiene e beleza). VocĂŞ, empreendedor que atua ou deseja atuar neste segmento, esteja convicto de que serĂĄ necessĂĄrio desenvolver um bom planejamento e expandir ao mĂĄximo a visibilidade do seu negĂłcio. É pensando nisso que a Pet&Vet Magazine vem crescendo e deseja expandir pelo Brasil. Nosso trabalho nasceu em 2016 na cidade de MaringĂĄ-PR, migrando posteriormente para Joao Pessoa/PB. 1R Č´QDO GH  D HTXLSH FRPHŠRX D se formar e planejar a formatação da Pet&Vet Franchising Group, ao mesmo tempo em que era lançada a franquia de SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto/SP. Atualmente, estamos evoluindo os nossos produtos para uma plataforma de comunicação digital, incorporando diversos meios de comunicação e veiculação de publicidade, apoiados em novas tecnologias. 3URČ´VVLRQDLVGHJUDQGHUHQRPHHHVtabelecimentos da ĂĄrea pet e veterinĂĄria, alĂŠm de diversas empresas que possuem produtos e serviços voltados para esse pĂşblico, estarĂŁo nesta primeira edição em nossa plataforma impressa e digital, todos com um objetivo Ăşnico, ampliar resultados.

Novidades! Para a edição de agosto/2018 serão integrados novos recursos tecnológicos e lançaremos o nosso aplicativo com o guia de serviços e a revista no modelo digital. Tem mais! Completaremos entre agosto e novembro, 2ª e 3ª ediçþes, a nossa plataforma com a integração da Universidade Pet&Vet, uma solução de ensino a distância para complementar a formação GHSURȴVVLRQDLVGRVHWRU3HWH9HWHULQ£ULR em todo o Brasil. Uma inovação em serviços, apoiado a tecnologia e auxiliando um setor em constante crescimento. Não poderíamos deixar de agradecer nossos familiares pela compreensão e apoio incondicional, nossos parceiros que tornaram essa produção possível, DRVDQXQFLDQWHVTXHFRQȴDUDPHPQRVso trabalho e enriqueceram nosso veículos de comunicação com o seu conhecimento, seus produtos e a inteligência de cada um dos negócios, e a toda a nossa equipe da franquia de Rio Preto que ajudaram a organizar e executar todo o trabalho. Agradecer à Deus, por ter nos concedido saúde, força e disposição para DVVXPLU PDLV HVWH GHVDȴR H FRQFUHWL]DU mais um sonho. )LFD DTXL QRVVR FRQYLWH DR SURȴVVLRnal do segmento pet e veterinårio, aos empresårios que possuam produtos e serviços voltados a este segmento, e as empresas que desejam expor suas novidades e diferenciais para o público regional e nacional, que venham conhecer mais do nosso trabalho. Entre em contato conosco que teremos o maior prazer em atende-los. Venha conosco e traga sua marca!

JoĂŁo Roberto AraĂşjo Diretor Executivo da Franquia Pet&Vet SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto; SĂłcio proprietĂĄrio da Pet&Vet Franchising Group.


Sumário EDIÇÃO 01 - MAIO DE 2018

08

Por que optar por alimentação natural?

08

30

Dra. Luciana Helena Garcia

33

10

A importância do exame laboratorial dentro da clínica veterinária Dra. Camila Solis

32

Foco no cliente e personalização do atendimento!

Rick o recepcionista e garoto propaganda

Aline Orlando Ramim

Petland

12

33 - ESPECIAL CAPA

Fisioterapia animal

Petland estimulando o bem-estar e o vínculo afetivo do animalzinho de estimação

Dra. Vanessa Pitarello

14

Alergia em cães Dra. Zilda Mayer

Petland

38

16

Com donos dispostos a investir, mercado pet ganha força e fatura alto Nexo

A castração em cães e gatos e seus benefícios Dr. Fabrício Cid

24

A medicina veterinária praticada com amor

26

O que é ozonioterapia? O gás da vida Dr. Gustavo Giunchetti de Oliveira

20

Causa animal: solidariedade é a nossa força! Meninas Empreendedoras

6 |

Vacinação

Dra.Tabata Guizzo Melo Dra. Barbara Guizzo Melo

18

Pet&Vet Magazine

38

28

Toxoplasmose felina gato: vítima ou vilão? Dra. Elisangela Kerber

Guilherme Sfair Nagliati

40

Catarata em cães Lucas B. Cossi Gabriel T. N. M. Ferreira

44

Em defesa dos animais FAUNA

46

Que tal criar seu próprio canal de comunicação? Rodobens


Expediente COLABORADORES Produção: Franquia de São José do Rio Preto/SP - J.R.A Serviços de Informação e Comunicação LTDA &13-

REVISTA TRIMESTRAL: Ano: 01 - Edição Nº: 01 Maio 2018 - São JosÊ do Rio Preto/SP

Produção Editorial: João Roberto Araujo jraraujo@petvetmagazine.com.br )RWRJUDȴD Caroline Romani CrÊditos da Capa: 6XOHQ3HWHNGH2OLYHLUD -RUQDOLVWD 07E63 &DUROLQH5RPDQL&DF£5RPDQL)RWRJUDȴD Diagramação: Vinícius Ribeiro 3URMHWR*U£ȴFR Vinícius Ribeiro, Jovem Urbano e Victor Manachini (Nexo MKT) Franquias:

CAPA: Petland

CONTATOS: 

UNIDADE I: $Y0XUFKLG+RPVL

Paraíba $GULDQR'DQKRQL 5LFDUGR&ROLFKLR Araçatuba e Birigui 3HGUR2OLYHLUD &DURO/RSHV &RPHUFLDOL]D©¥R

Vila Elvira - S. J. do Rio Preto/SP Site: petlandbr.com.br Instagram/rick_petlandrp Facebook/Petland Brasil (Murchid Homsi - SJRP).

A Pet&Vet Magazine Ê uma publicação trimestral voltada ao mercado de pet shops e de medicina veterinåria. Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não QHFHVVDULDPHQWHUHȾHWHPDVRSLQL¡HV da revista. Não Ê permitida a reprodução total ou parcial das matÊrias sem expressa autorização da Editora.

Pet&Vet MagazineÂŽ ĂŠ uma marca registrada. Todos os direitos reservados.

Kelly Bonfanti Costa

JoĂŁo Roberto Araujo

Kelly Bonfanti Costa riopreto@petvetmagazine.com.br JoĂŁo Roberto Araujo jraraujo@petvetmagazine.com.br Instagram: petvetriopreto Facebook: Pet&Vet Rio Preto (@petvetriopreto) www.petvetmagazine.com.br Pet&Vet Magazine |

7


COM A PALAVRA: DRA. LUCIANA HELENA GARCIA

Por que optar por alimentação natural?

Dra. Luciana Helena Garcia MĂŠdica VeterinĂĄria CRMV/SP: 38.683

Hoje, vivemos a era da “qualidade de vidaâ€? e ĂŠ isso que gostamos de passar para nossos clientes. Muitos de vocĂŞs jĂĄ ouviram falar em alimentação natural, comida de verdade mesmo, aquele “potĂŁoâ€? cheio de saĂşde, com: carne, vegetais (abobrinha, beterraba, tomate, pepino, cenoura, vagem, chuchu...), muitas folhas (alface, rĂşcula, couve...), carboidratos (arroz, batata doce, batata, mandioquinha...), com todos os temperos e suplementos necessĂĄrios para deixar seu amigĂŁo forte e saudĂĄvel. Mas Tia Lu, por que alimentĂĄ-los com comida de verdade? CĂŁes sĂŁo descentes de lobos, viveram muitos anos se alimentando de presas, e ai vieram dietas industrializadas, secas e Ă base de grĂŁos. JĂĄ pararam SDUDUHČľHWLUTXDQWRVDQRV viveram os cĂŁes dos seus avĂłs se alimentando de comida? Falam-se muito em preço e trabalho que a alimentação dĂĄ, porĂŠm paga-se muito mais caro por uma epidemia de doenças 8 |

Pet&Vet Magazine

• Especialização em Dermatologia e nutrição.

crônicas causadas pela alimentação seca, como: diabetes, alergias, tumores, problemas renais, e que aparecem em animais cada dia mais jovens. Você jå leu e entendeu o rótulo de um produto industrializados? Alguns de vocês que me lêem neste momento jå sofreram problemas com seus pets ocasionados por alguns destes. Quem me acompanha nas redes sociais, aprende a ler rótulos e entender do que você alimenta seu animal.

para os pets), conservantes,

Na natureza, um cĂŁo se alimentaria de presas (animal predominantemente carnĂ­voro - que se alimenta de carne), tubĂŠrculos, frutas, ovos, e vocĂŞ encontram isso no que oferece? Fresco? Muitos alimentos secos sĂŁo compostos por: alimentos transgĂŞnicos, glĂşten, milho e farinha de subprodutos de carne, milho, soja e trigo (comida de ruminantes e nĂŁo de carnĂ­voros, alĂŠm disso, considerado alergĂŞnico

eles sĂŁo o que comem.

antioxidantes, e atÊ subprodutos, e claro incluindo que esse alimento sofre altas transformaçþes por conta da industrialização. Eu sempre digo, quando você entra em um supermercado, você pode optar pelo o que quer comprar para se alimentar, e nós com a alimentação natural pensamos da mesma forma para os nossos

bichinhos,

pois

Uma alimentação Natural balanceada, fresca e caseira Ê sempre a melhor opção. SEMPRE. Ela Ê biologicamente

apropriada

para carnĂ­voros, como ĂŠ o caso pet. Quer saber mais sobre isso? Nossa equipe estĂĄ pronta para auxiliar vocĂŞ e seu amigĂŁo. Lambidas de saĂşde da Tia Lu

17 3211.9248 17 99185.1111 $Y$GROIR/XW]6DQWD&UX] E-mail/agrolupetshop@hotmail.com Facebook/Agrolu Instagram/agrolupetshop


COM A PALAVRA: ALINE ORLANDO RAMIM

Foco no Cliente e Personalização do Atendimento!

Aline Orlando Ramim SĂłcia ProprietĂĄria OĂĄsis - Pet Shop

A Oasis Pet Center foi fundada em abril de 2003 por CĂŠsar Heringer Sandoli. Em abril de 2017, foi iniciada uma nova gestĂŁo sob o comando de Aline Orlando Ramim, em sociedade com CĂŠsar Sandoli.

O nosso objetivo ĂŠ estar progressivamente na mente dos nossos clientes, e para isso, resolvemos impulsionar nossos meios de comunicação e nos aproximar ainda mais dos consumidores. Desta forma, farĂ­amos parte desse universo “Brandingâ€? onde as marcas fortes sĂŁo lembradas. Trabalhamos rigorosamente durante quinze anos buscando um retorno positivo em relação a nossa loja e tambĂŠm na memorização da “Marcaâ€? por parte do pĂşblico. &RQVHJXLPRVLGHQWLČ´FDUH

10 |

Pet&Vet Magazine

DVVLPLODU QRVVRV GHVDČ´RV e estamos prontos para enfrentĂĄ-los. Este ĂŠ um ano de adaptação da nova estratĂŠgia e o sucesso virĂĄ se atingirmos afetivamente as lembranças dos nosVRV FOLHQWHV HP HVSHFÂŻČ´ co aqueles que, de fato, aprovam nossos trabalhos, pois sentimos a necessidade de conhecer a IXQGRRSHUČ´OGHFDGDXP O crescimento da Oasis Pet Center terĂĄ como indicador os agradĂĄveis momentos e lembranças proporcionadas aos clientes. Queremos que estes sejam nossos parceiros e que sintam prazer e bem-estar em nossa loja e ao utilizarem nossos serviços. Isto farĂĄ com que a Oasis Pet Center nĂŁo seja apenas mais “umaâ€?

no mercado e sim uma excelente experiência no relacionamento e atendimento ao seu animal de estimação. Reformulamos a infraestrutura do Pet Center e nossos serviços, focando no atendimento personalizado e de qualidade, atravÊs do agendamento de serviços com hora marcada Nossa equipe conta tambÊm com o apoio diårio da MÊdica Veterinåria Dra. Desyrre Lopes (CRMV/SP 38231) nos cuidados, tratamento e acompanhamento da saúde dos seus bichinhos. A missão da Oasis Pet Center Ê proporcionar o bem-estar do seu animal em todos os aspectos, e muito carinho, cuidado e UHVSHLWRFRPVHXȴOKRWH

17 98189.3322 17 3216.3614 $Y$UWKXU1RQDWR Jardim Santa Catarina E-mail: oasispetcenter@hotmail.com Facebook/oasispetcenter1


COM A PALAVRA: DRA. VANESSA PITARELLO

Fisioterapia Animal

Dra. Vanessa Pitarello MÊdica Veterinåria CRMV/SP: 31.127 • Graduada em Medicina Veterinåria pelo Centro Universitårio de São JosÊ do Rio Preto - UNIRP;

Hoje em dia os animais se tornaram mais que pets, sĂŁo membros queridos das famĂ­lias e por isso o mundo animal estĂĄ sempre em constante DYDQŠR9RFÂŹMÂŁSHQVRXHPĆœVLRWHUDSLD para o seu amiguinho e em todos os benefĂ­cios que ela pode trazer?

Ganhando cada vez mais espaço no mundo SHW D Č´VLRWHUDSLD YHWHUL nĂĄria tem sido considerada uma das formas mais HČ´FD]HV GH DMXGDU FÂĽHV e gatos com problemas ortopĂŠdicos e/ou neurolĂłgicos, alĂŠm de ser uma Ăłtima ferramenta no combate da obesidade e na melhoria do condicionamento fĂ­sico. Responda-me essas perguntas. O seu animal estĂĄ acima do peso? Ele “mancaâ€?? NĂŁo estĂĄ apoiando a patinha no chĂŁo? Parou de correr atrĂĄs da bolinha? Tem 12 |

Pet&Vet Magazine

• Pós-Graduada em Fisiatria, Fisioterapia e Reabilitação pelo Instituto Bioethicus; • Pós-Graduada em Acupuntura Sistêmica pelo Instituto Brasileiro de Acupuntura e Massoterapia - IBRAM.

GLČ´FXOGDGHSDUDVHOHYDQ tar? NĂŁo consegue mais subir no sofĂĄ? Parou de andar?

GDGRUHLQȾDPDŠ¼RHQD

Se você respondeu sim para alguma dessas perguntas indica que o seu amiguinho precisa GH DMXGD H D ȴVLRWHUDSLD Ê uma excelente solução.

condição física do animal

Hoje recebemos muitos animais apresentando pelo menos um dos sinais citados, para isso temos aparelhos espeFÂŻČ´FRV FRPR R ODVHU R eletro e a esteira aquĂĄtica. Estes equipamentos irĂŁo ajudar no controle

recuperação da função dos membros, restabelecendo o equilíbrio e a boa de uma forma muito mais agradåvel a ele. É importante ressaltar que apenas mÊdicos veWHULQ£ULRVȴVLDWUDVSRGHP realizar a avaliação correta do animal, determinando quais tÊcnicas deverão

Reabilitação Veterinåria

Therapy Pet Clínica de Reabilitação Veterinåria

17 98108.1474 17 3305.5415

ser utilizadas, promoven-

Saldanha Marinho, 3612

do assim um tratamento

E-mail: vanessapitarello@msn.com

de qualidade para o seu amigĂŁo.

Facebook/therapypet Instagram/therapypetriopreto


COM A PALAVRA: DRA. ZILDA MAYER

Alergia em cĂŁes Dra. Zilda Mayer MĂŠdica VeterinĂĄria CRMV/SP: 3507

A mudança do estilo de vida do homem e a urbanização resultaram em alteraçþes nos ambientes onde vivem, e consequentemente, atingiram os cães e gatos, que compartilham deste mesmo espaço.

Anteriormente estes DQLPDLV ȴFDYDP D PDLRU parte do tempo em ambientes externos com exposição à biodiversidade natural, apresentavam ampla socialização com animais da mesma e de outras espÊcies. Hoje estes animais foram deslocados para o convívio com humanos em ambientes internos, dividindo nichos comuns e permanecendo grande parte do tempo em salas, quartos onde compartilham os mesmos móveis como sofås e camas. Houve tambÊm um grande aumento da oferWD GH UDŠDV HVSHFLȴFDV principalmente as de pequeno porte, e assim observou-se um aumento na incidência de doenças alÊrgicas, como alergia alimentar e dermatite a tópica em cães, e rinite, 14 |

Pet&Vet Magazine

rinosinusite e asma em gatos. Em associação ao desenvolvimento dessas doenças, observou-se tambÊm o aparecimento de comorbidades comportamentais e compulsþes, como ansiedade, doenças endocrinometabolicas e obesidade. Todos estes fatores alteram a qualidade de vida dos animais e de seus tutores. Os sinais mais comuns nos animais alÊrgicos são o prurido intenso, principalmente ao redor dos olhos, boca, orelhas e patas, levando o animal a lamber, coçar e atÊ mesmo se morder, levando ao aparecimento de queda de pelos e feridas. As raças que apresentam maior casuística de alergia são: Shih Tzu, Lhasa Apso, Maltes, Poodle e Golden, mas pode

acometer qualquer raça, inclusive animais sem UDŠDGHȴQLGD As principais alergias estão relacionadas a um ou mais tipos de alimentos, principalmente a fontes de proteína usadas nas raçþes, oferecidas como alimento ou petiscos. Na dermatite atópica o animal apresenta alergia a alÊrgenos ambientais, como åcaros, pólen, mofo, produtos para higiene do ambiente, outros podem apresentar alergia a picada de ectoparasitas, porÊm a grande maioria destes animais tem vårios de tipos de alergia. Se faz necessårio o DFRPSDQKDPHQWR SURȴVsional dos animais de esWLPDŠ¼RSDUDGHȴQLUTXH tipo de alergia possui, e qual o tratamento mais assertivo e adequado.

• Graduação: Medicina Veterinåria na UNESP de Jaboticabal – conclusão 1981; • Clínica Veterinåria e Cirurgia de animais de pequeno porte; • Atuou entre 1986-1990 - Saúde Pública no Centro de Controle de Zoonoses e no Bosque Municipal; • Pós-Graduação em Cirurgia e Anestesia na UNESP de Botucatu; • Pericia Veterinåria Forense na UEL em Londrina; • Dermatologia na USP; • Cursando Aperfeiçoamento em Alergologia em São Paulo; • Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Veterinåria.

ClĂ­nica Zilda Mayer

17 3224.6987 5XD&DQGLGR%UDVLO(VWUHOD E-mail/zildamayer@hotmail.com Facebook: ClinicaVeterinĂĄriaZildaMayer


COM A PALAVRA: NEXO

COM DONOS DISPOSTOS A INVESTIR, MERCADO PET GANHA FORÇA E FATURA ALTO Marcas devem investir em experiĂŞncias de consumo, inovaçþes e diferenciais para agradar os ĂĄvidos consumidores deste segmento. O Brasil ĂŠ o terceiro maior mercado pet do mundo em faturamento e tem quarta maior população de animais de estimaŠ¼R FRP PDLV GH  PL lhĂľes de cĂŁes e 22 milhĂľes de gatos. De acordo com a Abinpet (Associação Brasileira da IndĂşstria de Produtos para Animais de Estimação), o segmento FUHVFHXHPIDWXUDPHQ to no Ăşltimo ano, na comparação com 2016. Dados da Euromonitor International mostram que o Brasil GHWÂŤP  GR WRWDO GH US$ 108 bilhĂľes movimentados pelo mercado pet. No ano passado, foram 5  PLOK¡HV IDWXUDGRV no paĂ­s, sendo que a alimentação ĂŠ responsĂĄvel SRU PDLV GH  GHVVH total. Outros nichos, como pet care (produtos, acessĂłrios) e pet vet (consultas e medicamentos) crescem ainda mais no paĂ­s. Este DXPHQWRUHČľHWHDPXGDQ ça no comportamento dos donos de pets. &HUFD GH  GRV produtos sĂŁo consumidos pelas classes C, D e E. Por mĂŞs, donos de cĂŁes 16 |

Pet&Vet Magazine

gastam R$ 300 com seus animais. JĂĄ com gatos, sĂŁo cerca de R$ 120 mensais. Pelo menos metade dos donos de cĂŁes diz tratar o animal como parte da IDPÂŻOLD Č‚  GHOHV Č´FDP GHQWURGHFDVDHGRU mem na cama do dono – o que explica o investimento na saĂşde e nos cuidados com o pet. JĂĄ sĂŁo mais de 30 mil negĂłcios do segmento pet no Brasil. Pequenos Pet shops e lojas de bairro dominam o mercado nacional, mas grandes redes estĂŁo em crescimento acelerado nos Ăşltimos anos. SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto ĂŠ um exemplo. A cidade ganhou 160 negĂłcios ligados ao universo pet nos Ăşltimos cinco anos, passando GH  HVWDEHOHFLPHQWRV HP  SDUD  HP

LQFOXLQGRQRYDVPH galojas, como Cobasi, Petz e Petland. Tratamentos veteriQ£ULRV PDLV VRȴVWLFDGRV crescimento da demanda por produtos e serviços para animais de estimação e dos empreendimentos do setor, têm gerado oportunidades não só para proȴVVLRQDLV GH VD¼GH FRPR também para as áreas de apoio, como vendas, logística e marketing, por exemplo. O grande diferencial deste mercado é a oportunidade de atuar em um nicho e oferecer uma boa experiência de compra para os donos de pet, cada vez mais dispostos a investirem no conforto de seus animais de estimação.

17 3021.0273 $Y(PLOLR7UHYLVDQ6DOD Novo Mundo - S. J. do Rio Preto/SP Site: www.nexo.marketing Facebook: nexomkt Instagram: nexomkt


(17)3305.0197 (17)98212.7722

24h

Hotel e Hospedagem Complexo Veterinário

Seja por um fim de semana ou até mesmo por um mês, em nosso hotel, todos os animais são muito bem-vindos e contarão com todo cuidado e atenção necessários, bem como espaços próprios para diversão e descanso, com salas próprias de convivência.

Banho e Tosa

O “banho e tosa” de seu pet vai além da estética e cuidados higiênicos. Tratamos como um momento de relaxamento e de total conforto. Prezamos pelo extremo cuidado com seu animal.

Nossas veterinárias estão sempre presentes para consultas de rotina, atendimentos emergenciais, cirurgias, aplicação de vacinas e muito carinho com seu melhor amigo!

Daycare/Creche

A Creche/Day Care conta com um roteiro de atividades e programação estimulado por nossa equipe de treinadores, apresentando aos Pets um desafio novo para estimular seus sentidos e socialização.

Rua General Glicério, 4745 São José do Rio Preto | SP @pet_hotel_riopreto /pethotelriopreto

PETHOTELRIOPRETO.COM.BR


COM A PALAVRA: DR. FABRÍCIO CID

A Castração em cães e gatos e seus benefícios A castração é um procedimento cirúrgico que consiste na retirada das gônadas sexuais, ou seja, nas fêmeas a retirada dos ovários e nos machos a retirada dos testículos, incapacitando estes animais de reproduzir-se e suprimindo parte dos hormônios sexuais.

Dr. Fabrício Cid Médico Veterinário CRMV/SP: 13.377 • Pós-Graduação em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais.

BENEFÍCIOS: Castrar nosso animal de estimação pode trazer vários benefícios a sua saúde, desde melhorias em algumas alterações comportamentais, até a prevenção de uma série de doenças, promovendo melhor qualidade de vida e longevidade. Nas fêmeas a castração diminui o aparecimento de tumores nas mamas e também de doenças do aparelho reprodutor, tais como: infecções no útero, tumores e cistos ovarianos, alterações hormonais, gravidez psicológica, etc. Nos machos a castração evita tumores testiculares e diminui a incidência de doenças e tumores na próstata. 18 |

Pet&Vet Magazine

Alterações comportamentais como agressividade, hiperatividade, demarcação territorial (xixi em vários locais da casa), brigas, fugas, e por consequência, doenças transmissíveis na rua, atropelamento, envenenamentos, podem ser reduzidos e ou evitados com a realização da castração. CUIDADOS: A cirurgia de castração é um procedimento simples

tanto nos machos quanto nas fêmeas, porem é realizado com anestesia geral e é de suma importância que estes animais sejam avaliados previamente pelo médico veterinário, que indicara todos os cuidados pré e pós-operatórios. Deve ser realizada por XP SURȴVVLRQDO TXDOLȴ cado, em local adequado e equipado dentro das H[LJ¬QFLDV GHȴQLGDV SHOR órgão competente.

CLÍNICA VETERINÁRIA E PET SHOP ARCA DE NOÉ 17 99706.0053 17 3231.8646 Rua José Bonifácio, 1321 Roseiral - S. J. do Rio Preto/SP


ESPECIAL

Causa animal: Solidariedade é a nossa força! Associação Meninas Empreendedoras têm como objetivo acolher e ajudar ao próximo. Desde 2016 V¥RLQVWLWXL©·HVEHQHƜFLDGDVSHORJUXSR


Para cada cinco pessoas hå um animal abandonado, esta Ê a estimativa da Organização Mundial de Saúde. Como se não bastasse serem deixados nas ruas por motivos fúteis e improvåveis, muitos cães e gatos sofrem maus-tratos. E para essas duas situaçþes, não importa idade, raça ou gênero do pet. Com poucas políticas públicas que defendam a integridade destes seres indefesos e o aumento do número abandonos, cada vez mais as pessoas que defendem a causa animal precisam unir forças. $ȴQDORVREVW£FXORVV¼RGHVDȴDGRUHV A Patrulha Animal Solidåria – PAS Ê um dos grupos de Rio Preto que lutam por um mundo melhor para os animais. As voluntårias resgatam, tratam e abrigam cães e gatos. No último levantamento feito, em abril de 2018, eram 300 animais divididos entre uma propriedade na zona rural da cidade e casas da equipe. O grupo Ê mantido por meio de doaçþes e sem nenhum tipo de incentivo público. Sabendo do trabalho sÊrio desenvolvido, a PAS foi escolhida pela Associação Meninas Empreendedoras para receber

a doação de 160 quilos de ração para cães e gatos. A compra foi realizada na PetLand, que ofereceu descontos ao saber do trabalho. Contribuir com a causa animal faz parte da essência da Meninas Empreendedoras. Fundada em fevereiro de 2016, a Associação jå ajudou outras instituiçþes de Rio Preto e região que defendem cães e gatos.

“Mesmo que a associação nĂŁo atue diretamente no resgate e abrigo dos

animais, reconhecer e dar suporte para esses grupos voluntårios jå Ê uma forma de fazer a diferença social no meio em que vivemos. AlÊm do mais, muitas das nossas associadas são engajadas nesse assunto, como as aniversariantes de março, que apresentaram a PAS para o grupo

�

Destacou Marcela Castelini presidente da Meninas Empreendedoras.

1RWRWDOD$0(M£GRRX5PLO Esse valor foi dividido entre 22 instituições ou organizações que promovem os mais variados tipos de assistencialismo na cidade. A contribuição é feita mensalmente, por meio de arrecadação de mensalidades pagas pelas associadas. A escolha é de responsabilidade das meninas que fazem aniversário naquele mês.

Informaçþes: Patrulha Animal Solidåria 17 99745.4678 Facebook/patrulhanimal

Meninas Empreendedoras A Associação Meninas Empreendedoras têm como objetivo resgatar as relaçþes interpessoais, promover encontros improvåveis, estimular o networking, fortalecer o empoderamento feminino e contribuir com causas sociais. AtualmenWHV¼RPHQLQDVGDVPDLVYDULDGDVIRUmaçþes e ramos de atuação.

Meninas Empreendedoras Email:meninasempreendedoras.com.br Facebook/meninasempreendedoras - Instagram/meninasempreendedoras Pet&Vet Magazine |

21


Qualidade de vida influencia na escolha de imóvel Serviço:

Estar prĂłximo Ă natureza e ter acesso a ĂĄreas de lazer favorecem a saĂşde e incentivam a prĂĄtica de esportes. Considerar a rotina e eleger prioridades ĂŠ importante

Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 1080 no Jardim Maracanã Informaçþes:

quando o assunto ĂŠ mudar de casa. Atualmente, a busca por uma vida mais saudĂĄvel estĂĄ entre os principais REMHWLYRVGDVSHVVRDVHHVWHQRYRKÂŁELWRWHPLQČľXHQFLDGR no momento de comprar um imĂłvel.

www.rni.com.br/greenhome Central de Vendas: 

SOBRE A RNI Fundada em SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto hĂĄ mais de 26 anos, a construtora HLQFRUSRUDGRUDWHPHPSUH endimentos lançados em todo o %UDVLOHDWXDŠ¼RHPFLGDGHVGH 12 estados brasileiros. Com capital DEHUWRGHVGHWHPPDLVGH mil unidades lançadas, somando 6,1 milhĂľes de m² construĂ­dos, e faz parte das Empresas Rodobens, um dos maiores grupos empresariais do paĂ­s, com atuação nos segmentos Č´QDQFHLURHGHYDUHMRDXWRPRWLYRČ‚ Banco, ConsĂłrcio, Corretora de Seguros, Leasing & Locação, AutomĂłveis e VeĂ­culos. Com atuação nacional, o grupo tem tradição de mais de 68 anos. Site: www.rni.com.br.

Contatos para imprensa: Néctar Comunicação Corporativa Paula Alface Dubois paula.alface@nectarc.com.br 7HOHIRQHV  Cristiene Crevellari cristiene.crevellari@nectarc.com.br 7HOHIRQHV 

22 |

Pet&Vet Magazine

A qualidade de vida está diretamente associada à sensação de bem-estar, por isso, avaliar os itens como segurança, lazer e infraestrutura que o condomínio oferece pode contribuir para uma decisão de compra mais acertada, evitando problemas no futuro. No quesito segurança, por H[HPSOR SRVVXLU XPD SRUWDULD  KRUDV H VLVWHPDV GH PRQLWRUDPHQWR como iluminação com sensores de movimento, contribui para a sensação de bem-estar. Além disso, residir em uma região estratégica, com fácil acesso a pontos de comércio e serviços, otimiza tempo com deslocamentos e possibilita que atividades do dia a dia possam ser feitas a pé ou de bicicleta - o que incentiva a adoção de atividades físicas. Aliás, este é um item muito importante, pois ter disponível estrutura de lazer, como piscina, quadras, academia, espaço para corridas e caminhadas, é essencial para a manutenção da saúde e da qualidade de vida. Já os itens como churrasqueira, salão de festas e espaço gourmet favorecem o descanso e o convívio social. Pensando nisso, a RNI, uma empresa Rodobens, reuniu todos esses quesitos no Green Home, empreendimento de alto padrão, localizado na Avenida Juscelino Kubitscheck, um dos endereços mais desejados de São José do Rio Preto. O condomínio no estilo de clube privativo terá duas WRUUHVFDGDXPDFRPDQGDUHV6¥RDSDUWDPHQWRVFRPPHWUDJHP GHPtHPDLVGHGH]RS©·HVGHOD]HU2*UHHQ+RPH«XPSURMHWR ¼QLFRFRPSODQWDVȵH[¯YHLVTXHSRGHPVHUDGDSWDGDVSDUDGXDVRXWU¬V suítes, conforme o estilo de vida de cada morador, que ainda terá à sua disposição um depósito privativo no subsolo.


COM A PALAVRA: DRA.TABATA GUIZZO MELO E BARBARA GUIZZO MELO

A Medicina VeterinĂĄria praticada com amor Ernani dos Santos Melo, mĂŠdico veterinĂĄrio, formado na UFG (Universidade Federal de GoiĂĄs Goiânia), em 1983. Dedicou-se durante 33 anos ao bem-estar animal e deixou saudades quando se foi em 02/01/2015. Esse foi nosso pai, do qual temos muito orgulho e KRMHH[HUFHPRVDSURĆœVVÂĽRQDTXDO ele dedicou a sua vida. Vindo de uma famĂ­lia humilde e de poucas posses, Dr. Ernani, com muito esforço ingressou na faculdade para entĂŁo estudar e poder tratar dos animais, como era seu sonho. Em 1983, mudou-se de Goiânia para SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto para trabalhar em uma das primeiras clĂ­nicas da cidade. Mas, mal sabia ele que tambĂŠm nesta cidade encontraria sua futura esposa, 0DULD9LOPDHFRPHODWHULDGXDVČ´OKDV Barbara e Tabata. Quando ele chegou em SĂŁo JosĂŠ do 5LR3UHWRDSURČ´VVÂĽRGHYHWHULQÂŁULRHVtava começando na cidade, existiam apenas 3 clĂ­nicas. Ele trabalhou por um tempo em uma delas. Depois de adquirir experiĂŞncia, apĂłs cinco anos, casou-se e resolveu abrir sua prĂłpria clĂ­nica, a qual nomeou “ClĂ­nica Dr. Ernaniâ€?. Lembro-me FRPR VH IRVVH KRMH HOD Č´FDYD HP XPD casa de fundo, no bairro Boa Vista, em frente Ă Igreja Santa Terezinha. AlĂŠm do consultĂłrio, era tambĂŠm a nossa casa. 24 |

Pet&Vet Magazine

Na Êpoca, as clínicas veterinårias não HUDP W¼R HVSHF¯ȴFDV FRPR KRMH H HQW¼R ele atendia e operava diferentes espÊcies: cavalos, vacas, påssaros, cães e gatos. Eu e minha irmã crescemos vendo meu pai trabalhar. Por vezes, ele tinha que atender uma cadela em trabalho de parto, ou uma emergência durante a madrugada e precisava do auxílio de minha mãe e por isso, não tinha ninguÊm com quem deixar suas crianças. Ele nos colocava no carro, às vezes, ainda dormindo, e nos levava junto com eles. A sua dedicação e a preocupação com os animais eram tão marcantes e sua conduta era tão bela, que isso acabou nos motivando a tambÊm a cursar Medicina Veterinåria. Como estava sempre disposto e SURQWR D DWHQGHU ORJR ȴFRX PXLWR FRnhecido. Ele tinha muitos clientes idosos, que muitas vezes não tinham como levar seus animais de estimação na clínica. As pessoas ligavam e ele pegava sua moto e ia atender os animais em domicílio, não


Dra. Tabata Guizzo Melo MÊdica Veterinåria CRMV/SP: 32.679 • Formada pela UNIRP - Rio Preto; • Pós-Graduação em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais pelo Instituto Qualittas.

se importava com o horårio ou se era dia de semana ou feriado. Com ele, não havia tempo ruim, estava sempre pronto e acima de tudo, com um sorriso no rosto. A irreverência e a generosidade eram suas marcas registradas. Em 2000, a clínica passou a funcionar em um local mais amplo na Rua Pedro Amaral, no bairro Parque Industrial, onde funciona atÊ hoje. E como tudo vai se transformando e se especializando, ele passou a se dedicar apenas em atendimentos clínicos e cirúrgicos de cães e gatos. Outro fato interessante, Ê que ele dizia que jå estava atendendo a terceira geração da mesma família. Como trabalhou por mais de 30 anos, por vezes ele jå havia atendido os animais de avós, ȴOKRVHQHWRVDRORQJRGDFDUUHLUD1¼R raro, aparecia algum cliente na clínica, que ao ser atendido por mim ou pela minha irmã, dizia que se lembrava de nós ainda criança na clínica.

AlÊm disso, sempre gostava de reciclar seus conhecimentos e ajudava os QRYRV SURȴVVLRQDLV TXH FKHJDYDP ¢ FLdade. Participava ativamente da ACLIVET Associação de Clínicos Veterinårios, que trazia palestrantes e professores para SURPRYHU R DSULPRUDPHQWR GRV SURȴVsionais. Ele era muito querido pelos colegas, e nas festas de confraternização, garantia a animação da turma. O carinho empreendido era tanto, TXHDSUHQGHPRVDYDORUL]DUDSURȴVV¼R Hoje, ainda, nos surpreendemos com o respeito que os amigos e os antigos FOLHQWHV WP SRU HOH R VXFHVVR SURȴVsional que alcançou e a coragem com a qual apostou, quando resolveu começar numa cidade em que não conhecia praticamente ninguÊm. Temos muito orguOKRGHSRGHUROKDUDYLGDGHOHHYHULȴFDU TXH IRL GHVWD SURȴVV¼R TXH HOH WLURX R sustento de sua família e que fez tantas outras pessoas felizes, salvando seus animaizinhos.

Dra. Barbara Guizzo Melo MÊdica Veterinåria CRMV/SP: 28.840 • Formada pela UNESP - Botucatu; • Residência em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais pela UNIRP.

17 3232.8334 17 98110.3623 5XD3HGUR$PDUDO S. J. do Rio Preto/SP

Pet&Vet Magazine |

25


COM A PALAVRA: DR. GUSTAVO GIUNCHETTI DE OLIVEIRA

O que ĂŠ ozonioterapia? O gĂĄs da vida O ozĂ´nio ĂŠ um dos gases que compĂľem a atmosfera, sua diferença do oxigĂŞnio ĂŠ apenas pelo agrupamento de mais uma molĂŠcula “Oâ€?, tornando-se assim O3, deixando-o com um alto poder a nĂ­vel celular.

Dr. Gustavo Giunchetti de Oliveira MĂŠdico VeterinĂĄrio CRMV/SP: 38.344

Desde a dÊcada de 60 o tratamento com ozônio vem sendo difundido quanto as VXDV SURSULHGDGHV DQWLQȾDmatórias, antibióticas dentre outras. Atualmente Ê utilizado por vårios ramos da saúde como medicina, medicina veterinåria, odontologia, estÊtica, farmåcia, e tambÊm em outros segmentos, como a indústria alimentícia, por não deixar resíduos e se dissipar rapidamente. Na Medicina Veterinåria tem sido muito utilizado pois Ê um tratamento relativamente barato, que não gera nenhum prejuízo para os animais, não tem restrição de uso perante a espÊcie e pode ser usado como tratamento e suporte a vårias doenças, alÊm de melhorar a sobrevida de animais e aumentar o desempenho de animais atletas. As doenças que podem ser tratadas com o gås são: infecçþes bacterianas, micoses e alergias de pele, osteomielites, feridas limpas ou infectadas, mastites, doença do carrapato, doenças renais e hepåticas, cistites, problemas oculares como ulceras e infecçþes, algumas neoplasias, leishmaniose, artrites, artroses e luxaçþes, problemas em coluna, dores musculares e ósseas causadas pela idade ou exercício intenso. 26 |

Pet&Vet Magazine

O ozĂ´nio age diminuindo o estresse oxidativo (radicais livres) que causa desequilĂ­brio entre os mecanismos oxidantes das cĂŠlulas do organismo, podendo gerar as patologias. Esses radicais livres sĂŁo liberados atravĂŠs de uso contĂ­nuo de medicamentos, quimioterĂĄpicos, radioterapia, dieta muito energĂŠtica, algumas doenças de curso crĂ´nico e agudo, atĂŠ mesmo ĂĄlcool e cigarro, atuando nos proFHVVRV LQČľDPDWÂľULRV SURliferativos e de destruição celular. O ozĂ´nio quando administrado da forma correta, age na reestruturação celular e nos processos imunolĂłgicos do corpo, em reação aos efeitos oxidativos citados anteriormente. A APLICAĂ‡ĂƒO DO GĂ S PODE SER FEITA: • Via subcutânea ou intramuscular, em pontos de LQČľDPDŠ¼R GD SHOH OHsĂľes musculares e pontos de acupuntura para ação sistĂŞmica; • Via intra-retal, maior absorção, auxiliando muito HP SURFHVVRV LQČľDPDtĂłrios e infecciosos e na diminuição dos radicais livres circulantes; • Diretamente na pele, olhos e/ou mucosas para efeitos antibiĂłticos, onde associado a

hemoterapias, ajudam em doenças causadas pela queda da imunidade do paciente; • Eliminam bactÊrias, fungos e atÊ alguns vírus;

• Especialista na Reabilitação de pacientes com distúrbios neuromotores; • Suporte a clinicas e veterinårios no tratamento a Ozonioterapia.

• Ajudam na cicatrização de feridas crônicas, agudas, queimaduras de primeiro a terceiro grau e tambÊm queimaduras químicas; • Contraindicado para uso em casos muito isolados, como alguns tipos de diabetes, anemia hemolítica e disfunçþes da tireoide. Devemos respeitar e focar sempre nas particularidades de cada espÊcie, na necessidade do tratamento, na idade e nas condiçþes do animal. A ozonioterapia, mesmo que pouco difundida na medicina humana, se mostra cada vez mais crescente na Medicina Integrativa e com uma aceitação cada vez maior dentro da medicina YHWHULQ£ULD 'LYHUVRV SURȴVsionais iniciaram a atuação e procuram constantemente por atualizaçþes dos tratamentos com o gås, isto ocorre principalmente pelos benefícios gerados e poucas restriçþes ao tratamento.

17 99229-8270 Rua AntĂ´nio Pasqueto,10 - Bairro Jd. Roseana - S. J. do Rio Preto/SP

E-mail: Č´VLRYHW#JPDLOFRP


COM A PALAVRA: DRA. CAMILA SOLIS

A importância do exame laboratorial dentro da clínica veterinåria

Camila Zampieri Solis MÊdica Veterinåria CRMV/SP: 31.159 • Especialização em Patologia Clínica Veterinåria.

Os animais de estimação vêm a cada dia ocupando um local de destaque dentro das famílias brasileiras, e com isso os cuidados com a saúde dos bichinhos vem sendo redobrado.

A partir disso a medicina veterinåria acompanhou a evolução dos pets dentro do circulo familiar e o exame laboratorial Ê um exemplo disso, aonde vem sendo utilizado com maior freqßência dentro da clínica veterinåria. É uma ferramenta extremamente útil para a prevenŠ¼RGLDJQRVWLFRGHȴQLWLYR de algumas doenças e para o acompanhamento de tratamentos. 30 |

Pet&Vet Magazine

Os exames de rotina devem ser realizados a cada seis meses, isso faz com que a saĂşde do animal seja sempre monitorada.

Não devemos esquecer que esses exames devem ser realizados em locais apropriados e por SURȴVVLRQDLV FDSDFLWDdos. Pois a utilização de equipamentos hematológicos sem a avaliação do SDWRORJLVWDFO¯QLFR SURȴVsional capacitado) pode fornecer resultados errôneos e comprometer a saúde do seu animal. EnW¼R ȴTXH DWHQWR VHPSUH exija o melhor!

Nós do Laboratório Vetlabor oferecemos serviço de qualidade, com uma

equipe

formada

apenas por mÊdicos veterinårios, onde atravÊs do nosso conhecimento sempre estamos dispostos a fornecer o melhor. Procure seu mÊdico veWHULQ£ULR GH FRQȴDQŠD H solicite um Checkup para seu animal!

17 99609-7148 17 3234-1691 5XD&HQWHQÂŁULR-DUGLP(XURSD

E-mail: contatovetlabor@hotmail.com

Facebook: VetlaborLaboratorioVeterinario


COM A PALAVRA: PETLAND

Rick o recepcionista e garoto propaganda A Petland tem um simpĂĄtico recepcionista que se tornou a sensação da empresa: Rick, um cĂŁozinho que nĂŁo tem a pata esquerda da frente, teve parte da lĂ­ngua cortada vĂ­tima de maus-tratos e foi resgatado por voluntĂĄrios da Associação Mirassolense de Amparo aos Animais (Ampa). Ele recepciona todos os clientes do pet shop rio-pretense em que “trabalhaâ€?, se tornou mascote e garoto propaganda da Petland e tem atĂŠ Instagram (@rick_petlandrp). A histĂłria do Rick inicia-se apĂłs a abertura da franquia. Ao saber que a loja poderia ter uma mascote e pensando na Č´ORVRČ´D GD HPSUHVD 32 |

Pet&Vet Magazine

Francine decidiu adotar um cachorro. Na rede social da Ampa ela viu alguns cãezinhos e foi atÊ a Associação para conhecê-los. No local, foi convidada pelas voluntårias a ver tambÊm os cães adultos e chegou atÊ o Rick, foi amor à primeira vista. É nítida a paixão que Francine e CÊsar têm por animais em especial por

seus quatro cãezinhos: Mel, Sarah, Rick (que chegou à Êpoca da inauguração da loja) e Pingo (que entrou na família quando Francine fez um curso de especialização

em

SĂŁo

17 3214-8500 17 99715-1880 Unidade I: $Y0XUFKLG+RPVL Vila Elvira - S. J. do Rio Preto/SP

Paulo). É esse amor e aco-

petlandbr.com.br

lhimento que sĂŁo trans-

Instagram/rick_petlandrp

mitidos aos pets que vĂŁo

(Murchid Homsi - SJRP).

atĂŠ a Petland.

Facebook/Petland Brasil


COM A PALAVRA: PETLAND

Petland

estimulando o bem-estar e o vĂ­nculo afetivo do animalzinho de estimação A rede de franquia americana ĂŠ reconhecida internacionalmente pela qualidade do serviço e bom atendimento no segmento Pet. Quem tem um animalzinho de estimação em casa sabe que a preocupação e o cuidado com os pets sĂŁo o mesmo que temos com um membro da famĂ­lia. Por isso, ĂŠ fundamental analisar a estrutuUDRDPELHQWHDČ´ORVRČ´D de trabalho e o bem-estar que serĂĄ proporcionado ao animalzinho. Foi pensando no bem-estar, na saĂşde e no amor por seus cĂŁezinhos Mel, Sarah, que o administrador de empresas CĂŠsar Augusto Luchetti e a esposa Francine Borgonovi Luchetti, zootecnista, escolheram a franquia Petland, apĂłs analisar a Č´ORVRČ´D H R PRGHOR GH negĂłcios da rede americana com operaçþes em 19 paĂ­ses, para serem mĂĄster franqueados. ΖQVSLUDGD QD Č´ORVR Č´D GH HQWUHWHQLPHQWR americana, a Petland foi IXQGDGD HP  FRP

a ideia de potencializar a interatividade entre humano e animal. Em meDGRV GD GÂŤFDGD GH  a empresa iniciou seu processo de expansĂŁo via franquias e internacionalizou-se a partir do CanadĂĄ. Hoje, a rede estĂĄ em 19 paĂ­ses: Estados Unidos, CanadĂĄ, JapĂŁo, China, Ă frica do Sul, MĂŠxico, Brasil, Honduras, Guatemala, El Salvador, NicarĂĄgua, Ă rabia Saudita, Emirados Ă rabes, Egito, Turquia, Qatar, LĂ­bano, Kuwait e Bahrein. Atualmente a rede estĂĄ no Brasil em 12 estados e QRGLVWULWRIHGHUDOFRP unidades, inaugurando a segunda unidade na Rua Bernardino de Campos em SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto atĂŠ o mĂŞs de julho. A Petland trouxe ao mercado brasileiro o conceito Ăşnico no mercado pet. Os quatro pilares de sucesso da marca sĂŁo sustentados pela “ExperiĂŞncia de compraâ€?, com

Pet&Vet Magazine |

33


COM A PALAVRA: PETLAND

ESPECIAL CAPA

espaços de socialização que permitem aos clientes interagir com os animais; a “Transmissão de informação”; “Política de preço baixo”; e “Responsabilidade social”, por meio de campanhas de adoção de cães e gatos. As lojas oferecem amplo mix de produtos e serviços que, além de comodidade ao cliente, proporciona uma experiência de compra inesquecível. Outro diferencial da rede de petshops é o Centro de Bem-estar Animal com serviços de banho e tosa, escovação dentária, hidratação, trimming, dentre outros. $O«PGHFRQWDUFRPȴOKRtes de canil homologado, microchipados, medicina veterinária (terceirizada), vacinação, farmácia com gama completa de produtos, acessórios e rações. Ao chegar na loja, o cliente responde um questionário com avaliação e dados essenciais do pet, faz check-in e check-out e avalia o nível de satisfação. Ele é orientado com informações sobre as quatro necessidades básicas do pet: comportamento, manutenção, ambiente e nutrição. A equipe da unidade Rio Preto passou por treinamento na Universidade Petland, em São Paulo. A formação de colaboradores e franqueados faz diferença, pois receberam 34 |

Pet&Vet Magazine

Equipe PETLAND

informações para orientar os clientes em relação às necessidades básicas que melhor se ajustam ao animal de estimação. PETLAND PRIORIZA COMBINAR O ANIMAL CERTO COM A FAMÍLIA ADEQUADA 2V ȴOKRWHV 3HWODQG VRFLDlizam com as pessoas e crianças em um espaço adequado, possibilitando vivenciar uma experiência única, visando à integração e a escolha do animal correto para o seu lar. Na loja, há um espaço especialmente dedicado aos animais, denominado área de socialização, ambiente

esterilizado onde os clienWHV EULQFDP FRP RV ȴOKRtes. A Petland é referência mundial no que diz respeito à busca de lares para os “aumiguinhos”. A empresa pelo bem-estar dos animais e com o modelo americano de seleção, os canis passam por rigorosa inspeção para serem

homologados na rede. Alguns dos requisitos são: infraestrutura, segurança, higiene, controle de procriação anual, maternidade, transporte, vacinação, alimentação e cuidados veterinários. Além disso, oferecem garantia eterna para cães com o programa Filhotes para a Vida Toda.


ESPECIAL CAPA

PETLAND: SEJA UM FRANQUEADO NA REGIĂƒO DE SĂƒO JOSÉ DO RIO PRETO! A Petland uma das maiores redes de Petshop do mundo, hoje a maior rede de pet shop no Brasil crescendo de trĂŞs ORMDVHPSDUD unidades atualmente. Na contramĂŁo da crise econĂ´mica, o mercado pet ĂŠ o que mais cresce no paĂ­s. No cenĂĄrio mundial, o Brasil estĂĄ em terceiro lugar em faturamento, atrĂĄs dos Estados Unidos e do Reino Unido, de acordo com a Euromonitor International.

FEIRA DE ADOĂ‡ĂƒO DE ANIMAIS Por meio do programa Adopt a Pet, criado nos Estados, a Petland jĂĄ encontrou um lar para mais GH  PLO DQLPDLV GH rua. No Brasil e nos demais paĂ­ses onde a rede estĂĄ presente, as campanhas de adoção sĂŁo UHDOL]DGDVWRGRVRVČ´QDLV de semana nas unidades

da rede, sempre com o apoio de ONG’s que têm como principal propósito oferecer aos animais resgatados a oportunidade de ter um novo lar. A loja Petland Rio Preto realiza uma vez por mês uma feira de adoção de animais, em parceria com a Ampa Mirassol – Associação Mirassolense de Proteção aos Animais.

O empreendedor que deseja investir deve avaliar um negócio que lhe ofereça suporte e um modelo de gestão HȴFD]$3HWODQGXPD IUDQTXLDTXHSRVVXL anos de experiência e darå todo suporte necessårio para o sucesso da sua empresa, atravÊs de uma metodologia consagrada e reconhecida mundialmente.

17 3214-8500 17 99715-1880 Unidade I: $Y0XUFKLG+RPVL Vila Elvira - S. J. do Rio Preto/SP

petlandbr.com.br Instagram/rick_petlandrp Facebook/Petland Brasil (Murchid Homsi - SJRP).

Pet&Vet Magazine |

35


COM A PALAVRA: ACLIVET

Aclivet A Aclivet - Associação dos MĂŠdicos VeterinĂĄrios de Pequenos Animais de SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto H5HJLÂĽRÂŤXPDDVVRFLDŠ¼RVHPĆœQVOXFUDWLYRVIXQGDGDKÂŁDQRV‹DPDLRUDVVRFLDŠ¼RGH classe veterinĂĄria do Estado de SĂŁo Paulo e tem como missĂŁo buscar melhorias e valorização, visando a excelĂŞncia pelos serviços veterinĂĄrios prestados. Uma das principais formas para fortalecer a classe veterinĂĄria ĂŠ atravĂŠs de atividades de educação continuada, integração dos veterinĂĄrios por meio de cursos, palestras tĂŠcnicas e confraternizaçþes. A Aclivet tambĂŠm se envolve na responsabilidade social atravĂŠs do apoio em eventos de Bem-Estar Animal e conscientização da população sobre zoonoses. 'HVGH  D $FOLYHW ĂŠ presidida pela MĂŠdica VeterinĂĄria Rosana Lino S. BernabĂŠ e vice-presidente Eduardo B. Fachini. AlĂŠm deles, tambĂŠm estĂŁo envolvidos na diretoria os MĂŠdicos VeterinĂĄrios: Adriana Lombardi, Denise Bonilha, Fabricio Cid, Manuela Polito, Ronaldo Cunha, Eliane Correa, Alessandra Cetrone, Claudia Kfouri, Ana Beolchi e FĂĄbio Franco. Os associados recebem constantemente informaçþes de interesse da classe, participam dos

eventos de forma gratuita e podem usufruir de benefĂ­cios dos parceiros.

OUTUBRO

CONFIRA A AGENDA DE EVENTOS DE 2018:

PET-Agener;

21/10 Outubro Rosa

JUNHO 23/06 - Festa Junina;

NOVEMBRO

JULHO  Palestra NutracĂŞuticos (Prof.Luiz Fernando de Moraes) - Drogavet;

Palestra Endocrinologia

AGOSTO  Palestra Neurologia (Prof. Milton);

Festa Confraternização

SETEMBRO 08/09 Festa do VeterinĂĄrio;

10/11 (Dra. Leila Taranti); DEZEMBRO 08/12 Final de Ano. Venha fazer parte dessa

Aclivet:

uniĂŁo e ajude a melhorar

E-mail: aclivetriopreto@gmail.com

cada vez mais o cenĂĄrio ve-



terinĂĄrio na nossa RegiĂŁo.


COM A PALAVRA: GUILHERME SFAIR NAGLIATI

Vacinação ‹LPSRUWDQWHVDEHUTXHDVYDFLQDVTXHVHXFÂĽRGHYH UHFHEHUHRVLQWHUYDORVHQWUHDVGRVHVGHYHPĆœFDUD critĂŠrio do veterinĂĄrio que cuida do seu cĂŁo. Buscamos esclarecer as suas dĂşvidas e disponibilizar um calendĂĄrio de vacinação para vocĂŞ acompanhar as vacinas do seu cĂŁo. Independente das vacinas que o veterinĂĄrio irĂĄ aplicar, as mĂşltipla (V8 ou V10) e anti-rĂĄbica sĂŁo obrigatĂłrias em qualquer esquema de vacinação.

Os cachorros adultos que nunca foram vacinaGRV RX RV Č´OKRWHV TXH MÂŁ passaram da ĂŠpoca correta de vacinar precisam receber trĂŞs doses de vacina mĂşltipla (com intervalo de 21 dias entre elas) e uma dose de vacina anti-rĂĄbica. Isso tambĂŠm vale para cĂŁes “desconhecidosâ€?, quando nĂŁo se sabe se foram vacinados um dia. Ou seja, as vacinas V8 ou V10 devem ser dadas quando o cĂŁo tiver, resSHFWLYDPHQWHH dias de vida. Ao completar GLDVGHYLGDRVČ´OKRtes devem tomar a vacina contra a raiva, garantindo a imunidade de mais uma doença. Ambas as vacinas

(v8 + raiva) devem ser refeitas todo ano. AlÊm dessas vacinas, existe a imunização contra a leishmaniose ou calazar, uma importante zoonose (doença que pode ser transmitida do vetor para os seres humanos). Essa vacina Ê aplicada em regiþes onde a doença Ê comum e deve ser antecedida de exames para detectar se o cão jå tem a doença. Não se deve vacinar ȴOKRWHV FRP PHQRV GH GLDVGHLGDGHDPHQRV que a cadela que deu à OX]DRVȴOKRWHVQXQFDWHnha sido vacinada, pois as vacinas podem ser inativadas pelos anticorpos


Guilherme Sfair Nagliati

passados da mãe para a cria. Esse Ê um dos motivos pelos quais você só GHYHSHJDUXPȴOKRWLQKR com 2 a 3 meses de vida, de preferência com no mínimo 2 doses da vacina YRXY RXVHMDRȴOKRte deve ter 66 dias de vida no mínimo. VACINA CONTRA GIà RDIA A maioria dos veterinårios recomenda a administração dessa vacina, que não impede totalmente que o cão contraia giårdia, mas vai abrandar os efeitos da giardíase. Ou seja, o cachorro pode atÊ ter giårdia, mas de uma forma mais branda. Essa vacina Ê feita em 2 doses FRPLQWHUYDORGHGLDV REAÇÕES DA VACINA EM FILHOTES É comum algumas alteraçþes no comportamento de cães vacinados: • Febre; • Edema na região onde foi aplicada a vacina (inchaço); • Prostração (o cão ȴFDȊSUDEDL[RȋH desanimado).

Os cachorros adultos que nunca foram vacinados Ĺ?Ć Ĺ?ĹľǂĽĤĹ?ĹźÄˆĹľĹŽĆ Äˆ jĂĄ passaram da ĂŠpoca correta de vacinar precisam receber trĂŞs doses de vacina mĂşltipla (com intervalo de 21 dias entre elas).

MĂŠdico VeterinĂĄrio CRMV/SP: 25.747

• Crianças não devem levar os animais para vacinar; • Animais bravos devem estar com focinheira para não oferecer nenhum risco de agressão ao proprietårio ou outras pessoas; • Gatos são naturalmente muito assus-

Esses efeitos devem SDVVDUHPKRUDVDYLVH sempre seu veterinĂĄrio sobre qualquer mudança no comportamento do seu cachorro. NO DIA DA VACINAĂ‡ĂƒO RECOMENDA-SE: • CĂŁes dĂłceis devem estar com coleira e guia, serem conduzidos por pessoas com tamanho suficiente para controlĂĄ-los e contĂŞ-los na hora de tomar a vacina;

tados e devem ser levados em caixas de transporte ou similar, para evitar fuga ou acidentes; • Animais doentes não devem ser vacinados. Exemplos: animais com diarreia, secreção ocular ou na-

17 98137-5255

sal, sem apetite,

Guilherme 17 3363-2063

animais que estĂŁo

E-mail: nagliati2@gmail.com

convalescendo de cirurgias ou outras enfermidades.

facebookYHWHULQDULDK Travessa AntĂ´nio Andrade do Nascimento, 2832 - Vila Redentora S. J. do Rio Preto/SP

Pet&Vet Magazine |

39


COM A PALAVRA: LUCAS B. COSSI

GABRIEL T. N. M. FERREIRA

Catarata em cĂŁes

Lucas B. Cossi MĂŠdico veterinĂĄrio CRMV/SP: 18.960

A perda progressiva da transparĂŞncia (opacidade) da lente, focal ou difusa, que leva ao aspecto de olho branco, denomina-se catarata. PorĂŠm, o aspecto azul-acinzentado da parte central da lente, observado com o avançar de idade de nossos pets, pode ser confundido com catarata (esclerose nuclear). A catarata ĂŠ a causa mais conhecida de “olho brancoâ€? em cĂŁes e gatos. Podemos observar catarata em todas as raças, sendo as mais predispostas: Poodle, Cocker Spaniel, Shih Tzu, Lhasa Apso, Yorkshire Terrier, Schnauzer e o Labrador Retriever. Apesar da maior ocorrĂŞncia em animais idosos (a partir de sete anos de idade) a catarata pode ser observada em qualquer idade. CAUSAS As principais causas da catarata sĂŁo hereditĂĄrias, Diabetes Mellitus e secundĂĄria a outras doenças oculares como uveĂ­te LQČľDPDŠ¼R LQWUDRFXODU  JODXFRPD H DWURČ´D SUR gressiva da retina. SINAIS CLĂ?NICOS A catarata apresenta como SULQFLSDOVLQDODGLČ´FXOGDGH para enxergar ou a cegueira total que podem levar 40 |

Pet&Vet Magazine

a alteraçþes de comportaPHQWR GRV SHWV $ GLȴFXO dade visual inicialmente pode ser mais evidente durante o dia, porÊm, a aparência de olho branco ȴFDSLRU¢QRLWHTXDQGRD pupila estå dilatada. Outros sinais oftålmicos que podem ser observados são: hiperemia conjuntival (olho vermelho), blefarospasmo (piscar excessivo) e edema de córnea (olho azulado), quando um proFHVVR LQȾDPDW¾ULR RX DW mesmo um glaucoma estão associados gerando tambÊm desconforto. DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO Para o diagnóstico são necessårios exames oftålmiFRV HVSHF¯ȴFRV FRPR ELR microscopia com lâmpada de fenda com a pupila dilatada, oftalmoscopia e a tonometria para avaliação da pressão ocular. O tratamento para catarata

• MÊdico Veterinårio com Graduação pela Unesp de Araçatuba; • Residência em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais pela Unirp; • Especialização em Oftalmologia Veterinåria pela Anclivepa-SP; • Mestrado em Ciência Animal com ênfase em Oftalmologia Veterinåria pela Unesp de Araçatuba.

ĂŠ cirĂşrgico realizado pela tĂŠcnica denominada de IDFRHPXOVLČ´FDŠ¼R D PHV ma utilizada em humanos, onde o cristalino ĂŠ removido e substituĂ­do por uma OHQWH DUWLČ´FLDO FRP UHVXO tados excelentes. PREVENĂ‡ĂƒO Uma variedade de agentes terapĂŞuticos tĂŞm sido propostos em prevenir, retardar ou atĂŠ mesmo reverter cataratas, embora nenhum tenha SURYDGR VHU HČ´FD] HP estudos controlados. Se o seu animal começou a Č´FDU FRP RV ROKRV EUDQ FRV RX DSUHVHQWD GLČ´FXO dade visual, procure o acompanhamento de um oftalmologista veterinĂĄrio mesmo que a cirurgia nĂŁo possa ser realizada para o controle das sequelas que a catarata pode gerar no olho.

Gabriel T. N. M. Ferreira MÊdico veterinårio CRMV/SP: 23.723 • MÊdico Veterinårio com Graduação pela Unesp de Araçatuba; • Residência em Cirurgia de Pequenos Animais pela Unesp de Araçatuba; • Mestrado em Ciência Animal com ênfase em Oftalmologia Veterinåria pela Unesp de Araçatuba.

E-mail: contato@petvisao.com  Site: www.petvisao.com


Untitle


vrcollezioni @vrcollezioni VRCOLLEZIONI.COM.BR

RIO PRETO SHOPPING • TEL.17.3227.3621

Untitled-15.indd 1

08/03/18 13:17


COM A PALAVRA: FAUNA

Em defesa dos animais Francisco de Assis UniĂŁo Protetora dos Animais, que tem como sigla ĆŒ)$81$Ć?ÂŤXPDDVVRFLDŠ¼RVHPĆœQVOXFUDWLYRVIXQGDGDHPH declarada, em 2012, como utilidade pĂşblica pela Prefeitura Municipal de SĂŁo JosĂŠ do Rio Preto (Lei nÂş ‹IRUPDGDSHODSUHVLGHQWH Valda Prata e voluntĂĄrios, com o objetivo de defender os animais. A FAUNA, por ser uma ONG - Organização NĂŁo Governamental – nĂŁo recebe nenhuma verba pĂşblica e se mantem com a colaboração de pessoas que se sensibilizam com a FDXVDHFRPRUHWRUQRČ´nanceiro de eventos como por exemplo brechĂłs, pizzas, venda de camisetas, cafĂŠ da manhĂŁ, chĂĄ da tarde, etc. Esta verba ĂŠ destinada ao pagamento das despesas, sĂŁo elas: veterinĂĄrios, ração, remĂŠdios, vacinas e produtos para os animais. Os animais socorriGRV Č´FDP HP FDVDV GH voluntĂĄrios, chamados lar temporĂĄrio, atĂŠ que VH FRQVLJDP XP ODU GHČ´nitivo. Nesse perĂ­odo sĂŁo realizadas campanhas de adoção, aos sĂĄbados, nos seguintes estabelecimentos: Carrefour, Walmart, 0XÎ?DWR 6KRSSLQJ 3OD]D Shopping Iguatemi, Petz, entre outros. Os animais

44 |

Pet&Vet Magazine

adultos jå vão castrados e RV ȴOKRWHV V¼R FDVWUDGRV quando atingem 6 meses de idade, no Centro de Controle de Zoonoses, sem nenhum custo para o adotante. São 11 anos de trabalho e de 8.000 animais que conseguiram um lar (gatos e cachorros – adulWRVHȴOKRWHV 3DUDDGRWDU um bichinho tem que ser maior de 18 anos, passar por breve entrevista com um dos voluntårios, e aprovado, assina um termo de responsabilida-

de comprometendo-se a cuidar do animal dentro dos princípios da posse responsåvel. A conscientização da população sobre a posse responsåvel Ê feita durante as campanhas de adoção, atravÊs de panȾHWRV HGXFDWLYRV SULQFLpalmente para a castração, pois a esterilização em massa e a orientação à população serão a melhor maneira de conter o abandono e acabar com o sofrimento dos animais abandonados.

Faça uma doação

E-mail: contato@fauna.org.br Site: www.fauna.org.br )DFHERRNFauna Protetora.


INFORME PUBLICITĂ RIO

RODOBENS

Que tal criar seu prĂłprio canal de comunicação? Ter um canal prĂłprio de comunicação empresarial ÂŤXPGHVDĆœRTXHĆœFRXQRSDVVDGRSRLVDJRUDHVVD solução ĂŠ possĂ­vel! Com o aplicativo Integra App, criado especialmente para empresas pela Rodobens Comunicação Empresarial (RCE), a comunicação direta FRPFRODERUDGRUHVHFOLHQWHVĆœFRXDLQGDPDLVIÂŁFLO (PSUHVDVDSRVWDPHPSURČ´VVLRQDLVTXDOLČ´FDGRVSDUDJHUHQFLDU novas tecnologias e criar conteĂşdos relevantes.

O objetivo Ê agilizar e fortalecer a mensagem da empresa com seu público-alvo, não importa onde eles estejam. Com essa solução, a comunicação chega mais longe e atinge o público correto.

Para ter acesso a solução e saber como ela pode ajudar a sua empresa, acesse o site da RCE www.rodobenscomunicacao.com.br ou ligue 11 

Outro ponto que merece destaque ĂŠ a economia que o empresĂĄrio adquire ao concentrar a comunicação corporativa em um Ăşnico canal, padronizando e gerenciando os conteĂşdos veiculados. Para JoĂŁo Batista AraĂşjo, diretor da Rodobens Comunicação Empresarial, a comunicação corporativa estĂĄ cada vez mais estratĂŠgica, tanto para o relacionamento com o pĂşblico interno, quanto para o pĂşblico externo (clientes, prospects ou parceiros). “Com o uso dessas plataformas de comunicação que encurtam distâncias, contar com o apoio GH SURČ´VVLRQDLV TXDOLČ´FDGRV para gerenciar a tecnologia e criar conteĂşdos relevantes faz toda a diferença para se conquistar uma comunicação HČ´FD]Č‹FRQFOXL 46 |

Pet&Vet Magazine

A PRIMEIRA TV CORPORATIVA DIGITAL DA AMÉRICA LATINA Rodobens

Comunicação

Empresarial inova desde o inĂ­cio. Muito antes dos celulares

um dos maiores grupos empresariais do país, Empresas Rodobens – foi a primeira TV Corporativa com transmissão digital da AmÊrica Latina, sendo a líder em transmissþes ao vivo de assembleias de consórcios para todo o Brasil.

consolidou no mercado da

Abrindo o leque de soluçþes, a RCE possui em seu portfólio serviços e produtos que atendem às necessidades de comunicação das pequenas e grandes empresas, desde a produção de vídeos institucionais atÊ a implementação de aplicativos para eventos, transmissão ao vivo, treinamento e gestão de meta.

riais – Ê responsåvel pela cap-

Ao longo de mais de duas dĂŠcadas de sucesso, a RCE se

GLRV GH Č´OPDJHP TXDOLGDGH

comunicação nacional, atendendo grandes clientes como Johnson & Johnson, Oi, Jovem Pan, Ambev, entre outros. Agora, Ê a vez do mercado internacional. Parceira do LIDE – Grupo de Líderes Empresatação dos eventos em Nova York (EUA), alÊm de produzir vídeos corporativos para a Rodobens Argentina. 6XDVHGHȴFDHP6¼R-RV GR 5LR 3UHWR 63  FRP ȴOLDLV em São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Com uma equipe de produtores preparada, as unidades contam com uma estrutura moderna de estúde imagem, som e iluminação.

se tornarem plataformas digitais e as TVs de tubos se transformarem

em

verdadeiras

telas de cinema, a Rodobens Comunicação

Empresarial

(RCE) jå tinha soluçþes desenvolvidas para a comunicação corporativa. Inaugurada em 1996, a RCE – pertencente a

TransmissĂŁo ao vivo pela RCE


WANESSA BORIM, GUCCI E BRYAN @waborim Nome: Gucci e Bryan Idade: 2 anos - 4 anos Raça: Spitz Alemão Curiosidades: O Bryan é muito ciumento e a Gucci pega sempre todas as comidas dele. Se dou algum pedaço de cenoura ela pega o dela e o do Bryan também (risos).

CACÁ EL ASSAL ANTÔNIO E CHICO @cacaelassal Nome: Chico Idade: 5 anos Raça: Schnauzer Curiosidades: Acho bonitinho quando o Chico XIRXETVSXIKIVS%RXʭRMS2SƼREPHEKVEZMHI^ REWʱPXMQEWHYEWWIQEREWIPIWIRXEZEHS QIYPEHSIRʝSWIQI\ME4EVIGMEUYIIWXEZE WIRXMRHSUYIS%RXʭRMSIWXEZEGLIKERHS

48 |

Pet&Vet Magazine


TATI, SHERLOCK E LAKSHMI @sherlock_e_lakshmi Nome: Sherlock e Lakshmi Idade: 6 anos | 3 anos Raça: Beagle e Westie Highland White Terrier Curiosidades:8MZIQSWZʛVMSWQSQIRXSW 1EWEWZMEKIRWUYIƼ^IQSWNYRXSWJSVEQSW QEMWQEVGERXIW.ʛJSQSWTEVEIZIRXSWTIX ITEWWIMSWIQ7ʝS4EYPSIXEQFʣQYQEZME KIQTEVEETVEMEUYIJSMWIRWEGMSREPEEPIKVME HIPIWFVMRGERHSREEVIMEGSVVIRHSHEʛKYE JSMQEVEZMPLSWS

MAILA E TOMMY BOY @tommyboymaltes Nome: Tommy Boy Idade: 2 anos e 2 meses Raça: Maltês Curiosidades: Uma das manias que mais amo é IPIƼGEVHIMXEHMRLSHIFEVVMKETVEGMQEFVMRGER HSEQSUYERHSIPIVIWTIMXESWGSQERHSWHI “deixa” e “ok” ou quando ele coloca o Teddynho

WIYEQMKSYVWSMRWITEVʛZIP IQGMQEHEQMRLE QʝSTIHMRHSTVENSKEVTVEIPIFYWGEV

Pet&Vet Magazine |

49


ÕØÉÁɓŒÉ šÜ՚âÉÁ­ÜâÉÉç»ÉÁÉ

­Â–­ò­–ç‚»

ŲŸ

‚Ü‚» ŵŵ Xơ

ÕØÉÁɓŒÉòƒ»­–‚Ղ؂É·‚Ââ‚Ø 130.0±°07«-*%"1035&.10*/%&5&3.*/"%0

(BÞDIB$FOUSP 31SVEFOUFEF.PSBFT  'POF

(BÞDIB/PWB3FEFOUPSB "W+PTÏ.VOJB  'POF


mind the future

55 17 3021 0273 nexo.marketing nexomkt

• branding • social media • development • inbound marketing • content marketing • vídeo • performance • consultoria


EM OBRAS

ELEGÂNCIA EM AMBIENTES QUE PROMOVEM O BEM-ESTAR E A QUALIDADE DE VIDA. Foto meramente ilustrativa do living com sugestão de decoração

[ A p to s . ]

suítes 3 lazer de clube

• Piscina adulto e infantil • Academia

• Espaço Gourmet • Salão de jogos adulto e juvenil • Bicicletário • E muito mais. Perspectiva ilustrada da piscina adulto

Realização:

08 0 0 0 4 2 4 23 1 | r n i .c o m . b r/gre e n h o m e

Vis ite o d eco ra d o : Av. J K , 1 .0 8 0

UMA EMPRESA RODOBENS

(I) Incorporadora responsável: RODOBENS INCORPORADORA IMOBILIÁRIA 394 - SPE LTDA., sediada na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, no 1.080, Jardim Maracanã, São José do Rio Preto/SP, CNPJ no 20.185.640/0001-20; (II) Empreendimento: Green Home, com incorporação imobiliária regularmente registrada sob o R.003, da Matrícula no 160.980 de 09/08/2016, no 1o Oficial de Registro de Imóveis de São José do Rio Preto - SP; (III) Todas as fotos, imagens e perspectivas são meramente ilustrativas; (IV) Todos os objetos de decoração, mobiliário, paisagismo e demais utensílios não integram o preço ajustado no compromisso particular de venda e compra do imóvel, pelo que não serão entregues pela empresa incorporadora ou construtora; (V) As cores representadas poderão sofrer pequenas alterações caso não haja plena disponibilidade de materiais no mercado de consumo; (VI) O paisagismo será entregue nos termos do projeto executivo aprovado e será formado por mudas de pequeno porte, demonstrando as imagens do presente material publicitário a fase adulta das espécies. *Consulte o projeto aprovado com a indicação da metragem de cada depósito privativo.

Revista Edição 1 Pet&Vet RioPreto  

Revista Edição 1 Pet&Vet RioPreto

Revista Edição 1 Pet&Vet RioPreto  

Revista Edição 1 Pet&Vet RioPreto

Advertisement