Page 1

ANexo

Ainda à espera do laudo do morro da Cidadela Cultural PÁGINA 2

variedades.cultura.lazer ANOTICIA

SEGUNDA-FEIRA, 15 DE FEVEREIRO DE 2010

De Joinville para o

HARD ROCK CAFÉ DE GUITARRAS NA MÃO, A SEXY PEARL VENCEU A ETAPA SUL DO 9º FESTIVAL COLETÂNEA DE BANDAS

O

DIVULGAÇÃO

FUTURO Banda já está há quatro anos na estrada e acredita que a oportunidade do concurso irá abrir muitas portas

som hard rock da banda joinvilense Sexy Pearl chegou a outros Estados. Com quatro anos de trajetória e acostumada a tocar apenas na região, o palco mudou. Os cinco integrantes venceram a etapa Sul do 9º Festival Coletânea de Bandas. Em maio, a banda receberá o prêmio: gravar um CD ao vivo, com outras seis bandas, no Hard Rock Café do Rio de Janeiro. A Sexy Pearl disputou o concurso com bandas do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Santa Catarina. Foram 200 inscrições. Destas, 170 foram selecionadas para as apresentações regionais. Na etapa da região Sul, foram 14 bandas. Os shows foram em Blumenau, no dia 17 de janeiro, e três grupos chegaram à final. Agora, eles levam o título de primeira banda catarinense a vencer o Festival. “Isso é um plano de carreira. Vamos usar estes feitos para novos voos. Vamos dizer que saímos de uma banda mediana, para uma que puxa a turma”, afirma Dinho, o vocalista. Para ele, depois do festival, houve reconhecimento na cidade. Apesar dos cinco trabalharem durante o dia, sempre conseguem tempo para ensaiar. Lançaram um EP em 2008 e, depois dele, já compuseram outras 15 canções. A maioria das letras é assinada pelo vocalista, mas a autoria é coletiva. Na formação, está Dinho nos vocais, Juliano Stumm na bateria, Fernando Ferreira no baixo e guitarras reforçadas com Luiz Vargas e Marcos Buschmann. Segundo

eles, o diferencial é a performance de palco dos cinco. O produtor local do Coletânea, Flávio Siqueira, confirma: “a banda Sexy Pearl tem composições próprias muito boas e fazem um excelente cover. Eles foram muito bem e, consequentemente, venderam a etapa”. Antes do show no Hard Rock Café, a banda se apresenta em Juiz de Fora, Minas Gerais. “Sem dúvida alguma, qualquer artista de Joinville que fizer algo fora, estoura aqui em Joinville.”

!

O grupo irá gravar um CD ao vivo com outras seis bandas no Rio de Janeiro

Agora, eles procuram patrocínio e um estúdio que aposte na banda. Segundo a organização do Coletânea, é este o objetivo. “Nós procuramos um lugar que seja como uma vitrine, para dar destaque às bandas. Não é fácil, para uma banda que está começando, tocar lá”, explica Anderson Rocha, organizador do festival. Desde a quarta edição o local sedia as gravações do Coletânea. O Hard Rock já foi palco de atrações nacionais e internacionais e é uma consagrada rede mundial de casas de rock. Na filial do Rio, reúne desde desenhos do John Lennon a uma carta do Keith Richards. Do rock nacional, expõe a guitarra do músico Roberto de Carvalho e um prato do Paralamas do Sucesso.

De Joinville para o Hard Rock Café  

Matéria publicada no jornal A Notícia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you