Page 1

19

ill

G ill,

G

Eric Gill, 1928

ic Er 28

ns

Sa


“Helvética Britânica” Gill Sans foi a primeira e única sem serifa desenvolvida pelo tipógrafo, escultor, gravurista e ilustrador Eric Gill, e também seu alfabeto mais famoso. Ao trabalhar como aprendiz de Edward Johnston enquanto este desenvolvia a familia London Underground, Gill iria adquirir sua base para criar sua própria família sem serifa, que, ele planejava que fosse corrigir problemas de legibilidade do alfabeto de seu mentor. Stanley Morrison, da Monotype, procurando uma fonte que competisse com a Futura, acreditava que Eric Gill seria ao ideal para o trabalho. Em 1928 a Gill Sans era lançada, e em 1929 ganhava fama ao se tornar a tipografia oficial da London North & Easter Railway.

Variações Especiais Variações especiais, para displays, títulos e com decorações. Estas variações não foram desenhadas por Eric Gill, e sim por outros tipógrafos da monotype.

Gill Sans tornou-se famosa, ao ponto de ser chamada de “Helvética Britânica”, tornandose também, formalmente, a fonte oficial para comunicações do governo Britânico. A empresa britânica BBC utilizou a fonte para seu logo. Além disso, outras aplicações clássicas são na identidade visual da Editora Penguin Books, na identidade da Church of England e até mesmo no próprio logo da monotype.


g

Atributos Formais

a

Q Ge dois andares

cauda curta e levementre curva

sem espora

barra horizonrtal

Apesar de possuir altura “x” menor se comparada a outras fontes semserifa, por utilizar-se da quadrata romana a família é considerada de alta legibilidade.

pbx R A f R DI

dois andares, gancho fechado

descendendo na linha de base

J

apoiado na linha de base

Perna levemen te curva

vertice reto

proporções da quadrata romana


Variações Variações desenvolvidas por Eric Gill para a Monotype. Sua preocupação com os detalhes de cada variação são sensíveis na letra “r” e no “g”.

Sem-Serifa Humanista

a

Eric Gill trabalhou para que cada variação de sua família tivesse uma varioação real. As itálicas, por exemplo, não eram meramente inclinadas, mas algumas letras possuiamv caraterísticas caligráficas.

p

Sendo conservador e contrário a mecanização como linguagem, Eric Gill buscou inspirações tradicionais para o desenvolvimento de sua sem serifa, baseando-se nas capitais romandas para as caixa-alta, e em letras carolingeas para as caixa-baixa. Esta maneira de pensar se mostra nas pequenas diferenças existente- s nas variaçðes da familia. São pequenosn detalhes no “p” e no “a” italico, baseados em detalhes das letras caligraficas.

O alfabeto em caixa-alta foi desenvolvido tendo como base as quadratas romanas, garantindo a letra boa legibilidade.

Gill Sans Type Specimen  

College assignment, we had two weeks to develop a typographic specimen of a type family of our choice, in my case, Gill Sans. The colors are...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you